Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 6 de 6
Filtrar
Filtros adicionais











Tipo de estudo
País/Região como assunto
Intervalo de ano
1.
JAMA ; 322(3): 216-228, 2019 07 16.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-31310297

RESUMO

Importance: The effects of intensive care unit (ICU) visiting hours remain uncertain. Objective: To determine whether a flexible family visitation policy in the ICU reduces the incidence of delirium. Design, Setting and Participants: Cluster-crossover randomized clinical trial involving patients, family members, and clinicians from 36 adult ICUs with restricted visiting hours (<4.5 hours per day) in Brazil. Participants were recruited from April 2017 to June 2018, with follow-up until July 2018. Interventions: Flexible visitation (up to 12 hours per day) supported by family education (n = 837 patients, 652 family members, and 435 clinicians) or usual restricted visitation (median, 1.5 hours per day; n = 848 patients, 643 family members, and 391 clinicians). Nineteen ICUs started with flexible visitation, and 17 started with restricted visitation. Main Outcomes and Measures: Primary outcome was incidence of delirium during ICU stay, assessed using the CAM-ICU. Secondary outcomes included ICU-acquired infections for patients; symptoms of anxiety and depression assessed using the HADS (range, 0 [best] to 21 [worst]) for family members; and burnout for ICU staff (Maslach Burnout Inventory). Results: Among 1685 patients, 1295 family members, and 826 clinicians enrolled, 1685 patients (100%) (mean age, 58.5 years; 47.2% women), 1060 family members (81.8%) (mean age, 45.2 years; 70.3% women), and 737 clinicians (89.2%) (mean age, 35.5 years; 72.9% women) completed the trial. The mean daily duration of visits was significantly higher with flexible visitation (4.8 vs 1.4 hours; adjusted difference, 3.4 hours [95% CI, 2.8 to 3.9]; P < .001). The incidence of delirium during ICU stay was not significantly different between flexible and restricted visitation (18.9% vs 20.1%; adjusted difference, -1.7% [95% CI, -6.1% to 2.7%]; P = .44). Among 9 prespecified secondary outcomes, 6 did not differ significantly between flexible and restricted visitation, including ICU-acquired infections (3.7% vs 4.5%; adjusted difference, -0.8% [95% CI, -2.1% to 1.0%]; P = .38) and staff burnout (22.0% vs 24.8%; adjusted difference, -3.8% [95% CI, -4.8% to 12.5%]; P = .36). For family members, median anxiety (6.0 vs 7.0; adjusted difference, -1.6 [95% CI, -2.3 to -0.9]; P < .001) and depression scores (4.0 vs 5.0; adjusted difference, -1.2 [95% CI, -2.0 to -0.4]; P = .003) were significantly better with flexible visitation. Conclusions and Relevance: Among patients in the ICU, a flexible family visitation policy, vs standard restricted visiting hours, did not significantly reduce the incidence of delirium. Trial Registration: ClinicalTrials.gov Identifier: NCT02932358.


Assuntos
Delírio/prevenção & controle , Família/psicologia , Unidades de Terapia Intensiva/organização & administração , Visitas a Pacientes , Ansiedade , Brasil , Esgotamento Profissional , Cuidados Críticos/psicologia , Estudos Cross-Over , Depressão , Feminino , Educação em Saúde , Hospitalização , Humanos , Incidência , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Fatores de Tempo
2.
São Paulo; s.n; 2006. [94]] p. ilus, tab.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-429969

RESUMO

Queimaduras são uma das condições mais devastadoras da medicina. Estudo de coorte prospectivo, 26 meses, não consecutivo (01/Dez/00 - 31/Dez/01 e 01/Jul/02 - 31/Jul/03), conduzido na UTI de um hospital terciário. Internaram 106 pacientes nesse período, 83 foram incluídos no estudo. Médias de idade de 36 anos e de superfície corporal queimada de 38 por cento. Lesão inalatória encontrada em 51 por centoo pacientes, ventilação mecânica em 58 po cento e LPA/SDRA em 46 por cento. Mortalidade de 40 por cento. Fatores prognósticos foram idade, superfície corporal queimada, sexo feminino e LPA/SDRA / urns are one of the most devastating conditions encountered mediicne. This is a prospective cohort study of adult patient, during 26 months, not consecutive (Dec/01/00 – Dec/31/01 a Jul/01/02 - Jul/31/03), conducted in burn ICU of Hospital das Clínicas of University of Sao Paulo. Were admitted to ICU 106 patients; of those, 83 were included this study. Mean age was 36 and total body surface area burn (BSA) 38 por cento. Inhalation injury was identified in 51 por cento patients, 58 por cento required mechanical ventilation and ALI/ARDS in 46 por cento. Overall mortality was 40 por cento. Age, total BSA, female sex and ALI/ARDS was determinant factors...


Assuntos
Masculino , Feminino , Criança , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Humanos , Insuficiência Respiratória/mortalidade , Queimaduras/complicações , Síndrome do Desconforto Respiratório do Adulto/etnologia , Adulto , Unidades de Queimados , Unidades de Terapia Intensiva , Respiração Artificial/mortalidade
3.
Rev. méd. Hosp. Säo Vicente de Paulo ; 11(24): 47-50, jan.-jun. 1999. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-245573

RESUMO

Relata-se caso de paciente de 19 anos de idade que apresentou quadro de Aspergilose Pulmonar associada a complicações sistêmicas, características do tipo invasiva. São também discutidas as diversas manifestações clínicas da infecção por Aspergillus, revisando-se a literatura


Assuntos
Humanos , Masculino , Adulto , Aspergilose/etiologia , Pneumopatias Fúngicas , Aspergillus/patogenicidade , Fatores de Risco
4.
Rev. méd. Hosp. Säo Vicente de Paulo ; 11(24): 65-8, jan.-jun. 1999. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-245578

RESUMO

Penumopatia por fármacos é uma patologia que mimetiza outras doenças pulmonares e, consequentemente, seu diagnóstico é feito por exclusão. O quadro clínico é variado e a evolução pode ser aguda, subaguda ou crônica. Os autores relatam dois casos de doença pulmonar induzida pelos fármacos nitrofurantoína e amiodarona, com revisão da literatura


Assuntos
Humanos , Masculino , Idoso , Pneumopatias/etiologia , Amiodarona/efeitos adversos , Nitrofurantoína/efeitos adversos , Preparações Farmacêuticas/efeitos adversos
5.
Rev. méd. Hosp. Säo Vicente de Paulo ; 10(22): 59-62, jan.-jun. 1998. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-224990

RESUMO

Os autores relatam o caso de um paciente de 3 anos de idade que apresentou pneumonia por Mycoplasma pneumoniae associada a complicaçöes dermatológicas, gastrointestinais, hematológicas e neurológicas. Säo discutidas também diversas manifestaçöes clínicas de infecçäo por Mycoplasma penumoniae, revisando-se a literatura


Assuntos
Feminino , Pré-Escolar , Pneumonia por Mycoplasma/fisiopatologia , Mycoplasma pneumoniae/patogenicidade , Pneumonia por Mycoplasma/complicações , Pneumonia por Mycoplasma/diagnóstico
6.
Rev. méd. Hosp. Säo Vicente de Paulo ; 10(22): 82-6, jan.-jun. 1998. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-224995

RESUMO

O transplante renal tem sido uma alternativa terapêutica para os pacientes portadores de insuficiência renal terminal, desde o advento da imunossupressäo. Diante desta realidade, as infecçöes têm sido causa frequente de morbidade e mortalidade durante o curso pós-transplante. A propósito de dois casos, os autores discutem as causas mais frequentes de infecçäo pós-transplante renal


Assuntos
Humanos , Masculino , Adulto , Aspergilose/etiologia , Imunossupressão , Transplante de Rim/efeitos adversos , Transplante de Rim/imunologia , Transplante de Rim/mortalidade
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA