Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 4 de 4
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. enferm. UFPE on line ; 12(12): 3287-3294, dez. 2018. ilus, tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1000164

RESUMO

Objetivo: implementar o Processo de Enfermagem, com base nos sistemas de classificação, a um indivíduo com hérnia discal, fundamentado no Modelo de Relação Pessoa-a-Pessoa da teórica Joyce Travelbee. Método: trata-se de um estudo qualitativo, descritivo, do tipo caso clínico. Coletaram-se os dados com um indivíduo, por meio de entrevista clínica e exame físico, seguindo roteiro norteador para a construção do caso clínico. Fundamentou-se a análise dos dados na teoria de Enfermagem citada e os resultados apresentam-se em forma de figura. Resultados: revela-se que os diagnósticos, os resultados e as intervenções seguiram os sistemas de classificação da Enfermagem, sendo a Dor crônica e a Baixa autoestima situacional os principais diagnósticos trabalhados. Possibilitou-se, por meio do modelo de Travelbee, um olhar para além das necessidades físicas e biológicas. Conclusão: apontam-se o pensamento crítico e o raciocínio clínico, embasados teoricamente, como instrumentos e partes importantes do próprio processo de Enfermagem para a tomada de decisões.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Imagem Corporal , Teoria de Enfermagem , Dor Lombar , Terminologia Padronizada em Enfermagem , Deslocamento do Disco Intervertebral , Relações Enfermeiro-Paciente , Processo de Enfermagem , Pesquisa em Enfermagem Clínica , Pesquisa Qualitativa
2.
Rev. enferm. UFPE on line ; 10(5): 1685-1693, maio 2016. ilus
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-29651

RESUMO

Objetivo: conhecer as práticas de violência e de uso de drogas (i)lícitas de adolescentes. Método: estudodescritivo, tipo estudo de caso, realizado no Centro de Atenção Psicossocial Infanto-Juvenil, no período demaio a junho de 2013. Os sujeitos foram três adolescentes, e a coleta de dados se deu por meio deformulário, observação e consulta de prontuário. A análise dos dados consistiu na descrição dos achados emfiguras e casos individuais. Resultados: constatou-se que o uso/abuso de álcool e outras drogas pelosadolescentes prejudicou a adoção de uma rotina, suas relações interpessoais e a prática de atividades quepodem melhorar sua saúde e desenvolvimento corporal, além de induzir a praticas violentas para conseguirconsumir a droga. Conclusão: o uso de drogas (i)lícitas foi prejudicial para esses adolescentes, aproximandolhesde situações de violência.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adolescente , Violência , Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias , Transtornos Relacionados ao Uso de Álcool , Epidemiologia Descritiva , Saúde do Adolescente Institucionalizado , Centros de Tratamento de Abuso de Substâncias
3.
Rev Gaucha Enferm ; 37(1): e52887, 2016 Mar.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-27074304

RESUMO

Objective To reflect on violence against children and adolescents in psychic suffering, and nursing care based on social phenomenology. Method Theoretical study based on the conceptions of Alfred Schütz. Results The subject in psychic suffering shows conflicts in family relationships, and is often immersed in a biographical situation that removes their autonomy, contributing violence itself. Violence is a social phenomenon expressed through power relations in the everyday world and, through group relationships, resulting in suffering for the victims. Conclusions Studies performed by Schütz enable a new look for the nursing care/health professionals who deal with this problem by allowing them to know the biographical situation, and have full stock of knowledge about their patients, their motivations and the meanings these patients attribute to their experiences. This enables the overcoming of the biomedical model and leads to valuing interpersonal relations from the perspective of a culture of peace.


Assuntos
Criança Excepcional , Pessoas Mentalmente Doentes , Relações Enfermeiro-Paciente , Estresse Psicológico , Violência , Adolescente , Bullying , Maus-Tratos Infantis/prevenção & controle , Maus-Tratos Infantis/psicologia , Criança Excepcional/psicologia , Criança Institucionalizada/psicologia , Relações Familiares , Feminino , Humanos , Relações Interpessoais , Masculino , Pessoas Mentalmente Doentes/psicologia , Modelos Psicológicos , Papel do Profissional de Enfermagem , Cuidados de Enfermagem , Psicologia do Adolescente , Psicologia da Criança , Violência/prevenção & controle , Violência/psicologia
4.
Rev. gaúch. enferm ; 37(1): e52887, 2016.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-960711

RESUMO

RESUMO Objetivo : Refletir sobre a violência contra crianças e adolescentes em sofrimento psíquico e o cuidado de enfermagem a partir da fenomenologia social. Métodos : Estudo teórico fundamentada nas concepções de Alfred Schütz. Resultados : O sujeito em sofrimento psíquico apresenta conflitos nas relações familiares, estando imerso em uma situação biográfica que retira sua autonomia, contribuindo para que aconteça ações violentas. Trata-se de um fenômeno social expresso por meio das relações de poder no mundo cotidiano e, através das relações dos nós, resultam em danos para as vítimas. Conclusões : A fenomenologia de Schütz possibilita novo olhar para o cuidado de enfermagem/profissionais de saúde que lidam com essa problemática, por permitir conhecer a situação biográfica e estoque de conhecimento de seus pacientes, suas motivações e significados atribuídos às experiências vividas. Possibilitando a superação do modelo biomédico e valorizando as relações intersubjetivas na perspectiva de uma cultura de paz.


RESUMEN Objetivos : Reflexionar sobre la violencia contra los niños y adolescentes en sufrimiento psíquico y cuidado de enfermería basado en la fenomenología social. Métodos : Estudio teórico basado em concepciones de Alfred Schütz. Resultados : El sujeto en sufrimiento psíquico tiene conflictos en las relaciones familiares, estando inmerso en una situación biográfica que extrae su autonomía, contribuyendo a suceder acciones violentas. La violencia es un fenómeno social expresado a través de las relaciones de poder en el mundo cotidiano y, a través de las relaciones de los nodos, que resulta en daño a las víctimas. Conclusiones Schütz permite nueva imagen para los profesionales de la atención de enfermería /salud que se ocupan de este problema al permitir conocer la situación biográfica y acervo de conocimiento, sus motivaciones y significados atribuidos a experiencias. Posibilitando la superación del modelo biomédico y valoración de las relaciones interpersonales desde la perspectiva de una cultura de paz.


ABSTRACT Objective To reflect on violence against children and adolescents in psychic suffering, and nursing care based on social phenomenology. Method Theoretical study based on the conceptions of Alfred Schütz. Results The subject in psychic suffering shows conflicts in family relationships, and is often immersed in a biographical situation that removes their autonomy, contributing violence itself. Violence is a social phenomenon expressed through power relations in the everyday world and, through group relationships, resulting in suffering for the victims. Conclusions Studies performed by Schütz enable a new look for the nursing care/health professionals who deal with this problem by allowing them to know the biographical situation, and have full stock of knowledge about their patients, their motivations and the meanings these patients attribute to their experiences. This enables the overcoming of the biomedical model and leads to valuing interpersonal relations from the perspective of a culture of peace.

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA