Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 14 de 14
Filtrar
2.
Arq. bras. cardiol ; 115(4): 720-775, out. 2020. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, Sec. Est. Saúde SP, SESSP-IDPCPROD, Sec. Est. Saúde SP | ID: biblio-1131346
4.
ABC., imagem cardiovasc ; 28(4): 216-225, out.-dez. 2015. ilus, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-774754

RESUMO

Alguns pacientes com estenose valvar aórtica (EAo) apresentam baixos gradientes (gradiente transvalvar médio < 40mmHg), apesar de área valvar compatível com EAo importante (AVA < 1,0 cm2) e da fração de ejeção do ventrículo esquerdo preservada (FE > 50%). Dentre estes pacientes, é possível a identificação de dois grupos: um comfluxo normal (volume sistólico indexado, VSI > 35 mL/m2), que apresenta boa evolução e prognóstico, comparáveis aos pacientes com EAo moderada (AVA 1,0 a 1,5 cm2), e outro, com baixo fluxo (VSI ≤ 35mL/m2). Acredita-se que os pacientes do primeiro grupo ocorram como resultado de baixa estatura, com tamanho corporal pequeno, ou de medidas ecocardiográficas inadequadas, ou ainda de incongruências de classificação presentes em algumas diretrizes de manejo de valvopatias. Nos pacientes que apresentam baixo fluxo, ocorre um padrão de remodelamento ventricular que cursa com aumento da pós-carga e hipertrofia miocárdica concêntrica significativa, além de disfunção miocárdica sistólica intrínseca (ainda que, com FE preservada), com consequente diminuição da cavidade ventricular esquerda e do volume sistólico. Tais alterações estão associadas à pior prognóstico, e estes pacientes devem ser cuidadosamente avaliados para que não tenham seus sintomas subestimados e seu adequado tratamento postergado ou negligenciado.


Assuntos
Humanos , Masculino , Idoso de 80 Anos ou mais , Disfunção Ventricular Esquerda/complicações , Disfunção Ventricular Esquerda/diagnóstico , Estenose da Valva Aórtica/etiologia , Valva Aórtica/anormalidades , Volume Sistólico/fisiologia , Cálcio/análise , Ecocardiografia/métodos , Doenças das Valvas Cardíacas , Prognóstico , Tomografia Computadorizada por Raios X/métodos
5.
Einstein (Sao Paulo) ; 13(2): 310-8, 2015.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-26154552

RESUMO

Heart transplantation is currently the definitive gold standard surgical approach in the treatment of refractory heart failure. However, the shortage of donors limits the achievement of a greater number of heart transplants, in which the use of mechanical circulatory support devices is increasing. With well-established indications and contraindications, as well as diagnosis and treatment of rejection through defined protocols of immunosuppression, the outcomes of heart transplantation are very favorable. Among early complications that can impact survival are primary graft failure, right ventricular dysfunction, rejection, and infections, whereas late complications include cardiac allograft vasculopathy and neoplasms. Despite the difficulties for heart transplantation, in particular, the shortage of donors and high mortality while on the waiting list, in Brazil, there is a great potential for both increasing effective donors and using circulatory assist devices, which can positively impact the number and outcomes of heart transplants.


Assuntos
Rejeição de Enxerto/complicações , Insuficiência Cardíaca/cirurgia , Transplante de Coração , Infecções Oportunistas/complicações , Complicações Pós-Operatórias , Disfunção Primária do Enxerto/complicações , Brasil , Cardiomiopatia Chagásica/complicações , Cardiomiopatia Chagásica/cirurgia , Rejeição de Enxerto/classificação , Rejeição de Enxerto/fisiopatologia , Transplante de Coração/métodos , Transplante de Coração/tendências , Coração Auxiliar , Humanos , Imunossupressão/efeitos adversos , Imunossupressão/métodos , Neoplasias/induzido quimicamente , Neoplasias/complicações , Doadores de Tecidos/provisão & distribução
6.
Einstein (Säo Paulo) ; 13(2): 310-318, Apr-Jun/2015. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-751427

RESUMO

ABSTRACT Heart transplantation is currently the definitive gold standard surgical approach in the treatment of refractory heart failure. However, the shortage of donors limits the achievement of a greater number of heart transplants, in which the use of mechanical circulatory support devices is increasing. With well-established indications and contraindications, as well as diagnosis and treatment of rejection through defined protocols of immunosuppression, the outcomes of heart transplantation are very favorable. Among early complications that can impact survival are primary graft failure, right ventricular dysfunction, rejection, and infections, whereas late complications include cardiac allograft vasculopathy and neoplasms. Despite the difficulties for heart transplantation, in particular, the shortage of donors and high mortality while on the waiting list, in Brazil, there is a great potential for both increasing effective donors and using circulatory assist devices, which can positively impact the number and outcomes of heart transplants.


RESUMO O transplante cardíaco é atualmente a abordagem cirúrgica definitiva padrão-ouro no tratamento da insuficiência cardíaca refratária. No entanto, a escassez de doadores limita a realização de um número maior de transplantes cardíacos, situação em que vem aumentando a utilização de dispositivos de assistência circulatória mecânica. Com indicações e contraindicações bem estabelecidas, além de diagnóstico e tratamento de rejeição, por meio de protocolos definidos de imunossupressão, os resultados do transplante cardíaco são muito favoráveis. Dentre as complicações precoces que podem impactar a sobrevida, destacamos a disfunção primária do enxerto, a disfunção do ventrículo direito, rejeição e infecções; já as complicações tardias incluem a doença vascular do enxerto e as neoplasias. Apesar das dificuldades para realização do transplante cardíaco, em especial pela escassez de doadores e pela elevada mortalidade em fila de espera, no Brasil, existe um grande potencial, tanto no aumento de doadores efetivos, quanto na utilização de dispositivos de assistência circulatória, o que pode vir a impactar positivamente no número e nos resultados do transplante cardíaco.


Assuntos
Humanos , Complicações Pós-Operatórias , Infecções Oportunistas/complicações , Transplante de Coração , Disfunção Primária do Enxerto/complicações , Rejeição de Enxerto/complicações , Insuficiência Cardíaca/cirurgia , Doadores de Tecidos/provisão & distribução , Brasil , Cardiomiopatia Chagásica/cirurgia , Cardiomiopatia Chagásica/complicações , Coração Auxiliar , Transplante de Coração/métodos , Transplante de Coração/tendências , Imunossupressão/efeitos adversos , Imunossupressão/métodos , Rejeição de Enxerto/classificação , Rejeição de Enxerto/fisiopatologia , Neoplasias/complicações , Neoplasias/induzido quimicamente
8.
Einstein (Sao Paulo) ; 11(3): 273-7, 2013.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-24136751

RESUMO

OBJECTIVE: To correlate the serum levels of B type natriuretic peptide and the N-terminal fraction of the pro-B type natriuretic peptide, as well as to analyze the influence of age, obesity, renal failure, left ventricle ejection fraction, diastolic dysfunction, and anemia on serum levels of both markers. METHODS: An observational study in which the agreement was compared between these markers in consecutive samples of 138 patients. For the correlation, Pearson's test was used, and p<0.05 was considered statistically significant. RESULTS: A linear association was observed between the B type natriuretic peptide and N-terminal fraction of the pro-B type natriuretic peptide (r=0.907; p<0.001). When evaluating the categorized measurements as normal and altered, there was good agreement, with 90.6% of agreement classifications (p<0.001) in which altered values of the N-terminal fraction of the pro-B type natriuretic peptide and normal values of the B type natriuretic peptide represented 8.7% of the total; the opposite situation represented 1% of the total. Assessment of the influence of the clinical and laboratorial factors on the levels of natriuretic peptides showed that they rise according to age, but that they fall as the ejection fraction increases. Patients with anemia (p<0.001) or with renal failure (p=0.007) had higher values of both markers. There was no association between obesity and the B type natriuretic peptide. CONCLUSION: There was satisfactory agreement between the B type natriuretic peptide and the N-terminal fraction of the pro-B type natriuretic peptide. Age, creatinine levels, and hemoglobin, as well as ventricular function, influence the serum levels of both natriuretic peptides.


Assuntos
Insuficiência Cardíaca/sangue , Peptídeo Natriurético Encefálico/sangue , Fragmentos de Peptídeos/sangue , Adolescente , Adulto , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Biomarcadores/sangue , Criança , Pré-Escolar , Feminino , Insuficiência Cardíaca/diagnóstico , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Estudos Retrospectivos , Fatores de Risco , Adulto Jovem
9.
Einstein (Säo Paulo) ; 11(3): 273-277, jul.-set. 2013. graf, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-688628

RESUMO

OBJETIVO: Correlacionar os níveis séricos do peptídeo natriurético tipo B e da fração N-terminal do pró-peptídeo natriurético tipo B, além de analisar a influência de idade, obesidade, insuficiência renal, fração da ejeção do ventrículo esquerdo, disfunção diastólica e anemia nos níveis séricos de ambos os marcadores. MÉTODOS: Estudo observacional, no qual se comparou a concordância entre esses marcadores em amostras consecutivas de 138 pacientes. Para a correlação, utilizou-se o teste de Pearson e foi considerado estatisticamente significante p<0,05. RESULTADOS: Observou-se associação linear entre peptídeo natriurético tipo B e fração N-terminal do pró-peptídeo natriurético tipo B (r=0,907; p<0,001). Ao se avaliarem as medidas categorizadas como normais e alteradas, encontrou-se boa concordância, com 90,6% de classificações concordantes (p<0,001), sendo que valores alterados da fração N-terminal do pró-peptídeo natriurético tipo B e normais de peptídeo natriurético tipo B representaram 8,7% do total, e o contrário representou 1% do total. A avaliação da influência dos fatores clínicos e laboratoriais nos níveis dos peptídeos natriuréticos mostrou que eles se elevam de acordo com a idade, mas que diminuem conforme aumenta a fração de ejeção. Pacientes com anemia (p<0,001) ou com insuficiência renal (p=0,007) apresentaram valores maiores de ambos os marcadores. Não houve associação entre obesidade e peptídeo natriurético tipo B. CONCLUSÃO: Houve concordância satisfatória entre peptídeo natriurético tipo B e a fração N-terminal do pró-peptídeo natriurético tipo B. Idade, níveis de creatinina e hemoglobina, assim como função ventricular, influenciam os níveis séricos de ambos os peptídeos natriuréticos.


OBJECTIVE: To correlate the serum levels of B type natriuretic peptide and the N-terminal fraction of the pro-B type natriuretic peptide, as well as to analyze the influence of age, obesity, renal failure, left ventricle ejection fraction, diastolic dysfunction, and anemia on serum levels of both markers. METHODS: An observational study in which the agreement was compared between these markers in consecutive samples of 138 patients. For the correlation, Pearson's test was used, and p<0.05 was considered statistically significant. RESULTS: A linear association was observed between the B type natriuretic peptide and N-terminal fraction of the pro-B type natriuretic peptide (r=0.907; p<0.001). When evaluating the categorized measurements as normal and altered, there was good agreement, with 90.6% of agreement classifications (p<0.001) in which altered values of the N-terminal fraction of the pro-B type natriuretic peptide and normal values of the B type natriuretic peptide represented 8.7% of the total; the opposite situation represented 1% of the total. Assessment of the influence of the clinical and laboratorial factors on the levels of natriuretic peptides showed that they rise according to age, but that they fall as the ejection fraction increases. Patients with anemia (p<0.001) or with renal failure (p=0.007) had higher values of both markers. There was no association between obesity and the B type natriuretic peptide. CONCLUSION: There was satisfactory agreement between the B type natriuretic peptide and the N-terminal fraction of the pro-B type natriuretic peptide. Age, creatinine levels, and hemoglobin, as well as ventricular function, influence the serum levels of both natriuretic peptides.


Assuntos
Insuficiência Cardíaca , Peptídeos Natriuréticos
10.
Arq Bras Cardiol ; 97(5 Suppl 1): 1-67, 2011.
Artigo em Português | MEDLINE | ID: mdl-22286365
13.
Rev Bras Cir Cardiovasc ; 22(3): 322-31, 2007.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-18157418

RESUMO

OBJECTIVE: Atherosclerotic inflammation with a possible role of infectious agents can contribute to the pathogenesis of abdominal aortic aneurysms (AAA). The finding of Chlamydia pneumoniae (CP) in these lesions in previous non-quantifying studies ranged from 0-100%. The objective is to quantify the presence of CP and Mycoplasma pneumoniae (MP) in AAA. METHODS: The thickness, and the number of cells positive for CP detected by the immunohistochemistry (immunoperoxidase, which is a type of immunohistochemical stain used in molecular biology, medical research, and clinical diagnostics), and the percentage of the area occupied by the Mycoplasma pneumoniae detected by in situ hybridization in three layers of the aorta were measured using an image-analysis system in 10 necropsies of abdominal aneurysmatic aortas. Three groups were used as controls: 1) samples of the same aortas, outside the aneurysms, except if the dilatation took the whole sub-renal portion of the artery (n=7); 2) aortas with severe atherosclerosis but without aneurysms (n=10); 3) aortas without or with mild atherosclerosis (n=10). All specimens were obtained at necropsies. Wald's test was used to compare groups; significance level was established at 5%. RESULTS: The tunica intima was thinner and the tunica media was thicker in the normal cases than in the other groups (p<0.01). Positive cells for CP were found in all groups, more frequently at the adventitia; no significant difference was detected between the groups (p>0.05). MP was also detected in all groups. This agent predominated in the group of patients with atherosclerosis, but without aneurysms at both tunica intima and adventitia; nevertheless, there were no significant differences between the groups (p>0.05). CONCLUSIONS: Our data suggested that the bacteria we focused to, does not play an important role in the pathogenesis of AAA.


Assuntos
Aneurisma da Aorta Abdominal/microbiologia , Arteriosclerose/microbiologia , Chlamydophila pneumoniae/isolamento & purificação , Mycoplasma pneumoniae/isolamento & purificação , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Aorta Abdominal/microbiologia , Aorta Abdominal/patologia , Aneurisma da Aorta Abdominal/patologia , Arteriosclerose/patologia , Estudos de Casos e Controles , Tecido Conjuntivo/microbiologia , Tecido Conjuntivo/patologia , Estudos Transversais , Feminino , Humanos , Imuno-Histoquímica/métodos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Índice de Gravidade de Doença , Túnica Íntima/microbiologia , Túnica Íntima/patologia , Túnica Média/microbiologia , Túnica Média/patologia
14.
Rev. bras. cir. cardiovasc ; 22(3): 322-331, jul.-set. 2007. ilus, tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-466318

RESUMO

Objetivo: A inflamação aterosclerótica, com possível papel de agentes infecciosos, pode contribuir na patogênese dos aneurismas da aorta abdominal (AAA). O achado de Chlamydia pneumoniae (CP) nessas lesões, em estudos prévios, sem quantificação, variou de 0-100%. O objetivo é quantificar a presença de CP e de Mycoplasma pneumoniae (MP) nos AAA. Método: A espessura, o número de células positivas para CP detectadas...


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Aneurisma da Aorta Abdominal , Aterosclerose/patologia , Autopsia , Aorta/patologia , Chlamydophila pneumoniae , Mycoplasma pneumoniae
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...