Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 7 de 7
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Braz Oral Res ; 23(2): 161-8, 2009.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-19684951

RESUMO

The aim of this study was to evaluate the stress distribution in the cervical region of a sound upper central incisor in two clinical situations, standard and maximum masticatory forces, by means of a 3D model with the highest possible level of fidelity to the anatomic dimensions. Two models with 331,887 linear tetrahedral elements that represent a sound upper central incisor with periodontal ligament, cortical and trabecular bones were loaded at 45 masculine in relation to the tooth's long axis. All structures were considered to be homogeneous and isotropic, with the exception of the enamel (anisotropic). A standard masticatory force (100 N) was simulated on one of the models, while on the other one a maximum masticatory force was simulated (235.9 N). The software used were: PATRAN for pre- and post-processing and Nastran for processing. In the cementoenamel junction area, tensile forces reached 14.7 MPa in the 100 N model, and 40.2 MPa in the 235.9 N model, exceeding the enamel's tensile strength (16.7 MPa). The fact that the stress concentration in the amelodentinal junction exceeded the enamel's tensile strength under simulated conditions of maximum masticatory force suggests the possibility of the occurrence of non-carious cervical lesions such as abfractions.


Assuntos
Força de Mordida , Análise do Estresse Dentário , Análise de Elementos Finitos , Imageamento Tridimensional/métodos , Incisivo/fisiologia , Colo do Dente/fisiopatologia , Força Compressiva , Esmalte Dentário/fisiopatologia , Humanos , Reprodutibilidade dos Testes , Software , Estresse Mecânico , Resistência à Tração
2.
RGO (Porto Alegre) ; 57(2): 173-178, abr.-jun. 2009. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-522791

RESUMO

Objetivo: Avaliar a influência de variações no formato da férula dada por núcleo estojado sobre as tensões desenvolvidas na raiz. Métodos: Seis modelos 3D de um segundo pré-molar superior foram confeccionados a partir das dimensões médias obtidas na literatura. Simulou-se uma carga mastigatória (291,36N) com resultante paralela ao longo eixo do dente. Em quatro modelos, variou-se o tamanho do espelho (E): 1/3 da espessura da parede radicular (E1) ou 2/3 (E2). A altura (A) do bisel foi equivalente a E1 (A1) ou a E2 (A2), ou seja: férula E1A1 e E2A2 com inclinação de 45º. Um modelo representou o dente hígido, outro modelo simulou núcleo apenas, com espelho, sem férula (E2A0). Todos os casos mantiveram a mesma restauração coronária. Todas as estruturas foram consideradas homogêneas, isotrópicas e lineares elásticas. O aumento da altura do estojo (de E2A1 para E2A2 ou de E1A1 para E1A2) provocou mudança das tensões compressivas para trativas na dentina radicular sobre o estojo. Resultados: Os melhores resultados foram obtidos pelo modelo E1A2, que minimizou as tensões trativas na dentina radicular cervical e na dentina radicular próxima ao ligamento periodontal, seguido do modelo E1A1, E2A1 e E2A2. Conclusão: Para distribuir, de melhor modo possível, a tensão na dentina radicular sobre o espelho é imprescindível que exista férula. A férula protege a dentina radicular sob o espelho (quanto mais alta, melhor) e a inclinação de 45º resulta em efeito protetor mais eficiente para a dentina sobre o espelho.


Objective: To evaluate the influence of variations in ferrule shape given by the core placed, on stresses developed in the root. Methods: Six 3D models of a maxillary second premolar were made according to the mean dimensions obtained in the literature. A masticatory load (291.36N) was simulated with result parallel to the long axis of the tooth. In four models, the size of the plate (E) was varied: 1/3 of the root wall thickness (E1) or 2/3 (E2). The height (A) of the bevel was equivalent to E1 (A1) or E2 (A2), that is: ferrule E1A1 and E2A2 with an inclination of 45º. One model represented a healthy tooth, another model simulated the core only, with plate, without ferrule (E2A0). All the cases had the same coronal restoration. All the structures were considered homogenous, isotropic and linear elastic. The increase in the height of the recess (from E2A1 to E2A2 or from E1A1 to E1A2) caused changes in the compressive sheer stresses in the root dentin over the recess. Results: The best results were obtained by model E1A2, which minimized the sheer/ stresses in the cervical root dentin and in the root dentin close to the periodontal ligament, followed by models E1A1, E2A1 and E2A2. Conclusion: To distribute the stress on the root dentin on the plate in the best possible manner, it is imperative to have the ferrule. The ferrule protects the root dentin under the plate (the higher the better) and the inclination of 45º results in a more efficient protective effect for the dentin over plate.


Assuntos
Análise de Elementos Finitos , Restauração Dentária Permanente , Técnica para Retentor Intrarradicular , Raiz Dentária , Fenômenos Biomecânicos
3.
Braz. oral res ; 23(2): 161-168, 2009. ilus, tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-522297

RESUMO

The aim of this study was to evaluate the stress distribution in the cervical region of a sound upper central incisor in two clinical situations, standard and maximum masticatory forces, by means of a 3D model with the highest possible level of fidelity to the anatomic dimensions. Two models with 331,887 linear tetrahedral elements that represent a sound upper central incisor with periodontal ligament, cortical and trabecular bones were loaded at 45º in relation to the tooth's long axis. All structures were considered to be homogeneous and isotropic, with the exception of the enamel (anisotropic). A standard masticatory force (100 N) was simulated on one of the models, while on the other one a maximum masticatory force was simulated (235.9 N). The software used were: PATRAN for pre- and post-processing and Nastran for processing. In the cementoenamel junction area, tensile forces reached 14.7 MPa in the 100 N model, and 40.2 MPa in the 235.9 N model, exceeding the enamel's tensile strength (16.7 MPa). The fact that the stress concentration in the amelodentinal junction exceeded the enamel's tensile strength under simulated conditions of maximum masticatory force suggests the possibility of the occurrence of non-carious cervical lesions such as abfractions.


Assuntos
Humanos , Força de Mordida , Análise do Estresse Dentário , Análise de Elementos Finitos , Imageamento Tridimensional/métodos , Incisivo/fisiologia , Colo do Dente/fisiopatologia , Força Compressiva , Esmalte Dentário/fisiopatologia , Reprodutibilidade dos Testes , Software , Estresse Mecânico , Resistência à Tração
4.
RGO (Porto Alegre) ; 56(3): 321-326, jul.-set. 2008. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-495239

RESUMO

Non-carious cervical lesions are characterized by structural loss near the cementoenamel junction, without the presence of caries. A number of theories have arisen to explain the etiology of such lesions, although the real causes remain obscure, as is reflected by the contradictory terminology used in the literature. In addition to describing acidic and abrasive processes documented as etiological factors, attention is given to the role of mechanical stress from occlusal load, which is the most accepted theory for the development of abfraction lesions. Considering that tensile stress leads to the failure of restorations in the cervical region and that this is a fruitful area for future research, the present study has highlighted diagnosis, prognosis and the criteria for treatment.


As lesões cervicais não cariosas são caracterizadas pela perda de estrutura próxima à junção cemento-esmalte sem a presença de cárie. Algumas teorias têm surgido para tentar explicar a etiologia dessas lesões, embora as causas verdadeiras permaneçam obscura devido à terminologia contraditória na literatura. Apesar dos processos abrasivos e erosivos serem apontados como fatores etiológicos, atenção é dada ao papel da força biomecânica das cargas oclusais que é a teoria mais aceita para o desenvolvimento das lesões de abfração. Ao considerar que falhas de restauração podem ocorrer por tensões de tração e que constituem área promissora para pesquisas futuras, o presente trabalho demonstra os conceitos atuais sobre diagnóstico, prognóstico e critérios para o tratamento.


Assuntos
Abrasão Dentária/complicações , Análise de Elementos Finitos , Colo do Dente/lesões
5.
Rev. bras. odontol ; 64(1/2): 8-12, 2007. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-541843

RESUMO

O presente estudo teve como objetivo analisar, por meio do método de elemetos finitos, a influência do preparo cavitário e do material restaurador na distribuição de tensões em restaurações do tipo inlay. Sete modelos matemáticos bidimensionais foram criados a partir de uma imagem digitalizada de um primeiro molar inferior. A análise foi feita no programa Abaqus (HKS), utilizando-se uma carga estátística de 300N distribuídas em três regiões das superfícies oclusais dos modelos. Os resultados mostraram que o compósito laboratorial (cerômero) foi o que apresentou a melhor distribuição de tensões, gerando um padrão homogêneo das mesmas.


Assuntos
Análise de Elementos Finitos , Cerâmica , Teste de Materiais , Modelos Teóricos , Materiais Restauradores do Canal Radicular , Preparo de Canal Radicular , Dente Molar
6.
Rev. bras. odontol ; 62(3/4): 187-192, 2005. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-541739

RESUMO

Este estudo teve como finalidade analisar a influência da esplintagem de restaurações protéticas fixas na distribuição das tensões de von Mises em dois modelos matemáticos bidimensionais obtidos pelo método de elementos finitos. O limite de proporcionalidade dos materiais e estruturas analisadas não foi alcançado nos dois modelos, de modo que nenhuma das configurações estudadas foi contra-indicada. Entretanto, os resultados sugeriram que o planejamento do tratamento deve ser adequado a condições anatômicas oclusais e biomecânicas específicas.


Assuntos
Análise de Elementos Finitos , Fenômenos Biomecânicos , Coroas , Implantes Dentários
7.
Rev. bras. odontol ; 62(1/2): 85-88, 2005. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-427971

RESUMO

O objetivo deste trabalho foi analisar a capacidade de penetração de guta-percha e cimento nos canais laterais simulados em blocos de resina acrílica realizados com o auxílio de uma microbiota cilíndrica de 0,2 mm de diâmetro. Os canais foram obturados utilizando duas técnicas de obturação: técnica de compactação vertical de Schilder modificada utilizando o Sistema Obtura II e técnica híbrida de Tagger. A técnica utilizando o Sistema Obtura II promoveu maior preechimento de guta-percha nos três terços, enquanto que a técnica híbrida de Tagger promoveu maior preenchimento de cimento nos canais laterais cervicais e mediais


Assuntos
Cavidade Pulpar , Guta-Percha/normas , Técnicas In Vitro , Materiais Restauradores do Canal Radicular/normas , Obturação do Canal Radicular/normas
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...