Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 10 de 10
Filtrar
1.
Rev Bras Enferm ; 75(5): e20210403, 2022.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-35584421

RESUMO

OBJECTIVE: To reflect on advanced practice nursing in Primary Health Care considering the complexity of the Brazilian health system. METHODS: Reflective study, based on the document "Expanding the role of nurses in Primary Health Care" and anchored in the literature and critical analysis of the authors. RESULTS: Due to the complexity of the Unified Health System - in terms of infrastructure, human resources, funding - it is important for Brazil to carry out its own systematic process of discussion on the implementation of advanced practice nursing, considering the context of the current health care model, to define the role of this practice according to the characteristics of a universal health system and not a universal health coverage. Final considerations: The expansion of the workforce and the insertion of advanced practice nursing in Brazilian Primary Health Care needs to happen with greater recognition and incentives for the actions performed at this level of care. For example, they must occur through integration between professionals and the community in health promotion actions, with the availability of appropriate technologies for the work, in order to guarantee the quality and resolution of Primary Health Care.


Assuntos
Prática Avançada de Enfermagem , Brasil , Programas Governamentais , Humanos , Atenção Primária à Saúde , Recursos Humanos
2.
Rev. bras. med. fam. comunidade ; 16(43): 2655, 20210126. ilus
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-1281928

RESUMO

Introdution: The world is experiencing one of the greatest public health emergencies in history with the global spread of COVID-19. Health systems, including Primary Health Care (PHC) services, are pillars of pandemic coping strategies. Objective: To systematically review the literature analyzing the effectiveness of PHC organization strategies in the context of epidemics. Methods: We performed a rapid systematic literature review on MEDLINE (via PubMed), EMBASE and LILACS (via VHL), in order to analyze empirical studies on the effectiveness of PHC organization strategies in the context of epidemics to improve access and reduce morbidity and mortality. There was no assessment of risk of bias, and the synthesis was narrative. PROSPERO CRD42020178310.Results: We selected seven articles, which studied the responses to different epidemics in different parts of the world. In terms of access, the studies suggest positive results with the adoption of adjustments of work processes of the teams and the structure of the services, combined with diversification of actions (including call center), adequate provision of inputs and personal protective equipment, adequate action plans and communication strategies, and effective integration with public health services and other levels of care. No study analyzed population morbidity and mortality. The included studies suggest also that community-oriented PHC is more effective in crisis scenarios, indicating the necessity of strengthening of the Family Health Strategy in the Brazilian context. Conclusion: PHC can be effective in coping with public health emergencies. Action plans should be built with broad participation by the actors involved in coping with the epidemic. Emphasis is placed on the importance of empowering the link between the healthcare service and its registered population.


Introdução: O mundo está vivenciando uma das maiores emergências de saúde pública da história com a disseminação global da COVID-19. Os sistemas de saúde, incluindo os serviços de Atenção Primária à Saúde (PHC), são pilares das estratégias de enfrentamento de pandemias. Objetivo: Revisar sistematicamente a literatura que analisa a eficácia das estratégias de organização da APS no contexto de epidemias. Métodos: Realizamos uma rápida revisão sistemática da literatura sobre MEDLINE (via PubMed), EMBASE e LILACS (via BVS), a fim de analisar estudos empíricos sobre a eficácia das estratégias de organização da APS no contexto de epidemias para melhorar o acesso e reduzir a morbidade e mortalidade. Não houve avaliação de risco de viés, e a síntese foi narrativa. PROSPERO CRD42020178310. Resultados: Selecionamos sete artigos, que estudaram as respostas a diferentes epidemias em diferentes partes do mundo. Em termos de acesso, os estudos sugerem resultados positivos com a adoção de ajustes nos processos de trabalho das equipes e na estrutura dos serviços, combinados com a diversificação de ações (incluindo call center), fornecimento adequado de insumos e equipamentos de proteção individual, planos de ação e estratégias de comunicação adequados e integração efetiva com os serviços de saúde pública e outros níveis de atendimento. Nenhum estudo analisou a morbidade e mortalidade da população. Os estudos incluídos também sugerem que a APS comunitária é mais eficaz em cenários de crise, indicando a necessidade de fortalecimento da Estratégia de Saúde da Família no contexto brasileiro. Conclusão: A APS pode ser eficaz para lidar com emergências de saúde pública. Os planos de ação devem ser construídos com ampla participação dos atores envolvidos em lidar com a epidemia. A ênfase é dada à importância de fortalecer a ligação entre o serviço de saúde e sua população registrada.


Introducción: El mundo está viviendo una de las mayores emergencias de salud pública de la historia con la propagación global del COVID-19. Los sistemas de salud, incluidos los servicios de Atención Primaria de Salud (APS), son pilares de las estrategias para hacer frente a la pandemia. Objetivo: Revisar sistemáticamente la literatura que analiza la eficacia de las estrategias de organización de la APS en el contexto de las epidemias. Métodos: Se realizó una rápida revisión sistemática de la literatura en MEDLINE (vía PubMed), EMBASE y LILACS (vía BVS), con el fin de analizar los estudios empíricos sobre la efectividad de las estrategias de organización de la APS en el contexto de las epidemias para mejorar el acceso y reducir la morbilidad y la mortalidad. No se evaluó el riesgo de sesgo y la síntesis fue narrativa. PROSPERO CRD42020178310. Resultados: Se seleccionaron siete artículos, que estudiaron las respuestas a diferentes epidemias en distintas partes del mundo. En términos de acceso, los estudios sugieren resultados positivos con la adopción de ajustes de los procesos de trabajo de los equipos y de la estructura de los servicios, combinados con la diversificación de las acciones (incluyendo el call center), la provisión adecuada de insumos y equipos de protección personal, planes de acción y estrategias de comunicación adecuadas, y la integración efectiva con los servicios de salud pública y otros niveles de atención. Ningún estudio analizó la morbilidad y mortalidad de la población. Los estudios incluidos sugieren también que la APS orientada a la comunidad es más efectiva en escenarios de crisis, indicando la necesidad de fortalecer la Estrategia de Salud de la Familia en el contexto brasileño. Conclusión: La APS puede ser eficaz para enfrentar emergencias de salud pública. Los planes de acción deben ser construidos con amplia participación de los actores involucrados en el enfrentamiento de la epidemia. Se destaca la importancia de potenciar el vínculo entre el servicio de salud y su población registrada.


Assuntos
Atenção Primária à Saúde , Organizações de Planejamento e Atendimento a Desastres , Epidemias , Pandemias , Revisão Sistemática , COVID-19 , Acesso aos Serviços de Saúde
3.
Saúde Soc ; 30(1): e190747, 2021. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1290061

RESUMO

Resumo O Banco Mundial tem influenciado os rumos do Sistema Único de Saúde ao longo desses quase 30 anos. Coube a este estudo analisar os projetos financiados pelo Banco Mundial para o setor saúde no Brasil entre 2003 e 2014. Empregou-se, aqui, a técnica da análise documental sobre os projetos financiados pelo Banco Mundial para o setor saúde brasileiro nas três esferas de governo, categorizados à luz da análise de conteúdo. Dos 174 projetos financiados no país, 31 contemplaram o setor saúde em sua composição, sendo 64,53% desses assinados com os governos estaduais. A maior parte dos projetos da saúde foram assinados no segundo governo Lula e os principais temas estruturantes foram: desenvolvimento humano e gênero, gestão do setor público e desenvolvimento do setor privado. Evidenciou-se o deslocamento estratégico do Banco Mundial, que se aproximou dos governos estaduais e municipais sobretudo a partir da segunda gestão do governo Lula. Esse movimento denota a habilidade do Banco Mundial de identificar as mudanças globais em andamento, sobretudo em relação ao cenário geopolítico e econômico. Conclui-se que o Banco Mundial aumentou seu interesse pelo setor de saúde brasileiro e que as propostas contribuíram para impulsionar os princípios da reforma do Estado no país.


Abstract The World Bank has been influencing the direction of the Brazilian National Health System over the last 30 years. This study analyzed the projects funded by the World Bank for the health sector in Brazil between 2003 and 2014. A documentary analysis was conducted on projects financed by the World Bank for the Brazilian health sector in the three government spheres, categorized according to content analysis. Of the 174 projects financed in the country, 31 contemplated the health sector in their composition, with 64.53% of these being signed with the state governments. Most of the health projects were signed in the second Lula government and the main structuring themes were: Human Development and Gender, Public Sector Management and Private Sector Development. The strategic displacement of the World Bank, which approached the state and municipal governments, was evident since the second administration of the Lula government. This movement denoted the World Bank's ability to identify global changes in progress, especially regarding the geopolitical and economic scenario. The results show that the World Bank increased its interest in the Brazilian health sector and that the proposals contributed to boost the principles of state reform in the country.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Sistema Único de Saúde , Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento , Governo Federal , Financiamento da Assistência à Saúde , Política de Saúde
4.
Saúde Soc ; 30(1): e190747, 2021. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1252189

RESUMO

Resumo O Banco Mundial tem influenciado os rumos do Sistema Único de Saúde ao longo desses quase 30 anos. Coube a este estudo analisar os projetos financiados pelo Banco Mundial para o setor saúde no Brasil entre 2003 e 2014. Empregou-se, aqui, a técnica da análise documental sobre os projetos financiados pelo Banco Mundial para o setor saúde brasileiro nas três esferas de governo, categorizados à luz da análise de conteúdo. Dos 174 projetos financiados no país, 31 contemplaram o setor saúde em sua composição, sendo 64,53% desses assinados com os governos estaduais. A maior parte dos projetos da saúde foram assinados no segundo governo Lula e os principais temas estruturantes foram: desenvolvimento humano e gênero, gestão do setor público e desenvolvimento do setor privado. Evidenciou-se o deslocamento estratégico do Banco Mundial, que se aproximou dos governos estaduais e municipais sobretudo a partir da segunda gestão do governo Lula. Esse movimento denota a habilidade do Banco Mundial de identificar as mudanças globais em andamento, sobretudo em relação ao cenário geopolítico e econômico. Conclui-se que o Banco Mundial aumentou seu interesse pelo setor de saúde brasileiro e que as propostas contribuíram para impulsionar os princípios da reforma do Estado no país.


Abstract The World Bank has been influencing the direction of the Brazilian National Health System over the last 30 years. This study analyzed the projects funded by the World Bank for the health sector in Brazil between 2003 and 2014. A documentary analysis was conducted on projects financed by the World Bank for the Brazilian health sector in the three government spheres, categorized according to content analysis. Of the 174 projects financed in the country, 31 contemplated the health sector in their composition, with 64.53% of these being signed with the state governments. Most of the health projects were signed in the second Lula government and the main structuring themes were: Human Development and Gender, Public Sector Management and Private Sector Development. The strategic displacement of the World Bank, which approached the state and municipal governments, was evident since the second administration of the Lula government. This movement denoted the World Bank's ability to identify global changes in progress, especially regarding the geopolitical and economic scenario. The results show that the World Bank increased its interest in the Brazilian health sector and that the proposals contributed to boost the principles of state reform in the country.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Sistema Único de Saúde , Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento , Financiamento dos Sistemas de Saúde , Governo , Política de Saúde
7.
Rev. bras. med. fam. comunidade ; 14(41): e1904, fev. 2019.
Artigo em Português | Coleciona SUS, LILACS, Coleciona SUS | ID: biblio-981956

RESUMO

Este artigo constitui-se em um estudo teórico, cuja premissa é a imposição feita pelo atual estágio do capitalismo aos países pobres, entre eles o Brasil, que visa flexibilizar a estruturação de suas políticas sociais, ameaçando conquistas importantes, como é o caso do Sistema Único de Saúde (SUS). Como objetivo, importou analisar as políticas sociais no Brasil no contexto do capitalismo contemporâneo, em que predomina a mais fetichizada forma do capital, qual seja, o capital portador de juros, e seus desdobramentos para o SUS. Além disso, buscou-se compreender o papel dos organismos internacionais, especialmente o Banco Mundial, neste contexto. A primeira parte apresenta uma discussão acerca da crise do Estado de Bem-Estar e da reconfiguração das políticas sociais, segundo a lógica da fase atual do capitalismo. Além disso, discute a disputa pelo fundo público e sua relevância para o processo de acumulação e expansão do capital portador de juros. A segunda parte expõe o papel estratégico dos organismos internacionais, sobretudo o Banco Mundial, como porta-voz da agenda neoliberal. Trata da influência do Banco Mundial sobre a política interna dos Estados, de modo a articular a geopolítica internacional, segundo os "interesses dos mercados". Por fim, fazem-se alguns apontamentos para o futuro do sistema de saúde brasileiro, principalmente para a Atenção Primária à Saúde.


This paper is a theoretical study whose premise is the imposition made by the current stage of capitalism on poor countries, among them Brazil, which aims to make the structuring of its social policies more flexible, threatening important achievements, such as the Unified Health System. It was important, as a goal, to analyze the Brazilian social policies in the context of contemporary capitalism, in which the most fetishized form of capital, namely, the interest-bearing capital, and its unfolding for the SUS, predominates. We also sought to understand the role of international organizations, especially the World Bank, in this context. The first part shows a discussion about the crisis of the Welfare State and the reconfiguration of social policies according to the rationale of the current stage of capitalism. Furthermore, it discusses the dispute over public funds and its relevance to the process of accumulated and expanded interest-bearing capital. The second part shows the strategic role of international organizations, especially the World Bank, as the spokesperson for the neoliberal agenda. It addresses the influence of the World Bank on the domestic policy of the states so as to articulate international geopolitics according to "market interests". Finally, some remarks are made regarding the future of the Brazilian health system, particularly for Primary Health Care.


Este artículo se constituye en un estudio teórico, cuya premisa es la imposición hecha por la actual fase del capitalismo a los países pobres, entre ellos Brasil, y que pretende flexibilizar la estructuración de sus políticas sociales, amenazando logros importantes, como es el caso del Sistema Único de Salud. Como objetivo, importó analizar las políticas sociales en Brasil en el contexto del capitalismo contemporáneo, en el que predomina la más fetichizada forma del capital, cuál es, el capital portador de interés, y sus desdoblamientos para SUS. Además, se buscó comprender el papel de los organismos internacionales, especialmente el Banco Mundial, en este contexto. La primera parte presenta una discusión acerca de la crisis del Estado de Bienestar y de la reconfiguración de las políticas sociales, según la lógica de la fase actual del capitalismo. También se discute la disputa por los fondos públicos y su relevancia para el proceso de acumulación y expansión del capital portador de interés. La segunda parte expone el papel estratégico de los organismos internacionales, sobre todo el Banco Mundial, como portavoz de la agenda neoliberal. Trata de la influencia del Banco Mundial sobre la política interna de los Estados, para articular la geopolítica internacional según los "intereses de los mercados". Por último, se hacen algunos apuntes para el futuro del sistema de salud brasileño, en particular para la Atención Primaria de Salud.


Assuntos
Atenção Primária à Saúde , Política Pública , Sistema Único de Saúde , Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento
8.
Interface comun. saúde educ ; 19(supl.1): 903-912, dez. 2015.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-758146

RESUMO

O objetivo deste artigo é relatar a experiência da parceria ensino-serviço entre os participantes do Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde/Redes de Atenção (PET-Redes) no município de Vitória, ES, Brasil. Discute-se a relevância das ações para incrementar a formação de profissionais para atuarem junto ao Sistema Único de Saúde (SUS). Apresentam-se as mudanças desencadeadas com a implantação dos programas, relatando a abertura para vivências multiprofissionais, destacando a experiência exitosa de utilização do Genograma e Ecomapa no processo de aproximação dos alunos com o território e usuários. Ressaltam-se desafios e fragilidades, como a dificuldade de incorporar as atividades do PET na rotina da unidade de saúde e a necessidade de mudanças da perspectiva pedagógica da formação profissional, de forma que esteja mais articulada à rede de serviços de saúde e atinja todos os alunos durante a graduação.


This paper reports the experiences of the teaching-service integration developed by the participants of the Education by Work for Health Program (PET-Health Networks) at Victoria-ES, Brazil. The effectiveness of activities to increase the education of health professionals working at the Brazilian Health System (SUS) has been discussed. Changes resulting from the program implementation are described and the openness to multiprofessional experiences are reported with particular emphasis on the success of Genogram and Ecomap in bringing students closer to the territory and users. Moreover, we discuss challenges and weaknesses, such as the difficulty in including PET activities in the healthcare unit’s routine as well as the need for a different pedagogical perspective toward professional education to ensure that students are more articulate with the healthcare services’ network and to reach out to all students prior to graduation.


El artículo relata la experiencia de asociación enseñanza-servicio entre participantes del Programa de Educación en el Trabajo para la Salud (PET-Salud/Redes). Discute la importancia de acciones para incrementar la formación de profesionales para que trabajen con el Sistema Brasileño de Salud (SUS). Presenta cambios provocados con la implantación del programa, relatando la apertura para vivencias interdisciplinares y multi profesionales, destacando la experiencia exitosa de la utilización del Genograma y Ecomapa en el proceso de aproximación de alumnos al territorio y usuarios. Resalta desafíos y fragilidades como la dificultad de incorporar las actividades del PET en la rutina de la unidad de salud y la necesidad de cambios de la perspectiva pedagógica en la formación profesional, de tal modo que esté más articulada con la red de servicios de salud y alcance de todos los alumnos durante los estudios universitarios.


Assuntos
Humanos , Pesquisa sobre Serviços de Saúde , Mão de Obra em Saúde , Programas Nacionais de Saúde , Sistema Único de Saúde
9.
Interface (Botucatu, Online) ; 18(supl.2): 1227-1239, 01/2014. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-736379

RESUMO

Analisou-se a relação entre educação em saúde e a política de participação e controle social em saúde da Secretaria Municipal de Saúde de Vitória-ES, Brasil, entre 2005 e 2012. Realizou-se análise documental nos planos municipais de saúde, relatórios de gestão e em 139 atas do Conselho Municipal de Saúde. Evidenciou-se que a gestão orientou sua política pela participação, mas restringiu-se ao Conselho Municipal de Saúde. A educação em saúde foi tratada pontualmente durante as reuniões. Quando debatida, foi como modelo tradicional, configurando-se em estratégia para vigilância. A Educação Popular em Saúde foi mencionada no segundo governo, mas sem a redefinição das práticas. Sinaliza-se a necessidade de reconhecer as diferentes formas de participação social em Vitória e ampliar o debate acerca do modelo dialógico da educação em saúde...


We analyzed the relationship between health education and the politics of participation and social control in health of the Municipal Health Department of Vitória, from 2005 to 2012. A documental analysis was performed in the Municipal Health Plans, Management Reports and in 139 proceedings of the Municipal Health Council (MHC). The results showed that the management guided its politics according to participation, but restricted itself to the MHC. Health education was partially treated during the meetings. When it was debated, it was as the traditional model, being configured as a strategy for population surveillance. Popular Health Education was mentioned only in the second term, but it was not accompanied by a redefinition of practices. The conclusion is that it is necessary to recognize different forms of social participation in Vitória and to further discuss the dialogic model of health education...


Se analizó la relación entre educación en salud y la política de participación de control social en salud de la Secretaría Municipal de Salud de Vitória, Espírito Santo, Brasil entre 2005 y 2012. Se realizó un análisis documentario en los ámbitos municipales de salud, informes de gestión y en 139 actas del Consejo Municipal de Salud. Quedó claro que la gestión orientó su política por la participación, pero se limitó al Consejo Municipal de Salud. La educación en salud se trató puntualmente durante las reuniones. Al ser debatida, se consideró como modelo tradicional, configurándose en estrategia para vigilancia. La educación popular en salud se mencionó en el segundo gobierno, pero sin redefinición de las prácticas. Se muestra la necesidad de reconocer las diferentes formas de participación social y ampliación del debate sobre el modelo dialógico de la educación en salud...


Assuntos
Humanos , Conselhos de Saúde , Educação em Saúde , Participação da Comunidade
10.
In. Souza, Maria de Fatima de; Franco, Marcos da Silveira; Mendonça, Ana Valeria Machado. Saúde da família nos municípios brasileiros: os reflexos dos 20 anos no espelho do futuro. Campinas, Saberes, 2014. p.285-319, tab.
Monografia em Português | LILACS | ID: lil-712859
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...