Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 6 de 6
Filtrar
1.
J Cancer Educ ; 23(1): 63-4, 2008.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-18444049

RESUMO

BACKGROUND: This is an update of a 10-years student-staffed oncology clinic. METHODS: Students are divided into 4 teams; each sees 1 to 2 outpatients weekly. RESULTS: By April 2006, 95 medical students participated, 89% for 2 or more years; 70% reported activity contributed to ability to read medical papers, and 59% improved their scientific writing. Of 39 students currently involved, 33 (84%) improved clinical skills in taking history, 27 (69%) in physical examination, and 34 (87%) in physician-patient relation. A total of 21 (56%) reported increased knowledge in general internal medicine. Although only 11% of former students pursued a specialty in Medical Oncology, 77% rated this clinic as the best extracurricular activity. CONCLUSIONS: Attendance of outpatient clinic in medical oncology can contribute significantly to the general medical education.


Assuntos
Educação de Graduação em Medicina , Serviço Hospitalar de Oncologia , Ambulatório Hospitalar , Estudantes de Medicina , Brasil , Humanos , Pacientes Ambulatoriais , Fatores de Tempo , Recursos Humanos
2.
Rev. bras. mastologia ; 17(1): 14-17, mar. 2007. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-551568

RESUMO

Foi estatisticamente significante a associação entre a realização do auto-exame e o menor intervalo de tempo entre o primeiro sintoma e o agendamento da consulta (p = 0,042). Não se encontraram outras relações estatisticamente significativas. O principal fator responsável pelo atraso no diagnóstico e tratamento do câncer de mama em nosso meio é a busca de atenção médica após a descoberta da anormalidade mamária, que é significativamente menor em pacientes que praticam o auto-exame. No Brasil, o câncer de mama é o mais prevalente, sendo diagnosticado freqüentemente em estádios avançados. É essencial identificar o tempo para o diagnóstico do câncer de mama desde a detecção do primeiro sintoma até o início do tratamento, assim como analisar outros fatores associados a eventuais atrasos. Realizou-se estudo transversal mediante a aplicação de questionários em pacientes portadoras de câncer de mama já diagnosticado, com perguntas de caráter demográfico e referentes aos intervalos entre o aparecimento do primeiro sintoma, avaliação médica, biópsia e tratamento. Foram entrevistadas 91 pacientes não consecutivas (média de idade: 53,3 anos), e 49,5% tinham escolaridade inferior ao ensino fundamental completo. O maior intervalo de tempo ocorreu entre a detecção do primeiro sintoma e a marcação da primeira consulta médica.


In Brazil, breast cancer is prevalent disease that is unfortunately often diagnosed in advanced stages. Identify the time intervals involved on the diagnosis of breast cancer since detection of the first abnormality until the beginning to treatment, as well as the determinant factors involved in these delays. Transversal survey of breast cancer patients already diagnosed with breast cancer. We employed two questionnaires aiming at describing their demographic characteristics as well as detailing each time interval from the first symptom to the medical evaluation, biopsy and treatment. We surveyed 91 non-consecutive patients (mean age: 53.3 years) and 49.5% have not completed primary school. The largest time interval was recorded from the first noted abnormality by the patient and scheduling the first medical appointment. We observed a statistically significant relation between doing periodic self breast exam and a smaller time interval from symptom notice to scheduling of her first evaluation (P = .042). We have found no other significant correlations. The largest delay in the time from the first symptom to treatment was related to the scheduling of the first medical appointment which is significantly smaller in patients who do periodic self breast examination.


Assuntos
Humanos , Feminino , Acesso aos Serviços de Saúde , Neoplasias da Mama/diagnóstico , Neoplasias da Mama/terapia , Agendamento de Consultas , Autoexame de Mama , Diagnóstico Clínico , Escolaridade , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Serviço Hospitalar de Oncologia
5.
Arq. méd. ABC ; 30(2): 90-93, 2005. tab
Artigo em Português | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-55914

RESUMO

O PSF/IPACS (Programa Saúde da Família) foi criado em 1994 quando se formaram as primeiras equipes de saúde da família com o propósito de reorganizar a prática da atenção à saúde. Dentre as atuações do PSF/PACS está a prevenção da gravidez na adolescência. A gravidez na adolescência é motivo de preocupação das organizações de saúde nacionais e internacionais pelas repercussões físicas, psicológicas e sociais deste fenômeno na sociedade atual. O objetivo do presente trabalho foi comparar a proporção de gravidez na adolescência entre a população total de São Bernardo do Campo e a população coberta pelo PSF/PACS na mesma cidade. A população menor de 20 anos coberta pelo PSF/PACS de São Bernardo do Campo apresentou uma porcentagem de gravidez na adolescência significativamente menor que na população de São Bernardo sem assistência do PSF/PACS nos anos de 1999 a 2002. Isso indica que possivelmente o PSF/PACS através de seus mecanismos de prevenção da gravidez na adolescência esteja obtendo resultados positivos. No entanto, faz-se necessário acompanhamento prolongado para uma conclusão mais definitiva.(AU)


Assuntos
Estudo Comparativo , Feminino , Gravidez , Adolescente , Humanos , Gravidez na Adolescência/prevenção & controle , Gravidez na Adolescência/estatística & dados numéricos , 36397 , Programas Nacionais de Saúde , Avaliação de Programas e Projetos de Saúde
6.
Arq. méd. ABC ; 30(2): 90-93, 2005. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-420630

RESUMO

O PSF/IPACS (Programa Saúde da Família) foi criado em 1994 quando se formaram as primeiras equipes de saúde da família com o propósito de reorganizar a prática da atenção à saúde. Dentre as atuações do PSF/PACS está a prevenção da gravidez na adolescência. A gravidez na adolescência é motivo de preocupação das organizações de saúde nacionais e internacionais pelas repercussões físicas, psicológicas e sociais deste fenômeno na sociedade atual. O objetivo do presente trabalho foi comparar a proporção de gravidez na adolescência entre a população total de São Bernardo do Campo e a população coberta pelo PSF/PACS na mesma cidade. A população menor de 20 anos coberta pelo PSF/PACS de São Bernardo do Campo apresentou uma porcentagem de gravidez na adolescência significativamente menor que na população de São Bernardo sem assistência do PSF/PACS nos anos de 1999 a 2002. Isso indica que possivelmente o PSF/PACS através de seus mecanismos de prevenção da gravidez na adolescência esteja obtendo resultados positivos. No entanto, faz-se necessário acompanhamento prolongado para uma conclusão mais definitiva.


Assuntos
Gravidez , Adolescente , Feminino , Humanos , Avaliação de Programas e Projetos de Saúde , Gravidez na Adolescência/estatística & dados numéricos , Gravidez na Adolescência/prevenção & controle , Programas Nacionais de Saúde , Estratégias de Saúde Nacionais
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...