Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 4 de 4
Filtrar
Mais filtros










Tipo de estudo
Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. Ciênc. Plur ; 5(1): 18-33, jun. 2019. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1007335

RESUMO

Introdução:A qualidade da assistência do parto indica um importante fator nas taxas de mortalidade infantil, pois os problemas decorrentes deste, quando realizado de forma inadequada, pode ter repercussão sobre o recém-nascido durante os primeiros dias de vida.Objetivo:Avaliar a qualidade da assistência do parto e a correlação comos indicadores de saúde da criança.Método:Trata-se de um estudo quantitativo e avaliativo dos indicadores de morbidade e mortalidade materno e infantil realizado nas Unidades Básicas de Saúde que integram a rede da Atenção Primária à Saúde (APS), do município de Santa Cruz, Rio Grande do Norte, Brasil. Com uma amostra de 200 mulheres mães de crianças menores de dois anos. Resultados:Foram entrevistadas mães com média de idade de 28,17 anos, com bebês com em média 10,42 meses de idade. 95,5% das mães afirmaram ter realizado o acompanhamento pré-natal. A maioria (60,5%) das mulheres classificou a assistência recebida no parto como boa; 74,5 % afirmaram que a criança foi colocada no peito após o parto; 90% dos binômios mãe-bebê estiverem juntos no quarto após o parto.Conclusões:Pode-se perceber que a assistência ao parto acontece de forma adequada e satisfatória, atendendo necessidades da maioria das entrevistadas. Porém ainda há uma necessidade de conscientização e qualificação dos profissionais de saúde, para que não ocorram situações indesejáveis na saúde materno-infantil e diminua as taxas de morbidade e mortalidade materna e neonatal (AU).


Introduction:The quality of delivery care indicates an important factor in the infant mortality rates, since the problems arising from it, when performed in an inappropriate way, can have repercussion on the newborn during the first days of life. Objective:To evaluate the quality of childbirth care and the correlation with child health indicators.Methods:This is a quantitative and evaluative study of the indicators of maternal and infant morbidity and mortality carried out at the Basic Health Units that integrate the Primary Health Care (PHC) network of the municipality of Santa Cruz, Rio Grande do Norte, Brazil. With a sample of 200 women mothers of children under two years.Results:Mothers with a mean age of 28.17 years were interviewed, with infants with a mean of 10.42 months of age. 95.5% of the mothers reported having had prenatal care. The majority (60.5%) of the women classified care received at delivery as good; 74.5% stated that the child was placed in the breast after delivery; 90% of the mother-baby binomials are together in the fourth postpartum.Conclusions:It can be noticed that the delivery assistance takes place adequately and satisfactorily, meeting the needs of the majority of the interviewees. However, there is still a need for awareness and qualification of health professionals, so that undesirable situations in maternal and child health do not occur and the rates of maternal and neonatal morbidity and mortality decrease (AU).


Assuntos
Humanos , Feminino , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Cuidado Pré-Natal/métodos , Atenção Primária à Saúde , Avaliação em Saúde/métodos , Criança , Saúde Materno-Infantil , Parto , Brasil , Inquéritos e Questionários , Interpretação Estatística de Dados , Indicadores de Qualidade em Assistência à Saúde
2.
Rev. bras. ciênc. saúde ; 23(2): 131-140, 2019. tab.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1009550

RESUMO

Objetivo: Este estudo avaliou o seguimento clínico e terapêutico da citopatologia oncótica em mulheres na Atenção Primária à Saúde (APS). Métodos: Trata-se de um estudo exploratóriodescritivo, de abordagem quantitativa, realizado na Cidade de Santa Cruz/RN, Brasil, o qual se utilizou de uma amostra de 150 mulheres. A pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, sob número de parecer 313.430. Resultados: Observou-se que, no tocante ao resultado do exame preventivo, 66% da amostra referiu ter apresentado Cândida albicans, seguido por 28,7% que apresentaram positividade de Gardnerella vaginallis, e que 4,7% tiveram resultados positivos para HPV e NIC I. Conclusões: Observou-se a continuidade da assistência para mulheres que apresentaram NIC I e HPV, no entanto, espera-se que os profissionais de saúde estimulem o acompanhamento da mulher na rede básica de saúde e, consequentemente, fortaleçam o vínculo entre o usuário-serviço, de modo que favoreça a assistência.


Objective: This study aims to evaluate the Clinical and therapeutic follow-up of oncotic cytopathology in women in Primary Health Care (PHC). Methods: This was an exploratory descriptive study with a quantitative approach, in the city of Santa Cruz / RN, Brazil, which used a sample of 150 women. The study was approved by the Ethics Committee in Research of the Federal University of Rio Grande do Norte, under number 313 430. Results: It was observed that, in relation to the result of the screening test, 66% of the sample reported having presented Candida albicans, followed by 28.7% who were positive for Gardnerella vaginallis, and 4.7% were positive for HPV and CIN I. Conclusions: it was observed the continuity of care for women with CIN I and HPV, however, it is expected that health professionals encourage the monitoring of women in primary health care network and thus strengthen the bond between the user-service, so that it can favor assistance. (AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Atenção Primária à Saúde , Neoplasias Uterinas , Patologia , Colo do Útero/citologia , Saúde da Mulher
3.
Rev. Ciênc. Plur ; 3(3): 2-15, 2017. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-883293

RESUMO

Introdução: As consultas de pré-natal realizadas na Atenção Primária à Saúde apresentam-se como momento indispensável para ofertar orientações necessárias no período da gestação e puerpério, sendo ocasião indispensável para que a grávida possa revelar seu medos, anseios e dúvidas sobre esse momento singular dela mesma e do feto. Objetivo: Avaliar a correlação entre adesão do pré-natal e complicações na saúde materno-infantil. Métodos: Trata-se de um estudo quantitativo e avaliativo dos indicadores de morbidade e mortalidade materno-infantil no município de Santa Cruz, no estado do Rio Grande do Norte, Brasil. Resultados: Das mães que aderiram ao pré-natal, 86% não complicaram, ao passo que 13% das grávidas tiveram complicação na gestação, tendo como causas sangramento, convulsão, infecção urinária, diabetes e hipertensão arterial. Conclusão: Destarte o pré-natal como importante para realizar um acompanhamento saudável da gestante e seu filho, prevenindo e/ou tratando as complicações que podem surgir nesse período, concorrendo, assim, para a diminuição dos índices de morbimortalidade materna e infantil (AU).


Introduction: The prenatal consultations carried out in Primary Health Care are an indispensable moment to offer the necessary guidelines during pregnancy and puerperium, and it is an indispensable occasion for revealing their fears, anxieties and doubts about this singular moment of the woman and your fetus. Objective: To evaluate the correlation between prenatal adherence and maternal and child health complications. Methods: This is a quantitative and evaluative study of indicators of maternal and infant morbidity and mortality in the municipality of Santa Cruz, in the state of Rio Grande do Norte, Brazil. Results: A prevalence of 86% of the mothers who joined prenatal care did not complicate, whereas a prevalence of 13% was found to have complications during pregnancy, with bleeding, convulsion, urinary tract infection, diabetes and hypertension. Conclusion: To determine prenatal care as important for a healthy follow-up of the pregnant woman and her child, preventing and / or treating the complications that may arise during this period, thus contributing to the reduction of maternal and infant morbidity and mortality rates (AU).


Assuntos
Humanos , Feminino , Gravidez , Saúde Materno-Infantil , Gestantes/psicologia , Cuidado Pré-Natal , Atenção Primária à Saúde , Brasil , Distribuição de Qui-Quadrado , Interpretação Estatística de Dados , Indicadores de Morbimortalidade
4.
Rev. Ciênc. Plur ; 3(2): 4-15, 2017. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-876484

RESUMO

Introdução: Embora as políticas de saúde criadas para assistir às mulheres durante a gestação tenham sofrido mudanças e ampliações, ainda se observa a incidência de agravos evitáveis através da assistência pré-natal de qualidade. Objetivo: O presente estudo se propõe em avaliar a qualidade da assistência prestada às gestantes nas consultas de atendimento pré-natal na cidade de Santa Cruz/RN, Brasil. Métodos: Trata-se de um estudo exploratório descritivo, com abordagem quantitativa, realizado na cidade de Santa Cruz, estado Rio Grande do Norte, Brasil. Utilizou-se uma amostra de 200 mulheres, mães de crianças menores de um ano, atendidas na rede de Atenção Primária à Saúde. A pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, sob parecer de número 311.613. Resultados: Verificou-se, quanto à classificação da qualidade do atendimento pré-natal na ótica das mães, que a maioria o classificou como bom, seguido por muito bom. No que diz respeito à realização do pré-natal, a maioria realizou em serviço público do seu município, na Unidade Básica de Saúde. Conclusão: Concluiu-se, neste estudo, que a assistência pré-natal tem sido realizada de forma positiva, tendo em vista o cumprimento de condutas preconizadas pelos programas de saúde da mulher, bem como a assistência pré-natal e puerperal. É importante destacar os esforços para se garantir uma assistência integral, humanizada e ética (AU).


Introduction: Although the health policies created to assist women during pregnancy have undergone changes and extensions, the incidence of preventable diseases through quality prenatal care is still observed. Objective: This study aims to evaluate the quality of care provided to pregnant women in prenatal care consultations. Methods: This is an exploratory descriptive study, with a quantitative approach, carried out in the city of Santa Cruz, state of Rio Grande do Norte, Brazil. A sample of 200 women, mothers of children under one year old, attended the Primary Health Care network. The research was approved by the Research Ethics Committee of the Federal University of Rio Grande do Norte, under the opinion of number 311.613. Results: As to the quality of prenatal care in the mothers' view, it was verified that the majority rated it as good, followed by very good. With regard to prenatal care, most of them performed in the public service of their municipality, in the Basic Health Unit. Conclusion: It was concluded, in this study, that prenatal care has been performed positively, having in order to comply with the guidelines recommended by women's health programs, as well as prenatal and puerperal care. It is important to highlight efforts to guarantee integral, humanized and ethical assistance (AU).


Assuntos
Humanos , Feminino , Gravidez , Avaliação em Saúde , Gestantes , Cuidado Pré-Natal , Atenção Primária à Saúde , Brasil , Interpretação Estatística de Dados , Inquéritos e Questionários/estatística & dados numéricos
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA