Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 13 de 13
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. bras. odontol ; 77(1): 1-7, jan. 2020. ilus; tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1102870

RESUMO

Objective: to evaluate the root canal treatment (RCT) and non-surgical root canal retreatment (NSRCR), associated with foraminal enlargement, performed on a singlevisit. Material and Methods: 125 teeth with apical periodontitis and follow-up period ranging from 6 to 12 months were included. The success was considered by the absence of signs and symptoms and complete or incomplete periapical repair. Logistic regression analyses were used to identify factors associated with the repair (p<0.05). Results: RCT showed 71.58% of complete healing and 23.16% of acceptable healing. NSRCR showed 80% of complete healing and 20% of acceptable healing. Age, gender, type of treatment and preoperative pain were not statistically significant for the healing process (p>0.05). Premolars showed the greatest chance of periapical repair. Pulp Canal Sealer showed a greater chance of periapical repair when compared to Sealapex (p<0.05). Conclusion: RCT and NSRCR using a foraminal enlargement protocol provided a favorable prognosis of periapical healing


Objetivo: avaliar o tratamento endodôntico (TE) e o retratamento não cirúrgico do canal radicular (RNCCR), associado a ampliação foraminal, realizado em sessão única. Material e Métodos: foram incluídos 125 dentes com periodontite apical e proservação de 6 a 12 meses. O sucesso foi considerado pela ausência de sinais e sintomas e reparo periapical completo ou incompleto. Análises de regressão logística foram utilizadas para identificar fatores associados ao reparo (p<0,05). Resultados: o TE mostrou 71,58% de cicatrização completa e 23,16% de cicatrização aceitável. O RNCCR mostrou 80% e 20% cicatrização completa e aceitável, respectivamente. Idade, sexo, tipo de tratamento e dor pré-operatória não foram estatisticamente significantes para o processo de cicatrização (p>0,05). Os pré-molares apresentaram a maior chance de reparo periapical. O cimento Pulp Canal Sealer mostrou maior chance de reparo periapical quando comparado ao Sealapex (p<0,05). Conclusão: o TE e RNCCR utilizando um protocolo de alargamento foraminal, proporcionaram um prognóstico favorável da cicatrização periapical


Assuntos
Periodontite Periapical , Tratamento do Canal Radicular/métodos , Preparo de Canal Radicular
2.
Rev. bras. odontol ; 77(1): 1-5, jan. 2020.
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-1103252

RESUMO

Objetivo: comparar a capacidade de adesão do cimento biocerâmico EndoSequence BC e do cimento resinoso AH Plus através de uma revisão integrativa. Material e Métodos: os bancos de dados online Medline/PubMed, Scopus, Web of Science e BVS foram utilizados para a revisão da literatura. Os critérios de elegibilidade incluíram artigos disponíveis na íntegra nas bases de dados pesquisadas, em inglês, e o conteúdo referente à adesão do cimento Endosequence BC sealer em comparação ao AH Plus. Resultados: foram encontrados 45 artigos. Após a remoção duplicada, 22 artigos foram selecionados. Após a leitura dos resumos, textos completos e aplicação dos critérios de inclusão, foram incluídos no total oito artigos. Em relação à capacidade de adesão dos cimentos testados, o AH Plus apresentou melhor adesão do que o cimento BC sealer em três artigos e menor adesão em dois artigos. Força de adesão semelhante foi observada entre os grupos em três estudos. Conclusões: com base nos estudos incluídos, o AH Plus apresenta maior resistência de união quando comparado ao BC Sealer


Aim: To compare the adhesion capacity of the bioceramic EndoSequence BC sealer and the AH Plus sealer through an integrative review. Methodology: The Medline/PubMed, Scopus, Web of Science and VHL online databases were used for the literature review. Eligibility criteria comprised articles available in full on the researched databases, in English, and content addressing Endosequence BC sealer adhesion compared to AH Plus sealer. Results: A total of 45 articles were found. After duplicate removal, 22 articles were selected. After reading the abstracts, full texts and applying the inclusion criteria, eight articles in total were included in the present study. Concerning the adhesion capacity of the tested cements, the AH Plus was reported as presenting better adhesion than the BC sealer in three articles, and less adhesion in two articles. Similar adherence strength was observed between groups in three studies. Conclusions: Based on the included studies, the AH Plus displays greater bond strength when compared to the BC Sealer.


Assuntos
Materiais Restauradores do Canal Radicular , Cimentos de Resina , Cimentos Dentários , Cavidade Pulpar , Endodontia , Silicatos/química
3.
Rev. bras. odontol ; 77(1): 1-5, jan. 2020. ilus, tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-1103880

RESUMO

Objetivo: O objetivo deste estudo foi avaliar a influência do consumo crônico de álcool no aumento da destruição óssea periapical em ratos. Material e métodos: Foram selecionados 12 ratos machos da linhagem Wistar, aleatoriamente divididos nos grupos controle e álcool (n=6). Os ratos do grupo álcool foram submetidos à auto-administração de solução alcoólica contendo 25% de álcool puro. O grupo controle recebeu apenas água filtrada durante o estudo. Após as 5 semanas de adaptação do grupo álcool, todos os ratos foram anestesiados e a polpa dos seus primeiros molares inferiores esquerdos foi exposta à cavidade oral para indução da lesão periapical. Após 28 dias de exposição pulpar, os ratos foram sacrificados por sobredose de anestesia, e suas mandíbulas foram removidas e seccionadas para avaliação microtomográfica. As hemimandíbulas esquerdas foram fixadas e escaneadas no microtomógrafo SkyScan 1173 (Bruker, Kontich, Belgium). O tamanho da lesão periradicular foi medido a partir das imagens de microtomografia computadorizada (micro-CT), onde foram calculados a área de superfície e o volume da lesão. Também foram avaliadas a taxa percentual de ganho de peso e a ingestão de sólidos/líquidos dos grupos. Os dados foram estatisticamente analisados utilizando o teste t de Student (p<0,05). Resultados: Os animais do grupo controle tiveram uma maior taxa percentual de ganho de peso corporal e de ingestão tanto de sólidos como de líquidos (p<0,05). As lesões periapicais apresentaram maior volume e maior área nos animais do grupo álcool, em comparação ao grupo controle (p<0,05). Conclusão: O consumo crônico de álcool contribuiu para o aumento da destruição óssea periapical em casos de periodontite apical.


Objective: the aim of this study was to evaluate the influence of alcohol consumption on the increase of periapical bone destruction in rats. Material and Methods: the sample included 12 Wistar male rats, randomly assigned into a control group and an alcohol group (n=6). Rats in the alcohol group were submitted to self-administration of a 25% pure alcoholic solution. The control group received only filtered water throughout the study. After 5 weeks of adaptation to the alcohol dose, all animals were anesthetized and the pulps of their mandibular left first molar were exposed to the oral cavity to induce periapical lesion. Twenty-eight days after the pulp exposure, those rats were euthanized due to overdose of anesthesia and their mandibles were removed and sectioned to obtain a micro-computed tomographic (micro-CT) scan. The rats' left hemimandibles were fixed and scanned on the SkyScan 1173 (Bruker, Konitch, Belgium) microtomograph. The size of the periradicular lesions was measured from the images obtained on the micro-CT and the surface area and volume were calculated. It was also evaluated the weight gain rate and the ingestion of solid/liquid of both groups. Data were analyzed by the Student's t-test (p<0.05). Results: the control group showed higher rates of weight gain and ingested more solid and liquid than the alcohol group (p<0.05). Periapical lesions found in the alcohol group had higher volume and surface area than the ones of the control group (p<0.05). Conclusion: the chronic consumption of alcohol contributed to the increase of periapical bone destruction in cases of apical periodontitis


Assuntos
Periodontite , Alcoolismo , Microtomografia por Raio-X
4.
Dent. press endod ; 8(3): 34-40, set.-dez. 2018. tab, graf
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-948767

RESUMO

Introdução: diferentes irrigantes têm sido estudados, propostos e utilizados durante a terapia endodôntica. Objetivo: o objetivo deste estudo foi determinar as tendências atuais em irrigação, entre os endodontistas brasileiros. Métodos: um total de 398 endodontistas brasileiros respondeu a um questionário de pesquisa na internet, com 15 questões de múltipla escolha, seleções múltiplas e rankings numéricos, sobre sua seleção de irrigante, concentração, remoção da smear layer e uso de coadjuvantes para irrigação. Resultados: o hipoclorito de sódio foi o irrigante mais utilizado em uma concentração inferior a 5,0%. Clorexidina (CHX) foi o segundo irrigante primário mais utilizado, sendo a CHX 2% em gel a forma de apresentação mais prevalente. Em relação à remoção da smear layer, 88,4% dos entrevistados declararam realizar a remoção, onde o EDTA foi o irrigante mais utilizado (93,7%). Mais de 70% dos endodontistas utilizam um sistema coadjuvante durante a irrigação, dos quais 39,9% utilizam ativação ultrassônica; 24,4%, lima plástica e 1%, ativação sônica. O uso de EndoVac não foi relatado. Conclusões: a maioria dos entrevistados utiliza hipoclorito de sódio e remove rotineiramente a smear layer durante o tratamento endodôntico utilizando EDTA. Os endodontistas brasileiros utilizam técnicas coadjuvantes à irrigação. (AU)


Assuntos
Irrigantes do Canal Radicular , Preparo de Canal Radicular , Cavidade Pulpar , Endodontia/tendências
5.
Braz. j. oral sci ; 17: e18924, 2018. ilus
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-970500

RESUMO

Aim: This study evaluated the effect of a sonic device on the bonding of fiberglass posts cemented with a self-etching adhesive combined with conventional cement or a self-adhesive cement to root dentin. Methods: Forty single-rooted bovine incisors were endodontically prepared using a step-back technique. Gutta-percha and AH Plus sealer were used for root canal filling, combined with a thermoplasticization technique. After 1 week, the post space was prepared and the roots were divided into four groups according to the following factors: adhesive system/resin cement (Ambar/ AllCem Core [FGM] and RelyX U200 [3M]) and application mode (manual or sonic). The posts were cemented and the roots were cut into discs and submitted to push-out bond strength (POBS) test. The failure mode was evaluated using a stereoscope at 25x magnification. The data were analyzed statistically using ANOVA and Tukey's post-hoc test (α = 0.05). Results: The sonically activated RelyX U200 group was superior to the other groups. RelyX U200 manually applicated showed similar results to those of sonically activated Âmbar/AllCem. These three groups outperformed the Âmbar/AllCem manually applicated group. Adhesive failure between dentin and resin cement was the most predominant pattern. Conclusion: Sonic application of self-etching adhesive and self-adhesive cement improved the POBS of fiber posts to the root canal


Assuntos
Animais , Bovinos , Colagem Dentária , Cimentos Dentários , Pinos Dentários , Cavidade Pulpar , Análise do Estresse Dentário
6.
Rev. odontol. UNESP (Online) ; 45(6): 339-343, nov.-dez. 2016. graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-830699

RESUMO

Abstract Introduction Antimicrobial photodynamic therapy (PDT) is an efficient adjuvant technique to promote disinfection of the root canal system. Therefore, it is important to investigate changes to dentin morphology and permeability induced by the use of diode laser on the root dentin. Objective The purpose of this study was to investigate morphological changes and the percentage of apical leakage after the use of laser. Material and method Forty single-rooted teeth were instrumented using rotary system and irrigated. Teeth were randomly divided in two groups: G1 - not exposed to PDT (control), and G2 - pretreated with toluidine blue photosensitizer and irradiated with AsGaAl laser diode. Ten teeth in each group were evaluated by SEM for morphological changes. The other ten teeth were filled and stained with Rhodamine B to evaluate the apical leakage. Result The results showed significant difference between G1 and G2 (p <0.001 - chi-square), with greater presence of debris in G1 and higher incidence of open dentinal tubules in G2. Erosions and cracks were observed in both groups, with no statistically significant difference (p> 0.001). The apical leakage was significantly higher in G2 than in G1 (p <0.001 - Student's t-test). Conclusion It was concluded that the use of low-level laser reduced the smear layer and opened the dentinal tubules. Use of laser increased the permeability of the apical dentin.


Resumo Introdução A PDT antimicrobiana é um eficiente método coadjuvante na desinfecção do sistema de canais radiculares, o que torna importante o estudo sobre a possibilidade de alterações morfológicas e permeabilidade provocadas pelo laser de diodo na estrutura dentinária radicular. Objetivo A proposta deste estudo foi investigar as alterações morfológicas e percentual de infiltração apical radicular após o uso do laser diodo. Material e método Quarenta dentes monorradiculares foram instrumentados pelo sistema rotatório Protaper e irrigados com NaOCl 5,25% e EDTA 17%. Depois, foram divididos aleatoriamente em: G1: não receberam PDT (controle); G2: receberam pré-irradiação com fotossensibilizador azul de toluidina e irradiação com laser diodo de AsGaAl. Em seguida, 10 dentes de cada grupo foram analisados por MEV quanto as alterações morfológicas. Os outros 10 dentes foram obturados e corados por Rodamina B para avaliar o percentual de infiltração apical. Resultado Os resultados mostraram diferença significativa entre G1 e G2 (p<0,001 - qui-quadrado), verificando maior presença de debris em G1 (controle) e maior ocorrência de túbulos dentinários abertos em G2 (PDT). Erosões e cracks foram observadas em ambos os grupos, sem diferença estatística significativa (p>0,001). O percentual de infiltração apical foi significativamente maior em G2 que em G1 (p<0,001 – t student). Conclusão Concluiu-se que a utilização do laser diodo promoveu a redução de smear layer e abertura dos túbulos dentinários, não influenciando na ocorrência de erosão, cracks e carbonização. O laser aumentou a permeabilidade da dentina apical.

7.
Rev. bras. odontol ; 73(4): 272-276, Out.-Dez. 2016. ilus
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-844041

RESUMO

Objetivo: avaliar o número de aplicações necessárias para a completa obliteração dos túbulos dentinários utilizando diferentes agentes dessensibilizantes. Material e Métodos: a porção do esmalte coronário da face vestibular de 40 incisivos bovinos foi removida com auxílio de lixas para expor a dentina superficial da junção amelo-cementária. Em seguida, as raízes e a porção coronária referente ao terço médio-incisal dos dentes foram removidas. A seguir foi realizada a completa remoção de smear layer, evidenciando os túbulos dentinários. As amostras foram divididas em quatro grupos experimentais conforme o agente dessensibilizante utilizado: verniz fluoretado, adesivo dentinário, dessensibilizante dentinário e creme dental. Os produtos foram aplicados de acordo com as recomendações do fabricante. As amostras foram avaliadas previamente e após o uso dos agentes por microscopia eletrônica de varredura de baixo vácuo. A aplicação do agente e a análise foram realizadas até a completa obliteração dos túbulos dentinários. Os dados foram avaliados estatisticamente em relação ao número de aplicações necessárias utilizando os testes de Kruskal-Wallis e Mann-Whitney (p < 0,05). Resultados: o verniz fluoretado foi o mais eficaz dos agentes avaliados, sendo necessária uma aplicação para a completa obliteração dos túbulos. Para o adesivo dentinário foram necessárias duas aplicações e para o dessensibilizante e o creme dental foram necessárias cinco aplicações. Conclusão: os agentes dessensibilizantes testados necessitam de um número variado de aplicações, sendo o mais eficaz o verniz fluoretado, onde apenas uma aplicação possibilitou a completa obliteração dos túbulos.


Objective: The aim of this study was to evaluate the number of applications necessary for the complete obliteration of dentinal tubules using different desensitizing agents. Materials and Methods: A portion of coronary enamel of the buccal surface of 40 bovine incisors was removed with the aid of sandpaper in order to expose the superficial dentin at the dentin-enamel junction. The roots and the coronary portions of the mesial-incisal third of the teeth were also removed. Complete smear-layer removal was performed, exposing the dentinal tubules. Samples were divided into four experimental groups according to the desensitizing agents used: fluoride varnish; dentin adhesive; dentin desensitizing; and toothpaste. The products were applied in accordance with the manufacturer's recommendations. Samples were evaluated before and after the application of different agents by scanning electronic microscopy of low vacuum. The application of the products and analyses were carried out until complete obliteration of dentinal tubules. Data were evaluated statistically in relation to the required number of applications, using Kruskal-Wallis and Mann-Whitney tests (p < 0.05). Results: The results showed that fluoride varnish was the most efficient of the tested agents, requiring a single application for the complete obliteration of the dentinal tubule. For the dentin adhesive, two applications were necessary and for the dentin desensitizing and toothpaste, five applications were required. Conclusion: The desensitizing agents tested required a distinct number of applications, and the fluoride varnish was the most effective agent, with a single application resulting in the complete obliteration of the dentin tubule.

8.
Dent. press endod ; 6(2): 16-20, May-Aug. 2016. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-846945

RESUMO

Objetivo: o objetivo do presente estudo foi avaliar in vitro a microin ltração coronária em cavidades complexas seladas com materiais restauradores temporários (MRT). Métodos: as cavidades foram preparadas em 60 pré-molares superiores extraídos de humanos, e os espécimes foram divididos em três grupos, de acordo com o MRT utilizado: G1 = IRM; G2 = Coltosol; G3 = Fill Magic Tempo. Três dentes serviram como controle negativo e não tiveram cavidades preparadas. Antes do selamento das cavidades com o MRT, uma esponja de colágeno foi deixada dentro da câmara pulpar, para avaliação binária da penetração do corante. Dez dentes de cada grupo não foram submetidos à ação de termociclagem e força mecânica oclusal, enquanto outros dez foram submetidos a essas ações. A amostra foi imersa em corante Rodamina B a 0,5% a 37°C, por 7 dias. Resultados: todos os dentes examinados (100%), exceto os controles negativos, apresentaram in ltração pelo corante. Todos os dentes selados com Coltosol (100%) fraturaram após ensaio mecânico, enquanto aqueles com IRM e Fill Magic Tempo mantiveram-se intactos macroscopicamente. A ação ou não das intempéries térmicas e mecânicas não interferiu na penetração do corante nas amostras no presente estudo. Conclusão: nenhum dos materiais testados impediu a in ltração do corante. No entanto, o Coltosol não deve ser indicado para utilização em cavidades complexas onde há incidência de forças mastigatórias, devido ao seu alto índice de fratura.


Assuntos
Humanos , Corantes , Infiltração Dentária/diagnóstico , Materiais Dentários/uso terapêutico , Fenômenos Mecânicos/efeitos dos fármacos
9.
Braz Dent J ; 27(1): 41-5, 2016.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-27007344

RESUMO

UNLABELLED: The aim of this study was to evaluate the effect of argon plasma on dentin surface after use of 6% NaOCl. Sixty bovine incisors had their crowns removed, the roots split, and the segments planed. One hundred twenty segments of the cervical third were used. The samples were divided in two groups (n=60): CONTROL GROUP: immersed in 6% NaOCl, washed, dried and then immersed in 17% EDTA, washed and dried and Argon group: after treatment described for the CONTROL GROUP, non-thermal argon plasma was applied for 30 s. Ten samples were evaluated by scanning electron microscopy in each group. Other ten samples were analyzed by Fourier transform infrared spectroscopy (FTIR). Thirty samples were analyzed with a goniometer to measure the contact angle between the dentin surfaces and solutions, to determine the surface free energy. The last ten samples were used to evaluate the wettability of AH Plus sealer. Data were statistically analyzed using Kruskal Wallis and Mann-Whitney tests (p<0.05). The results of this study showed that argon plasma did not modify the surface topography. FTIR analysis showed chemical modifications after plasma treatment. Argon plasma increased the surface free energy of dentin and AH Plus wettability. In conclusion, argon plasma treatment modified chemically the dentin surface. This treatment increased the surface free energy and wettability of an epoxy resin root canal sealer, favoring its bonding to dentin surfaces.


Assuntos
Argônio , Dentina/efeitos dos fármacos , Gases em Plasma , Raiz Dentária/efeitos dos fármacos , Animais , Bovinos
10.
Braz. dent. j ; 27(1): 41-45, Jan.-Feb. 2016. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-777151

RESUMO

Abstract The aim of this study was to evaluate the effect of argon plasma on dentin surface after use of 6% NaOCl. Sixty bovine incisors had their crowns removed, the roots split, and the segments planed. One hundred twenty segments of the cervical third were used. The samples were divided in two groups (n=60): Control group: immersed in 6% NaOCl, washed, dried and then immersed in 17% EDTA, washed and dried and Argon group: after treatment described for the Control group, non-thermal argon plasma was applied for 30 s. Ten samples were evaluated by scanning electron microscopy in each group. Other ten samples were analyzed by Fourier transform infrared spectroscopy (FTIR). Thirty samples were analyzed with a goniometer to measure the contact angle between the dentin surfaces and solutions, to determine the surface free energy. The last ten samples were used to evaluate the wettability of AH Plus sealer. Data were statistically analyzed using Kruskal Wallis and Mann-Whitney tests (p<0.05). The results of this study showed that argon plasma did not modify the surface topography. FTIR analysis showed chemical modifications after plasma treatment. Argon plasma increased the surface free energy of dentin and AH Plus wettability. In conclusion, argon plasma treatment modified chemically the dentin surface. This treatment increased the surface free energy and wettability of an epoxy resin root canal sealer, favoring its bonding to dentin surfaces.


Resumo O objetivo do presente estudo foi avaliar o efeito do plasma de argônio na superfície dentinária após o uso de NaOCl 6%. As coroas de 60 incisivos bovinos foram removidas, as raízes clivadas e os segmentos planificados. Cento e vinte segmentos referentes ao terço cervical foram utilizados. As amostras foram divididas em dois grupos (n=60): Grupo Controle: imersos em NaOCl 6%, lavados, secos, imersos em EDTA 17%, lavados e secos e Grupo Argônio: após o tratamento descrito no grupo controle, foi aplicado plasma de argônio não térmico por 30 s. Em cada grupo, 10 amostras foram avaliadas por microscopia eletrônica de varredura. Outras dez amostras foram analisadas por espectroscopia no infravermelho por transformada de Fourier (FTIR). Trinta amostras foram analisadas com um goniômetro para medir o ângulo de contato entre a superfície dentinária e as soluções e determinar a energia livre de superfície. As últimas dez amostras foram utilizadas para avaliar a molhabilidade do cimento AH Plus. Os dados foram analisados estatisticamente usando os testes de Kruskal Wallis e Mann-Whitney (p<0,05). Os resultados do estudo mostraram que o plasma de argônio não modificou a topografia de superfície. A análise por FTIR mostrou modificações químicas após o tratamento de plasma. O plasma de argônio aumentou a energia livre da superfície dentinária e a molhabilidade do cimento AH Plus. Conclusão, o tratamento com plasma de argônio modificou quimicamente a superfície dentinária. Este tratamento aumentou a energia livre de superfície e a molhabilidade de um cimento endodôntico à base de resina epóxi, favorecendo as características adesivas da superfície dentinária.


Assuntos
Animais , Argônio , Dentina/efeitos dos fármacos , Gases em Plasma , Raiz Dentária/efeitos dos fármacos , Bovinos
11.
Braz. dent. sci ; 18(3): 77-83, 2015. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-772996

RESUMO

Objetivo: Avaliar a influência das variáveis sexo, diagnóstico e gravidade dos tipos de Desordem Temporomandibular (DTM) sobre a qualidade de vida do indivíduo. Metodologia: A amostra foi constituída por 101 pacientes que procuraram tratamento para Desordem Temporomandibular (DTM) na Faculdade de Odontologia/Universidade Federal de Juiz de Fora. O diagnóstico de DTM foi feito por meio do eixo I do RDC/TMD (Research Diagnostic Criteria/Temporomandibular Disorder). A severidade da DTM foi estabelecida pelo TMI (Índice Temporomandibular) e o impacto na qualidade de vida pelo OHIP-14 (Perfil do Impacto da Saúde Bucal). Os dados foram tabulados e analisados pelos testes de Mann-Whitney e pela correlação de Spearman (α = 0,05). Resultados: A maioria dos pacientes foi diagnosticada com desordem muscular, seguido pelos diagnósticos de artralgia e de deslocamento de disco, respectivamente. Todos os pacientes apresentaram algum impacto negativo em pelo menos uma pergunta do OHIP-14. Relevância: O gênero feminino apresentou pior qualidade devida quando comparado ao gênero masculino. A presença de desordem muscular foi relacionada com maior impacto na qualidade de vida (p<0,05). A correlação entre gravidade de DTM e qualidade devida no subíndice muscular do TMI foi observada em todos os domínios do OHIP-14 (p<0,05). Além disso, houve correlação positiva entre o TMI e a incapacidade psicológica.


Introduction: To evaluate influence of variables gender, diagnosis and severity of types of Temporomandibular Disorder (TMD) on the quality of life of the individual. Methods: The sample consisted of one hundred one individuals seeking TMD treatment at the Faculdade de Odontologia/Universidade Federal de Juiz de Fora. The TMDdiagnosis was done through the RDC/TMD: Axis I(Research Diagnostic Criteria/TemporomandibularDisorder). The severity of TMD was established by the Temporomandibular Index (TMI) and the impacton quality of life by the OHIP-14 (Oral Health Impact Profile). The data was tabulated and analyzed by the Mann-Whitney test, T student test and Spearman correlation analysis (α = 0,05). Results: Most patients had diagnosis of muscular disorder, followedby diagnoses of arthralgia and disk displacement,respectively. All patients had a negative impact onat least one question from OHIP-14. Conclusions: Women presented worse quality of life when compared to men. The presence of muscular disorder was related to greater impact on quality of life (p <0,05). The relationship between severity of TMD and quality of life in the muscle sub-index of TMI was observed in all domains of OHIP-14 (p < 0,05). In addition, there was positive correlation between TMI and the psychological incapacity.


Assuntos
Humanos , Dor Facial , Qualidade de Vida , Transtornos da Articulação Temporomandibular , Diagnóstico , Saúde da Mulher
12.
Ciênc. rural ; 42(2): 249-254, fev. 2012. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-618104

RESUMO

Orthophytum mucugense é uma bromélia ornamental endêmica do município de Mucugê-BA que está passível de extinção. O objetivo deste trabalho foi estabelecer um protocolo de regeneração via organogênese direta para a espécie. Os explantes raiz, caule e folha, oriundos de plantas com diferentes idades, foram inoculados em meio de cultura MS½ suplementado com BAP e ANA. Os brotos foram inoculados em meio contendo AIB e carvão ativo. As plantas foram transferidas para substrato composto de vermiculita e terra. A maior taxa de brotação foi obtida com o explante caule com 20 e 40 dias de idade em meio com 0,65mM de ANA. Na fase de enraizamento, a presença de carvão ativo interferiu positivamente no comprimento da parte aérea e do sistema radicular das plantas. As plantas foram aclimatizadas com 100 por cento de sobrevivência.


Orthophytum mucugense is an ornamental bromeliad endemic to the municipality of Mucugê-BA which is vulnerable to extinction. The aim of this study was to establish a regeneration protocol via direct organogenesis for the species. The explants root, stem and leaf from plants of different ages were inoculated in the MS½ culture medium supplemented with BAP and NAA. The shoots were inoculated on medium supplemented with IBA and activated charcoal. The plants were transferred to a substrate composed of vermiculite and soil. The highest rate of sprouting was obtained with stem explants of 20 and 40 days old in medium supplemented with 0.65mM of NAA. For rooting the presence of activated charcoal had a positive influence on the length of shoot and root plants system. The plants were acclimatized with 100 percent survival.

13.
Ciênc. agrotec., (Impr.) ; 35(3): 502-510, maio-jun. 2011. ilus, graf, tab
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-590056

RESUMO

Syngonanthus mucugensis Giul. subsp. mucugensis is an herbaceous plant with significant economic value in the ornamental dry flower business. The restricted occurrence of the municipality Mucugê-BA, Brazil, exclusively associated with extractive exploitation, has considered this species as endangered. The objective of this work was to evaluate the organogenic potential of three different types of S. mucugensis subsp. mucugensis explants to promote the development of an alternative method to the propagation of the genetic resources of this important plant. The morphogenetic capacities of the leaf, stem and root this species was tested using Murashige and Skoog culture medium at half salt concentration and different concentrations of growth of regulators benzylaminopurine - BAP (0.00; 2.22 and 4.44 µM), and naphthalene acetic acid - NAA (0.00; 1.34 and 2.68 µM). The morphoanatomic events that lead to formation of shoots were described. Stems proved to be the best source of explants, showing 58.75 percent regeneration of shoot by direct organogenesis in the absence of growth regulators, and 32.18 and 47.55 percent of shoot regeneration by indirect organogenesis in the presence of 2.22 and 4.44 µM BAP, respectively. As for leaves, there was callus formation, but without regenerating shoots. Morphogenesis was not observed when roots were used as explants. The histological analyses showed that shoot regeneration in S. mucugensis subsp. mucugensis occurred both indirectly, by unorganized tissue differentiation, and directly through returning to merismatic activity in differentiated mature cells and preexisting bud proliferation.


Syngonanthus mucugensis Giul. subsp. mucugensis é uma herbácea com grande potencial de utilização no comércio de flores secas ornamentais. A ocorrência restrita ao município de Mucugê-BA, Brasil, associado à exploração extrativista tem levado essa espécie ao risco de extinção. Neste estudo, objetivou-se avaliar o potencial organogênico de três diferentes tipos de explantes de S. mucugensis subsp. mucugensis visando ao desenvolvimento de um método alternativo para a sua propagação. A capacidade morfogênica de caule, folha e raiz foi testada utilizando o meio de cultura Murashige e Skoog com metade da concentração salina e diferentes concentrações dos reguladores de crescimento benzilaminopurina - BAP (0,00; 2,22 e 4,44 µM) e ácido naftaleno acético - ANA (0,00; 1,34 e 2,68 µM). Os eventos morfoanatômicos que levaram a formação dos brotos foram descritos. O caule demonstrou ser a melhor fonte de explante, apresentando 58,75 por cento de regeneração de brotos via organogênese direta, em meio livre de regulador de crescimento; e 32,18 e 47,55 por cento de regeneração de brotos por organogênese indireta na presença de 2,22 e 4,44 µM de BAP, respectivamente. Para folha, foi obtida a formação de calos sem regeneração de brotos, não sendo observada morfogênese, quando se utilizou raiz como explante. As análises histológicas mostraram que a regeneração de brotos em S. mucugensis subsp. mucugensis ocorreu tanto por via indireta, pela diferenciação do tecido calogênico desorganizado, quanto por via direta pela retomada da atividade meristemática em células maduras diferenciadas e proliferação de gemas pré existentes.

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA