Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 5 de 5
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Ciênc. Saúde Colet. (Impr.) ; 9(2): 411-421, abr.-jun. 2004. ilus, tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-361902

RESUMO

O artigo analisa as políticas públicas do município de Feira de Santana relacionadas à qualidade de vida da população, expressa no índice de desenvolvimento humano. O referencial teórico está embasado em qualidade de vida, políticas públicas e cidadania. O estudo é descritivo, explora aspectos quantitativos e qualitativos através da análise da Lei Orgânica, do orçamento municipal e de entrevistas com secretários do município. A área da educação possui o maior orçamento do município e apresenta 20 por cento de analfabetismo. Na área da saúde, houve aumento para 34 por cento no orçamento no ano de 2002. Há melhoria dos índices de esperança de vida ao nascer e de mortalidade infantil nas últimas décadas. Na área de meio ambiente a dotação orçamentária é baixa em relação às necessidades do município. Há déficit de 70 por cento na cobertura de esgotamento sanitário e degradação ambiental através da ocupação irregular das lagoas. As ações desenvolvidas nas áreas de educação e saúde possuem as maiores dotações orçamentárias na década analisada. A área de meio ambiente possui legislação avançada, porém baixa dotação orçamentária, dependendo de financiamento externo para implementar as ações de saneamento básico.


Assuntos
Qualidade de Vida , Promoção da Saúde , Qualidade de Vida
2.
In. Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva - ABRASCO. Livro de resumos I: VII Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva; Saúde, Justiça, Cidadania. Rio de Janeiro, ABRASCO, 2003. p.594. (Ciência & Saúde Coletiva, 8 supl. 1 2003).
Monografia em Português | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-47638
3.
São Paulo; s.n; 2002. 136 + anexos p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-43514

RESUMO

Objetivo: Análise das políticas públicas do município de Feira de Santana relacionadas à qualidade de vida da população, expressa no índice de desenvolvimento humano. Foi realizada uma descrição da dotação orçamentária do município no período de 1993 a 2002, enfocando as políticas públicas e ações de governo relacionadas ao índice de desenvolvimento humano nas áreas de educação, saúde e meio ambiente. O referencial teórico está embasado em qualidade de vida, políticas públicas e cidadania. Método: Estudo descritivo, que explora aspectos quantitativos e qualitativos através da análise da Lei Orgânica, do orçamento municipal e de entrevistas com secretários do município. Resultados: A análise temática revelou que a Lei Orgânica do Município contém as diretrizes orientadoras das políticas públicas. A área da educação possui o maior orçamento do município e apresenta 20 por cento de analfabetismo. Implementa, entre outros, curso de alfabetização de jovens e adultos. Na área da saúde, houve aumento de 34 por cento no orçamento para o ano de 2002, com a perspectiva de mudança para a condição de Gestão Plena do Sistema de Saúde. Há melhoria dos índices de esperança de vida ao nascer e de mortalidade infantil nas últimas décadas. Na área de meio ambiente, a dotação orçamentária é baixa em relação às necessidades do município; a legislação é avançada. Há déficit de 70 por cento na cobertura de esgotamento sanitário e degradação ambiental através da ocupação irregular das Lagoas. Considerações finais: As ações desenvolvidas nas áreas de educação e saúde possuem as maiores dotações orçamentárias na década analisada e estas mantêm convênio com outros órgãos para desenvolver atividades programáticas complementares. A área de meio ambiente possui legislação avançada, porém baixa dotação orçamentária, dependendo de financiamento externo para implantar e implementar as ações necessárias de saneamento básico (AU)


Assuntos
Humanos , Política Pública , Qualidade de Vida , Orçamentos , Cidades , Promoção da Saúde , Educação em Saúde , Educação em Saúde Ambiental
4.
Säo Paulo; s.n; 2002. 136 p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-326368

RESUMO

Objetivo: Análise das políticas públicas do município de Feira de Santana relacionadas à qualidade de vida da populaçäo, expressa no índice de desenvolvimento humano. Foi realizada uma descriçäo da dotaçäo orçamentária do município no período de 1993 a 2002, enfocando as políticas públicas e açöes de governo relacionadas ao índice de desenvolvimento humano nas áreas de educaçäo, saúde e meio ambiente. O referencial teórico está embasado em qualidade de vida, políticas públicas e cidadania. Método: Estudo descritivo, que explora aspectos quantitativos e qualitativos através da análise da Lei Orgânica, do orçamento municipal e de entrevistas com secretários do município. Resultados: A análise temática revelou que a Lei Orgânica do Município contém as diretrizes orientadoras das políticas públicas. A área da educaçäo possui o maior orçamento do município e apresenta 20 por cento de analfabetismo. Implementa, entre outros, curso de alfabetizaçäo de jovens e adultos. Na área da saúde, houve aumento de 34 por cento no orçamento para o ano de 2002, com a perspectiva de mudança para a condiçäo de Gestäo Plena do Sistema de Saúde. Há melhoria dos índices de esperança de vida ao nascer e de mortalidade infantil nas últimas décadas. Na área de meio ambiente, a dotaçäo orçamentária é baixa em relaçäo às necessidades do município; a legislaçäo é avançada. Há déficit de 70 por cento na cobertura de esgotamento sanitário e degradaçäo ambiental através da ocupaçäo irregular das Lagoas. Consideraçöes finais: As açöes desenvolvidas nas áreas de educaçäo e saúde possuem as maiores dotaçöes orçamentárias na década analisada e estas mantêm convênio com outros órgäos para desenvolver atividades programáticas complementares. A área de meio ambiente possui legislaçäo avançada, porém baixa dotaçäo orçamentária, dependendo de financiamento externo para implantar e implementar as açöes necessárias de saneamento básico


Assuntos
Humanos , Orçamentos , Cidades , Promoção da Saúde , Política Pública , Qualidade de Vida , Educação em Saúde Ambiental , Educação em Saúde
5.
Rio de Janeiro; s.n; jan. 1983. 116 p. tab.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-302075

RESUMO

Neste trabalho pretende-se avaliar a articulação existente entre um curso de enfermagem como sistema formador e os serviços de saúde e educação distribuidos no Município em que se localiza o curso como sistema utilizador da mão-de-obra dos enfermeiros provenientes do referido curso de enfemagem. O presente trabalho tem como objetivos: investigar se há adequação entre os propósitos da instituição formadora e a utilização dos egressos de enfemagem, em um Município do Estado da Bahia; identificar o marco conceitual do curso; verificar a correlação entre os objetivos das disciplinas do curso e a prática profissional dos egresos; investigar a participação do curso no atendimento das necessidades da saúde da comunidade...


Assuntos
Humanos , Escolas de Enfermagem , Programas de Graduação em Enfermagem/tendências , Serviços Básicos de Saúde , Enfermagem , Avaliação de Desempenho Profissional
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...