Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 3 de 3
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Texto & contexto enferm ; 29: e20180333, Jan.-Dec. 2020. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-1059145

RESUMO

ABSTRACT Objective: examine the contributions of teaching-service-community integration to health training and the Unified Health System, as well as the potential and challenges of this integration, from the viewpoint of professors. Method: descriptive study with a qualitative and quantitative approach. The study population was composed of 103 professors from the nursing, medical and dentistry courses of the Federal University of Rio Grande do Norte. The data was collected from October 2016 to February 2017, through an interview form. Imaruteq software and Bardin's content analysis were used for the data analysis. Results: according to the professors, teaching-service-community integration helps train students, since it provides multiprofessional and interdisciplinary experiences in real-life situations, in addition to promoting improved quality of care. However, various challenges need to be overcome, such as the hospital-centric model, which is still prevalent; fragmented curricula in disciplines; resistance of some professors to participate in integration; few interdisciplinary activities; emphasis on technical training with a predominance of traditional teaching methodologies; the infrastructure of the Unified Health System, among others. Conclusion: there is a need to institutionalize teaching-service-community integration and emphasize initiatives that dynamize and provide flexibility to multiprofessional and interdisciplinary activities. Institutions involved in the modification of health training and the transformation of health care processes also need to make a commitment.


RESUMEN Objetivo: analizar las contribuciones de la integración enseñanza-servicio-comunidad para la educación en salud y para el Sistema Único de Salud, así como las potencialidades y desafíos existentes en dicha integración, conforme la visión de los docentes. Método: estudio descriptivo, con abordaje cualitativo y cuantitativo. Población del estudio integrada por 103 docentes de las carreras de Enfermería, Medicina y Odontología de la Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Datos recolectados entre octubre de 2016 y febrero de 2017, utilizándose formularios de entrevista. Datos analizados mediante software Iramuteq y análisis de contenido de Bardin. Resultados: según los docentes, la integración enseñanza-servicio-comunidad contribuye a la educación del alumnado, brindándole experiencias multiprofesionales e interdisciplinarias en escenarios reales de práctica; así como también coadyuva a mejorar la calidad de los servicios. Sin embargo, es necesario superar aún varios desafíos, como el modelo "hospitalocéntrico", aún predominante; programas de estudios fragmentados en materias; resistencia de algunos docentes a participar de la integración; escasas acciones interdisciplinarias; énfasis en la formación técnica con predominio de metodologías tradicionales de enseñanza; infraestructura del Sistema Único de Salud, etcétera. Conclusión: resulta evidente la necesidad de institucionalizar la interacción enseñanza-trabajo-comunidad y valorizar las iniciativas que dinamicen y flexibilicen la enseñanza en actividades multiprofesionales e interdisciplinarias, así como el compromiso de las instituciones involucradas para modificar la educación en salud y la transformación de los procesos de atención de salud.


RESUMO Objetivo: analisar as contribuições da integração ensino-serviço-comunidade para a formação em saúde e para o Sistema Único de Saúde, bem como, as potencialidades e os desafios existentes nessa integração, na visão de docentes. Método: estudo descritivo, com abordagem qualitativa e quantitativa. A população do estudo foi composta por 103 docentes dos cursos de Enfermagem, Medicina e Odontologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. A coleta de dados foi realizada de outubro de 2016 a fevereiro de 2017, por meio de formulário de entrevista. Para a análise dos dados, foi utilizado o software Iramuteq e Análise de Conteúdo de Bardin. Resultados: na visão dos docentes, a integração ensino-serviço-comunidade contribui para a formação dos discentes, visto que proporciona experiências multiprofissionais e interdisciplinares em cenários reais de prática, bem como contribui para a melhoria da qualidade dos serviços. No entanto, vários desafios precisam ser superados, como o modelo hospitalocêntrico, ainda predominante; currículos fragmentados em disciplinas; resistência de alguns docentes em participar da integração; poucas ações interdisciplinares; ênfase na formação técnica com predomínio de metodologias tradicionais de ensino; infraestrutura do Sistema Único de Saúde, entre outros. Conclusão: fica evidente a necessidade de institucionalização da interação ensino-serviço-comunidade, e da valorização de iniciativas que dinamizem e flexibilizem o ensino em atividades multiprofissionais e interdisciplinares, assim como do compromisso das instituições envolvidas na modificação da formação em saúde e na transformação dos processos de atenção à saúde.

2.
Saúde debate ; 42(119): 849-861, Out.-Dez. 2018. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, Repositório RHS | ID: biblio-986074

RESUMO

RESUMO O aperfeiçoamento das práticas de gestão do trabalho constitui uma exigência para os serviços de saúde de todas as regiões do País. O presente estudo analisa a implantação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) nas instituições de saúde, a partir da perspectiva dos profissionais de saúde da região Centro-Oeste do Brasil. Trata-se de um estudo documental, de abordagem qualitativa. O conteúdo textual dos documentos foi submetido à análise lexicográfica e Classificação Hierárquica Descendente (CDH), com auxílio do software Iramuteq. Os documentos foram analisados à luz da Análise de Conteúdo de Bardin. O universo da pesquisa se constituiu de 211 documentos. Quanto ao perfil dos profissionais cujos depoimentos constam nos documentos da pesquisa, observou-se predominância de servidores do sexo feminino, na faixa etária de 36 a 50 anos, de nível superior e da esfera estadual. Apesar de persistirem desafios, como condições desfavoráveis de trabalho e não cumprimento dos direitos trabalhistas por parte de alguns gestores, o PCCS mostra-se como um instrumento de motivação dos trabalhadores, contribuindo para valorização, fixação e perspectiva de carreira, principalmente no âmbito federal.


ABSTRACT The improvement of working management practices is a requirement for health services in all regions of the Country. The present study analyzes the implementation of the Position Plans, Careers and Salaries (PCCS) in health institutions, from the perspective of health professionals in the Central-West region of Brazil. This is a documentary study, with a qualitative approach. The textual content of the documents was submitted to the lexicographical analysis and Descending Hierarchical Classification (DHC), with the help of the Iramuteq software. The documents were analyzed in the light of the Bardin Content Analysis. The research universe consisted of 211 documents. As for the profile of the professionals whose testimonies are contained on the research documents, it was observed the predominance of female servers, in the age group of 36 to 50 years, with a higher education level and from the state sphere. Despite the challenges, such as unfavorable working conditions and non-compliance of labor rights by some managers, the PCCS shows itself as a motivational instrument to the workers, contributing to the valorization, fixation and career prospects, especially at the federal level.


Assuntos
Humanos , Salários e Benefícios , Mão de Obra em Saúde/tendências , Organização e Administração , Trabalho , Sistema Único de Saúde , Brasil , Mobilidade Ocupacional
3.
Rev. Ciênc. Plur ; 4(1): 98-116, 2018. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-907092

RESUMO

Introdução: A interação ensino-serviço-comunidade é um trabalho pactuado e integrado entre a universidade e os serviços de saúde, favorecendo as experiências dos estudantes no processo ensinoaprendizagem. Objetivos: Este estudo visa analisar de forma crítica publicações na literatura que realizam avaliações desta interação pelos atores dos cenários de práticas, de forma a revelar contribuições e desafios dessa interação para o ensino, serviço e comunidade, bem como identificar lacunas no conhecimento científico acerca desta temática. Métodos: Foi realizada uma revisão integrativa da literatura a partir da busca por artigos publicados entre os anos de 2001 e 2016 em periódicos científicos indexados nas bases de dados da Biblioteca Virtual da Saúde. Resultados: A amostra final constou de 25 publicações. A maioria dos estudos enfatizou contribuições desta interação para a academia como indutor de mudanças no processo formativo e no modelo de atenção. Quanto ao serviço, as contribuições referemse à melhoria da qualidade e diversificação das práticas nas unidades. As contribuições para a comunidade foram menos abordadas nos estudos e referiu-se principalmente a interação da comunidade com o serviço e fortalecimento de vínculos. Ficou evidente a insuficiência na literatura de avaliações da interação ensinoserviço pelos gestores e usuários. Conclusões: A inserção dos alunos nos campos de práticas é uma experiência desafiadora, sendo fundamental a institucionalização dessa interação. Apesar de existirem resistências e importantes fragilidades a serem superadas, a interação ensino-serviço-comunidade foi avaliada de forma positiva em todos os estudos analisados (AU).


Introduction: The teaching-service-community interaction is a work resulting from the agreement and integration between universities and health services that promotes the experiences of students in the teaching-learning process. Aims: This study aims to perform a critical analysis of publications that assessed this interaction by actors and practice settings in order to reveal contributions and challenges of this interaction for teaching, for the community and for the service, as well as to identify gaps in the scientific knowledge about this subject. Methods: An integrative literature review with articles published between 2001 and 2016 in scientific journals indexed in the Virtual Health Library databases was performed. Results: The final sample consisted of 25 publications. Most studies emphasized this interaction as a contribution to the academia by inducing changes in the training process and in the care model. As for the service, the contributions relate to improving the quality and diversification of practices in the units. Contributions to the community were less addressed in studies and referred mainly to community interaction with the service and strengthening of ties. An insufficient number of evaluations of the teaching-service interaction by managers and users was evident in literature. Conclusions: The inclusion of students in the fields of practice is a challenging experience and thus, it is essential to institutionalize this interaction. Although there are important strong points and weaknesses to be overcome, the teaching-servicecommunity interaction was positively assessed in all analyzed studies (AU).


Assuntos
Brasil , Relações Comunidade-Instituição , Educação em Saúde , Aprendizagem Baseada em Problemas/métodos , Serviços de Integração Docente-Assistencial , Preceptoria/métodos
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA