Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 11 de 11
Filtrar
Mais filtros










Tipo de estudo
Intervalo de ano de publicação
1.
Arq. bras. cardiol ; 115(6): 1178-1179, dez. 2020.
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-1152949

RESUMO

O manejo de dispositivos cardíacos eletrônicos implantáveis de pacientes que evoluem a óbito tem sido motivo de controvérsia. Em nosso meio, não há recomendações uniformes, estando baseadas exclusivamente em protocolos institucionais e em costumes regionais. Quando o cadáver é submetido para cremação, além de outros cuidados, recomenda-se a retirada do dispositivo devido ao risco de explosão e dano do equipamento crematório. Principalmente no contexto da pandemia causada pelo SARS-Cov-2, a orientação e organização de unidades hospitalares e serviços funerários é imprescindível para minimizar o fluxo de pessoas em contato com fluidos corporais de indivíduos falecidos por COVID-19. Nesse sentido, a Sociedade Brasileira de Arritmias Cardíacas elaborou este documento com orientações práticas, tendo como base publicações internacionais e recomendação emitida pelo Conselho Federal de Medicina do Brasil.


The management of cardiac implantable electronic devices after death has become a source of controversy. There are no uniform recommendations for such management in Brazil; practices rely exclusively on institutional protocols and regional custom. When the cadaver is sent for cremation, it is recommended to remove the device due to the risk of explosion and damage to crematorium equipment, in addition to other precautions. Especially in the context of the SARS-CoV-2 pandemic, proper guidance and organization of hospital mortuary facilities and funeral services is essential to minimize the flow of people in contact with bodily fluids from individuals who have died with COVID-19. In this context, the Brazilian Society of Cardiac Arrhythmias has prepared this document with practical guidelines, based on international publications and a recommendation issued by the Brazilian Federal Medical Council.


Assuntos
Humanos , Marca-Passo Artificial , Autopsia/métodos , Desfibriladores Implantáveis , Dispositivos de Terapia de Ressincronização Cardíaca , COVID-19
2.
Arq Bras Cardiol ; 115(6): 1178-1179, 2020 12.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-33470320

RESUMO

The management of cardiac implantable electronic devices after death has become a source of controversy. There are no uniform recommendations for such management in Brazil; practices rely exclusively on institutional protocols and regional custom. When the cadaver is sent for cremation, it is recommended to remove the device due to the risk of explosion and damage to crematorium equipment, in addition to other precautions. Especially in the context of the SARS-CoV-2 pandemic, proper guidance and organization of hospital mortuary facilities and funeral services is essential to minimize the flow of people in contact with bodily fluids from individuals who have died with COVID-19. In this context, the Brazilian Society of Cardiac Arrhythmias has prepared this document with practical guidelines, based on international publications and a recommendation issued by the Brazilian Federal Medical Council.


Assuntos
COVID-19 , Brasil , Eletrônica , Humanos , Pandemias , SARS-CoV-2
3.
Arq. bras. cardiol ; 115(6): 1178-1179, dez. 2019.
Artigo em Português | Sec. Est. Saúde SP, CONASS, SESSP-IDPCPROD, Sec. Est. Saúde SP | ID: biblio-1147640

RESUMO

Resumo O manejo de dispositivos cardíacos eletrônicos implantáveis de pacientes que evoluem a óbito tem sido motivo de controvérsia. Em nosso meio, não há recomendações uniformes, estando baseadas exclusivamente em protocolos institucionais e em costumes regionais. Quando o cadáver é submetido para cremação, além de outros cuidados, recomenda-se a retirada do dispositivo devido ao risco de explosão e dano do equipamento crematório. Principalmente no contexto da pandemia causada pelo SARS-Cov-2, a orientação e organização de unidades hospitalares e serviços funerários é imprescindível para minimizar o fluxo de pessoas em contato com fluidos corporais de indivíduos falecidos por COVID-19. Nesse sentido, a Sociedade Brasileira de Arritmias Cardíacas elaborou este documento com orientações práticas, tendo como base publicações internacionais e recomendação emitida pelo Conselho Federal de Medicina do Brasil.


Assuntos
Autopsia/métodos , Desfibriladores Implantáveis , Ética Baseada em Princípios
4.
Acta Odontol Scand ; 75(8): 584-587, 2017 Nov.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-28799814

RESUMO

OBJECTIVE: Implantable cardioverter defibrillators (ICDs) are subject to electromagnetic interference (EMI). The aim of this study was to assess both the EMI of dental equipments with ICDs and related factors. MATERIALS AND METHODS: High- and low-speed handpieces, an electric toothbrush, an implant motor and two types of ultrasonic devices were tested next to an ICD with different sensitivity settings. The ICD was immersed in a saline solution with electrical resistance of 400-800 ohms to simulate the resistance of the human body. The dental equipments were tested in both horizontal (0°) and vertical (90°) positions in relation to the components of the ICD. The tests were performed with a container containing saline solution, which was placed on a dental chair in order to assess the cumulative effect of electromagnetic fields. RESULTS: The dental chair, high- and low-speed handpieces, electric toothbrush, implant motor and ultrasonic devices caused no EMI with the ICD, irrespective of the program set-up or positioning. No cumulative effect of electromagnetic fields was verified. CONCLUSIONS: The results of this study suggest that the devices tested are safe for use in patients with an ICD.


Assuntos
Desfibriladores Implantáveis , Equipamentos Odontológicos/efeitos adversos , Campos Eletromagnéticos/efeitos adversos , Impedância Elétrica/efeitos adversos , Humanos , Ultrassom
5.
RELAMPA, Rev. Lat.-Am. Marcapasso Arritm ; 29(2): 78-81, mai.-jun.2016. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-794474

RESUMO

Durante anos, o tratamento com radioterapia de portadores de dispositivos eletrônicos implantáveisfoi considerado perigoso. Se a zona a ser irradiada envolvesse o lado em que o dispositivo estivesse localizado, aestratégia envolvia inclusive mudanças no local do implante. Passaram-se os anos e tanto os dispositivos como aradioterapia evoluíram, e o que antes era regra para a segurança do binômio marcapasso-radioterapia hoje pode serexceção. Relatamos o caso de um paciente portador de neoplasia maligna de lobo superior de pulmão direito, emposição ipsilateral ao marcapasso implantado previamente...


For years treatment with radiotherapy in patients with implantable electronic devices was considered dangerous. If the area to be irradiated involved the side where the device was located, the strategy involved including changes at the implant site. The years have gone by, the devices have evolved, radiotherapy has evolved,and what used to be the safety rule for the pacemaker-radiotherapy binomial may be the exception today. We report the case of a patient with malignant neoplasia of the upper lobe of the right lung, ipsilateral to a previously implanted pacemaker...


Assuntos
Humanos , Masculino , Idoso , Neoplasias Pulmonares/diagnóstico , Neoplasias Pulmonares/terapia , Marca-Passo Artificial , Pacientes , Radioterapia/métodos , Equipamentos e Provisões Elétricas/normas
6.
Rev. SOCERJ ; 19(4): 287-291, jul.-ago. 2006. ilus, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-438641

RESUMO

Objetivo: Analisar os resultados e as complicações em uma série de casos de ablação por radiofreqüência de taquicardia atrioventricular reentrante nodal (TAVN). Métodos: Foram estudados, retrospectivamente, 1428 pacientes submetidos à ablação por radiofreqüência do circuito da TAVN. Todos os pacientes apresentavam taquicardia clínica sintomática repetitiva e indução sustentada ou não-sustentada de TAVN no estudo eletrofisiológico. O procedimento utilizou o mapeamento anatômico do triângulo de Koch com aplicações de radiofreqüência controladas por temperatura (máximo 60 graus centígrados), objetivando a modificação ou a ablação da via lenta. Os pacientes foram revistos entre 15 e 90 dias após o procedimento. Resultados: A idade média da população estudada foi de 50 maior ou menor que 8 anos, sendo o sexo feminino o mais prevalente (76,2 por cento). A não-indução da arritmia, após a ablação por radiofreqüência, ocorreu em 98,89 por cento dos pacientes. Houve recorrência precoce em 1,75 por cento dos pacientes. As complicações irreversíveis observadas foram: bloqueio atrioventricular total, observado em 3 pacientes (0,21 por cento); pseudo-aneurisma de femoral necessitando de cirurgia em 1 paciente (0,07 por cento). A eficácia final, considerando-se apenas os casos curados sem complicações irreversíveis, foi de 96,85 por cento. Dois outros pacientes apresentaram tamponamento agudo na sala de exame, com imediata drenagem e recuperação. Conclusões: A ablação por radiofreqüência da TAVN nodal apresenta alta eficácia e baixíssima incidência de complicações.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pré-Escolar , Adolescente , Pessoa de Meia-Idade , Ablação por Cateter/métodos , Ablação por Cateter , Taquicardia por Reentrada no Nó Atrioventricular/classificação , Taquicardia por Reentrada no Nó Atrioventricular/complicações , Taquicardia por Reentrada no Nó Atrioventricular/diagnóstico , Fibrilação Atrial/complicações , Fibrilação Atrial/diagnóstico , Fibrilação Atrial/prevenção & controle
8.
Rev. SOCERJ ; 19(4): 331-338, jul.-ago. 2006. ilus, tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-438648

RESUMO

Objetivo: Determinar a acurácia dos algoritmos mais complexos na localização das vias acessórias e a influência do grau de pré-excitação nesta acurácia. Métodos: Cento e noventa pacientes portadores da síndrome de Wolff-Parkinson-White (WPW) submetidos à ablação tiveram o local efetivo da aplicação de radiofreqüência comparados com as regiões sugeridas por seis algoritmos descritos pelos seus autores e respectivos colaboradores: Gallagher, Iwa, Xie, Chiang, DapóstrofoÁvila e Arruda. A duração do QRS foi dividida em 3 faixas: menor que 120ms e 139ms e maior ou igual a 140ms. Resultados: Os algoritmos de melhor desempenho foram o de Arruda et al. e o de Chiang et al. (com uma acurácia de 55,7 por cento e 54,2 por cento, respectivamente p igual a 0,72). A localização da via anômala pode ser determinada independente da duração do QRS, quando se utilizou qualquer um dos 6 algoritmos. Conclusão: Os algoritmos de melhor desempenho foram o de Arruda et al. e o de Chiang et al. e as acurácias independem do grau de pré-excitação. Deve-se ter presente que a acurácia é baixa.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pré-Escolar , Criança , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Algoritmos , Eletrocardiografia/métodos , Eletrocardiografia , Síndrome de Wolff-Parkinson-White/complicações , Síndrome de Wolff-Parkinson-White/diagnóstico
9.
Rev. SOCERJ ; 19(2): 156-164, mar.-abr. 2006. ilus, tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-435859

RESUMO

Fundamentos: A localização da via anômala é útil para o planejamento da ablação por radiofreqüência nos pacientes portadores da síndrome de WPW. Diverso algorismos eletrocadiográficos são descritos na literatura com o objetivo de localizar essas vias. Eles são heterogêneos na complexidade, possuem diferentes acurácias e o grau de pré-excitação ventricular adequado para a análise do ECG não é conhecido. Objetivo: Determinar a acurácia dos algorismos mais simples na localização das vias acessórias e a influência do grau de pré-excitação nesta acurácia. Métodos: Foram comparadas, em 190 pacientes portadores da síndrome de WPW submetidos à ablação, as regiões-algoritmo descritas pelos seus autores e respectivos colaboradores: Frank, Wellens, Lindsay, Reddy, Milstein, Atié e Iturralde. A duração do QRS foi dividida em 3 faixas: menor que 120ms, entre 120ms e 139ms e maior que 140ms. Resultados: O algoritmo de melhor desempenho foi o de Milstein, com uma acurácia global de 67,8 por cento e estatisticamente superior aos demais. A localização da via anômala pode ser determinada independentemente da duração do QRS quando se utilizam os algoritmos descritos por Milstein, Atié, Lindsay, Wellens e Frank. conclusão: O algoritmo de melhor desempenho é o de Milstein e sua acurácia independente do grau de pré-excitação. Ressalte-se, como lembrança, que a acurácia é baixa.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Algoritmos , Eletrocardiografia/métodos , Eletrocardiografia , Síndrome de Wolff-Parkinson-White/complicações , Síndrome de Wolff-Parkinson-White/diagnóstico
10.
Rev. SOCERJ ; 19(1): 92-100, jan.-fev. 2006. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-436604

RESUMO

Objetivo: Avaliar a comparação entre a presença de atenuação intensa do sinal intracavitário através do mapeamento eletroanatômico e a presença de bloqueio de condução no istmo atrial direito em pacientes submetidos à ablação de flutter atrial. Métodos: Foram estudados vinte e oito pacientes sucessivos encaminhados para ablação de flutter istmo-dependente. A idade média foi de 60,96 anos, com 82,1 por cento dos pacientes do sexo masculino. Mapas eletroanatômicos de condução e voltagem foram gerados pré e pós-ablação e a presença de bloqueio de condução foi comparada com a atenuação do sinal intracavitário na região ablacionada. Foi considerada como atenuação intensa ("fibrose"), sinais menor que 0,1mV e tecido normal aquele com sinal maior que 1mV. Resultados: A média de 71,43 pontos foi utilizada para a construção de cada mapa, com desvio-padrão de 43,93 pontos. Os mapas construídos apresentaram um volume com média de 142,14mL e desvio-padrão de 32,6mL. O número de mapas construído por paciente variou de 3 a 5, com média e desvio-padrão de 33,3 maior ou menor que 0,6. O sucesso imediato da ablação nesta população estudada foi de 82,14 por cento (23/28). O valor de p encontrado na comparação entre atenuação da voltagem do sinal intracavitário ("fibrose") na região istmal e a presença de bloqueio de condução nesta área foi de 0,063. Conclusões: A metodologia empregada de análise de voltagem dos sinais intracavitários não se mostrou confiável em predizer a presença de bloqueio de condução istmal


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Arritmias Cardíacas , Ablação por Cateter/métodos , Ablação por Cateter , Flutter Atrial/classificação , Flutter Atrial/complicações , Flutter Atrial/diagnóstico
11.
Rev. bras. ciênc. morfol ; 6(1): 43-6, jan.-jun. 1989. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-94952

RESUMO

Foi estudado o crescimento dos metatarsais direitos de 31 fetos brasileiros (entre 15 e 36 semanas pós-concepçäo), com a utilizaçäo do método alométrico (log y= K log x + log b). Foram feitas as seguintes medidas: Comprimento Máximo da Porçäo Ossificada (OSL), Largura da Diáfise em sua Porçäo Média (MSL) e Peso dos Metatarsais (w). Os dados obtidos foram correlacionados com a Distância Vertex-Cocciyx (CR) e o Peso do Feto (VW). Os resultados mostraram um coeficiente K positivo, exceto para o peso do 3§ e 5§ metatarsais e para o MSL do 5§ metatarsal. Este estudo pode ser usado no acompanhamento do crescimento dos metatarsais e no diagnóstico de defeitos congênitos do pé


Assuntos
Humanos , Feto/anatomia & histologia , Metatarso/embriologia , Anormalidades Congênitas/diagnóstico , Desenvolvimento Fetal , Idade Gestacional , Matemática
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...