Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 123
Filtrar
1.
Rev Esc Enferm USP ; 53: e03428, 2019 May 02.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-31066754

RESUMO

OBJECTIVE: Unveiling the precipitating elements of conjugal violence based on the discourse of men undergoing criminal prosecution. METHOD: This is a qualitative study developed in a Domestic Violence and Family Violence Campaign against Women from Salvador, Bahia, Brazil. RESULTS: We interviewed 23 men. The following central ideas emerged: children and family interference; change in woman's behavior; feeling of ownership; discovery of extramarital affairs of women; absence of marital sexual intercourse; and use of alcohol and other drugs by men. CONCLUSION: Several elements precipitate marital violence according to the mens' discourse. Knowing these elements can subsidize actions for preventing the phenomenon, especially from implementing peaceful conflict resolution strategies.


Assuntos
Criminosos/psicologia , Maus-Tratos Conjugais/estatística & dados numéricos , Adulto , Brasil , Feminino , Humanos , Entrevistas como Assunto , Masculino , Pesquisa Qualitativa , Maus-Tratos Conjugais/psicologia
2.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 53: e03428, 2019.
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1003106

RESUMO

ABSTRACT Objective: Unveiling the precipitating elements of conjugal violence based on the discourse of men undergoing criminal prosecution. Method: This is a qualitative study developed in a Domestic Violence and Family Violence Campaign against Women from Salvador, Bahia, Brazil. Results: We interviewed 23 men. The following central ideas emerged: children and family interference; change in woman's behavior; feeling of ownership; discovery of extramarital affairs of women; absence of marital sexual intercourse; and use of alcohol and other drugs by men. Conclusion: Several elements precipitate marital violence according to the mens' discourse. Knowing these elements can subsidize actions for preventing the phenomenon, especially from implementing peaceful conflict resolution strategies.


RESUMEN Objetivo: Desvelar los elementos precipitadores de violencia conyugal mediante el discurso de varones en proceso criminal. Método: Se trata de un estudio de abordaje cualitativo, desarrollado en un Juzgado de Violencia Doméstica y Familiar contra la Mujer de Salvador, Bahía, Brasil. Resultados: Se llevaron a cabo entrevistas con 23 hombres. Emergieron las ideas centrales: hijos e interferencia de la familia; cambio en el comportamiento de la mujer; sentimiento de posesión; descubierta de relaciones extraconyugales de la mujer; ausencia de relación sexual marital; y adicción al alcohol y a otras drogas por los hombres. Conclusión: Según el discurso de los varones, distintos son los elementos que precipitan la violencia conyugal. Conocer dichos elementos puede subsidiar acciones para la prevención del fenómeno, sobre todo desde unas estrategias pacíficas de resoluciones de conflictos.


RESUMO Objetivo: Desvelar os elementos precipitadores de violência conjugal, a partir do discurso de homens em processo criminal. Método: Trata-se de um estudo de abordagem qualitativa, desenvolvido em uma Vara de Violência Doméstica e Familiar contra Mulher de Salvador, Bahia, Brasil. Resultados: Foram realizadas entrevistas com 23 homens. Emergiram as ideias centrais: filhos e interferência da família; mudança no comportamento da mulher; sentimento de posse; descoberta de relações extraconjugais da mulher; ausência de relação sexual marital; e uso de álcool e outras drogas pelos homens. Conclusão: Segundo o discurso dos homens, vários são os elementos que precipitam a violência conjugal. Conhecer esses elementos pode subsidiar ações para a prevenção do fenômeno, sobretudo a partir de estratégias pacíficas de resoluções de conflitos.


Assuntos
Humanos , Masculino , Enfermagem Familiar , Violência contra a Mulher , Conflito Familiar/psicologia , Violência por Parceiro Íntimo/prevenção & controle , Violência Doméstica , Pesquisa Qualitativa
3.
Interface (Botucatu, Online) ; 23: e170958, 2019. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1002349

RESUMO

Objetiva-se conhecer as implicações da vivência de prisão preventiva por meio da história oral de homens em processo criminal por violência conjugal. Utilizou-se a história oral temática, sendo realizadas entrevistas semiestruturadas com 11 homens em processo criminal por violência conjugal que vivenciaram a prisão preventiva, residentes em Belém, Pará, Brasil, nos meses de junho e julho de 2015. Os dados foram organizados e categorizados segundo análise de conteúdo temática categorial. As narrativas masculinas despontaram para: implicações físicas e psíquicas, comprometimento de interação social, expressos pela exclusão familiar, problemas financeiros e dificuldade de empregabilidade. A análise das implicações da experiência de prisão preventiva permite refletir acerca da importância da articulação intersetorial, implementação de espaços reflexivos e discussões no campo das desigualdades de gênero.(AU)


This study explored the implications of the experience of preventive detention drawing on the oral histories of men being prosecuted for intimate partner violence. The oral history of 11 men living in Belém, Brazil being prosecuted for intimate partner violence and who had experienced preventive detention were collected using semi-structured interviews conducted between June and July 2015. The data was organized and categorized using thematic content analysis. The male narratives revealed physical and psychological implications and impaired social interaction, expressed by family exclusion, financial problems, and difficulty in finding employment. The analysis of the implications of experiences of preventive detention provided valuable insights into the importance of intersectorality, the creation of reflective spaces, and discussions in the field of gender inequality.(AU)


Tiene el objetivo de conocer las implicaciones de la vivencia de prisión preventiva por medio de la historia oral de hombres en proceso criminal por violencia conyugal. Se utilizó la historia oral temática, realizándose entrevistas semiestructuradas con 11 hombres en proceso criminal por violencia conyugal que experimentaron la prisión preventiva, residentes en Belém, Estado de Pará, Brasil, en los meses de junio y julio de 2015. Los datos se organizaron y categorizaron según análisis de contenido temático de categoría. Las narrativas masculinas mostraron las implicaciones físicas y psíquicas, el compromiso de la interacción social, expresados por la exclusión familiar, problemas financieros y dificultad de condición para el empleo. El análisis de las implicaciones de la experiencia de prisión preventiva permite reflexionar sobre la importancia de la articulación intersectorial, implementación de espacios reflexivos y discusiones en el campo de las desigualdades de género.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Aplicação da Lei , Saúde do Homem , Masculinidade/história , Violência por Parceiro Íntimo/psicologia
4.
Rev. enferm. UFPE on line ; 12(9): 2368-2375, set. 2018.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-995764

RESUMO

Objetivo: desvelar as expressões da violência conjugal vivenciada por mulheres e os serviços percorridos por conta do agravo. Método: estudo qualitativo, descritivo, ancorado na categoria de gênero. Entrevistaram-se 19 mulheres em vivência de violência conjugal. Analisaram-se os dados a partir da técnica do Discurso do Sujeito Coletivo. Resultados: as mulheres experienciaram violência, expressa nas formas patrimonial, moral, psicológica, sexual e física. Diante o sofrimento desencadeado pelo fenômeno, as mulheres percorreram serviço hospitalar, delegacia, vara de violência e a casa abrigo, além de contar com o apoio da associação de mulheres, criada na comunidade para tal fim. Conclusão: o conhecimento acerca das expressões da assimetria de gênero na vida das mulheres e os serviços buscados poderá subsidiar o preparo dos profissionais da saúde para o reconhecimento do agravo e encaminhamento na rede.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Apoio Social , Adaptação Psicológica , Saúde da Mulher , Violência contra a Mulher , Violência por Parceiro Íntimo , Exposição à Violência , Violência de Gênero , Enfermagem em Saúde Pública , Epidemiologia Descritiva , Pesquisa Qualitativa
5.
Rev. enferm. UFPE on line ; 12(9): 2418-2427, set. 2018. ilus, graf
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-995849

RESUMO

Objetivo: conhecer as expressões e repercussões da violência conjugal. Método: estudo quantitativo, documental e descritivo. Os dados foram coletados a partir de 212 processos de violência conjugal registrados em uma Vara de Violência pela Paz em Casa. O processamento deu-se a partir de distribuições das frequências apresentados em figuras. Resultados: com base nas informações contidas no processo, as mulheres referiram vivenciar as violências nas formas psicológica (90,09%), física (76,64%), moral (69,34%), patrimonial (24,06%) e sexual (19,34%). As repercussões registradas relacionam-se ao desencadeamento de hematomas (47,9%), lesões de pele (35,9%), escoriações (12%) e fraturas (4,2%), todas associadas à agressão física, a qual se deu através do uso da força corporal (76,64%), de armas branca (11,97%) e de fogo (11,39%). Conclusão: embora os processos registrem todas as expressões da violência tipificadas pela Lei Maria da Penha, as repercussões relacionam-se apenas à agressão física, apontando para a necessidade de adequação do formulário de investigação nas varas.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Mulheres Maltratadas , Aplicação da Lei , Violência contra a Mulher , Violência por Parceiro Íntimo , Violência por Parceiro Íntimo/legislação & jurisprudência , Violência de Gênero , Saúde Pública , Epidemiologia Descritiva
6.
Rev. enferm. UFPE on line ; 12(9): 2459-2469, set. 2018. ilus, tab, graf
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-995925

RESUMO

Objetivo: conhecer as dificuldades enfrentadas e as estratégias utilizadas pelos profissionais para a melhoria do acolhimento à pessoa em sofrimento mental na Atenção Básica. Método: revisão integrativa nas bases de dados LILACS, BDENF, Index Psicologia, MEDLINE e biblioteca virtual Scielo de artigos publicados no período de janeiro de 2001 a dezembro de 2017, com emprego dos descritores: acolhimento, saúde mental e atenção primária à saúde. Realizou-se a sistematização dos dados pela técnica de Análise de conteúdo. Resultados: foram analisados 25 artigos em que identificaram-se dificuldades relacionadas aos campos profissional, sociocultural e estrutural. No tocante às estratégias, busca-se capacitação por parte dos profissionais, o que favorece a responsabilização, a melhoria na conformação da rede e a organização dos fluxos de atendimento. Conclusão: a falta de capacitação profissional, de insumos materiais, bem como o não reconhecimento da atenção básica como participe da rede são elementos que dificultam o acolhimento, para tanto, a organização do fluxo e a busca por capacitação profissional são estratégias que colaboram no acolhimento.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Equipe de Assistência ao Paciente , Atenção Primária à Saúde , Relações Profissional-Paciente , Enfermagem Psiquiátrica , Saúde Mental , Pessoas Mentalmente Doentes , Acolhimento , Serviços de Saúde Mental , MEDLINE
7.
Acta Paul. Enferm. (Online) ; 31(4): 423-429, jul.-ago. 2018. graf
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-973396

RESUMO

Resumo Objetivo Desvelar o abuso intrafamiliar vivenciado na infância de homens em processo criminal por violência conjugal. Métodos Trata-se de um estudo qualitativo, fundamentado no referencial teórico proposto por Walter Benjamin. A coleta de dados ocorreu por meio de entrevistas com 23 homens que estavam respondendo judicialmente por violência conjugal em uma Vara de Violência Doméstica e Familiar contra Mulher da cidade de Salvador, Bahia, Brasil, as quais foram categorizadas com o apoio do Software Nvivo-11 e organizadas através do Discurso do Sujeito Coletivo. Resultados As falas evidenciaram uma infância marcada pela falta de afeto, vivência de violência física e psicológica, expressa pelas marcas corporais, cárcere privado e amedrontamento, bem como o testemunho da violência conjugal entre os pais. Ao tempo que aponta para o trauma dessa vivência, o estudo alerta que o sujeito coletivo percebe-se reproduzindo, em sua relação conjugal, as mesmas atitudes paternas. Conclusão A experiência de uma infância marcada por violência intrafamiliar sinaliza o caráter intergeracional da violência doméstica, refletida nas relações conjugais abusivas.


Resumen Objetivo Desvelar el abuso intrafamiliar experimentado en la infancia de los hombres en un proceso penal por violencia conyugal. Métodos Se trata de un estudio cualitativo, basado en el marco teórico propuesto por Walter Benjamin. La recolección de datos ocurrió por medio de entrevistas con 23 hombres que respondían judicialmente por violencia conyugal en una Vara de Violencia Doméstica y Familiar contra la Mujer de la ciudad de Salvador, Bahia, Brasil, las cuales fueron categorizadas con el apoyo del Software Nvivo-11 y organizadas a través del Discurso del Sujeto Colectivo. Resultados Las declaraciones mostraron una infancia marcada por la falta de afecto, la experiencia de la violencia física y psicológica, expresado por las marcas corporales, detención ilegal e intimidación, así como el testimonio de la violencia conyugal entre los padres. Al mismo tiempo que apunta el trauma de dicha experiencia, el estudio advierte que el sujeto colectivo se percibe reproduciendo, en su relación conyugal, las mismas actitudes paternas. Conclusión La experiencia de una infancia marcada por la violencia intrafamiliar señala el carácter intergeneracional de la violencia doméstica, la cual se refleja en las relaciones de pareja abusivas.


Abstract Objective Unveil the intrafamilial abuse experienced in the childhood of men criminally prosecuted for domestic violence. Methods A qualitative study was undertaken, based on the theoretical framework proposed by Walter Benjamin. The data were collected through interviews with 23 men who were being criminally prosecuted for domestic violence in a Court for Domestic and Family Violence against Women in the city of Salvador, Bahia, Brazil, which were categorized with the help of Nvivo-11 and organized by means of the Collective Subject Discourse. Results The statements evidenced a childhood marked by lack of affection, experiences of physical and psychological violence, expressed through body marks, false imprisonment and fear, as well as witnessing domestic violence between the parents. While appointing the trauma of this experience, the study alerts that the collective subject finds himself reproducing the same paternal attitudes in his marital relationship. Conclusion The experience of a childhood marked by intrafamilial violence signals the intergenerational nature of domestic violence, reflected in the abusive marital relationships.

8.
Cogitare enferm ; 23(1): 1-7, jan - mar. 2018.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-883486

RESUMO

Objetivo: conhecer a percepção de enfermeiras obstétricas acerca da violência obstétrica. Método: estudo exploratório, com abordagem qualitativa, realizada com 19 enfermeiras que atuavam no Centro Obstétrico, Pré-parto, Parto e Pós-partode um hospital de referência materno-infantil da cidade de Belém, Pará, Brasil. Os dados foram coletados por entrevista semiestruturada, nos meses de abril e maio 2016, e submetidos à técnica de análise de conteúdo temática. Resultados: as enfermeiras obstétricas percebem que a violência obstétrica se apresenta de diversas formas; entretanto, não reconhecem determinadas práticas como uma violação. Além disso, reconhecem que a falta de conhecimento da parturiente é um elemento de vulnerabilização em relação à violência obstétrica,despontando para as repercussões do fenômeno à vida da mulher. Considerações Finais: O estudo revelou as percepções das enfermeiras vislumbrando a necessidade de estratégias preventivas à ocorrência do fenômeno da violência obstétrica (AU).


Objective: to get to know the perception of nurse midwives on obstetric violence. Method: this is an exploratory study with a qualitative approach performed with 19 nurses working at the obstetric, labor, delivery and postpartum center of a maternal- newborn reference hospital in the city of Belém, state of Pará, Brazil. Data were collected through a semistructured interview in the months of April and May 2016, and submitted to the thematic content analysis technique. Results: nurse midwives notice that obstetric violence occurs in different ways; however, they do not recognize certain practices as a violation. In addition, they admit that lack of knowledge by the parturient is an element that makes them more vulnerable toward obstetric violence, showing the repercussions of the phenomenon to women's life. Final Considerations: the study revealed nurses' perceptions, showing the need for strategies to prevent obstetric violence (AU).


Objetivo: conocer la percepción de enfermeras obstetrices acerca de la violencia obstétrica. Método: estudio exploratorio con abordaje cualitativo, realizado con 19 enfermeras actuantes en el Centro Obstétrico Preparto y Posparto de un hospital Maternoinfantil de referencia de la ciudad de Belém, Pará, Brasil. Datos recolectados mediante entrevista semiestructurada, en los meses de abril y mayo de 2016, sometidos a la técnica de análisis de contenido temático. Resultados: las enfermeras obstetrices perciben que la violencia obstétrica se presenta de diversas formas; sin embargo, no reconocen a determinadas prácticas como una violación. Además, aceptan que el desconocimiento de la parturienta es un factor de vulnerabilidad en relación a la violencia obstétrica, dando lugar a repercusiones del fenómeno en la vida de la mujer. Consideraciones finales: el estudio reveló las percepciones de las enfermeras considerando la necesidad de estrategias preventivas a la ocurrencia del fenómeno de la violencia obstétrica (AU).


Assuntos
Humanos , Saúde da Mulher , Parto Humanizado , Parto Obstétrico , Violência contra a Mulher , Enfermeiras Obstétricas
9.
Rev. bras. enferm ; 71(1): 178-184, Jan.-Feb. 2018.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-898344

RESUMO

ABSTRACT Objective: to analyze male criminals' perception about marital violence. Method: An exploratory, descriptive, qualitative study undertaken with 23 men who were criminally prosecuted for marital violence. A multimethod data collection was conducted, with individual interview and focal group techniques combined, between May and December 2015. The data collected were initially categorized using the NVIVO® 11 software program, and then organized using the Collective Subject Discourse method. Results: the collective discourses reveal that, in the male's perception, conjugal violence is inherent in a marital relationships: it is a private, reciprocal problem that leaves body marks. Conclusion: gender dissymmetry as a social construct is evidenced, signaling the need to create spaces for reflection and re-signification of men and women, from a gender perspective.


RESUMEN Objetivo: analizar la percepción de hombres en proceso criminal sobre la violencia conyugal. Método: Estudio cualitativo exploratorio-descriptivo, con 23 hombres accionados criminalmente por violencia conyugal. Los datos fueron colectados por multimedios, teniendo como técnicas de colecta la entrevista individual y el grupo focal, entre el período de mayo a diciembre de 2015. Los datos colectados fueron inicialmente categorizados con auxilio del software NVIVO® 11 y, en seguida, organizados de acuerdo con el método del Discurso del Sujeto Colectivo. Resultados: los discursos colectivos revelan que, en la percepción masculina, la violencia conyugal es natural en la relación conyugal; un problema del ámbito privado; recíproca; y deja marcas corporales. Conclusión: se evidencia la disimetría del género como constructo social, señalando para la necesidad de la creación de espacios de reflexión y resignificación de hombres y mujeres, en la perspectiva de género.


RESUMO Objetivo: analisar a percepção de homens em processo criminal sobre a violência conjugal. Método: Estudo qualitativo exploratório-descritivo, com 23 homens acionados criminalmente por violência conjugal. Os dados foram coletados por multimétodos, tendo como técnicas de coleta a entrevista individual e o grupo focal, entre o período de maio a dezembro de 2015. Os dados coletados foram inicialmente categorizados com auxílio do software NVIVO® 11 e, em seguida, organizados de acordo com o método do Discurso do Sujeito Coletivo. Resultados: os discursos coletivos revelam que, na percepção masculina, a violência conjugal é natural na relação conjugal; um problema do âmbito privado; recíproca; e deixa marcas corporais. Conclusão: evidencia-se a dissimetria de gênero como constructo social, sinalizando para a necessidade da criação de espaços de refl exão e ressignifi cação de homens e mulheres, na perspectiva de gênero.

10.
Rev. bras. enferm ; 71(1): 178-184, Jan.-Feb. 2018.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-898375

RESUMO

ABSTRACT Objective: to analyze male criminals' perception about marital violence. Method: An exploratory, descriptive, qualitative study undertaken with 23 men who were criminally prosecuted for marital violence. A multimethod data collection was conducted, with individual interview and focal group techniques combined, between May and December 2015. The data collected were initially categorized using the NVIVO® 11 software program, and then organized using the Collective Subject Discourse method. Results: the collective discourses reveal that, in the male's perception, conjugal violence is inherent in a marital relationships: it is a private, reciprocal problem that leaves body marks. Conclusion: gender dissymmetry as a social construct is evidenced, signaling the need to create spaces for reflection and re-signification of men and women, from a gender perspective.


RESUMEN Objetivo: analizar la percepción de hombres en proceso criminal sobre la violencia conyugal. Método: Estudio cualitativo exploratorio-descriptivo, con 23 hombres accionados criminalmente por violencia conyugal. Los datos fueron colectados por multimedios, teniendo como técnicas de colecta la entrevista individual y el grupo focal, entre el período de mayo a diciembre de 2015. Los datos colectados fueron inicialmente categorizados con auxilio del software NVIVO® 11 y, en seguida, organizados de acuerdo con el método del Discurso del Sujeto Colectivo. Resultados: los discursos colectivos revelan que, en la percepción masculina, la violencia conyugal es natural en la relación conyugal; un problema del ámbito privado; recíproca; y deja marcas corporales. Conclusión: se evidencia la disimetría del género como constructo social, señalando para la necesidad de la creación de espacios de reflexión y resignificación de hombres y mujeres, en la perspectiva de género.


RESUMO Objetivo: analisar a percepção de homens em processo criminal sobre a violência conjugal. Método: Estudo qualitativo exploratório-descritivo, com 23 homens acionados criminalmente por violência conjugal. Os dados foram coletados por multimétodos, tendo como técnicas de coleta a entrevista individual e o grupo focal, entre o período de maio a dezembro de 2015. Os dados coletados foram inicialmente categorizados com auxílio do software NVIVO® 11 e, em seguida, organizados de acordo com o método do Discurso do Sujeito Coletivo. Resultados: os discursos coletivos revelam que, na percepção masculina, a violência conjugal é natural na relação conjugal; um problema do âmbito privado; recíproca; e deixa marcas corporais. Conclusão: evidencia-se a dissimetria de gênero como constructo social, sinalizando para a necessidade da criação de espaços de refl exão e ressignifi cação de homens e mulheres, na perspectiva de gênero.

11.
Rev Bras Enferm ; 71(1): 178-184, 2018.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-29324961

RESUMO

OBJECTIVE: to analyze male criminals' perception about marital violence. METHOD: An exploratory, descriptive, qualitative study undertaken with 23 men who were criminally prosecuted for marital violence. A multimethod data collection was conducted, with individual interview and focal group techniques combined, between May and December 2015. The data collected were initially categorized using the NVIVO® 11 software program, and then organized using the Collective Subject Discourse method. RESULTS: the collective discourses reveal that, in the male's perception, conjugal violence is inherent in a marital relationships: it is a private, reciprocal problem that leaves body marks. CONCLUSION: gender dissymmetry as a social construct is evidenced, signaling the need to create spaces for reflection and re-signification of men and women, from a gender perspective.


Assuntos
Violência por Parceiro Íntimo/psicologia , Percepção , Prisioneiros/psicologia , Adulto , Brasil , Humanos , Masculino , Masculinidade , Pessoa de Meia-Idade , Pesquisa Qualitativa
12.
Texto & contexto enferm ; 27(2): e3820016, 2018.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-962921

RESUMO

RESUMO Objetivo: conhecer a experiência masculina acerca da prisão preventiva por violência conjugal. Método: trata-se de um estudo qualitativo, exploratório-descritivo, com 23 homens em processo por violência conjugal junto à 1ª Vara de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, na cidade de Salvador, Bahia, Brasil. A coleta se deu por meio de entrevistas semiestruturadas e grupo focal, entre maio e dezembro de 2015. Os dados foram organizados a partir do Discurso do Sujeito Coletivo e software NVIVO® 11. Resultados: os homens experienciaram a prisão preventiva por um tempo que variou entre 15 e 90 dias. As ideias centrais emergidas foram: Sentindo-se injustiçado e revoltado pela prisão; Reconhecendo sua conduta violenta; Aspirando por relações livres de violência. Conclusão: os achados apontam que é comum nos relacionamentos conjugais a naturalização da violência e sinalizam a importância do apoio social no processo de reflexão desse relacionamento. Soma-se a necessidade de articulação entre diversos setores envolvidos no processo criminal de homens por violência conjugal a fim de reeducar e ressocializar o autor da agressão.


RESUMEN Objetivo: conocer la experiencia masculina acerca de la prisión preventiva por violencia conyugal. Método: se trata de un estudio cualitativo y exploratorio-descriptivo con 23 hombres en procesos por violencia conyugal junto a la 1ª Jurisdicción de Violencia Doméstica y Familiar contra la Mujer, en la ciudad de Salvador - Bahia, Brasil. La obtención de datos se dio por medio de entrevistas semiestructuradas y un grupo de enfoque entre Mayo y Diciembre del 2015. Los datos fueron organizados a partir del Discurso del Sujeto Colectivo y el software NVIVO® 11. Resultados: los hombres cumplieron con la prisión preventiva por un tiempo que varió de 15 a 90 días. Las ideas centrales emergidas fueron: se sintieron agraviados y con rabia por la prisión; reconocieron su conducta violenta; aspiran tener relaciones libres de violencia. Conclusión: los resultados encontrados señalan que es común en los relacionamientos conyugales la naturalización de la violencia y señalan la importancia del apoyo social en el proceso de reflexión de ese relacionamiento. Se suma la necesidad de articulación entre los diversos sectores participantes en el proceso criminal de hombres por violencia conyugal a fin de reeducar y resocializar al autor de la agresión.


ABSTRACT Objective: to know the male experience regarding the preventive detention due to conjugal violence. Method: it is a qualitative, exploratory-descriptive study, with 23 men sued for marital violence at the 1st Domestic and Family Violence Court against Women, in the city of Salvador, Bahia, Brazil. The collection was carried out through semi-structured interviews and a focus group between May and December 2015. The data were organized from the Discourse of the Collective Subject and NVIVO® 11 software. Results: the men experienced preventive detention ranging from 15 to 90 days. The central ideas emerged were: Feeling wronged and revolted due to being in prison; Recognizing their violent behavior; Aspiring for relations free of violence. Conclusion: the findings indicate that it is common in marital relationships the naturalization of violence, and indicate the importance of social support in the process of reflection on this relationship. The need of articulation between the several sectors involved in the criminal prosecution of men by conjugal violence is added, in order to re-educate and re-socialize the author of the aggression.

13.
Esc. Anna Nery Rev. Enferm ; 22(1): e20170108, 2018.
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-891756

RESUMO

Abstract This qualitative, descriptive research had the purpose of analyzing the discourse of women and men involved in criminal proceedings on their experience of conjugal violence. Interviews were conducted with men in criminal proceedings for marital violence and the respective testimonies of their companions, contained in case files, were analyzed. Data were organized using the NVIVO® 11 software and the Collective Subject Discourse method. The discourses indicate that the reciprocity of the experience of violence is not recognized by the couple. While the woman sometimes transfers the responsibility of the act to the ingestion of alcohol or to herself, the man minimizes the event and questions the legitimacy of the testimony given by his companion. This points to the importance of the creation of spaces for reeducation in the perspective of gender, which would allow the recognition of the grievance by the couple and favor more respectful and harmonious relationships within the family.


Resumen Objetivo: Analizar el discurso de mujeres y hombres en proceso criminal sobre la vivencia de violencia conyugal. Método: Investigación cualitativa-descriptiva. Se realizaron entrevistas con hombres en proceso criminal por violencia conyugal. Fueron analizados los testimonios de sus compañeras, contenidos en los autos del proceso. Los datos se organizaron a través del software NVIVO® 11 y el método del Discurso del Sujeto Colectivo. Resultados: A pesar de la vivencia recíproca de violencia, ésta no es reconocida por la pareja. Mientras la mujer a veces transfiere la responsabilidad del acto para la ingestión de alcohol o para ellas mismas, el hombre minimiza lo ocurrido, cuestionando aún la legitimidad del testimonio dado por la compañera. Conclusión: Se señala la importancia de la creación de espacios de reeducación en la perspectiva de género, que posibiliten el reconocimiento del agravio por la pareja y favorezca relaciones más respetuosas y armoniosas en el ámbito familiar.


Resumo Pesquisa qualitativa-descritiva, com objetivo de analisar o discurso de mulheres e homens em processo criminal sobre a vivência de violência conjugal. Foram realizadas entrevistas com homens em processo criminal por violência conjugal, e analisados os respectivos depoimentos de suas companheiras, contidos nos autos do processo. Os dados foram organizados por meio do software NVIVO® 11 e pelo método do Discurso do Sujeito Coletivo. Os discursos sinalizam que apesar da vivência recíproca de violência, esta não é reconhecida pelo casal. Enquanto a mulher, por vezes, transfere a responsabilidade do ato para a ingestão de álcool ou para elas mesmas, o homem minimiza o ocorrido, questionando ainda a legitimidade do depoimento dado pela companheira. Sinaliza-se para a importância da criação de espaços de reeducação na perspectiva de gênero, que possibilite o reconhecimento do agravo pelo casal e favoreça relações mais respeitosas e harmoniosas no âmbito familiar.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Violência Doméstica , Violência contra a Mulher
14.
Arq. ciências saúde UNIPAR ; 22(2): 117-122, maio-ago. 2018. ilus
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: biblio-883585

RESUMO

A violência por parceiro íntimo, muitas vezes, tem o uso do álcool e seus efeitos colaterais como elementos precipitadores e intensificadores das condutas violentas. Diante desse pressuposto, tem-se por objetivo identificar na literatura científica, nacional e internacional, as evidências científicas acerca da influência do consumo de bebidas alcoólicas na ocorrência de violência por parceiro íntimo. Trata-se de uma revisão integrativa da literatura realizada nas bases de dados Medical Literature Analysis and Retrieval System Online, Scientific Electronic Library Online, Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde e Base de dados de enfermagem, nas línguas portuguesa e inglesa, não havendo artigos em espanhol, com os descritores: consumo de bebidas alcoólicas, violência contra a mulher e violência conjugal. Considerou-se como critérios de inclusão: artigos originais, publicados no período de 2011 a 2016, disponíveis gratuitamente nos idiomas português, inglês ou espanhol, excluindo assim artigos fora dos critérios de inclusão, além de teses, dissertações, monografias, livros, capítulos de livros, documentos governamentais e seminários. Foram encontrados 56 artigos, contudo, somente 7 atenderam aos critérios de inclusão e exclusão e responderam a questão de revisão. Dentre os selecionados, realizou-se uma análise, a qual correspondeu à síntese das evidências disponíveis nos artigos que compõem o corpus do estudo. A literatura nacional e internacional desponta para o consumo de bebidas alcoólicas dentro da relação conjugal, como um elemento que contribui de forma significativa para uma evidente propensão à prática da violência por parceiro íntimo, pois está relacionado com a instabilidade emocional e a reação contra as agressões perpetradas pelo parceiro íntimo.


Intimate partner violence often has the consumption of alcohol and its side effects as precipitating and intensifying elements of violent behavior. Based on this assumption, the purpose of this study is to identify scientific evidence in the national and international scientific literature on the influence of alcohol consumption on the occurrence of violence by an intimate partner. This is an integrative literature review using the Medical Literature Analysis and Retrieval System Online databases, the Scientific Electronic Library Online, the Latin American and Caribbean Literature on Health Sciences and the Nursing Database, in both Portuguese and English, since there were no papers published in Spanish with the descriptors: alcohol consumption, violence against women and marital violence. Inclusion criteria were: novelty articles, published between 2011 and 2016, available free of charge in Portuguese, English or Spanish, thus excluding any articles outside the inclusion criteria, as well as theses, dissertations, monographs, books, book chapters, government documents and seminars. A total of 56 articles were found. However, only seven met the inclusion criteria and answered the review question. Among those selected, an analysis was performed, which corresponded to the synthesis of the available evidence in the articles that make up the study corpus. The national and international literature emerges for the consumption of alcoholic beverages within the marital relationship as an element that significantly contributes to an evident propensity to practice intimate partner violence, since it is related to emotional instability and reaction against aggressions perpetrated by the intimate partner.


Assuntos
Consumo de Bebidas Alcoólicas , Violência por Parceiro Íntimo , Violência contra a Mulher , Saúde da Mulher
15.
Acta Paul. Enferm. (Online) ; 30(6): 598-606, Nov.-Dez. 2017. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-885897

RESUMO

Resumo Objetivo: Analisar recursos de disciplinarização na Enfermagem com base nas histórias de vida de enfermeiras militantes. Métodos: Pesquisa histórica, de abordagem qualitativa, realizada com enfermeiras que militam por questões profissionais. Os dados foram coletados por meio de entrevistas semiestruturadas, organizados com auxílio do software NVivo 10 e analisados com base na hermenêutica dialética. Resultados: identificados os seguintes recursos de disciplinarização: a religiosidade, o gênero e as estratégias de vigilância, coação e punição. Conclusão: Tais recursos compõem uma estrutura panóptica e são utilizados para dominação e manutenção da subalternidade por parte de enfermeiras desde o processo formativo até o mercado de trabalho. Por fim, este estudo aponta para necessidade de rever a formação em Enfermagem, bem como as práticas pedagógicas, de modo a favorecer a formação e atuação efetivamente críticas, reflexivas e emancipatórias.


Abstract Objective: To analyze disciplinary resources in nursing based on the life histories of militant nurses. Methods: Historical research, using a qualitative approach, that was conducted with nurses who militate for professional reasons. Data were collected using semi-structured interviews, organized using NVivo 10 software, and analyzed based on dialectical hermeneutics. Results: The following disciplinary resources were identified: religiosity, gender, surveillance, coercion, and punishment strategies. Conclusion: These resources constitute a panoptic structure, and are used for domination and maintenance of the subaltern role of nurses, beginning in the educational process and moving into the labor market. Finally, this study indicates the need to review nursing education, as well as pedagogical practices, in order to favor professional formation and actions that are effectively critical, reflexive, and emancipatory.

16.
Acta Paul. Enferm. (Online) ; 30(6): 598-606, Nov.-Dez. 2017. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-885910

RESUMO

Resumo Objetivo: Analisar recursos de disciplinarização na Enfermagem com base nas histórias de vida de enfermeiras militantes. Métodos: Pesquisa histórica, de abordagem qualitativa, realizada com enfermeiras que militam por questões profissionais. Os dados foram coletados por meio de entrevistas semiestruturadas, organizados com auxílio do software NVivo 10 e analisados com base na hermenêutica dialética. Resultados: identificados os seguintes recursos de disciplinarização: a religiosidade, o gênero e as estratégias de vigilância, coação e punição. Conclusão: Tais recursos compõem uma estrutura panóptica e são utilizados para dominação e manutenção da subalternidade por parte de enfermeiras desde o processo formativo até o mercado de trabalho. Por fim, este estudo aponta para necessidade de rever a formação em Enfermagem, bem como as práticas pedagógicas, de modo a favorecer a formação e atuação efetivamente críticas, reflexivas e emancipatórias.


Abstract Objective: To analyze disciplinary resources in nursing based on the life histories of militant nurses. Methods: Historical research, using a qualitative approach, that was conducted with nurses who militate for professional reasons. Data were collected using semi-structured interviews, organized using NVivo 10 software, and analyzed based on dialectical hermeneutics. Results: The following disciplinary resources were identified: religiosity, gender, surveillance, coercion, and punishment strategies. Conclusion: These resources constitute a panoptic structure, and are used for domination and maintenance of the subaltern role of nurses, beginning in the educational process and moving into the labor market. Finally, this study indicates the need to review nursing education, as well as pedagogical practices, in order to favor professional formation and actions that are effectively critical, reflexive, and emancipatory.

17.
Rev Lat Am Enfermagem ; 25: e2914, 2017 08 03.
Artigo em Inglês, Português, Espanhol | MEDLINE | ID: mdl-28793124

RESUMO

Objective: to construct and validate nursing diagnoses for people in palliative care based on the Dignity-Conserving Care Model and the International Classification for Nursing Practice. Method: a two-stage methodological study: 1) construction of the database of clinically and culturally relevant terms for the nursing care for people in palliative care and 2) construction of nursing diagnoses from the database of terms, based on the guidelines of the International Council of Nurses. Results: the 262 terms validated constituted a database of terms from which 56 nursing diagnoses were developed. Of these, 33 were validated by a group of 26 experts, and classified in the three categories of the Dignity-Conserving Care Model: illness-related concerns (21); dignity-conserving repertoire (9); and social dignity inventory (3). Conclusion: of the 33 validated diagnoses, 18 of them could be included in the update of the Catalog of the International Classification for Nursing Practice - palliative care for a dignified death. The study contributes to support the clinical reasoning and decision making of the nurse.


Assuntos
Diagnóstico de Enfermagem , Cuidados Paliativos , Humanos , Terminologia Padronizada em Enfermagem
18.
Rev. cuba. plantas med ; 22(1): 0-0, ene.-mar. 2017. ilus, tab
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: biblio-901504

RESUMO

Introduction: Cucurbita moschata Duchesne (ahuyama) is grown across America as well as in the Middle East and Europe. It has been used as alternative medicine since ancient times. In the northern section of the department of Bolívar, Colombia, the plant is used by peasants to treat skin infections, hence our interest in conducting this study. Objective: Evaluate the antibacterial activity of total extract from leaves ofC. moschata against Staphylococcus aureus, Klebsiella pneumoniae and Escherichia coli. Methods: Fresh leaves of C. moschata were classified taxonomically using standard methods. The leaves were dried in an oven and pulverized in a blade mill. Extraction was performed by cold solid-liquid percolation and concentration in a rotary evaporator. Antibacterial activity of the ethanolic and hexanic extracts was evaluated in vitro against methicillin-resistant Staphylococcus aureus, Escherichia coli and Klebsiella pneumoniae, using the minimum inhibitory concentration (MIC) method, in compliance with guidelines from the Clinical and Laboratory Standards Institute (CLSI). Results: The hexanic extract caused significant inhibition from dilution 0.16 µg/mL for S. aureus strain ATCC 43300, and from dilution 19.5 µg/mL for strain ATCC 25923 (MSSA). The ethanolic and hexanic extracts significantly inhibited the growth of the clinical E. coli strain, whereas no significant inhibition was observed for K. pneumoniae at any of the concentrations tested. Conclusions: For the first time it was shown that the total hexanic extract of leaves of C. moschata had the greatest inhibition power against clinical strains of S. aureus and E. coli. The antimicrobial potential of this native species from the Colombian Caribbean has been recognized, and it is recommended to conduct assays with a larger number of human pathogens(AU)


Introducción: Cucurbita moschata Duchesne (Ahuyama) es cultivada en toda América, así como en Medio Oriente y Europa. Es utilizada desde la antigüedad como medicina alternativa. En la zona norte del departamento de Bolívar-Colombia es empleada por los campesinos para tratar infecciones en la piel, lo que generó el interés por desarrollar esta investigación. Objetivo: evaluar la actividad antibacteriana del extracto total de hojas de C. moschata frente a Staphylococcus aureus, Klebsiella pneumoniae y Escherichia coli. Métodos: hojas frescas de C. moschata fueron clasificadas taxonómicamente de acuerdo a métodos estándares. La obtención de los extractos se realizó por secado en horno, pulverización en molino de cuchilla, extracción por percolación sólido-líquido en frío y concentración en evaporador rotatorio. La actividad antibacteriana de los extractos etanólicos y hexánicos se evaluó in vitro frente a Staphylococcus aureus meticilino resistente, Escherichia coli y Klebsiella pneumoniae, mediante el método de Concentración Inhibitoria Mínima (CIM), siguiendo los lineamientos establecidos por Clinical and Laboratory Standards Institute (CLSI). Resultados: el extracto hexánico generó inhibición significativa desde la dilución 0,16 µg/mL para la cepa de S. aureus ATCC 43300. Para la cepa ATCC 25923 (MSSA) el extracto hexánico generó inhibición significativa desde la dilución 19,5 µg/mL. Los extractos etanólico y hexánico inhibieron significativamente el crecimiento de la cepa clínica de E. coli., mientras que para K. pneumoniae no hubo inhibición significativa en ninguna de las concentraciones evaluadas. Conclusiones: se demostró por primera vez que el extracto hexánico total de hojas de C. moschata tuvo el mayor poder de inhibición frente a las cepas clínicas de S. aureus y E. coli. Se reconoce el potencial antimicrobiano de esta especie autóctona de la costa del Caribe colombiano y se recomienda realizar ensayos en un número mayor de patógenos humanos(AU)


Assuntos
Humanos , Antibacterianos/uso terapêutico , Colômbia/etnologia , Cucurbita/efeitos dos fármacos , Preparações de Plantas/uso terapêutico
19.
Rev. cuba. plantas med ; 22(1)ene.-mar. 2017. ilus, tab
Artigo em Espanhol | CUMED | ID: cum-73023

RESUMO

Introduction: Cucurbita moschata Duchesne (ahuyama) is grown across America as well as in the Middle East and Europe. It has been used as alternative medicine since ancient times. In the northern section of the department of Bolívar, Colombia, the plant is used by peasants to treat skin infections, hence our interest in conducting this study. Objective: Evaluate the antibacterial activity of total extract from leaves ofC. moschata against Staphylococcus aureus, Klebsiella pneumoniae and Escherichia coli. Methods: Fresh leaves of C. moschata were classified taxonomically using standard methods. The leaves were dried in an oven and pulverized in a blade mill. Extraction was performed by cold solid-liquid percolation and concentration in a rotary evaporator. Antibacterial activity of the ethanolic and hexanic extracts was evaluated in vitro against methicillin-resistant Staphylococcus aureus, Escherichia coli and Klebsiella pneumoniae, using the minimum inhibitory concentration (MIC) method, in compliance with guidelines from the Clinical and Laboratory Standards Institute (CLSI). Results: The hexanic extract caused significant inhibition from dilution 0.16 µg/mL for S. aureus strain ATCC 43300, and from dilution 19.5 µg/mL for strain ATCC 25923 (MSSA). The ethanolic and hexanic extracts significantly inhibited the growth of the clinical E. coli strain, whereas no significant inhibition was observed for K. pneumoniae at any of the concentrations tested. Conclusions: For the first time it was shown that the total hexanic extract of leaves of C. moschata had the greatest inhibition power against clinical strains of S. aureus and E. coli. The antimicrobial potential of this native species from the Colombian Caribbean has been recognized, and it is recommended to conduct assays with a larger number of human pathogens(AU)


Introducción: Cucurbita moschata Duchesne (Ahuyama) es cultivada en toda América, así como en Medio Oriente y Europa. Es utilizada desde la antigüedad como medicina alternativa. En la zona norte del departamento de Bolívar-Colombia es empleada por los campesinos para tratar infecciones en la piel, lo que generó el interés por desarrollar esta investigación. Objetivo: evaluar la actividad antibacteriana del extracto total de hojas de C. moschata frente a Staphylococcus aureus, Klebsiella pneumoniae y Escherichia coli. Métodos: hojas frescas de C. moschata fueron clasificadas taxonómicamente de acuerdo a métodos estándares. La obtención de los extractos se realizó por secado en horno, pulverización en molino de cuchilla, extracción por percolación sólido-líquido en frío y concentración en evaporador rotatorio. La actividad antibacteriana de los extractos etanólicos y hexánicos se evaluó in vitro frente a Staphylococcus aureus meticilino resistente, Escherichia coli y Klebsiella pneumoniae, mediante el método de Concentración Inhibitoria Mínima (CIM), siguiendo los lineamientos establecidos por Clinical and Laboratory Standards Institute (CLSI). Resultados: el extracto hexánico generó inhibición significativa desde la dilución 0,16 µg/mL para la cepa de S. aureus ATCC 43300. Para la cepa ATCC 25923 (MSSA) el extracto hexánico generó inhibición significativa desde la dilución 19,5 µg/mL. Los extractos etanólico y hexánico inhibieron significativamente el crecimiento de la cepa clínica de E. coli., mientras que para K. pneumoniae no hubo inhibición significativa en ninguna de las concentraciones evaluadas. Conclusiones: se demostró por primera vez que el extracto hexánico total de hojas de C. moschata tuvo el mayor poder de inhibición frente a las cepas clínicas de S. aureus y E. coli. Se reconoce el potencial antimicrobiano de esta especie autóctona de la costa del Caribe colombiano y se recomienda realizar ensayos en un número mayor de patógenos humanos(AU)


Assuntos
Humanos , Antibacterianos/uso terapêutico , Colômbia/etnologia , Cucurbita , Preparações de Plantas/uso terapêutico
20.
Rev. enferm. UFPE on line ; 11(2): 675-690, fev. 2017. ilus, tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-30523

RESUMO

Objetivo: analisar a produção científica nacional e internacional sobre os impactos gerados à sexualidade de homens que convivem com feridas crônicas. Método: revisão integrativa, que responde a questão norteadora: Qual o conhecimento científico produzido sobre os impactos gerados à sexualidade de homens que convivem com feridas crônicas? Buscou-se na SciELO, LILACS e MEDLINE/PUBMED, publicações entre 2009 e2015, utilizando os descritores: Sexualidade; Doenças Crônicas e Saúde do Homem, nas línguas portuguesa, inglesa e espanhola. Selecionou-se nove artigos, os quais foram submetidos a leitura minuciosa e análise crítica por pares, em seguida agrupados e organizados em tabelas, sintetizados e discutidos. Resultados: as feridas provocam limitações corporais que influenciam a subjetividade do indivíduo, gerando modificações no cotidiano e estranhamentos capazes de alterar a sexualidade. Conclusão: os homens apresentam problemas relacionados à sexualidade após o surgimento de uma ferida crônica, que impactam seu convívio social, familiar, relações de trabalho e relação conjugal. (AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Sexualidade , Saúde do Homem , Doença Crônica , Masculinidade , Comportamento Sexual , Saúde Sexual e Reprodutiva , Homens/psicologia , MEDLINE , Autoimagem , Emoções , Enfermagem
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA