Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 2 de 2
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Online braz. j. nurs. (Online) ; 16(4): 480-485, dez. 2017. ilus, graf, tab
Artigo em Inglês, Espanhol, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1120253

RESUMO

OBJETIVO: associar os fatores intrínsecos de riscos de quedas com a ocorrência de queda no ambiente domiciliar em idosos com doenças crônicas. M[ETODO: estudo descritivo de abordagem quantitativa, realizado em junho e julho de 2015 com 36 idosos octogenários, participantes de um programa multidisciplinar de monitoramento de pacientes crônicos do estado do Rio de Janeiro. Para coleta de dados aplicou-se a Escala de Downton. RESULTADOS: todos os idosos mostraram-se orientados pelo Mini Exame do Estado Mental, cuja escore médio foi de 27 pontos; 86,1% apresentaram alto risco intrínseco para queda, embora a presença de algum déficit sensorial (p=0.09), quedas anteriores (p=0.35), uso de medicamentos (p=1) e a deambulação (p=1) não tenham apresentado associação com a ocorrência da queda durante seis meses de acompanhamento. CONCLUSÃO: evidenciou-se elevado risco intrínseco de queda na população idosa estudada. Dentre os fatores mais prevalentes destacaram-se as quedas anteriores e uso de medicamentos, especialmente hipotensores.


GOAL: to associate the intrinsic factors for risk of fall with the occurrence of falls in the home environment in elderly people with chronic diseases. METHOD: a descriptive study with a quantitative approach, conducted between June and July 2015 with 36 octogenarian elderly, participants of a multidisciplinary chronic disease monitoring program in the state of Rio de Janeiro. We applied the Downton Scale for data collection. RESULTS: all the elderly underwent the Mini Mental State Examination and presented a 27 point average score; 86.1% presented high intrinsic risk for falls, although sensorial handicap (P = 0.09), previous falls (p = 0.35), drug use (p = 1) and ambulation (p = 1) did not present any significant association with the occurrence of the fall during the six months of follow-up. CONCLUSION: There was a high intrinsic risk of falling in the elderly population studied. Among the most prevalent factors were the previous falls and use of medications, especially hypotensive drugs.


OBJETIVO: asociar los factores intrínsecos de los riesgos de caídas con la ocurrencia de caídas en el ambiente domiciliario, de los ancianos con enfermedades crónicas. MÉTODO: estudio descriptivo de abordaje cuantitativo, realizado en junio y julio de 2015 con 36 ancianos octogenarios, participantes de un programa multidisciplinar de seguimiento a pacientes crónicos del estado de Rio de Janeiro. Para recolectar los datos se aplicó la Escala de Downton. RESULTADOS todos los ancianos se mostraron orientados por el Mini Examen del Estado Mental, cuyo escore medio fue de 27 puntos; 86,1% presentaron alto riesgo intrínseco para caída, a pesar de que la presencia de algún déficit sensorial (p=0.09), caídas anteriores (p=0.35), uso de medicamentos (p=1) y la deambulación (p=1) no tuvieron asociación con la ocurrencia de la caída durante seis meses de acompañamiento. CONCLUSIÓN: se evidenció elevado riesgo intrínseco de caída en la población anciana estudiada. Entre los factores más prevalentes se destacaron las caídas anteriores y la utilización de medicamentos, especialmente hipotensores.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Idoso de 80 Anos ou mais , Acidentes por Quedas , Acidentes Domésticos , Saúde do Idoso , Doença Crônica , Segurança do Paciente
2.
Niterói; s.n; 2016. 101 p.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-883619

RESUMO

Nos séculos passados o envelhecimento era um fenômeno raro devido às precárias condições de saúde. Com o decorrer dos anos, ocorreram alterações nesse perfil populacional e o envelhecimento se tornou uma realidade mundial. Nesse contexto, as quedas passaram a constituir uma das principais causas de morbidade e mortalidade junto à população, agora idosa. Considerando essas condições, este estudo tem como objetivos identificar os fatores de riscos de quedas intrínsecos e extrínsecos dos idosos octogenários no domicílio, correlacionar os fatores de riscos de quedas intrínsecos e extrínsecos dos idosos, a partir de oitenta anos, com ações que visam monitorar e mitigar por meio das (PP) Políticas Públicas e discutir os resultados frente ao (PNSP) Programa Nacional de Segurança do Paciente (meta 6) e a (PNPI) Política Nacional de Saúde da Pessoa Idosa. Este é um estudo descritivo e exploratório, de natureza quantitativa, que assumiu a forma de um estudo de caso, instrumentos utilizados, Escala de Downton e Escala Ambiental de Riscos de Queda e Mini Exame do Estado Mental. Para responder aos objetivos do estudo foi realizada análise descritiva simples, além de técnicas básicas de análise exploratória. O presente estudo propiciou a compilação de informações sobre o comportamento dos idosos quanto aos sempre presentes riscos de quedas intradomiciliar. Os resultados apresentados demonstram alto histórico de quedas dos idosos que participaram do estudo e realçam a necessidade de métodos de prevenção e cuidados com tais idosos, sendo elaborados produtos com objetivo minorar os riscos de quedas de idosos no ambiente domiciliar, com foco na segurança do paciente, os produtos foram: Um check list para avaliação e orientação dos fatores; intrínsecos e extrínsecos de quedas no ambiente domiciliar, um plano de acompanhamento do idoso, baseado no check list e um guia de orientações com cuidados para prevenção dos fatores predisponentes específicos que aumentam o risco de queda de idoso no domicílio


Aging was a rare phenomenon centuries ago, mostly due to poor health and hygiene conditions. Over the years, though, there have been many changes in population profile and aging became a global reality. In this context, falling became one of the most common causes of morbity and mortality amongst the elders. This study intends to identify risk factors that can be linked to falling in octogenarians in their homes, correlate risk factors intrinsic and extrinsic to old age, 80 years and above, with actions to monitor and mitigate those risk factors with the help of Public Politics (PP) and discuss the results with National Patient Security Program (PNSP) and National Health Politics for Elderly People (PNPI). This is a descriptive and exploratory study, of quantitative nature, that took the shape of case study, instruments used Downton Fall Risk Score, Ambiental Fall Risk Score and Mini Mental State Examination. To meet the objectives of this study a simple descriptive analysis was applied, along with basic exploratory analysis tools. This present study allowed the compilation of information related to elderly people behavior in face of always present risks of falls in their homes. The results show a history of frequent falls in those patients who participated in this study, which reinforces the need to develop methods of prevention and care to those patients, being elaborated products to help minimize the fall risks in home, focusing on patient security, the products were: A checklist to evaluate risk factors as intrinsic or extrinsic to home environment, a follow-up plan to care for the patient based on the checklist and a orientation guide to prevent fall risk factors in home care


Assuntos
Gestão de Riscos , Acidentes por Quedas , Idoso , Enfermagem , Segurança do Paciente
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...