Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 119
Filtrar
1.
Rev Lat Am Enfermagem ; 28: e3239, 2020.
Artigo em Inglês, Português, Espanhol | MEDLINE | ID: mdl-32074209

RESUMO

OBJECTIVE: to identify the intensity of depressive symptoms and their associated factors in healthcare undergraduate students. METHOD: cross-sectional study developed with undergraduate health students from a public higher education institution using the Beck Depression Inventory-version II and a student characterization questionnaire. The study involved 792 participants. For data analysis, we used descriptive statistics, chi-squared test and Poisson regression. RESULTS: the intensity of depressive symptoms was moderate to severe in 23.6% of the students, associated with the non-performance of physical and leisure activities and with speech therapy and nursing courses. CONCLUSION: several factors may be associated with depression, thus, further investigation into the related factors that cause its emergence in this period of life is necessary, as well as raising institutional awareness and developing strategies at the personal and group level to promote well-being, improve time management and interpersonal relationships, in order to achieve better academic results and personal development.

2.
Rev Lat Am Enfermagem ; 27: e3177, 2019.
Artigo em Português, Inglês, Espanhol | MEDLINE | ID: mdl-31596412

RESUMO

OBJECTIVE: analyze associations between demographic, academic, health, stress, overweight and obesity characteristics among nursing students. METHOD: this is a cross-sectional study with 95 students from a private university in Rio Grande do Sul, Brazil. A demographic, academic and health characterization questionnaire and the Assessment of Stress in Nursing Students (ASNS) scale were applied. Anthropometric measures were taken and descriptive and bivariate analyses were performed. RESULTS: female students predominated in this study, mean age: 25.6±5.87 years. Weight gain was observed in 52.6% of the students, with the 'Professional training' session reporting high (29.5%) and very high (36.8%) levels of stress. None of the stress scale sessions was associated with overweight and obesity. CONCLUSION: overweight and obesity were associated with male participants, high blood pressure, weight gain since the beginning of the course, altered waist circumference, no physical activity, eating more in stressful situations, and consumption of unhealthy foods.


Assuntos
Sobrepeso/psicologia , Estresse Psicológico/epidemiologia , Estudantes de Enfermagem/psicologia , Adulto , Pressão Sanguínea/fisiologia , Índice de Massa Corporal , Brasil/epidemiologia , Estudos Transversais , Feminino , Humanos , Estilo de Vida , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Obesidade/epidemiologia , Obesidade/prevenção & controle , Obesidade/psicologia , Sobrepeso/prevenção & controle , Circunferência da Cintura
3.
Rev Bras Enferm ; 72(1): 27-34, 2019.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-30916264

RESUMO

OBJECTIVE: To evaluate thepatient safety culturein thePrimary Health Care (PHC). METHOD: A cross-sectional study with 349 health professionals and PHC managers from a city of Rio Grande do Sul, Brazil. The tool used was Safety Attitudes Questionnaire Ambulatory Version. Data-independent double typing and descriptive and inferential statistical analysis were performed. RESULTS: The total score varied between 3.4 and 8.4 with mean (7.0 ± 1.3), positive evaluation in the "Patient Safety" domain (8.2 ± 2.0). Working on the Family Health Strategy and having five to 12 years of work was significant for positive culture. The recommendations to improve the safety culture were: Implementation of protocols, training, communication improvement and resolvability. CONCLUSION: The patient safety culture prevailed. Establishing a constructive safety culture with safe behaviors represents factors for improving patient safety in Primary Care settings.


Assuntos
Segurança do Paciente/normas , Atenção Primária à Saúde/normas , Gestão da Segurança/normas , Adulto , Brasil , Estudos Transversais , Feminino , Humanos , Masculino , Segurança do Paciente/estatística & dados numéricos , Atenção Primária à Saúde/estatística & dados numéricos , Psicometria/instrumentação , Psicometria/métodos , Gestão da Segurança/tendências , Inquéritos e Questionários
4.
Rev. bras. enferm ; 72(1): 27-34, Jan.-Feb. 2019. tab
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-990669

RESUMO

ABSTRACT Objective: To evaluate thepatient safety culturein thePrimary Health Care (PHC). Method: A cross-sectional study with 349 health professionals and PHC managers from a city of Rio Grande do Sul, Brazil. The tool used was Safety Attitudes Questionnaire Ambulatory Version. Data-independent double typing and descriptive and inferential statistical analysis were performed. Results: The total score varied between 3.4 and 8.4 with mean (7.0 ± 1.3), positive evaluation in the "Patient Safety" domain (8.2 ± 2.0). Working on the Family Health Strategy and having five to 12 years of work was significant for positive culture. The recommendations to improve the safety culture were: Implementation of protocols, training, communication improvement and resolvability. Conclusion: The patient safety culture prevailed. Establishing a constructive safety culture with safe behaviors represents factors for improving patient safety in Primary Care settings.


RESUMEN Objetivo: Evaluar la cultura de seguridad del paciente en la Atención Primaria de Salud (APS). Método: Estudio transversal, con 349 profesionales de la salud y gestores de la APS de un municipio de Rio Grande do Sul, Brasil. El instrumento utilizado fue Safety Attitudes Questionnaire Ambulatory Version. Se realizó doble digitación independiente de los datos y el análisis estadístico descriptivo e inferencial. Resultados: La puntuación total varía entre 3,4 y 8,4 con media (7,0 ± 1,3), evaluación positiva en el dominio "Seguridad del Paciente" (8,2 ± 2,0). Trabajar en la Estrategia de Salud de la Familia y tener de cinco a doce años de trabajo fue significativo para la cultura positiva. Las recomendaciones para mejorar la cultura de seguridad fueron: Implantación de protocolos, capacitaciones, mejora de la comunicación y resolutividad. Conclusión: Prevalece la evaluación negativa de la cultura de seguridad del paciente. Establecer una cultura de seguridad constructiva, con comportamientos seguros, representa factores para mejorar la seguridad del paciente en ambientes de atención primaria.


RESUMO Objetivo: Avaliar a cultura de segurança do paciente na Atenção Primária à Saúde (APS). Método: Estudo transversal, com 349 profissionais da saúde e gestores da APS de um município do Rio Grande do Sul, Brasil. O instrumento utilizado foi Safety Attitudes Questionnaire Ambulatory Version. Realizou-se dupla digitação independente dos dados e a análise estatística descritiva e inferencial. Resultados: O escore total variou entre 3,4 e 8,4 com média (7,0±1,3), avaliação positiva no domínio "Segurança do Paciente" (8,2±2,0). Trabalhar na Estratégia de Saúde da Família e ter de cinco a 12 anos de trabalho foi significativo para cultura positiva. As recomendações para melhorar a cultura de segurança foram: Implantação de protocolos, capacitações, melhoria da comunicação e resolutividade. Conclusão: Prevaleceu a avaliação negativa da cultura de segurança do paciente. Estabelecer uma cultura de segurança construtiva, com comportamentos seguros representa fatores para aprimorar a segurança do paciente em ambientes de cuidados primários.

5.
Rev Gaucha Enferm ; 40(spe): e20180164, 2019 Jan 10.
Artigo em Português, Inglês | MEDLINE | ID: mdl-30652801

RESUMO

OBJECTIVES: To understand the conceptions of nurses working in the Family Health Strategy about patient safety in primary health care and how they affect the daily actions of these professional. METHODS: A descriptive-exploratory study of a qualitative approach, carried out with nurses working in Family Health Strategies, in a municipality in the central region of RS. Data collection techniques were semi-structured interview and non-participant systematic observation, carried out from April to November 2017. The data were submitted to the Thematic Content Analysis. RESULTS: Data analysis resulted in three thematic categories addressing the meanings, difficulties and strategies related to safe care. CONCLUSIONS: The research shows the need for new studies on the subject. The reflections can contribute to nursing care with a view to patient safety, qualifying both nurses' work and health care in an expanded way.


Assuntos
Atitude do Pessoal de Saúde , Saúde da Família , Enfermagem Familiar , Segurança do Paciente , Atenção Primária à Saúde/normas , Brasil , Humanos
6.
Rev Gaucha Enferm ; 40(spe): e20180193, 2019 Jan 10.
Artigo em Português, Inglês | MEDLINE | ID: mdl-30652805

RESUMO

OBJECTIVE: To evaluate the hospital infrastructure and the knowledge of the coordinators about the unit structure for hand hygiene. METHODS: Descriptive cross-sectional design study carried out in a teaching hospital in the South of Brazil, in the period between December 2016 and January 2017. Eighteen inpatient care units were evaluated, and 16 coordinators were interviewed. We used the questionnaire of the World Health Organization multimodal strategy on the structure of the units for hand hygiene. It was used descriptive statistics. RESULTS: All the units had alcohol-based sanitizers, and 93.8% of the dispensers were substituted when they got empty. The difficulties observed were the lack of illustrating posters, the location of sinks and dispensers of alcohol-based hand sanitizers in some nursing infirmarys, and the fact that there were few dispensers at hand reach near the patient's bed. CONCLUSIONS: We concluded that there were protocols for hand hygiene, and professionals were instructed about it. There were gaps in the inpatient units, such as the presence of inadequate sinks and taps.


Assuntos
Higiene das Mãos/organização & administração , Higiene das Mãos/normas , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Hospitais de Ensino/normas , Brasil , Estudos Transversais , Humanos , Autorrelato
7.
Rev. latinoam. enferm. (Online) ; 27: e3177, 2019. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-1043070

RESUMO

Objetivo analisar a associação entre características demográficas, acadêmicas, de saúde, estresse, sobrepeso e obesidade em estudantes de enfermagem. Método estudo transversal, com 95 estudantes de uma universidade privada do Rio Grande do Sul, Brasil. Aplicou-se questionário de caracterização demográfica, acadêmica e de saúde e utilizou-se a Escala de Avaliação do Estresse em Estudantes de Enfermagem. Medidas antropométricas foram mensuradas. Empregaram-se análises descritivas e bivariadas. Resultados predominaram estudantes do sexo feminino, com idade média de 25,6 ± 5,87 anos. Observou-se aumento de peso em 52,6% dos estudantes e níveis de estresse alto (29,5%) e muito alto (36,8%) no domínio Formação Profissional. Nenhum dos domínios da escala de estresse se mostrou associado ao sobrepeso e obesidade. Conclusão o sobrepeso e obesidade mostraram-se associados ao sexo masculino, pressão arterial elevada, ganho de peso desde o início do curso, circunferência abdominal alterada, não realização de atividade física, comer mais em situações de estresse e ingerir alimentos não saudáveis.


Objective analyze associations between demographic, academic, health, stress, overweight and obesity characteristics among nursing students. Method this is a cross-sectional study with 95 students from a private university in Rio Grande do Sul, Brazil. A demographic, academic and health characterization questionnaire and the Assessment of Stress in Nursing Students (ASNS) scale were applied. Anthropometric measures were taken and descriptive and bivariate analyses were performed. Results female students predominated in this study, mean age: 25.6±5.87 years. Weight gain was observed in 52.6% of the students, with the 'Professional training' session reporting high (29.5%) and very high (36.8%) levels of stress. None of the stress scale sessions was associated with overweight and obesity. Conclusion overweight and obesity were associated with male participants, high blood pressure, weight gain since the beginning of the course, altered waist circumference, no physical activity, eating more in stressful situations, and consumption of unhealthy foods.


Objetivo analizar la asociación entre las características demográficas, las académicas, las de salud, el estrés, el sobrepeso y la obesidad en estudiantes de enfermería. Método el estudio transversal, con 95 estudiantes de una universidad privada, Rio Grande do Sul, Brasil. Se han aplicado el cuestionario de caracterización demográfica, académica, salud y la escala Evaluación de Estrés en Estudiantes de Enfermería. Las medidas antropométricas han sido mensuradas. Se emplean los análisis descriptivos y los bivariados. Resultados han predominado estudiantes del sexo femenino, con edad media de 25,6 ± 5,87 años. Se ha observado el incremento de peso en el 52,6% de los estudiantes y los niveles de estrés alto (el 29,5%) y muy alto (el 36,8%) en el dominio Formación profesional. Ninguno de los dominios de la escala de estrés se ha mostrado asociado al sobrepeso y a la obesidad. Conclusión el sobrepeso y la obesidad se han mostrado asociados al sexo masculino, a la presión arterial elevada, a la ganancia de peso desde el inicio del curso, a la circunferencia abdominal alterada, a la no realización de actividad física, al comer más en situaciones de estrés y al ingerir alimentos que no son sanos.

8.
Rev. gaúch. enferm ; 40(spe): e20180164, 2019.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-978507

RESUMO

Resumo OBJETIVOS Compreender as concepções de enfermeiras atuantes na Estratégia de Saúde da Família acerca da segurança do paciente na atenção primária em saúde e de que forma estas repercutem nas ações cotidianas dessas profissionais. MÉTODOS Estudo descritivo-exploratório de abordagem qualitativa, realizado com enfermeiras da Estratégia de Saúde da Família, em município da região central do RS. As técnicas de coleta de dados foram a entrevista semiestruturada e a observação não participante, realizadas no período de abril a novembro de 2017. Os dados foram submetidos à Análise de Conteúdo Temática. RESULTADOS A análise resultou em três categorias temáticas abordando os significados, as dificuldades e as estratégias relacionadas ao cuidado seguro. CONCLUSÕES A pesquisa mostra a necessidade de novos estudos sobre o tema. As reflexões podem contribuir para a assistência de enfermagem com vistas à segurança do paciente, qualificando tanto o trabalho das enfermeiras, como o cuidado em saúde de modo ampliado.


Resumen OBJETIVOS Comprender las concepciones de enfermeras actuantes en la Estrategia de Salud de la Familia acerca de la seguridad del paciente en la atención primaria en salud y de qué forma éstas repercuten en las acciones cotidianas de estas profesionales. MÉTODOS Estudio descriptivo-exploratorio de abordaje cualitativo, realizado con enfermeras que trabajan en Estrategias de Salud de la Familia, en un municipio de la región central del Rio Grande do Sul. Las técnicas de recolección de datos fueron la entrevista semiestructurada y la observación sistemática no participante, realizadas en el período de abril a noviembre de 2017. Los datos fueron sometidos al Análisis de Contenido Temático. RESULTADOS El análisis de los datos resultó en tres categorías temáticas abordando el significado de seguridad del paciente, las dificultades y estrategias para el cuidado seguro. CONCLUSIONES La investigación muestra la necesidad de nuevos estudios sobre el tema. Las reflexiones pueden contribuir a la asistencia de enfermería con miras a la seguridad del paciente, calificando el trabajo de las enfermeras como del cuidado en salud de modo ampliado.


Abstract OBJECTIVES To understand the conceptions of nurses working in the Family Health Strategy about patient safety in primary health care and how they affect the daily actions of these professional. METHODS A descriptive-exploratory study of a qualitative approach, carried out with nurses working in Family Health Strategies, in a municipality in the central region of RS. Data collection techniques were semi-structured interview and non-participant systematic observation, carried out from April to November 2017. The data were submitted to the Thematic Content Analysis. RESULTS Data analysis resulted in three thematic categories addressing the meanings, difficulties and strategies related to safe care. CONCLUSIONS The research shows the need for new studies on the subject. The reflections can contribute to nursing care with a view to patient safety, qualifying both nurses' work and health care in an expanded way.

9.
Rev. gaúch. enferm ; 40(spe): e20180193, 2019. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-978517

RESUMO

Resumo OBJETIVO Avaliar a infraestrutura hospitalar e o conhecimento dos coordenadores sobre a estrutura da unidade para à higienização das mãos. MÉTODO Estudo transversal descritivo realizado em um hospital universitário no Sul do Brasil, entre dezembro de 2016 e janeiro de 2017. Foram avaliadas 18 unidades de internação e entrevistados 16 coordenadores. Utilizou-se o questionário sobre estrutura da unidade para a higienização das mãos da estratégia multimodal da Organização Mundial de Saúde. Utilizou-se a estatística descritiva. RESULTADOS Todas as unidades possuíam preparações alcóolicas, e 93,8% dos dispensadores eram substituídos quando vazios. Observaram-se falta de cartazes ilustrativos, dispensadores de álcool gel, pias em algumas enfermarias, e pouca disponibilidade de dispensadores ao alcance das mãos próximos ao leito/maca do paciente. CONCLUSÕES Constatou-se que os profissionais recebiam instruções para a higienização das mãos e a existência de protocolos. Lacunas foram observadas na infraestrutura das unidades, como a presença de pias e torneiras não adequadas.


Resumen OBJETIVO Evaluar la infraestructura hospitalaria y el conocimiento de los coordinadores sobre la estructura de la unidad para la higienización de las manos. MÉTODO Estudio transversal descriptivo realizado en un hospital universitario en el Sur de Brasil, entre diciembre de 2016 y enero de 2017. Se evaluaron 18 unidades de internación y 16 coordinadores han sido entrevistados. Se utilizó la encuesta sobre la estructuración de las unidades hospitalarias para la higienización de las manos de la estrategia multimodal de la Organización Mundial de la Salud y se utilizó la estadística descriptiva. RESULTADOS Todas las unidades poseían preparados alcohólicos y el 93,8% de los dispensadores eran reemplazados cuando quedaban vacíos. Se observaron falta de carteles ilustrativos, de dispensadores de alcohol gel, de lavabos en algunas enfermerías, y de poca disponibilidad de dispensadores al alcance de las manos cerca del lecho/ maca del paciente. CONCLUSIONES Se constató que los profesionales recibían instrucciones para la higienización de las manos y que había protocolos para esta práctica. Se observaron algunas fallas en la infraestructura de las unidades, además de la inadecuación de algunos lavabos y grifos.


Resumo OBJECTIVE To evaluate the hospital infrastructure and the knowledge of the coordinators about the unit structure for hand hygiene. Methods Descriptive cross-sectional design study carried out in a teaching hospital in the South of Brazil, in the period between December 2016 and January 2017. Eighteen inpatient care units were evaluated, and 16 coordinators were interviewed. We used the questionnaire of the World Health Organization multimodal strategy on the structure of the units for hand hygiene. It was used descriptive statistics. Results All the units had alcohol-based sanitizers, and 93.8% of the dispensers were substituted when they got empty. The difficulties observed were the lack of illustrating posters, the location of sinks and dispensers of alcohol-based hand sanitizers in some nursing infirmarys, and the fact that there were few dispensers at hand reach near the patient's bed. Conclusions We concluded that there were protocols for hand hygiene, and professionals were instructed about it. There were gaps in the inpatient units, such as the presence of inadequate sinks and taps.

10.
Saude e pesqui. (Impr.) ; 11(2): 307-314, Maio-Ago 2018. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-912514

RESUMO

Avaliar a adesão ao tratamento antirretroviral de pessoas que vivem com HIV através do "Cuestionario para la Evaluación de la Adhesión al Tratamiento Antiretroviral" (CEAT-VIH), de forma a descrever seus itens a partir da correlação entres as questões deste instrumento. Estudo transversal, realizado em um Hospital Universitário do Rio Grande do Sul no primeiro semestre de 2012 com 179 pessoas em tratamento para o HIV. Foram realizadas análises estatísticas descritivas e de correlação entre os itens do questionário. Avaliação da adesão: 46,4% baixa/insuficiente, 36,9% boa/adequada e 16,8% estrita. Correlações: deixar de tomar a medicação relaciona-se aos fatos de se sentir melhor/pior, ou sentir-se triste/deprimido. Seguir a prescrição médica está relacionado com a autoavaliação em relação à ingesta dos medicamentos. A baixa/inadequada adesão legitima o uso do CEAT-VIH enquanto ferramenta a ser utilizada pela enfermagem junto à equipe multiprofissional no planejamento do cuidado e intervenção nas situações que interferem na adesão.


Current analysis assesses adhesion to anti-retroviral treatment in HIV patients by "Cuestionario para la Evaluación de la Adhesión al Tratamiento Antiretroviral" (CEAT-VIH), for the description of items by co-relation between the instrument´s issues. The transversal study was performed at the Hospital Universitário do Rio Grande do Sul during the first semester of 2012, comprising 179 people undergoing HIV treatment. Descriptive statistical and co-relation analyses between the questionnaire´s items were performed. Adhesion evaluation was as follows: 46.4% low/insufficient; 36.9% good/adequate; 16.8% strict. Co-relationship: not taking medicine is related to feeling better/worse, or feeling bad, depressed. Following the doctor´s prescription is related to self-evaluation with regard to taking medicines. Low/inadequate adhesion triggers the use of CEAT-VIH as a tool that may be used by nurses plus a multiprofissional team in the planning of care and intervention in situations that impair adhesion.


Assuntos
Humanos , Doenças Sexualmente Transmissíveis , Síndrome de Imunodeficiência Adquirida , HIV , Enfermagem , Terapia Antirretroviral de Alta Atividade , Adesão à Medicação
11.
Acta Paul. Enferm. (Online) ; 31(2): 137-143, Mar.-Abr. 2018. tab, graf
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-949271

RESUMO

Resumo Objetivo Avaliar a eficácia da intervenção telefônica realizada por enfermeira na diminuição dos escores de ansiedade de pacientes em tratamento radioterápico. Métodos Ensaio clínico randomizado realizado em ambulatório de radioterapia com seguimento de 15 dias. A amostra foi composta por 39 pacientes em tratamento radioterápico (20 no Grupo Intervenção e 19 no Grupo Controle). As intervenções foram realizadas por meio de dois contatos telefônicos. Para coleta de dados, utilizaram-se questionário com questões sociodemográficas e clínicas, e Inventário de Ansiedade Traço-Estado. Os dados foram analisados pelo pacote estatístico Statistical Package for Social Sciences. O teste t de Student para amostras pareadas foi utilizado para comparar os momentos pré e pós-intervenção. Resultados Houve redução significativa dos escores de ansiedade após as ligações telefônicas (p<0,027) para os pacientes do Grupo Intervenção. Conclusão O uso do telefone durante seguimento de 15 dias mostrou-se estratégia eficaz para a diminuição dos escores de ansiedade de pacientes em tratamento radioterápico. Registro Brasileiro de Ensaios Clínicos - REBEC: RBR-8wn8ck


Resumen Objetivo Evaluar la eficacia de intervenciones telefónicas de enfermeras en el descenso de los puntajes de ansiedad de pacientes en tratamiento radioterápico. Métodos Ensayo clínico randomizado realizado en servicio de radioterapia con seguimiento de 15 días. Muestra de 39 pacientes en tratamiento radioterápico (20 en Grupo Intervención, 19 en Grupo Control). Intervenciones realizadas por contacto telefónico. Datos recolectados utilizando cuestionario con preguntas sociodemográficas y clínicas, e Inventario de Ansiedad Estado-Rasgo. Fueron analizados con el paquete estadístico Statistical Package for Social Sciences. Se utilizó el test t de Student para muestras pareadas en la comparación de momentos previo y posterior a la intervención. Resultados Hubo reducción significativa de los puntajes de ansiedad luego de las llamadas telefónicas (p<0,027) en los pacientes del Grupo Intervención. Conclusión El uso del teléfono durante el seguimiento de 15 días se mostró eficaz en la disminución de los puntajes de ansiedad de pacientes en tratamiento radioterápico.


Abstract Objective Assess the efficacy of the telephone intervention by nurses to reduce the anxiety scores of patients under radiotherapy treatment. Methods Randomized clinical trial undertaken at a radiotherapy outpatient clinic with 15-day monitoring. The sample consisted of 39 patients under radiotherapy treatment (20 in Intervention Group and 19 in Control Group). The interventions were performed by means of two telephone contacts. To collect the data, a questionnaire with sociodemographic and clinical questions and the State-Trait Anxiety Inventory were used. The data were analyzed in the Statistical Package for Social Sciences. Student's t-test for paired samples was used to compare the pre and post-intervention times. Results A significant reduction in the anxiety scores was found after the telephone calls (p<0.027) for the patients in the Intervention Group. Conclusion The use of the telephone during the 15-day monitoring showed to be an effective strategy to reduce the radiotherapy patients' anxiety scores. Brazilian Clinical Trial Registry - REBEC: RBR-8wn8ck

12.
Rev. enferm. UFPE on line ; 12(2): 416-423, fev.2018. ilus, tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-965950

RESUMO

Objetivo: caracterizar o perfil dos pacientes e dos incidentes em unidade de clínica cirúrgica. Método: estudo quantitativo, transversal descritivo, em que os dados foram coletados em prontuários impressos por meio do instrumento de classificação internacional para a segurança do paciente da Organização Mundial da Saúde e, para a análise dos dados, empregou-se estatística descritiva. Resultados: participaram do estudo 34 pacientes, a maioria homens (64,7%), provenientes do domicílio (44,1%), com mediana de idade de 55,5 anos e mediana de tempo de internação na clínica cirúrgica de 8,5 dias. No período de estudo, não houve óbitos na unidade. Foram registrados 2.396 incidentes com os pacientes estudados, relacionados à medicação/fluídos endovenosos, documentação, procedimentos/processo clínico, administração clínica e nutrição. Conclusão: houve predominância de pacientes do sexo masculino e, quanto aos incidentes, sobressaíram-se os relacionados à medicação/fluídos endovenosos. Reitera-se a importância da educação permanente com os profissionais para que seja evitada a subnotificação e para reduzir os incidentes. (AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Gestão de Riscos , Enfermagem Perioperatória , Segurança do Paciente , Pacientes Internados , Erros de Medicação , Registros Médicos , Estudos Transversais
13.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1024685

RESUMO

Objetiva-se avaliar as condições da pele do recém-nascido internado em unidade de terapia intensiva neonatal, segundo a Escala de Condição da Pele do Recém-nascido. Estudo quantitativo, transversal realizado em uma unidade de terapia intensiva neonatal, com a utilização de um formulário de caracterização clínica e da Escala de Condição da Pele do Recém-nascido, sendo sujeitos 47 recém-nascidos. Foram realizadas associações com as variáveis clínicas e os escores da escala de condição da pele do recém-nascido. Os dados foram analisados através do Teste Exato de Fischer e o Teste de Qui-quadrado corrigido. Para àqueles que permaneceram por mais de sete dias internados foi mais evidente a presença de pele seca. Dentre os que nasceram de bolsa rota, 21,3% apresentaram eritema corporal. Dos que permaneceram até sete dias internados, 55,5% apresentaram ruptura/lesão na pele. Conclui-se que os recém-nascidos que permaneceram mais de sete dias internados apresentaram a pele mais seca. A ruptura/lesão ocorreu na maior parte dos recém-nascidos prematuros e de baixo peso


The aim is to evaluate the skin conditions of newborns hospitalized in a neonatal intensive care unit according to the Newborn Skin Condition Scale. A quantitative, cross-sectional study conducted in a neonatal intensive care unit, using a clinical characterization form and the Newborn Skin Condition Scale, with 47 newborns. The analysis was performed in the Program Statistical Package for the Social Sciences (SPSS) and the Fischer Exact Tests and/or Corrected Chi-Square Test were applied. The presence of dry skin was more evident for those who remained more than seven days hospitalized. Among those born with a broken amniotic membrane, 21.3% had body erythema. Those who remained up to seven days in hospital, 55.5% had rupture / skin lesion. It concludes that the newborns remained more than seven days hospitalized presented the driest skin. The rupture/injury occurred in most of the preterm and low birth weight infants


Assuntos
Humanos , Pele , Recém-Nascido , Unidades de Terapia Intensiva Neonatal , Segurança do Paciente , Cuidados de Enfermagem
14.
REME rev. min. enferm ; 22: e-1115, 2018.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-912750

RESUMO

Objetivo: verificar a prevalência de burnout em militares de enfermagem de Hospitais Militares do Exército Brasileiro do Rio Grande do Sul. Método: estudo transversal, desenvolvido em cinco hospitais militares, no período de dezembro de 2015 a maio de 2016, com 167 militares de enfermagem. Foram aplicados um questionário de caracterização sociodemográfica e laboral e o Maslach Burnout Inventory. Resultados: observou-se prevalência de burnout de 13,8% nos militares de enfermagem participantes da pesquisa, sendo 2,4% em enfermeiros e 11,4% em técnicos de enfermagem. Conclusões: o burnout também está presente entre os militares de enfermagem do Exército Brasileiro, portanto, medidas de promoção da saúde dos trabalhadores se fazem essenciais para constituição de ambientes de trabalho saudáveis e satisfatórios à realização do cuidado de enfermagem.(AU)


Assuntos
Humanos , Esgotamento Profissional , Enfermagem Militar , Saúde do Trabalhador , Riscos Ocupacionais , Fatores de Risco , Condições de Trabalho
15.
Rev. enferm. UFSM ; 7(4): 1-13, out.-dez. 2017.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-34335

RESUMO

Objetivo: analisar os fatores associados à adesão ao tratamento antirretroviral emadultos com HIV. Método: estudo transversal, com 179 adultos atendidos em serviçoespecializado, no Sul do Brasil. Foi utilizado o “Cuestionário para la Evaluación de laAdhesión al Tratamiento Antiretroviral” (CEAT-VIH) e análise estatística descritiva einferencial (Regressão de Poisson). Resultados: dos participantes, 83,2% foram classificadosem não adesão ao tratamento. Estiveram associados à não adesão o menor nível deescolaridade, a dificuldade de manutenção do acompanhamento ambulatorial, a propensãopara alcoolismo, a mudança no estilo de vida e a utilização de medicações psiquiátricas.Conclusões: o diagnóstico precoce de adesão possibilita o planejamento de ações educativasfocadas nas características associadas à não adesão.(AU)


Aim: to analyze factors associated to the adherence to antiretroviral treatmentin adults with HIV. Method: a cross-sectional study with 179 adults attending a specializedservice in the South of Brazil. To assess adherence, the "Questionnaire for the Evaluation ofAdhesion to Antiretroviral Treatment" (CEAT-VIH) was used. The results were evaluatedwith descriptive and inferential statistics (Poisson regression). Results: Among the participants, 83.2% were defined as non-adherent to antiretroviral therapy. Lower level ofschooling, difficulty in maintaining health service attendance, propensity for alcoholism,change in lifestyle and use of psychiatric medications were associated with noncompliance.Conclusions: the early diagnosis of adherence allows the planning of educational actionsfocused on the characteristics associated with non-adherence.(AU)


Objetivo: examinar los factores asociados a la adhesión al tratamientoantirretroviral en adultos con VIH. Método: estudio transversal, con 179 adultos, que asistena un servicio de salud especializado en el sur de Brasil. Se utilizó el "Cuestionario para laEvaluación de la Adhesión al Tratamiento Antirretroviral" (CEAT-VIH) para evaluar laadhesión. Los resultados fueron analizados por medio de estadística descriptiva e inferencial(Regresión de Poisson). Resultados: entre los participantes 83,2% fueron clasificados comono adhesión al tratamiento. Se asoció a la no adhesión el bajo nivel de escolaridad, ladificultad de manutención de la atención en el ambulatorio, la propensión para elalcoholismo, el cambio del estilo de vida y la utilización de medicamentos psiquiátricos.Conclusiones: el diagnóstico precoz de la adhesión posibilita la planificación de accioneseducativas específicas para las características de la no adhesión.(AU)


Assuntos
HIV , Terapia Antirretroviral de Alta Atividade , Adesão à Medicação , Adulto , Enfermagem
16.
Rev. enferm. UFSM ; 7(4): 1-14, out.-dez. 2017.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-34339

RESUMO

Objetivo: Verificar a prevalência e os fatores associados aos Distúrbios PsíquicosMenores (DPMs) em estudantes de graduação em enfermagem de uma universidade pública doRio Grande do Sul, Brasil. Método: Estudo transversal, desenvolvido em dezembro de 2014,com 149 estudantes de graduação em enfermagem. Utilizou-se questionário autopreenchívelcom questões sociodemográficas, acadêmicas e de saúde e a versão brasileira do Self ReportingQuestionnaire – 20. Para a análise, utilizou-se a estatística descritiva e analítica no programaPredictive Analytics Software (PASW Statistics®). Resultados: Predominaram estudantes dosexo feminino, com idade entre 21 e 30 anos, solteiros e que estavam cursando o 4º semestre dagraduação. A prevalência de DPMs foi de 54,4%. Dos fatores avaliados, ter o diagnósticomédico de alguma patologia foi significativo para DPMs. Conclusão: A alta prevalência deDPMs evidencia a necessidade de acompanhamento e de planejamento de estratégias deprevenção do sofrimento psíquico nessa população.(AU)


Aim: to verify the prevalence and the factors associated to the Minor PsychiatricDisorders (MPD) in nursing undergraduate students of a public University in Rio Grande do Sul,Brazil. Method: cross-sectional study, developed in December 2014, with 149 nursing students. Aself-administered questionnaire was used with sociodemographic, academic and health questionsand the Brazilian version of the Self Reporting Questionnaire - 20. For the analysis, the descriptive and analytical statistics were used in the Predictive Analytics Software (PASW Statistics®).Results: Female students, aged between 21 and 30, who were single and on the fourth semester ofthe graduation course were predominant. The MPD prevalence was 54.4%. Among the assessedfactors, having the medical diagnosis for some pathology was significant for MPD. Conclusion: theelevated prevalence of MPD, stresses the necessity of attending and planning prevention strategiesfor the psychological distress in this population.(AU)


Objetivo: verificar la predominancia y los factores asociados a los disturbiospsíquicos menores (DPMs) en estudiantes de graduación en enfermería de una UniversidadPública de Rio Grande do Sul, Brasil. Método: estudio transversal, desarrollado en diciembre de2014, con 149 estudiantes de graduación en enfermería. Se utilizó cuestionario autoadministradocon cuestiones sociodemográficas, académicas y de salud y la versión brasileña del SelfReporting Questionnaire – 20. Para el análisis se utilizó estadística descriptiva y analítica en elprograma Predictive Analytics Software (PASW Statistics®). Resultados: predominó estudiantesdel sexo femenino, con edades entre 21 y 30 años, solteros y que estaban en el cuarto semestre dela graduación. La predominancia de los DPMs fue de 54,4%. Entre los factores evaluados, tenerel diagnóstico médico de una patología fue significativa para los DPMs. Conclusión: la altaincidencia de los DPM destaca la necesidad del control y planificación de estrategias deprevención de los trastornos psíquicos en esta población.(AU)


Assuntos
Estudantes de Enfermagem , Enfermagem , Estresse Psicológico , Estudos Transversais , Sintomas Psíquicos
17.
Acta Paul. Enferm. (Online) ; 30(5): 531-537, Set.-Out. 2017. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-885865

RESUMO

Resumo Objetivo: Mensurar o clima de segurança e os fatores contribuintes na perspectiva de trabalhadores de enfermagem de instituições hospitalares do Sul do Brasil. Métodos: Estudo transversal, com 648 profissionais de três hospitais do noroeste do Estado do Rio Grande do Sul. Para coleta dos dados, utilizou-se o Questionário de Atitudes de Segurança. A análise dos dados se deu por estatísticas descritivas (Kolmogorov-Smirnov, Alfa de Cronbach, média, desvio padrão), e analíticas (Kruskai-Wallis e Manny Witney). Resultados: Participaram do estudo 648 profissionais de enfermagem, destes 66,5% trabalham em hospitais filantrópicos e 43,5% em hospital privado. Identificou-se média positiva nos domínios satisfação de trabalho, clima de trabalho em equipe e condições de trabalho, com diferença estatística nas condições de trabalho entre hospital filantrópico e público. Verificou-se melhor avaliação entre os profissionais enfermeiros, que atuam a tempo inferior a cinco anos e na pediatria. Conclusão: A respeito da percepção do clima de segurança quando comparado às categorias profissionais, os enfermeiros demonstram escores maiores do que auxiliares/técnicos de enfermagem, com diferença estatística nos domínios clima de trabalho, percepção de stress e gerência da unidade. Na perspectiva dos trabalhadores de enfermagem evidenciou-se escores positivos para clima de trabalho em equipe e satisfação do trabalho.


Abstract Objective: To evaluate the safety climate and contributing factors, from the perspective of nursing staff from hospitals in Southern Brazil. Methods: Cross-sectional studies conducted with 648 professionals, from three hospitals located in the northwestern part of the State of Rio Grande do Sul. The Safety Attitudes Questionnaire was used for data collection. Data analysis was based on descriptive (Kolmogorov-Smirnov, Cronbach's alpha, mean, standard deviation) and analytical (Kruskal-Wallis and Manny Witney) statistics. Results: Sixty-eight nursing professionals participated in the study, of whom 66.5% worked in philanthropic hospitals and 43.5% in private hospitals. A positive mean was identified in the areas of job satisfaction, teamwork climate and working conditions, with a statistical difference in working conditions between a philanthropic hospital and a public hospital. A better evaluation among nurses was identified in those who had worked less than five years, and in pediatrics. Conclusion: Regarding the perception of the safety climate when compared to the professional categories, nurses demonstrated higher scores than nursing assistants/technicians, with a statistical difference in the domains of work climate, stress perception, and unit management. Positive scores for teamwork climate and job satisfaction was evidenced by nursing staff.

18.
Acta Paul. Enferm. (Online) ; 30(5): 531-537, Set.-Out. 2017. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-885880

RESUMO

Resumo Objetivo: Mensurar o clima de segurança e os fatores contribuintes na perspectiva de trabalhadores de enfermagem de instituições hospitalares do Sul do Brasil. Métodos: Estudo transversal, com 648 profissionais de três hospitais do noroeste do Estado do Rio Grande do Sul. Para coleta dos dados, utilizou-se o Questionário de Atitudes de Segurança. A análise dos dados se deu por estatísticas descritivas (Kolmogorov-Smirnov, Alfa de Cronbach, média, desvio padrão), e analíticas (Kruskai-Wallis e Manny Witney). Resultados: Participaram do estudo 648 profissionais de enfermagem, destes 66,5% trabalham em hospitais filantrópicos e 43,5% em hospital privado. Identificou-se média positiva nos domínios satisfação de trabalho, clima de trabalho em equipe e condições de trabalho, com diferença estatística nas condições de trabalho entre hospital filantrópico e público. Verificou-se melhor avaliação entre os profissionais enfermeiros, que atuam a tempo inferior a cinco anos e na pediatria. Conclusão: A respeito da percepção do clima de segurança quando comparado às categorias profissionais, os enfermeiros demonstram escores maiores do que auxiliares/técnicos de enfermagem, com diferença estatística nos domínios clima de trabalho, percepção de stress e gerência da unidade. Na perspectiva dos trabalhadores de enfermagem evidenciou-se escores positivos para clima de trabalho em equipe e satisfação do trabalho.


Abstract Objective: To evaluate the safety climate and contributing factors, from the perspective of nursing staff from hospitals in Southern Brazil. Methods: Cross-sectional studies conducted with 648 professionals, from three hospitals located in the northwestern part of the State of Rio Grande do Sul. The Safety Attitudes Questionnaire was used for data collection. Data analysis was based on descriptive (Kolmogorov-Smirnov, Cronbach's alpha, mean, standard deviation) and analytical (Kruskal-Wallis and Manny Witney) statistics. Results: Sixty-eight nursing professionals participated in the study, of whom 66.5% worked in philanthropic hospitals and 43.5% in private hospitals. A positive mean was identified in the areas of job satisfaction, teamwork climate and working conditions, with a statistical difference in working conditions between a philanthropic hospital and a public hospital. A better evaluation among nurses was identified in those who had worked less than five years, and in pediatrics. Conclusion: Regarding the perception of the safety climate when compared to the professional categories, nurses demonstrated higher scores than nursing assistants/technicians, with a statistical difference in the domains of work climate, stress perception, and unit management. Positive scores for teamwork climate and job satisfaction was evidenced by nursing staff.

19.
Rev Esc Enferm USP ; 51: e03242, 2017 Aug 28.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-28902323

RESUMO

OBJECTIVE: To analyze compliance with hand hygiene by healthcare professionals in an emergency department unit. METHOD: This is a longitudinal quantitative study developed in 2015 with healthcare professionals from a university hospital in the state of Rio Grande do Sul. Each professional was monitored three times by direct non-participant observation at WHO's five recommended moments in hand hygiene, taking the concepts of opportunity, indication and action into account. Descriptive and analytical statistics were used. RESULTS: Fifty-nine healthcare professionals participated in the study. The compliance rate was 54.2%. Nurses and physiotherapists showed a compliance rate of 66.6% and resident physicians, 41.3%. When compliance was compared among professional categories, nurses showed greater compliance than resident physicians (OR = 2.83, CI = 95%: 1.09-7.34). CONCLUSION: Hand hygiene compliance was low. Multidisciplinary approaches could be important strategies for forming partnerships to develop learning and implementation of hand hygiene practices. OBJETIVO: Analisar a adesão à higienização das mãos dos profissionais de saúde em unidade de Pronto-Socorro. MÉTODO: Estudo quantitativo longitudinal desenvolvido com profissionais de saúde de um Hospital Universitário do Rio Grande do Sul, em 2015. Para cada profissional, realizaram-se três acompanhamentos com observação direta não participante nos cinco momentos preconizados para higienização das mãos, levando-se em conta os conceitos de Oportunidade, Indicação e Ação. Utilizou-se da estatística descritiva e analítica. RESULTADOS: Participaram do estudo 59 profissionais de saúde. A taxa de adesão foi de 54,2%. Os enfermeiros e fisioterapeutas obtiveram a taxa de adesão de 66,6% e os médicos residentes, de 41,3%. Ao ser comparada a adesão entre as categorias profissionais, os enfermeiros tiveram maior aderência do que os médicos residentes (RC=2,83; IC=95%:1,09-7,34). CONCLUSÃO: A adesão à higienização das mãos foi baixa. Abordagens multidisciplinares podem ser estratégias importantes para formar parcerias que desenvolvam a aprendizagem e a efetivação de práticas de HM.


Assuntos
Serviço Hospitalar de Emergência , Fidelidade a Diretrizes/estatística & dados numéricos , Higiene das Mãos/normas , Recursos Humanos em Hospital , Humanos , Estudos Longitudinais
20.
Acta Paul. Enferm. (Online) ; 30(4): 428-434, Jul.-Ago. 2017. tab, graf
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-885834

RESUMO

Resumo Objetivo Identificar os incidentes relacionados a medicamentos em um ambulatório de quimioterapia de um hospital universitário. Métodos Estudo transversal, descritivo, com fichas de acompanhamento dos pacientes atendidos no ambulatório de quimioterapia de um hospital público do Sul do Brasil, no período de junho a agosto de 2016. Para a coleta dos dados, foi utilizado um instrumento de pesquisa dividido em quatro blocos: bloco A - questões relacionadas à caracterização do paciente; bloco B - questões relacionadas à prescrição médica; bloco C - questão relacionada à dispensação dos medicamentos; e o bloco D - questões relacionadas à administração de medicamentos. Resultados Ocorreram 5012 incidentes de prescrição médica, 21 de dispensação e 27 de administração de medicamentos, totalizando 5061 incidentes com e sem danos. Conclusão Observou-se que o número total de incidentes foi de 5061, sendo a média de incidentes por atendimento de 3,6. Esse resultado evidenciou que os incidentes, realmente, estavam presentes no ambiente ambulatorial/hospitalar e que sua média por atendimento foi relativamente elevada. Os achados do estudo poderão informar aos profissionais sobre a realidade da instituição frente aos incidentes que ocorrem na prática em saúde.


Abstract Objective To identify medication related incidents in outpatient chemotherapy unit of a teaching hospital. Methods This cross-sectional and descriptive study included medical records of patients who were assisted from June to August 2016 in an outpatient chemotherapy unit from a public hospital in South Brazil. Data were collected using an instrument divided into four sections: section A - questions related with characterization of patient, section B - questions related with medical prescription, section C - questions related with medication dispensing, and section D - questions related with medication administration. Results A total of 5,012 incidents occurred related with medical prescription, 21 associated with dispensing and 27 medication administration, therefore, totalizing 5061 incidents with and without harms to patients. Conclusion Of 5,061 incidents that occurred, the mean incident per health care procedures was 3.6. Incidents were really present in hospital/outpatient unit environment and they mean per health care procedures was relatively high. Our findings can provide information for health professionals about reality of institutions in terms of incidents that can occur in health practice.

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA