Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 8 de 8
Filtrar
Mais filtros










Tipo de estudo
Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. enferm. UFPE on line ; 12(2): 416-423, fev.2018. ilus, tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-965950

RESUMO

Objetivo: caracterizar o perfil dos pacientes e dos incidentes em unidade de clínica cirúrgica. Método: estudo quantitativo, transversal descritivo, em que os dados foram coletados em prontuários impressos por meio do instrumento de classificação internacional para a segurança do paciente da Organização Mundial da Saúde e, para a análise dos dados, empregou-se estatística descritiva. Resultados: participaram do estudo 34 pacientes, a maioria homens (64,7%), provenientes do domicílio (44,1%), com mediana de idade de 55,5 anos e mediana de tempo de internação na clínica cirúrgica de 8,5 dias. No período de estudo, não houve óbitos na unidade. Foram registrados 2.396 incidentes com os pacientes estudados, relacionados à medicação/fluídos endovenosos, documentação, procedimentos/processo clínico, administração clínica e nutrição. Conclusão: houve predominância de pacientes do sexo masculino e, quanto aos incidentes, sobressaíram-se os relacionados à medicação/fluídos endovenosos. Reitera-se a importância da educação permanente com os profissionais para que seja evitada a subnotificação e para reduzir os incidentes. (AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Gestão de Riscos , Enfermagem Perioperatória , Segurança do Paciente , Pacientes Internados , Erros de Medicação , Registros Médicos , Estudos Transversais
2.
Rev Lat Am Enfermagem ; 25: e2862, 2017 Apr 20.
Artigo em Inglês, Espanhol, Português | MEDLINE | ID: mdl-28443991

RESUMO

OBJECTIVES: assess the risk of falls in adult hospitalized patients and verify the incidence of the event in this environment. METHOD: cohort study, with approval by the Research Ethics Committee, which monitored 831 patients hospitalized at a university hospital. The Morse Fall Scale (MFS) was used to assess the risk and patients with high risk (≥45 points) were considered exposed to falls. RESULTS: the mean MFS score was 39.4 (±19.4) points. Between the first and the final assessment, the score increased by 4.6%. The first assessment score presented a strong and positive correlation with the final assessment score (r=0.810; p=0.000). CONCLUSION: the higher the risk score for falls when the patient is admitted, the higher the score at the end of the hospitalization period and vice-versa. The incidence rate corresponded to 1.68% with a higher percentage of patients classified at high risk of falls.


Assuntos
Acidentes por Quedas/estatística & dados numéricos , Hospitalização , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Estudos de Coortes , Feminino , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Medição de Risco
3.
Rev Gaucha Enferm ; 37(4): e62200, 2017 Feb 16.
Artigo em Português, Inglês | MEDLINE | ID: mdl-28225854

RESUMO

Objective: To analyse the power to predict risk and verify the validity of the Morse Fall Scale - Brazilian version (MFS-B). Method: This is a methodological, longitudinal study with 1487 adult patients of two university hospitals of Rio Grande do Sul, Brazil conducted from November 2013 to March 2014. The MFS-B was used to assess the risk of falls. Statistical analysis comprised multivariate methods (discriminant function analysis and ROC curve). The research was approved by the ethics committees of the institutions. Results: The best estimate to predict falls was at the cutoff point 44.78 of the average MFS-B score, with a sensitivity of 95.2% and a specificity of 64%. The occurrence of falls and the high-risk classification were significant (p<0.00001). Conclusions: The results show that the MFS-B can appropriately predict the risk of falls at the cutoff point for the high-risk classification, according to the original classification. The MFS-B had adequate validation test results and maintained the six items of the original scale.


Assuntos
Acidentes por Quedas/estatística & dados numéricos , Medição de Risco , Adolescente , Adulto , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Brasil , Feminino , Humanos , Estudos Longitudinais , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Reprodutibilidade dos Testes , Adulto Jovem
4.
Rev. latinoam. enferm. (Online) ; 25: e2862, 2017. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-845302

RESUMO

Abstract Objectives: assess the risk of falls in adult hospitalized patients and verify the incidence of the event in this environment. Method: cohort study, with approval by the Research Ethics Committee, which monitored 831 patients hospitalized at a university hospital. The Morse Fall Scale (MFS) was used to assess the risk and patients with high risk (≥45 points) were considered exposed to falls. Results: the mean MFS score was 39.4 (±19.4) points. Between the first and the final assessment, the score increased by 4.6%. The first assessment score presented a strong and positive correlation with the final assessment score (r=0.810; p=0.000). Conclusion: the higher the risk score for falls when the patient is admitted, the higher the score at the end of the hospitalization period and vice-versa. The incidence rate corresponded to 1.68% with a higher percentage of patients classified at high risk of falls.


Resumen Objetivos: evaluar el riesgo para caídas de pacientes hospitalizados y verificar la incidencia del evento en ese ambiente. Método: estudio de cohorte, aprobado por Comité de Ética en Investigación, que siguió 831 pacientes internados en un hospital universitario. Se utilizó la Morse Fall Scale (MFS) para evaluar el riesgo y se consideró como expuesto a las caídas el paciente con riesgo elevado (≥45 puntos). Resultados: la puntuación media de la MFS fue de 39,4 (±19,4) puntos. Entre la primera y la última evaluación, la puntuación aumentó en 4,6%. La puntuación de la primera evaluación mostró correlación positiva fuerte con la de la última evaluación (r=0,810; p=0,000). Conclusión: cuanto mayor la puntuación de riesgo para caídas en el momento de la admisión del paciente, mayor al final del período de internación y vice-versa. La tasa de incidencia fue 1,68% con mayor porcentaje de pacientes clasificados con riesgo elevado para caídas.


Resumo Objetivos: avaliar o risco para quedas de pacientes adultos hospitalizados e verificar a incidência do evento nesse ambiente. Método: estudo de coorte, aprovado por Comitê de Ética em Pesquisa, que acompanhou 831 pacientes internados em um hospital universitário. Utilizou-se a Morse Fall Scale (MFS) para avaliar o risco e considerou-se exposto às quedas o paciente com risco elevado (≥45 pontos). Resultados: a média da pontuação da MFS foi de 39,4 (±19,4) pontos. Entre a primeira e a última avaliação, existiu um aumento de 4,6% na pontuação. O escore da primeira avaliação apresentou uma correlação positiva forte com o da última avaliação (r=0,810; p=0,000). Conclusão: quanto maior a pontuação de risco para quedas na admissão do paciente, maior ao final do período de internação e vice-versa. A taxa de incidência foi de 1,68% com maior percentual de pacientes classificados com risco elevado para quedas.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Acidentes por Quedas/estatística & dados numéricos , Hospitalização , Estudos de Coortes , Medição de Risco
5.
Rev. enferm. UFSM ; 6(4): 471-481, out.-dez. 2016.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-31952

RESUMO

Objetivo: conhecer a percepção de usuários hospitalizados sobre o atendimento nos serviços de saúde. Método: pesquisa qualitativa, descritiva e exploratória, realizada em uma unidade de Clinica Cirúrgica, no período de outubro a novembro de 2014. Os dados foram obtidos por meio de entrevistas semiestruturadas com usuários internados e analisados a partir da análise temática. Resultados: os resultados foram discutidos a partir das categorias: o caminhar nos serviços de saúde; e realidades da Atenção Primária à Saúde e da hospitalar. Identificou-se que os usuários percebem que o atendimento recebido nos serviços de saúde é dificultado pela falta de estrutura dos mesmos, pela comunicação deficiente ou inexistente e pela falta de humanização na assistência. Conclusão: Frente às dificuldades percebidas nos serviços de atenção primária à saúde, os usuários buscam atendimento em instituições hospitalares, situação que desfavorece o estabelecimento e a articulação das redes de atenção à saúde. (AU)


Aim: To know the perception of hospitalized patients about the care in health services. Method: qualitative, descriptive and exploratory research, carried out in a Surgical Clinic unit, from October to November 2014. Data were collected through semistructured interviews with hospitalized users and analyzed from the thematic analysis. Results: The results were discussed from the following categories: walking in the health services; and realities of the primary health care and of the hospital. It was identified that users perceive that the care received in health services is hampered by the lack of structure thereof, by poor or non-existent communication and lack of humanization in assistance. Conclusion: In the face of perceived difficulties in primary health care services, users seek care in hospitals, a situation that discourages the establishment and coordination of health care networks. (AU)


Objetivo: Conocer la percepción de los pacientes hospitalizados sobre el atendimiento en los servicios de salud. Método: investigación cualitativa, descriptiva y exploratoria, realizada en una unidad de Clín1ica Quirúrgica, entre octubre y noviembre de 2014. Los datos fueron recolectados por medio de entrevistas semi-estructuradas con los usuarios hospitalizados y analizados a partir del análisis temático. Resultados: Los resultados fueron discutidos a partir de las categorías: el caminar en los servicios de salud; y las realidades de la atención primaria de salud y del hospital. Se identificó que los usuarios comprenden que la atención recibida en los servicios de salud se ve obstaculizada por la falta de estructura de esta, por una deficiente o inexistente comunicación y la falta de humanización en la asistencia. Conclusión: En medio a las dificultades identificadas en los servicios de atención primaria de salud, los usuarios buscan atención en los hospitales, situación que desfavorece el establecimiento y la articulación de las redes de atención de la salud. (AU)


Assuntos
Humanos , Enfermagem , Humanização da Assistência , Assistência Integral à Saúde , Serviços de Saúde
6.
Rev. enferm. UFPE on line ; 10(11): 4126-4136, Nov. 2016. ilus
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-30162

RESUMO

Objetivo: identificar produções relativas à segurança do paciente e cultura organizacional, que utilizaramcomo instrumento de coleta de dados o Safety Attitudes Questionnaire. Método: uma revisão integrativa, nasbases de dados LILACS, MEDLINE/PubMed, SCOPUS e Web of Science, com os descritores patient safety,organizational culture, climate, attitude of health personnel e a palavra-chave safety attitudesquestionnaire, com artigos publicados online, na íntegra, até o ano 2013. Resultados: obtiveram-se 16publicações para análise e discussão, apresentadas em duas categorias. Os estudos utilizaram como sujeitosprofissionais da saúde. A inserção dos demais profissionais não foi suficientemente contemplada, porémrepresentam um papel relevante na criação de ambientes de trabalho seguros. Verificou-se associação dacultura organizacional com o clima de segurança dos profissionais nas instituições. Conclusão: acredita-se queeste estudo trará contribuições à equipe de saúde, em especial à enfermagem, no que tange a implementaçãode ações de melhoria nas instituições de saúde.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Segurança do Paciente , Cultura Organizacional , Atitude do Pessoal de Saúde , Instalações de Saúde , Enfermagem , PubMed , MEDLINE
7.
Rev. gaúch. enferm ; 37(4): e62200, 2016. tab, graf
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-960758

RESUMO

RESUMO Objetivo Analisar o poder de predição de risco da Morse Fall Scale na versão brasileira (MFS-B). Método Estudo metodológico, longitudinal, com 1487 pacientes adultos de dois hospitais universitários do Rio Grande do Sul, Brasil. A MFS-B foi utilizada para avaliar o risco para quedas. A análise estatística englobou métodos multivariados (Análise Fatorial e Discriminante, curva ROC para determinar o ponto de corte ótimo). Pesquisa aprovada pelos Comitês de Ética das instituições. Resultados A melhor estimativa para predizer a queda foi no ponto de corte 44,78 da pontuação média da MFS-B, com sensibilidade de 95,2% e especificidade de 64%. A ocorrência de queda e a classificação de risco elevado foram significativas (p<0,00001). Conclusões Os resultados apontam para uma boa capacidade de predição de queda pela MFS-B, no ponto de corte para a classificação do risco elevado, conforme classificação original.


RESUMEN Objetivo Analizar el poder de predicción de riesgo de la Morse Fall Scale en la versión brasilera (MFS-B). Método Estudio metodológico, longitudinal, con 1487 pacientes adultos de dos hospitales universitarios de Rio Grande do Sul, Brasil. La MFS-B fue utilizada para evaluar el riesgo para disminuciones. El análisis estadístico englobó métodos multivariados (Análisis Factorial y Discriminante, curva ROC para determinar el punto de corte óptimo). Estudio aprobado por los Comités de Ética de las instituciones. Resultados La mejor estimativa para predecir la disminución fue en el punto de corte 44,78 del puntaje promedio de la MFS-B, con sensibilidad de 95,2% y de especificidad de 64%. La disminución y la clasificación de riesgo elevado fueron significativos (p<0,00001). Los resultados apuntan hacia una buena capacidad de predicción de la disminución por la MFS-B, en el punto de corte para la clasificación del riesgo elevado, según la clasificación original. MFS-B mostró pruebas de validez adecuada y el mantenimiento de los seis elementos de la escala original.


Objective To analyse the power to predict risk and verify the validity of the Morse Fall Scale - Brazilian version (MFS-B). Method This is a methodological, longitudinal study with 1487 adult patients of two university hospitals of Rio Grande do Sul, Brazil conducted from November 2013 to March 2014. The MFS-B was used to assess the risk of falls. Statistical analysis comprised multivariate methods (discriminant function analysis and ROC curve). The research was approved by the ethics committees of the institutions. Results The best estimate to predict falls was at the cutoff point 44.78 of the average MFS-B score, with a sensitivity of 95.2% and a specificity of 64%. The occurrence of falls and the high-risk classification were significant (p<0.00001). Conclusions The results show that the MFS-B can appropriately predict the risk of falls at the cutoff point for the high-risk classification, according to the original classification. The MFS-B had adequate validation test results and maintained the six items of the original scale.

8.
Rev. enferm. UFSM ; 5(1): 92-102, jan.-mar. 2015. tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-27604

RESUMO

Objetivo: mapear os riscos ergonômicos para trabalhadores de enfermagem durante procedimentos de movimentação e remoção de pacientes adultos internados em um hospital universitário. Método: estudo transversal, realizado com 123 pacientes adultosinternados, entre os meses de fevereiro a abril de 2011. Foram coletados dados referentes à caracterização sociodemográfica e aplicada a Escala de Avaliação do Risco naMovimentação e Transporte de Pacientes. Para organizar os dados foi utilizado o programa Excel® e a análise dos dados foi realizada no PASW Statistic, por meio da análisedescritiva. Resultados: obteve-se que 55,3% dos pacientes apresentaram médio e muito risco ergonômico. Das unidades avaliadas, a Terapia Intensiva e Cardiologia Intensiva foramas que apresentaram maiores riscos ergonômicos, com 83,3% dos pacientes classificados com muito risco. Conclusão: medidas para reduzir riscos ergonômicos devem contemplarprogramas de treinamento e capacitação, além de fornecimento de materiais e equipamentos para auxílio na movimentação dos pacientes.(AU)


Aim: to map the ergonomic risks for nursing workers when handling and moving adult patients in a university hospital. Method: cross-sectional study involving 123 hospitalized adult patients, between the months of February to April 2011. Data regardingsociodemographic characteristics were collected and the Scale of Risk Assessment in Patient Handling was applied. Excel® software was used for data organization and data analysis wasdeveloped on PASW Statistics, through descriptive statistics. Results: it was found that 55.3% of patients had moderate and high ergonomic risk. From the units evaluated, theIntensive Care Unit and the Intensive Cardiology Unit showed the greatest ergonomic risks, with 83.3% of patients classified as high risk. Conclusion: measures to reduce ergonomic risks should include training and capacity-building programs, as well as supply of materialsand equipment to aid in patients handling.(AU)


Objetivo: mapear los riesgos ergonómicos de los trabajadores de enfermería durante los procedimientos para el transporte y la remoción de pacientes adultos ingresadosen un hospital universitario. Método: estudio transversal, realizado con 123pacientes adultos ingresados, entre febrero y abril 2011. Fueron recogidas datos sobre características sociodemográficas y aplicada la Escala de Evaluación de Riesgos en elMovimiento y Transporte de Pacientes. Para organizar los datos fue utilizado el programa Excel®, y el análisis se realizó con el programa PASW Statistics, mediante uso deestadística descriptiva. Resultados: se encontró que 55,3% de pacientes tenían medio y mucho riesgo ergonómico. De las unidades evaluadas, Cuidados Intensivos y CardiologíaIntensiva mostraron mayores riesgos ergonómicos, con 83,3% de pacientes clasificados como de riesgo muy alto. Conclusión: las medidas para reducir riesgos ergonómicos debenincluir programas de capacitación y suministro de materiales y equipos para ayudar en el movimiento de pacientes.(AU)


Assuntos
Humanos , Enfermagem , Movimentação e Reposicionamento de Pacientes , Saúde do Trabalhador
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA