Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 3 de 3
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
RPG rev. pos-grad ; 9(2): 137-141, abr.-jun. 2002. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-336389

RESUMO

A análise do DNA extraído de espécimes de arquivo utilizando-se a reaçäo em cadeia da polimerase (PCR) representa a base de uma variedade de pesquisas e protocolos de diagnóstico. A escolha de um método de extraçäo ótimo é crítica para o sucesso do procedimento. Nós avaliamos quatro métodos de extraçäo rápida de DNA para verificar qual o protocolo mais apropriado para amostras processadas rotineiramente e embebidas em parafina: digestäo enzimática e fervura, ambos com e sem desparafinizaçäo prévia em xilol. O DNA extraído das amostras foi quantificado em espectrofotômetro. O DNA foi amplificado pela técnica da PCR utilizando-se "primers" para éxon 7 da citoqueratina humana tipo 14 e o éxon 8 do gene p53 humano. DNA foi obtido através de todos os métodos de extraçäo utilizados. Apenas o DNA extraído com digestäo enzimática, com e sem desparafinizaçäo prévia, foi amplificado com sucesso pela PCR. Essas duas técnicas produzem métodos rápidos e reproduzíveis de obtençäo de DNA de tecidos arquivados em blocos de parafina, para ajudar no diagnóstico histopatológico e para realizar estudos retrospectivos


Assuntos
DNA , Reação em Cadeia da Polimerase , Parafina
3.
RPG rev. pos-grad ; 8(3): 217-223, jul.-set. 2001. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-351436

RESUMO

Os tumores odontogênicos (TOs), à semelhança do que ocorre durante a odontogênese, podem mostrar interaçöes indutivas entre o epitélio odontogênico e o componente mesenquimal adjacente. A odontogênese é um fenômeno complexo resultante dessa interaçäo epitélio-mesenquimal, a qual depende de um número considerável de moléculas de sinalizaçäo. Dentre essas moléculas, as proteínas da morfogênese do osso (Bmp) e os genes Msx ocupam papel de destaque, porém nunca foram estudados em tumores odontogênicos. Propusemo-nos, assim, a estudar a expressäo dessas moléculas nos TOs utilizando anticorpos específicos e relacionando o padräo de marcaçäo obtido com a odontogênese normal. A maioria dos tumores mostrou marcaçäo para Bmp-2/4 em um padräo semelhante ao encontrado nos estágios iniciais e finais da formaçäo do dente. O anticorpo Msx-1, apesar de marcar alguns casos, apresentou padräo de marcaçäo inconsistente com o observado durante os estágios da odontogênese. Os dois anticorpos näo permitiram compreender melhor a participaçäo da interaçäo epitélio-mesenquimal nesses tumores. Essas moléculas parecem ser importantes para compreender a biologia dos TOs; porém, deveräo ser utilizadas em conjunto com outros marcadores presentes na interaçäo epitélio-mesenquimal durante a odontogênese


Assuntos
Proteínas Morfogenéticas Ósseas , Proteínas de Homeodomínio , Neoplasias Maxilomandibulares , Biomarcadores Tumorais , Tumores Odontogênicos , Epitélio , Mesoderma , Odontogênese
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA