Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 19 de 19
Filtrar
1.
RELAMPA, Rev. Lat.-Am. Marcapasso Arritm ; 31(1): 17-19, jan.-mar. 2018. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-905677

RESUMO

A cirurgia minimamente invasiva é segura e eficaz no tratamento de diversas afecções cardíacas, com evolução intra-hospitalar bastante positiva. Descrevemos aqui o caso de paciente do sexo masculino, com 72 anos de idade, portador de comunicação interatrial com shunt bidirecional e bloqueio atrioventricular avançado com síncope. Foi contraindicado o fechamento da comunicação interatrial e indicado marcapasso dupla-câmara com cabos-eletrodos epicárdicos em decorrência da presença do shunt. O procedimento foi realizado por meio de minitoracotomia direita, com implante de cabos-eletrodos atrial e ventricular direitos bipolares, com gerador implantado em loja subcutânea na região infraclavicular direita. O paciente apresentou boa evolução, recebendo alta no quarto dia de pós-operatório em boas condições


Minimally invasive cardiac surgery is safe and effective in the treatment of a wide range of cardiac diseases, with very positive in-hospital outcomes. We describe the case of a 72-year-old male patient, with atrial septal defect, bidirectional shunt and advanced atrioventricular block with syncope. The atrial septal defect closure was contraindicated and he was referred for a dual-chamber pacemaker and epicardial leads implantation due to the presence of shunt. The patient underwent a right minithoracotomy with the implantation of bipolar atrial and ventricular leads and placement of a pacemaker generator in a subcutaneous envelope in the right infraclavicular region. The patient evolved well and was discharged on the fourth postoperative day in good conditions


Assuntos
Humanos , Masculino , Idoso de 80 Anos ou mais , Marca-Passo Artificial , Pericárdio , Toracotomia/métodos , Eletrodos , Átrios do Coração , Bloqueio Cardíaco/terapia , Comunicação Interatrial/terapia , Cirurgia Torácica/métodos
2.
Rev. Soc. Bras. Clín. Méd ; 13(4): 269-272, out-dez 2015. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-785265

RESUMO

Paciente masculino, 57 anos, hipertenso, etilista, ex-tabagista, com quadro anterior de acidente vascular encefálico por aneurisma em artéria cerebral média em 1998. No ano de 2013, com sintomas de cansaço e mialgias, pensava estar com dengue, não suportando ficar de pé devido às dores em membros inferiores. Concomitantemente, apresentou paralisia facial central e perda da força motora em membro inferior direito, sendo internado com diagnóstico de acidente vascular encefálico isquêmico. Constatou-se também isquemia subepicárdica lateral alta ao eletrocardiograma, apesar de o paciente se apresentar oligossintomático sob o ponto de vista cardiovascular, sendo submetido a diversas investigações angiográficas e angiotomográficas, possibilitando o diagnóstico do aneurisma de aorta abdominal infrarrenal silencioso. As inespecificidades e o quadro clínico assintomático da doença são dificuldades comumente encontradas no diagnóstico, tornando-se fundamental a utilização de técnicas complementares de alta complexidade para definição do diagnóstico por imagem. São essenciais as atualizações e pesquisas sobre o presente tema, aumentando a acurácia e a precocidade do diagnóstico, e diminuindo, portanto, a morbimortalidade dos pacientes portadores de aneurisma de aorta abdominal.


Abdominal aortic aneurysm (AAA) is an irreversible aortic dilatation below renal arteries, usually, asymptomatic, showing high morbidity and mortality, becoming relevant this clinical report. Abdominal aortic aneurysm is particularly difficult to diagnose. This study aims to describe in detail the diagnostic process in several levels: syndromic functional, anatomical and etiological and commonly difficulties encountered. Male, 57 year-old, hypertensive, alcoholic and smoker with a previous history of stroke due to middle cerebral artery aneurysm in 1998. In the year 2013 with symptoms of fatigue and muscle pain, thought to have dengue, he wasn't supporting to stand up due to a pain in the lower limbs (LL). Simultaneously he suffered central facial paralysis and loss of motor strength in the right leg. Therefore he was hospitalized with a diagnosis of a new stroke. He showed also high lateral subepicardial ischemia on electrocardiogram, although he had a few atipical cardiovascular symptoms. The patient was submitted to diverse angiographic and angiotomographies investigations, allowing the precise diagnosis of a silent infrarenal Abdominal aortic aneurysm . The authors present a clinical case of infrarenal Abdominal aortic aneurysm, reporting diferentt clinical procedures. The report also discusses the endovascular therapeutic approach and the clinical screening and diagnostic methods. The unspecific and asymptomatic clinical picture of this disease were commonly found difficulties in diagnosis, becoming essential the use of complementary techniques of high definition for diagnostic imaging. Updates are required and research on this topic increasing the accuracy for an early diagnosis and treatment, reducing therefore the morbidity and mortality of these patients.


Assuntos
Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Aneurisma da Aorta Abdominal/diagnóstico , Acidente Vascular Cerebral , Hipertensão
3.
RELAMPA, Rev. Lat.-Am. Marcapasso Arritm ; 27(2): 94-105, abr.-jun.2014.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-727489

RESUMO

O implante de cardiodesfibriladores automáticos surgiu na década de 1980 como tratamentoalternativo na prevenção de arritmias graves em pacientes sobreviventes de fibrilação ventricular ou taquicardiaventricular sintomática. Os resultados iniciais mostraram resultados favoráveis à prevenção de morte súbita eredução de mortalidade geral com o uso desses dispositivos. Diante disso, a comprovação dessas evidências porestudos randomizados tornou-se de suma importância para indicação dessa prótese. A revisão dos resultadosdesses estudos demonstrou que o implante de cardiodesfibrilador automático éprimeira opção na terapêuticade pacientes com taquicardia ventricular sustentada ou fibrilação ventricular com comprometimentohemodinâmico, sendo também superior ao tratamento farmacológico em pacientes com taquicardia ventricularsustentada sintomática ou após ressuscitação de parada cardiorrespiratória. Nos casos de doença arterialcoronária, disfunção ventricular esquerda e presença de potenciais tardios ao eletrocardiograma, não háevidências em favor do implante desse dispositivo. O implante profilático de cardiodesfibrilador implantável empacientes de alto risco com infarto agudo do miocárdio recente não reduz a mortalidade geral. Esse dispositivonão representa benefícios para a sobrevivência nos casos de cardiomiopatia dilatada idiopática. A terapia comcardiodesfibrilador implantável combinada à terapia de ressincronização cardíaca melhora a qualidade devida, a classe funcional e a capacidade física na insuficiência cardíaca moderada a grave. Esse dispositivo estáassociado a redução equivalente da mortalidade em idosos e em indivíduos mais jovens, sem comprometimentoda qualidade de vida nos idosos, excluindo-se pacientes com comorbidades graves. O objetivo deste artigo érevisar os principais estudos clínicos em cardiodesfibrilador implantável, avaliando aspectos essenciais paraindicação dessa terapêutica.


The implantation of implantable cardioverter-defibrillators emerged in the 1980s as an alternativetreatment in the prevention of serious arrhythmias in survivors of ventricular fibrillation or symptomatic ventriculartachycardia. Initial results showed favorable for prevention of sudden death and overall mortality reduction withimplantable cardioverter-defibrillator results. Therefore, the evidence of such evidence by randomized trials hasbecome of paramount importance for implantable cardioverter-defibrillator indication. A review of the results of hese studies demonstrated that implantable cardioverter-defibrillator implantation is first choice in the treatmentof patients with sustained ventricular tachycardia or ventricular fibrillation with hemodynamic compromise,being also superior to medical therapy in patients with symptomatic sustained ventricular tachycardia or afterresuscitation from cardiac arrest. In cases of coronary artery disease, left ventricular dysfunction and presenceof late potentials on electrocardiogram, there is no evidence in favor of implantable cardioverter-defibrillatorimplantation. Prophylactic implantable cardioverter-defibrillator implantation in high-risk patients with recentacute myocardial infarction does not reduce overall mortality. The implantable cardioverter-defibrillator doesnot represent benefits for survival in cases of idiopathic dilated cardiomyopathy. Combination therapy withimplantable cardioverter-defibrillator and cardiac resynchronization therapy improves quality of life, functionalclass and exercise capacity in moderate to severe heart failure. The implantable cardioverter-defibrillator isassociated with an equivalent reduction of mortality in elderly and younger subjects without impairment ofquality of life in elderly patients, excluding patients with severe comorbidities.


Assuntos
Humanos , Adulto Jovem , Idoso , Arritmias Cardíacas/complicações , Insuficiência Cardíaca/diagnóstico , Morte Súbita Cardíaca/prevenção & controle , Desfibriladores Implantáveis , Epidemiologia Experimental , Medicina Baseada em Evidências , Estimulação Cardíaca Artificial/métodos
5.
RELAMPA, Rev. Lat.-Am. Marcapasso Arritm ; 26(3): 151-161, jul.-set. 2013. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-716124

RESUMO

A terapia de ressincronização cardíaca (TRC) surgiu como modalidade terapêutica para pacientes com insuficiência cardíaca (IC) refratária ao tratamento farmacológico. Ao longo dos últimos 15 anos, vários estudos clínicos buscaram estabelecer seus benefícios em diferentes populações. A revisão dos resultados desses estudos demonstrou que em pacientes com IC avançada (classe funcional III-IV da New York Heart Association - NYHA) a TRC produz melhorias consistentes para qualidade de vida, classe funcional e capacidade de exercício, além de reduzir as hospitalizações e a taxa de mortalidade. Esses efeitos benéficos são decorrentes do remodelamento reverso do ventrículo esquerdo, com melhoria da função ventricular. Em relação aos pacientes com IC leve a moderada (classe funcional I-II da NYHA), os resultados são controversos, embora a maioria dos estudos tenha demonstrado efeitos benéficos da TRC. Em pacientes com fibrilação atrial, existem poucos estudos bem delineados publicados, mas os resultados são favoráveis à TRC. Até 50% dos pacientes submetidos à TRC evoluem como não respondedores e a identificação destes pacientes é um desafio. Dessa maneira, várias questões ainda precisam ser elucidadas, particularmente os critérios preditivos da resposta à TRC e os benefícios da TRC nos pacientes com IC discreta, fibrilação atrial e outras arritmias. O objetivo deste artigo é revisar os principais estudos clínicos em TRC, abordando aspectos inerentes a essa modalidade terapêutica.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Insuficiência Cardíaca , Ensaios Clínicos Controlados Aleatórios como Assunto , Terapia de Ressincronização Cardíaca/métodos , Tratamento Farmacológico , Ecocardiografia/métodos , Exercício/fisiologia , Função Ventricular/fisiologia , Qualidade de Vida
6.
Rev. bras. estud. popul ; 28(1): 169-186, jan.-jun. 2011. ilus, graf, mapas, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-592707

RESUMO

A análise de indicadores socioeconômicos permite uma leitura da realidade capaz de gerar subsídios para o planejamento urbano e a gestão municipal. O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é um importante mensurador do nível de desenvolvimento de um município, por aferir condições de renda, educação e longevidade, mas não é capaz de mostrar as diferenças sociais dentro do município. Neste sentido, para melhor entender a questão socioespacial urbana, a construção de indicadores locais (como o IDH setorizado) torna-se uma importante ferramenta de análise. A metodologia de cálculo deste índice foi adaptada aos dados do Censo 2000 do IBGE, disponibilizados de forma agregada por setores censitários, que constituem a menor unidade de análise territorial composta de dados censitários. De modo a compreender melhor a distribuição e continuidade espacial do IDH, este trabalho propõe a aplicação de técnicas de geoestatística aliadas ao geoprocessamento. Tem-se, portanto, a análise da continuidade espacial do IDH intraurbano, por meio do interpolador geoestatístico de Krigagem Ordinária. Esse processo permite inferir sobre o comportamento espacial do desenvolvimento humano, que possui uma variação contínua no espaço. Ressalta-se que se trata de inferências não sobre os valores locais do IDH, mas sim sobre as tendências da variabilidade do indicador. Os resultados se mostraram satisfatórios, visto que é possível fazer a leitura espacial do desenvolvimento humano intraurbano a partir dos dados secundários apresentados pelo Censo.


El análisis de indicadores socioeconómicos permite una lectura de la realidad capaz de contribuir a la planificación urbana y gestión municipal. El Índice de Desarrollo Humano (IDH) es un importante medidor del nivel de desarrollo de un municipio, por contrastar condiciones de renta, educación y longevidad, sin embargo, no es capaz de manifestar las diferencias sociales dentro del municipio. En este sentido, con el objeto de entender mejor la cuestión socio-espacial urbana, la creación de indicadores locales (como el IDH sectorizado) se convierte en una importante herramienta de análisis. La metodología de cálculo de este índice fue adaptada a los datos del Censo 2000 del IBGE, que se encuentran disponibles agregadamente por sectores censitarios, que constituyen la menor unidad de análisis territorial compuesta por datos censitarios. Con el fin de que se comprenda mejor la distribución y continuidad espacial del IDH, este trabajo propone la aplicación de técnicas de geoestadística vinculadas al geoprocesamiento. Se consigue, por tanto, el análisis de la continuidad espacial del IDH intraurbano, por medio del interpolador geoestadístico de Krigeaje Ordinario. Este proceso permite inferir el comportamiento espacial del desarrollo humano, que posee una variación continua en el espacio. Se resalta que se trata de inferencias no sobre los valores locales del IDH, sino sobre las tendencias de la variabilidad del indicador. Los resultados se mostraron satisfactorios, visto que es posible hacer una lectura espacial del desarrollo humano intraurbano, a partir de los datos secundarios presentados por el censo.


Analyses of socioeconomic indicators allow a way to read reality that can generate information for urban planning and municipal management. The Human Development Index (HDI) is an important measure of the level of development in a municipality, as it calculates income, education and longevity. However, it is unable to indicate social differences within a municipality. To better understand the question of urban socio-spatiality, the construction of local indicators (such as sectorial HDIs) becomes an important analytic tool. The methodology for calculating this index was adapted to data from the Brazilian Census of 2000, which is arranged in an aggregated way per census sector, which constitute the smallest unit of territorial analysis based on census data. In order to better understand the distribution and spatial continuity of the intra-urban HDI, this article proposes that geo-statistic techniques be applied in conjunction with geo-processing. In this way, researchers have at hand an analysis of the spatial continuity of an intra-urban HDI by using an ordinary geo-statistic kriging interpolator. It thus becomes possible to infer regarding the spatial behavior of human development, which always shows continuous variation in space. It should be stressed that such inferences refer not to local levels of the HDI but rather to trends in the variability of the indicator. The results are considered satisfactory since a spatial reading of intra-urban human development can be made on the basis of secondary data generated by the census.


Assuntos
Censos , Indicadores de Desenvolvimento , Longevidade , Brasil , Escolaridade , Renda , Fatores Socioeconômicos
7.
Rev. bras. ecocardiogr. imagem cardiovasc ; 23(1): 47-50, jan.-mar. 2010. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-538312

RESUMO

Pseudocardiomegalia tem sido relatada nos casos de linfoma, timomas, efusões pericárdicas, pectus escavatum, timolipomas, hérnias viscerais e outras situações. O tecido adiposo epicárdico é, geralmente, medido na parede livre do ventrículo direito (VD). Descreve-se caso de pseudocardiomegalia ocasionada por gordura epicárdica de ventrículo esquerdo (VE), associada à síndrome metabólica.


Assuntos
Humanos , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Tecido Adiposo , Cardiomegalia/complicações , Cardiomegalia/diagnóstico , Pericárdio/lesões , Fatores de Risco
8.
Rev. bras. ecocardiogr. imagem cardiovasc ; 22(2): 49-52, abr.-jun. 2009. ilus
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-514955

RESUMO

Pericardite purulenta é doença rara e potencialmente fatal. O diagnóstico e tratamento são difíceis. Antibioticoterapia e drenagem do pericárdio são essenciais para o tratamento de pericardite purulenta. Descrevemos caso não usual de paciente diabético com pericardite purulenta e abscesso prostático com boa evolução após tratamento adequado.


Assuntos
Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Derrame Pericárdico/complicações , Derrame Pericárdico/mortalidade , Infecções Bacterianas/complicações , Infecções Bacterianas/diagnóstico , Diabetes Mellitus/diagnóstico
9.
In. Serrano Júnior, Carlos V; Timerman, Ari; Stefanini, Edson. Tratado de Cardiologia SOCESP. São Paulo, Manole, 2 ed; 2009. p.1615-1633.
Monografia em Português | LILACS | ID: lil-602620
10.
Arq Bras Cardiol ; 90(3): 160-6, 2008 Mar.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-18392394

RESUMO

BACKGROUND: The ideal programming of the implantable cardioverter defibrillator (ICD) shock energy should be at least 10J above the defibrillation threshold (DFT), requiring alternative techniques when the DFT is elevated. OBJECTIVE: To assess the clinical behavior of ICD patients with DFT>25J and the efficacy of the chosen therapy. METHODS: Patients who had undergone ICD implantation between Jan/00 and Aug/04 (prospective database) and presented intraoperative DFT>25J were selected. The analyzed variables were: clinical characteristics, LVEF, rescue of arrhythmic events from ICD and causes of deaths. RESULTS: among 476 patients, 16 (3.36%) presented DFT>25J. The mean age was 56.5 years, and 13 patients (81%) were men. According to the baseline cardiomyopathy, 09 patients had Chagas' disease, 04 had ischemic cardiomyopathy and 03 had idiopathic cardiomyopathy. Mean LVEF was 0.37 and amiodarone was used by 94% of the patients. Mean follow-up (FU) period was 25.3 months. DFT was higher than maximum energy shock (MES) in 2 patients and it was necessary to implant an additional shock electrode (array). It was programmed MES in ventricular fibrillation zone of ICD therapy in the other patients. In the FU, 03 patients had 67 successful appropriate shock therapies (AST). There were 05 noncardiac and 02 heart failure deaths. The patients who died showed higher DFT levels (p=0.044) without correlation with death because there wasn't unsuccessful AST. CONCLUSION: In this cohort of ICD patients, the occurrence of elevated DFT (>25J) was low, leading to alternative therapies. There was an association with severe ventricular dysfunction, although without correlation to the causes of death.


Assuntos
Arritmias Cardíacas/terapia , Desfibriladores Implantáveis , Cardioversão Elétrica , Amiodarona/uso terapêutico , Antiarrítmicos/uso terapêutico , Arritmias Cardíacas/tratamento farmacológico , Arritmias Cardíacas/mortalidade , Morte Súbita Cardíaca/etiologia , Morte Súbita Cardíaca/prevenção & controle , Desfibriladores Implantáveis/normas , Limiar Diferencial , Cardioversão Elétrica/normas , Técnicas Eletrofisiológicas Cardíacas , Feminino , Seguimentos , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Estudos Prospectivos , Taquicardia Ventricular/terapia , Fibrilação Ventricular/terapia
11.
Arq. bras. cardiol ; 90(3): 177-184, mar. 2008. ilus, graf, tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: lil-479618

RESUMO

FUNDAMENTO: A programação ideal da energia de choque do CDI deve ser pelo menos 10 J acima do limiar de desfibrilação (LDF), necessitando de técnicas alternativas quando o LDF é elevado. OBJETIVO: Avaliar o comportamento clínico dos portadores de CDI com LDF>25 J e a eficácia da terapêutica escolhida. MÉTODOS: Foram selecionados portadores de CDI, entre janeiro de 2000 e agosto de 2004 (banco de dados prospectivo), com LDF>25 J intra-operatório, e analisaram-se: características clínicas, FEVE, resgate de eventos arrítmicos pelo CDI e óbitos. RESULTADOS: dentre 476 pacientes, 16 (3,36 por cento) apresentaram LDF>25J. Idade média de 56,5 anos, sendo 13 pacientes (81 por cento) do sexo masculino. Quanto à cardiopatia de base 09 eram chagásicos, 04 isquêmicos e 03 com etiologia idiopática. A FEVE média dos pacientes foi 37 por cento e 94 por cento utilizavam amiodarona. O seguimento médio foi de 25,3 meses. Em 02 pacientes com LDF > Choque Máximo (CM), foi necessário implante de eletrodo de choque adicional (array), sendo mantido programação com CM em zona de FV (>182bpm) nos demais. Durante o seguimento 03 pacientes apresentaram 67 terapias de choque apropriadas (TCA) com sucesso. Ocorreram 07 óbitos sendo 5 por causas não cardíacas e 2 por insuficiência cardíaca avançada. Os pacientes que foram a óbito apresentaram níveis de LDF maiores (p=0,0446), entretanto sem relação com a causa dos mesmos tendo em vista que não ocorreram TCA sem sucesso. CONCLUSÃO: Nessa coorte de pacientes com CDI, a ocorrência de LDF elevado foi baixa, implicando terapêuticas alternativas. Houve associação com disfunção ventricular grave, entretanto sem correlação com as causas de óbito.


BACKGROUND: The ideal programming of the implantable cardioverter defibrillator (ICD) shock energy should be at least 10J above the defibrillation threshold (DFT), requiring alternative techniques when the DFT is elevated. OBJECTIVE: To assess the clinical behavior of ICD patients with DFT>25J and the efficacy of the chosen therapy. METHODS: Patients who had undergone ICD implantation between Jan/00 and Aug/04 (prospective database) and presented intraoperative DFT>25J were selected. The analyzed variables were: clinical characteristics, LVEF, rescue of arrhythmic events from ICD and causes of deaths. RESULTS: among 476 patients, 16 (3.36 percent) presented DFT>25J. The mean age was 56.5 years, and 13 patients (81 percent) were men. According to the baseline cardiomyopathy, 09 patients had Chagas' disease, 04 had ischemic cardiomyopathy and 03 had idiopathic cardiomyopathy. Mean LVEF was 0.37 and amiodarone was used by 94 percent of the patients. Mean follow-up (FU) period was 25.3 months. DFT was higher than maximum energy shock (MES) in 2 patients and it was necessary to implant an additional shock electrode (array). It was programmed MES in ventricular fibrillation zone of ICD therapy in the other patients. In the FU, 03 patients had 67 successful appropriate shock therapies (AST). There were 05 noncardiac and 02 heart failure deaths. The patients who died showed higher DFT levels (p=0.044) without correlation with death because there wasn't unsuccessful AST. CONCLUSION: In this cohort of ICD patients, the occurrence of elevated DFT (>25J) was low, leading to alternative therapies. There was an association with severe ventricular dysfunction, although without correlation to the causes of death.


Assuntos
Feminino , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Arritmias Cardíacas/terapia , Desfibriladores Implantáveis , Cardioversão Elétrica , Amiodarona/uso terapêutico , Antiarrítmicos/uso terapêutico , Arritmias Cardíacas/tratamento farmacológico , Arritmias Cardíacas/mortalidade , Limiar Diferencial , Morte Súbita Cardíaca/etiologia , Morte Súbita Cardíaca/prevenção & controle , Desfibriladores Implantáveis/normas , Técnicas Eletrofisiológicas Cardíacas , Cardioversão Elétrica/normas , Seguimentos , Estudos Prospectivos , Taquicardia Ventricular/terapia , Fibrilação Ventricular/terapia
12.
Arq. bras. cardiol ; 88(2): 152-158, fev. 2007. ilus, graf, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-444354

RESUMO

OBJETIVO: Avaliar a taxa de remodelamento ventricular (RV) e a importância de variáveis clínico-funcionais em pacientes com função cardíaca normal submetidos à estimulação artificial apical do ventrículo direito (VD). MÉTODOS: Dentre 268 pacientes consecutivos com BAVT e marcapasso convencional, foram excluídos os portadores de fração de ejeção do ventrículo esquerdo (FEVE) < 55 por cento e diâmetro diastólico do ventrículo esquerdo (DDVE) > 53 mm ao eco-Doppler. O RV foi definido como o conjunto de modificações ecocardiográficas documentadas pelo menos 6 meses pós-implante: aumento >10 por cento no DDVE e redução > 20 por cento na FEVE. As variáveis analisadas foram: cardiopatia de base, classe funcional de insuficiência cardíaca (IC), tempo de estimulação ventricular e duração do QRS. A análise estatística incluiu os testes da razão de verossimilhança, exato de Fisher e a soma de postos de Wilcoxon. O valor de p foi significante quando < 0,05. RESULTADOS: o estudo incluiu 75 pacientes com idade média de 70,9 ± 14 anos, 22,6 por cento do sexo masculino. O tempo médio entre as avaliações foi de 80,2 meses. A FEVE média pré-implante foi 72 por cento e o DDVE 46 mm e pós-implante, 69,7 por cento (p = 0,0025) e 48,5mm (p < 0,0001), respectivamente. A duração média do QRS pós-implante foi 156 ms. O RV ocorreu em apenas quatro pacientes (5,3 por cento), e nenhuma das variáveis exploratórias discriminou esse comportamento. CONCLUSÃO: Pacientes sem disfunção ventricular submetidos à estimulação cardíaca apical do VD em longo seguimento apresentaram baixa taxa de RV, e não foram definidos fatores associados para sua ocorrência.


OBJECTIVE: To determine ventricular remodeling (VR) and the role of clinical and functional variables in patients with normal cardiac function who underwent right ventricular apical pacing (RVAP). METHODS: Among the 268 consecutive patients with standard pacemaker due to complete atrioventricular block (CAVB), those with left ventricular ejection fraction (LVEF) < 55 percent and left ventricular end-diastolic diameter (LVEDD) > 53 mm on Doppler echocardiography were excluded. Ventricular remodeling was defined as echocardiographic changes documented at least six months after implantation, namely, a >10 percent increase in LVEDD and a > 20 percent decrease in LVEF. The following variables were analyzed: underlying heart disease, NYHA functional class of heart failure (HF), time of ventricular stimulation, and QRS duration. Statistical analysis included likelihood ratio test, FisherÆs exact test, and Wilcoxon rank-sum test. A p value < 0.05 was considered statistically significant. RESULTS: The study included 75 patients, mean age 70.9 ± 14, of whom 22.6 percent were male. Mean time between both evaluations was 80.2 months. Before implantation, mean LVEF was 72 percent and LVEDD was 46 mm; after implantation this values were 69.7 percent (p = 0.0025) and 48.5 mm (p = 0.0001), respectively. Mean QRS duration after implantation was 156 ms. Ventricular remodeling was observed only in four patients (5.3 percent), and no exploratory variable specified this behavior. CONCLUSION: In a long-term follow-up, patients without ventricular dysfunction who underwent RV apical pacing (RVAP) showed low VR rate, and no analyzed variable was associated with its occurrence.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Idoso , Estimulação Cardíaca Artificial/métodos , Cardiopatias/terapia , Marca-Passo Artificial , Remodelação Ventricular/fisiologia , Ecocardiografia , Cardiopatias/fisiopatologia , Índice de Gravidade de Doença , Função Ventricular Esquerda/fisiologia
13.
São Paulo; s.n; 2007. [131] p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-540858

RESUMO

O objetivo desse estudo foi avaliar os efeitos da administração prévia de antibiótico na incidência de complicações infecciosas em procedimentos de estimulação cardíaca artificial. Os pacientes foram selecionados em um estudo duplo-cego e randomizado (1:1). Grupo I Cefazolina (1,0g dose única) versus grupo II placebo. O comitê de segurança interrompeu o estudo após a inclusão de 649 pacientes devido à diferença entre os grupos (group I 314; grupo II 335 pacientes) em favor do uso de antibiótico: 2 infectados (0,63%) versus 11 infectados no grupo placebo (3,28%); p=0,016. Marcadores identificados por análise univariada: não uso de antibiótico; procedimentos de implantes (versus trocas); hematoma pós-operatório e duração do procedimento. O não uso de antibiótico e hematoma pós-operatório foram significantes em análise multivariada.


The objective of this study was to evaluate the effects of the previous venous antibiotic administration in the incidence of infectious complications in cardiac stimulation surgical procedures. Patients were selected in a double blind, randomized (1:1) trial. Group I Cefazolin (1,0g one dose) versus group II placebo. The security committee interrupted the trial after inclusion of 649 patients due to differences between groups (group I 314; group II 335 patients) in favor of the antibiotic arm: 2 infected patients (0,63%) versus 11 infected patients in the placebo arm (3,28%); p=0,016. Markers identified by univariate analysis: non-use of preventive antibiotic; implant procedures (versus replacement); post-operative haematoma and procedure duration. The non-use of antibiotic and the post-operative haematoma were independent predictors of infection in multivariate analysis.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso de 80 Anos ou mais , Antibioticoprofilaxia , Estimulação Cardíaca Artificial , Desfibriladores Implantáveis , Endocardite Bacteriana , Controle de Infecções , Marca-Passo Artificial , Estudos Prospectivos
14.
Diagn. tratamento ; 11(1): 10-15, jan.-mar. 2006. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-550850

RESUMO

A síndrome do QT longo foi o primeiro grupo de arritmias cardíacas descrito apresentando como base fisiopatológica alterações ao nível molecular nos canais iônicos de sódio e potássio das células miocárdicas.A síndrome do QT longo é doença relativamente rara, porém potencialmente letal, caracterizada pelo prolongamento do intervalo QT no traçado eletrocardiográfico, episódios recorrentes de síncope e propensão ao desenvolvimento de morte cardíaca súbita e arritmias ventriculares malignas, como o torsades de pointes. O diagnóstico da síndrome do QT longo congênito é estabelecido basicamente através da história clínica do paciente, associada a alterações eletrocardiográficas sugestivas.A terapêutica do QT longo baseia-se na interrupção do estímulo simpático ao miocárdio através do bloqueio farmacológico beta-adrenérgico e/ou através da remoção cirúrgica do gânglio estrelado esquerdo.Dos betabloqueadores disponíveis em nosso meio, o propranolol parece ser o que oferece melhores resultados na síndrome do QT longo. Outras possíveis terapias para esses pacientes incluem a implantação de marcapasso definitivo e de cardiodesfibriladores implantáveis.


Assuntos
Medicina Baseada em Evidências
19.
ROBRAC ; 2(2): 17-20, jun. 1992. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-216074

RESUMO

Neste trabalho os autores analisam a possibilidade do uso de um implante osseointegrado para substituiçäo de dois dentes ausentes, onde o espaço livre protético foi insuficiente para colocaçäo de dois implantes, apresentando 14,5 mm de espaço, sendo necessàrio no mínimo 17,0 mm. Apresentam um caso clínico onde tal técnica foi empregada com resultados estéticos, biológicos e funcionais satisfatórios, após 6 meses e preservaçäo submetido a carga funcional e 12 meses após colocaçäo do implante


Assuntos
Humanos , Masculino , Adulto , Implantação Dentária Endo-Óssea , Arcada Parcialmente Edêntula/cirurgia , Titânio/uso terapêutico , Planejamento de Prótese Dentária , Mandíbula
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA