Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 7 de 7
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Rev Soc Bras Med Trop ; 39(1): 14-21, 2006.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-16501760

RESUMO

The first choice of treatment for American cutaneous leishmaniasis is the pentavalent antimonial drug. Although it has been shown that this treatment is mostly effective and indicated, some disadvantages should be taken into account such as side effects, long term treatment inconveniences and counter-indication for patients suffering from cardiopathy, nephropathy; yet, aging, pregnancy and other conditions. With the advent of the vaccine anti-American cutaneous leishmaniasis as a prophylactic measure, studies on therapy using the vaccine associated or not with other drugs have been performed by many investigators and it is currently among the alternative treatments and prevention measures for American cutaneous leishmaniasis. In conclusion, the association between antimony and vaccine (immunochemotherapy) showed the same cure rate when compared with the standard treatment (100%) and it was also able to reduce the salt volume in 17.9% and treatment length from 87 to 62 days, decreasing side effects.


Assuntos
Imunoterapia/métodos , Leishmaniose Cutânea/terapia , Adolescente , Adulto , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Animais , Antiprotozoários/administração & dosagem , Vacina BCG/administração & dosagem , Criança , Pré-Escolar , Quimioterapia Combinada , Feminino , Humanos , Leishmania/imunologia , Leishmaniose Cutânea/imunologia , Masculino , Meglumina/administração & dosagem , Antimoniato de Meglumina , Pessoa de Meia-Idade , Compostos Organometálicos/administração & dosagem , Vacinas Protozoárias/administração & dosagem , Fatores de Tempo , Resultado do Tratamento
2.
Rev. Soc. Bras. Med. Trop ; 39(1): 14-21, jan. -fev. 2006. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-422077

RESUMO

O tratamento de primeira escolha para leishmaniose tegumentar americana é o antimonial pentavalente. Embora este tratamento seja na maioria das vezes efetivo e indicado, devem ser consideradas as desvantagens tais como efeitos colaterais, longa duracão do tratamento e contra-indicacão para cardiopatas, nefropatas, idosos, grávidas e outras condicões. Com o advento da vacina antileishmaniose tegumentar americana para fins profiláticos e terapêuticos, associando-a ou não a outros fármacos, muitas pesquisas têm sido desenvolvidas, sendo a vacina a principal entre os atuais recursos no tratamento e prevencão da leishmaniose tegumentar americana. Em conclusão, a associacão do antimônio com a vacina (imunoquimioterapia) apresentou o mesmo índice de cura em relacão ao tratamento padrão (100%), e ainda reduziu o volume do sal em 17,9% e o tempo de cura significativamente, de 87 para 62 dias; conseqüentemente, reduzindo os efeitos colaterais.


Assuntos
Pré-Escolar , Criança , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso de 80 Anos ou mais , Animais , Humanos , Masculino , Feminino , Antiprotozoários/administração & dosagem , Vacina BCG/administração & dosagem , Leishmania/imunologia , Leishmaniose Cutânea/imunologia , Leishmaniose Cutânea/terapia , Meglumina/administração & dosagem , Compostos Organometálicos/administração & dosagem , Vacinas Protozoárias/administração & dosagem , Quimioterapia Combinada , Fatores de Tempo , Resultado do Tratamento
3.
An. bras. dermatol ; 66(2): 87-94, mar.-abr. 1991. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-94335

RESUMO

Em ensaio duplo-cego, com antimoniato de N-metil-glucamina, foram tratados 43 pacientes de leishmaniose tegumentar americana (26 da forma cutânea e 17 da forma cutâneo-mucosa), com doses correspondentes a 14 e 28mg/Kg/dia de antimônio. Apenas quatro pacientes, dois da forma cutânea e dois da forma cutânea-mucosa, tratados com a dose menor, näo se curaram. Entretanto näo houve diferença estatistica significante de eficácia entre os dois esquemas. Na seleçäo dos pacientes, avaliaçäo da toxicidade e controle de cura, foram realizados os seguintes exames: pesquisa direta de leishmânia, exame histopatológico, teste de Montenegro, reaçäo de imunofluorescência indireta (RIFI), exame hematológico, exame de urina, uréia, creatinina, glicose, transaminases, bilirrubinas, ionograma e eletrocardiograma (ECG). O teste de Montenegro e a reaçäo de imunofluorescência indireta (RIFI) revelaram maior sensibilidade na forma cutânea-mucosa. Foi rara a negativaçäo do Montenegro após o tratamento. Houve correlaçäo dos títulos da RIFI com a melhora clínica, observando-se reduçäo lenta e gradual, geralmente, até a negativaçäo. A droga mostrou-se pouco tóxica e bem tolerada, observando-se elevaçäo das transaminases, eosinofilia, leucopenia com neutropenia e distúrbios da repolarizaçäo ventricular no eletrocardiograma, que foram discretos, reversíveis e sem repercusäo clínica. Efeitos colaterais como mialgia, artralgia, náuseas, vômitos, anorexia, tremores, diarréia, febre e urticária foram leves e näo exigiram a interrupçäo da medicaçäo, com a exceçäo de um caso de insuficiência respiratória aguda


Assuntos
Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Humanos , Masculino , Feminino , Antimônio/uso terapêutico , Leishmaniose/tratamento farmacológico , Leishmaniose Mucocutânea/tratamento farmacológico , Método Duplo-Cego
4.
An. bras. dermatol ; 66(2): 55-9, mar.-abr. 1991. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-94327

RESUMO

Foi realizado o tratamento de 62 pacientes portadores de leishmaniose tegumentar utilizando como agente imunoterápico uma vacina constituída de promastigotas mortas. O esquema terapêutico utilizado mostrou ser uma alternativa adequada ao tratamento de leishmaniose tegumentar já que houve sucesso terapêutico em 75,8% dos casos, näo se observando efeitos colaterais. A eficiência terapêutica foi semelhante nos casos de lesöes cutâneas ou mucosas


Assuntos
Pré-Escolar , Criança , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Humanos , Masculino , Feminino , Imunoterapia , Leishmaniose Mucocutânea/terapia , Vacinas/imunologia
5.
Rev. Inst. Med. Trop. Säo Paulo ; 31(4): 256-61, jul.-ago. 1989. ilus
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-98013

RESUMO

Foi realizado o estudo histológico do material obtido nas biópsias do local de inoculaçäo do antígeno para teste de Montenegro (T.M.) nos seguintes grupos de indivíduos: I) Seis pacientes com leismaniose cutânea comprovados parasitologicamente, com Montenegro positivo; II) Cinco indivíduos normias, näo residentes em zona endêmica, com Montenegro negativo; III) Nove soldados participantes de ensaios clínicos com vacina anti-LTA - MAYRINK e cols. 1979 e que tiveram o TM positivo 35 dias após vacinaçäo. IV) Um último grupo constituído de quatro soldados, também participantes de ensaio clínico com a mesma vacina acima, dois vacinados que näo mostraram TM positivo 35 días após vacinaçäo dois que receberam placebo. As biópsias foram realizadas 48 horas após a inoculaçäo do antígeno. O material foi fixado em formol à 10% (pH 7.2). Histologicamente, excetivando o grupo II (controle negativo), os grupos I-III-IV mostraram diferenças quantitativas no infiltrado mononuclear. Os quadros histológicos de cada grupo säo descritos e discutidos


Assuntos
Humanos , Hipersensibilidade Tardia/patologia , Leishmaniose/diagnóstico , Testes Cutâneos/métodos , Pele/patologia
6.
Rev. farm. bioquim ; 7(n.único): 29-36, 1986. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-139415

RESUMO

Os autores promoveram inoculaçöes de promastigotas de Leishmania braziliensis em cäes, verificando que o inóculo de 10 elevado a 5 formas foi capaz de infectar 100 por cento dos animais. As lesöes, que eram inicialmente nodulares, ulceravam após aproximadamente 70 dias da infecçäo. Parasitos foram demonstrados nas lesöes, 6 meses após a inoculaçäo.


Assuntos
Animais , Cães , Epidemiologia Experimental , Leishmaniose
7.
Rev. farm. bioquim ; 5(1): 7-12, jan.-jun. 1983. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-139427

RESUMO

Os autores propöem a associaçäo do meio de NNN com o meio de LIT para o isolamento e manutençäo de amostras de Leishmania. Os resultados apresentados mostraram que a associaçäo proposta NNN/LIT, foi capaz de revelar 100 por cento dos casos estudados, sendo o mais eficaz. O meio de LIT mostrou-se ineficaz para isolamentos enquanto que o meio de NNN revelou 88,2 por cento dos casos.


Assuntos
Humanos , Meios de Cultura/isolamento & purificação , Leishmania/isolamento & purificação
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...