Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 3 de 3
Filtrar
Mais filtros










Tipo de estudo
Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. bras. reumatol ; 55(2): 181-184, Mar-Apr/2015. graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-746147

RESUMO

Paciente do sexo feminino, queixando-se de astenia e dor em hipogastro, foi admitida no pronto-socorro do Hospital Universitário do Oeste do Paraná (HUOP). Durante a anamnese relatou tratamento de infecção crônica pelo vírus da hepatite C (VHC) com inteferon peguilado e ribavirina. Dentre os exames laboratoriais solicitados, a pesquisa de autoanticorpos contra antígenos celulares (PAAC-HEp-2), conhecido tradicionalmente como fator antinúcleo (FAN), apresentou fluorescência em forma de bastões e/ou anéis no citoplasma das células. Esse padrão é caracterizado por bastões de 3-10 µm e anéis com 2-5 µm de diâmetro espalhados através do citoplasma da célula. Portanto, esse novo padrão tem sido designado como "bastões e anéis" (traduzido do inglês: Rods and Rings, RR). O alvo antigênico dessa reação foi identificado como inosina-5'-monofosfato desidrogenase tipo 2 (IMPDH2) que é uma enzima chave na síntese de nucleotídeos púricos. A enzima IMPDH2 agregada ou modificada em forma de RR nos pacientes tratados com ribavirina pode tornar-se antigênica e induzir uma resposta autoimune. É possível que o interferon alfa estimule a ocorrência de reatividade anti-RR aparentemente induzida pela ribavirina. Até o momento não se sabe por que o padrão RR em células HEp-2 ocorrem apenas em uma fração de pacientes portadores do VHC. Os dados apresentados em trabalhos anteriores possibilitam afirmar que esses anticorpos associados ao padrão RR estão fortemente relacionados com o tratamento da hepatite C. Além disso, pode-se afirmar que a ocorrência de reatividade anti-RR é promovida pela terapia combinada com interferon alfa e ribavirina.


Female patient, complaining of weakness and pain in hypogastric, was admitted to the emergency department of the University Hospital of the West of Paraná (HUOP). During the interview reported treatment of chronic infection with hepatitis C virus (HCV) with peginterferon and ribavirin. Among the laboratory tests ordered, the search for self-antibodies against cellular antigens, traditionally known as antinuclear factor, showed fluorescence shaped like rods and/or rings in the cytoplasm of cells. This study attempts to clarify the relationship between this pattern not yet completely understood and the clinical picture of the patient. This pattern is characterized by 3–10 µm rods or rings with 2–5 µm in diameter scattered throughout the cytoplasm of the cell. Therefore, this new standard has been designated as "rods and rings" (RR). The antigenic target of this reaction was identified as inosine-5'-monophosphate dehydrogenase type 2 (IMPDH2) which is a key enzyme in the synthesis of purine nucleotides. The IMPDH2 enzyme aggregated or modified shaped RR in those patients treated with ribavirin may become antigenic and induce an autoimmune response. It is possible that interferon alpha stimulates the occurrence of anti-RR reactivity apparently induced by ribavirin. So far it is not known why the standard RR in HEp2 cells occurs only in a fraction of patients with HCV. Previous studies presented in this paper allow affirming that these antibodies associated with the standard RR are strongly related to hepatitis C. Moreover, it can be stated that the occurrence of anti-RR reactivity is promoted by combination therapy with interferon and ribavirin.


Assuntos
Humanos , Feminino , Antivirais/uso terapêutico , Citoplasma/ultraestrutura , Hepatite C Crônica/tratamento farmacológico , Hepatite C Crônica/patologia
2.
Rev Bras Reumatol ; 55(2): 181-4, 2015.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-25476473

RESUMO

Female patient, complaining of weakness and pain in hypogastric, was admitted to the emergency department of the University Hospital of the West of Paraná (HUOP). During the interview reported treatment of chronic infection with hepatitis C virus (HCV) with peginterferon and ribavirin. Among the laboratory tests ordered, the search for self-antibodies against cellular antigens, traditionally known as antinuclear factor, showed fluorescence shaped like rods and/or rings in the cytoplasm of cells. This study attempts to clarify the relationship between this pattern not yet completely understood and the clinical picture of the patient. This pattern is characterized by 3-10 µm rods or rings with 2-5 µm in diameter scattered throughout the cytoplasm of the cell. Therefore, this new standard has been designated as "rods and rings" (RR). The antigenic target of this reaction was identified as inosine-5'-monophosphate dehydrogenase type 2 (IMPDH2) which is a key enzyme in the synthesis of purine nucleotides. The IMPDH2 enzyme aggregated or modified shaped RR in those patients treated with ribavirin may become antigenic and induce an autoimmune response. It is possible that interferon alpha stimulates the occurrence of anti-RR reactivity apparently induced by ribavirin. So far it is not known why the standard RR in HEp2 cells occurs only in a fraction of patients with HCV. Previous studies presented in this paper allow affirming that these antibodies associated with the standard RR are strongly related to hepatitis C. Moreover, it can be stated that the occurrence of anti-RR reactivity is promoted by combination therapy with interferon and ribavirin.


Assuntos
Antivirais/uso terapêutico , Citoplasma/ultraestrutura , Hepatite C Crônica/tratamento farmacológico , Hepatite C Crônica/patologia , Feminino , Humanos
3.
Rev. bras. anal. clin ; 47(4): 147-152, 2015. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-797098

RESUMO

A demonstração clínica da função renal é primordial para a prática médica. A taxa de filtração glomerular (TFG) é uma medição direta da função renal e é reduzida antes do início dos sintomas deinsuficiência renal. Determinar essa taxa é crucial para o diagnóstico e estadiamento da doença renal crônica (DRC) e para a avaliação da resposta aotratamento. A TFG pode ser estimada utilizando-se equações matemáticas empíricas baseadas na dosagem de creatinina sérica, como a MDRD e CKD-EPI. Seu uso tem sido incentivado como um meio simples, rápido e viável da avaliação da função renal. O objetivo deste estudo foi comparar a eTFG gerada pelas equações MDRD e CKD-EPI em indivíduos não diagnosticados com DRC. Foram selecionados noventa pacientes atendidos no Ambulatório do Hospital Universitário do Oeste do Paraná (HUOP). Entre os pacientesselecionados para o estudo, a e TFG média obtida, utilizando-se as fórmulas CKD-EPI e MDRD, foi de 91ml/min/1,73 m2 (DP±28) e 93 ml/min/1,73 m2 (DP±41). A taxa global de pacientes com eTFG <60 ml/min/1,73 m2 , utilizando-se o cálculo do CKD-EPI, foi de 14%e, com o MDRD, foi de 17%. Foi possível concluir que a TFG de pacientes ambulatoriais apresentando ou não comorbidades pré-existentes pode ser estimada tanto pela equação CKD-EPI quanto pelo estudo MDRD...


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto Jovem , Creatinina , Diabetes Mellitus , Taxa de Filtração Glomerular , Hipertensão , Insuficiência Renal Crônica/diagnóstico
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA