Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 2 de 2
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. baiana saúde pública ; 34(2)abr.-jun. 2010. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-580870

RESUMO

A deficiência auditiva é um dos principais distúrbios que interferem no desenvolvimento da linguagem e fala. Um aspecto a ser levado em questão é o comprometimento da audição por interferência de inflamações auriculares. Em meio a complicações das infecções estruturais mais comuns encontramos a otite média. Dessa forma, compreender as capacidades das crianças de discriminar sons, por meio da triagem do comportamento auditivo, é fundamental para as escolas infantis, visto que a ocorrência de uma deficiência auditiva promove consequentes problemas à organização perceptual, recepção e estruturação das informações na aprendizagem e nas interações sociais do ser humano. Este estudo teve por objetivo caracterizar os limiares auditivos de escolares, de ambos os gêneros, de escolas públicas da cidade de Bauru SP, na faixa etária de 3 a 6 anos. Foram selecionadas 206 crianças para triagem audiológica, com histórico de otite média ao menos uma vez até o momento da triagem. Os resultados foram correlacionados pela análise de idade, orelha testada e gênero. Em relação à orelha direita, encontrou-se que 2,9 porcento duas crianças do sexo feminino e quatro do sexo masculino das crianças apresentaram alterações auditivas, e 97,1 porcento estavam dentro dos padrões de normalidade. E para a orelha esquerda encontrou-se 3,4 porcento uma criança do sexo feminino e seis do sexo masculino das crianças com alterações auditivas, contra 96,6 porcento dentro dos padrões de normalidade. De acordo com a análise estatística qui-quadrado, comprovaram-se valores não significativos para afirmar que os pré-escolares possuem em sua totalidade relação entreotite média e perda auditiva.


Hearing impairment is a major disorder that interferes with language and speech development. One aspect to considered is the compromising of hearing by interference of ear inflammation. Among the complications of structural infections found the most common is the otitis media. Thus, understanding the capabilities of children to discriminate sounds, by performing an assessment of hearing is crucia to schools for children, since the occurrence of hearing loss causes consequential problems of perceptual organization, reception and structuring of information in learning and in the social interactions of human beings. This study aimed at characterizing the hearing thresholds of students of both genders in public schools in the city of Bauru - SP, with ages ranging from 3 to 6 years. It was selected 206 children for hearing assessment with a history of otitis media at least once by the time of the asessment. The results were correlated by the analysis of age, gender and tested ear. Regarding the right ear, it was found that 2.9 porcent two children were female and four male of children had hearing loss, whereas 97.1 porcento were within normal limits. And for the left ear was found 3.4 porcent one child female and six male of children with hearing loss, against 96.6 porcent within normal limits. According to statistical analysis chi-square values proved not to be significant to state that preschool children possess in their totality a relationship between otitis media and hearing loss.


La deficiencia auditiva es uno de los principales trastornos que interfieren en el desarrollo del lenguaje y del habla. Un aspecto a ser tratado es el comprometimiento de audición por la interferencia de inflamaciones del oído. En medio a las complicaciones de infecciones estructuturales más comunes encontramos la otitis media. De esa forma, comprender las capacidades de los niños de discriminar sonidos, a través de la triaje del comportamiento auditivo, es fundamental para las escuelas infantiles, ya que la ocurrencia de un deficiência auditiva provoca problemas a la organización perceptual, recepción y estruturación de lãs informaciones en el aprendizaje y en las interacciones sociales del ser humano. El objetivo de este estudio fue caracterizar los umbrales auditivos de los escolares, de ambos sexos, de escuelas públicas de la ciudad de Bauru SP, en una franja de edad de 3 a 6 años. Fueron seleccionados 206 niños para el triaje auditivo, con antecedentes de otitis media por lo menos una vez hasta el momento del triaje. Los resultados fueran correlacionados por el análisis de edad, oreja testada y sexo. En relación a la oreja derecha 2,9 por ciento de los niños dos del sexo femenino y cuatro del masculino presentaron alteraciones auditivas y 97,1 por ciento estaben dentro de los estándares de normalidad. En relación a la oreja izquierda 3,4 por ciento de los niño uno del sexo femenino y seis del masculino presentaron alteraciones auditivas, contra 96,6 por ciento que estaban dentro de lo estandares normales. De acuerdo con el análisis estadístico quicuadrado se comprobaron valores no significativos para afirmar que los preescolares tienen, en su totalidad, relación entre otitis media y pérdida de audición.


Assuntos
Humanos , Pré-Escolar , Otite Média , Transtornos da Audição , Perda Auditiva
2.
Bauru; s.n; 2009. 61 p. map.
Tese em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-865005

RESUMO

A otite é uma das morbidades infantis que repercute no desenvolvimento da linguagem, causando sintomatologia dolorosa. No âmbito da atenção primária à saúde, o Agente Comunitário de Saúde (ACS) atua como elo entre a equipe de saúde e a comunidade. Tendo por objetivo revelar a percepção dos ACS frente às dores de ouvido na zona rural de Monte Negro-RO, o método da pesquisa consistiu em entrevistas com 20 ACS. Utilizou-se a figura metodológica discurso do sujeito coletivo. A partir das respostas dos ACS, foram construídas as categorias: sofrimento, patologia, cuidado e desconhecimento. A percepção dos ACS diante da dor de ouvido constrói noções, que não são claras o bastante para se definirem como conceito. Sendo o relato subjetivo do usuário o principal instrumento para mensurar a dor, o encontro de subjetividades que se produz no relato do ACS se deve ao papel de sujeito que trabalha com as diversidades culturais em que está inserido. A compreensão de seu discurso implica a possibilidade de construção de um enfoque da atenção básica à saúde que leve em consideração o saber popular.


Otitis is an infantile morbiditie directly interfering in the language development process, causing painful symptoms. The Health Community Agent (HCA) acts as a link between the health team and the community. This work aimed at revealing the perception of HCA as for auditory pain, in rural communities of Monte Negro, RO, Brazil. The research method consisted of interviews with 20 HCA. The study was accomplished by the qualitative method, utilizing methodological figures, as Collective Subject Speech. Out of the HCA` answers, central ideas allowed the building of categories such as: suffering, pathology, care, unawareness. The HCAs perception of earache leads to notions which are not clear enough to be defined as a concept. Being the patients subjective report the main tool to measure pain, the subjectivities produced in the HCAs report owe to the role of the individual who works with the cultural diversities in which he/she is inserted. The understanding of his speech implies the possibility of building a focus to basic health attention, taking into account popular wisdom.


Assuntos
Humanos , Atitude do Pessoal de Saúde , Dor de Orelha/patologia , Dor de Orelha/terapia , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Serviços de Saúde Comunitária , Otopatias , Pesquisa sobre Serviços de Saúde , Inquéritos e Questionários
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA