Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 18 de 18
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Cogitare enferm ; 22(3): 01-09, jul-set. 2017.
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-875388

RESUMO

Objetivou-se descrever o cuidado de enfermagem prestado em serviço hospitalar de hemodiálise com base em metas internacionais de segurança do paciente. Estudo descritivo realizado no serviço de hemodiálise de hospital público brasileiro, referência no atendimento de pacientes renais agudos e crônicos, entre agosto e outubro de 2013. Participaram 25 profissionais de enfermagem. Os dados foram coletados com entrevista, observação e checklist baseados nas metas de segurança da Joint Commission International. Observou-se que as metas em conformidade foram: comunicação efetiva; redução do risco de infecções associadas aos cuidados de saúde; e redução do risco de lesões decorrentes de quedas. As demais metas, que são: identificação correta do paciente; segurança no manuseio de medicamentos de alta vigilância; e assegurar procedimento em local correto, merecem atenção por parte da equipe estudada e pela instituição avaliada. Constatou-se a necessidade de implementação de protocolos no serviço para a segurança do paciente e da equipe (AU).


The objective of this study was to describe the nursing care offered at a hemodialysis hospital service based on international patient safety goals. A descriptive study was conducted at the hemodialysis service of a Brazilian public hospital, reference in care for acute and chronic kidney patients, between August and October, 2013. Twenty-five nursing professionals participated in the study. Data were collected through interviews, observation and a checklist based on the safety goals of the Joint Commission International. The goals found to be in conformity were: improving effective communication; reducing the risk of healthcare-associated infections; and reducing the risk of patient harm resulting from falls. The remaining goals, namely: identifying patients correctly; improving the safety of high-alert medications; and ensuring safe surgery, deserve attention from the researched team and the assessed institution. The research found a need for the implementation of protocols in the service aimed at patient and team safety (AU).


Se objetivó describir la atención de enfermería brindada en servicio hospitalario de hemodiálisis en base a metas internacionales de seguridad del paciente. Estudio descriptivo realizado en servicio de hemodiálisis de hospital público brasileño, referencia en atención de pacientes renales agudos y crónicos, entre agosto y octubre de 2013. Participaron 25 profesionales de enfermería. Datos recolectados mediante entrevista, observación y checklist basados en metas de seguridad de la Joint Commission International. Las metas en conformidad fueron: comunicación efectiva; reducción del riesgo de infecciones asociadas a cuidados de salud; y reducción del riesgo de lesiones provocadas por caídas. Las demás metas, identificación correcta del paciente; seguridad en manipulación de medicamentos de alta vigilancia; y asegurar procedimientos en ubicación correcta, merecen atención del equipo estudiado y de la institución evaluada. Se constató necesidad de implementación de protocolos en el servicio para seguridad del paciente y del equipo (AU).


Assuntos
Humanos , Unidades Hospitalares de Hemodiálise , Enfermagem em Nefrologia , Cuidados de Enfermagem , Segurança do Paciente
2.
Online braz. j. nurs. (Online) ; 16(2): 119-129, 2017. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-876997

RESUMO

Aim: to analyze the indexes of absenteeism and turnover, and their relationship with quality indicators in assistance. Method: this is a transversal study, performed with records of absences/changes of 59 nursing professionals of an intensive care unit; records of quality/incidence indicators, and medical records of the 108 patients hospitalized during the period of data collection. The coefficient of linear correlation was used among the indicators of assisting management and quality control. Results: the average rate of absenteeism was 9.41% (of nurses) and 12.52% (of technicians); turnover rates reached 2.53% (nurses), and 3.57% (technicians). There was a strong correlation (r>0.7) between: turnover of nurses and the incidence of accidental extubation (p=0.464); rate of absenteeism among technicians and the loss of nasoenteral tube (p=0.300); pressure injury (p=0.100) and loss of central catheter (p=0.200), which was also correlated with the rate of absenteeism of nurses (p=0.113). Conclusion: the results demonstrated can subsidize new approaches for the management of personnel and better assistance, aiming to reduce the damages to the patient.(AU)


Objetivo: analisar os índices de absenteísmo e rotatividade e sua relação com indicadores de qualidade assistenciais. Método: estudo transversal, quantitativo, realizado com registros de ausências/trocas de 59 profissionais de enfermagem de unidade de terapia intensiva; registro dos indicadores de qualidade/incidência e prontuários dos 108 pacientes internados no período da coleta. Utilizou-se coeficiente de correlação linear entre indicadores de gestão e de qualidade assistencial. Resultados: médias das taxas de absenteísmo alcançaram 9,41% (enfermeiros) e 12,52% (técnicos); índices de rotatividade alcançaram 2,53% (enfermeiros) e 3,57% (técnicos). Houve correlação forte (r>0,7) entre: rotatividade dos enfermeiros e incidência de extubação acidental (p=0,464); taxa de absenteísmo dos técnicos e perda de sonda nasoenteral (p=0,300); lesão por pressão (p=0,100) e perda de cateter central (p=0,200) que também foi correlacionado com taxa de absenteísmo dos enfermeiros (p=0113). Conclusão: Os resultados elucidados subsidiam condutas para a gestão de pessoas e melhoria da assistência, visando reduzir danos ao paciente.(AU)


Assuntos
Humanos , Absenteísmo , Unidades de Terapia Intensiva , Cuidados de Enfermagem , Reorganização de Recursos Humanos , Indicadores de Qualidade em Assistência à Saúde
3.
Rev Esc Enferm USP ; 49(1): 104-13, 2015 Feb.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-25789649

RESUMO

OBJECTIVE: To evaluate intervening factors in patient safety, focusing on hospital nursing staff. METHOD: The study is descriptive, with qualitative approach, excerpt from a larger study with analytical nature. It was undertaken in a public hospital in Fortaleza, CE, Brazil, between January and June 2013, with semi-structured interviews to 70 nurses, using Thematic Content Analysis. RESULTS: The principal intervening factors in patient safety related to hospital nursing staff were staff dimensioning and workload, professional qualification and training, team work, being contracted to the institution, turnover and lack of job security, and bad practice/disruptive behaviors. These aspects severely interfere with the establishment of a safety culture in the hospital analyzed. CONCLUSION: It is necessary for managers to invest in nursing staff, so that these workers may be valued as fundamental in the promotion of patient safety, making it possible to develop competences for taking decisions with focus on the improvement of quality care.


Assuntos
Recursos Humanos de Enfermagem no Hospital , Segurança do Paciente/normas , Adulto , Feminino , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Adulto Jovem
4.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 49(1): 104-113, Jan-Feb/2015. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-742062

RESUMO

OBJECTIVE To evaluate intervening factors in patient safety, focusing on hospital nursing staff. METHOD The study is descriptive, with qualitative approach, excerpt from a larger study with analytical nature. It was undertaken in a public hospital in Fortaleza, CE, Brazil, between January and June 2013, with semi-structured interviews to 70 nurses, using Thematic Content Analysis. RESULTS The principal intervening factors in patient safety related to hospital nursing staff were staff dimensioning and workload, professional qualification and training, team work, being contracted to the institution, turnover and lack of job security, and bad practice/disruptive behaviors. These aspects severely interfere with the establishment of a safety culture in the hospital analyzed. CONCLUSION It is necessary for managers to invest in nursing staff, so that these workers may be valued as fundamental in the promotion of patient safety, making it possible to develop competences for taking decisions with focus on the improvement of quality care. .


OBJETIVO Avaliar fatores intervenientes na segurança do paciente, com enfoque na equipe de Enfermagem hospitalar. MÉTODO Estudo descritivo, com abordagem qualitativa, recorte de pesquisa de maior abrangência de caráter analítico. Desenvolveu-se em um hospital público de Fortaleza, CE, Brasil, entre janeiro a junho de 2013, por meio entrevistas semiestruturadas com 70 enfermeiros assistenciais, empregando-se Análise de Conteúdo Temática. RESULTADOS Os principais fatores intervenientes na segurança do paciente relacionados à equipe de Enfermagem encontrados foram: dimensionamento de pessoal e carga de trabalho; formação e capacitação profissional; trabalho em equipe; vínculo empregatício, rotatividade e falta de estabilidade; má prática/comportamentos destrutivos. Tais aspectos interferem sobremaneira no estabelecimento da cultura de segurança na instituição analisada. CONCLUSÃO São necessários investimentos, por parte dos gestores, nos recursos humanos de Enfermagem, para que estes trabalhadores sejam valorizados como fundamentais na promoção da segurança do paciente, possibilitando o desenvolvimento de competências para a tomada de decisão com foco na melhoria da qualidade assistencial. .


OBJETIVO Evaluar los factores intervinientes en la seguridad del paciente, con énfasis en el equipo de Enfermería hospitalaria. MÉTODO Estudio descriptivo, con abordaje cualitativo, recorte de investigación de mayor alcance de carácter analítico. Se desarrolló en un hospital público de Fortaleza, CE, Brasil, entre enero y junio de 2013, por medio de entrevistas semiestructuradas con 70 enfermeros asistenciales, empleándose el Análisis de Contenido Temático. RESULTADOS Los principales factores intervinientes en la seguridad del paciente relacionados con el equipo de Enfermería encontrados fueron: dimensionamiento de personal y carga laboral; formación y capacitación profesional; trabajo en equipo; vínculo de empleo, rotatividad y falta de estabilidad; mala práctica/comportamientos destructivos. Dichos aspectos interfieren demasiado en el planteamiento de la cultura de seguridad de la institución analizada. CONCLUSIÓN Son necesarias inversiones, por parte de los gestores, en los recursos humanos de Enfermería, para que se valoren esos trabajadores como fundamentales en la promoción de la seguridad del paciente, posibilitando el desarrollo de competencias para la toma de decisiones con énfasis en la mejoría de la calidad asistencial. .


Assuntos
Adulto , Feminino , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Adulto Jovem , Recursos Humanos de Enfermagem no Hospital , Segurança do Paciente/normas
5.
Rev. SOBECC ; 19(2): 79-86, abr.-jun. 2014. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-723601

RESUMO

Objetivo: identificar as intervenções de enfermagem no transoperatório para prevenção e/ou tratamento da hipotermia acidental. Método: pesquisa exploratória, descritiva com abordagem quantitativa, realizada em um centro cirúrgico de hospital público da rede estadual de Fortaleza-CE. A amostra constituiu-se de 12 intervenções realizadas pela equipe de enfermagem em pacientes submetidos a 120 procedimentos cirúrgicos, de janeiro a junho de 2011. Resultados: constatou-se que a temperatura média na sala de admissão, do forno para aquecimento, do recipiente para armazenamento de fluidos aquecidos e da sala de cirurgia não estavam em concordância com aquelas recomendadas. Conclusão: os resultados demonstraram a necessidade de intervenções eficazes para a prevenção da hipotermia e que o Enfermeiro tem papel importante nete contexto, uma vez que a segurança do paciente e a redução de complicações decorrentes do procedimento anestésico-cirúrgico são metas do cuidado de enfermagem.


Assuntos
Humanos , Assistência ao Paciente , Enfermagem Perioperatória/estatística & dados numéricos , Equipe de Enfermagem/estatística & dados numéricos , Hipotermia/enfermagem , Hipotermia/prevenção & controle
6.
Rev. SOBECC ; 19(2): 79-86, abr.-jun. 2014. tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-26541

RESUMO

Objetivo: identificar as intervenções de enfermagem no transoperatório para prevenção e/ou tratamento da hipotermia acidental. Método: pesquisa exploratória, descritiva com abordagem quantitativa, realizada em um centro cirúrgico de hospital público da rede estadual de Fortaleza-CE. A amostra constituiu-se de 12 intervenções realizadas pela equipe de enfermagem em pacientes submetidos a 120 procedimentos cirúrgicos, de janeiro a junho de 2011. Resultados: constatou-se que a temperatura média na sala de admissão, do forno para aquecimento, do recipiente para armazenamento de fluidos aquecidos e da sala de cirurgia não estavam em concordância com aquelas recomendadas. Conclusão: os resultados demonstraram a necessidade de intervenções eficazes para a prevenção da hipotermia e que o Enfermeiro tem papel importante nete contexto, uma vez que a segurança do paciente e a redução de complicações decorrentes do procedimento anestésico-cirúrgico são metas do cuidado de enfermagem.(AU)


Assuntos
Humanos , Hipotermia/enfermagem , Hipotermia/prevenção & controle , Enfermagem Perioperatória , Equipe de Enfermagem , Assistência ao Paciente
7.
Esc. Anna Nery Rev. Enferm ; 18(1): 122-129, Jan-Mar/2014.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-704662

RESUMO

O objetivo deste estudo foi identificar e analisar estratégias para promover a segurança do paciente na perspectiva de enfermeiros assistenciais. Métodos: Estudo descritivo, qualitativo, desenvolvido em hospital público de Fortaleza - CE. A coleta de dados procedeu-se mediante entrevista semiestruturada com 37 enfermeiros, analisada segundo o referencial da análise de conteúdo. As estratégias identificadas para promoção da segurança do paciente foram apresentadas em três categorias: 1. Identificação dos principais riscos relacionados à assistência de enfermagem, 2. Incorporação de práticas seguras e baseadas em evidências e 3. Levantamento de barreiras e oportunidades para um cuidado seguro. Resultados: Os participantes identificaram riscos físicos/químicos, clínicos, assistenciais e institucionais, além de barreiras e oportunidades que implicam na (in) segurança do paciente. Por outro lado, referiram práticas embasadas em metas internacionais divulgadas pela Organização Mundial de Saúde. Conclusão: Sugere-se a inclusão e a participação ativa destes profissionais em uma gestão compartilhada para a implantação da cultura de segurança. .


Objetivo:Identificar y analizar estrategias para promover la seguridad del paciente desde la perspectiva de los enfermeros.Métodos:Estudio descriptivo, cualitativo, realizado en un hospital público de Fortaleza/CE. La recolección de datos se realizó a través de entrevistas semiestructuradas con 37 enfermeras, analizadas según el referencial de análisis de contenido. Las estrategias identificadas para promover la seguridad del paciente fueron presentadas en tres categorías: 1) Identificación de los principales riesgos; 2) Incorporación de prácticas seguras, basadas en evidencias; 3) Análisis de las barreras y oportunidades para un cuidado seguro.Resultados:Los participantes identificaron riesgos físicos/químicos, clínicos, asistenciales e institucionales, además de las barreras y oportunidades implicadas en la (in) seguridad del paciente. Por otro lado, reportaron prácticas basadas en objetivos internacionales reveladas por la Organización Mundial de Salud.Conclusión:Se sugiere la inclusión y la participación activa de los profesionales en la gestión compartida para implantación de la cultura de seguridad.


Assuntos
Humanos , Enfermagem Baseada em Evidências , Cuidados de Enfermagem , Segurança do Paciente , Fatores de Risco
8.
Rev. dor ; 14(4): 251-255, out.-dez. 2013. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: lil-700060

RESUMO

JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Apesar de ser o tipo mais prevalente de dor aguda e de sua expressão clínica estar associada à morbimortalidade, a dor pós-operatória persiste subdiagnosticada e subtratada. O objetivo deste estudo foi analisar registros sobre dor e analgesia pós-operatória em prontuários de pacientes internados. MÉTODOS: Estudo documental, transversal, de natureza quantitativa, realizado em hospital privado de Fortaleza/CE. Analisaram-se 60 prontuários de pacientes nas primeiras 24 horas de pós-operatório. Utilizou-se check-list para avaliação dos registros sobre avaliação da dor em três momentos (pós-operatório imediato na sala de recuperação pós-anestésica, após uma hora de cirurgia e nas horas subsequentes). Também foram analisadas prescrições médicas e de enfermagem, evoluções diárias e folha de monitorização clínica. Realizou-se análise estatística descritiva e aplicou-se teste Qui-quadrado de tendência linear (χ2) para comparar respostas dos pacientes à analgesia nos diferentes momentos de avaliação da dor. RESULTADOS: Encontrou-se registro sobre dor e analgesia em 46,6% dos prontuários, limitado à descrição de intensidade, localização e analgesia. Prevaleceram pacientes do gênero feminino (55%), maiores de 59 anos (31,6%), submetidos a cirurgias gerais (46,6%), com dor abdominal (45%) moderada a intensa na primeira avaliação, evoluindo para dor leve ou ausência de dor nas horas subsequentes à analgesia. Daqueles que apresentaram dor, 45% não receberam analgesia. Comprovou-se relação estatisticamente significativa entre intensidade da dor e tempo de pós-operatório (p<0,001). CONCLUSÃO: São preocupantes os achados relacionados à subprescrição de analgésicos no pós-operatório. Os profissionais devem se envolver no manuseio e no registro apropriado desse tipo de dor, promovendo melhores condutas analgésicas e maior satisfação aos pacientes.


BACKGROUND AND OBJECTIVES: Although being the most prevalent acute pain and its clinical expression being associated to morbidity and mortality, postoperative pain is still underdiagnosed and undertreated. This study aimed at analyzing records of postoperative pain and analgesia of admitted patients' medical charts. METHODS: This is a documental, transversal and quantitative study carried out in a private hospital of Fortaleza/CE. Sixty medical charts of patients were analyzed during the first 24 postoperative hours. A checklist was used to evaluate pain records in three moments (immediate postoperative period in the post-anesthetic care unit, one hour after surgery and subsequent hours). We have also analyzed medical and nursing prescriptions, daily evolutions and clinical monitoring sheets. Descriptive statistical analysis was used and Chi-square test with linear trend (χ2) was applied to compare patients' response to analgesia in different pain evaluation moments. RESULTS: Records on pain and analgesia were found in 46.6% medical charts and were limited to describing intensity, location and analgesia. The prevalence was female patients (55%), older than 59 years (31.6%), submitted to general surgeries (46.6%), with moderate to severe abdominal pain (45%) in the first evaluation, evolving to mild or no pain in hours subsequent to analgesia. From those with pain, 45% have received no analgesia. There has been statistically significant relation between pain intensity and postoperative time (p < 0.001). CONCLUSIONS: Findings about underprescription of postoperative analgesics are worrisome. Professionals should be involved in the adequate handling and recording of this type of pain, promoting better analgesic approaches and higher patients' satisfaction.

9.
Rev. RENE ; 14(6): 1073-1083, nov.-dez. 2013.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-721916

RESUMO

Estudo descritivo que objetivou analisar o processo de comunicação de eventos adversos no contexto hospitalar, sob a perspectiva de enfermeiros assistenciais. Os dados foram coletados em janeiro de 2013 em hospital público de Fortaleza-CE, Brasil. Aplicou-se entrevista semiestruturada a 37 enfermeiros, abrangendo questões norteadoras sobre comunicação/registro de eventos adversos. Constatou-se que existe comunicação de eventos adversos no serviço, porém há subnotificação e análise inadequada dos casos; os enfermeiros não foram unânimes na identificação dos documentos indicados para registro dos eventos; e prevalece a cultura punitiva nas situações que geram eventos adversos, evidenciada pelos relatos de práticas de repreensão e punição dos profissionais. Conclui-se que é necessário incentivar a comunicação adequada de eventos adversos no serviço, considerando o registro como indispensável no processo de comunicação organizacional, pois é fonte de dados para análise da ocorrência de eventos adversos e garante segurança ao paciente.


This descriptive study aimed to analyze the process of communicating adverse events in the hospital context, from the nurses’ perspective. Data was collected in January 2013 in a public hospital in Fortaleza, Ceará, Brazil. A semi-structured interview was held with 37 nurses, covering guiding questions regarding the communication/recording of adverse events. It was found that communication of adverse events exists in the service, but that cases are under-reported and inadequately analyzed; the nurses were not unanimous in identifying the documents indicated for recording events; and a punitive culture predominates in the situations which generate adverse events, evidenced by reports of practices of reprimanding and punishment of the professionals. It is concluded that encouraging appropriate communication of adverse events in the service is necessary, considering recording as indispensable in the organizational communication process, as this is the source of data for analyzing the occurrence of adverse events and ensures patient safety.


Estudio descriptivo, cuyo objetivo fue analizar el proceso de comunicación de eventos adversos en medio hospitalario, bajo la perspectiva de enfermeros. Los datos fueron recolectados en enero de 2013 en hospital público de Fortaleza-CE, Brasil. Se aplicó entrevista semiestructurada a 37 enfermeros, incluyendo preguntas acerca de la comunicación/registro de eventos adversos. Se encontró comunicación de eventos adversos en el servicio, pero con subregistro de casos y análisis inadecuados; los enfermeros no fueron unánimes en identificar los documentos para registro de eventos; y prevalece la cultura punitiva en situaciones que generan eventos adversos, como señalan los informes de prácticas de amonestación y castigo de los profesionales. En conclusión, es necesario fomentar la comunicación adecuada de eventos adversos en el servicio, teniendo en cuenta que el registro es esencial en el proceso de comunicación organizacional, ya que es fuente de datos para análisis de eventos adversos y garantiza seguridad del paciente.


Assuntos
Humanos , Gestão da Segurança , Enfermagem , Registros de Enfermagem , Segurança do Paciente , Qualidade da Assistência à Saúde
10.
Rev. RENE ; 14(6): 1073-1083, nov.-dez. 2013.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-26431

RESUMO

Estudo descritivo que objetivou analisar o processo de comunicação de eventos adversos no contexto hospitalar, sob a perspectiva de enfermeiros assistenciais. Os dados foram coletados em janeiro de 2013 em hospital público de Fortaleza-CE, Brasil. Aplicou-se entrevista semiestruturada a 37 enfermeiros, abrangendo questões norteadoras sobre comunicação/registro de eventos adversos. Constatou-se que existe comunicação de eventos adversos no serviço, porém há subnotificação e análise inadequada dos casos; os enfermeiros não foram unânimes na identificação dos documentos indicados para registro dos eventos; e prevalece a cultura punitiva nas situações que geram eventos adversos, evidenciada pelos relatos de práticas de repreensão e punição dos profissionais. Conclui-se que é necessário incentivar a comunicação adequada de eventos adversos no serviço, considerando o registro como indispensável no processo de comunicação organizacional, pois é fonte de dados para análise da ocorrência de eventos adversos e garante segurança ao paciente. (AU)


This descriptive study aimed to analyze the process of communicating adverse events in the hospital context, from the nurses’ perspective. Data was collected in January 2013 in a public hospital in Fortaleza, Ceará, Brazil. A semi-structured interview was held with 37 nurses, covering guiding questions regarding the communication/recording of adverse events. It was found that communication of adverse events exists in the service, but that cases are under-reported and inadequately analyzed; the nurses were not unanimous in identifying the documents indicated for recording events; and a punitive culture predominates in the situations which generate adverse events, evidenced by reports of practices of reprimanding and punishment of the professionals. It is concluded that encouraging appropriate communication of adverse events in the service is necessary, considering recording as indispensable in the organizational communication process, as this is the source of data for analyzing the occurrence of adverse events and ensures patient safety. (AU)


Estudio descriptivo, cuyo objetivo fue analizar el proceso de comunicación de eventos adversos en medio hospitalario, bajo la perspectiva de enfermeros. Los datos fueron recolectados en enero de 2013 en hospital público de Fortaleza-CE, Brasil. Se aplicó entrevista semiestructurada a 37 enfermeros, incluyendo preguntas acerca de la comunicación/registro de eventos adversos. Se encontró comunicación de eventos adversos en el servicio, pero con subregistro de casos y análisis inadecuados; los enfermeros no fueron unánimes en identificar los documentos para registro de eventos; y prevalece la cultura punitiva en situaciones que generan eventos adversos, como señalan los informes de prácticas de amonestación y castigo de los profesionales. En conclusión, es necesario fomentar la comunicación adecuada de eventos adversos en el servicio, teniendo en cuenta que el registro es esencial en el proceso de comunicación organizacional, ya que es fuente de datos para análisis de eventos adversos y garantiza seguridad del paciente. (AU)


Assuntos
Humanos , Enfermagem , Registros de Enfermagem , Gestão da Segurança , Qualidade da Assistência à Saúde , Segurança do Paciente
11.
Rev. enferm. UFPE on line ; 4(3): 1392-1400, jul./set 2010. tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-20339

RESUMO

Objetivo: analisar saberes e práticas de enfermeiras sobre avaliação da dor no contexto hospitalar. Método: recorte descritivo e analítico de pesquisa convergente-assistencial realizada em hospital privado de Fortaleza-Ceará, em 2007, aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Estadual do Ceará (Protocolo nº07336264-6). Aplicou-se entrevista estruturada a 15 enfermeiras assistenciais sobre avaliação da dor, os dados receberam análise qualitativa e os resultados apresentados em categorias temáticas. Resultados: Identificou-se que a dor é, predominantemente, conceituada como sensação desagradável para o ser humano, indicando que algo não vai bem no organismo. Sua avaliação se dá, principalmente, pelo relato verbal do doente, fácies de dor e sinais/sintomas associados ao quadro álgico. Quanto ao tratamento, o farmacológico é o que prevalece na opinião das enfermeiras, sendo citados: antiinflamatórios não-esteroidais (AINES), opióides e analgésicos simples. Também foram citadas medidas não-farmacológicas: aplicação de frio ou calor, promoção de ambiente tranqüilo, prestar esclarecimentos sobre o procedimento e estado geral do paciente, entre outros. Conclusão: Constatou-se que as enfermeiras demonstraram saberes e práticas bem articulados sobre o manejo da dor, no entanto não era rotina avaliá-la sistematicamente, denotando a necessidade da incorporação de programas educativos sobre dor nos cursos de Enfermagem e instituições de saúde em geral


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Dor , Medição da Dor , Assistência Hospitalar , Avaliação em Enfermagem , Enfermeiras e Enfermeiros , Pesquisa Qualitativa , Hospitais Privados
12.
Rev. paul. enferm ; 28(3): [49-57], Jul. 2009. tab, ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-755287

RESUMO

Estudo do tipo survey descritivo, realizado em hospital privado de Fortaleza (CE), no período de janeiro a maio de 2008, com objetivo de conhecer a opinião da equipe de enfermagem sabre as vantagens e desvantagens da prescrição eletrônica e a importância dos registros de enfermagem no prontuário eletrônico para a qualidade da assistência no serviço hospitalar. Este estudo mostrou que o prontuário eletrônico de forma geral tem vantagens,como elevada legibilidade, organização, registro e resgate rápido de informações, acesso fácil a prescrições anteriores, facilidade no arquivamento do prontuário e maior clareza para a auditoria e contas médicas. Por outro lado, apresentou como principais desvantagens a repetição de prescrições médicas sem avaliação adequada, possibilidade de falha eletrônica e a elevação de custos. Os enfermeiros relataram que os registros informatizados facilitaram a trabalho, pois o período gasto com prontuário é menor, aumentando 0 tempo de cuidado direto ao paciente. Concluiu-se que 0 prontuário eletrônico e um avanço tecnológico, pois traz diversas contribuições,dentre elas, o aumento da segurança em relação à prescrição médica, tornando-a um impresso legível e, consequentemente, minimizando os riscos de iatrogenias.


A survey, descriptive study conducted in a private hospital of Fortaleza (CE) from January to May 2008, in orderto know the opinion of the nursing staff about the advantages and disadvantages of electronic prescription andthe importance of the nursing records in electronic medical records-tor the quality of care in the hospital service. This study showed that the electronic medical record in general has advantages such as readability, organization, registration and fast recovery of information, easy access to previous prescriptions, easy archiving of medical records and facility for audit and medical accounts. On the other hand, it presented the repetition of prescriptions without appropriate evaluation, possibility of electronic failure and higher costs as main disadvantages. Nurses related that computer records facilitated their work, because the time spent with medical records is smaller, increasing the time for direct care to patients. It was concluded that the electronic record is a technological progress because it brings several contributions, among them increases safety for the prescription, making it readable andthus minimizing the risks of iatrogenic problems.


Estudio del tipo survey, descriptivo, hecho en hospital privado de Fortaleza-CE en período de enero a mayo 2008 con el objetlvo de conocer la opinión del equipo de enfermería sobre las vantajas y desvantajas de la prescripción eletrônica y de la importancia de los registros de enfermería en los sistemas de historias clínicas informatizadas para la cualidad de la asistencia hospitalaria. Este estudio o señaló que el registro eletrônico de general tiene vantajas, como mayor legibilidad, organización, registro y rescate rápida de informaciones, acceso facil a las prescripciones anteriores, facilidad en el fichero y mayor seguridad para la auditoria y cuentas médicas, por otro lado, presente como principales desvantajas la repetición de prescripciones médicas sin evaluación,posibilidad de falla eletrônica y la elevación de los custeos. Los enfermeros relataron que los registros informatizados facilitaron el trabajo, pues el periodo perdido con los registros es menor, 10 que aumenta el tiempo para la atención directa al paciente. Se concluye que et sistema informatizado es un avanzo tecnologico, pues trae diversas contribuciones, dentre ellas, aumenta la seguridad en relación a la prescripción médica,cambiándola en un impreso legible y consecuentemente disminuye los riesgo de iatrogenias.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Registros Eletrônicos de Saúde , Formulários de Hospitais , Hospitais , Enfermagem
13.
Ciênc. cuid. saúde ; 7(4): 476-484, out.-dez. 2008.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-535551

RESUMO

Diante da realidade das estruturas físicas e organizacionais das unidades de terapia intensiva (UTIs) do município de Fortaleza - CE, sentiu-se a necessidade de realizar estudo que analisasse os riscos ocupacionais da equipe de enfermagem em uma UTI. Trata-se de uma pesquisa descritiva e exploratória, realizada no período de janeiro a março de 2006, num hospital público de referência do Estado do Ceará. Os participantes do estudo foram 19 profissionais da equipe de enfermagem da UTI que aceitaram participar da investigação. Os dados foram coletados por meio de entrevista semi-estruturada e enriquecidos com dados registrados em um roteiro de observação. Concluiu-se que os principais riscos ocupacionais encontrados foram o excesso de ruídos na unidade, a temperatura inadequada do ambiente, a inobservância do controle de gases e vapores, a utilização inadequada dos equipamentos de proteção individual durante os procedimentos (observada na manipulação e no preparo das medicações e durante os cuidados de enfermagem ao paciente) e a exposição radioativa. Também se registrou a exposição diária a agentes biológicos, fatores psicossociais e de natureza ergonômica.


Taking into consideration the physical and organizational structures of the Intensive Care Units of the Municipal district of Fortaleza-CE, the present study was carried out to analyze the occupational risks of the nursing team in ICUs. It is a descriptive, exploratory research accomplished from January to March 2006 in a Public Hospital of the State of Ceará. The participants were 19 professionals who accepted to take part in the research. The data were collected through semi-structured interview and enriched with data collected through observation. It was concluded that the main occupational risks were the excess of noise in the unit; the inadequate room temperature, the inobservance of the control of gases and vapors; the improper use of the equipments of individual protection during the procedures, observed in the manipulation of the medications, and also during the administration to the patients; and the exposition to radiation in the accomplishment of radiographic exams. It was also observed daily exposition to biological agents, to psychosocial factors and of ergonomic nature.


Delante de la realidad de las estructuras físicas y organizacionales de las Unidades de Cuidados Intensivos del Municipio de Fortaleza-CE, se sintió la necesidad de realizar un estudio que analizase los riesgos ocupacionales del equipo de enfermería en una UCI. Se trata de una investigación descriptiva, exploratoria, realizada en el periodo de enero a marzo de 2006, en un Hospital Público de referencia del Estado del Ceará. Los participantes del estudio fueron 19 profesionales del equipo de enfermería de la UCI que aceptaron participar de la investigación. Los datos fueron recogidos a través de una entrevista semiestructurada y enriquecidos con datos registrados en un guión de observación. Se concluyó que los principales riesgos ocupacionales encontrados fueron el exceso de ruidos en la unidad, la temperatura inadecuada del ambiente, la no observación del control de gases y vapores, la utilización inadecuada de los equipamientos de protección individual durante los procedimientos (observada en la manipulación y en el preparo de las medicinas, y también durante las atenciones de enfermería al paciente) y en la exposición radioactiva. También se registró la exposición diaria a agentes biológicos, factores psicosociales y de naturaleza ergonómica.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Unidades de Terapia Intensiva , Saúde do Trabalhador , Riscos Ocupacionais
14.
Ciênc. cuid. saúde ; 7(4): 476-484, out.-dez. 2008.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-18745

RESUMO

Diante da realidade das estruturas físicas e organizacionais das unidades de terapia intensiva (UTIs) do município de Fortaleza - CE, sentiu-se a necessidade de realizar estudo que analisasse os riscos ocupacionais da equipe de enfermagem em uma UTI. Trata-se de uma pesquisa descritiva e exploratória, realizada no período de janeiro a março de 2006, num hospital público de referência do Estado do Ceará. Os participantes do estudo foram 19 profissionais da equipe de enfermagem da UTI que aceitaram participar da investigação. Os dados foram coletados por meio de entrevista semi-estruturada e enriquecidos com dados registrados em um roteiro de observação. Concluiu-se que os principais riscos ocupacionais encontrados foram o excesso de ruídos na unidade, a temperatura inadequada do ambiente, a inobservância do controle de gases e vapores, a utilização inadequada dos equipamentos de proteção individual durante os procedimentos (observada na manipulação e no preparo das medicações e durante os cuidados de enfermagem ao paciente) e a exposição radioativa. Também se registrou a exposição diária a agentes biológicos, fatores psicossociais e de natureza ergonômica.(AU)


Taking into consideration the physical and organizational structures of the Intensive Care Units of the Municipal district of Fortaleza-CE, the present study was carried out to analyze the occupational risks of the nursing team in ICUs. It is a descriptive, exploratory research accomplished from January to March 2006 in a Public Hospital of the State of Ceará. The participants were 19 professionals who accepted to take part in the research. The data were collected through semi-structured interview and enriched with data collected through observation. It was concluded that the main occupational risks were the excess of noise in the unit; the inadequate room temperature, the inobservance of the control of gases and vapors; the improper use of the equipments of individual protection during the procedures, observed in the manipulation of the medications, and also during the administration to the patients; and the exposition to radiation in the accomplishment of radiographic exams. It was also observed daily exposition to biological agents, to psychosocial factors and of ergonomic nature.(AU)


Delante de la realidad de las estructuras físicas y organizacionales de las Unidades de Cuidados Intensivos del Municipio de Fortaleza-CE, se sintió la necesidad de realizar un estudio que analizase los riesgos ocupacionales del equipo de enfermería en una UCI. Se trata de una investigación descriptiva, exploratoria, realizada en el periodo de enero a marzo de 2006, en un Hospital Público de referencia del Estado del Ceará. Los participantes del estudio fueron 19 profesionales del equipo de enfermería de la UCI que aceptaron participar de la investigación. Los datos fueron recogidos a través de una entrevista semiestructurada y enriquecidos con datos registrados en un guión de observación. Se concluyó que los principales riesgos ocupacionales encontrados fueron el exceso de ruidos en la unidad, la temperatura inadecuada del ambiente, la no observación del control de gases y vapores, la utilización inadecuada de los equipamientos de protección individual durante los procedimientos (observada en la manipulación y en el preparo de las medicinas, y también durante las atenciones de enfermería al paciente) y en la exposición radioactiva. También se registró la exposición diaria a agentes biológicos, factores psicosociales y de naturaleza ergonómica.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Saúde do Trabalhador , Riscos Ocupacionais , Unidades de Terapia Intensiva
15.
Ciênc. cuid. saúde ; 7(4): 476-484, out.-dez. 2008.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-19046

RESUMO

Diante da realidade das estruturas físicas e organizacionais das unidades de terapia intensiva (UTIs) do município de Fortaleza - CE, sentiu-se a necessidade de realizar estudo que analisasse os riscos ocupacionais da equipe de enfermagem em uma UTI. Trata-se de uma pesquisa descritiva e exploratória, realizada no período de janeiro a março de 2006, num hospital público de referência do Estado do Ceará. Os participantes do estudo foram 19 profissionais da equipe de enfermagem da UTI que aceitaram participar da investigação. Os dados foram coletados por meio de entrevista semi-estruturada e enriquecidos com dados registrados em um roteiro de observação. Concluiu-se que os principais riscos ocupacionais encontrados foram o excesso de ruídos na unidade, a temperatura inadequada do ambiente, a inobservância do controle de gases e vapores, a utilização inadequada dos equipamentos de proteção individual durante os procedimentos (observada na manipulação e no preparo das medicações e durante os cuidados de enfermagem ao paciente) e a exposição radioativa. Também se registrou a exposição diária a agentes biológicos, fatores psicossociais e de natureza ergonômica.(AU)


Taking into consideration the physical and organizational structures of the Intensive Care Units of the Municipal district of Fortaleza-CE, the present study was carried out to analyze the occupational risks of the nursing team in ICUs. It is a descriptive, exploratory research accomplished from January to March 2006 in a Public Hospital of the State of Ceará. The participants were 19 professionals who accepted to take part in the research. The data were collected through semi-structured interview and enriched with data collected through observation. It was concluded that the main occupational risks were the excess of noise in the unit; the inadequate room temperature, the inobservance of the control of gases and vapors; the improper use of the equipments of individual protection during the procedures, observed in the manipulation of the medications, and also during the administration to the patients; and the exposition to radiation in the accomplishment of radiographic exams. It was also observed daily exposition to biological agents, to psychosocial factors and of ergonomic nature.(AU)


Delante de la realidad de las estructuras físicas y organizacionales de las Unidades de Cuidados Intensivos del Municipio de Fortaleza-CE, se sintió la necesidad de realizar un estudio que analizase los riesgos ocupacionales del equipo de enfermería en una UCI. Se trata de una investigación descriptiva, exploratoria, realizada en el periodo de enero a marzo de 2006, en un Hospital Público de referencia del Estado del Ceará. Los participantes del estudio fueron 19 profesionales del equipo de enfermería de la UCI que aceptaron participar de la investigación. Los datos fueron recogidos a través de una entrevista semiestructurada y enriquecidos con datos registrados en un guión de observación. Se concluyó que los principales riesgos ocupacionales encontrados fueron el exceso de ruidos en la unidad, la temperatura inadecuada del ambiente, la no observación del control de gases y vapores, la utilización inadecuada de los equipamientos de protección individual durante los procedimientos (observada en la manipulación y en el preparo de las medicinas, y también durante las atenciones de enfermería al paciente) y en la exposición radioactiva. También se registró la exposición diaria a agentes biológicos, factores psicosociales y de naturaleza ergonómica.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Saúde do Trabalhador , Riscos Ocupacionais , Unidades de Terapia Intensiva
16.
Ciênc. cuid. saúde ; 7(3): 311-318, jul.-set. 2008. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-532658

RESUMO

Trata-se de um estudo sobre a percepção e o conhecimento dos técnicos em Radiologia em relação às medidas de prevenção e controle de infecção hospitalar utilizadas durante os exames radiológicos. O estudo é de caráter exploratório-descritivo e foi realizado em dois centros de imagem - um público e um privado - localizados emFortaleza - CE. Os dados foram coletados em julho e agosto de 2006, por meio de uma entrevista semiestruturada aplicada a 32 técnicos em Radiologia. Os resultados demonstraram que o hábito de lavar as mãos antes do procedimento é maior no hospital privado e que o álcool foi o produto mais utilizado para limpeza dochassi. Foram constatados deficit de conhecimento e cooperação entre os profissionais de enfermagem etécnicos em radiologia em ambas as instituições. A precariedade de equipamento de proteção individual foi mais evidente no hospital público, mas o desconhecimento em relação a como proceder com o paciente e os tipos decuidados adotados durante os exames radiológicos foram semelhantes nos dois hospitais. Com base nos resultados, conclui-se que a presença do enfermeiro no Setor de Radiologia é fundamental para elaborar e implementar programas sobre medidas de prevenção de infecção hospitalar durante exames radiológicos,objetivando a qualidade da assistência.


This is a study on the perceptions and knowledge of technicians in Radiology with regard to measures for theprevention and control of hospital infection used during radiological investigations. Descriptive-exploratory study, conducted at two centers of image, one public and one private, located in Fortaleza-CE. The data were collected in July and August 2006, through a semi-structured interview applied to 32 technicians in radiology. The results showed that the routine of washing hands before the procedure is greater in the private hospital and that alcohol was the most used product for cleaning the chassis. A lack of knowledge and cooperation between professional nursing and technicians in Radiology was observed in both institutions. The precariousness of personal protective equipment was more evident in the public hospital, but the ignorance on how to proceed with patient and the types of care used during radiological examinations were similar in the two hospitals. Based on the results, it is concluded that the presence of nurses at Division of Radiology is essential to develop and implement programs on actions to prevent hospital infection during radiological investigations, aiming at the quality of care.


Se trata de un estudio sobre la percepción y el conocimiento de los técnicos en Radiología en relación a lasmedidas de prevención y control de infección hospitalaria utilizada durante los exámenes radiológicos. El estudioes de carácter exploratorio-descriptivo y fue realizado en dos centros de imagen - uno público y uno privado -localizados en Fortaleza - CE. Los datos fueron recogidos en julio y agosto de 2006, por medio de una entrevistasemiestructurada aplicada a 32 técnicos en Radiología. Los resultados demostraron que el hábito de lavarse lasmanos antes del procedimiento es mayor en el hospital privado y que el alcohol fue el producto más utilizadopara limpieza del chasis. Fueron constatados déficit de conocimiento y cooperación entre los profesionales deEnfermería y técnicos en Radiología en ambas las instituciones. La precariedad de equipamiento de protecciónindividual fue más evidente en el hospital público, pero el desconocimiento con relación a como proceder con el 318 Espíndola KKL, Ramos IC, Leitão IMTACienc Cuid Saude 2008 Jul/Set; 7(3):311-318 paciente y los tipos de cuidados adoptados durante los exámenes radiológicos fueron semejantes en los dos hospitales. Con base en los resultados, se concluye que la presencia del enfermero en el Sector de Radiología es fundamental para elaborar e implementar programas sobre medidas de prevención de infección hospitalaria durante exámenes radiológicos, objetivando la cualidad de la asistencia.


Assuntos
Infecção Hospitalar , Enfermagem , Radiologia
17.
Ciênc. cuid. saúde ; 7(3): 311-318, jul.-set. 2008. tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-18764

RESUMO

Trata-se de um estudo sobre a percepção e o conhecimento dos técnicos em Radiologia em relação às medidas de prevenção e controle de infecção hospitalar utilizadas durante os exames radiológicos. O estudo é de caráter exploratório-descritivo e foi realizado em dois centros de imagem - um público e um privado - localizados emFortaleza - CE. Os dados foram coletados em julho e agosto de 2006, por meio de uma entrevista semiestruturada aplicada a 32 técnicos em Radiologia. Os resultados demonstraram que o hábito de lavar as mãos antes do procedimento é maior no hospital privado e que o álcool foi o produto mais utilizado para limpeza dochassi. Foram constatados deficit de conhecimento e cooperação entre os profissionais de enfermagem etécnicos em radiologia em ambas as instituições. A precariedade de equipamento de proteção individual foi mais evidente no hospital público, mas o desconhecimento em relação a como proceder com o paciente e os tipos decuidados adotados durante os exames radiológicos foram semelhantes nos dois hospitais. Com base nos resultados, conclui-se que a presença do enfermeiro no Setor de Radiologia é fundamental para elaborar e implementar programas sobre medidas de prevenção de infecção hospitalar durante exames radiológicos,objetivando a qualidade da assistência.(AU)


This is a study on the perceptions and knowledge of technicians in Radiology with regard to measures for theprevention and control of hospital infection used during radiological investigations. Descriptive-exploratory study, conducted at two centers of image, one public and one private, located in Fortaleza-CE. The data were collected in July and August 2006, through a semi-structured interview applied to 32 technicians in radiology. The results showed that the routine of washing hands before the procedure is greater in the private hospital and that alcohol was the most used product for cleaning the chassis. A lack of knowledge and cooperation between professional nursing and technicians in Radiology was observed in both institutions. The precariousness of personal protective equipment was more evident in the public hospital, but the ignorance on how to proceed with patient and the types of care used during radiological examinations were similar in the two hospitals. Based on the results, it is concluded that the presence of nurses at Division of Radiology is essential to develop and implement programs on actions to prevent hospital infection during radiological investigations, aiming at the quality of care.(AU)


Se trata de un estudio sobre la percepción y el conocimiento de los técnicos en Radiología en relación a lasmedidas de prevención y control de infección hospitalaria utilizada durante los exámenes radiológicos. El estudioes de carácter exploratorio-descriptivo y fue realizado en dos centros de imagen - uno público y uno privado -localizados en Fortaleza - CE. Los datos fueron recogidos en julio y agosto de 2006, por medio de una entrevistasemiestructurada aplicada a 32 técnicos en Radiología. Los resultados demostraron que el hábito de lavarse lasmanos antes del procedimiento es mayor en el hospital privado y que el alcohol fue el producto más utilizadopara limpieza del chasis. Fueron constatados déficit de conocimiento y cooperación entre los profesionales deEnfermería y técnicos en Radiología en ambas las instituciones. La precariedad de equipamiento de protecciónindividual fue más evidente en el hospital público, pero el desconocimiento con relación a como proceder con el 318 Espíndola KKL, Ramos IC, Leitão IMTACienc Cuid Saude 2008 Jul/Set; 7(3):311-318 paciente y los tipos de cuidados adoptados durante los exámenes radiológicos fueron semejantes en los dos hospitales. Con base en los resultados, se concluye que la presencia del enfermero en el Sector de Radiología es fundamental para elaborar e implementar programas sobre medidas de prevención de infección hospitalaria durante exámenes radiológicos, objetivando la cualidad de la asistencia.(AU)


Assuntos
Enfermagem , Infecção Hospitalar , Radiologia
18.
Mundo saúde (Impr.) ; 28(2): 151-159, abr.-jun. 2004. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-366486

RESUMO

No contexto atual o enfermeiro tem que corresponder às exigências das instituições e dos clientes, requerendo habilidades, conhecimentos gerenciais, dinamismo, poder decisório, criatividade, liderança, cooperativismo, inteligência emocional, capacidade de barganha, plano de carreira, compromisso, dentre outros, para que se possa administrar a assistência prestada e sua equipe com eficiência. Para conhecer os estilos de liderança o presente estudo tem como propósito conhecer os sistemas de gerência do enfermeiro com relação aos perfis organizacionais junto a seus processos de trabalho em uma unidade de terapia intensiva com base nos perfis organizacionais de Likert. Por ser um estudo descritivo, o estudo delimitou uma amostra de oito enfermeiros assistenciais da unidade e uma do gerente de serviço. Para obtenção dos dados lançamos mão de um formulário composto por quadros de sistemas administrativos de Likert. Os dados foram organizados por tabelas e analisados conforme os perfis propostos. Constatamos que em relação à estrutura organizacional, o modelo gerencial da unidade pesquisada variou entre os sistemas Benevolente à Participativo (2/4), predominando o sistema Consultivo (3). Não queremos com este estudo estipular o melhor estilo, mas conhecer a estrutura de perfil da unidade em estudo será mais fácil adequar os processos de trabalho, os liderados e o líder. Percebemos o crescimento ascendente do gerente enfermeiro, sabendo que o estudo e a vivência desta área ampliará sua evolução profissional.


Assuntos
Liderança , Enfermagem , Cuidados de Enfermagem , Pesquisa em Administração de Enfermagem
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA