Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 60
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Int J Gynecol Cancer ; 26(5): 984-90, 2016 06.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-26905335

RESUMO

OBJECTIVE: The aim of the study was to evaluate potential changes in the clinical, diagnostic, and therapeutic parameters of complete hydatidiform mole in the last 25 years in Brazil. METHODS: A retrospective cohort study was conducted involving the analysis of 2163 medical records of patients diagnosed with complete hydatidiform mole who received treatment at the Rio de Janeiro Reference Center for Gestational Trophoblastic Disease between January 1988 and December 2012. For the statistical analysis of the natural history of the patients with complete molar pregnancies, time series were evaluated using the Cox-Stuart test and adjusted by linear regression models. RESULTS: A downward linear temporal trend was observed for gestational age of complete hydatidiform mole at diagnosis, which is also reflected in the reduced occurrence of vaginal bleeding, hyperemesis and pre-eclampsia. We also observed an increase in the use of uterine vacuum aspiration to treat molar pregnancy. Although the duration of postmolar follow-up was found to decline, this was not accompanied by any alteration in the time to remission of the disease or its progression to gestational trophoblastic neoplasia. CONCLUSIONS: Early diagnosis of complete hydatidiform mole has altered the natural history of molar pregnancy, especially with a reduction in classical clinical symptoms. However, early diagnosis has not resulted in a reduction in the development of gestational trophoblastic neoplasia, a dilemma that still challenges professionals working with gestational trophoblastic disease.


Assuntos
Mola Hidatiforme/diagnóstico , Mola Hidatiforme/terapia , Adolescente , Adulto , Brasil/epidemiologia , Criança , Estudos de Coortes , Feminino , Humanos , Mola Hidatiforme/epidemiologia , Pessoa de Meia-Idade , Gravidez , Estudos Retrospectivos , Adulto Jovem
2.
Rio de Janeiro; Guanabara Koogan; 13 ed; 2015. 751 p. ilus.
Monografia em Português | Sec. Munic. Saúde SP, EMS-Acervo, Sec. Munic. Saúde SP | ID: sms-12919
3.
Femina ; 42(6): 277-282, nov-dez. 2014. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-749148

RESUMO

A hidropisia fetal não imune é a presença de duas ou mais (?2) coleções de líquido no feto na ausência de aloimunização Rh. As mais comuns etiologias incluem anormalidades cardiovasculares, cromossomiais e hematológicas, seguidas por anomalias estruturais fetais, complicações da gemelaridade, infecção, e patologia placentária. A avaliação da hidropisia começa com o teste de Coombs indireto para verificar se é verdadeiramente não imune, avaliação do feto e da placenta, incluindo a ecocardiografia (arritmia), exame da artéria cerebral média para identificar a anemia, assim como o cariótipo/microarranjo cromossomial, mesmo que não seja constatada anomalia estrutural fetal. O tratamento recomendado depende da etiologia subjacente e da idade da gravidez; o parto pré-termo será proposto apenas por indicações obstétricas, incluindo a síndrome do ?espelho?. São candidatos à avaliação anteparto e ao corticoide, casos idiopáticos ou com etiologia passível de tratamento pré-natal ou pós-natal. Essas gestações devem ser interrompidas em um centro terciário com UTI neonatal capaz de tratar recém-nascidos criticamente comprometidos. A aneuploidia confere um mau prognóstico e, mesmo na sua ausência, a sobrevida neonatal é frequentemente <50%. A síndrome do ?espelho? é uma forma grave de préeclâmpsia que pode se desenvolver com a hidropisia fetal e na maioria dos casos necessita da interrupção da gravidez.(AU)


The nonimmune hydrops is the presence of two or more (?2) fluid collections in the fetus in the absence of Rh alloimmunization. The most common causes include cardiovascular, chromosomal and hematological abnormalities, followed by fetal structural abnormalities, complications of twin pregnancy, infection, and placental pathology. The evaluation of hydrops begins with the indirect Coombs test to see if it is really not immune, evaluation of the fetus and placenta, including echocardiography (arrhythmia), examination of the middle cerebral artery to identify anemia, and karyotyping/chromosomal microarray even if it is not detected fetal structural anomalies. The recommended treatment depends on the underlying etiology and gestational age; preterm birth should be proposed only for obstetric indications, including the ?mirror? syndrome. The antepartum evaluation and corticosteroids are indicated in idiopathic cases or etiology capable of prenatal or postnatal treatment. These pregnancies should be discontinued in a tertiary center with neonatal intensive care units capable of treating critically compromised newborns. The aneuploidy confers a poor prognosis and even in the absence of aneuploidy neonatal survival is often <50%. The ?mirror? syndrome is a severe form of preeclampsia that can be developed with fetal hydrops and in most cases requires the interruption of pregnancy.(AU)


Assuntos
Feminino , Gravidez , Complicações na Gravidez/fisiopatologia , Hidropisia Fetal/etiologia , Hidropisia Fetal/diagnóstico por imagem , Padrões de Prática Médica , Fatores de Risco , Aborto Terapêutico , Aneuploidia
4.
Rio de Janeiro; Guanabara Koogan; 2013. 1275 p. ilus.
Monografia em Português | Sec. Est. Saúde SP, SESSP-HMLMBACERVO, SESSP-HMLMBPROD, Sec. Est. Saúde SP | ID: ses-37530
5.
Rio de Janeiro; Guanabara koogan; 12 ed; 2013. 1274 p. ilus, tab, graf.
Monografia em Português | Sec. Est. Saúde SP, SESSP-HMLMBACERVO, SESSP-HMLMBPROD, Sec. Est. Saúde SP | ID: ses-34246
6.
Rio de Janeiro; Guanabara Koogan; 12 ed; 2013. 1275 p. graf, ilus, tab.
Monografia em Português | Sec. Munic. Saúde SP, AHM-Acervo, TATUAPE-Acervo | ID: sms-9096
8.
Rio de Janeiro; Guanabara Koogan; 11 ed; 2010. 1159 p. ilus, tab.
Monografia em Português | Sec. Munic. Saúde SP, AHM-Acervo, CAMPOLIMPO-Acervo | ID: sms-4010
9.
Rio de Janeiro; Guanabara Koogan; 11 ed; 2010. 1159 p. ilus, tab.
Monografia em Português | LILACS, AHM-Acervo, CAMPOLIMPO-Acervo | ID: lil-652922
10.
Rio de Janeiro; Guanabara koogan; 11ª; 2010. 1159 p. ilus, tab, graf.
Monografia em Português | Sec. Est. Saúde SP, SESSP-HMLMBACERVO, SESSP-HMLMBPROD, Sec. Est. Saúde SP | ID: ses-19133
11.
Rio de Janeiro; Guanabara Koogan; 11 ed; 2008. 607 p.
Monografia em Português | Sec. Munic. Saúde SP, CACHOEIRINHA-Acervo, Sec. Munic. Saúde SP | ID: sms-10487
12.
Femina ; 35(2): 75-82, fev. 2007. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-471272

RESUMO

São discutidos os critérios de diagnóstico da Síndrome dos ovários policísticos ressaltando a interferência do emprego de critérios não normatizados na vulgarização do diagnóstico. Especial menção é feita ao aspecto metabólico e vascular associado e suas repercussões para o futuro reprodutivo das pacientes portadoras da Síndrome dos ovários policísticos


Assuntos
Humanos , Feminino , Técnicas de Laboratório Clínico , Doenças Metabólicas/fisiopatologia , Endotélio Vascular , Fluxometria por Laser-Doppler , Síndrome do Ovário Policístico/diagnóstico , Síndrome do Ovário Policístico/metabolismo , Síndrome do Ovário Policístico
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA