Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 3 de 3
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
ABCS health sci ; 44(1): 52-57, 02 maio 2019. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-995050

RESUMO

INTRODUÇÃO: A preocupação com a segurança dos pacientes tornou-se prioritária nas últimas décadas, pois se trata de um princípio básico e importante requisito para garantia da qualidade do cuidado. OBJETIVO: Avaliar a cultura de segurança dos pacientes na perspectiva dos profissionais de saúde que trabalham em uma maternidade de risco habitual. MÉTODOS: Trata-se de um estudo transversal e quantitativo, com abordagem descritiva, realizado entre os meses de janeiro e março de 2017 com 21 profissionais de saúde atuantes em uma maternidade filantrópica do município de Lagarto, Sergipe, Brasil. As informações foram obtidas por meio do Safety Attitudes Questionnaire (SAQ), que avalia em escores as percepções de profissionais em relação à segurança do paciente em seis grandes domínios. Ressalta-se que é considerado escore positivo qualquer domínio com média≥75 pontos. RESULTADOS: Os domínios Clima de Trabalho em Equipe (escore=79,1), Satisfação no Trabalho (escore=81,4), Percepção do stress (escore=76,7) e Condições de Trabalho (escore=78,8) apresentaram-se com uma avaliação positiva no escore do instrumento utilizado (média≥75 pontos). Somente os domínios Clima de Segurança (escore=73,9) e Percepção da Gerência (escore=59,6) se mostraram com pontuação abaixo do escore esperado para a cultura de segurança do paciente. CONCLUSÃO: De modo geral, foi evidenciada uma cultura positiva de segurança do paciente na maternidade estudada, com necessidade de pequenas adequações no comprometimento organizacional e gerencial do serviço.


INTRODUCTION: Concern with patient safety has become a priority in the last decades, since it is a basic principle and an important requirement to guarantee the quality of care. OBJECTIVE: To evaluate the patient safety culture from the perspective of the health professionals who work in a low-risk maternity hospital. METHODS: A cross-sectional and quantitative study, with descriptive approach, carried out between January and March 2017 with 21 health professionals working in a nos-profit maternity hospital in the town of Lagarto, Sergipe, Brazil. The information was obtained through the Safety Attitudes Questionnaire (SAQ), which evaluates in scores the attitudes and professionals' perceptions regarding patient safety in six domains. Any domain with mean≥ 75 points is considered a positive score. RESULTS: The domains Teamwork Climate (score=79.1), Job Satisfaction (score=81.4), Stress Recognition (score=76.7) and Working Conditions (score=78.8) scored above 75 points. Only the domains Safety Climate (score=73.9) and Perception of Management (score=59.6) were below the expected scored for the patient safety culture. CONCLUSION: In general, a positive patient safety culture was found in the maternity hospital studied, with the necessity of organizational adaptations.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Equipe de Assistência ao Paciente , Qualidade da Assistência à Saúde , Atenção à Saúde , Segurança do Paciente , Maternidades
2.
Rev Bras Cir Cardiovasc ; 29(1): 25-30, 2014.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-24896159

RESUMO

OBJECTIVE: To evaluate the immunological profile and gene expression of endothelin-1 (ET-1) in mitral valves of patients with rheumatic fever originated from a reference service in cardiovascular surgery. METHODS: This was a quantitative, observational and cross-sectional study. Thirty-five subjects (divided into four groups) participated in the study, 25 patients with chronic rheumatic heart disease and ten control subjects. The mean age of the sample studied was 34.5 years. Seventeen of them (48.58%) were male and 18 (51.42%) were female. Inflammatory cytokines (TNF-α, IL-4 and IL-10) were measured and ten mitral valves of patients who underwent first valve replacement were collected for determination of gene expression of endothelin-1 by real time PCR. RESULTS: Among the groups studied (patients vs. controls), there was a statistically significant difference in IL-10 levels (P=0.002), and no differences in other cytokines. Expression of endothelin-1 was observed in 70% of samples. Quantitatively, average of ET-1 expression was 62.85±25.63%. CONCLUSION: Inflammatory cytokine IL-10 participates in the maintenance of chronicity of rheumatic fever in patients who underwent valve replacement and those who are undergoing medical treatment. The expression of endothelin-1 in heart valve lesions in patients undergoing mitral valve replacement confirms its association with inflammatory activity in rheumatic fever.


Assuntos
Endotelina-1/genética , Doenças das Valvas Cardíacas/genética , Interleucina-10/genética , Cardiopatia Reumática/genética , Adulto , Biomarcadores/sangue , Estudos de Casos e Controles , Estudos Transversais , Endotelina-1/sangue , Ensaio de Imunoadsorção Enzimática , Feminino , Expressão Gênica , Doenças das Valvas Cardíacas/sangue , Doenças das Valvas Cardíacas/cirurgia , Implante de Prótese de Valva Cardíaca , Humanos , Interleucina-10/sangue , Interleucina-4/sangue , Interleucina-4/genética , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Reação em Cadeia da Polimerase em Tempo Real , Cardiopatia Reumática/sangue , Cardiopatia Reumática/cirurgia , Espectrofotometria , Estatísticas não Paramétricas , Fator de Necrose Tumoral alfa/sangue , Fator de Necrose Tumoral alfa/genética , Adulto Jovem
3.
Rev. bras. cir. cardiovasc ; 29(1): 25-30, Jan-Mar/2014. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-710077

RESUMO

Objective: To evaluate the immunological profile and gene expression of endothelin-1 (ET-1) in mitral valves of patients with rheumatic fever originated from a reference service in cardiovascular surgery. Methods: This was a quantitative, observational and cross-sectional study. Thirty-five subjects (divided into four groups) participated in the study, 25 patients with chronic rheumatic heart disease and ten control subjects. The mean age of the sample studied was 34.5 years. Seventeen of them (48.58%) were male and 18 (51.42%) were female. Inflammatory cytokines (TNF-α, IL-4 and IL-10) were measured and ten mitral valves of patients who underwent first valve replacement were collected for determination of gene expression of endothelin-1 by real time PCR. Results: Among the groups studied (patients vs. controls), there was a statistically significant difference in IL-10 levels (P=0.002), and no differences in other cytokines. Expression of endothelin-1 was observed in 70% of samples. Quantitatively, average of ET-1 expression was 62.85±25.63%. Conclusion: Inflammatory cytokine IL-10 participates in the maintenance of chronicity of rheumatic fever in patients who underwent valve replacement and those who are undergoing medical treatment. The expression of endothelin-1 in heart valve lesions in patients undergoing mitral valve replacement confirms its association with inflammatory activity in rheumatic fever. .


Objetivo: Avaliar o perfil imunológico e a expressão gênica de endotelina-1 em valvas mitrais de pacientes com febre reumática, originados de um serviço de referência em cirurgia cardiovascular. Métodos: Este foi um estudo quantitativo, observacional e transversal. Trinta e cinco indivíduos (divididos em quatro grupos) participaram do estudo, 25 deles com doença cardíaca reumática crônica, além de 10 controles. A média de idade da amostra estudada foi de 34,5 anos. Dezessete (48,58%) dos indivíduos eram homens, e 18 (51,42%) eram mulheres. Foram medidas algumas citocinas inflamatórias (TNF-α, IL-4 e IL-10) e coletadas 10 valvas mitrais de pacientes que se submeteram a primeira troca valvar para determinação da expressão gênica de endotelina-1 pelo PCR real-time. Resultados: Entre os grupos estudados (pacientes e controles), observou-se diferença estatisticamente significante em relação aos níveis de IL-10 (P=0,002), sem diferenças nas outras citocinas. Em relação à endotelina-1, foi observada sua expressão em 70% das amostras. Quantitativamente, a expressão média de endotelina-1 foi de 62,85±25,63%. Conclusão: A citocina inflamatória IL-10 participa da manutenção da cronicidade da febre reumática em pacientes que se submeteram a troca valvar e naqueles que estão em tratamento médico. A expressão de endotelina-1 nas lesões em valvas cardíacas de pacientes que foram submetidos à troca valvar mitral confirma sua relação com a atividade inflamatória na febre reumática. .


Assuntos
Adulto , Feminino , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Adulto Jovem , Endotelina-1/genética , Doenças das Valvas Cardíacas/genética , /genética , Cardiopatia Reumática/genética , Biomarcadores/sangue , Estudos de Casos e Controles , Estudos Transversais , Ensaio de Imunoadsorção Enzimática , Endotelina-1/sangue , Expressão Gênica , Implante de Prótese de Valva Cardíaca , Doenças das Valvas Cardíacas/sangue , Doenças das Valvas Cardíacas/cirurgia , /sangue , /genética , /sangue , Reação em Cadeia da Polimerase em Tempo Real , Cardiopatia Reumática/sangue , Cardiopatia Reumática/cirurgia , Espectrofotometria , Estatísticas não Paramétricas , Fator de Necrose Tumoral alfa/sangue , Fator de Necrose Tumoral alfa/genética
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA