Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 23
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
2.
Rev Soc Bras Med Trop ; 52: e20190252, 2019.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-31618284

RESUMO

INTRODUCTION: In Brazil, Biomphalaria glabrata, B. tenagophila, and B. straminea are intermediate hosts of Schistosoma mansoni, the etiological agent of schistosomiasis mansoni. Molluscicide use is recommended by the WHO for controlling the transmission of this parasite. Euphorbia milii latex has shown promising results as an alternative molluscicide. Thus, a natural molluscicide prototype kit based on freeze-dried E. milii latex was developed and evaluated against Biomphalaria spp. METHODS: E. milii latex was collected, processed, and lyophilized. Two diluents were defined for freeze-dried latex rehydration, and a prototype kit, called MoluSchall, was produced. A stability test was conducted using prototype kits stored at different temperatures, and a toxicity assay was performed using Danio rerio. Additionally, MoluSchall was tested against B. glabrata under semi-natural conditions according to defined conditions in the laboratory. RESULTS: MoluSchall was lethal to three Brazilian snail species while exhibiting low toxicity to D. rerio. Regardless of storage temperature, MoluSchall was stable for 24 months and was effective against B. glabrata under semi-natural conditions, with the same LD100 as observed under laboratory conditions. CONCLUSIONS: MoluSchall is a natural, effective, and inexpensive molluscicide with lower environmental toxicity than existing molluscicides. Its production offers a possible alternative strategy for controlling S. mansoni transmission.


Assuntos
Biomphalaria/parasitologia , Euphorbia/química , Látex/farmacologia , Moluscocidas/farmacologia , Schistosoma mansoni/efeitos dos fármacos , Esquistossomose mansoni/prevenção & controle , Animais , Biomphalaria/efeitos dos fármacos , Látex/isolamento & purificação , Moluscocidas/isolamento & purificação
3.
Trab. educ. saúde ; 17(1): e0017303, 2019.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-979422

RESUMO

Resumo O estudo aqui apresentado objetivou compreender como são construídas as identidades profissionais do agente de combate às endemias. Esse trabalhador tem papel estratégico na prevenção e no controle das arboviroses como dengue, chikungunya, zika e febre amarela, que constituem problemas graves de saúde pública no Brasil. A pesquisa fundamentou-se nos conceitos de qualificação e identidade profissional, referenciados pela sociologia do trabalho. Tratou-se de um estudo analítico, realizado entre 2014 e 2017, de abordagem qualitativa, realizado a partir de grupos focais, com trinta agentes de combate às endemias de um distrito sanitário de Contagem, Minas Gerais. Os dados foram analisados segundo os pressupostos da análise de conteúdo. A maioria dos agentes era mulher e com ensino médio completo. Os resultados apontaram que há um desconhecimento, por parte dos agentes, sobre o protocolo de execução de suas atividades de trabalho e dos conteúdos técnicos referentes à dengue. O processo ensino-aprendizagem ocorre por meio da oralidade e de processos de trabalho não formais. O não recebimento de crachás apresentou-se como um problema de identidade. Concluiu-se que as identidades profissionais dos agentes foram construídas e reconstruídas sem uma sólida formação profissional e em condições precárias de trabalho. O reconhecimento, como aspecto da identidade, ocorre no plano afetivo e não somente nos processos de trabalho.


Abstract The aim of the present study was to understand how the professional identities of the endemic combat agents are built. The endemic combat agent has a strategic role in the prevention and control of arboviruses such as dengue, chikungunya, zika, and yellow fever, which are serious public health problems in Brazil. The research was based on the concepts of qualification and professional identity, referenced by the sociology of work. This was an analytical study, conducted between 2014 and 2017, with a qualitative approach, carried out from focus groups, with 30 endemic combat agents from a sanitary district in Contagem (state of Minas Gerais). The data were analyzed according to the assumptions of the content analysis. Most of the agents were women and had completed high school. The results pointed out that there is a lack of knowledge on the part of the agents about the protocol for the execution of their work activities and about the technical contents related to dengue. The teaching-learning process occurs orally and through non-formal work processes. Failure to receive badges presented itself as an identity problem. It was concluded that the professional identities of the agents were built and rebuilt without a solid professional training and in precarious work conditions. Recognition, as an aspect of identity, occurs on the affective plane and not only in the work processes.


Resumen El estudio aquí presentado tuvo como objetivo comprender como son construidas las identidades profesionales del agente de combate a las endemias. Ese trabajador tiene un papel estratégico en la prevención y control de las arbovirosis como dngue, chikunguña, zika y fiebre amarilla, que constituyen problemas graves de salud pública en Brasil. La encuesta se fundamentó en los conceptos de calificación e identidad profesional, referenciados por la sociología del trabajo. Se trató de un estudio analítico, realizado entre 2014 y 2017, de abordaje cualitativo, realizado a partir de grupos focales, con treinta agentes de combate a las endemias de un distrito sanitario de Contagem (Minas Gerais). Los datos fueron analizados según los presupuestos de análisis de contenido. La mayoría de los agentes eran mujer y con enseñanza secundaria completa. Los resultados apuntaron que hay un desconocimiento, por parte de los agentes, sobre el protocolo de ejecución de sus actividades de trabajo y de los contenidos técnicos referentes al dengue. El proceso enseñanza-aprendizaje ocurre por medio de la oralidad y de procesos de trabajo no formales. El no recibimiento de credenciales se presentó como un problema de identidad. Se concluyó que las identidades profesionales de los agentes fueron construidas y reconstruidas sin una sólida formación profesional y en condiciones precarias de trabajo. El reconocimiento, como aspecto de la identidad, se realiza en el plano afectivo y no solamente en los procesos de trabajo.


Assuntos
Humanos , Doenças Endêmicas , Dengue , Capacitação de Recursos Humanos em Saúde
4.
Rev. Soc. Bras. Med. Trop ; 52: e20190252, 2019. graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-1041533

RESUMO

Abstract INTRODUCTION In Brazil, Biomphalaria glabrata, B. tenagophila, and B. straminea are intermediate hosts of Schistosoma mansoni, the etiological agent of schistosomiasis mansoni. Molluscicide use is recommended by the WHO for controlling the transmission of this parasite. Euphorbia milii latex has shown promising results as an alternative molluscicide. Thus, a natural molluscicide prototype kit based on freeze-dried E. milii latex was developed and evaluated against Biomphalaria spp. METHODS E. milii latex was collected, processed, and lyophilized. Two diluents were defined for freeze-dried latex rehydration, and a prototype kit, called MoluSchall, was produced. A stability test was conducted using prototype kits stored at different temperatures, and a toxicity assay was performed using Danio rerio. Additionally, MoluSchall was tested against B. glabrata under semi-natural conditions according to defined conditions in the laboratory. RESULTS MoluSchall was lethal to three Brazilian snail species while exhibiting low toxicity to D. rerio. Regardless of storage temperature, MoluSchall was stable for 24 months and was effective against B. glabrata under semi-natural conditions, with the same LD100 as observed under laboratory conditions. CONCLUSIONS MoluSchall is a natural, effective, and inexpensive molluscicide with lower environmental toxicity than existing molluscicides. Its production offers a possible alternative strategy for controlling S. mansoni transmission.

5.
Cien Saude Colet ; 22(10): 3473-3480, 2017 Oct.
Artigo em Português, Inglês | MEDLINE | ID: mdl-29069200

RESUMO

This article presents Virgínia Schall's professional career, interrupted very early. It highlights her major role in the integration of the fields of Health, Education and Scientific Dissemination in Brazil. The contextualization of her academic and literary production as a researcher at the Oswaldo Cruz Foundation, demonstrates Virgínia's contribution in strengthening the institution and in the teaching of dozens of researchers and students. With a strong inter- and multidisciplinary approach, she was a pioneer in the field of Health Education, Science Education, and Science Dissemination. Virgínia participated in the implementation of two post graduate courses and regularly worked as consultant for CNPq, CAPES, SVS/MS and the Ministry of Education, consolidating national policies in these areas. Besides being the author of several children's books and educational resources about health, environment and science, Virgínia conceived the Life Museum at Fiocruz-RJ, as a space for integrating science, culture, and society, with focus on science, health, and technology information and education. She was also a poet, member of the Women's Academy of Letters in Minas Gerais, and produced diverse and award-winning poetry and prose literary pieces.


Assuntos
Educação em Saúde/história , Disseminação de Informação/história , Brasil , História do Século XX , História do Século XXI , Humanos , Ciência/educação
6.
Ciênc. Saúde Colet ; 22(10): 3473-3480, Out. 2017. graf
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-890183

RESUMO

Resumo Este artigo apresenta a trajetória profissional de Virgínia Schall, interrompida precocemente, destacando sua atuação na integração dos campos da Saúde, da Educação e da Divulgação Científica no Brasil. A contextualização da sua produção acadêmica e literária como pesquisadora da Fundação Oswaldo Cruz permite demonstrar a contribuição de Virginia para o fortalecimento da instituição e para a formação de dezenas de pesquisadores e alunos. Com abordagem marcadamente inter e multidisciplinar, Virgínia foi pioneira no campo da Educação em Saúde, Ensino de Ciências e Divulgação Científica, tendo participado da implantação de dois cursos de pós-graduação e atuado regularmente como consultora ad hoc do CNPq, CAPES, SVS/MS e MEC, consolidando políticas públicas nacionais nas áreas referidas. Além de autora de diversos livros infanto-juvenis e informativos/materiais educativos sobre saúde, ambiente e ciência, Virginia concebeu o Museu da Vida na Fiocruz-RJ, como um espaço de integração entre ciência, cultura e sociedade, voltada para informação, educação em ciência, saúde e tecnologia. Foi também poetisa, integrante da Academia Feminina Mineira de Letras, produzindo diversificada e premiada obra literária em prosa e poesia.


Abstract This article presents Virgínia Schall's professional career, interrupted very early. It highlights her major role in the integration of the fields of Health, Education and Scientific Dissemination in Brazil. The contextualization of her academic and literary production as a researcher at the Oswaldo Cruz Foundation, demonstrates Virgínia's contribution in strengthening the institution and in the teaching of dozens of researchers and students. With a strong inter- and multidisciplinary approach, she was a pioneer in the field of Health Education, Science Education, and Science Dissemination. Virgínia participated in the implementation of two post graduate courses and regularly worked as consultant for CNPq, CAPES, SVS/MS and the Ministry of Education, consolidating national policies in these areas. Besides being the author of several children's books and educational resources about health, environment and science, Virgínia conceived the Life Museum at Fiocruz-RJ, as a space for integrating science, culture, and society, with focus on science, health, and technology information and education. She was also a poet, member of the Women's Academy of Letters in Minas Gerais, and produced diverse and award-winning poetry and prose literary pieces.

7.
RECIIS (Online) ; 11(1): 1-13, jan.-mar. 2017. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-835242

RESUMO

A dengue é uma arbovirose de grande impacto na saúde pública. Fundamentando-se na importância dos agentes de combate às endemias (ACE) para prevenção e controle da doença, este artigo objetiva analisar a temática da formação dos ACE nas políticas públicas com base em pesquisa qualitativa, documental e descritiva de fontes primárias dos acervos eletrônicos do Ministério da Saúde e Ministério da Educação, disponibilizados até fevereiro de 2016. No total, 14 documentos foram analisados conforme análise de conteúdo. Os resultados indicam escassez de publicações sobre as políticas de formação profissional no contexto da dengue. Embora exista uma política incipiente visando à formação dos ACE, ainda não há regulamentação do seu trabalho técnico. É necessário discutir e aprofundar quem é esse trabalhador e os motivos pelos quais a regulamentação da formação não consta nas pautas das políticas de controle da dengue e seus vetores.


Dengue is an arbovirus of great public health impact. Based on the importance of community health workers(CHW) in the prevention and control of dengue, this article aims to analyze the professional qualification of CHW in public health policies related to dengue; using a qualitative descriptive document analysis of the primary sources of electronic documents of the Ministry of Health and the Ministry of Education, available online until February 2016. In total, 14 documents were analyzed based on content analysis. The results show few publications about training policies in the context of the dengue. Even though there is an incipient policy for CHW qualification, there is no regulation of their technical work. It is necessary to discuss who are these workers and the reasons why the regulation of CHW training does not appear in the agenda of dengue control policies and its vectors.


El dengue es un arbovirus de alto impacto en la salud pública. Basándose en la importancia de los agentes para combatir las enfermedades endémicas en la prevención y control de la dengue, este artículo tiene como objetivo analizar el tema de la formación de esos agentes en las políticas públicas, utilizando un estudio cualitativo, descriptivo y documental de fuentes primarias de investigación de documentos electrónicos del Ministerio de Salud y del Ministerio de Educación, disponibles hasta febrero de 2016. En total, 14 documentos fueron analizados de acuerdo con el análisis de contenido. Los resultados indican la escasez de publicaciones sobre políticas de formación profesional en el contexto del dengue. Aunque exista una política incipiente a la formación de los mencionados agentes, no existe una regulación de su trabajo técnico. Es necesario discutir y profundizar quién es ese trabajador y las razones por las que la regulación de la formación no aparece en las agendas de las políticas de control del dengue y sus vectores.


Assuntos
Humanos , Agentes Comunitários de Saúde , Dengue/prevenção & controle , Doenças Endêmicas/prevenção & controle , Capacitação de Recursos Humanos em Saúde , Brasil , Educação em Saúde , Política de Saúde
10.
Physis (Rio J.) ; 26(2): 399-415, abr.-jun. 2016.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-789506

RESUMO

Resumo Em tempos em que se multiplicam as enfermidades decorrentes de hábitos de vida poucos saudáveis, característicos do estilo de vida moderno, a noção de comportamento de risco faz-se cada vez mais presente no discurso e nas práticas em saúde. No contexto da adolescência, esse tema vem sendo estudado através de investigações relacionadas ao consumo de álcool e outras drogas, ao tabagismo, à alimentação inadequada, ao sedentarismo, à atividade sexual desprotegida, entre outros comportamentos que, observados entre os adolescentes, somam-se ao risco atribuído a essa fase do desenvolvimento. Este artigo objetiva discutir criticamente a construção do risco e da adolescência enquanto objetos de investigação e intervenção na área da saúde, a partir de um estudo qualitativo realizado por meio de entrevistas em profundidade com 12 adolescentes de Lagoa Santa, Minas Gerais. Os resultados apontam para diferentes aspectos pessoais e emocionais geralmente não contemplados nas pesquisas na área, que, no entanto, influenciam sobremaneira as condutas dos adolescentes. Conclui-se que, para o aprimoramento e a resolutividade das políticas públicas e ações voltadas para a temática dos comportamentos de risco, torna-se necessário ampliar o escopo de investigações sobre os riscos e as perspectivas teóricas que lhes dão sustentação.


Abstract In times when a diversity of conditions resulting from unhealthy lifestyles and habits, characteristic of modern lifestyle, the notion of risk behavior becomes more and more present in the discourse and in health practices. In the context of adolescence studies, this issue has been analyzes by a series of investigations related to alcohol and other drugs use, smoking, inadequate diet, sedentary lifestyle, unprotected sexual activity and other behaviors that, when observed among young people, increase the risk to this particular phase of development. This article aims to critically discuss the construction of risk and adolescence as a concept and as an object of investigation in intervention and health care. It is structured as a qualitative study with individual and in depth interviews with 12 adolescents from Lagoa Santa city in Minas Gerais state, Brazil. The results point to different personal and emotional aspects raised by the youth usually not included in the research in the area, which nevertheless greatly influences the behavior of adolescents. We conclude that for the improvement and the resolution of public policies and actions towards the theme of risk behaviors, it is necessary to expand the scope of research on the concept of risks and theoretical perspectives that give them support.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Comportamentos Relacionados com a Saúde , Adolescente , Comportamento do Adolescente , Comportamentos de Risco à Saúde , Estilo de Vida , Brasil , Pesquisa Qualitativa
12.
Rio de Janeiro; Fiocruz; 2015. 458 p.
Monografia em Português | LILACS, Coleciona SUS | ID: biblio-941632
13.
Cad Saude Publica ; 25(8): 1701-10, 2009 Aug.
Artigo em Português | MEDLINE | ID: mdl-19649411

RESUMO

Despite the success of the Chagas Disease Control Program (PCCD) in Brazil, some endemic areas have experienced difficulty in maintaining the program's activities, especially after the health system's decentralization, since the sustainability of control measures for Chagas disease and vectors is known to depend on information and community participation. This study aimed to analyze knowledge and practices related to vectors and Chagas disease in Bambuí, Minas Gerais State, Brasil. The population's knowledge was tested with a questionnaire, accompanied by six illustrations of triatomine bugs for identification. Both adults and primary and secondary schoolchildren in rural areas of the county participated in the research. The Bambuí population showed good overall knowledge on triatomines and Chagas disease in both groups (adults and children), although the concepts were limited to preventing the insect vector from invading houses. The results emphasize the importance of educational campaigns in the context of the program as a fundamental component of community participation in Chagas disease vector control.


Assuntos
Doença de Chagas/prevenção & controle , Doenças Endêmicas , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Insetos Vetores/fisiologia , Triatominae/parasitologia , Trypanosoma cruzi/fisiologia , Adulto , Animais , Brasil/epidemiologia , Doença de Chagas/epidemiologia , Doença de Chagas/transmissão , Criança , Participação da Comunidade , Reservatórios de Doenças , Humanos , Controle de Insetos , Vigilância da População , Triatominae/classificação
14.
Cad. saúde pública ; 25(8): 1701-1710, ago. 2009. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-520743

RESUMO

Apesar do sucesso no Programa de Controle da Doença de Chagas (PCDCh) no Brasil, alguns locais encontram dificuldades na manutenção do programa, sobretudo após a descentralização do setor saúde. Sabe-se que a sustentabilidade das ações de controle dos vetores da doença de Chagas depende da informação e participação comunitária. O presente trabalho avaliou os conhecimentos e práticas que a população de Bambuí, Minas Gerais, apresenta sobre os triatomíneos e a doença de Chagas. O conhecimento foi testado por meio da aplicação de questionário acompanhado de seis figuras de hemípteros para identificação. Participaram da pesquisa tanto adultos, como crianças dos ensinos fundamental e médio das escolas rurais presentes no município. Os dados apontaram que a população de Bambuí tem bons conhecimentos gerais sobre os triatomíneos e a doença de Chagas em ambos os grupos (adultos e crianças), entretanto os conceitos se mostraram limitados quanto ao que fazer para evitar esses vetores invadindo domicílios. Os resultados ressaltam a necessidade de campanhas educativas no contexto do PCDCh como elemento fundamental da participação comunitária no combate aos triatomíneos.


Despite the success of the Chagas Disease Control Program (PCCD) in Brazil, some endemic areas have experienced difficulty in maintaining the program's activities, especially after the health system's decentralization, since the sustainability of control measures for Chagas disease and vectors is known to depend on information and community participation. This study aimed to analyze knowledge and practices related to vectors and Chagas disease in Bambuí, Minas Gerais State, Brasil. The population's knowledge was tested with a questionnaire, accompanied by six illustrations of triatomine bugs for identification. Both adults and primary and secondary schoolchildren in rural areas of the county participated in the research. The Bambuí population showed good overall knowledge on triatomines and Chagas disease in both groups (adults and children), although the concepts were limited to preventing the insect vector from invading houses. The results emphasize the importance of educational campaigns in the context of the program as a fundamental component of community participation in Chagas disease vector control.


Assuntos
Adulto , Animais , Criança , Humanos , Doença de Chagas/prevenção & controle , Doenças Endêmicas , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Insetos Vetores/fisiologia , Triatominae/parasitologia , Trypanosoma cruzi/fisiologia , Brasil/epidemiologia , Participação da Comunidade , Doença de Chagas/epidemiologia , Doença de Chagas/transmissão , Reservatórios de Doenças , Controle de Insetos , Vigilância da População , Triatominae/classificação
15.
Trab. educ. saúde ; 6(1): 147-167, mar.-jun. 2008. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-487043

RESUMO

Na interseção entre saúde, educação e o controle e prevenção de doenças infecciosas e parasitárias, consideram-se os conceitos e práticas de ergodesign como elementos fundamentais para geração de interfaces de materiais para aprendizagem interativa em saúde, que reflitam a relação entre usuário, tarefas e ambientes. Relata-se a avaliação de CD-ROM a partir de princípios do ergodesign, com vistas a colaborar para o acesso e disseminação da informação em saúde e auxiliar na aprendizagem interativa para profissionais de saúde de nível médio e superior. Para tal, realizou-se levantamento de 21 materiais digitais de instituições internacionais e nacionais sobre as duas doenças. Os materiais foram avaliados através de uma lista de verificação: ergolist. Verificou-se que os materiais avaliados não atendem plenamente aos critérios de avaliação adotados. A avaliação e produção de tecnologias de informação e comunicação, como CD-ROM educativos e interativos, a partir dos princípios do ergodesign podem servir como instrumento facilitador na disseminação da informação e redução de fronteiras entre educação e saúde.


In the intersection between health, education and the control and prevention of infectious and parasitic diseases, ergodesign concepts and practices are considered fundamental elements in the generation of interfaces for learning materials in health, reflecting the relationship between user, tasks nd environments. The authors conducted CD-ROM assessments based on ergodesign principles, with the aim of contributing to the access and dissemination of information relating to health and assisting in interactive learning for mid- and high-level health professionals. 21 digital materials about the two diseases, from national and international institutions, were surveyed. The materials were assessed through a checklist called the ergolist. It was found that the evaluated materials did not fully meet the evaluation criteria. The evaluation and production of information and communication technologies, such as educational and interactive CD-ROMs, based on ergodesign principles, can be a facilitating instrument in the dissemination of information and shrinking of frontiers between education and health.


Assuntos
Humanos , Doença de Chagas , Dengue , Educação em Saúde , Disseminação de Informação
16.
Belo Horizonte; s.n; 2008. 317 p. ilus.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-658721

RESUMO

A produção e avaliação de tecnologias de informação e comunicação, como CD-ROM educativos e interativos, a partir dos princípios do ergodesign podem servir como instrumentos facilitadores na disseminação da informação e redução de fronteiras entre as áreas de educação e da saúde. Este trabalho se pautou em princípios do ergodesign, com vistas a colaborar para o acesso e disseminação da informação em saúde e auxiliar na aprendizagem interativa para profissionais de saúde de nível superior. Interfaces desenvolvidas sem o atendimento aos requisitos de usabilidade levam a um desempenho deficiente e a uma redução da qualidade da interação do interagente com um aplicativo. Dessa forma, pretendeu-se aumentar o acesso a informações sobre dengue através de Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs), aqui caracterizadas pelo desenvolvimento de CD-ROM com interfaces que atendam a critérios de qualidade e adequação do processo interativo ao interagente. Para tal, realizou-se uma pesquisa dividida em quatro etapas: 1) levantamento de material multimídia sobre dengue e doença de Chagas disponível no Brasil e sua avaliação quantitativa (lista de verificação Ergolist) e qualitativa (análise baseada na antropologia. visual); 2) tradução e adaptação do CD-ROM Dengue, produzido originalmente em inglês, pela Wellcome Trust – Publishing Group International Health (PGIH) em colaboração com o UNICEF-UNDP - World Bank-WHO Special Programme for Research and Training in Tropical Diseases (TDR); 3) avaliação da interface do CD-ROM Dengue (versão atualizada em português) com especialistas em ergonomia (avaliação heurística) e com interagentes (entrevistas semi-estruturadas); 4) desenvolvimento de lista de recomendações para desenvolvimento de interfaces similares.


Na interseção entre saúde, educação e o controle e prevenção de doenças infecciosas e parasitárias, consideram-se os conceitos e práticas de ergodesign como elementos fundamentais para geração de interfaces de materiais para aprendizagem interativa em saúde, que reflitam a relação entre interagente, tarefas e ambientes


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , CD-ROM , Dengue , Materiais Educativos e de Divulgação , Educação em Saúde/tendências
17.
Belo Horizonte; s.n; 2008. 317 p. ilus.
Tese em Português | LILACS, Coleciona SUS | ID: biblio-937872

RESUMO

A produção e avaliação de tecnologias de informação e comunicação, como CD-ROM educativos e interativos, a partir dos princípios do ergodesign podem servir como instrumentos facilitadores na disseminação da informação e redução de fronteiras entre as áreas de educação e da saúde. Este trabalho se pautou em princípios do ergodesign, com vistas a colaborar para o acesso e disseminação da informação em saúde e auxiliar na aprendizagem interativa para profissionais de saúde de nível superior. Interfaces desenvolvidas sem o atendimento aos requisitos de usabilidade levam a um desempenho deficiente e a uma redução da qualidade da interação do interagente com um aplicativo. Dessa forma, pretendeu-se aumentar o acesso a informações sobre dengue através de Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs), aqui caracterizadas pelo desenvolvimento de CD-ROM com interfaces que atendam a critérios de qualidade e adequação do processo interativo ao interagente. Para tal, realizou-se uma pesquisa dividida em quatro etapas: 1) levantamento de material multimídia sobre dengue e doença de Chagas disponível no Brasil e sua avaliação quantitativa (lista de verificação Ergolist) e qualitativa (análise baseada na antropologia. visual); 2) tradução e adaptação do CD-ROM Dengue, produzido originalmente em inglês, pela Wellcome Trust – Publishing Group International Health (PGIH) em colaboração com o UNICEF-UNDP - World Bank-WHO Special Programme for Research and Training in Tropical Diseases (TDR); 3) avaliação da interface do CD-ROM Dengue (versão atualizada em português) com especialistas em ergonomia (avaliação heurística) e com interagentes (entrevistas semi-estruturadas); 4) desenvolvimento de lista de recomendações para desenvolvimento de interfaces similares.


Na interseção entre saúde, educação e o controle e prevenção de doenças infecciosas e parasitárias, consideram-se os conceitos e práticas de ergodesign como elementos fundamentais para geração de interfaces de materiais para aprendizagem interativa em saúde, que reflitam a relação entre interagente, tarefas e ambientes


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , CD-ROM , Dengue , Materiais Educativos e de Divulgação , Educação em Saúde/tendências
18.
Cad Saude Publica ; 23(5): 1161-71, 2007 May.
Artigo em Português | MEDLINE | ID: mdl-17486238

RESUMO

In order to understand audiovisual production on health and disease and the pedagogical effects of health education mediated by educational videos, this article analyzes the audiovisual production on leishmaniasis in Brazil. Fourteen educational videos showed the hegemony of TV aesthetics, particularly a journalistic paradigm with constant use of voice-over, inducing the fixation of meanings. Rather than stimulating critical reflection on the social circumstances of leishmaniasis, the videos' discourse and images promote a banal, non-critical, stigmatized representation of the disease. Individuals with the disease are subjected to visual exposure rather than being involved critically and sensitively as protagonists in prevention and treatment. The article thus presents approaches based on studies of visual and health anthropology, arguing in favor of an innovative approach to the production and utilization of educational videos in health education, mediated through audiovisuals. Health education should respect and engage in dialogue with various cultures, subjectivity, and citizenship, developing an audiovisual aesthetics (in terms of narrative and image) that fosters an educational praxis in the field of collective health.


Assuntos
Recursos Audiovisuais , Educação em Saúde/métodos , Leishmaniose/prevenção & controle , Brasil , Humanos , Percepção Social
19.
Cad. saúde pública ; 23(5): 1161-1171, maio 2007. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-449118

RESUMO

Buscando compreender a produção de imagens sobre saúde e doença e seus efeitos de aprendizagem resultante da educação em saúde mediada pelos vídeos educativos, o artigo analisa a produção audiovisual sobre as leishmanioses no Brasil. Com base no estudo de 14 vídeos educativos, verificou-se a predominância de um discurso técnico-científico e uma estética do grotesco. Observou-se a hegemonia do modelo televisivo-espetacular, em particular o padrão do telejornalismo, com o uso constante de voz off, indutora da fixação de sentidos. Ao invés de estimular a reflexão crítica sobre as circunstâncias sociais do adoecimento, a prática discursiva e imagética dos vídeos encoraja a sua banalização, tanto pela abordagem pouco criteriosa da doença como pela construção de representações estereotipadas. Há a exposição visual de pessoas doentes e não o protagonismo crítico e sensível das populações implicadas. O artigo apresenta, então, com base nos estudos sobre a antropologia visual e da saúde, argumentos para uma abordagem inovadora na produção e utilização de vídeos educativos, e da educação em saúde mediada pelo audiovisual. Esta deve respeitar e dialogar com as culturas, a subjetividade e a cidadania, desenvolvendo estéticas audiovisuais (narrativas e imagéticas) como práxis educativa no campo da saúde coletiva.


In order to understand audiovisual production on health and disease and the pedagogical effects of health education mediated by educational videos, this article analyzes the audiovisual production on leishmaniasis in Brazil. Fourteen educational videos showed the hegemony of TV aesthetics, particularly a journalistic paradigm with constant use of voice-over, inducing the fixation of meanings. Rather than stimulating critical reflection on the social circumstances of leishmaniasis, the videos' discourse and images promote a banal, non-critical, stigmatized representation of the disease. Individuals with the disease are subjected to visual exposure rather than being involved critically and sensitively as protagonists in prevention and treatment. The article thus presents approaches based on studies of visual and health anthropology, arguing in favor of an innovative approach to the production and utilization of educational videos in health education, mediated through audiovisuals. Health education should respect and engage in dialogue with various cultures, subjectivity, and citizenship, developing an audiovisual aesthetics (in terms of narrative and image) that fosters an educational praxis in the field of collective health.


Assuntos
Antropologia , Recursos Audiovisuais , Imagem Corporal , Educação em Saúde , Leishmaniose , Saúde Pública , Brasil
20.
Cad Saude Publica ; 19(2): 561-9, 2003.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-12764472

RESUMO

Based on categories related to structure, content, language, and illustrations, the present study provides an evaluation of the quality of educational materials on leishmaniasis available to health services in Brazil. The 18 publications evaluated consisted of four handbooks, four guided studies, four booklets, and six leaflets. Of the total publications assessed, nine were produced by the Brazilian National Health Foundation (FUNASA), five by State and Municipal Health Departments jointly with FUNASA, and one by the Pan-American Health Organization. The evaluations were also performed by three professionals: a physician specialized in leishmaniasis, a parasitologist, and an information/communications expert. The publications failed to specify key items such as target public, objective, and bibliography. The illustrations, especially in the booklets and leaflets, failed to clarify the text, portrayed biased concepts, and omitted credits and scale. According to this study, informative materials on leishmaniasis distributed in Brazil present major limitations which jeopardize the quality of information they contain.


Assuntos
Educação em Saúde/métodos , Leishmaniose/prevenção & controle , Publicações , Materiais de Ensino , Brasil , Estudos de Avaliação como Assunto , Humanos , Folhetos , Controle de Qualidade
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA