Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 4 de 4
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
RBM rev. bras. med ; 67(6)jun. 2010.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: lil-552471

RESUMO

Os autores propõem a análise da classificação clínica da pele, considerando a evolução do homem dentro de diferentes locais geográficos no planeta. Estudos histológicos sugerem ser a origem do homem única, tendo como base a quantidade de melanócitos, que é semelhante nos diferentes tipos de pele, variando apenas nas características dos melanossomos. Verifica-se que a diferença entre a melanina da epiderme de um caucasoide e de um negroide se encontra, de fato, nas características dos melanossomos. Relatam, também, as várias tentativas de classificar os tipos de pele, mostrando que até hoje não existe uma classificação plenamente satisfatória.

3.
RBM rev. bras. med ; 47(10): 477-8, 481, out.-1990. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-90834

RESUMO

No presente estudo os autores analisaram 100 pacientes submetidos a tratamento cirúrgico para úlcera duodenal, entre 1980 e 1987, no hospital-escola Guilherme Alvaro da Faculdade de Ciências Médicas de Santos e do Hospital Heliópolis - INAMPS - sP, para avaliaçäo crítica dos serviços, uma vez que ambos säo orientados pelo mesmo professor. O tipo de intervençäo predominante foi a antrectomia associada à vagotomia troncular (80%), seguido de gastrectomia 2/3 (7%), gatroduodenoanastomose (4%), vagotomia troncular (3%), fundoplicatura Lotart-Jacob (3%), gastrectomia 3/4 (2%) e gastrectomia total (1%). Tais pacientes foram avaliados pelo critério estabelecido por Visick e modificado por Goligher e classificados em Visick I e II = 75 pacientes (75%), Visick III = 18 pacientes (18%), Visick IV = 7 pacientes (7%)


Assuntos
Humanos , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Masculino , Feminino , Úlcera Duodenal/cirurgia , Seguimentos , Cuidados Pós-Operatórios
4.
An. anat. norm ; 5(5): 101-3, 1987. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-98317

RESUMO

Através de cortes seriados da regiäo de transiçäo cavo-hepática, corados pelos métodos de Weigert e Azo-Carmim, os autores observaram a disposiçäo estratigráfica dos feixos de fibras musculares, colágenas e do compomente elástico. Notaram a presença de dois tipos de colágeno: um longitudinal, que acompanha os feixes musculares e outro representado por áreas de condensaçäo que atravessaram toda a parede do vaso. Observaram também, o comportamento da musculatura lisa e a presença de feixes mio-elásticos na transiçäo


Assuntos
Adolescente , Adulto , Humanos , Veia Cava Inferior/anatomia & histologia , Veias Hepáticas/anatomia & histologia
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA