Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 23
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Cad Saude Publica ; 34(5): e00110417, 2018 05 10.
Artigo em Português | MEDLINE | ID: mdl-29768587

RESUMO

This study focuses on access to prenatal care and quality of care in the Family Health Strategy in Brazil as a whole and in the North region, through evaluation of infrastructure characteristics in the health units, management, and supply of care provided by the teams, from the perspective of regional and state inequalities. A cross-sectional evaluative and normative study was performed, drawing on the external evaluation component of the second round of the Program for Improvement of Access and Quality of Primary Care, in 2013-2014. The results revealed the inadequacy of the primary healthcare network's infrastructure for prenatal care, low adequacy of clinical actions for quality of care, and the teams' low management capacity to guarantee access and quality of care. In the distribution according to geopolitical regions, the findings pertaining to the units' infrastructure indicate a direct relationship between the infrastructure's adequacy and social contexts with higher municipal human development indices and income. For the clinical actions in patient care, the teams in all the regions scored low on adequacy, with slightly better results in the North and South regions of the country. There were important differences between the states of the North, and the states with higher mean income and human development scored higher on adequacy. The results indicate important organizational difficulties in both access and quality of care provided by the health teams, in addition to visible insufficiency in management activities aimed to improve access and quality of prenatal care.


Assuntos
Acesso aos Serviços de Saúde/normas , Pesquisa sobre Serviços de Saúde/normas , Cuidado Pré-Natal/normas , Atenção Primária à Saúde/normas , Garantia da Qualidade dos Cuidados de Saúde/normas , Brasil , Estudos Transversais , Feminino , Acesso aos Serviços de Saúde/organização & administração , Acesso aos Serviços de Saúde/estatística & dados numéricos , Pesquisa sobre Serviços de Saúde/organização & administração , Pesquisa sobre Serviços de Saúde/estatística & dados numéricos , Disparidades em Assistência à Saúde/estatística & dados numéricos , Humanos , Gravidez , Cuidado Pré-Natal/organização & administração , Cuidado Pré-Natal/estatística & dados numéricos , Atenção Primária à Saúde/organização & administração , Garantia da Qualidade dos Cuidados de Saúde/organização & administração , Garantia da Qualidade dos Cuidados de Saúde/estatística & dados numéricos
2.
Cad Saude Publica ; 34(2): e00002817, 2018 02 19.
Artigo em Português | MEDLINE | ID: mdl-29489939

RESUMO

Population-based health surveys are important tools for identifying disease determinants, especially in regions with widely dispersed populations and low health system coverage. The aim of this study was to describe the principal methodological aspects and to describe the socioeconomic, demographic, and health characteristics of the riverine populations of Coari, Amazonas State, Brazil. This was a population-based cross-sectional study in river-dwelling communities in the rural area of Coari, from April to July 2015. The probabilistic cluster sample consisted of 492 individuals. The results showed that the majority of the river-dwellers were females (53%), had up to 9 years of schooling (68.5%), and earned a monthly family income equivalent to one-third the minimum wage. The health problems reported in the previous 30 days featured conditions involving pain (45.2%). The main healthcare resources were allopathic medicines (70.3%), exceeding herbal remedies (44.3%). The river-dwellers travel an average of 60.4km and take some 4.2 hours to reach the urban area of Coari. The riverine population generally presents low economic status and limited access to the urban area. Health problems are mostly solved with allopathic medicines. Geographic characteristics, as barriers to access to health services and to improvements in living conditions for the riverine population, can limit the collection of epidemiological data on these populations.


Assuntos
Acesso aos Serviços de Saúde/estatística & dados numéricos , Inquéritos Epidemiológicos/métodos , Adolescente , Adulto , Brasil/epidemiologia , Estudos Transversais , Feminino , Inquéritos Epidemiológicos/instrumentação , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Características de Residência , Rios , População Rural , Fatores Socioeconômicos , Inquéritos e Questionários , Adulto Jovem
3.
Cad. Saúde Pública (Online) ; 34(2): e00002817, 2018. tab, graf
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-952363

RESUMO

Os inquéritos populacionais de saúde são instrumentos importantes para o reconhecimento de determinantes de morbidades, sobretudo em regiões de grande dispersão demográfica e baixa cobertura do sistema de saúde. O objetivo deste estudo foi apresentar os principais aspectos metodológicos e descrever as características socioeconômicas, demográficas e de saúde dos ribeirinhos de Coari, Amazonas, Brasil. Estudo transversal de base populacional conduzido com ribeirinhos residentes na zona rural do Município de Coari, no período de abril a julho de 2015. A amostra probabilística por conglomerados foi composta por 492 sujeitos. Os resultados indicaram que a maioria dos ribeirinhos é do sexo feminino (53%), tem até 9 anos de estudos (68,5%), apresenta em média renda familiar mensal equivalente a 1/3 do salário mínimo. Dentre os problemas de saúde relatados nos últimos 30 dias, destacaram-se as queixas álgicas (45,2%). Os principais recursos utilizados nos cuidados com a saúde foram medicamentos alopáticos (70,3%), superando o uso de plantas medicinais (44,3%). Os ribeirinhos navegam em média 60,4km e demoram cerca de 4,2 horas para acessar a zona urbana do município. De maneira geral, a população ribeirinha estudada é caracterizada pelo baixo nível econômico e acesso limitado à zona urbana. Os problemas de saúde são solucionados na maior parte das vezes pelo uso de medicamentos alopáticos. As limitações geográficas que constituem barreiras ao acesso aos serviços de saúde e à melhoria das condições de vida dos ribeirinhos podem limitar a aquisição de informações epidemiológicas dessas populações.


Population-based health surveys are important tools for identifying disease determinants, especially in regions with widely dispersed populations and low health system coverage. The aim of this study was to describe the principal methodological aspects and to describe the socioeconomic, demographic, and health characteristics of the riverine populations of Coari, Amazonas State, Brazil. This was a population-based cross-sectional study in river-dwelling communities in the rural area of Coari, from April to July 2015. The probabilistic cluster sample consisted of 492 individuals. The results showed that the majority of the river-dwellers were females (53%), had up to 9 years of schooling (68.5%), and earned a monthly family income equivalent to one-third the minimum wage. The health problems reported in the previous 30 days featured conditions involving pain (45.2%). The main healthcare resources were allopathic medicines (70.3%), exceeding herbal remedies (44.3%). The river-dwellers travel an average of 60.4km and take some 4.2 hours to reach the urban area of Coari. The riverine population generally presents low economic status and limited access to the urban area. Health problems are mostly solved with allopathic medicines. Geographic characteristics, as barriers to access to health services and to improvements in living conditions for the riverine population, can limit the collection of epidemiological data on these populations.


Las encuestas poblacionales de salud son instrumentos importantes para el reconocimiento de determinantes de morbilidades, sobre todo en regiones de gran dispersión demográfica y baja cobertura del sistema de salud. El objetivo de este estudio fue presentar los principales aspectos metodológicos y descibir las características socioeconómicas, demográficas y de salud los ribereños de Coari, Amazonas, Brasil. Se trata de un estudio transversal con base poblacional, realizado con ribereños residentes en la zona rural del municipio de Coari, durante el período de abril a julio de 2015. La muestra probabilística por conglomerados estaba compuesta por 492 sujetos. Los resultados indicaron que la mayoría de los ribereños es de sexo femenino (53,0%), tiene hasta 9 años de estudios (68,5%), presenta de media una renta familiar mensual equivalente a 1/3 del salario mínimo. Entre los problemas de salud relatados en los últimos 30 días, se destacaron las quejas álgicas (45,2%). Los principales recursos utilizados en los cuidados con la salud fueron medicamentos alopáticos (70,3%), superando el uso de plantas medicinales (44,3%). Los ribereños navegan de media 60,4km y tardan casi 4,2 horas para acceder a la zona urbana del municipio. De manera general, la población ribereña estudiada está caracterizada por el bajo nivel económico y acceso limitado a zonas urbanas. Los problemas de salud se solucionan la mayor parte de las veces mediante el uso de medicamentos alopáticos. Las limitaciones geográficas que constituyen barreras al acceso a los servicios de salud, y a la mejoría de las condiciones de vida de los ribereños, pueden limitar la obtención de información epidemiológica de esa población.

4.
Cad. Saúde Pública (Online) ; 34(5): e00110417, 2018. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-889978

RESUMO

Investigação do acesso e da qualidade do cuidado pré-natal na Estratégia Saúde da Família no Brasil e na Região Norte, mediante avaliação de aspectos de infraestrutura nas unidades de saúde, da gestão e oferta do cuidado prestado pelas equipes, sob o prisma das desigualdades regionais e estaduais. Foi realizado um estudo transversal, avaliativo de tipo normativo, derivado do componente de avaliação externa do segundo ciclo do Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica, realizado entre 2013-2014. Os resultados evidenciam inadequação da infraestrutura da rede de atenção básica que realiza o pré-natal; baixa adequação de ações clínicas para a qualidade do cuidado e baixa capacidade de gestão das equipes para garantir o acesso e qualidade do cuidado. Na distribuição por regiões geopolíticas, os achados relativos à infraestrutura das unidades apontam uma relação direta entre adequação da infraestrutura e contextos sociais com Índice de Desenvolvimento Humano Municipal e renda mais elevados. Para as ações clínicas do cuidado, as equipes de todas as regiões obtiveram índices baixos de adequação, tendo sido observado resultados discretamente mais elevados nas regiões Norte e Sul. Houve diferenças expressivas entre os estados da Região Norte, obtendo melhor adequação as unidades federadas com melhores condições de renda e de desenvolvimento humano. Os resultados indicam importantes dificuldades organizacionais tanto no acesso, quanto na qualidade do cuidado ofertado pelas equipes de saúde, além de uma evidente insuficiência das ações de gestão voltadas ao aprimoramento do acesso e da qualidade do cuidado pré-natal.


This study focuses on access to prenatal care and quality of care in the Family Health Strategy in Brazil as a whole and in the North region, through evaluation of infrastructure characteristics in the health units, management, and supply of care provided by the teams, from the perspective of regional and state inequalities. A cross-sectional evaluative and normative study was performed, drawing on the external evaluation component of the second round of the Program for Improvement of Access and Quality of Primary Care, in 2013-2014. The results revealed the inadequacy of the primary healthcare network's infrastructure for prenatal care, low adequacy of clinical actions for quality of care, and the teams' low management capacity to guarantee access and quality of care. In the distribution according to geopolitical regions, the findings pertaining to the units' infrastructure indicate a direct relationship between the infrastructure's adequacy and social contexts with higher municipal human development indices and income. For the clinical actions in patient care, the teams in all the regions scored low on adequacy, with slightly better results in the North and South regions of the country. There were important differences between the states of the North, and the states with higher mean income and human development scored higher on adequacy. The results indicate important organizational difficulties in both access and quality of care provided by the health teams, in addition to visible insufficiency in management activities aimed to improve access and quality of prenatal care.


Se trata de un estudio sobre el acceso y calidad del cuidado prenatal en la Estrategia Salud de la Familia en Brasil y en la región Norte, mediante la evaluación de aspectos de infraestructura en las unidades de salud, de la gestión, así como de los servicios de cuidado prestados por los equipos; todo ello desde el prisma de las desigualdades regionales y estatales. Se realizó un estudio transversal, evaluativo de tipo normativo, procedente del componente de evaluación externa del segundo ciclo del Programa de Mejora del Acceso y de la Calidad de la Atención Básica, realizado entre 2013-2014. Los resultados evidencian la inadecuación de la infraestructura de la red de atención básica que realiza el seguimiento prenatal; baja adecuación de acciones clínicas para la calidad del cuidado y baja capacidad de gestión de los equipos para garantizar el acceso y calidad a los cuidados establecidos. En la distribución por regiones geopolíticas, los hallazgos relativos a la infraestructura de las unidades apuntan una relación directa entre adecuación de la infraestructura y contextos sociales con un Índice de Desarrollo Humano Municipal y renta más elevados. Para las acciones clínicas del cuidado, los equipos de todas las regiones obtuvieron índices bajos de adecuación, habiéndose observado resultados discretamente más elevados en las regiones Norte y Sur. Hubo diferencias expresivas entre los estados de la región Norte, obteniendo una mejor adecuación las unidades federadas con mejores condiciones de renta y de desarrollo humano. Los resultados indican importantes dificultades organizativas tanto en el acceso, como respecto a la calidad del cuidado ofertado por los equipos de salud, además de una evidente insuficiencia de las acciones de gestión, dirigidas a la optimización del acceso y calidad del cuidado prenatal.

5.
Trab. educ. saúde ; 14(1): 183-198, jan.-mar. 2016.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-772036

RESUMO

Resumo Este artigo traz uma análise da relação trabalho-subjetividade na Estratégia Saúde da Família no interior do estado do Amazonas, sob a perspectiva da psicodinâmica do trabalho, segundo a qual o trabalho é aquilo que demanda, além do saber-fazer, engajamento do corpo e mobilização da inteligência, a capacidade de refletir, criar e inventar. Propôs-se, a partir daí, uma análise do que é invisível no trabalho, com base nas falas de 75 profissionais da saúde na Estratégia Saúde da Família de quatro municípios do Estado do Amazonas (Coari, Manacapuru, Parintins e São Gabriel da Cachoeira), obtidas por meio de entrevistas individuais, grupos focais e observação participante. Foram identificados diferentes conteúdos significativos do trabalho, ou seja, o sentido simbólico que ele introduz na sua atividade de trabalho, além de estratégias defensivas para a mediação do sofrimento, entre elas a racionalização e a relação de confiança e cooperação encontrada na equipe. Os trabalhadores da Estratégia Saúde da Família na Amazônia mostraram enfrentar questões peculiares quanto aos serviços de saúde desses locais. Por meio desta pesquisa qualitativa, pudemos dar voz ao trabalhador, considerando-o como o principal gestor de seu próprio trabalho, permitindo através da reflexão vislumbrar seu potencial de gerar mudanças a partir do trabalho cotidiano.


Abstract This article analyzes the relationship between work and subjectivity in the Family Health Strategy in the state of Amazonas, Brazil, from the perspective of the psychodynamics of work, pursuant to which work is what imposes demands, in addition to know-how, the engagement of the body and mobilization of intelligence, the ability to reflect, create, and invent. From there, it was proposed an analysis of those things that are invisible at work, based on the statements of 75 health professionals working in the Family Health Strategy at four municipalities in the state of Amazonas (Coari, Manacapuru, Parintins, and São Gabriel da Cachoeira), obtained via individual interviews, focus groups, and participant observation. Different types of significant labor content have been identified, i.e., the symbolic sense that it introduces in one's work activity, in addition to defensive strategies for the mediation of suffering, including the rationalization and the relationship of trust and cooperation found in the team. The Family Health Strategy workers in Amazonas showed they come up against unique issues in the provision of health services at these locations. Through this qualitative survey, we give voice to the workers, considering them as the main managers of their own work, allowing, through reflection, them to envision their potential to create change from their daily work.


Resumen Este artículo trae un análisis de la relación trabajo-subjetividad en la Estrategia Salud de la Familia en el interior del estado de Amazonas, Brasil, bajo la perspectiva de la psicodinámica del trabajo, según la cual el trabajo es aquello que demanda, además del saber hacer, compromiso del cuerpo y movilización de la inteligencia, la capacidad de reflexionar, crear e inventar. Se propuso, a partir de allí, un análisis de lo que es invisible en el trabajo, en base a los diálogos con 75 profesionales de la salud en la Estrategia Salud de La Familia de cuatro municipios del Estado de Amazonas (Coari, Manacapuru, Parintins y São Gabriel da Cachoeira), obtenidas por medio de entrevistas individuales, grupos focales y observación participante. Se identificaron diferentes contenidos significativos del trabajo, o sea, el sentido simbólico que éste introduce en su actividad de trabajo, además de estrategias defensivas para la medición del sufrimiento, entre ellas la racionalización y la relación de confianza y cooperación encontradas en el equipo. Los trabajadores de la Estrategia Salud de la Familia en la Amazonia mostraron enfrentar problemas peculiares en cuanto a los servicios de salud de esos lugares. Por medio de esa encuesta cualitativa, pudimos dar voz al trabajador, considerándolo como el principal gestor de su propio trabajo, permitiendo a través de la reflexión vislumbrar su potencial de generar cambios a partir del trabajo cotidiano.


Assuntos
Humanos , Trabalhadores , Saúde da Família , Estratégia Saúde da Família
6.
Saúde debate ; 38(spe): 158-172, 10/2014. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: lil-730701

RESUMO

Este estudo tem por objetivo descrever a organização do cuidado especialmente direcionado a condições crônicas por equipes da Estratégia Saúde Família no estado do Amazonas e região Amazônica, Brasil. Trata-se de pesquisa avaliativa baseada em observação em unidades básicas de saúde e entrevistas com profissionais. Os resultados indicam alta rotatividade de profissionais, baixa disponibilidade de insumos indispensáveis ao atendimento; organização fragmentária do cuidado; limitado uso de protocolos, planejamento e programação baseados em critérios de risco e vulnerabilidade. A situação reflete-se em falta de longitunidalidade e integralidade do cuidado, pautado em demanda espontânea e voltado às queixas clínicas.


We describe health care organization, mainly as for chronic diseases, by Family Health Strategy teams in Amazonas State and Amazon region, Brazil. The assessing research grounds on basic health units' observation and on interviews with professionals. The results indicate high professionals' turnover, low availability of essential inputs to care; fragmented care organization; limited use of protocols, planning and scheduling based on risk and vulnerability criteria. The current condition is reflected in the lack of care longitudinal follow up and comprehensiveness, which relies on spontaneous demand and is addressed to clinical complaints.

7.
Cad. saúde colet., (Rio J.) ; 21(4): 414-419, 2013.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: lil-701339

RESUMO

O presente trabalho propõe uma análise teórica do constructo "sofrimento psíquico" do trabalhador na Estratégia Saúde da Família (ESF). Para isso, optou-se pelo uso da teoria da psicodinâmica do trabalho do autor Christophe Dejours, visando a uma articulação entre a teoria e os aspectos da práxis do modelo de reorientação da atenção primária no Brasil. Nesse aspecto, a análise da saúde mental dos trabalhadores inseridos na linha de frente da atenção à saúde mostra-se de suma importância, uma vez que pode auxiliar na construção de propostas avaliativas que superem perspectivas tradicionais e excludentes, indicando caminhos para a superação de entraves nas políticas públicas, a fim de que seja oferecido aos usuários serviço satisfatório na Atenção Básica. Ainda, foi possível por meio dessa articulação teórica permitir uma ampliação acerca das possibilidades de falar sobre o trabalho, ser escutado, exercitar a mobilização subjetiva e buscar a transformação das condições patogênicas, esperando causar um reflexo direto na organização do trabalho.


This paper proposes a theoretical construct of "mental suffering" of the worker at the Family Health Strategy (FHS). To this end, we opted for using the theory of the psychodynamics of work from the author Christophe Dejours, seeking a link between theory and practice aspects of the reorientation of primary care model in Brazil. In this sense, the analysis of the workers' mental health employed at the health care forefront appears to be of paramount importance, since it can assist in building evaluation proposals that go beyond traditional and exclusionary perspectives, indicating ways to overcome barriers in public policies, so that it is offered satisfactory service to users in Primary Care. Still, it was possible through this theoretical articulation allow an expansion about the possibilities of talking about work, be heard, to exercise subjective mobilization and seek the transformation of pathogenic conditions, hoping to cause a direct reflection on the organization of work.

8.
Rev. bras. promoç. saúde (Impr.) ; 25(3)jul.-set. 2012. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-657353

RESUMO

Objetivo: Construir um modelo teórico destinado às pesquisas avaliativas da saúde do trabalhador na Estratégia Saúde da Família, suportado pela teoria de Christophe Dejours. Métodos: O modelo teórico foi construído entre o período de setembro a dezembro de 2010, através da integração da teoria de Dejours com os fatos, a situação atual do trabalhador da saúde, representada pelos documentos oficiais, o que permitiu a instrumentalização do pensamento, tornando abordáveis as propriedades relativas à saúde do trabalhador. Resultados: A teoria Dejouriana, por abordar a dinâmica dos processos psíquicos envolvidos na confrontação do sujeito com a realidade do trabalho, voltando para o interesse das vivências subjetivas dos sujeitos (principal fonte de prazer e sofrimento no trabalho), foi tomada como base na construção deste modelo. Diante da influência da organização do trabalho na saúde do trabalhador torna-se indispensável a análise das variáveis que influenciam o processo prazer-sofrimento destes atores importantes nas práticas de saúde reorganizadoras da atenção primária. Conclusão: Revela-se grande potencial na teoria de Christophe Dejours para a análise dos processos psíquicos envolvidos na confrontação do trabalhador da atenção primária com sua realidade, visto que é fundamental o entendimento de como se manifestam as questões referentes ao trabalho em saúde e a forma com que este reagirá às dificuldades das situações de trabalho.


Objective: To construct a theoretical model intended for evaluative researches on the worker’s health into the Family Health Strategy, supported by Christophe Dejours’s theory. Methods: The theoretical model was built between September and December 2010, through the integration of Dejours’s theory and the facts, the current situation of health workers, represented by official documents, which allowed the instrumentalization of thought, making affordable the features related to worker’s health. Results: Dejourian theory was adopted as the basic element in the construction of this model, due to its approach to the dynamics of the mental processes involved in the confrontation between the subject and his reality in work, focusing the interest in the worker’s subjective experiences (main source of pleasure and suffering in work). Given the influence played by the work organization on the worker’s health, it becomes essential to perform the analysis of the variables that influence pleasure-suffering process among these actors of such an importance for the health practices that reorganize the primary care. Conclusion: Christophe Dejours’s theory reveals its great potential for the analysis of the psychological processes involved in the confrontation between the worker in primary care and his reality, since it is vital to understand how the issues related to work in health area are disclosed, and the way the worker shall react to difficult work situations.


Assuntos
Saúde da Família , Saúde do Trabalhador , Atenção Primária à Saúde
9.
Interface comun. saúde educ ; 15(37): 539-550, abr.-jun. 2011. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-592645

RESUMO

A Estratégia Saúde da Família (ESF) está fundamentada no trabalho em equipe, exigindo mudanças no processo de trabalho das Unidades de Saúde, distanciando-se do modelo centralizado na figura do médico. Este trabalho objetiva propor um modelo teórico de avaliação da relação de poder na equipe multiprofissional, com base nos trabalhos de Hannah Arendt. Baseando-se em análise de documentos legais da ESF e dos pressupostos arenditianos, estabeleceu-se um modelo teórico para avaliação da ESF, utilizando-se a abordagem qualitativa com enfoque hermenêutico-dialético. Para testar o modelo, aplicaram-se grupos focais com as equipes de saúde e entrevistas individuais no município de Manacapuru - interior do Estado do Amazonas. Os resultados mostram que cada profissional exerce sua função de forma isolada, não compartilhada; a política da gestão municipal é limitadora do trabalho coletivo, não governando com liderança, mas se configurando como tirania na perspectiva arendtiana, trazendo descrédito à ESF.


The Family Health Strategy (FHS) is based on teamwork and demands changes in the work process of the Health Care units, breaking the traditional model centralized on the physician's role. The present study aims to propose a theoretical model to assess power relations within the multidisciplinary team, grounded on Hannah Arendt's work. Based on an analysis of legal documents of the FHS and on Arendt's assumptions, a theoretical model for FHS evaluation was set up using a qualitative and hermeneutic-dialectic approach. In order to test the model, focus groups with health care teams and individual interviews were conducted in the municipality of Manacapuru - State of Amazonas (Northern Brazil). The results show that each professional performs his/her role in isolation, without sharing with others. The local management policy limits the collective work and does not use leadership principles; it is characterized as tyranny in Arendt's perspective, which brings discredit to the FHS.


La Estrategia de Salud de la Familia (ESF) se basa en el trabajo en equipo distanciado del modelo centrado en el médico. Este trabajo propone un modelo teórico para evaluar la relación de poder en el equipo multi-profesional basado en los trabajos de Hannah Arendt. Con el análisis de documentos legales de la ESF y los presupuestos de tales trabajos se establece un modelo teórico para evaluar la ESF. Se aplicaron grupos focales con los equipos de salud y entrevistas individuales en el municipio de Manacaparu, estado de amazonas, Brasil. Los resultados muestran que cada profesional ejecuta su trabajo de forma aislada; la política municipal limita el trabajo colectivo como tiranía en la perspectiva de Arendt, desacreditando a la ESF.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Saúde da Família , Centros de Saúde , Equipe de Assistência ao Paciente , Saúde Pública
10.
Rev. bras. epidemiol ; 14(1): 131-140, mar. 2011. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-576937

RESUMO

OBJETIVO: Caracterizar, segundo o sexo, as condições de saúde bucal em idosos residentes no município de Manaus, AM. MÉTODOS: Estudo seccional de base populacional com 667 indivíduos com idade entre 65-74 anos, aleatoriamente selecionados. As informações demográficas e socioeconômicas foram obtidas através de entrevista. O exame bucal para cárie, edentulismo, uso e necessidade de próteses foi conduzido de acordo com as normas da OMS. RESULTADOS: Participaram do estudo 206 homens e 461 mulheres, com idade média de 69,2 anos, e 71,8 por cento se declararam de cor parda. Em média, os sujeitos apresentaram 4,6 anos de estudo e renda familiar de R$ 1586,27. O índice de dentes cariados, perdidos e obturados foi de 29,0 ± 4,3, com predomínio do componente perdido (95 por cento). A média de dentes por indivíduo foi de 4,1 ± 5,7 e a prevalência de edentulismo foi de 52,2 por cento, sendo que apenas 3 por cento dos idosos apresentaram 20 dentes ou mais. O uso de prótese total superior e inferior foi observado em 79,2 por cento e 37,1 por cento, respectivamente, e a necessidade de prótese total foi de 42,6 por cento para o arco superior e 34,7 por cento para o inferior. Idosos do sexo masculino apresentaram menor índice de dentes cariados, perdidos e obturados, mais dentes e menos edentulismo em comparação com o sexo feminino. O uso de prótese total superior e inferior foi maior nas idosas, enquanto a necessidade de prótese unitária ou parcial superior e inferior foi maior nos idosos. CONCLUSÃO: As condições de saúde bucal dos idosos em Manaus caracterizaram-se pela elevada ocorrência de perda dentária, especialmente entre as mulheres. As taxas de uso e a necessidade de prótese total foram elevadas e diferentes segundo sexo.


Assuntos
Humanos , Idoso , Saúde do Idoso , Nível de Saúde , Saúde Bucal , Cárie Dentária/epidemiologia , Prótese Dentária
11.
Rev. bras. epidemiol ; 12(4): 680-687, dez. 2009. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-534368

RESUMO

A cárie dentária tem origem multifatorial e a condição socioeconômica está inserida neste contexto. O objetivo deste estudo foi conhecer a prevalência de cárie, além de verificar sua associação com variáveis socioeconômicas em jovens alistandos de 17 a 19 anos de idade, sexo masculino, em Manaus, Amazonas, Brasil. Foi realizado um estudo transversal com uma amostra de conveniência dos conscritos das Forças Armadas Brasileiras. Os critérios de diagnóstico e questionário socioeconômico foram baseados no levantamento nacional SB Brasil e OMS. Uma única examinadora (kappa = 0,96) realizou o exame bucal em 578 alistandos. Foi utilizado o teste Shapiro-Wilk para verificação de normalidade dos dados; não sendo aceita a normalidade (p = 0,0001), foi utilizado o teste não-paramétrico Kruskall-Walis para comparação das médias e assim verificar a diferença significativa entre CPOD e seus componentes com as variáveis avaliadas. A prevalência de cárie encontrada foi de 88,8 por cento e o índice CPOD médio foi igual a 5,16 ± 0,17. Diferenças estatisticamente significantes foram encontradas nas médias dos componentes Cariado, Perdido e Obturado do índice CPOD, sendo os piores indicadores verificados nos grupos de menor escolaridade, menor renda e procedentes de escola pública, demonstrando maior necessidade de medidas preventivas e assistenciais para estes grupos.


Assuntos
Masculino , Adolescente , Adulto , Humanos , Cárie Dentária/epidemiologia , Índice CPO , Inquéritos de Saúde Bucal , Saúde Bucal , Fatores Socioeconômicos , Estudos Transversais
12.
Rev. odonto ciênc ; 24(4)Oct.-Dec. 2009. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-543879

RESUMO

Purpose: To estimate the prevalence of dental caries among adolescents from a poor metropolitan region of the Brazilian Amazon, and to identify the independent socioeconomic variables of access to dental services, oral hygiene habits, and self-perception of oral health. Method: The sample comprised 178 adolescents aged from 15 to 19 year-old, enrolled in schools in the Eastern zone of the city of Manaus, AM, Brazil. Primary data were collected using a standardized questionnaire and clinical examination. Result: The prevalence of dental caries was 92.7%, and the mean DMF-T index was 5.16 (SD: 0.28). The average number of decayed, missing, and filled teeth was 4.4, 0.87, and 0.75, respectively. No statistically significant differences were found between DMF-T index and per capita household income. Most adolescents declared that they had had an appointment with a dentist at least once in their lifetime, had sought the public service, and that pain was the predominant reason for consultation. The perception of oral health of the majority was good/excellent. Conclusion: The data suggest lack of restorative dental treatment and high prevalence of dental caries in this socially disadvantaged sample, which evidences the need to implement strategies to improve delivery of oral health care.


Objetivo: Estimar a prevalência de cárie em adolescentes, escolares de uma região metropolitana de Manaus, Brasil, identificando variáveis independentes socioeconômicas, de acesso a serviço odontológico, hábitos de higiene oral e autopercepção da saúde bucal. Metodologia: Foram investigados 178 escolares de 15 a 19 anos, matriculados nas escolas da zona leste da cidade de Manaus, AM, Brasil. Foram coletados dados primários por meio de questionário e exame clínico. Resultado: A prevalência de cárie foi 92,7% e a média do índice CPO-D foi de 5,16 (desvio-padrão: 0,28). A média de dentes cariados, perdidos e obturados foi de 4,4; 0,87 e 0,75, respectivamente. Não foram encontradas diferenças estatisticamente significantes entre CPO-D e renda domiciliar per capita. A maioria dos adolescentes declarou já ter ido ao dentista pelo menos uma vez na vida e ter procurado o serviço público, sendo a dor o motivo predominante para a consulta. A percepção da saúde bucal da maioria foi boa/ótima. Conclusão: Os dados obtidos sugerem carência de tratamento odontológico restaurador e prevalência preocupante sobre dentes perdidos por cárie dentária, evidenciando necessidade de implantação de estratégias de atenção à saúde bucal, considerando a realidade desta população em desvantagem socioeconômica.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto , Cárie Dentária/epidemiologia , Índice CPO , Saúde Bucal , Autoimagem , Higiene Bucal , Inquéritos e Questionários , Fatores Socioeconômicos
13.
Rev. odonto ciênc ; 24(4): 349-353, Oct.-Dec. 2009. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-873982

RESUMO

Purpose: To estimate the prevalence of dental caries among adolescents from a poor metropolitan region of the Brazilian Amazon, and to identify the independent socioeconomic variables of access to dental services, oral hygiene habits, and self-perception of oral health. Method: The sample comprised 178 adolescents aged from 15 to 19 year-old, enrolled in schools in the Eastern zone of the city of Manaus, AM, Brazil. Primary data were collected using a standardized questionnaire and clinical examination. Result: The prevalence of dental caries was 92.7%, and the mean DMF-T index was 5.16 (SD: 0.28). The average number of decayed, missing, and filled teeth was 4.4, 0.87, and 0.75, respectively. No statistically significant differences were found between DMF-T index and per capita household income. Most adolescents declared that they had had an appointment with a dentist at least once in their lifetime, had sought the public service, and that pain was the predominant reason for consultation. The perception of oral health of the majority was good/excellent. Conclusion: The data suggest lack of restorative dental treatment and high prevalence of dental caries in this socially disadvantaged sample, which evidences the need to implement strategies to improve delivery of oral health care.


Objetivo: Estimar a prevalência de cárie em adolescentes, escolares de uma região metropolitana de Manaus, Brasil, identificando variáveis independentes socioeconômicas, de acesso a serviço odontológico, hábitos de higiene oral e autopercepção da saúde bucal. Metodologia: Foram investigados 178 escolares de 15 a 19 anos, matriculados nas escolas da zona leste da cidade de Manaus, AM, Brasil. Foram coletados dados primários por meio de questionário e exame clínico. Resultado: A prevalência de cárie foi 92,7% e a média do índice CPO-D foi de 5,16 (desvio-padrão: 0,28). A média de dentes cariados, perdidos e obturados foi de 4,4; 0,87 e 0,75, respectivamente. Não foram encontradas diferenças estatisticamente significantes entre CPO-D e renda domiciliar per capita. A maioria dos adolescentes declarou já ter ido ao dentista pelo menos uma vez na vida e ter procurado o serviço público, sendo a dor o motivo predominante para a consulta. A percepção da saúde bucal da maioria foi boa/ótima. Conclusão: Os dados obtidos sugerem carência de tratamento odontológico restaurador e prevalência preocupante sobre dentes perdidos por cárie dentária, evidenciando necessidade de implantação de estratégias de atenção à saúde bucal, considerando a realidade desta população em desvantagem socioeconômica.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto , Autoimagem , Cárie Dentária/epidemiologia , Índice CPO , Saúde Bucal , Higiene Bucal , Inquéritos e Questionários , Fatores Socioeconômicos
14.
Braz Oral Res ; 23(3): 248-54, 2009.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-19893958

RESUMO

In the light of the scarcity of epidemiological studies on the oral health of the general population within the context of the Amazon region, this study aimed to estimate the prevalence of dental caries and gingivitis, as well as to evaluate the need for restorative treatment, among school students aged 15 to 19 years in the city of Manaus, AM, Brazil. A cross-sectional study was carried out on a sample of 889 students from within city limits who were enrolled in 26 public and private schools. Dental examinations were performed to obtain the DMFT index (decayed, missing and filled teeth) as well as to determine the treatments needed. The gingival index (Lõe & Silness) was used to classify gingivitis. The intra-examiner diagnostic concordance was 94% and the Kappa statistic was 0.91. The DMFT index found was 4.65 (+/- 0.12), without significant difference between the sexes or skin color groups. The prevalence of dental caries was 87.4%. Restoration of a dental surface was the greatest need (59.3%). Slight gingival inflammation was present in 78.5% and gingival bleeding following probing occurred in 53.3%. Although the DMFT index was lower than that observed for the northern region of Brazil, restorative dental services are lacking for this population. Additional studies are suggested to better understand the differences found.


Assuntos
Cárie Dentária/epidemiologia , Gengivite/epidemiologia , Adolescente , Brasil/epidemiologia , Estudos Transversais , Índice CPO , Feminino , Humanos , Masculino , Projetos Piloto , Prevalência , Índice de Gravidade de Doença , Adulto Jovem
15.
Braz. oral res ; 23(3): 248-254, 2009. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-530260

RESUMO

In the light of the scarcity of epidemiological studies on the oral health of the general population within the context of the Amazon region, this study aimed to estimate the prevalence of dental caries and gingivitis, as well as to evaluate the need for restorative treatment, among school students aged 15 to 19 years in the city of Manaus, AM, Brazil. A cross-sectional study was carried out on a sample of 889 students from within city limits who were enrolled in 26 public and private schools. Dental examinations were performed to obtain the DMFT index (decayed, missing and filled teeth) as well as to determine the treatments needed. The gingival index (Lõe & Silness) was used to classify gingivitis. The intra-examiner diagnostic concordance was 94 percent and the Kappa statistic was 0.91. The DMFT index found was 4.65 (± 0.12), without significant difference between the sexes or skin color groups. The prevalence of dental caries was 87.4 percent. Restoration of a dental surface was the greatest need (59.3 percent). Slight gingival inflammation was present in 78.5 percent and gingival bleeding following probing occurred in 53.3 percent. Although the DMFT index was lower than that observed for the northern region of Brazil, restorative dental services are lacking for this population. Additional studies are suggested to better understand the differences found.


Assuntos
Adolescente , Feminino , Humanos , Masculino , Adulto Jovem , Cárie Dentária/epidemiologia , Gengivite/epidemiologia , Brasil/epidemiologia , Estudos Transversais , Índice CPO , Projetos Piloto , Prevalência , Índice de Gravidade de Doença , Adulto Jovem
16.
Rev. bras. epidemiol ; 11(4): 608-618, Dec. 2008. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: lil-510648

RESUMO

O conhecimento da prevalência da cárie dentária em municípios inseridos no contexto amazônico é pouco observado na literatura científica. O presente estudo visa investigar a prevalência e necessidade de tratamento da população de crianças de 12 anos de Rio Preto da Eva, Amazonas no ano de 2007, segundo o sexo e o tipo de localidade (rural e urbana). O estudo transversal foi de natureza descritiva e exploratória com a coleta de dados primários da doença, cujo desenho teve como base o levantamento epidemiológico SB-Brasil 2003. A amostra foi constituída por 344 crianças nas residências e escolas na zona rural e urbana do município. O índice CPO-D geral encontrado foi de 3,73 (+0,17) com predomínio do componente cariado. O percentual de crianças livres de cárie nas zonas urbana e rural foi de 12,5 e 13,6, respectivamente. Não houve diferença estatisticamente significante entre os sexos e os tipos de localidade. Na zona rural existem cerca de duas vezes mais dentes com necessidade de tratamento do que na zona urbana. O tratamento restaurador representou a maior necessidade de tratamento desta população (86,2 por cento). A prevalência de cárie na população de 12 anos de idade, em Rio Preto da Eva-AM, é moderada e o CPO-D médio encontrado está acima da meta estabelecida para o ano 2.000 pela FDI/OMS. Os dados evidenciam a necessidade de implementação de medidas de atenção à saúde bucal que sejam capazes de intervir nos determinantes da cárie dentária na população estudada.


Scientific literature encloses little knowledge on the prevalence of dental caries in municipalities in the Amazon region. The present study aimed to investigate the prevalence and treatment needs in the population of 12-year-old children in the municipality of Rio Preto da Eva, Amazonas, in the year 2007, according to gender and type of locality (rural or urban). This was a cross-sectional study of descriptive and exploratory nature with collection of primary data on the disease. The design was based on the 2003SB-Brazil epidemiological survey. The sample comprised 344 children in homes and schools in the rural and urban zones of the municipality. The general DMF-T index found was 3.73 (± 0.17), with predominance of the decay component. The percentages of children free of caries in the urban and rural zones were 12.5 and 13.6, respectively. There were no statistically significant differences between genders or types of locality. In the rural zone there were around twice as many teeth needing treatment as in the urban zone. Restorative treatment was the major treatment needed in this population (86.2 percent). The prevalence of caries among the 12-year-old population in Rio Preto da Eva was moderate, and the mean DMF-T was above the target level established for the year 2000 by the FDI/WHO. The data show that there is a need to implement oral health care measures that are capable of intervening in relation to determinants of dental caries in the study population.

19.
Cad. saúde colet., (Rio J.) ; 16(2)abr.-jun. 2008. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: lil-533097

RESUMO

O objetivo deste estudo é descrever os aspectos demográficos, as características clínicase epidemiológicas da hanseníase, de forma a traçar o perfil epidemiológico da hanseníaseno Município de Coari, Estado do Amazonas. Trata-se de um estudo descritivobaseado na análise de uma amostra de 226 pacientes diagnosticados no período entre1997 a 2006. Na análise dos dados foram utilizados os testes do qui-quadrado dePearson, t de Student e ANOVA. No período do estudo observou-se um declínio de63,1% no coeficiente de prevalência da hanseníase, 47,6% no de detecção geral, alémde uma redução de 91,9% na detecção em menores de 15 anos. Foi constatadaassociação estatística ao nível de 5% do sexo em relação à classificação operacional(p < 0,001) e da idade em relação ao grau de incapacidade (p = 0,002). O altonúmero de pacientes com graus I e II de incapacidade demonstra que no município deCoari há um grande número de casos com diagnóstico tardio e ainda uma possívelprevalência oculta da doença.


This study aims to describe the demographic, clinical and epidemiological aspects ofHansen?s disease, in attempt to describe the epidemiological profile of Hansen?s diseasein the municipality of Coari, state of Amazonas. It is a descriptive study with a sampleof 226 patients diagnosed in the period from 1997 to 2006. The data analysis wasperformed using the Pearson?s Qui-square, Student?s T and ANOVA tests. During thestudy period it was observed a decline of 63.1% in the Hansen?s disease prevalencecoefficient, 47.6% in general detection rate, in addition to a reduction of 91.9% in thedetection rate on children bellow 15 years old. A 5% statistic association was noticedregarding gender and operational classification (p < 0.001), age and degree of disability (p = 0.002). The high number of patients with grades I and II of disability indicatesthat in the municipality of Coari there is a large number of cases with late diagnosesand possibly underestimated prevalence of the disease.

20.
In. Universidade Federal do Rio de Janeiro.Instituto de Estudos em Saúde Coletiva. Investigações em sistema de saúde e controle da hanseníase. Rio de Janeiro, s.n, abr.-jun., 2008. p.193-204, tab.
Não convencional em Português | Hanseníase | ID: han-26929

RESUMO

O objetivo deste estudo é descrever os aspectos demográficos, as caracteristícas clínicas e epidemiológicas da hanseníase, de forma a traçar o perfil epidemiológico da hanseníase no Município de Coari, Estado do Amazonas. Trata-se de um estudo descritivo baseado na análise de uma amostra de 226 pacientes diagnosticados no período entre 1997 a 2006. Na análise dos dados foram utilizados os testes do qui-quadrado de Pearson, t de Student e ANOVA. No período do estudo observou-se um declínio de 63,1% no coeficienete de prevalência da hanseníaes, 47,6% no de detecção geral, além de uma redução de 91,9% na detecção em menores de 15 anos. Foi constatada associação estatística ao nivel de 5% do sexo em relação à classificação operacional (p <0,001) e da idade em relação ao grau de inacapacidade demonstra que no município de Coari há um grande número de casos com diagnóstico tardio e ainda uma possível prevalência oculta da doença. (AU)


Assuntos
Humanos , Hanseníase/diagnóstico , Hanseníase/epidemiologia , Hanseníase/fisiopatologia
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA