Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 12 de 12
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Interface (Botucatu, Online) ; 26: e210397, 2022.
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1360505

RESUMO

Trata-se de uma estratégia de ensino construída e utilizada como disparador para a temática sobre Instituições Totais e o hospital psiquiátrico como dispositivo de segregação e degradação da identidade dos internos. Por meio do registro etnográfico e das transformações políticas e paradigmáticas de cuidado em Saúde Mental, foi conformada uma crônica que destaca os principais conceitos do Interacionismo Simbólico de Erving Goffman. O texto convida os leitores a percorrer as várias camadas que acionam as engrenagens da instituição e produzem a carreira moral do doente mental e dos trabalhadores que ali atuam. Processos em que a mortificação e a profanação do Eu são recobertos por um saber oficial que controla, pune e reage diante de qualquer ameaça de desestabilização do aparato manicomial. (AU)


This article discusses a teaching strategy developed as a trigger for the theme of total institutions and psychiatric hospitals as devices for segregating and degrading the identity of inpatients. Based on an ethnographic record and political and paradigmatic shifts in mental health care, we created a chronicle highlighting the main concepts of Erving Goffman's symbolic interactionism. This text invites readers to traverse the various layers that drive the institution's cogs and wheels and produce the moral career of the mentally ill and staff who work there. Processes in which the mortification and profanation of the Self are shrouded by an official knowledge that controls, punishes and reacts to anything that threatens the asylum apparatus with destabilization. (AU)


Se trata de una estrategia de enseñanza construida y utilizada como gatillo para la temática sobre Instituciones Totales y el hospital psiquiátrico como dispositivo de segregación y degradación de la identidad de los internos. A partir del registro etnográfico y de las transformaciones políticas y paradigmáticas de cuidado en salud mental, se formó una crónica que destaca los principales conceptos del Interaccionismo Simbólico de Erving Goffman. El texto invita a los lectores a recorrer las diversas capas que ponen en acción los engranajes de la institución y producen la carrera moral del enfermo mental y de los trabajadores que allí actúan. Procesos en que la mortificación y profanación del Yo están recubiertos por un saber oficial que controla, castiga y reacciona ante cualquier amenaza de desestabilización del aparato de manicomios. (AU)

2.
Interface (Botucatu, Online) ; 26: e200770, 2022.
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1356346

RESUMO

O estudo analisou a integração dos Programas de Residência Multiprofissional em Saúde (PRMS) à conformação das redes de atenção no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). Trata-se de uma pesquisa qualitativa nos marcos conceituais da Teoria do Ator-Rede e da Cartografia de Controvérsias como metodologia adaptada. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas com 23 residentes de diferentes categorias do segundo ano de dois PRMS, classificadas em quatro núcleos: 1) Perspectivas com a experiência nos PRMS; 2) Da particularidade do núcleo profissional à interprofissionalidade no campo de atuação; 3) Obstáculos e fragilidades na produção das redes de atenção; e 4) Os PRMS na conformação das redes de atenção. Constatou-se que os PRMS favorecem a operacionalização das Redes de Atenção à Saúde (RAS) no território nacional, demonstrando sua importância para a formação profissional concatenada com o SUS e com as necessidades de saúde da população. (AU)


This study analyzed the integration of multiprofessional health residency programs (MHRPs) with the formation of public health networks within the scope of the Brazilian National Health System (SUS). We carried out a qualitative study drawing on the actor-network theory and controversy mapping. We conducted semi-structured interviews with 23 residents from different professions undergoing the second year of MHRPs. The results were categorized into four core areas: 1. Perspectives on experience in the MHRPs; 2. From the particularity of the core professional area to interprofessionality in the field of action; 3. Obstacles and weaknesses in the production of care networks; and 4. MHRPs in the formation of health networks. The findings show that MHRPs facilitate the operationalization of health care networks in Brazil, demonstrating their importance for professional training integrated with the SUS and tailored to the population's health needs. (AU)


El estudio analizó la integración de los Programas de Residencia Multiprofesional en Salud (PRMS), la conformación de las redes de atención en el ámbito del Sistema Brasileño de Salud (SUS). Se trata de un estudio cualitativo en los marcos conceptuales de la Teoría del Actor-Red y de la Cartografía de controversias como metodología adaptada. Se realizaron entrevistas semiestructuradas con 23 residentes de diferentes categorías del segundo año de dos PRMS, categorizadas en cuatro núcleos: 1. Perspectivas con la experiencia en los PRMS; 2. De la particularidad del núcleo profesional a la interprofesionalidad en el campo de actuación; 3. Obstáculos y fragilidades en la producción de las redes de atención; y 4. Los PRMS en la conformación de las redes de atención. También se constató que los PRMS favorecen la puesta en operación de las Redes de Atención a la Salud (RAS) en el territorio nacional, demostrando su importancia para formación profesional concatenada con el SUS y con las necesidades de salud de la población. (AU)

3.
Pesqui. prát. psicossociais ; 15(2): 1-16, maio-ago. 2020. tab
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1125324

RESUMO

O objetivo desse estudo foi avaliar as atitudes dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) frente ao comportamento suicida antes e depois da capacitação voltada para o manejo de casos com risco suicida. A pesquisa foi desenvolvida no município de Caicó (RN) por ser uma cidade com alto índice de suicídios. Responderam ao Questionário de Atitudes Frente ao Comportamento Suicida (QACS) e a Escala de Atitudes Frente ao Suicídio (EAS) pré/pós-capacitação 38 ACS, com idades entre 27 e 61 anos (M = 38,7, DP = 8,9). Os resultados indicaram que depois da capacitação os ACS apresentaram atitudes mais positivas sobre a capacidade para lidar com os pacientes. As atitudes desfavoráveis em relação ao suicídio anômico foram mais presentes depois da capacitação. Ressalta-se a importância da capacitação dos profissionais com foco no desenvolvimento de atitudes menos moralistas e compassivas.


The objective of this study was to evaluate the attitudes of the Community Health Agents (CHA) in relation to suicidal behavior before and after training aimed at handling cases with suicidal risk. The research was developed in the municipality of Caicó (RN) because it is a city with a high rate of suicides. 38 CHA, aged 27-61 years (M = 38.7, SD = 8.9), answered the Suicide Behavior Attitude Questionnaire (SBAQ) and the Scale of Attitudes Toward Suicide (EAS) Pre/Post training. The results indicated that after the training, the CHA showed more positive attitudes about the ability to deal with patients. The unfavorable attitudes towards anomic suicide were more present after the training. It is important to emphasize the importance of professional training focused on the development of less moralistic and compassionate attitudes.


El objetivo de este estudio fue evaluar las actitudes de los Agentes Comunitarios de Salud (ACS) frente al comportamiento suicida antes y después de la capacitación volcada para el manejo de casos con riesgo suicida. La investigación fue desarrollada en el municipio de Caicó (RN) por ser una ciudad con alto índice de suicidios. 38 ACS, con edades entre 27 y 61 años (M = 38,7, DP = 8,9), respondieron el Cuestionario de Actitudes frente al Comportamiento Suicida (QACS) y la Escala de Actitudes frente al Suicidio (EAS) pre/post entrenamiento. Los resultados indicaron que después del entrenamiento, la ACS mostró actitudes más positivas sobre la capacidad de tratar con los pacientes. Las actitudes desfavorables en relación al suicidio anómico fueron más presentes después de la capacitación. Se resalta la importancia de la capacitación de los profesionales con foco en el desarrollo de actitudes menos moralistas y compasivas.


Assuntos
Atenção Primária à Saúde , Suicídio , Suicídio/prevenção & controle , Saúde Mental , Agentes Comunitários de Saúde , Atenção à Saúde , Capacitação Profissional
4.
Rev. bras. promoç. saúde (Impr.) ; 31(3): 1-12, 31/10/2018.
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-970504

RESUMO

OBJETIVO: Caracterizar a população em uso de psicofármacos da Estratégia Saúde da Família na Atenção Primária à Saúde. MÉTODOS: Pesquisa transversal realizada com 203 usuários de psicofármacos em uma Unidade Básica de Saúde em Caicó, Rio Grande do Norte, Brasil, em 2017. Coletaram-se dados sociodemográficos e sobre o uso do(s) psicofármaco(s) através de um questionário, posteriormente analisados por meio do IBM SPSS Statistics, versão 20.0. RESULTADOS: Encontrou-se média de psicofármacos prescritos de 1,52 ±0,746, tempo médio de uso de 6,52 ±7,350 anos, prevalência do sexo feminino (n=163; 80,3%), casados ou em união estável (n=90; 44,3%) e com baixa escolaridade (n=99; 48,8%). A maior proporção relatou ter moradia própria (n=132; 65%), ser de cor negra/parda (n=118; 58,1%), trabalhador do lar (n=58; 28,6%) e com renda individual de até um salário mínimo (n=101; 49,8%). Além disso, 35,5% (n=72) viviam com hipertensão arterial sistêmica como principal doença crônica. Houve prevalência da classe dos ansiolíticos (34%), do acesso caracterizado pela compra do medicamento (62%), e do psiquiatra como o principal prescritor das drogas psicotrópicas (49%). CONCLUSÃO: O uso de psicofármacos no serviço de saúde foi prevalente em mulheres pretas e/ou pardas, com baixa renda e escolaridade, que desempenham atividades laborais em casa, e com adoecimento crônico. Os ansiolíticos estão entre as drogas de maior consumo e o psiquiatra é o principal prescritor. Há dificuldades no acesso e na descontinuação desses medicamentos. (AU)


OBJECTIVE: To characterize the population covered by the Family Health Strategy in Primary Health Care who is using psychotropic drugs. METHODS: Cross-sectional study of 203 psychotropic drugs users in a Primary Health Care center in 2017 in Caicó, Rio Grande do Norte, Brazil. Sociodemographic data and information on the use of psychotropic drugs were collected using a questionnaire that was later analyzed using IBM SPSS Statistics version 20.0. RESULTS: The mean number of psychotropic drugs prescribed was 1.52±0.746 and the mean duration of use was 6.52±7.350 years. There was a predominance of women (n=163; 80,3%), married individuals or individuals in a common-law marriage (n=90; 44.3%) individuals with low levels of education (n=99; 48.8%). Most participants reported having their own house (n=132; 65%), being Black/Pardo (n=118; 58.1%), being a homemaker (n=58; 28.6%) and having an individual income of up to one minimum wage (n=101; 49.8%). Additionally, 35.5% (n=72) presented with systemic arterial hypertension as the main chronic disease. There was a predominance of use of anxiolytics (34%), of access characterized by the purchase of the drug (62%), and of the psychiatrist as the main prescriber of psychotropic drugs (49%). CONCLUSION: The use of psychotropic drugs in the health care center was more prevalent in Black and/or Pardo women with low levels of income and education who work at home and who have chronic diseases. Anxiolytics are among the most commonly used drugs and the psychiatrist is the primary prescriber. There are difficulties in accessing and discontinuing the use of these drugs. (AU)


OBJETIVO: Caracterizar la población de la Estrategia Salud de la Familia en la Atención Primaria de Salud que consume psicofármacos. MÉTODOS: Investigación transversal realizada con 203 usuarios de psicofármacos de una Unidad Básica de Salud de Caicó, Rio Grande do Norte, Brasil, en 2017. Se recogieron datos sociodemográficos y del uso de psicofármaco(s) a través de una encuesta y los mismos han sido analizados con el uso del IBM SPSS Statistics versión 20.0. RESULTADOS: Se ha encontrado una media de psicofármacos prescritos de 1,52 ± 0,74, tiempo medio de uso de 6,52 ±7,35 años, la prevalencia para el sexo femenino (n=163; 80,3%), casados o en unión estable (n=90; 44,3%) y con baja escolaridad (n=99; 48,8%). La mayor proporción ha relatado tener vivienda propia (n=132; 65%), ser de color negro/pardo (n=118; 58,1%), ser trabajador del hogar (n=58; 28,6%) y con renta individual de hasta un sueldo mínimo (n=101; 49,8%). Además, el 35,5% (n=72) tenían hipertensión arterial sistémica como la principal enfermedad crónica. Hubo prevalencia de la clase de los ansiolíticos (34%), del acceso caracterizado por la compra de la medicación (62%) y del psiquiatra como el que más prescribe las drogas psicotrópicas (49%). CONCLUSIÓN: El uso de los psicofármacos en el servicio de salud ha sido prevalente en mujeres negras y/o pardas, de baja renta y escolaridad que tienen actividades laborales en sus casas y padecen de enfermedad crónica. Los ansiolíticos están entre las drogas de mayor consumo y el psiquiatra es lo que más les prescribe. Hay dificultades para el acceso y la discontinuidad de eses medicamentos. (AU)


Assuntos
Atenção Primária à Saúde , Psicotrópicos , Uso de Medicamentos
5.
Rev. bras. educ. méd ; 42(1)jan.-mar. 2018.
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-880869

RESUMO

O ensino baseado na comunidade trata-se de uma abordagem educacional voltada à inserção de estudantes em cenários de prática real desde os anos iniciais dos cursos, principalmente em comunidades urbanas e/ou rurais e em serviços da atenção primária à saúde, em que o planejamento, a execução e a avaliação das ações desenvolvidas partem das necessidades de saúde local e, idealmente, inclui a participação de pessoas da comunidade, das equipes de saúde e da própria universidade em todas as suas etapas. Este estudo problematizou o processo de implementação de um currículo baseado no ensino em comunidade em uma escola médica criada no âmbito do Programa Mais Médicos, no sertão nordestino. Para isto, trabalhou-se com interlocuções teóricas entre narrativas, memória e currículo. Teve-se por objetivo compreender como docentes médicos vivenciam o ensino baseado na comunidade, tendo em vista suas memórias da formação médica. Trata-se de estudo qualitativo, nos marcos da história oral. Para a produção das narrativas e contextualização dos sujeitos, utilizaram-se observações participantes, questionários socioeconômicos e entrevistas individuais semiestruturadas. As informações foram analisadas pela técnica de codificação temática. Os resultados são apresentados e discutidos por meio de duas categorias temáticas: "eles serão médicos dentro de uma comunidade": currículo, memória e formação médica; e "na hora em que eu cheguei lá, quis ir embora": atuação docente no ensino baseado na comunidade. As narrativas desvelaram as disparidades e incongruências entre uma formação médica modelada nas prescrições do currículo "tradicional" e as expectativas de atuação docente num currículo "inovador", caracterizado pela centralidade do estudante e das necessidades de saúde locais que produzem arranjos pedagógicos diversos próprios do ensino baseado na comunidade. Nesse panorama, imbricam-se desafios, dificuldades e gratificações num movimento ainda amorfo e num espaço ainda com muitos vazios que esperam para serem preenchidos, descritos, narrados com futuras histórias de vida que poderão elucidar como se aprendeu a ser docente nesse horizonte que se espraia a nossa frente. Cumpre destacar a polissemia do termo "comunidade" no contexto estudado e as dificuldades vivenciadas no início da carreira docente, o que evidencia a necessidade de investimentos em desenvolvimento docente nos cursos médicos, em geral, e nos recém-criados, em particular.(AU)


Community-based education is an educational approach aimed at integrating students into real practice scenarios from the initial years of the courses, mainly in urban and/or rural communities and in primary health care services, where the planning, implementation and evaluation of actions are developed from local health needs and ideally involve the participation of the community, health team members and the university itself at all stages. This study critically questionned the implementation process of a community-based education curriculum at a medical school created as part of the More Doctors Program in the sertão (dry hinterland) of the Brazilian Northeast. To this end, theoretical dialogues were developed between narratives, memories and the curriculum. The objective was to understand how medical professors experience community-based teaching, given the memories of their medical training. The study was qualitative in nature and developed within the framework of oral history. We used participant observation, socioeconomic questionnaires and individual semi-structured interviews to produce the narratives and contextualize the subjects. The data were analyzed by means of the thematic coding technique. The results are presented and discussed through two thematic categories: "they will be doctors within a community": curriculum, memory and medical training and "the moment I arrived, I wanted to leave": teaching practices in community-based education. The narratives uncovered the disparities and incongruences between a medical training modeled on prescriptions of the "traditional" curriculum and the expectations of teaching practices in the "innovative" curriculum, characterized by the centrality of the student and the local health needs that produce diverse pedagogical arrangements particular to community-based education. In this panorama, challenges, difficulties and gratifications are interwoven in a still amorphous movement and in a space where several gaps still await to be filled, described, narrated with future life histories that might elucidate how one learns to be a teacher on that horizon that expands out in front of us. Finally, it is important to highlight the polysemy of the term "community" in the context studied and the difficulties experienced at the beginning of a teaching career, which demonstrates the need for investments in teaching development in medical courses in general, and in newly created ones in particular.(AU)


Assuntos
Currículo , Atenção à Saúde/organização & administração , Educação Médica/organização & administração , Programas Nacionais de Saúde , Características de Residência , Brasil , Docentes de Medicina , Internato e Residência , Narração
6.
Interface (Botucatu, Online) ; 22(supl.1): 1481-1491, 2018. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-954327

RESUMO

Trata-se de relato de experiência sobre o desenvolvimento de pesquisas, produção de conhecimento e formação na interface universidade e serviços de saúde, a partir do programa Pró-Ensino na Saúde (Capes Edital no 24/2010). Apresenta a educação problematizadora, a formação interprofissional, a educação permanente de professores e profissionais de saúde e as Diretrizes Curriculares Nacionais como mobilizadoras da formação profissional comprometida com o desenvolvimento do Sistema Único de Saúde (SUS), especificamente na valorização da integração universidade pública com serviços de saúde. As pesquisas desenvolvidas abordaram diferentes dimensões do ensino na Atenção Primária à Saúde, envolvendo práticas pedagógicas, formação e desenvolvimento docente, atuação do profissional de saúde como professor, inovações pedagógicas e questões relacionadas à prática do trabalho em saúde. Na riqueza e diversidade dos estudos, aponta-se fragilidade na relação orgânica entre universidade e atenção primária e observam-se inovações que caminham para a ruptura do ensino instituído.(AU)


Se trata del relato de una experiencia sobre el desarrollo de investigaciones, producción de conocimiento y formación en la interfaz universitaria y servicios de salud, a partir del programa Pro-Enseñanza en la Salud (Capes Pliego de Condiciones nº24/2010). Presenta la educación problematizadora, la formación interprofesional, la educación permanente de profesores y profesionales de salud y las Directrices Curriculares Nacionales como movilizadoras para la formación profesional comprometida con el desarrollo del Sistema Brasileño de Salud, específicamente en la valorización de la integración universidad pública con servicios de salud. Las investigaciones desarrolladas abordaron diferentes dimensiones de la enseñanza en la Atención Primaria a la Salud envolviendo prácticas pedagógicas, formación y desarrollo docente, actuación del profesional de salud como profesor, innovaciones pedagógicas y cuestiones relacionadas con la práctica del trabajo en salud. En la riqueza y en la diversidad de los estudios se señala la fragilidad en la relación orgánica entre universidad/atención primaria y se observan innovaciones que caminan hacia la ruptura de la enseñanza instituida.(AU)


Assuntos
Humanos , Pesquisa/economia , Pessoal de Saúde/educação , Relações Comunidade-Instituição , Educação Superior , Relações Interprofissionais , Atenção Primária à Saúde/história , Faculdades de Medicina/história
7.
Interface (Botucatu, Online) ; 21(supl.1): 1333-1343, 2017. tab, ilus
Artigo em Inglês, Espanhol, Português | LILACS | ID: biblio-1002317

RESUMO

A proposta deste artigo é relatar criticamente a experiência institucional e curricular de implantação do curso de Medicina da Escola Multicampi de Ciências Médicas do Rio Grande do Norte, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Este relato se coloca como forma de documentar, monitorar e refletir sobre o desenvolvimento das ações de expansão de vagas e criação de novos cursos de Medicina em universidades federais, no âmbito do Programa Mais Médicos. Para tanto, foram descritas de maneira crítica as ações de ensino, pesquisa e extensão já desenvolvidas, além de apresentar uma visão geral do curso e da integração ensino-serviço-comunidade, destacando os êxitos logrados e os desafios no desenvolvimento das ações de ensino, pesquisa e extensão. Por fim, são apresentadas as dificuldades inerentes à implantação de novos cursos fora dos centros urbanos no Brasil.


This paper reports on the institutional and curricular experience of launching the Medical Course of the Multicampi School of Medical Sciences of the Federal University of Rio Grande do Norte (UFRN). This report is a way of documenting, monitoring and reflecting on the development of actions of expansion of seats and creation of new medical courses in federal universities, within the framework of the More Doctors Program. To that end, the teaching, research and extension actions already developed are critically described, as well as it is presented an overview of the course and the teaching-service-community integration, highlighting the achievements and challenges in the development of teaching, research and extension. Finally, we describe the difficulties inherent in the implantation of new courses outside urban centers in Brazil.


El objetivo de este artículo es relatar la experiencia institucional y curricular de implantación del curso de Medicina de la Escuela Multicampi de Ciencias Médicas de la Universidad Federal de Rio Grande do Norte, de la Universidad Federal de Rio Grande do Norte (UFRN). Se presenta como una forma de comentar, monitorear y reflexionar sobre el desarrollo de las acciones de expansión de plazas y creación de nuevos cursos de Medicina en universidades federales, en el ámbito del Programa Más Médicos. Para ello, se describen de manera crítica las acciones de enseñanza, investigación y extensión ya desarrolladas, además de presentar una visión general del curso y de la integración enseñanza-servicio-comunidad, destacando los éxitos conseguidos y los desafíos en el desarrollo de las acciones de enseñanza, investigación y extensión. Finalmente se presentan las dificultades inherentes a la implantación de nuevos cursos fuera de los centros urbanos en Brasil.


Assuntos
Humanos , Faculdades de Medicina/história , Faculdades de Medicina/organização & administração , Consórcios de Saúde , Capacitação de Recursos Humanos em Saúde , Sistema Único de Saúde/ética , Currículo/normas
8.
Interface (Botucatu, Online) ; 21(supl.1): 1355-1366, 2017. tab, ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-954292

RESUMO

Propostas inovadoras para o processo ensino-aprendizagem nos cursos de Medicina vêm sendo desenvolvidas em busca de uma formação profissional generalista, humanista e crítica. A partir da aprovação do Programa Mais Médicos (PMM), novas escolas foram criadas adotando metodologias de ensino ativas e promovendo maior integração ensinoserviço-comunidade. Este artigo é um relato de experiência sobre o desenvolvimento do módulo Vivência Integrada na Comunidade no curso de Medicina da Escola Multicampi de Ciências Médicas do Rio Grande do Norte, que oportuniza ao estudante uma inserção longitudinal no sistema de Saúde em municípios do interior do Nordeste. Essa proposta vem promovendo maior integração entre a universidade, os gestores e os trabalhadores da Saúde. A aposta é a de que este módulo poderá contribuir com a fixação do médico na região e fortalecer o sistema de Saúde no interior do Brasil.


Innovative teaching-learning process proposals for medical courses have been developed for generalist, humanistic, critical professional education. Beginning with approval of the More Doctors Program, new schools were created, adopting active teaching methodologies and promoting further community-service-teaching integration. This paper is an experience report on the development of the Integrated Experience in the Community module in the medical course at the Medical Sciences Multi-campuses College of Rio Grande do Norte, which provides students with longitudinal insertion opportunities in the healthcare system of the hinterland towns of the Northeast region. This proposed module has been promoting further integration between the university managers, and healthcare workers. The goal of this module is to contribute to securing physicians for in the region and strengthening the healthcare system in the Brazilian hinterland.


Se han desarrollado propuestas innovadoras para el proceso enseñanza-aprendizaje en los cursos de medicina a la búsqueda de una formación profesional generalista, humanista y crítica. A partir de la aprobación del Programa Más Médicos se crearon nuevas escuelas, adoptando metodologías de enseñanza activas y promoviendo una mayor integración enseñanza-serviciocomunidad. Este artículo es un relato de experiencia sobre el desarrollo del módulo "Vivencia integrada en la comunidad" en el curso de medicina de la Escuela Multicampi de Ciencias Médicas de Rio Grande do Norte que proporciona al estudiante una inserción longitudinal en el sistema de salud en municipios del interior del Nordeste de Brasil. Esta propuesta ha promovido una mayor integración entre la Universidad, los gestores y los trabajadores de la salud. La apuesta es que este módulo podrá contribuir con la fijación del médico en la región y fortalecer el sistema de salud en el interior de Brasil.


Assuntos
Humanos , Faculdades de Medicina/provisão & distribuição , Colaboração Intersetorial , Currículo/tendências , Educação Médica , Brasil , Planejamento em Saúde Comunitária
10.
Interface comun. saúde educ ; 19(supl.1): 765-777, dez. 2015.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-758159

RESUMO

Este estudo buscou analisar as potencialidades e os entraves na consolidação e operacionalização das atividades de ensino e aprendizagem vivenciadas na interação entre estudantes e trabalhadores dos serviços de Atenção Primária à Saúde (APS). Realizou-se pesquisa qualitativa, por meio de entrevistas semiestruturadas com profissionais de diferentes categorias e serviços da APS de um município de médio porte do estado de São Paulo. Os dados foram analisados segundo a abordagem histórico-cultural, de acordo com o método explicativo de Vigotski. Constatou-se que os cenários da APS têm se constituído enquanto campo fundamental de aprendizagem para uma formação que atenda aos preceitos do SUS. Entretanto, faz-se necessária uma série de ajustes e pactos entre os órgãos formadores, unidades de saúde e gestores encarregados desta articulação, para que alunos, professores, trabalhadores e população possam ser beneficiados com essa intervenção.


This study investigated the potential of and obstacles to the consolidation and implementation of teaching and learning activities experienced in the interaction between students and workers in Primary Health Care Services (APS). We conducted qualitative research using semi-structured interviews with professionals from different categories and APS services of a medium-sized municipality of São Paulo, Brazil. Data were analyzed according to a historical-cultural approach and the explanatory method developed by Vygotsky. This study found that APS scenarios have been established on a key educational basis that meets the principles of the Brazilian Health System (SUS). However, adjustments and agreements are necessary between constituent organizations, health units, and managers in charge of this joint effort so that the students, workers, and population can benefit.


Este estudio investiga el potencial y los obstáculos en la consolidación e implementación de actividades de enseñanza y aprendizaje en la interacción entre los estudiantes y los trabajadores de atención primaria de salud (APS). Se realizó una investigación cualitativa mediante entrevistas semi-estructuradas con profesionales de diferentes categorías y servicios de APS de un municipio de tamaño medio de São Paulo. Los datos se analizaron según el enfoque histórico- cultural, de acuerdo con el método explicativo de Vygotsky. Se encontró que los escenarios de APS se han establecido como un campo de aprendizaje clave para una educación que cumpla con los principios del SUS. Sin embargo, es necesaria una serie de ajustes y acuerdos entre los órganos formadores, unidades de salud y gestores a cargo de esta articulación, para que los estudiantes, los profesores, los trabajadores y la población puedan ser beneficiados con esta intervención.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Atenção Primária à Saúde , Educação em Saúde , Equipe de Assistência ao Paciente , Sistema Único de Saúde/organização & administração
11.
Botucatu; s.n; 2013. 180 p. ilus, tab.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-750912

RESUMO

A constituição do Sistema Único de Saúde (SUS) trouxe consigo uma sene de aspectos envolvidos na organização do sistema de saúde e no modo com que são ofertados os cuidados em saúde. Da mesma forma, as instituições formadoras também buscaram se adequar frente a estas novas exigências, o que possibilita uma articulação das instituições formadoras com os serviços de saúde e em especial, com a Atenção Primária à Saúde (APS). Este estudo analisou os tensionamentos e potencialidades da interação entre estudantes de graduação, em formação profissional, em uma universidade pública e trabalhadores no cotidiano da Atenção Primária à Saúde e; especificamente investigou as implicações que ocorrem para os trabalhadores da Atenção Primária à Saúde que recebem alunos de uma disciplina, a Interação Universidade, Serviços e Comunidade (IUSC). Para tanto, realizou-se pesquisa qualitativa, por meio de entrevistas semi-estruturadas com profissionais de diferentes categorias profissionais e dos diferentes serviços da APS de um município de médio porte do Estado de São Paulo, num total de 24 entrevistas. Os dados foram analisados segundo à Abordagem Histórico - Cultural, através da elaboração de núcleos de significação e de .sentido de acordo com o método explicativo de Vigotski. Os dados obtidos permitiram a estruturação de núcleos de significação e de sentido, agrüpados em três eixos de análise, caracterizados como: 1) As possibilidades e potencial idades da Atenção Primárias à Saúde na formação e desenvolvimento de profissionais e estudantes para o trabalho no SUS; 2) Tensões e entraves para consolidação e operacionalização das atividades de ensino na Atenção Primária à Saúde e 3) Avaliação das problemáticas e desafios a serem enfrentados no ensino na Atenção Primária à Saúde...


The Unified Health System (SUS) constitution brought in itself several aspects involved as many as the system organization and the way healthcares are offered. Likewise, the forming institutions are also seeking to suit themselves on those new demands, which enables the speech between the forming institutions with health services, in particular, with Primary Health Attention (APS). Therewith, this study sought analyzes the tensionings and interaction possibilities between professional training students and workers in Primary Health Aitention’e diurnal. Thereby, a qualitative research was held trough semi-structured interviews applied on workers from several categories and the manifold APS’s services of a medium sized city from São Paulo state, making 24 interviews. The data corpus were analyzed over Historic- Cultural Approach, throtJgh meaning and sense cores concoction according to explaining Viqotski’s method. The obtained information allowed us to build up signification and sense cores, grouped in three analysis axis, characterized as: 1) The possibilities and potentials of Atenção Primária à Saúde in the training and development of professionals and students that will work in the SUS; 2) Tensions and barriers in teaching on Primary Health Attention consolidation and operalisation and 3) Already faced problems and challenges Appraisal. It was possible identify that health professionals conceive in a positive form the .interaction with the APS students, regardless of them highlight that still exists some problematic aspects to be overcome, as the time limitation and the Unities roominess, as well as a betler join among ali involved...


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Educação Médica , Ocupações em Saúde , Atenção Primária à Saúde , Sistema Único de Saúde
12.
Botucatu; s.n; 2007. 129 p.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-493905

RESUMO

A presente pesquisa visou investigar a relação estabelecida por meio do sistema de referência e contra-referência entre equipes da Estratégia de Saúde da Família, da equipe mínima de referência em saúde mental e dos serviços e dispositivos substitutivos em saúde mental no município de Botucatu-SP. Foram realizadas entrevistas semi-estruturadas com todos os coordenadores das oito equipes da ESF (Enfermeiros e Médicos), com os coordenadores dos oito serviços e dispositivos substitutivos em saúde mental, além de um dos membros da equipe de saúde mental do município. Os dados coletados foram analisados segundo a abordagem sócio-histórica, através da elaboração de núcleos designificação e de sentido de acordo com o método explicativo de Vigotski. Os resultados revelaram: Os agentes comunitários de saúde e os familiares como grandes interlocutores do sofrimento psíquico; a ESF como local de escuta e acolhimento ao sofrimento psíquico que poderia intensificar as suas ações com um maior suporte institucional; a ausência de instrumentos específicos e de interlocução entre os serviços como empecilhos ao estabelecimento de uma rede integral de cuidado psicossocial; ausência de suportes interinstitucionais e de políticas públicas no atendimento integral às pessoas com sofrimento psíquico; a equipe mínima de referência em saúde mental como mediadora no fluxo dos encaminhamentos com a rede; a necessidade de maiores encontros/discussões como garantia de uma melhor relação entre os diferentes níveis; avaliação de que no momento essa relação é ruim e que poderia obter melhores resultados. Conforme o objetivo apresentado na presente pesquisa, constatamos que a relação das equipes da ESF com a rede de serviços e dispositivos substitutivos em saúde mental é bastante frágil e insuficiente na adequação e realização do sistema de referência e contra-referência entre os mesmos...


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Saúde da Família , Saúde Mental , Equipe de Assistência ao Paciente
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...