Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 15 de 15
Filtrar
Mais filtros










Base de dados
Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. bras. med. esporte ; 29: e176543, 2023. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1387923

RESUMO

ABSTRACT Introduction: Fibromyalgia syndrome (FM) is characterized by the presence of diffuse pain lasting for more than three months and is often associated with sleep disorders. Studies have investigated the effect of strength training (ST) on pain and sleep quality in FM patients, but there continue to be diverse perspectives on the effects of this intervention in this population. Objective: The aim of the study was to examine the effects of strength training (ST) on pain and sleep quality in FM patients. Methods: Forty-eight women with FM participated in the study between August and October, 2012. Six (55±6.5 years) performed ST, conducted at Santa Catarina State University, and eight (47±9 years) comprised the control group. The Socio-Demographic and Clinical Questionnaire, the visual analog scale (VAS) for pain, and the Pittsburgh Sleep Quality Index were used. Data were collected before the first session and after the eight-week intervention and were analyzed using descriptive statistics and inferential tests. Results: The eight- week ST intervention decreased pain (p< 0.05) and significantly diminished the daytime sleep dysfunctions (p< 0.05), demonstrating that the proposed program contributes to improving patient quality of life. Conclusion: ST is a feasible treatment for patients with fibromyalgia. Level of evidence II; Therapeutic study.


RESUMEN Introducción: El síndrome de fibromialgia (FM) se caracteriza por la presencia de dolor difuso de más de tres meses de duración y suele asociarse a trastornos del sueño. Los estudios han investigado el efecto del entrenamiento de fuerza (ST) sobre el dolor y la calidad del sueño en pacientes con FM, pero todavía existen diversas perspectivas respecto a los efectos de esta intervención en esta población. Objetivos: El objetivo del estudio fue examinar los efectos del entrenamiento de fuerza sobre el dolor y la calidad del sueño de los pacientes con FM. Métodos: Cuarenta y ocho mujeres con FM participaron en el estudio entre agosto y octubre de 2012. Seis (55 ± 6,5 años) se sometieron a un entrenamiento de fuerza realizado en la Universidad del Estado de Santa Catarina, y ocho (47 ± 9 años) constituyeron el grupo de control. Se utilizó el Cuestionario sociodemográfico y Clínico, la escala visual analógica (EVA) para el dolor y el Índice de Calidad del Sueño de Pittsburgh. Los datos fueron recopilados antes de la primera sesión y después de la intervención de ocho semanas y se analizaron mediante estadísticas descriptivas y pruebas de inferencia. Resultados: La intervención de ocho semanas con ST disminuyó el dolor (p <0,05) y redujo significativamente los trastornos del sueño durante el día (p <0,05), lo que demuestra que el programa propuesto contribuye a mejorar la calidad de vida de los pacientes. Conclusión: El entrenamiento de fuerza es un tratamiento viable para pacientes con fibromialgia. Nivel de evidencia II; Estudios terapéuticos.


RESUMO Introdução: A síndrome da fibromialgia (FM) é caracterizada pela presença de dor difusa com duração de mais de três meses e, frequentemente, é associada a distúrbios do sono. Estudos investigaram o efeito do treinamento de força (ST) sobre a dor e a qualidade do sono dos pacientes com FM, mas ainda existem diversas perspectivas quanto aos efeitos da intervenção nessa população. Objetivos: O objetivo do estudo foi examinar os efeitos do treinamento de força (ST) sobre a dor e a qualidade do sono de pacientes com FM. Métodos: Quarenta e oito mulheres com FM participaram do estudo entre agosto e outubro de 2012. Seis (55 ± 6,5 anos) realizaram treinamento de força, conduzido na Universidade Estadual de Santa Catarina, e oito (47 ± 9 anos) constituíram o grupo controle. Foram empregados o Questionário Sociodemográfico e Clínico, a escala visual analógica (EVA) para dor e o Índice de Qualidade do Sono de Pittsburgh. Os dados foram coletados antes da primeira sessão e depois da intervenção de oito semanas e foram analisados por meio de estatística descritiva e testes inferenciais. Resultados: A intervenção de 8 semanas com ST diminuiu a dor (p < 0,05) e reduziu significativamente as disfunções diurnas do sono (p <0,05), demonstrando que o programa proposto contribui para melhorar a qualidade de vida dos pacientes. Conclusão: O ST é um tratamento viável para pacientes com fibromialgia. Nível de evidência II; Estudo terapêutico.

2.
Conscientiae saúde (Impr.) ; 16(2): 2017169176, jun. 2017.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-875764

RESUMO

Introduction: Fibromyalgia is a disease characterized by chronic pain; it is a syndrome with an unknown cause and has no cure. Objective: Examine the feasibility of a strength training program in patients with FM. Methods: Fortyseven patients from general community were allocated into two groups: strength training group and control group. The patients underwent strength training performed three times per week for eight weeks. We used the Fibromyalgia Impact Questionnaire and Perceived Stress Scale to obtain data. Results: After eight weeks of strength training, there was a significant reduction in pain (p = 0.00) and stress (p = 0.02). No changes were found in the variables analyzed in the control group pre- and post-test. Conclusions: The practice of strength training is a safe and effective alternative for the treatment of fibromyalgia patients. (AU)


Introdução: A fibromialgia é uma doença sem cura e de etiologia desconhecida, caracterizada por dor crônica. Objetivo: verificar a viabilidade de um programa de treinamento de força (TF) em pacientes com FM. Métodos: Quarenta e sete pacientes foram divididos em dois grupos: grupo TF e grupo de controle. Os pacientes submetidos ao TF realizaram o treinamento três vezes por semana, durante oito semanas. Para análise dos dados foram utilizados o Questionário de Impacto da Fibromialgia e a Escala de Estresse Percebido. Resultados: Após oito semanas de treinamento de força, houve uma redução significativa na dor (p = 0,00) e no estresse (p = 0,02). Não foram encontradas alterações nas variáveis analisadas no grupo controle pré e pós-teste. Conclusões: A prática do treinamento de força é uma alternativa segura e eficaz para o tratamento dos pacientes fibromialgia. (AU)

3.
Arq. ciências saúde UNIPAR ; 21(1): 65-75, jan.-abr. 2017. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-833007

RESUMO

Este estudo tem por objetivo verificar os efeitos de diferentes programas de exercício físico sobre a saúde física, mental e qualidade de vida de indivíduos com DPOC por meio de uma revisão sistemática da literatura. As bases de dados utilizadas para a seleção dos artigos foram Scielo, Medline e Lilacs, e os termos utilizados para busca foram: exercício físico (physical exercise) e DPOC (COPD). Dois examinadores analisaram a qualidade e evidência dos artigos por meio da escala PEDro. Após triagem inicial, sessenta e dois artigos foram selecionados, sendo que destes, treze preencheram os critérios de inclusão no estudo. Os efeitos benéficos de diferentes programas de exercícios físicos sobre a saúde de pessoas com DPOC foram verificados no presente estudo. Estes incluem a redução dos sintomas e do risco de mortalidade, melhora na qualidade de vida relacionada à saúde e na saúde mental e aumento da capacidade funcional e da força muscular. Ressalta-se a importância de associar ao tratamento convencional do DPOC, um programa regular de exercício físico que desenvolva os componentes da aptidão física relacionada à saúde, tais como: capacidade aeróbia, força e resistência muscular, flexibilidade e composição corporal.


This study aims at determining the effects of different exercise programs on the physical, mental health and quality of life in individuals with COPD through a systematic literature review. Scielo, Medline and Lilacs were the databases used for the selection of articles, searching for terms such as: exercise (physical exercise) and DPOC (COPD). Two examiners analyzed the quality and evidence of articles using the PEDro scale. After the initial screening, sixty-two articles were selected, and of these, thirteen met the inclusion criteria for this study. The beneficial effects of different physical exercise programs on the health of people with COPD were observed in this study. They include the reduction of symptoms and mortality risk, improved quality of life related to health and mental health, as well as increased functional capacity and muscle strength. It emphasizes the importance of linking the conventional COPD treatment to a regular exercise program aiming to develop physical fitness and health, such as aerobic capacity, muscular strength and endurance, flexibility and body composition.


Assuntos
Reabilitação , Exercício Físico , Revisão , Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica
4.
Rev. bras. ciênc. esporte ; 38(3): 267-274, jul.-set. 2016. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-795091

RESUMO

Resumo Este estudo teve por objetivo investigar os motivos de adesão e desistência da musculação em academias por meio de uma investigação qualitativa. Participaram aderentes (n=13) e desistentes (n=8) da prática de musculação, de ambos os sexos, entre 23 e 55 anos, selecionados de maneira não probabilística intencional, em academias de Florianópolis (SC). O instrumento usado foi uma entrevista semiestruturada. Os principais motivos de prática de musculação foram "bem-estar", "melhoria da saúde" e "estética corporal". Os principais motivos de desistência foram "falta de tempo", "atendimento profissional desqualificado" e "poucos aparelhos para a prática".


Abstract The purpose of this study was to investigate the reasons of adhesion and desistance to the practice of resistance exercises in gyms through a qualitative investigation. Adherents (n=13) and individuals who dropped out (n=8) of resistance exercises, of both sexes, with ages ranging from 23 to 55 years old, selected in an intentional non-probabilistic manner, in gyms of Florianópolis/SC, participated in the study. The instrument that was utilized was a semi structured interview. Among the main reasons for the practice of resistance exercises were "well being", "improvement of the health" and "body aesthetics". Among the reasons for the desistance were "lack of time", "under qualified professional care" and "lack of equipments for the practice".


Resumen El objetivo de este estudio fue investigar las razones de la adhesión y renuncia a la práctica de ejercicios de musculación en los gimnasios mediante una investigación cualitativa. Participaron en el estudio partidarios (n = 13) y personas que abandonaron (n = 8) los ejercicios de musculación, de ambos sexos, con edades de 23 a 55 años, seleccionados de forma intencional no probabilística en los gimnasios de Florianópolis-SC. El instrumento que se utilizó fue una entrevista semiestructurada. Entre las razones para la práctica de ejercicios de musculación se encontraban "bienestar", "mejora de la salud" y "estética corporal". Entre las razones para la renuncia se encontraban "falta de tempo", "bajo cuidado profesional cualificado" y "falta de aparatos para la práctica".

5.
Conscientiae saúde (Impr.) ; 15(2): 217-224, 30 jun. 2016.
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-846467

RESUMO

Introdução: A síndrome da fibromialgia é uma doença caracterizada por dor muscular generalizada e crônica, sendo comum o surgimento de depressão nessas pacientes. Objetivo: Verificar o efeito de 16 sessões da prática de um programa de caminhada sobre a depressão em mulheres com fibromialgia. Métodos: Participaram do estudo 12 mulheres com fibromialgia que realizaram duas sessões semanais de prática de caminhada durante dois meses, com 60 minutos de duração. Os estágios de depressão foram identificados mediante o Inventário de Depressão de Beck. Resultados: Verificou-se que o escore médio de depressão diminuiu de 22,75 para 14,33 (p=0,002). Previamente ao início do programa de caminhada 41,6% dos participantes apresentaram depressão grave e após a intervenção a maioria apresentou depressão mínima. Conclusão: A prática de 16 sessões de caminhada minimiza significativamente o estado de depressão de mulheres com fibromialgia.


Introduction: Fibromyalgia syndrome is a disease characterized by generalized and chronic muscular pain, frequently associated with depression. Objective: To determine the effect of 16 practice sessions of a walking program on depression in women with fibromyalgia. Methods: The study included 12 women with fibromyalgia who performed two practices walks a week for two months, with 60 minutes. The stages of depression were identified by the Beck Depression Inventory. Results: It was found that the average depression score decreased from 22.75 to 14.33 (p = 0.002). Prior to the beginning of the walking program 41.6% of the participants had severe depression and after the intervention most had minimal depression. Conclusion: The practice of 16 walking sessions significantly reduces the state of depression in women with fibromyalgia.

6.
Fisioter. mov ; 28(4): 823-835, Oct.-Dec. 2015. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-770302

RESUMO

Abstract Introduction : Today's society is influenced by Information and Communication Technologies. Toys that were once built by hand have been reinterpreted and have become highly commercialized products. In this context, games using Augmented Reality (AR) and Virtual Reality (VR) technologies are present in the everyday lives of children, youth and adults. Objective : To investigate how Physical Education professionals in Brazil have been making use of AR and VR games to benefit their work. Materials and methods : We only included studies that addressed exercise or physical activity using AR or VR games. We searched the databases of Virtual Health Library (VHL) and Scientific Electronic Library Online (SciELO), using the words augmented reality, virtual reality, exergames, Wii and serious games. Results : Nineteen articles were included in the systematic review. The most frequently used device was the Nintendo(r) Wii, with over 25 different kinds of games. With regard to the subjects of the studies, four studies were conducted with healthy individuals (mean = 65.7), three with patients with Parkinson's disease (mean = 18.0), three with elderly women (mean = 7.7) and two with patients with stroke injury (mean = 6.0). Conclusion : Many physical therapists and occupational therapists use serious games with AR or VR technologies as another work tool, especially for rehabilitation practices. The fact that these technologies are also used in Physical Education classes in Brazil indicates that electronic games are available and can be a tool that can contribute to the widespread adoption of exercise as an enjoyable form of recreation.


Resumo Introdução : A sociedade atual é influenciada pelas Tecnologias de Informação e Comunicação. Os brinquedos outrora construídos de forma artesanal recebem novas leituras, tornaram-se produtos altamente comercializados e neste contexto os jogos que utilizam as tecnologias de Realidade Aumentada (RA) e Realidade Virtual (RV) estão presentes no cotidiano de crianças, jovens e adultos. Objetivo : Investigar como a Educação Física no Brasil vem se apropriando dos jogos de RA e RV em seu benefício. Materiais e métodos : Foram incluídos apenas estudos que envolveram exercício físico ou atividade física com o uso dos jogos com RA ou RV. A busca ocorreu nas bases de dados Biblioteca Virtual em Saúde (BVS) e Scientific Electronic Library Online (SciELO), utilizando os termos "realidade aumentada", "realidade virtual", exergames, Wii ou "serious games". Resultados : 19 artigos foram incluídos na revisão sistemática e o instrumento mais utilizado foi o Nintendo(r) Wii com mais de 25 tipos diferentes de jogos. Em relação aos sujeitos da pesquisa, foram quatro estudos com indivíduos hígidos (média = 65,7), três examinaram pacientes com doença de Parkinson (média = 18,0), três com idosas (média = 7,7) e dois com lesão decorrente de acidente vascular encefálico (média = 6,0). Conclusão : Os jogos que utilizam RA e RV estão presentes como ferramenta de trabalho de fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais, utilizados principalmente para reabilitação e a produção na Educação Física no Brasil sinaliza que os jogos eletrônicos estão disponíveis e podem ser uma ferramenta com poder de contribuir com a adoção do exercício como uma forma prazerosa de lazer.

7.
Rev. bras. med. esporte ; 20(4): 276-280, July-Aug/2014. tab, graf
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-720973

RESUMO

INTRODUÇÃO: A saúde mental de atletas pode predizer seu desempenho esportivo e comportamental, o que a torna um importante objeto de estudo. OBJETIVO: Investigar a saúde mental e fatores associados em atletas que participaram dos Jogos Abertos de Santa Catarina 2011, Brasil. MÉTODOS: A amostra foi composta por 445 atletas participantes da competição (211 homens e 234 mulheres). Para a coleta de dados foi utilizado o questionário de caracterização e a escala de humor de Brunel. Os dados foram coletados individualmente no local da competição entre 30 e 50 minutos antes dos atletas competirem. Os dados foram analisados por estatística descritiva (média, frequência e percentual) e inferencial (Kruskal-Wallis, Mann-Withney e correlação de Spearman com α estabelecido de 0,05). RESULTADOS: Os atletas competiram em 10 diferentes modalidades, coletivas e individuais. A maioria dos atletas cursa ou cursou o ensino médio ou superior, com mais de sete anos de tempo de prática e participação em competições nacionais e estaduais. Grande parte dos atletas teve percepção de qualidade de descanso e sono entre boa e regular durante a competição. De maneira geral, os atletas apresentaram boa saúde mental, com perfil semelhante ao de iceberg (elevado vigor, níveis moderados de tensão e baixa fadiga, depressão, raiva e confusão mental). Os atletas com melhor percepção de sono e saúde que não fazem uso de medicamentos reguladores de humor apresentam melhor saúde mental. CONCLUSÃO: Torna-se evidente a boa qualidade de saúde entre os atletas participantes do estudo, destacando-se um cuidado especial com relação às implicações da qualidade do sono e o uso de medicamentos reguladores de humor na saúde mental dos atletas. .


INTRODUCTION: Mental health of athletes can predict their sports and behavioral performance, making it an important field to explore. OBJECTIVE: The aim of this study was to investigate the mental health and associated factors in athletes who participated in the Santa Catarina Open Games of 2011, Brazil. METHODS: The sample consisted of 445 athletes who participated in the competition (211 men and 234 women). For the data collection the Questionnaire of Characterization and the Brunel Mood Scale were used. Data were collected individually at the competition between 30 and 50 minutes before the athletes compete. Data were analyzed using descriptive statistics (mean, frequency and percentage) and inferential statistics (Kruskal-Wallis, Mann Whitney and Spearman correlation with α set at 0.05). RESULTS: The athletes competed in 10 different sports, individual and collective. Most athletes are high school students or attended high school or university, with over than seven years of practice and participation in state and national competitions. Most athletes had perceived quality of rest and sleep between good and regular during the competition. In general, the athletes had good mental health, with a profile similar to an iceberg (high vigor, moderate levels of stress and low fatigue, depression, anger and confusion). Athletes with a better perception of sleep and health that do not use mood regulators have better mental health. CONCLUSION: It is evident the good quality of health among athletes participating in this study, highlighting a special care regarding the implications of sleep quality and the use of mood regulators in the mental health of athletes. .


INTRODUCCIÓN: La salud mental de atletas puede predecir su desempeño deportivo y comportamental, lo que la vuelve un importante objeto de estudio. OBJETIVO: Investigar la salud mental y factores asociados en atletas que participaron en los Juegos Abiertos de Santa Catarina 2011, Brazil. MÉTODOS: La muestra fue compuesta por 445 atletas participantes de la competencia (211 hombres y 234 mujeres). Para la colecta de datos fue utilizado el Cuestionario de Caracterización y la Escala de Humor de Brunel. Los datos fueron colectados individualmente en el local de la competencia entre 30 y 50 minutos antes de que los atletas compitieran. Los datos fueron analizados por estadística descriptiva (promedio, frecuencia y porcentual) e inferencial (Kruskal-Wallis, Mann-Withney y correlación de Spearman con α establecido de 0,05). RESULTADOS: Los atletas compitieron en 10 diferentes modalidades, colectivas e individuales. La mayoría de los atletas cursa o cursó la enseñanza media o superior, con más de siete años de tiempo de práctica y participación en competencias nacionales y estaduales. Gran parte de los atletas tuvo percepción de calidad de descanso y sueño entre buena y regular durante la competencia. De manera general, los atletas presentaron buena salud mental, con perfil semejante al de iceberg (elevado vigor, niveles moderados de tensión y baja fatiga, depresión, rabia y confusión mental). Los atletas con mejor percepción de sueño y salud que no hacen uso de medicamentos reguladores de humor presentan mejor salud mental. CONCLUSIÓN: Se ha vuelto evidente la buena calidad de salud entre los atletas participantes del estudio, destacándose un cuidado especial con relación a las implicaciones de la calidad del sueño y el uso de medicamentos reguladores de humor en la salud mental de los atletas. .

9.
Rev. dor ; 14(3): 200-203, jul.-set. 2013. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-690307

RESUMO

BACKGROUND AND OBJECTIVES: To characterize anxiety of females with fibromyalgia syndrome (FMS) and to observe the association of trait and state anxiety with pain and non-restorative sleep. METHODS: Participated in the study 61 females with clinical diagnosis of FMS, living in Greater Florianópolis. Socio-Demographic and Clinical Questionnaire (SDCQ) and Trait-State Anxiety Inventory (TSAI) were used as research tools. RESULTS: Mean age of participants was 49 ± 9.2 years. Widespread pain was present in 88.5% (n = 54) of participants and non-restorative sleep was present in 54 females (88.5%). State anxiety showed moderate level of anxiety in 57.4% of participants (n = 35); in trait anxiety, the level of moderate anxiety was present in 85.2% of females (n = 52). There has been significant correlation between non-restorative sleep and trait anxiety (p = 0.03). There has been no correlation between widespread pain and trait anxiety (p = 0.53), widespread pain (p = 0.98) and non-restorative sleep (p = 0.10) and state anxiety. CONCLUSION: Moderate level of anxiety has predominated in this population of females with FMS both for state and trait anxiety. No worsening of pain has been observed in all groups; however there has been correlation between females with trait anxiety and non-restorative sleep.


JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Caracterizar a ansiedade de mulheres com síndrome da fibromialgia e verificar a associação dos níveis de ansiedade traço e estado com dor e sono não restaurador. MÉTODOS: Participaram do estudo 61 mulheres com diagnóstico clínico de síndrome da fibromialgia, residentes na Grande Florianópolis. Foram usados, como instrumentos de pesquisa, o Questionário Sociodemográfico e Clínico (QSDC) e o Inventário de Ansiedade Traço-Estado (IDATE). RESULTADOS: A média de idade das pacientes do estudo foi de 49 ± 9,2 anos. A dor generalizada predominou em 88,5% (n = 54) das participantes, assim como o sono não restaurador estava presente em 54 mulheres (88,5%). No perfil de ansiedade estado, observou-se o nível de ansiedade média em 57,4% das participantes (n = 35). Já no perfil de ansiedade traço, o nível de ansiedade média ocorreu em 85,2% das mulheres (n = 52). Houve correlação significante entre o sono não restaurador e ansiedade traço (p = 0,03). Não houve correlação entre as variáveis dor generalizada e ansiedade traço (p = 0,53), dor generalizada (p = 0,98) e sono não restaurador (p = 0,10) e ansiedade estado. CONCLUSÃO: Nesta população de mulheres com síndrome da fibromialgia, houve o predomínio do nível médio de ansiedade tanto para o estado quanto para o traço de ansiedade. Não foi observada correlação da dor com ansiedade traço nem estado, entretanto, foi observada uma correlação entre mulheres com ansiedade traço e sono não restaurador.


Assuntos
Ansiedade , Fibromialgia , Dor , Sono
10.
Rev. baiana saúde pública ; 37(2)abr.-jun. 2013. graf, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-729019

RESUMO

O objetivo do presente estudo foi investigar como as ferramentas disponíveis na Internet vêm sendo utilizadas nas pesquisas em síndrome da fibromialgia. Trata-se de uma revisão sistemática embasada em estudos publicados entre os anos de 2000 e 2011 em periódicos indexados nas bases de dados Science Direct, PubMed e SciELO, que utilizaram ferramentas disponíveis na Internet para realização das suas pesquisas. Como resultado do estudo, além dos fóruns de discussão online, verificou-se que o e-mail é uma ferramenta comum de utilização nas pesquisas sobre fibromialgia, principalmente no que diz respeito ao envio direto ou links de acesso a questionários para preenchimento online. Ficou claro nos estudos investigados a preocupação em investigar a qualidade das informações postadas nos sites especializados em fibromialgia, visando o aprimoramento destas informações, principalmente por se tratar de uma ferramenta que permite o acesso da população em geral bem como dos pacientes com fibromialgia.


The aim of this study was to investigate how the tools available on the Internet are being used in research on fibromyalgia syndrome. It is a systematic review based on studies published between the years of 2000 and 2011, available in the databases Science Direct, PubMed and SciELO, which used the tools available on the Internet to carry out their research. As a result of study, in addition to the online discussion forums, it was found that the e-mail is a common tool for use in research on fibromyalgia, especially with regard to sending direct access or links to fill out online questionnaires. There was a concern in studies to investigate the quality of the information posted on websites specializing in fibromyalgia, aiming at the improvement of this information, especially because it is a tool that allows access for the general population and patients with fibromyalgia.


El objetivo de este estudio fue investigar cómo las herramientas disponibles en la Internet están siendo utilizadas en la investigación sobre el síndrome de fibromialgia. Se trata de una revisión sistemática basada en estudios publicados entre los años 2000 y 2011 en revistas indexadas en bases de datos Science Direct, Pub Med y Scielo, que utilizó las herramientas disponibles en Internet para llevar a cabo sus investigaciones. Como resultado del estudio, además de los foros de discusión en línea, se encontró que el correo electrónico es una herramienta común para uso en la investigación sobre la fibromialgia, especialmente en lo que respecta a la navegación o enlaces de acceso directo a los cuestionarios en línea para llenar. Se hizo evidente en estudios la preocupación por investigar la calidad de la información publicada en los sitios web que se especializan en la fibromialgia, buscando mejorar esta información sobre todo porque es una herramienta que permite el acceso de la población general y de pacientes con fibromialgia.


Assuntos
Humanos , Fibromialgia , Base de Dados , Internet , Revisões Sistemáticas como Assunto
11.
Pensar prát. (Impr.) ; 15(4): 823-836, out.-dez. 2012. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-775276

RESUMO

Este artigo busca verificar os efeitos de um programa de treinamento em circuito na composição corporal de mulheres adultas. Concluíram o experimento 19 mulheres, com idade entre 22 e 52 anos, divididas em Grupo Experimental e Grupo Controle. O treinamento teve duração de 12 semanas, composto por 16 estações de exercícios (oito neuromusculares e oito cardiopulmonares), com intensidade de 60 a 85% da FC máxima, totalizando 30 minutos de atividade. Houve redução na massa gorda e no percentual de gordura no grupo experimental após o período de intervenção. Foi possível concluir, desse modo, que o programa de 30 minutos mostrou ­se eficiente para a redução da gordura corporal das investigadas e que pode ser uma ferramenta útil para as pessoas de centros urbanos que não dispõem de tempo para a prática de exercícios físicos.


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Antropometria , Composição Corporal , Exercícios em Circuitos , Redução de Peso
12.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-666334

RESUMO

Um dos fatores relacionados à adesão à prática de exercícios físicos em academias é a relação entre professores e alunos. O objetivo deste estudo foi investigar o papel dos feedbacks emitidos por professores para motivar praticantes de exercícios físicos em academias. Participaram do estudo 17 praticantes de exercícios resistidos com média de idade de 28 anos (±9; máx. 50 anos; mín. 20 anos). Os participantes responderam a um questionário de caracterização e foram entrevistados pelos pesquisadores por meio de uma entrevista semiestruturada. Verificou-se que a partir da emissão de feedbacks é que os professores demonstram interesse pela prática de exercícios do seu aluno na academia. Desta forma, o papel do feedback é o de motivar os alunos para a prática de exercícios físicos nas academias.


One of the factors related to the adherence to physical exercise in gyms is the relationship between teachers and students. The aim of this study was to investigate the feedback sent by teachers to motivate resistance exercise practitioners in gyms. 17 practitioners of resistance exercises, with a mean age of 28 years old (± 9, max. 50 years old; min. 20 years old) participated in the study. The participants answered a characterization questionnaire and were interviewed by the researchers using a semi-structured interview. The results indicate that it is by the sending of feedbacks that the teachers demonstrate interest in the practice of exercises by their students in the gym. Therefore, the role of feedback is to motivate the student for the practice of exercises in gyms.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Exercício Físico , Retroalimentação , Motivação
13.
Rev. dor ; 12(4)out.-dez. 2011.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-609260

RESUMO

JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A síndrome da fibromialgia (SFM) é de difícil diagnóstico e tratamento,caracterizada pela ocorrência de dores musculoesqueléticas associadas a distúrbios do sono, rigidez matinal,cefaleia crônica e distúrbios psíquicos. O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos de 32 sessões de caminhada orientada sobre a qualidade do sono, estados de humor, depressão e impacto da SFM sobre a qualidade de vida de mulheres com SFM.MÉTODO: Foram incluídas nove mulheres com diagnóstico clínico de SFM, com média de idade de 48 ± 10 anos. A qualidade do sono foi avaliada por meio do Índice de Qualidade do Sono de Pittsburgh (PSQI), os estados de humor pela Escala de Humor de Brunel (BRUMS), a depressão pelo Inventário de Depressão de Beck (BDI) e o impacto da SFM sobre a qualidade de vida pelo Questionário de Impacto da SFM (FIQ). As participantes foram avaliadas antes e após a prática de 32 sessões de caminhada orientada. Os dados foram analisados utilizando-se o teste t Pareado com alfa de 0,05 (p < 0,05).RESULTADOS: Após as 32 sessões de caminhada orientada as participantes apresentaram melhora significativa na qualidade do sono e nos estados de humor, em especial nas variáveis tensão, depressão, raiva e confusão mental.Não foram observadas diferenças significativas na depressão e no impacto da SFM sobre a qualidade de vida. CONCLUSÃO: A prática de caminhada melhorou de forma significativa a qualidade do sono e os estados de humor de mulheres com SFM.


BACKGROUND AND OBJECTIVES: Fibromyalgia syndrome (FMS) is difficult to diagnose and treat and is characterized by musculoskeletal pain associated to sleep disorders, morning stiffness, chronic headache and psychical disorders. The objective of this study was to evaluate the effects of 32 oriented walking sessions on sleep quality, mood status, depression and FMS impacton quality of life of FMS women.METHOD: Participated in this study nine FMS women,with mean age of 48 ± 10 years. Sleep quality was evaluatedby Pittsburgh Sleep Quality Index (PSQI), mood status by Brunel Mood Scales (BRUMS), depression by Beck Depression Inventory (BDI) and FMS impact on quality of life by FMS Impact Questionnaire (FIQ). Participants were evaluated before and after 32 sessions of oriented walking. Data were analyzed by Paired t test with significance level of 0.05 (p < 0.05).RESULTS: After 32 sessions of oriented walking, participants presented significant sleep quality and mood status improvement, especially in the variables tension,depression, anger and mental confusion. There were no significant differences in depression and FMS impact onquality of life.CONCLUSION: Walking has significantly improved sleep quality and mood status of FMS women.


Assuntos
Exercício Físico , Fibromialgia , Qualidade de Vida , Sono
14.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-609283

RESUMO

O tratamento proposto atualmente aos pacientes com Fibromialgia (FM) baseia-se na tríade exercício físico, apoio psicológico e terapia medicamentosa. Porém, muito tem sido evidenciado com relação à baixa adesão desses pacientes ao exercício físico. Dessa forma, este estudo teve como objetivo revisar a literatura sobre motivos de adesão e desistência ao exercício físico de pacientes com FM e sobre estratégias de intervenção propostas. Para isso foi realizada uma revisão da literatura de artigos científicos publicados entre os anos de 1990 a 2010 com as palavras-chave exercício, adesão, desistência, fibromialgia. Os estudos demonstraram que os principais fatores de adesão ao exercício físico por pacientes com FM foram ter baixos níveis de depressão, menor faixa etária, maior grau de escolaridade, alta percepção de auto-eficácia e bom convívio social. Os principais fatores relacionados à desistência foram intolerância a exercícios de alta intensidade e altos níveis de dor nas pacientes com FM. As estratégias de intervenção para a adesão ao exercício identificadas nos estudos revistos foram a educação sobre importância dos exercícios físicos, ter uma equipe multidisciplinar nos programas de tratamento, ter um bom vínculo terapeuta-paciente e prescrição do exercício por escrito e individualizada.


The Fibromyalgia (FM) treatment is based on a triad that involves physical exercise, psychology and medication. However, a low adhesion to physical exercise has been indicated. Thus, the aim of the study was to review the literature over adhesion and abandonment of physical exercise of FM patients and over intervention strategies. For so, a literature review was performed over articles published between 1990 and 2010, looking with the key-words exercise, adhesion, abandonment, fibromyalgia. Researches shown that the major factors of physical exercise adhesion of FM patients were: low levels of depression, lower age, higher education level, high perception of self-efficacy and good social life. The factors related to abandonment were described as intolerance to high intensity of physical exercise and high levels of pain. The intervention strategies proposed for adhesion to exercise identified in the studies reviewed were education on the importance of exercise, multidisciplinarity on treatment programs, have a good therapist-patient relationship and exercise prescription written and individualized.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Exercício Físico , Fibromialgia/fisiopatologia , Fibromialgia/terapia , Pacientes Desistentes do Tratamento/estatística & dados numéricos
15.
Motriz rev. educ. fís. (Impr.) ; 16(1): 181-188, jan.-mar. 2010. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-551547

RESUMO

O objetivo do presente artigo é investigar na literatura os principais motivos de aderência e desistência de brasileiros praticantes de exercícios físicos em academias de ginástica. Trata-se de um estudo de revisão de literatura com caráter qualitativo. Utilizou-se os descritores em ciências da saúde considerados relevantes para busca de estudos empíricos nas bases de dados disponíveis no portal de Periódicos da Capes. Dentre os motivos mencionados para a aderência, destacam-se a busca pela saúde, estética, socialização, melhoria da condição física e bem-estar. A desistência das academias de ginástica pelos praticantes de exercícios físicos foi atribuída à falta de tempo, preguiça, distância que o praticante deverá percorrer do seu trabalho ou da sua casa até a academia e ao alto custo das mensalidades. A identificação e administração destes fatores devem ser consideradas na promoção da atividade física esaúde.


The aim of this study is to investigate the reasons in the literature of adhesion and dropout of practitioners of physical exercises in fitness centers. This is a study of literature review with qualitative aspect. Using the descriptors in the health sciences to search for empirical studies in the databases available on the portal's regular Capes. Among the reasons mentioned for adhesion, it is the search for health, beauty, socialization, improving the physical condition and well-being. The dropout of fitness centers by practitioners of physical exercises has been attributed to lack of time, laziness, distance that the practitioner should go to their work or their home to the academy and the expensive price expend monthly. The identification and management of these factors should be considered in the promotion of physical activity and health.


Assuntos
Exercício Físico , Academias de Ginástica , Motivação
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...