Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 2 de 2
Filtrar
Mais filtros










Base de dados
Intervalo de ano de publicação
1.
Biosci. j. (Online) ; 34(6): 1593-1602, nov./dec. 2018. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-968958

RESUMO

The faveira bean (Parkia platycephala Benth.), belongs to the Fabaceae family, this species is recommended for afforestation and also has a forage potential. In addition, it has the potential of landscaping, the wood can be used for box-office, tables for internal divisions in small constructions, linings, confection of toys, as well as for firewood and charcoal. That way, the aim of this study was to evaluate the effect of different temperature and substrate on the germination of seeds of P. platycephala. The study was carried out at the laboratory for analysis of Seeds of the Department of Plant Science and Environmental Agricultural Sciences Center of the da Universidade Federal da Paraíba, in Areia - PB. Therefore, a completely randomized design and a 6 x 4 factorial arrangement were performed, consisting of the combinations of six temperatures (25, 30 and 35 °C constant and 20-30, 20-35 and 25-35 °C alternating) and four substrates (sand, coconut fiber, paper and vermiculite). To evaluate the effect of the treatments were performed germination test, first count and germination speed index, length of plants, root and aerial dry matter. The constant temperature of 35 °C provided better performance of seeds Parkia platycephala when using the sand as substrate.


A faveira (Parkia platycephala Benth.), pertence à família Fabaceae, é uma espécie recomendada para arborização e também possui potencial forrageiro. Além disso, tem potencial paisagístico, a madeira pode ser utilizada para caixotaria, tabuados para divisões internas em pequenas construções, forros, confecção de brinquedos, bem como para lenha e carvão. Dessa forma, o trabalho objetivou avaliar o efeito de diferentes temperaturas e substratos na germinação de sementes de P. platycephala. O mesmo foi realizado no Laboratório de Análise de Sementes, do Departamento de Fitotecnia e Ciências Ambientais do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal da Paraíba, no município de Areia, PB. Portanto, realizou-se experimento em delineamento inteiramente ao acaso e arranjo fatorial 6 x 4, constituídos pelas combinações de seis temperaturas (25, 30 e 35 °C constantes e 20-30, 20-35 e 25-35 °C alternadas) e quatro substratos (areia, fibra de coco, papel e vermiculita). Para avaliação dos tratamentos realizou-se testes de germinação e vigor (primeira contagem e índice de velocidade de germinação, bem como o comprimento e massa seca das raízes e parte área). O substrato areia na temperatura de 35 °C é recomendado para testes de germinação e vigor em sementes de Parkia platycephala.


Assuntos
Sementes , Substratos , Germinação , Fabaceae
2.
Ciênc. rural (Online) ; 48(8): e20170741, 2018. tab
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-1045194

RESUMO

ABSTRACT: Caesalpinia pulcherrima is a Fabaceae family species from Central America, which has a small size and is widely used as a living fence in the urban afforestation for streets, parks, and gardens. Based on this importance, the aim of this research was to study the influence of light and temperature on the germination of C. pulcherrima seeds. The study was carried out at the Laboratory of Seed Analysis of the Center of Agricultural Sciences of the Universidade Federal da Paraíba, Areia, PB, Brazil. The experimental design was completely randomized, comprising a 3x5 (three temperatures and five light regimes) factorial scheme with four replicates containing 25 seeds each. Germination and vigor of seeds were evaluated under temperatures of 25°C and 30ºC constant and 20-30ºC alternated in different light regimes: white, green, red-distant, red, and absence of light. Variables analyzed were: germination, first germination count, germination speed index, root length, shoot length, and the ratio of dry mass of root/shoot of the seedlings. Seeds of C. pulcherrima germinate in the presence and absence of light, being a neutral photoblastic. Recommendation to test the vigor of these seeds is the temperature of 30°C in the white light regime.


RESUMO: Caesalpinia pulcherrima, pertence à família Fabaceae, é uma espécie exótica originada da América Central, apresenta pequeno porte, muito utilizada como cerca-viva em arborização de ruas, parques e jardins. Diante de sua importância o trabalho teve como objetivo estudar a influência da luz e temperatura na germinação de sementes de C. pulcherrima. A pesquisa foi conduzida no Laboratório de Análise de Sementes, do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal da Paraíba, em Areia, PB, Brasil. O experimento foi conduzido em um esquema fatorial 3x5 (três temperaturas e cinco regimes de luz) com quatro repetições, contendo 25 sementes para cada tratamento. Avaliou-se a germinação e vigor das sementes sob temperaturas de 25°C e 30ºC constantes e 20-30ºC alternada em diferentes regimes de luz: branca, verde, vermelha-distante, vermelha, e ausência de luz. As variáveis analisadas foram: germinação, primeira contagem de germinação, índice de velocidade de germinação, comprimento de raiz/parte aérea e massa seca de raiz/parte área de plântulas. As sementes de C. pulcherrima germinam na presença e ausência de luz, sendo um fotoblástico neutro. A recomendação para testar o vigor dessas sementes é a temperatura de 30°C no regime de luz branca.

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA