Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 21
Filtrar
1.
Homeopathy ; 2021 Mar 25.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-33765688

RESUMO

BACKGROUND AND AIM: This preliminary study aimed to evaluate whether a homeopathic preparation (Traumeel S) might be a good option to control post-operative outcomes (pain, edema and trismus) associated with surgical removal of mandibular third molar teeth. The null hypothesis was that Traumeel S is not different from dexamethasone (gold standard) in controlling these post-operative inflammatory complications. METHODS: A randomized, "split-mouth", triple-blind clinical trial was conducted. Seventeen healthy patients with a mean age of 20.94 ( ± 5.83) years had their lower asymptomatic bilateral third molars removed. Patients were randomized to receive Traumeel S or dexamethasone pre-operatively by injection into the masseter muscle; each patient acted as his/her own control. At 24, 48, 72 hours and 7 days after the surgery, the pain was evaluated according to a visual analog scale, edema through linear measurements of the face, and trismus through the maximum buccal opening. Wilcoxon statistics or paired t-test were used, and a significance level of 95% was adopted. RESULTS: For pain, the results for Traumeel S were not different (p > 0.05) from those of dexamethasone after 24 hours, 72 hours, and 7 days. For edema, the results for Traumeel S were not different (p > 0.05) from those of dexamethasone at all post-operative evaluations. For mouth opening, the results for Traumeel S were not different (p > 0.05) from those of dexamethasone at 72 hours and 7 days after third molar extraction. CONCLUSION: With the exception of some early post-operative findings, the null hypothesis is not rejected. Traumeel S might be a good alternative approach to dexamethasone for controlling pain, edema and trismus after third molar removal.

3.
SMAD, Rev. eletrônica saúde mental alcool drog ; 15(3): 1-9, jul.-set. 2019. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1058928

RESUMO

O objetivo do estudo foi identificar o perfil do uso de substâncias psicoativas entre estudantes dos cursos de Ciências Biológicas, Educação Física, Enfermagem, Fisioterapia, Farmácia, Odontologia e Nutrição. Trata-se de estudo transversal, quantitativo, exploratório e descritivo, com 567 estudantes. Os dados foram coletados por meio de um questionário e analisados através da estatística descritiva. Nos resultados, verificou-se que 11,6% dos estudantes nunca experimentaram substâncias psicoativas na vida. As drogas mais prevalentes entre os universitários foram o álcool (n=501), tabaco (n=161), maconha (n=115) e cocaína (n=26). Conclui-se que o consumo de substâncias psicoativas entre os estudantes é problema que deve ser enfrentado através da implantação de ações preventivas e de redução de danos.


The objective of this study was to identify the profile of use of psychoactive substances among students of Biological Sciences, Physical Education, Nursing, Physiotherapy, Pharmacy, Dentistry and Nutrition courses. It was a cross - sectional, quantitative, exploratory and descriptive study with 567 students. Data were collected through a questionnaire and analyzed through descriptive statistics. In the results, it was found that 11.6% of students had never tried psychoactive substances in their lives. The most prevalent drugs among university students were alcohol (n = 501), tobacco (n = 161), marijuana (n = 115), and cocaine (n = 26). The result led to the conclusion that consumption of psychoactive substances among students is a problem that must be faced through the implementation of preventive and harm reduction actions.


El objetivo del estudio fue identificar el perfil del uso de sustancias psicoactivas entre estudiantes de Ciencias Biológicas, Educación Física, Enfermería, Fisioterapia, Farmacia, Odontología y Nutrición. Se trata de un estudio transversal, cuantitativo, exploratorio y descriptivo, con 567 estudiantes. Los datos fueron recolectados por medio de un cuestionario y analizados a través de la estadística descriptiva. En los resultados, se constató que el 11,6% de los estudiantes nunca experimentó el consumo de sustancias psicoactivas. Las drogas prevalentemente consumidas fueron: alcohol (n = 501), tabaco (n = 161), marihuana (n = 115) y cocaína (n = 26). Se concluye que el consumo de sustancias psicoactivas entre los estudiantes es un problema y que debe ser enfrentado a través de acciones preventivas y de reducción de daños.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto , Atenção Primária à Saúde , Estudantes de Ciências da Saúde , Universidades , Inquéritos e Questionários , Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias , Consumo de Álcool na Faculdade
4.
Rev. Bras. Saúde Mater. Infant. (Online) ; 19(3): 569-574, Jul.-Sept. 2019.
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-1041095

RESUMO

Abstract Objectives: to analyze the understanding of puerperae, doulas and the care team about the presence of a doula during the pregnant women's parturition process. Methods: this is a qualitative study, using semi-structured interviews as a data collection instrument. The saturation criterion was used to limit the sample and proceed to the Content Analysis. Results: 19 participants were interviewed, 10 were the health team, 5 were doulas and 4 were puerperae. After the analysis, three categories were identified: the doula's presence during the pregnant women's labor and their meaning, the doula's follow up during the pregnant women's labor and its improvements, the influence of doulagem in the academic formation. The presence of doulas brought to the parturient security, support, humanization and follow-up on childbirth process. The team brought comfort and tranquility.The doulas scored benefits for academic training. Conclusions: it was possible to recognize doula as part of the humanized care, to provide subsidies for a reflection of her work, and to reveal the influence of the practice of doulagem for academic formation of doulas at university.


Resumo Objetivos: analisar a compreensão das puérperas, das doulas e da equipe assistencial sobre a presença da doula durante o processo de parturição das gestantes. Métodos: trata-se de estudo qualitativo, utilizando como instrumento de coleta de dados entrevistas semiestruturadas. O critério de saturação foi utilizado para limitar a amostra e procedida a Análise de Conteúdo. Resultados: foram entrevistados 19 participantes, sendo 10 da equipe de saúde, 5 das doulas e 4 das puérperas. Após análise, foram identificadas três categorias, sendo elas: presença da doula durante o trabalho de parto das gestantes e seus significados, acompa-nhamento da doula durante o trabalho de parto das gestantes e suas melhorias, a influência da doulagem na formação acadêmica. A presença das doulas trouxe para a parturiente segurança, apoio, humanização e acompanhamento do processo de parto. Para a equipe trouxe conforto e tranquilidade. As doulas pontuaram benefícios na formação acadêmica. Conclusões: foi possível reconhecer a doula como parte do cuidado humanizado, prover subsídios para uma reflexão do seu trabalho, além de revelar a influência da prática da doulagem para formação acadêmica das doulas universitárias.


Assuntos
Humanos , Feminino , Gravidez , Trabalho de Parto , Parto Humanizado , Período Pós-Parto , Humanização da Assistência , Doulas , Parto
5.
HU rev ; 45(4): 415-420, 2019.
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1177320

RESUMO

Introdução: A violência apresenta várias faces e há um tipo que vem ganhando visibilidade dentro das maternidades: a violência obstétrica. Objetivo: Identificar as percepções dos enfermeiros obstétricos acerca da violência obstétrica. Material e Métodos: Estudo descritivo, exploratório de abordagem qualitativa, realizado em uma maternidade filantrópica de Belo Horizonte. Os dados foram coletados no período de janeiro/2015 a fevereiro/2015, por meio de entrevista do tipo semi-estruturada com 16 enfermeiras obstétricas que atuavam há um ano ou mais na referida maternidade e analisados por meio da técnica de análise de conteúdo. Resultados: Emergiram duas categorias temáticas, sendo elas: percepções de enfermeiros obstétricos sobre a violência obstétrica, que apontam desde a violência verbal e física, como também o desrespeito à autonomia da mulher, as intervenções desnecessárias, além de reconhecerem também as repercussões na mulher; e situações de violência obstétrica vivenciadas enfermeiros obstétricos, que aponta violências praticadas por outros profissionais, principalmente pelo médico obstetra, como também reconhecem situações de violência obstétrica na sua prática profissional. Conclusão: É necessário a percepção da violência obstétrica e o reconhecimento da violência obstétrica por parte dos enfermeiros obstétricos na sua prática profissional, pois uma das iniciativas relacionadas a humanização da assistência obstétrica é o novo modelo de assistência ao parto e nascimento que fundamenta-se na atenção prestada por este profissional.


Introduction: Violence has several faces and there is one type that has been gaining visibility within maternity hospitals: obstetric violence. Objective: To identify the perceptions of obstetric nurses about obstetric violence. Material and Methods: A descriptive, exploratory study with a qualitative approach, conducted in a philanthropic maternity hospital in Belo Horizonte. Data were collected from January 2015 to February 2015, through semi-structured interviews with 16 obstetric nurses who worked for one year or more in the referred maternity hospital and analyzed using the content analysis technique. Results: Two thematic categories emerged, namely: perceptions of obstetric nurses about obstetric violence, which point from verbal and physical violence, as well as disrespect for women's autonomy, unnecessary interventions, and also recognize the repercussions on women; and obstetric violence situations experienced obstetric nurses, which points out violence practiced by other professionals, especially by the obstetrician, as well as recognize situations of obstetric violence in their professional practice. Conclusion: The perception of obstetric violence and the recognition of obstetric violence by obstetric nurses in their professional practice is necessary, as one of the initiatives related to the humanization of obstetric care is the new model of childbirth care based on attention paid by this professional.

6.
J Oral Maxillofac Surg ; 76(1): 60-66, 2018 01.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-28675812

RESUMO

PURPOSE: We aimed to compare the effect of dexamethasone, 8 mg, and diclofenac sodium, 50 mg, associated with codeine, 50 mg, on the control of pain, swelling, and trismus after extraction of impacted third molars. MATERIALS AND METHODS: Fifteen healthy patients with a mean age of 22.8 years (SD, 12.62 years) received a single oral dose of either drug 1 hour before each surgical procedure (left and right teeth). At 24, 48, and 72 hours after surgery, swelling was determined by use of linear measurements on the face and trismus was determined by maximal mouth opening. Postoperative pain was self-recorded by the patients using a numerical rating scale at 24-hour intervals for a period of 72 hours. Data analysis involved descriptive statistics and Shapiro-Wilk, Wilcoxon, and paired t tests (P < .05). RESULTS: Dexamethasone controlled pain (P = .016) and edema (P = .08) within 48 hours better than diclofenac sodium associated with codeine. No statistically significant differences were found between drugs regarding trismus and consumption of rescue analgesics (acetaminophen). CONCLUSIONS: The results of this study suggest that pre-emptive administration of dexamethasone, 8 mg, showed better control of pain and swelling in bilateral extractions of third impacted mandibular molars.


Assuntos
Analgésicos Opioides/uso terapêutico , Anti-Inflamatórios não Esteroides/uso terapêutico , Anti-Inflamatórios/uso terapêutico , Codeína/uso terapêutico , Dexametasona/uso terapêutico , Diclofenaco/uso terapêutico , Edema/prevenção & controle , Dente Serotino/cirurgia , Manejo da Dor/métodos , Dor Pós-Operatória/prevenção & controle , Dente Impactado/cirurgia , Trismo/prevenção & controle , Adolescente , Adulto , Combinação de Medicamentos , Feminino , Humanos , Masculino , Medição da Dor , Extração Dentária , Resultado do Tratamento
7.
Anesth Prog ; 64(3): 136-143, 2017.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-28858550

RESUMO

The aim of the present study was to assess the effectiveness of preemptive dexamethasone in surgery of the lower third molars and to compare it with other oral anti-inflammatories. An electronic search was conducted for preemptive effects related to lower third-molar surgery in 3 separate databases. The variables pain, swelling, and trismus were assessed. Meta-analysis was used to calculate the pooled effect measures for mean and standard deviation values (95% confidence interval [CI]). Seven split-mouth clinical trials were selected. Two studies were included in the meta-analysis. Three studies showed a low risk of bias; 2 studies exhibited a moderate risk and 2 a high risk of bias. Dexamethasone was better than nonsteroidal anti-inflammatories for preemptive effectiveness. Meta-analysis for swelling confirmed better results for dexamethasone than for methylprednisolone after 2 days (95% CI = -1.28 to -0.38), 4 days (95% CI = -1.65 to -0.71), 7 days (95% CI = -1.42 to -0.71), and overall (95% CI = -1.25 to -0.72). Dexamethasone was better than methylprednisolone for mouth opening after 4 days (95% CI = 0.18 to 1.07). There is insufficient evidence through meta-analysis to conclude that dexamethasone is better than other nonsteroidal anti-inflammatories or methylprednisolone as a preemptive analgesic. The results of this meta-analysis suggest that dexamethasone is more effective than methylprednisolone for swelling and trismus.


Assuntos
Anti-Inflamatórios/uso terapêutico , Dexametasona/uso terapêutico , Extração Dentária/métodos , Administração Oral , Anti-Inflamatórios/administração & dosagem , Anti-Inflamatórios não Esteroides/administração & dosagem , Anti-Inflamatórios não Esteroides/uso terapêutico , Dexametasona/administração & dosagem , Edema/prevenção & controle , Humanos , Dente Serotino/cirurgia , Trismo/prevenção & controle
8.
Rev. enferm. UFPE on line ; 11(supl.2): 890-897, fev.2017. ilus, tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1032383

RESUMO

Objetivos: verificar a prevalência da automedicação de idosos, bem como identificar os grupos terapêuticos dos medicamentos autoadministrados. Método: estudo descritivo e exploratório, de abordagem quantitativa, com 424 idosos de nove Estratégias de Saúde da Família. Os dados foram coletados por meio de questionário e analisados pelo Programa R Core Team, versão 2015. A análise foi descritiva e houve aplicação do teste estatístico Qui-quadrado de Pearson. Para a classificação dos medicamentos, utilizou-se a Classificação Anatômica, Terapêutica e Química (ATC). Resultados: 294 idosos (69,3%) praticam automedicação. As variáveis estado civil, escolaridade, renda familiar, ocupação e número de residentes no domicílio foram estatisticamente significantes. Os grupos terapêuticos mais utilizados foram os analgésicos, anti-inflamatórios/antirreumáticos e as drogas para desordens relacionadas à acidez estomacal. Conclusão: a automedicação configura-se um problema de saúde pública devido à alta prevalência e há necessidade de ações em saúde voltadas para o perfil dos praticantes.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Atenção Primária à Saúde , Automedicação , Estratégia Saúde da Família , Idoso , Saúde Pública , Educação em Saúde , Epidemiologia Descritiva
9.
Arq. odontol ; 53: 1-7, jan.-dez. 2017. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-906067

RESUMO

Objetivo: o objetivo deste estudo foi verificar a correlação entre a avaliação da ansiedade realizada por meio de medidas fisiológicas e pela observação do comportamento de pacientes com paralisia cerebral realizado pelo dentista durante a primeira consulta odontológica. Métodos: quarenta pacientes com idade variando de 7 a 26 anos, com paralisia cerebral foram submetidos a exames odontológicos. A pressão arterial e a frequência cardíaca foram aferidas no início e no final da primeira consulta odontológica. O dentista avaliou o comportamento antes e após o exame clínico dentário através da observação do comportamento do paciente (inquietação / agitação / tiques nervosos, palidez, transpiração excessiva, resistência e mudança aparente na frequência respiratória). Foi utilizado o teste de correlação de Spearman para determinar a correlação entre as medidas fisiológicas e a classificação comportamental da ansiedade feita pelo cirurgião dentista a um nível de significância de 95%. Resultados: os sinais comportamentais mais frequentes foram inquietação / agitação / tiques nervosos (50,0%) e resistência (27,5%). Foi encontrada uma correlação positiva significativa entre os dois métodos de avaliação de ansiedade utilizados (p <0,05). Os pacientes considerados ansiosos pelo dentista apresentaram medidas fisiológicas mais elevadas do que aqueles considerados calmos (p <0,05). Conclusão: a observação contínua do comportamento de pacientes com paralisia cerebral durante o exame odontológico é uma ferramenta valiosa para o reconhecimento e avaliação da ansiedade por parte da equipe odontológica. Estudos adicionais são necessários para validar um código de expressões faciais e corporais ou reações de ansiedade em pacientes com paralisia cerebral.(AU)


Aim: The present study aimed to verify the correlation between the evaluation of anxiety performed through physiological measures and the observation of the behavior of patients with cerebral palsy performed by the dentist during the first dental visit. Methods: Forty patients with cerebral palsy, varying from seven to 26 years of age, were submitted to dental examinations. The blood pressure and heart rate were measured at the beginning and end of the first dental appointment. The dentist evaluated the behavior before and after the dental exam by observing the patient's behavior (restlessness / agitation / nervous tics, pallor, excessive perspiration, resistance, and apparent change in breathing rate). The Spearman correlation test was used to determine the correlation between the physiological measures and the behavioral classification of anxiety made by the dentist at a significance level of 95%. Results: The most frequent behavioral signs were restlessness / agitation / nervous tics (50.0%), and resistance (27.5%). Through the Kruskal-Wallis test and Spearman's correlation, a significant positive correlation was found between the two anxiety assessment methods used in this study (p<0.05). The patients considered anxious by the dentist presented higher physiological measurements than did those considered calm (p<0.05). Conclusion: It can therefore be concluded that the continuous observation of the behavior of patients with cerebral palsy during the dental examination is a valuable tool for the recognition and evaluation of anxiety on the part of the dental team. Further studies are warranted to validate a code of facial and body expressions or anxiety reactions in patients with cerebral palsy.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Técnicas de Observação do Comportamento , Paralisia Cerebral , Ansiedade ao Tratamento Odontológico , Pessoas com Deficiência , Monitorização Fisiológica , Pressão Arterial , Diagnóstico Bucal , Frequência Cardíaca , Sinais e Sintomas
10.
Int J Paediatr Dent ; 25(3): 213-20, 2015 May.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-25200983

RESUMO

BACKGROUND: Dental biofilm removal is difficult and can be ineffective in individuals with cerebral palsy. OBJECTIVE: Determine the effectiveness of brushing with an electric toothbrush on and off in comparison with manual brushing for the removal of biofilm in children aged four to 16 years with cerebral palsy. METHODS: A crossover, randomized, simple-blind, clinical trial was conducted. The examiner was blinded to the brushing method (G1: manual; G2: electric toothbrush on; and G3: electric toothbrush off). The order was determined randomly. The participants (n = 40) were examined before and after brushing performed by caregivers using the Turesky-Quigley-Hein biofilm index. Statistical analysis involved the paired t-test, Wilcoxon, Kruskal-Wallis, and anova tests. RESULTS: Biofilm was significantly reduced with the three brushing methods (P < 0.001) (mean reductions: 47.6% in G1; 47.4% in G2; 44.5% in G3). Significant differences were found between G1 and G3 (P < 0.001) and between G2 and G3 (P = 0.007). No significant difference was found between G1 and G2 (P = 0.06). CONCLUSION: All methods reduced biofilm. Effectiveness was similar between manual brushing and with the electric toothbrush on, whereas both these methods achieved better results in comparison with the electric toothbrush switched off.


Assuntos
Placa Dentária/prevenção & controle , Escovação Dentária/instrumentação , Adolescente , Biofilmes , Paralisia Cerebral , Criança , Pré-Escolar , Estudos Cross-Over , Índice de Placa Dentária , Desenho de Equipamento , Feminino , Humanos , Masculino , Método Simples-Cego
11.
Pediatr Dent ; 36(5): 389-92, 2014.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-25303505

RESUMO

PURPOSE: The purpose of the present study was to assess the clinical consequences of untreated dental caries related to the occurrence of toothache among Brazilian preschool children. METHODS: A random sample of 540 two- to five-year-olds underwent a clinical oral examination for the assessment of early childhood caries (ECC) using the dmft (decayed, missing and filled primary teeth) index and pufa (carious lesions with pulpal involvement [p], ulceration of the mucosa due to root fragments [u], fistula [f], and abscess [a]) index to score consequences of dental caries in soft tissues. Parents/guardians were asked to answer a questionnaire addressing sociodemographic characteristics and toothache experience in the children. Descriptive analysis and hierarchically adjusted Poisson regression models were employed. RESULTS: The prevalence of ECC and pufa (≥1) was approximately 50 percent and 12 percent, respectively. A total of 25 percent of the children had toothache experience. Toothache was significantly associated with: an older age (prevalence ratio [PR]=3.70; 95% confidence interval [CI]=2.09-6.58); carious lesions with pulpal involvement (PR=3.93; 95% CI=3.09-5.01); ulceration of the mucosa due to root fragments (PR=2.73; 95% CI=1.52-4.89); fistula (PR=2.91; 95% CI=1.89-4.49); and abscess (PR=4.43; 95% CI=3.78-5.19). CONCLUSION: Toothache experience in preschool children was associated with untreated cavitated dentin lesions and their consequences.


Assuntos
Cárie Dentária/epidemiologia , Odontalgia/epidemiologia , Fatores Etários , Brasil/epidemiologia , Pré-Escolar , Estudos Transversais , Índice CPO , Fístula Dentária/epidemiologia , Doenças da Polpa Dentária/epidemiologia , Escolaridade , Feminino , Humanos , Renda/estatística & dados numéricos , Masculino , Úlceras Orais/epidemiologia , Pais/educação , Abscesso Periodontal/epidemiologia , Prevalência , Fatores Socioeconômicos , Raiz Dentária/patologia , Dente Decíduo/patologia
12.
J Pharm Bioallied Sci ; 6(2): 109-14, 2014 Apr.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-24741279

RESUMO

INTRODUCTION: Anxiety is one of the components of patient stress in the dental office and is recognized as one of the main factors that negatively affect treatment. The control of anxiety can be performed through conscious sedation, for which benzodiazepine is the drug of choice in dental practice, however present side-effects. OBJECTIVE: The objective of the following study is to evaluate the efficacy of Valeriana officinalis L. (Valerian) for control of anxiety during the third molar surgery. MATERIALS AND METHODS: A single oral dose of either Valerian (100 mg) or placebo was randomly administered 1 h before each surgical procedure to 20 volunteers between 17 and 31 years of age. Anxiety level was assessed by physiological parameters (blood pressure and heart rate [HR]) and the observation of signs. Descriptive analysis, Chi-square test, Friedman test, Wilcoxon test and effect size test were performed (P < 0.05). RESULTS: According to the researcher's (80%) and surgeon's (75%) evaluations, the patients treated with Valerian were calmer and more relaxed during surgery. Valerian had a greater effect on the maintenance of systolic blood pressure and HR after surgery. CONCLUSION: Valerian was more effective at controlling anxiety than a placebo when used for the conscious sedation of adult patients submitted to impacted lower third molar surgery.

13.
Braz. j. pharm. sci ; 49(4): 709-717, Oct.-Dec. 2013. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-704102

RESUMO

In recent decades, the elderly population in Brazil has grown rapidly, as has concern for the health of this population. Institutionalization in nursing homes has appeared as an alternative form of health care for frail elderly that live alone. The present study evaluated the pharmacotherapy and inappropriate drug prescriptions for institutionalized elderly patients living in long-term institutions in southeastern Brazil. This research was conducted at five institutions with a total sample of 151 individuals aged at least 60 years. Databases were used to identify drug interactions, defined daily dose and inappropriate prescriptions. The prevalence of drug intake among the elderly was 95.36%, and there were an average of 3.31 ± 1.80 drug prescriptions per individual. Based on Beers criteria, the prevalence of inappropriate prescriptions was 25.83%. In addition, 70.2% of prescriptions were prescribed at a higher dosage than the defined daily dose (ATC/WHO). Potential drug interactions were identified for 54.11% of prescriptions; 81.42% of these were of moderate severity. The main inappropriate drugs were prescribed for cardiovascular and nervous system problems. Institutionalized elderly individuals presented a high consumption and misuse of medications, requiring professional intervention to monitor prescriptions and improve the quality of service for this population.


Nas últimas décadas, o número de idosos no Brasil cresceu rapidamente, bem como, a preocupação com a saúde desta parcela da população. Neste cenário, a institucionalização em casas de repouso aparece como uma alternativa para os cuidados com a saúde dos idosos debilitados ou que vivem sozinhos. O presente estudo avaliou a farmacoterapia e a prescrição inadequada para idosos que residem em instituições de longa permanência no sudeste do Brasil. Esta pesquisa foi realizada em cinco instituições, totalizando uma amostra de 151 indivíduos com idade a partir de 60 anos. O banco de dados foi analisado para identificação de interações medicamentosas, dose diária definida e critérios de Beers. Dentre os indivíduos avaliados, 95,36% consomem algum tipo de medicamento, sendo 3,31 ± 1,80 medicamentos prescritos por indivíduo. Com base nos critérios de Beers, a prevalência de prescrições inapropriadas foi de 25,83%, sendo também encontradas 70,2% das prescrições com doses superiores à dose diária definida (ATC/WHO). Interações medicamentosas potenciais estavam presentes em 54,11% das prescrições, sendo 81,42% com grau moderado de gravidade. Os principais medicamentos inapropriados foram prescritos para problemas cardiovasculares e do sistema nervoso. Os idosos institucionalizados apresentam alto consumo e uso inadequado de medicamentos, sendo necessária a intervenção profissional para monitorar as prescrições médicas e melhorar a qualidade do serviço de distribuição de medicamentos a esta parte da população.


Assuntos
Idoso/estatística & dados numéricos , Saúde do Idoso , Prescrição Inadequada/prevenção & controle , Uso Indevido de Medicamentos sob Prescrição/classificação , Interações Medicamentosas , Farmacoepidemiologia
14.
Rev. enferm. UERJ ; 21(2): 197-201, abr.-jun. 2013. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-747442

RESUMO

A automedicação pode causar efeitos adversos, reações alérgicas e intoxicações. O objetivo deste estudo foi descrever a automedicação no que concerne à frequência, motivos, justificativas, tempo de ingesta e influências, em idosos pertencentes a uma Estratégia Saúde da Família de um município do interior do estado de Minas Gerais. Trata-se de estudo descritivo realizado com 50 idosos, a partir de questionário validado, aplicado nos meses de janeiro a março de 2011. Destacou-se, em relação aos motivos, que a dor foi relatada por 41(82%) dos participantes, seguido de gripe, com 8(16%). Em relação à justificativa, 29(58%) por possuírem o medicamento em domicílio e 5(10%) devido ao difícil acesso à consulta. No que concerne às influências, 31(62%) reportaram-se à publicidade/mídia. Cabe à enfermagem tornar reais as soluções no âmbito de educar e informar a população em relação à automedicação.


Self-medication may cause side effects, allergic reactions and intoxications. This study aimed to identify and analyze self-medication with regard to the frequency, reasons, justifications, time ingesta and influences in elderly participating in a Family Health Strategy of a city in the state of Minas Gerais. It is a descriptive study with 50 elderly using a validated questionnaire, applied in January to March 2011. The main reason for self-medication was pain, reported by 41(82%) followed by influenza with 8(16%). Regarding justification 29(58%) reported that was for possessing the drug at home and five (10%) due to difficult access to the medical appointment. Advertising/media was reported for 31(62%) of participants as the influence for self-medication. It is up to nursing make real solutions in the context of educating and informing the population in addition to facilitate access to health services.


La automedicación puede causar efectos adversos, reacciones alérgicas y intoxicaciones. Este estudio objetivó describir la automedicación en lo que concierne a la frecuencia, razones, justificaciones, tiempo de ingesta e influencias en ancianos pertenecientes a una Estratégia Salud de la Família, de una ciudad de Minas Gerais-Brasil. És un estudio descriptivo, realizado con 50 ancianos, a partir de un cuestionario validado, aplicado de enero a marzo de 2011. Se destacó, en relación a los motivos, que el dolor fué reportado por 41(82%) de los participantes, seguido por gripe, con 8(16%). En relación a la justificación 29(58%) por tener el medicamento en casa y 5(10%) devido al difícil acceso al médico. En cuanto a las influencias, 31(62%) se refirieron a los medios de comunicción. Cabe a la enfermería llegar a verdaderas soluciones educativas e informativas en relación a la automedicación.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Automedicação , Cuidados de Enfermagem , Idoso , Uso de Medicamentos , Brasil , Epidemiologia Descritiva
15.
Braz. j. pharm. sci ; 48(1): 79-86, Jan.-Mar. 2012. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-622891

RESUMO

Potentially inappropriate medication use by the Diamantina (Minas Gerais State) population was investigated by analyzing medicine consumption, self-medication, polypharmacy and drug interactions of medicines prescribed among those interviewed. Level of knowledge about rational drug use and its relationship to socio-economic variables was also evaluated using a semi-structured questionnaire. This survey was based on stratified sampling of 423 individuals selected randomly. The prevalence of prescription drug consumption was 42.32% (n=179) and cardiovascular drugs were the most prescribed. Drug interactions were found in 45.81% (n=82) of prescriptions and 92.68% (n=76) of these interactions were moderate, with co-administration of cardiovascular drugs occurring in more than half of the cases. The inappropriate use of medication, according to Beers criteria, occurred in 44.73% of prescriptions to the elderly. The prevalence of self-medication was 63.34% (n=268) while 21.99% (n=91) of individuals administered medications to their children without formal prescriptions, where this practice was associated to analgesic/antipyretic consumption. The population showed a high prevalence of inappropriate use of drugs across all strata of society, representing an issue requiring effective actions to promote rational use of medicines.


O consumo inapropriado de medicamentos pela população de Diamantina-MG foi investigado através da análise do consumo de medicamentos, automedicação, polifarmácia e interações medicamentosas prescritas aos entrevistados. Também foi avaliado o nível de conhecimento sobre uso racional de medicamentos e sua relação com variáveis sócio-econômicas através de um questionário semi-estruturado. Este estudo transversal foi baseado em amostragem estratificada e contou com a participação de 423 indivíduos selecionados aleatoriamente. A prevalência do consumo de medicamentos prescritos foi de 42,32% (n=179), sendo os medicamentos cardiovasculares os mais prescritos. Entre as prescrições foram encontradas 45,81% (n=82) de interações medicamentosas, sendo 92,68% (n=76) destas interações moderadas e a co-administração de medicamentos cardiovasculares presente em mais da metade dos casos. O uso inadequado de medicamentos, segundo os critérios de Beers, esteve presente em 44,73% das prescrições de idosos. Com relação à automedicação, 63,34% (n=268) dos entrevistados admitem fazer uso de medicamento sem prescrição e 21,99% (n=91) administram medicamentos aos filhos sem prescrição profissional, sendo os analgésicos e antitérmicos os mais comumente administrados em ambas as situações. A população avaliada apresentou alta prevalência de uso inadequado de medicamentos observados em todas as camadas da sociedade, sendo necessário estabelecer medidas eficazes para promoção do uso racional de medicamentos.


Assuntos
Humanos , Uso Indevido de Medicamentos sob Prescrição , Uso Excessivo de Medicamentos Prescritos/estatística & dados numéricos , Farmacoepidemiologia/classificação , Automedicação/estatística & dados numéricos
16.
Rev Gaucha Enferm ; 32(3): 539-45, 2011 Sep.
Artigo em Português | MEDLINE | ID: mdl-22165401

RESUMO

The aim of this study was to determine and discuss with the nursing staff their knowledge about what represents a medication error, the need to notify such an error and what would be necessary to put in these notifications. This is a descriptive quantitative study, carried out in a hospital, of which 72 professionals took part. Regarding the definition of medication errors, we found that 49 (68%) share the concept adopted in this study. Regarding the need of notification, 67 (93%) declared that there is such a need. As regards the content of the notification, 63 (85%) had a similar concept to the one used in this study. The need to further approach aspects related to medication errors was evident.


Assuntos
Competência Clínica , Erros de Medicação , Recursos Humanos de Enfermagem no Hospital , Adulto , Feminino , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Inquéritos e Questionários , Adulto Jovem
17.
Esc. Anna Nery Rev. Enferm ; 15(3): 581-586, jul.-set. 2011. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-598471

RESUMO

Os benzodiazepínicos são medicamentos que podem causar riscos aos idosos. Este estudo teve como objetivo verificar e analisar a prevalência da utilização de benzodiazepínicos por idosos cadastrados em uma Estratégia Saúde da Família de Diamantina - Minas Gerais. Trata-se de estudo descritivo, realizado com 27 idosos, de maio a julho de 2010, por meio de questionário semiestruturado. Utilizou-se a análise descritiva junto aos dados. Como resultados, destacaram-se a faixa etária de 71 a 75 anos (25,92%), gênero feminino (88,88%) e, em relação à escolaridade, o primeiro grau incompleto (66,66%). Os medicamentos mais usados foram: Diazepam (37,03%), Clonazepam (25,92%), Bromazepam (18,51%) e Alprazolam (11,11%). 88,90% dos entrevistados possuíam receita e 11,10% não a possuíam. Dentre os idosos que possuíam receita, 33,33% não a seguiam. Faz-se presente a necessidade de reorganizar o processo de trabalho na instituição investigada, de forma que se propicie uma adequação das prescrições e um seguimento mais eficaz destas.


Benzodiazepines are drugs that may cause risks to the elderly. The purpose of this study was to verify and analyze the prevalence of the use of benzodiazepines among elderly patients enrolled in a Family Health Strategy in Diamantina, Minas Gerais, Brazil. This descriptive study was performed with 27 elderly individuals, from May to July 2010, using a semi-structured questionnaire. A descriptive analysis of the data was performed. Results show that most participants were between 71 and 75 years old (25.92%), female (88.88%) and had incomplete primary education (66.66%). The most common drugs were: Diazepam (37.03%), Clonazepam (25.92%), Bromazepam (18.51%) and Alprazolam (11.11%). Of all participants, 88.90% had prescriptions for their medication and 11.10% did not. Among those with prescriptions, 33.33% did not comply with recommendations. There is a need to reorganize the working process at the studied institution to promote an adaptation of the prescriptions and a more effective compliance.


Las benzodiazepinas son medicamentos que pueden causar riesgos a los ancianos. Este estudio tuvo como objetivo verificar y analizar la prevalencia del uso de benzodiazepinas en ancianos registrados en una Estrategia de Salud Familiar de Diamantina – Minas Gerais – Brasil. Este es un estudio descriptivo con 27 ancianos, que ocurrió de mayo a julio de 2010, a través de cuestionario seme estructurado. El análisis descriptivo fue utilizado. Como resultados, se destacó la faja etaria de 71 a 75 años (25,92%), sexo femenino (88,88%) y escolaridad primaria incompleta (66,66%). Los medicamentos más usados fueron: diazepam (37,03%), clonazepam (25,92%), bromazepam (18,51%) y alprazolam (11,11%). El 88,9% de los entrevistados tienen receta médica, mientras 11,10% no la poseen. Entre los ancianos con receta, 33,3% no la siguen. Se hace necesario reorganizar el proceso de trabajo en la institución investigada, para hacer propicia la adecuación de las prescripciones y seguimiento optimizado de las mismas.


Assuntos
Humanos , Idoso , Preparações Farmacêuticas/administração & dosagem , Preparações Farmacêuticas , Saúde do Idoso , Uso de Medicamentos/estatística & dados numéricos
18.
Rev. gaúch. enferm ; 32(3): 539-545, set. 2011. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-606023

RESUMO

Objetivou-se verificar e analisar junto à equipe de enfermagem o conhecimento sobre em que consiste um erro de medicação, sua necessidade de notificação e o conteúdo da mesma. Trata-se de pesquisa de caráter quantitativo descritivo, desenvolvida em uma instituição hospitalar, da qual fizeram parte 72 profissionais. Em relação à definição de erros de medicação, constatou-se que 49 (68 por cento) possuem conceito semelhante ao adotado nesse estudo. Quanto à necessidade de notificação, 67 (93 por cento) afirmaram sua necessidade. Referente ao conteúdo da notificação, 63 (85 por cento) possuem conceito semelhante ao adotado no estudo. Evidencia-se a necessidade de aprofundamento em relação aos aspectos referentes aos erros de medicação.


El objetivo fue verificar y analizar con el equipo de enfermería el conocimiento sobre en qué consiste un error de medición, la necesidad de ser notificado y lo que debe constar en dicha notificación. Consiste en una investigación cuantitativa descriptiva, desarrollada en una institución hospitalaria, de la cual formaron parte 72 personas. En relación a la definición de errores de medición, 49(68 por ciento) tienen concepto semejante al adoptado en este estudio. En cuanto a la necesidad de notificación, 67(93 por ciento) afirmaron que existe dicha necesidad. En relación al contenido de la notificación, 63(85 por ciento) tienen concepto semejante al adoptado en este estudio. Fue evidente la necesidad de profundizar en relación a los errores de medicación.


The aim of this study was to determine and discuss with the nursing staff their knowledge about what represents a medication error, the need to notify such an error and what would be necessary to put in these notifications. This is a descriptive quantitative study, carried out in a hospital, of which 72 professionals took part. Regarding the definition of medication errors, we found that 49 (68 percent) share the concept adopted in this study. Regarding the need of notification, 67 (93 percent) declared that there is such a need. As regards the content of the notification, 63 (85 percent) had a similar concept to the one used in this study. The need to further approach aspects related to medication errors was evident.


Assuntos
Adulto , Feminino , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Adulto Jovem , Competência Clínica , Erros de Medicação , Recursos Humanos de Enfermagem no Hospital , Inquéritos e Questionários
19.
Ciênc. cuid. saúde ; 10(2): 338-344, abr.-jun. 2011. graf, tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-693574

RESUMO

Objetivou-se identificar e analisar a frequência de prescrições de medicamentos potencialmente inapropriados para idosos com idade a partir de 65 anos, segundo os critérios de Beers, bem como descrever as reações adversas advindas dessas prescrições. O estudo é uma pesquisa de caráter descritivo e transversal desenvolvida em uma instituição hospitalar do interior do Estado de Minas Gerais. A amostra constituiu-se de 55 prontuários, nos quais foram analisadas 342 prescrições. Observou-se que 47,3% (26) dos prontuários e 51,2% (175) das prescrições continham medicamentos potencialmente inapropriados. No que concerne às reações adversas, o número de casos observados em 26 prontuários chegou a onze (42,3%). O maior responsável pelas reações foi o medicamento Diazepan, com 45,4% (5), e o tipo de reação mais comum foi a sonolência e letargia, com 54,5%(6). Concluiu-se que são muito frequentes os casos de prescrição inapropriada, o que pode aumentar o risco do paciente apresentar uma reação adversa, complicando o quadro clínico e prolongando a hospitalização.


The objective of this research was to identify and analyze the prevalence of potentially inappropriate drug prescriptions for elderly patients over 65 years of age, according to Beer's criteria, as well as to describe the adverse reactions arising from these prescriptions. This research is a descriptive cross-sectional study, developed in a hospital of Minas Gerais, Brazil. The sample consisted of 55 medical records, from which 342 prescriptions were analyzed. It was noted that 47.3% (26) of medical records and 51.2% (175) of the prescriptions contained potentially inappropriate medications. Regarding side effects, the prevalence was 42.3% (11) observed in 26 medical records. The Diazepam drug was largely responsible for reactions of 45.4% (5), being the most common type of reactions drowsiness and lethargy with 54.5% (6). It was concluded that the prevalence of inappropriate prescriptions is high, which may increase the risk of adverse reactions, thus complicating the clinical symptoms and prolonging hospitalization.


Tuvo como objetivo identificar y analizar el predominio de prescripciones de medicamentos potencialmente inadecuados para ancianos con edad a partir de 65 años, según los criterios de Beer, así como describir las reacciones adversas derivadas de dichas prescripciones. Se trata de una investigación de carácter descriptivo y transversal desarrollada en una institución hospitalaria del interior de Minas Gerais, Brasil. La muestra se compuso por 55 historias clínicas, de los cuales se analizaron 342 prescripciones. Se observó que 47,3% (26) de las historias clínicas y un 51,2% (175) de las prescripciones contenían medicamentos potencialmente inadecuados. En lo que concierne a las reacciones adversas, el predominio fue de 42,3% (11) observado en 26 historias clínicas. El mayor responsable por las reacciones fue el medicamento Diazepan con 45,4% (5), siendo la somnolencia y el letargo el tipo de reacción más frecuente con 54,5% (6). Se concluye que son muy frecuentes los casos de prescripción inadecuada, lo que puede aumentar el riesgo de presentar reacciones adversas, complicando así el cuadro clínico y prolongando la hospitalización.


Assuntos
Educação Continuada , Enfermagem , Atenção Primária à Saúde , Fumar
20.
Rev. enferm. UFPE on line ; 5(3): 652-657, Maio 2011. ilus
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1033177

RESUMO

Objetivo: identificar e analisar os efeitos colaterais de medicamentos psicotrópicos em pacientes em sofrimento psíquico.Metodologia: trata-se de estudo descritivo realizado no Centro de Atenção Psicossocial de um município de Minas Gerais,a coleta de dados foi realizada a partir de um questionário adaptado de estudo consagrado pela literatura e aplicado em50 pacientes não intensivos, a análise dos dados a partir da comparação de achados da literatura com os dadosidentificados através do questionário utilizado, obteve-se a aprovação pela Coordenação do Centro de AtençãoPsicossocial, bem como do Comitê de Ética em Pesquisa Científica da Universidade Estadual de Montes Claros - protocolo1788/2009. Resultados: verificou-se que os principais efeitos colaterais encontrados estão relacionados a alterações decomportamento 34 (68%), de peso 32 (64%), urinárias 29 (58%) e neurológicas 23 (46%). Conclusão: os resultados desseestudo revelam a existência de importantes efeitos colaterais proporcionados pelos medicamentos psicotrópicos. Uma vezque se trata de pacientes em sofrimento psíquico, nos quais é de grande necessidade a utilização desses medicamentos,evidencia-se a necessidade de se utilizar estratégias que favoreçam diminuição de sua dosagem. Também o cuidado doenfermeiro necessita estar focado em estratégias de minimização e tratamento de tais efeitos.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Estresse Psicológico , Psicotrópicos , Psicotrópicos/efeitos adversos , Epidemiologia , Psicotrópicos/uso terapêutico , Serviços de Saúde Mental
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...