Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 22
Filtrar
Mais filtros










Tipo de estudo
Intervalo de ano de publicação
1.
Braz. j. oral sci ; 17: e18924, 2018. ilus
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-970500

RESUMO

Aim: This study evaluated the effect of a sonic device on the bonding of fiberglass posts cemented with a self-etching adhesive combined with conventional cement or a self-adhesive cement to root dentin. Methods: Forty single-rooted bovine incisors were endodontically prepared using a step-back technique. Gutta-percha and AH Plus sealer were used for root canal filling, combined with a thermoplasticization technique. After 1 week, the post space was prepared and the roots were divided into four groups according to the following factors: adhesive system/resin cement (Ambar/ AllCem Core [FGM] and RelyX U200 [3M]) and application mode (manual or sonic). The posts were cemented and the roots were cut into discs and submitted to push-out bond strength (POBS) test. The failure mode was evaluated using a stereoscope at 25x magnification. The data were analyzed statistically using ANOVA and Tukey's post-hoc test (α = 0.05). Results: The sonically activated RelyX U200 group was superior to the other groups. RelyX U200 manually applicated showed similar results to those of sonically activated Âmbar/AllCem. These three groups outperformed the Âmbar/AllCem manually applicated group. Adhesive failure between dentin and resin cement was the most predominant pattern. Conclusion: Sonic application of self-etching adhesive and self-adhesive cement improved the POBS of fiber posts to the root canal


Assuntos
Animais , Bovinos , Colagem Dentária , Cimentos Dentários , Pinos Dentários , Cavidade Pulpar , Análise do Estresse Dentário
2.
Rev. latinoam. psicopatol. fundam ; 13(2): 190-206, jun. 2010.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: lil-555967

RESUMO

Terezinha Féres-CarneiroEste estudo objetiva explorar aspectos psicológicos de obesos mórbidos e se baseia em treze casos atendidos em avaliação psicodiagnóstica. Para este trabalho, foram utilizadas suas histórias de vida, conforme relatadas por eles durante as entrevistas. O material coletado foi analisado a partir do referencial psicanalítico. Conclui-se que a obesidade mórbida é uma patologia dos estados-limite, que diz respeito ao ômega somático, em que há perturbações na continência psíquica e nos processos de transformação.


This study explores the psychological aspects of morbidly obese patients, based on thirteen cases that received psychodiagnostic evaluation. Their life stories, as recounted by them during the interviews, are taken up in the article. The material collected was put down in writing after the sessions, and later analyzed from a psychoanalytical perspective. The author concludes that morbid obesity is a pathology of limit states, related to the somatic omega, where disturbances are presented in the psychological continence and processes of transformation.


La présente étude se propose d'interroger certains aspects psychologiques relatifs aux obèses morbides à partir de treize cas de patients observés en évaluation psychodiagnostique. Nous avons utilisé à cette fin leurs histoires de vie, telles qu'elles nous ont été relatées par les patients au cours des entrevues. Le matériel recueilli a été analysé en fonction du référentiel psychanalytique. Il en a été conclu que l'obésité morbide est une pathologie des états-limites affectant l'oméga somatique et caractérisée par des troubles dans la contenance psychique et dans les processus de transformation.


Este estudio tiene como objetivo examinar los aspectos psicológicos de obesos mórbidos. La investigación se ha basado en trece casos, en los que ha sido realizada una evaluación psicodiagnóstica. Han sido utilizadas las historias de vida de los participantes, relatadas durante las entrevistas. El material recogido fue analizado a partir de la teoría psicoanalítica. Se concluye que la obesidad mórbida es una patología de los estados limítrofes de la personalidad, que se refieren al "omega somático", en que hay perturbaciones en la continencia psíquica y en los procesos de transformación.


Assuntos
Humanos , Obesidade Mórbida/psicologia , Violência Doméstica
3.
Rev. latinoam. psicopatol. fundam ; 13(2): 190-206, 2010.
Artigo em Português | Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: psi-46324

RESUMO

Este estudo objetiva explorar aspectos psicológicos de obesos mórbidos e se baseia em treze casos atendidos em avaliação psicodiagnóstica. Para este trabalho, foram utilizadas suas histórias de vida, conforme relatadas por eles durante as entrevistas. O material coletado foi analisado a partir do referencial psicanalítico. Conclui-se que a obesidade mórbida é uma patologia dos estados-limite, que diz respeito ao ômega somático, em que há perturbações na continência psíquica e nos processos de transformação.AU


This study explores the psychological aspects of morbidly obese patients, based on thirteen cases that received psychodiagnostic evaluation. Their life stories, as recounted by them during the interviews, are taken up in the article. The material collected was put down in writing after the sessions, and later analyzed from a psychoanalytical perspective. The author concludes that morbid obesity is a pathology of limit states, related to the somatic omega, where disturbances are presented in the psychological continence and processes of transformation.AU


Este estudio tiene como objetivo examinar los aspectos psicológicos de obesos mórbidos. La investigación se ha basado en trece casos, en los que ha sido realizada una evaluación psicodiagnóstica. Han sido utilizadas las historias de vida de los participantes, relatadas durante las entrevistas. El material recogido fue analizado a partir de la teoría psicoanalítica. Se concluye que la obesidad mórbida es una patología de los estados limítrofes de la personalidad, que se refieren al “omega somático”, en que hay perturbaciones en la continencia psíquica y en los procesos de transformación.AU


Assuntos
Humanos , Obesidade Mórbida/psicologia , Violência Doméstica
4.
Estud. psicol. (Campinas) ; 25(2): 277-291, abr.-jun. 2008.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-486487

RESUMO

Este artigo discute os desafios envolvidos na assistência em Terapia Familiar Psicanalítica de uma mulher de 41 anos, vítima de incesto dos sete aos 12 anos, seguido de duas situações de estupro, que implicaram em um aborto e no nascimento de uma menina, com sete anos na ocasião do estudo. Apresentou-se infantilizada, dependente, sem autonomia, com diagnóstico de borderline. Em nenhum momento, encontrou na mãe alguma forma de apoio. Pais, em conluio perverso e abusivo, causam danos lesivos à constituição psíquica de seus filhos, cujas vidas ficam destroçadas, e levam a pensar que eles próprios tenham tido seus psiquismos danificados, marcados por vivências impensáveis, revertidas em segredos. Transformar e reparar são os objetivos de toda Terapia Familiar Psicanalítica e, nestes casos, os desafios são imensos, pois, entre as várias conseqüências clínicas de tal situação, há um ódio exacerbado à realidade, intensas vivências persecutórias e a reedição transferencial da dinâmica familiar no enquadre terapêutico.


This paper examines the challenges involved with the Psychoanalytical Family Therapy (PFT) care of a 41 year-old woman, a victim of incest between the age of 7 and 12, followed by two incidences of rape that resulted in one abortion and the birth of a girl, who is currently 7 years of age. The patient presented childlike behavior, no measure of independence and a borderline diagnosis. She could never rely upon her mother for any kind of support. Parents, in perverse and abusive collusion, cause considerable damage to their children's minds, their lives becoming devastated, leading us to believe it is they who have had their psyches damaged, tainted by unthinkable experiences transposed into secrets. To transform and repair is the aim of every Psychoanalytical Family Therapy and, in these cases, there are enormous challenges for the psychotherapist as the family has an acute aversion to reality, it displays intense feelings of persecution and the family psychodynamic spills over into the therapy sessions.


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Relações Familiares , Incesto , Estupro
5.
Estud. psicol. (Campinas) ; 25(2): 277-291, abr.-jun. 2008.
Artigo em Português | Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: psi-37470

RESUMO

Este artigo discute os desafios envolvidos na assistência em Terapia Familiar Psicanalítica de uma mulher de 41 anos, vítima de incesto dos sete aos 12 anos, seguido de duas situações de estupro, que implicaram em um aborto e no nascimento de uma menina, com sete anos na ocasião do estudo. Apresentou-se infantilizada, dependente, sem autonomia, com diagnóstico de borderline. Em nenhum momento, encontrou na mãe alguma forma de apoio. Pais, em conluio perverso e abusivo, causam danos lesivos à constituição psíquica de seus filhos, cujas vidas ficam destroçadas, e levam a pensar que eles próprios tenham tido seus psiquismos danificados, marcados por vivências impensáveis, revertidas em segredos. Transformar e reparar são os objetivos de toda Terapia Familiar Psicanalítica e, nestes casos, os desafios são imensos, pois, entre as várias conseqüências clínicas de tal situação, há um ódio exacerbado à realidade, intensas vivências persecutórias e a reedição transferencial da dinâmica familiar no enquadre terapêutico.(AU)


This paper examines the challenges involved with the Psychoanalytical Family Therapy (PFT) care of a 41 year-old woman, a victim of incest between the age of 7 and 12, followed by two incidences of rape that resulted in one abortion and the birth of a girl, who is currently 7 years of age. The patient presented childlike behavior, no measure of independence and a borderline diagnosis. She could never rely upon her mother for any kind of support. Parents, in perverse and abusive collusion, cause considerable damage to their children's minds, their lives becoming devastated, leading us to believe it is they who have had their psyches damaged, tainted by unthinkable experiences transposed into secrets. To transform and repair is the aim of every Psychoanalytical Family Therapy and, in these cases, there are enormous challenges for the psychotherapist as the family has an acute aversion to reality, it displays intense feelings of persecution and the family psychodynamic spills over into the therapy sessions.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Incesto , Estupro , Relações Familiares
6.
Interaçöes estud. pesqui. psicol ; 10(20): 11-34, jul.-dez. 2005.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-463553

RESUMO

Etimologicamente, a palavra trauma vem do grego e significa ferida. Na obra freudiana destacam-se três momentos-chave para a compreensão do trauma, todos envolvendo o aspecto econômico, pois na noção de trauma há sempre um excesso. A teoria do trauma foi retomada por Ferenczi, cujo ponto de vista envolve o reconhecimento de um evento real e de um desmentido, por parte do adulto, na origem do trauma. Em sua interação com o adulto, a criança utiliza-se da linguagem da ternura, enquanto o adulto utiliza-se da linguagem da paixão. Propomo-nos neste trabalho abordar e ampliar dois conceitos básicos: a confusão de línguas e o trauma cumulativo, relacionando-os à psicodinâmica da mãe, à perspectiva transgeracional e a algumas dificuldades particulares dos profissionais envolvidos nesse tipo de assistência. Apresentamos o conceito de trauma ativo, que foi ilustrado a partir da discussão do filme Monster, de Patty Jenkins


Assuntos
Humanos , Criança , Adulto , Abuso Sexual na Infância/psicologia , Transferência Psicológica
7.
Interaçöes estud. pesqui. psicol ; 10(20): 11-34, jul.-dez. 2005.
Artigo em Português | Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: psi-34571

RESUMO

Etimologicamente, a palavra trauma vem do grego e significa ferida. Na obra freudiana destacam-se três momentos-chave para a compreensão do trauma, todos envolvendo o aspecto econômico, pois na noção de trauma há sempre um excesso. A teoria do trauma foi retomada por Ferenczi, cujo ponto de vista envolve o reconhecimento de um evento real e de um desmentido, por parte do adulto, na origem do trauma. Em sua interação com o adulto, a criança utiliza-se da linguagem da ternura, enquanto o adulto utiliza-se da linguagem da paixão. Propomo-nos neste trabalho abordar e ampliar dois conceitos básicos: a confusão de línguas e o trauma cumulativo, relacionando-os à psicodinâmica da mãe, à perspectiva transgeracional e a algumas dificuldades particulares dos profissionais envolvidos nesse tipo de assistência. Apresentamos o conceito de trauma ativo, que foi ilustrado a partir da discussão do filme Monster, de Patty Jenkins (AU)


Assuntos
Criança , Adulto , Humanos , Transferência Psicológica , Abuso Sexual na Infância/psicologia
8.
Psicol. clín ; 13(2): 53-71, 2001.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-353544

RESUMO

Dando continuidade ao trabalho clínico que serviu de base para tratarmos de questões edípicas na inversão de gerações (Almeida Prado, 2000b), neste artigo tencionamos abordar a saída de uma situação caracteristicamente antÆedípica (Racamier, 1989) para outra, mais tipicamente edipiana, através da elaboração, em terapia familiar psicanalítica, do luto fundamental e do conflito original, viabilizando que uma relação genitalizada passe a ser desejada e buscada


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Família , Identificação Psicológica , Complexo de Édipo , Sexualidade , Terapia Familiar
9.
Psicol. clín ; 13(2): 53-71, 2001.
Artigo em Português | Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: psi-17605

RESUMO

Dando continuidade ao trabalho clínico que serviu de base para tratarmos de questões edípicas na inversão de gerações (Almeida Prado, 2000b), neste artigo tencionamos abordar a saída de uma situação caracteristicamente ant’edípica (Racamier, 1989) para outra, mais tipicamente edipiana, através da elaboração, em terapia familiar psicanalítica, do luto fundamental e do conflito original, viabilizando que uma relação genitalizada passe a ser desejada e buscada(AU)


Assuntos
Relatos de Casos , Humanos , Masculino , Feminino , Família , Identificação Psicológica , Complexo de Édipo , Sexualidade , Terapia Familiar
10.
Psic ; 2(1): 44-51, 2001.
Artigo em Português | Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: psi-20983

RESUMO

A autora questiona se uma peça de teatro é criada apenas por seu autor e aqueles que a montam e interpretam, ou se também é criada por aquele que assiste. Neste artigo, pretende explorar esta questão, focalizando-a da perspectiva do espectador, procurando explicar alguns dos processos envolvidos em sua 'criação' promove. Para atingir este objetivo, utiliza-se do referencial psicanalítico, particularmente das contribuições de Donald Winnicott, abordando em seguida a peça 'Prometeu Acorrentado', de Ésquilo(AU)

11.
Psicol. clín ; 12(1): 147-172, 2000.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-457014

RESUMO

Neste artigo pretendemos discutir questões relativas à transmissão psíquica entre gerações, abordando o papel do superego, do mito familiar e do negativo na transmissibilidade, a relação da angústia com o tempo mítico e uma possível organização psíquica patológica, com a apresentação de um caso clínico, notável pela reversão de gerações


Assuntos
Família , Relação entre Gerações , Transtornos Psicóticos , Superego
12.
Psicol. clín ; 12(1): 147-172, 2000.
Artigo em Português | Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: psi-15053

RESUMO

Neste artigo pretendemos discutir questões relativas à transmissão psíquica entre gerações, abordando o papel do superego, do mito familiar e do negativo na transmissibilidade, a relação da angústia com o tempo mítico e uma possível organização psíquica patológica, com a apresentação de um caso clínico, notável pela reversão de gerações (AU)


Assuntos
Relação entre Gerações , Transtornos Psicóticos , Família , Superego
13.
Inf. psiquiatr ; 18(2): 55-8, abr.-jun. 1999.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-241532

RESUMO

Este trabalho apresenta o Setor de Psicodiagnóstico Diferencial do Serviço de Psiquiatria do HUPE, abordando seu surgimento e focalizando aspectos relativos a esta forma de atuaçäo, que dizem respeito à relaçäo psicoterapeuta/paciente, às técnicas de entrevista e aos recursos projetivos utilizados


Assuntos
Humanos , Hospitais Universitários , Unidade Hospitalar de Psiquiatria , Psicologia , Entrevista Psicológica/métodos , Técnicas Projetivas , Psicologia Clínica/métodos , Testes Psicológicos
14.
Inf. psiquiatr ; 18(1): 3-13, jan.-mar. 1999.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-241522

RESUMO

Este trabalho diz respeito à família autista e baseia-se em pesquisa desenvolvida junto a 27 famílias de crianças autistas, no Serviço de Psicologia Aplicada da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Com referencial psicanalítico, abordamos os seguintes tópicos: o aparelho psíquico familiar; algumas questöes relativas ao diagnóstico diferencial, as caracterísricas da família autista, pensamento sígnico e pensamento simbólico, e certas estratégias de aproximaçäo terapêutica. Três casos clínicos säo apresentados, com ênfase especial nos aspectos técnicos e seus resultados encorajadores


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pré-Escolar , Criança , Adulto , Terapia Familiar , Comportamento Materno/psicologia , Relações Pais-Filho , Transtorno Autístico/psicologia , Saúde da Família , Núcleo Familiar/psicologia , Relações Profissional-Família , Transtorno Autístico/diagnóstico
15.
Informacao Psiquiatrica ; 1(18): 3-13, jan./mar. 1999.
Artigo | Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: psi-4926

RESUMO

Este trabalho diz respeito a familia autista e baseia-se em pesquisa desenvolvida junto a 27 familias de criancas autistas, no Servico de Psicologia Aplicada da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Com referencial psicanalitico, abordamos os seguintes topicos: o aparelho psiquico familiar, algumas questoes relativas ao diagnostico diferencial, as caracteristicas da familia autista, pensamento signico e pensamento simbolico, e certas estrategias de aproximacao terapeutica. Tres casos clinicos sao apresentados, com enfase especial nos aspectos tecnicos e seus resultados encorajadores.


Assuntos
Família , Transtorno Autístico , Comunicação , Psicologia Aplicada , Família , Transtorno Autístico , Comunicação , Psicologia Aplicada
16.
Informacao Psiquiatrica ; 2(18): 55-58, abr./jun. 1999.
Artigo | Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: psi-4995

RESUMO

Este trabalho apresenta o Setor de Psicodiagnostico Diferencial do Servico de Psiquiatria do HUPE, abordando seu surgimento e focalizando aspectos relativos a esta forma de atuacao, que dizem respeito a relacao psicoterateuta/paciente, as tecnicas de entrevista e aos recursos projetivos utilizados.


Assuntos
Técnicas Projetivas , Técnicas Projetivas
17.
Interaçöes estud. pesqui. psicol ; 3(6): 33-46, jul.-dez.1998.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-397542

RESUMO

A patologia do simbolismo foi estudada principalmente na psicose, onde as maiores perturbações semânticas foram encontradas. Nas famílias com pelo menos um membro psicótico, tais perturbações semânticas são grosseiras ou sutilmente encontradas em seus diversos membros e, neste sentido, sua relação com a realidade é muito perturbada. Observamos conexões entre o mito familiar, a realidade compartilhada em pacto mortífero, e a atividade delirante. Com base na terapia familiar psicanalítica (tfp), ocorrem mudanças na psicodinâmica familiar, com alívio da angústia, diminuição da produção delirante e aumento da capacidade de simbolização. Aparecem então condições para o devaneio, o brincar e o humor, que são fundamentais para o pensar criativo e realístico. Existem dificuldades extras na terapia familiar quando surgem diferenças entre as abordagens psiquiátrica e psicodinâmica, no que diz respeito ao tratamento da realidade e suas conseqüências


Assuntos
Delírio , Terapia Familiar , Transtornos Psicóticos , Simbolismo
18.
Interaçöes estud. pesqui. psicol ; 3(6): 33-46, jul.-dez.1998.
Artigo em Português | Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: psi-18222

RESUMO

A patologia do simbolismo foi estudada principalmente na psicose, onde as maiores perturbações semânticas foram encontradas. Nas famílias com pelo menos um membro psicótico, tais perturbações semânticas são grosseiras ou sutilmente encontradas em seus diversos membros e, neste sentido, sua relação com a realidade é muito perturbada. Observamos conexões entre o mito familiar, a realidade compartilhada em pacto mortífero, e a atividade delirante. Com base na terapia familiar psicanalítica (tfp), ocorrem mudanças na psicodinâmica familiar, com alívio da angústia, diminuição da produção delirante e aumento da capacidade de simbolização. Aparecem então condições para o devaneio, o brincar e o humor, que são fundamentais para o pensar criativo e realístico. Existem dificuldades extras na terapia familiar quando surgem diferenças entre as abordagens psiquiátrica e psicodinâmica, no que diz respeito ao tratamento da realidade e suas conseqüências (AU)


Assuntos
Terapia Familiar , Transtornos Psicóticos , Delírio , Simbolismo
19.
Artigo em Português | Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: psi-26372
20.
Cad. psicol. (Rio J., 1994) ; (1): 7-10, jan.-jun. 1994.
Artigo em Português | Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: psi-25611
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...