Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 15 de 15
Filtrar
Mais filtros










Tipo de estudo
Intervalo de ano de publicação
1.
Trab. educ. saúde ; 18(1): e0023060, 2020.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1043490

RESUMO

Resumo A pesquisa que deu origem a este artigo situa-se no contexto da categoria teorética 'repúblicas inacabadas.' Teve como objetivo analisar a percepção de professores(as) de uma unidade escolar de educação infantil de um município catarinense, sobre a produção de dignidade pelo trabalho e foi realizada no segundo semestre de 2018. A coleta de dados se deu por meio de três instrumentos: entrevistas individuais, grupos focais e diários de campo. Os dados indicaram a solidão na interface entre docência na educação infantil, neoliberalismo e dignidade pelo eco das vozes dos professores que anunciam a destituição de sua produção de dignidade pelo trabalho, o que afeta direta e negativamente sua condição de saúde. Apontam-se condições para o estabelecimento dessa condição desumanizante e propõem-se o reconhecimento e o estímulo ao trabalho coletivo como ferramentas de transformação.


Abstract The research that originated the present article is related to the context of the theoretical category of 'unfinished republics.' It had the goal of analyzing the perception of the teachers of a pre-school education unit of a municipality in the state of Santa Catarina, Brazil, regarding the production of dignity through work, and was performed in the second semester of 2018. The data was collected using three instruments: individual interviews, focus groups and field journals. The data indicate the loneliness in the interface among teaching in pre-school education, neoliberalism and dignity through the echo of the voices of the teachers who announced the dismissal of their production of dignity through work, which affects directly and negatively their health condition. We indicate the conditions for the establishment of this dehumanizing situation and propose the recognition and stimulus to collective work as tools for transformation.


Resumen La pesquisa que dio origen a este artículo se relaciona al contexto de la categoría teórica "repúblicas inacabadas". Tuvo como objetivo analizar la percepción de profesores(as) de una unidad escolar de educación infantil de un municipio del estado de Santa Catarina, Brasil, sobre la producción de dignidad por el trabajo, y fue realizada en el segundo semestre de 2018. La recolección de datos se dio por medio de tres instrumentos: entrevistas individuales, grupos focales y diarios de campo. Los datos indicaron la soledad en la interconexión de docencia en la educación infantil, neoliberalismo y dignidad por el eco de las voces los profesores que anuncian la destitución de su producción de dignidad por el trabajo, lo que afecta directa y negativamente su condición de salud. Se indican condiciones para el establecimiento de esa situación deshumanizante y se proponen el reconocimiento y el estímulo al trabajo colectivo como herramientas de transformación.


Assuntos
Humanos , Educação Infantil , Docentes
2.
Rev. bras. educ. méd ; 43(4): 72-81, Out.-Dec. 2019. graf
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-1042095

RESUMO

RESUMO O Sistema Único de Saúde é um patrimônio nacional conquistado na VIII Conferência Nacional de Saúde e reconhecido pela Constituição Federal de 1988. A mesma Constituição que o aprovou exigiu um horizonte democrático para a formação em saúde no Brasil, a ser explorado por ensino, pesquisa e extensão. O horizonte requerido fez-se possível (e está constitucionalmente vivo) graças ao art. 207 da Constituição Federal, que determina às universidades o cumprimento do princípio da indissociabilidade entre as três modalidades formativas. Este artigo analisa características éticas, políticas e epistemológicas das relações interpessoais experimentadas na vivência do Projeto Sérgio Arouca, na perspectiva de acadêmicos do curso de Medicina da Universidade do Vale do Itajaí (SC), Brasil. O Projeto Sérgio Arouca, criado em 2009 e inspirado no Projeto Rondon, tem características extensionistas, que possibilitam aos estudantes de Medicina imersão no contexto social da atenção básica de territórios catarinenses socialmente desfavorecidos. Esta pesquisa configura-se como um estudo social de natureza qualitativa, de nível exploratório e caráter analítico. Unindo ensino, extensão e pesquisa, foi desenvolvida com sete acadêmicos por meio da técnica de grupo focal e diário de campo. Os resultados evidenciaram que as relações interpessoais desenvolvidas no contexto do projeto foram atravessadas por uma ética aplicada, por uma epistemologia dialética e por uma ação política responsiva consigo e com o outro. Desta forma, o projeto foi teorizado como uma trégua ao revelar a potencialidade de desacelerar tempos e valorizar a formação fora da estrutura epistêmica curricular do dia a dia, possibilitando encontros reflexivos aos envolvidos sobre valores fundamentais para a construção das relações interpessoais na atenção médica, sendo o amor revelado como o valor-matriz fundante de uma ética com potência para fundamentar a ação política da boa clínica. Concluiu-se que a relação interpessoal que a medicina para o Brasil requer é uma relação interpersonas em diálogo com o contexto da pessoa cuidada; uma relação entre, com, especialmente no contexto da atenção básica, contexto macro das reflexões que aqui serão apresentadas.


ABSTRACT The Brazilian Unified Health System (SUS), a piece of national heritage achieved at the VIII National Health Conference, is recognized by the 1988 Federal Constitution. The same Constitution that approved the creation of the system, also required a democratic horizon for health training in Brazil to be developed through teaching, research and community outreach activities. That required horizon became feasible (and remains constitutionally valid) due to art. 207 of the Federal Constitution that determines that universities fulfill the principle of being inseparably linked to the three education modalities. This article analyzes the ethical, political and epistemological features of the interpersonal relations experienced within the Sérgio Arouca Project from the perspective of Medicine students from the University of Vale do Itajaí (SC), Brazil. The Sérgio Arouca Project was designed in 2009, inspired by the Rondon Project. It has community outreach characteristics and its objective is to afford Medicine students the opportunity to be immersed in the social context of primary health care services in socially disadvantaged territories in the state of Santa Catarina. This research is a qualitative, exploratory, analytical social study. Combining teaching, community outreach and research, it was developed by seven academic students using focus group and field diary methods. The findings demonstrated that interpersonal relations developed in the context of the Project were pervaded by applied ethics, dialectic epistemology and responsive political action with oneself and with other members of the group. Thus, the Project was considered a respite, decelerating processes and valuing education outside the everyday epistemological, curricular structure and thereby presenting the opportunity to experience encounters and reflect on the fundamental values for building interpersonal relationships in medical care, where love is revealed as the underlying matrix-value of an ethics with the power to substantiate the political action of good clinical practice. It was concluded that the interpersonal relationship that Medicine requires for Brazil is an inter-people relationship in dialogue with the context of the cared person; a relationship, especially in primary care, with the macro context of the reflections that will be presented here.

3.
Cad. saúde colet., (Rio J.) ; 26(3): 343-350, July-Sept. 2018. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-952522

RESUMO

Resumo Introdução A expressão jurídica "interesse público" tem sido frequentemente empregada nos debates da área da saúde, em especial nas legislações relacionadas a esse campo. No entanto, ainda há uma imprecisão conceitual circundando esse tema, o que exige sua contextualização. Objetivo Esta pesquisa teve como objetivo analisar os sentidos atribuídos ao termo "interesse público" no contexto da saúde, mais especificamente em publicações do periódico Saúde em Debate, vinculado ao Centro Brasileiro de Estudos de Saúde (CEBES). Método Estudo de natureza qualitativa realizado por meio de pesquisa documental no recorte histórico de 1985 a 2000. Resultados Notou-se que redemocratização e justiça social são os eixos centrais no debate dos autores sobre interesse público. Conclusão Concluiu-se que, diante dos desafios enfrentados no atual cenário político brasileiro, a reflexão acerca do interesse público na saúde deve ultrapassar os limites da democracia, sendo necessária a discussão dos papeis do Estado, do governo e da sociedade civil, bem como a superação da condição histórica de subalternidade assumida pelo povo brasileiro diante do Estado.


Abstract Background The legal expression 'public interest' has been often used in health debates, especially in related legislation; however, there is still a conceptual imprecision surrounding this theme, which requires contextualization. Objective This study aimed to analyze the meanings attributed to the term 'public interest', in the health context, in publications of the journal Saúde em Debate , linked to the Brazilian Center for Health Studies (CEBES). Method Qualitative study conducted through documentary search from 1985 to 2000. Results Redemocratization and social justice are the central themes discussed by authors regarding Public Interest. Conclusion In view of the challenges faced in the current Brazilian political scenario, reflection on public interest in health should go beyond the limits of democracy, and it is necessary to discuss the roles of the State, Government, and Civil Society, as well as to overcome the condition of the subalternity assumed by the Brazilian population before the State.

4.
Artigo em Português | Coleciona SUS | ID: biblio-946240

RESUMO

Este artigo apresenta parte dos resultados de pesquisa de mestrado sobre as reivindicações populares expressas nas manifestações de junho de 2013. Pesquisa documental, realizada na versão on-line da Revista Caros Amigos, com recorte temporal entre 01/06/2016 e 31/10/2016. A análise ético-política das notícias foi conduzida por meio da categoria “De Saúde como Direito Social à Democracia como Direito à Saúde”. A partir das relações com os dados, foi possível concluir que as manifestações geraram desdobramentos em matéria de direitos sociais. O Plano Nacional de Educação foi instituído com metas para até 2024. O Programa Mais Médicos foi criado, garantindo atenção médica na atenção básica do SUS de Brasis desassistidos. A produção e a difusão de saberes e reconhecimentos populares produziram uma tecnologia social, pois viabilizaram os anseios de uma população que historicamente luta por seus direitos e busca a cada dia, em meio à opressão e ao sofrimento, fazer com que suas vozes sejam ouvidas e seus anseios atendidos nesta democracia representativa sem representatividade. Ainda assim, fica a compreensão de que o Brasil requer um choque de cidadania, para que possa defender um projeto justo de sociedade.


This article presents some of the findings of a Master’s degree study of popular demands expressed in the manifestations of June 2013. It is document-based study conducted on the online version of Caros Amigos Magazine, with a time cut-off of June 1st to October 31st, 2016. The ethical and political analysis of the news was conducted based on the category “About Health as a Social Right to Democracy as a Right to Health”. The relations with the data led to the conclusion that the manifestations have generated further developments regarding social rights. The National Education Plan has been instituted with targets for to 2024. The More Medical Doctors Program was designed to guarantee medical assistance within the SUS primary health care of unassisted Brazilian areas. The production and dissemination of knowledge and popular recognitions have produced a social technology, as they facilitate the wishes of a population that has historically struggled for its rights, and that attempts, every day, amidst oppression and suffering, to have its voices heard and its wishes met in this representative democracy with no representativeness. Yet, the understanding remains that Brazil requires a citizenship shock so that it can defend a fair society project.


Assuntos
Atenção Primária à Saúde , Direito à Saúde , Sistema Único de Saúde , Brasil , Programas Nacionais de Saúde
5.
Rev. bioét. (Impr.) ; 25(1): 111-122, jan.-abr. 2017.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-843327

RESUMO

Resumo Unidades de terapia intensiva pediátricas são unidades hospitalares complexas, constituindo cenário laboral potencialmente gerador de sofrimento moral ao trabalhador. Esta pesquisa analisou o sofrimento moral a que estão expostos profissionais de saúde que atuam em unidade de terapia intensiva pediátrica de hospital conveniado do Sistema Único de Saúde de um município do Sul do Brasil. Trata-se de estudo qualitativo em que se elegeu a hermenêutica-dialética como método e matriz epistêmica. Os dados apontaram percepções de sofrimento moral oriundo de carência infraestrutural e de fronteiras da humanização. A partir da categoria "sofrimento moral: da carência de recursos aos limites da humanização", a análise revelou forte associação entre sofrimento moral e conflitos éticos. Como propostas de enfrentamento, sugere-se a luta por políticas públicas eticamente comprometidas, reconhecimento da dimensão ética como ferramenta para processo de trabalho humanizado e aplicação dessa dimensão em rede de saúde segundo Mario Rovere.


Abstract Pediatric intensive care units are complex hospital settings, which constitute a workplace with potential to generate moral distress for the employees. This research analyzes the moral distress faced by health professionals who are active in a pediatric intensive care units in the South of Brazil. It is a qualitative study in which dialectical hermeneutics was chosen as a method and epistemic matrix. The data shows perceptions of moral distress originated from the lack of material resources as well as the limits of humanization. The analysis of the category "moral distress: from the lack of resources to the limits of humanization" revealed a strong association between moral distress and ethical conflicts. Confrontation strategies foresee the fight for ethically committed public policies, recognition of the ethical dimension as a tool for a humanized working process and the application of this dimension in a healthcare network, as proposed by Mario Rovere.


Resumen Las unidades de cuidados intensivos pediátricos son unidades hospitalarias complejas que constituyen un ambiente laboral que puede generar sufrimiento moral a quienes allí trabajan. En la presente investigación se analizó el sufrimiento moral al que están expuestos los profesionales de un equipo multidisciplinario de una unidades de cuidados intensivos pediátricos de un hospital del Sistema Único de Salud de un municipio del Sur de Brasil. Se trata de un estudio cualitativo en el que se escogió a la hermenéutica-dialéctica como método y como matriz epistemológica. Los datos señalaron percepciones de sufrimiento moral con origen en la carencia de infraestructura y de fronteras de humanización. A partir de la categoría "sufrimiento moral: de la carencia de recursos a los límites de la humanización", el análisis ha revelado fuerte asociación entre el sufrimiento moral y los conflictos éticos. Como propuestas de afrontamiento, se sugiere la lucha por políticas públicas con compromiso ético, el reconocimiento de la dimensión ética como herramienta para un proceso de trabajo humanizado y la aplicación de esta dimensión en una red de salud, de acuerdo a Mario Rovere.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Bioética , Pessoal de Saúde , Processo Saúde-Doença , Unidades de Terapia Intensiva , Pediatria , Política Pública , Estresse Fisiológico , Estresse Psicológico , Humanização da Assistência , Saúde do Trabalhador , Sistema Único de Saúde
6.
Artigo em Inglês, Espanhol, Português | LILACS | ID: biblio-876212

RESUMO

O estudo apresentado neste artigo objetiva identificar eventuais mudanças geradas no processo de cuidado de usuários da Atenção Básica, residentes em um município catarinense, contemplado com o Projeto de Cooperação do Programa Mais Médicos. Trata-se de um estudo qualitativo, realizado em 2015, que utilizou como instrumento de coleta de dados a entrevista semiestruturada e o diário de campo. A análise foi conduzida pelo método ético-político que revelou: a) uma produção consistente de vínculo, autorizada por um modo humanístico de pensar e fazer Medicina e pela internalização de ser cuidado por um igual, na condição de humanos; e b) insegurança sobre o término do projeto, edificada na desinformação. Conclui-se que o vínculo não prescinde de disposição solidária e que há necessidade de o Governo Federal efetivar um balizamento ético-político para garantir informação de qualidade sobre o projeto.(AU)


The study presented in this paper identifies probable changes generated in the care process of a primary healthcare service in a municipality of Santa Catarina, Brazil, part of the Collaboration Project of the More Doctors Program. This was a qualitative study conducted in 2015 that employed semi-structured interviews and a field diary as data collection instruments. Data analysis was performed through the ethical-political method, revealing: a) consistent creation of caring relationships, mediated by a humanistic mode of thinking and practicing medicine and internalization among members of the community of the belief that they were being cared for by an equal who was also a human being; and b) insecurity regarding the project's end, based on misinformation. This study concluded that a solidary disposition is essential to the creation of caring relationships, and that the federal government needs to implement ethicalpolitical guidelines to ensure quality information about the project.(AU)


El estudio presentado en este artículo tiene el objetivo de identificar eventuales cambios generados en el proceso de cuidado de usuarios de la Atención Básica, residentes en un municipio del Estado de Santa Catarina, Brasi, incluido en el Proyecto de Cooperación del Programa Más Médicos. Se trata de un estudio cualitativo, realizado en 2015, que utilizó como instrumento de colecta de datos la entrevista semi-estructurada y el diario de campo. El análisis fue realizado por el método ético-político que reveló: 1) una producción consistente de vínculo, autorizada por un modo humanístico de pensar y hacer medicina y por la internalización de ser cuidado por un igual, en la condición de humanos; y b) la inseguridad sobre el término del proyecto, edificada sobre la desinformación. Se concluyó que el vínculo no prescinde de disposición solidaria y que existe la necesidad de que el gobierno federal realice una señalización ético-política para asegurar información de calidad sobre el proyecto.(AU)


Assuntos
Humanos , Programas Nacionais de Saúde , Atenção Primária à Saúde/ética , Direito à Saúde , Brasil , Relatos de Casos , Avaliação do Impacto na Saúde , Avaliação de Programas e Projetos de Saúde
7.
Cien Saude Colet ; 21(9): 2797-805, 2016 Sep.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-27653064

RESUMO

This study aims to identify the fundamentals that drive the academic tutorship of the Mais Médicos para o Brasil (More Doctors for Brazil) project in Santa Catarina, based on the unit of analysis entitled values achieved. It is an exploratory and comprehensive study carried out in 2015, with tutors of the State of Santa Catarina, decentralized reference professionals of the Education and Health Ministries, and key reference professionals of the Education Ministry. Focus groups were used as the instrument for collection of data, through semi-structured interview. Based on the category Emergency care as a force of innovation in the Mais Médicos Program, the analysis was conducted from an ethical-political approach. Three fundamentals emerged: 'Putting out fires', 'Qualification of the Project', and 'the procedural point of view'. It was concluded that academic tutorship of the productive activities of doctors in emergency care is not an isolated pedagogical approach, since it is a part and a consequence of the historic development of the theory and of the practice. The activity corresponds, dialectically, to movements of rupture, resistance, emancipation and also requires collective reflection about the values chosen and achieved in the acts of decision.


Assuntos
Assistência à Saúde , Educação Médica , Programas Governamentais , Médicos/provisão & distribução , Brasil , Programas Governamentais/ética , Humanos , Política , Recursos Humanos
8.
Ciênc. saúde coletiva ; 21(9): 2797-2805, Set. 2016. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-795329

RESUMO

Resumo O estudo teve por objetivo identificar os fundamentos que conduzem a tutoria acadêmica do Projeto Mais Médicos para o Brasil em Santa Catarina, a partir da unidade de análise “valores realizados”. Trata-se de um estudo exploratório e compreensivo realizado, em 2015, com tutores catarinenses, profissionais de referência descentralizados dos Ministérios da Educação e da Saúde e profissionais de referência técnica do Ministério da Educação. Utilizou-se como instrumentos de coleta de dados entrevista semiestruturada e grupo focal. Com base na categoria Provimento emergencial como força inovadora da operação cultural Programa Mais Médicos, a análise foi conduzida pelo método ético-político. Revelaram-se três fundamentos: apagar incêndios, qualificação do Projeto e perspectiva processual. Concluiu-se que a tutoria acadêmica das atividades produtivas de médicos do provimento emergencial não corresponde a um enfrentamento pedagógico isolado, pois é parte e consequência do desenvolvimento histórico da teoria e da prática. A atividade corresponde dialeticamente a movimentos de ruptura, resistência, emancipação e não prescinde da reflexão coletiva sobre os valores eleitos e realizados no agir deliberativo.


Abstract This study aims to identify the fundamentals that drive the academic tutorship of the Mais Médicos para o Brasil (More Doctors for Brazil) project in Santa Catarina, based on the unit of analysis entitled values achieved. It is an exploratory and comprehensive study carried out in 2015, with tutors of the State of Santa Catarina, decentralized reference professionals of the Education and Health Ministries, and key reference professionals of the Education Ministry. Focus groups were used as the instrument for collection of data, through semi-structured interview. Based on the category Emergency care as a force of innovation in the Mais Médicos Program, the analysis was conducted from an ethical-political approach. Three fundamentals emerged: ‘Putting out fires’, ‘Qualification of the Project’, and ‘the procedural point of view’. It was concluded that academic tutorship of the productive activities of doctors in emergency care is not an isolated pedagogical approach, since it is a part and a consequence of the historic development of the theory and of the practice. The activity corresponds, dialectically, to movements of rupture, resistance, emancipation and also requires collective reflection about the values chosen and achieved in the acts of decision.


Assuntos
Humanos , Assistência à Saúde , Educação Médica , Programas Governamentais/ética , Médicos/provisão & distribução , Brasil , Política
9.
Saúde Soc ; 24(3): 1021-1032, jul.-set. 2015.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-756582

RESUMO

This article analyzes Brazilian and Italian general practitioners' discourses on the potential to boost autonomy among subjects-users who are cognitively competent with regard to their care decisions, through primary health care actions, from the bioethical perspective. Qualitative research with an exploratory approach, carried out in 2007, in Florianópolis, Santa Catarina, Brazil, and in the Province of Rome, Lazio Region, Italy, with 15 Brazilian general practitioners, 15 Italian general practitioners, and 1 health director of the Italian National Health Service (SSN). Semi-structured interviews and a field diary were used as data collection instruments. Processing and systematization of messages' content have generated two analytical categories: "biomedical rationality versus emancipatory rationality" and "from the historical condition of minority to the wish to be autonomous." In both countries, testimonies have revealed: a) poor materialization of autonomy in face of the contemporary risk-prevention biomedical imperative; and b) emancipatory movements that generate concrete and symbolic strategies in order to cope with deconstruction of the medical practice, historically produced through the path of obedience. Brazilian discourses pointed out productivist protocols, imposed by administrations, as an instrument for the preservation of the minorities. Italian general practitioners suggested greater recognition of subjects-citizens of rights when providing care. The research revealed there is a need the Brazilian Primary Health Care (APS) dialogue with humanities theories and invest in mechanisms to boost ethical behavior to review the sense that has been occupying the adoption of the risk prevention biopolicy in the continence of actual health at this time.


Este artigo analisa discursos de médicos de família brasileiros e italianos sobre o potencial de impulsão à autonomia de sujeitos-usuários competentes cognitivamente nas decisões do cuidado, em ações de atenção primária à saúde, na perspectiva bioética. Pesquisa qualitativa de caráter exploratório, realizada em 2007, em Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, e na província de Roma, região Lazio, Itália, com 15 médicos de família brasileiros, 15 médicos de família italianos e um diretor sanitário do Serviço Sanitário Nacional (SSN), Itália. Foram utilizados como instrumentos de coleta entrevistas semiestruturadas e diário de campo. O tratamento e a sistematização do conteúdo das mensagens geraram duas categorias analíticas: "racionalidade biomédica versus racionalidade emancipatória" e "da condição histórica de menoridade ao desejo de ser autônomo". Em ambos os países, depoimentos revelaram: a) fragilidade na materialização da autonomia diante do imperativo biomédico contemporâneo de prevenir riscos probabilísticos; e b) movimentos emancipatórios geradores de estratégias concretas e simbólicas para o enfrentamento da desconstrução da prática médica, historicamente produzida através do lastro obediência. Discursos brasileiros apontaram os protocolos produtivistas, impostos por gestões, como instrumento de preservação de menoridades. Médicos de família italianos sinalizaram um maior reconhecimento de sujeitos-cidadão de direitos na condução do cuidado. A pesquisa revelou a necessidade de a APS brasileira dialogar com teorias das ciências humanas e investir em mecanismos de impulsão ao exercício ético para rever o sentido que vem ocupando a adoção da bipolítica de prevenção ao risco na continência da saúde concreta do tempo presente.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Bioética , Tomada de Decisões , Medicina de Família e Comunidade , Política de Saúde , Integralidade em Saúde , Atenção Primária à Saúde , Autonomia Profissional , Brasil , Promoção da Saúde , Itália , Pesquisa Qualitativa , Qualidade de Vida , Direito à Saúde , Risco , Estratégias
10.
Trab. educ. saúde ; 13(2): 323-341, May-Aug/2015.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-746663

RESUMO

O artigo examina as fragilidades que permeiam as inter-relações estabelecidas no processo de trabalho de médicos de família italianos para conhecer possíveis conflitos éticos. Trata-se de um estudo de campo, de abordagem qualitativa e caráter explora-tório-descritivo, realizado em 2007, na província de Roma, região do Lácio, Itália, com médicos de família italianos conveniados ao Serviço Sanitário Nacional. Analisados à luz da bioética cotidiana, os resultados mostram conflitos éticos gerados diretamente pelo modelo de organização de atenção em saúde do Serviço Sanitário Nacional e pelo mercado da indústria farmacêutica e indiretamente pela sociedade, tendo como pano de fundo o capitalismo em sua face neoliberal.


This paper examines the weaknesses that permeate the interrelationships established in the work process Italian family physicians use to get to know potential ethical conflicts. This field study used a qualitative approach, was exploratory-descriptive in nature, and was conducted in 2007 in the province of Rome, region of Lazio, Italy, among Italian family physicians hired under the National Health Service. Analyzed in the light of everyday bioethics, the results show ethical conflicts generated directly by the health care organization model used by the National Health Service, by the pharmaceutical industry's market, and indirectly by the society, with the backdrop of neoliberal capitalism.


El artículo examina las fragilidades que permean las interrelaciones establecidas en el proceso de trabajo de médicos de familia italianos para conocer posibles conflictos éticos. Se trata de un estudio de campo, de enfoque cualitativo, y de carácter exploratorio-descriptivo, realizado en 2007 en la provincia de Roma, región del Lacio, Italia, con médicos de familia italianos asocia-dos con el Servicio Sanitario Nacional. Analizados a la luz de la bioética cotidiana, los resultados muestran conflictos éticos generados directamente por el modelo de organización de la atención en salud del Servicio Sanitario Nacional y por el mercado de la industria farmacéutica e indirec-tamente por la sociedad, teniendo como telón de fondo el capitalismo en su aspecto neoliberal.


Assuntos
Humanos , Médicos de Família , Trabalho , Bioética , Ontologias Biológicas
11.
Artigo em Português | Coleciona SUS | ID: biblio-946335

RESUMO

No Programa Mais Médicos, a interiorização de faculdades de medicina e a inserção de médicos em áreas brasileiras socialmente vulneráveis, potencializando a aproximação entre formação e realidade da população, isto é, a integração ensino e serviços são duas dimensões priorizadas. O presente estudo objetivou apresentar aspectos históricos da criação do Programa eum breve relato dos movimentos iniciais de uma pesquisa estadual em andamento, na perspectiva de um informante chave. É um estudo social, qualitativo, de caráter exploratório, descritivo e compreensivo. O instrumento eleito para a coleta de dados foi a entrevista narrativa. A análise foi conduzida pela abordagem hermenêutico-dialética. Os resultados apontaram a categoria - Da intenção ao gesto: abraçando os inúmeros Brasis em defesa da garantia do direito universal à saúde. Observou-se que o Programa representa uma franca possibilidade de garantia de realização do direito à saúde em rincões sombrios, marginalizados pela ausência de médicos, bem como um projeto transformador efetivo em defesa de uma formação em medicina para a atenção básica, parao Sistema Único de Saúde de todos os brasileiros: a serviço do Brasil.


The More Doctors Program, the internalization of medical schools and the inclusion of Brazilian doctors in socially vulnerable areas, increasing rapprochement between training and reality of the population, this is, the integration and education services are prioritized two dimensions. This study aims to present historical aspects of the program’s creation and a briefaccount of the initial moves of a state research in progress with a view to a key informant. Socialstudies, qualitative, exploratory, descriptive and comprehensive character. The chosen instrumentfor data collection was narrative interview. The analysis was conducted by the hermeneutic dialecticapproach. The results showed the category of the intention to gesture embracing themany Brazils in defense of ensuring universal right to health. It was observed that the program isan large possibility of realizing the right to health security in dark far corners, marginalized by alack of doctors, as well as an effective transformative project in support of a training in medicinefor primary health care to the Unified Health System all Brazilians: the service of Brazil.


El Programa Más Médicos, la internalización de las escuelas de medicina y la inserción de los médicos en las áreas de Brasil socialmente vulnerables, para mejorar el acercamiento entre laformación y la realidad de la población, es decir, el ajuste entre los servicios de educación y saludtienen prioridad. Este estudio tuvo como objetivo presentar los aspectos históricos de la creacióndel Programa Más Médicos y una breve reseña de los movimientos iniciales de una investigaciónen curso con miras a un informante clave. Se trata de un estudio social, cualitativo, exploratórioy descriptivo. El instrumento elegido para la recolección de datos fue la entrevista narrativa. Elanálisis fue realizado por el enfoque hermenéutico-dialéctico. Los resultados mostraron la categoria– De la Intención y gesto, abrazando los muchos Brasiles en defensa de garantizar el derechouniversal a la salud. Se observó que el Programa es una posibilidad abierta de la realización delderecho a la seguridad sanitaria en las regiones remotas marginados por la falta de médicos, asícomo un proyecto de transformación efectiva en apoyo de la formación en medicina de atenciónprimaria de salud en el Sistema de Salud para todos los brasileños: el servicio de Brasil.


Assuntos
Programas Nacionais de Saúde , Atenção Primária à Saúde , Avaliação de Programas e Projetos de Saúde/estatística & dados numéricos , Direito à Saúde
12.
Ciênc. saúde coletiva ; 18(2): 461-470, Fev. 2013. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-662904

RESUMO

Este artigo objetivou analisar a problemática da cárie dentária, enquanto uma questão de saúde pública de relevância epidemiológica, tendo como suporte analítico a visão da Bioética da Proteção. Trata-se de estudo de caso realizado a partir de análise documental dos inquéritos epidemiológicos em saúde bucal, de base nacional, 1986, 2003 e 2010. Os levantamentos apontam desigualdades entre grupos populacionais. Essa desigualdade foi analisada, com relação à redução da doença na população mais jovem, no acesso ao atendimento, e na perda dentária, pior desfecho para a cárie dentária. Os bons resultados apresentados, nos levantamentos, não atinge toda a população, apresentando desigualdades por renda familiar e região brasileira. Constatou-se a partir de 2003 intervenções do Estado em ações protetoras, como adoção de critérios de equidade na destinação dos recursos na saúde e inclusão de populações em vulneração, contribuindo para redução da cárie. No entanto, considera-se necessário avançar mais nos modelos assistenciais em saúde bucal usando a Epidemiologia como uma ferramenta estruturante, já que as diferenças regionais ainda permaneceram marcantes, em interface com uma bioética protetora e socialmente responsável.


The scope of this paper was to analyze the problem of dental caries as a public health issue of epidemiological relevance. It is a case study based on documentary analysis of national epidemiological surveys on oral health in the years 1986, 2003 and 2010, with the Bioethics of Protection as an analytical support. The surveys revealed inequalities between population groups; and such inequalities were analyzed with respect to the reduction of the disease in the younger population, access to oral health care, and tooth loss, which is the worst outcome for tooth decay. The good results presented in the surveys have not reached the whole population; data have shown inequalities regarding family income and Brazilian region. It was also found that from 2003 government interventions in protective actions such as the adoption of criteria of equity in the allocation of health resources and inclusion of vulnerable population have contributed to a reduction in caries. Nevertheless, it is considered necessary update oral health care models by using Epidemiology as a structuring tool, and an interface with socially responsible protective bioethics, since regional differences continued to be marked in the analysis.


Assuntos
Adolescente , Adulto , Idoso , Criança , Pré-Escolar , Humanos , Pessoa de Meia-Idade , Adulto Jovem , Temas Bioéticos , Cárie Dentária/epidemiologia , Disparidades nos Níveis de Saúde , Brasil/epidemiologia , Saúde Bucal , Fatores Socioeconômicos
13.
Cien Saude Colet ; 18(2): 461-70, 2013 Feb.
Artigo em Português | MEDLINE | ID: mdl-23358771

RESUMO

The scope of this paper was to analyze the problem of dental caries as a public health issue of epidemiological relevance. It is a case study based on documentary analysis of national epidemiological surveys on oral health in the years 1986, 2003 and 2010, with the Bioethics of Protection as an analytical support. The surveys revealed inequalities between population groups; and such inequalities were analyzed with respect to the reduction of the disease in the younger population, access to oral health care, and tooth loss, which is the worst outcome for tooth decay. The good results presented in the surveys have not reached the whole population; data have shown inequalities regarding family income and Brazilian region. It was also found that from 2003 government interventions in protective actions such as the adoption of criteria of equity in the allocation of health resources and inclusion of vulnerable population have contributed to a reduction in caries. Nevertheless, it is considered necessary update oral health care models by using Epidemiology as a structuring tool, and an interface with socially responsible protective bioethics, since regional differences continued to be marked in the analysis.


Assuntos
Temas Bioéticos , Cárie Dentária/epidemiologia , Disparidades nos Níveis de Saúde , Adolescente , Adulto , Idoso , Brasil/epidemiologia , Criança , Pré-Escolar , Humanos , Pessoa de Meia-Idade , Saúde Bucal , Fatores Socioeconômicos , Adulto Jovem
14.
Rev. bioét. (Impr.) ; 19(1)jan.-abr. 2011.
Artigo em Português, Inglês | LILACS | ID: lil-614446

RESUMO

Voltando-se para a gestão do social recomendada pela Conferência de Alma-Ata, em 1978, o presente trabalho buscou desenvolver uma reflexão sobre como médicos de família italianos vivenciam a relação saúde e sociedade na experiência de suas práticas. Trata-se de um estudo de campo, de abordagem qualitativa e caráter exploratório-descritivo, realizado em 2007, na Província de Roma, Itália, com médicos de família italianos. Realizada na perspectiva da bioética cotidiana, a análise revelou que a dimensão antropológico-social na experiência deprática da medicina de família italiana depende do contexto no qual a prática se produz e que a gestão social do risco, no âmbito individual, é um elemento constitutivo comum. Apreendeu-se que ao tratar a relação saúde e sociedade tendo em vista uma dimensão moral, para uma práticaética, cria-se a possibilidade de alimentar a utopia de fazer da atenção primária de saúde o centro de sistemas nacionais de saúde.


Volviéndose hacia la gestión de lo social recomendada por la Conferencia de Alma-Ata, en 1978, el presente trabajo recogió desarrollar una reflexión sobre cómo médicos de familia italianos vivencian la relación salud y sociedades en la experiencia de sus prácticas. Se trata de un estudio de campo, de abordaje cualitativo y carácter exploratorio-descriptivo, realizado en 2007, en la Provincia de Roma, Italia, con médicos de familia italianos. Realizado en la perspectiva de la bioética cotidiana, el análisis reveló que la dimensión antropológico-social en la experiencia de práctica de la medicina de familia italiana está en la dependencia del contexto en la cual la práctica se produce, y que la gestión social del riesgo, en el ámbito individual, es un elemento constitutivo común. Se descubrió que al tratar la relación salud y sociedades con miras a una dimensión moral, para una práctica ética, crea la posibilidad de alimentar la utopía de hacer de la Atención Primaria de Salud el centro de sistemas nacionales de salud.


Focusing on the social management recommended by the 1978 Conference of Alma-Ata, the present study aimed to reflect on how Italian family doctors experienced the relationship between health and societies in the experience of their practices. A study with a qualitative approach and exploratory-descriptive nature, carried out) in 2007, in the province of Rome, Italy, with Italian family doctors. Performed according to the perspective of everyday bioethics, the analysis revealed that the anthropological-social dimension in the experience of the Italian family medical practice depends on the context in which such practice occurs, and that (risk) social risk management, in the individual sphere, is a common constitutive aspect. It could be concluded that, when dealing with the relationship between health and societies, from a moral dimension towards an ethical practice, it sets the possibility of fulfilling the ideal of making Primary Health Care the center of national health systems.


Assuntos
Medicina de Família e Comunidade , Saúde , Sociedades
15.
Saúde Soc ; 18(1): 118-130, jan.-mar. 2009.
Artigo em Português | LILACS, BDS | ID: lil-511438

RESUMO

Este artigo busca percorrer as políticas de saúde italiana e brasileira em um recorte histórico das conjunturas econômicas e políticas do século XVIII ao século XX, na perspectiva de identificar elementos sinalizadores de aproximações e distanciamentos para compreender o processo de materialização do direito à saúde. Trata-se de uma pesquisa descritiva com abordagem qualitativa, tendo como fonte de dados documentos oficiais e revisão de literatura, numa perspectiva histórica. A análise dos dados é feita com base na bioética cotidiana. Os resultados obtidos mostram que, em ambos os Estados, a origem da concretização do direito à saúde é fruto da iniciativa dos trabalhadores com o propósito de satisfazer uma de suas dimensões: o direito à assistência à saúde. Percebem-se similaridades nos modelos de proteção social, a importância da Itália no processo brasileiro de construção do direito à saúde, distanciamento entre as novas ações estatais instituídas após as reformas sanitárias e a necessidade de se enfrentar, valendo-se de um sistema político de regras, o histórico conflito ético entre os direitos individuais e a garantia dos direitos sociais, especialmente o direito à saúde, nas duas realidades.


This article approaches the Italian and Brazilian health policies based on a historical overview of the economic and political conjunctures from the 18th century to the 20th century, so as to identify elements that signal similarities and differences in order to understand the materialization process of the right to health. The present study is a descriptive research with a qualitative approach. The data source includes official documents and a literature review in a historical perspective. The data analysis is carried out based on Everyday Bioethics. The results show that in both States the right to health is rendered concrete as a result of the workers' initiative, with the aim of satisfying one of its dimensions: the right to health assistance. The following aspects were observed: similarities in the social protection models, the importance of Italy in the Brazilian construction process of the right to health, differences between the new governmental actions established after the sanitary reforms, and the need to confront, by means of a political system of rules, the historical ethical conflict between individual rights and the guarantee of social rights, mainly the right to health, in both realities.


Assuntos
Bioética , Direito à Saúde , Política de Saúde
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA