Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 2 de 2
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. APS ; 16(1)2013.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-689518

RESUMO

Detectar precocemente atraso no desenvolvimento neuropsicomotor (DNPM) proporciona grandes benefícios para a criança, a família e a sociedade. Por esse motivo, é recomendado o acompanhamento do DNPM através de testes nos controles de crescimento e desenvolvimento da criança. Objetivo: Avaliar o desenvolvimento neuropsicomotor em crianças menores de um ano de idade, atendidas por equipe de Programa Saúde da Família (PSF) em Rio Branco, Acre, via Teste de Denver II. Metodologia: Trata-se de estudo transversal no qual foram selecionadas e avaliadas todas as crianças cadastradas pelos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) do PSF. A avaliação do DNPM foi realizada utilizando o Teste de Denver II. Foram consideradas ?suspeitas de atraso? aquelas crianças que apresentaram falha em dois ou mais itens do teste para a idade. Resultados: O Teste de Denver II detectou, entre as 47 crianças avaliadas, seis (12,8%) suspeitas de atraso no desenvolvimento, sendo a área motora grosseira a mais acometida. A maior proporção ocorreu na faixa etária de quatro a seis meses (27,3%), sendo que quatro (13,3%) eram do sexo feminino. Conclusões: As suspeitas de atraso observadas mostram a importância de acompanhar o DNPM, podendo, assim, detectar retardos sutis do neurodesenvolvimento que, em outras condições, tardariam anos em ser detectados e, dessa forma, poder iniciar intervenção precoce para inserir estas crianças no ambiente social.


To detect early the developmental delay is a great benefit to the child, family and society. For this reason it is recommended to monitor the developmental delay by testing the controls of growth and development of children. Objective: Assess the neurodevelopment of children under one year old, assisted by a team from the Family Health Program (FHP) in Rio Branco, Acre, using the Denver II Test. Methodology: This is a population-based cross-sectional study, which was selected for all children registered by the Community Health Agents (CHA) from the FHP. The evaluation of the developmental delay was performed using the Denver II Test. Were considered ?suspected delayed? children who have failed two or more test items for their age. Results: The Denver II Test detected among the 47 children evaluated, 6 (12.8%) suspected developmental delays, gross motor area being the most affected. The greatest proportion occurred between the ages of 4 to 6 months (27.3%), and 4 (13.3%) were female. Conclusions: Suspected of delay observed, indicates that the importance of monitoring can therefore detect subtle neurodevelopment delays, which in other circumstances, it would be detected years later and thus to be able to initiate early an intervention for these children to enter in the social environment.


Assuntos
Desenvolvimento Infantil , Estratégias de Saúde Nacionais , Saúde da Criança , Insuficiência de Crescimento
2.
Rev. aten. primária saúde ; 8(2): 123-142, jul.-dez. 2005. ilus
Artigo em Português | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-55296

RESUMO

Com o objetivo de propor modelo de prontuário para Estratégia Saúde da Família (ESF), foi utilizada análise secundária de dados com revisão de prontuários de Programas de Residência Médica (PRM) de Medicina de Família e Comunidade (MFC) do Brasil e de países da América Latina e do Canadá. O modelo preliminar foi discutido com gestores públicos, membros de equipes da ESF da cidade de Rio Branco (Acre) e da lista eletrônica da Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade. Dos 31 PRMs de MFC, apenas 3 enviaram modelo de prontuário e 12 justificaram o não encaminhamento pela simplicidade dos seus formulários. Das oito instituições estrangeiras, sete encaminharam os seus modelos de prontuário. O modelo proposto de prontuário, anexo a este trabalho, foi dividido em três partes: caracterização da família; indicadores socioeconômicos e dados pessoais dos moradores de cada domicílio. Apesar dos poucos prontuários revistos, os resultados evidenciaram a carência dessas informações no Brasil, e consequentemente, necessidade do fomento visando criação e à avaliação contínua de modelos de prontuários de família. (AU)


Assuntos
36397 , Medicina de Família e Comunidade , Registros Médicos , Brasil
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...