Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 48
Filtrar
1.
Arq Bras Cardiol ; 111(3): 436-539, 2018 Sep.
Artigo em Português | MEDLINE | ID: mdl-30379264
2.
Int. j. cardiovasc. sci. (Impr.) ; 31(3)jul.-ago. 2018. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-908885

RESUMO

Fundamentos: O conhecimento do ângulo de fase e seu uso como determinante prognóstico em pacientes com insuficiência cardíaca ainda é escasso. Objetivo: Avaliar a relação entre indicadores antropométricos, função cardíaca e integridade celular em pacientes com insuficiência cardíaca com fração de ejeção reduzida. Métodos: Trata-se de um estudo transversal que avaliou pacientes com insuficiência cardíaca com fração de ejeção reduzida por meio da antropometria e da bioimpedância elétrica. Foram empregados os testes do Qui-quadrado e teste t de student para analisar as diferenças e a correlação linear de Pearson para avaliar associação, adotando p < 0,05 para indicar significância estatística.Resultados: Foram avaliados 41 indivíduos, com idade entre 30-74 anos, sendo 34 homens (82,9%). O ângulo de fase mostrou-se com maior média entre as mulheres (7,1°), porém houve diferença estatisticamente significativa entre os sexos apenas para as médias do percentual de gordura. O ângulo de fase correlacionou-se com o índice de massa corporal (r = 0,44; p = 0,004) e houve uma tendência na correlação do ângulo de fase com a razão cintura/estatura (r = 0,29; p = 0,06) e fração de ejeção do ventrículo esquerdo (r = 0,29; p = 0,07). Conclusões: O ângulo de fase apresentou boa correlação com o índice de massa corporal e mostrou uma tendência de correlação com a fração de ejeção do ventrículo esquerdo, sustentando o paradoxo da obesidade e a importância prognóstica deste marcador. Ressalta-se ainda, a necessidade de novos estudos sobre a aplicabilidade do ângulo de fase no prognóstico nesta população


Background: Knowledge about phase angle and its use as a prognostic determinant in patients with heart failure is still scarce. Objective: To evaluate the correlation between anthropometric indicators, cardiac function and cell integrity in patients with heart failure with reduced ejection fraction. Methods: This was a cross-sectional study that evaluated patients with heart failure with reduced ejection fraction by anthropometry and bioelectrical impedance analysis. Chi-square test and Student's t test were used to analyze differences, and Pearson's linear correlation was used to evaluate associations, using p < 0.05 to indicate statistical significance. Results: We evaluated 41 subjects aged 30-74 years, of which 34 were men (82.9%). Mean phase angle was higher among women (7.1%), but significant differences between men and women were found only for body fat percentage. Phase angle correlated with body mass index (r = 0.44, p = 0.004) and there was a trend of correlation of the phase angle with waist-to-height ratio (r = 0.29, p = 0.06) and the left ventricular ejection fraction (r = 0.29, p = 0.07). Conclusions: Phase angle showed a good correlation with body mass index and showed a trend of correlation with the left ventricular ejection fraction, supporting the obesity paradox and the prognostic importance of this marker. Further studies on the applicability of the phase angle in the prognosis of these patients are still needed


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Antropometria , Composição Corporal , Insuficiência Cardíaca/fisiopatologia , Índice de Massa Corporal , Doença da Artéria Coronariana/fisiopatologia , Estudos Transversais , Ecocardiografia/métodos , Ventrículos do Coração , Hipertensão/complicações , Obesidade , Fatores de Risco , Análise Estatística , Volume Sistólico , Circunferência da Cintura
3.
Int. j. cardiovasc. sci. (Impr.) ; 31(3): 226-234, jul.-ago. 2018. tab
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-954095

RESUMO

Abstract Background: Knowledge about phase angle and its use as a prognostic determinant in patients with heart failure is still scarce. Objective: To evaluate the correlation between anthropometric indicators, cardiac function and cell integrity in patients with heart failure with reduced ejection fraction. Methods: This was a cross-sectional study that evaluated patients with heart failure with reduced ejection fraction by anthropometry and bioelectrical impedance analysis. Chi-square test and Student's t test were used to analyze differences, and Pearson's linear correlation was used to evaluate associations, using p < 0.05 to indicate statistical significance. Results: We evaluated 41 subjects aged 30-74 years, of which 34 were men (82.9%). Mean phase angle was higher among women (7.1%), but significant differences between men and women were found only for body fat percentage. Phase angle correlated with body mass index (r = 0.44, p = 0.004) and there was a trend of correlation of the phase angle with waist-to-height ratio (r = 0.29, p = 0.06) and the left ventricular ejection fraction (r = 0.29, p = 0.07). Conclusions: Phase angle showed a good correlation with body mass index and showed a trend of correlation with the left ventricular ejection fraction, supporting the obesity paradox and the prognostic importance of this marker. Further studies on the applicability of the phase angle in the prognosis of these patients are still needed.


Resumo Fundamentos: O conhecimento do ângulo de fase e seu uso como determinante prognóstico em pacientes com insuficiência cardíaca ainda é escasso. Objetivo: Avaliar a relação entre indicadores antropométricos, função cardíaca e integridade celular em pacientes com insuficiência cardíaca com fração de ejeção reduzida. Métodos: Trata-se de um estudo transversal que avaliou pacientes com insuficiência cardíaca com fração de ejeção reduzida por meio da antropometria e da bioimpedância elétrica. Foram empregados os testes do Qui-quadrado e teste t de student para analisar as diferenças e a correlação linear de Pearson para avaliar associação, adotando p < 0,05 para indicar significância estatística. Resultados: Foram avaliados 41 indivíduos, com idade entre 30-74 anos, sendo 34 homens (82,9%). O ângulo de fase mostrou-se com maior média entre as mulheres (7,1°), porém houve diferença estatisticamente significativa entre os sexos apenas para as médias do percentual de gordura. O ângulo de fase correlacionou-se com o índice de massa corporal (r = 0,44; p = 0,004) e houve uma tendência na correlação do ângulo de fase com a razão cintura/estatura (r = 0,29; p = 0,06) e fração de ejeção do ventrículo esquerdo (r = 0,29; p = 0,07). Conclusões: O ângulo de fase apresentou boa correlação com o índice de massa corporal e mostrou uma tendência de correlação com a fração de ejeção do ventrículo esquerdo, sustentando o paradoxo da obesidade e a importância prognóstica deste marcador. Ressalta-se ainda, a necessidade de novos estudos sobre a aplicabilidade do ângulo de fase no prognóstico nesta população.

4.
Arq Bras Cardiol ; 110(3): 270-277, 2018 Mar.
Artigo em Português, Inglês | MEDLINE | ID: mdl-29694552

RESUMO

BACKGROUND: Physical examination and B-type natriuretic peptide (BNP) have been used to estimate hemodynamics and tailor therapy of acute decompensated heart failure (ADHF) patients. However, correlation between these parameters and left ventricular filling pressures is controversial. OBJECTIVE: This study was designed to evaluate the diagnostic accuracy of physical examination, chest radiography (CR) and BNP in estimating left atrial pressure (LAP) as assessed by tissue Doppler echocardiogram. METHODS: Patients admitted with ADHF were prospectively assessed. Diagnostic characteristics of physical signs of heart failure, CR and BNP in predicting elevation (> 15 mm Hg) of LAP, alone or combined, were calculated. Spearman test was used to analyze the correlation between non-normal distribution variables. The level of significance was 5%. RESULTS: Forty-three patients were included, with mean age of 69.9 ± 11.1years, left ventricular ejection fraction of 25 ± 8.0%, and BNP of 1057 ± 1024.21 pg/mL. Individually, all clinical, CR or BNP parameters had a poor performance in predicting LAP ≥ 15 mm Hg. A clinical score of congestion had the poorest performance [area under the receiver operating characteristic curve (AUC) 0.53], followed by clinical score + CR (AUC 0.60), clinical score + CR + BNP > 400 pg/mL (AUC 0.62), and clinical score + CR + BNP > 1000 pg/mL (AUC 0.66). CONCLUSION: Physical examination, CR and BNP had a poor performance in predicting a LAP ≥ 15 mm Hg. Using these parameters alone or in combination may lead to inaccurate estimation of hemodynamics.


Assuntos
Pressão Atrial/fisiologia , Insuficiência Cardíaca/diagnóstico , Insuficiência Cardíaca/fisiopatologia , Peptídeo Natriurético Encefálico/sangue , Disfunção Ventricular Esquerda/diagnóstico , Disfunção Ventricular Esquerda/fisiopatologia , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Ecocardiografia Doppler de Pulso/métodos , Feminino , Insuficiência Cardíaca/sangue , Insuficiência Cardíaca/diagnóstico por imagem , Humanos , Veias Jugulares/fisiopatologia , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Exame Físico , Estudos Prospectivos , Radiografia Torácica/métodos , Valores de Referência , Reprodutibilidade dos Testes , Sensibilidade e Especificidade , Volume Sistólico/fisiologia , Disfunção Ventricular Esquerda/sangue
5.
Arq. bras. cardiol ; 110(3): 270-277, Mar. 2018. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-888035

RESUMO

Abstract Background: Physical examination and B-type natriuretic peptide (BNP) have been used to estimate hemodynamics and tailor therapy of acute decompensated heart failure (ADHF) patients. However, correlation between these parameters and left ventricular filling pressures is controversial. Objective: This study was designed to evaluate the diagnostic accuracy of physical examination, chest radiography (CR) and BNP in estimating left atrial pressure (LAP) as assessed by tissue Doppler echocardiogram. Methods: Patients admitted with ADHF were prospectively assessed. Diagnostic characteristics of physical signs of heart failure, CR and BNP in predicting elevation (> 15 mm Hg) of LAP, alone or combined, were calculated. Spearman test was used to analyze the correlation between non-normal distribution variables. The level of significance was 5%. Results: Forty-three patients were included, with mean age of 69.9 ± 11.1years, left ventricular ejection fraction of 25 ± 8.0%, and BNP of 1057 ± 1024.21 pg/mL. Individually, all clinical, CR or BNP parameters had a poor performance in predicting LAP ≥ 15 mm Hg. A clinical score of congestion had the poorest performance [area under the receiver operating characteristic curve (AUC) 0.53], followed by clinical score + CR (AUC 0.60), clinical score + CR + BNP > 400 pg/mL (AUC 0.62), and clinical score + CR + BNP > 1000 pg/mL (AUC 0.66). Conclusion: Physical examination, CR and BNP had a poor performance in predicting a LAP ≥ 15 mm Hg. Using these parameters alone or in combination may lead to inaccurate estimation of hemodynamics.


Resumo Fundamento: Exame físico e peptídeo natriurético do tipo B (BNP) foram usados para estimar a hemodinâmica e adequar a terapia de pacientes com insuficiência cardíaca aguda descompensada (ICAD). Entretanto, correlação entre esses parâmetros e a pressão de enchimento do ventrículo esquerdo é controversa. Objetivo: Avaliar a acurácia diagnóstica do exame físico, da radiografia de tórax (RT) e do BNP para estimar a pressão atrial esquerda (PAE) avaliada pelo ecodopplercardiograma tecidual. Métodos: Pacientes admitidos com ICAD foram avaliados prospectivamente. As características diagnósticas dos sinais físicos de insuficiência cardíaca, RT e BNP para predizer elevação da PAE (> 15 mmHg), isolados ou combinados, foram calculadas. Teste de Spearman foi usado para analisar a correlação entre variáveis de distribuição não normal. O nível de significância foi 5%. Resultados: Este estudo incluiu 43 pacientes com idade média de 69,9 ± 11,1 anos, fração de ejeção ventricular esquerda de 25 ± 8.0%, e BNP de 1057 ± 1024,21 pg/mL. Individualmente, todos os parâmetros clínicos, RT e BNP apresentaram fraco desempenho para predizer PAE ≥ 15 mmHg. O escore clínico de congestão teve o pior desempenho [área sob a curva receiver operating characteristic (AUC) 0,53], seguindo-se escore clínico + RT (AUC 0,60), escore clínico + RT + BNP > 400 pg/mL (AUC 0,62) e escore clínico + RT + BNP > 1000 pg/mL (AUC 0,66). Conclusão: Exame físico, RT e BNP tiveram desempenho fraco para predizer PAE ≥15 mmHg. O uso desses parâmetros isoladamente ou em combinação pode levar a estimativa imprecisa do perfil hemodinâmico. (Arq Bras Cardiol. 2018; 110(3):270-277)

7.
Int. j. cardiovasc. sci. (Impr.) ; 29(6): 504-511, nov.-dez.2016.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-832441

RESUMO

A cardiomiopatia hipertrófica é uma doença genética do músculo cardíaco, autossômica dominante, caracterizada por hipertrofia ventricular na ausência de qualquer outra condição clínica que leve à sobrecarga do coração. Estima-se prevalência de 1:500, sendo importante causa de morte súbita, especialmente em jovens, com incidência anual em torno de 1%. Entre os marcadores de risco para a ocorrência de arritmias ventriculares malignas e morte súbita neste cenário, enfatizam-se, além de um evento fatal já ocorrido e abortado, história familiar de morte súbita; espessura de parede maior ou igual a 30mm; síncope inexplicada; presença de taquicardia ventricular não sustentada ao Holter; resposta pressórica anormal no teste ergométrico; e presença de realce tardio na ressonância magnética do coração. A presença ou ausência destes marcadores pode definir a necessidade ou não do implante de cardiodesfibrilador implantável como forma de prevenir a morte súbita nestes pacientes. Entretanto, ainda existe muita controvérsia sobre a forma pela qual estes pacientes devam ser estratificados. Sabe-se que estes marcadores não têm o mesmo peso em predizer quem tem mais chance de sofrer um evento fatal. Este fato torna-se particularmente importante quando se constata que o procedimento de implante de cardiodesfibrilador implantável não é isento de complicações, além do impacto econômico, em termos do custo para o sistema de saúde. A proposta deste artigo é a realização de uma revisão sobre os principais aspectos envolvidos na morte súbita destes pacientes, desde a fisiopatologia, a avaliação de risco, a prevenção e as perspectivas futuras.


Assuntos
Humanos , Cardiomiopatia Hipertrófica Familiar/mortalidade , Cardiomiopatia Hipertrófica Familiar/fisiopatologia , Morte Súbita Cardíaca/patologia , Ecocardiografia , Imagem por Ressonância Magnética
8.
Arq Bras Cardiol ; 107(5): 446-454, 2016 Nov.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-27812677

RESUMO

Background:: Association between angiotensin-converting-enzyme (ACE) gene polymorphisms and different clinical and echocardiographic outcomes has been described in patients with heart failure (HF) and coronary artery disease. Studying the genetic profile of the local population with both diseases is necessary to assess the occurrence of that association. Objectives:: To assess the frequency of ACE gene polymorphisms in patients with ischemic HF in a Rio de Janeiro population, as well as its association with echocardiographic findings. Methods:: Genetic assessment of I/D ACE polymorphism in association with clinical, laboratory and echocardiographic analysis of 99 patients. Results:: The allele frequency was: 53 I alleles, and 145 D alleles. Genotype frequencies were: 49.5% DD; 47.48% DI; 3.02% II. Drug treatment was optimized: 98% on beta-blockers, and 84.8% on ACE inhibitors or angiotensin-receptor blocker. Echocardiographic findings: difference between left ventricular diastolic diameters (ΔLVDD) during follow-up: 2.98±8.94 (DD) vs. 0.68±8.12 (DI) vs. -11.0±7.00 (II), p=0.018; worsening during follow-up of the LV systolic diameter (LVSD): 65.3% DD vs. 19.0% DI vs. 0.0% II, p=0.01; of the LV diastolic diameter (LVDD): 65.3% DD vs. 46.8% DI vs. 0.0% II, p=0.03; and of the LV ejection fraction (LVEF): 67.3% DD vs. 40.4% DI vs. 33.3% II, p=0.024. Correlated with D allele: ΔLVEF, ΔLVSD, ΔLVDD. Conclusions:: More DD genotype patients had worsening of the LVEF, LVSD and LVDD, followed by DI genotype patients, while II genotype patients had the best outcome. The same pattern was observed for ΔLVDD. Fundamentos:: Associação entre polimorfismos genéticos da enzima conversora da angiotensina (ECA) e diferentes evoluções clínicas e ecocardiográficas foi descrita em pacientes com insuficiência cardíaca (IC) e coronariopatia. O estudo do perfil genético da população local com as duas doenças torna-se necessário para verificar a ocorrência dessa associação. Objetivos:: Avaliar a frequência dos polimorfismos genéticos da ECA em pacientes com IC de etiologia isquêmica de uma população do Rio de Janeiro e sua associação com achados ecocardiográficos. Métodos:: Avaliação genética do polimorfismo I/D da ECA associada a análise de dados clínicos, laboratoriais e ecocardiográficos de 99 pacientes. Resultados:: Foram encontrados 53 alelos I, 145 alelos D, quanto aos genótipos da ECA: 49,5% DD, 47,48% DI, 3,02% II. O tratamento medicamentoso foi otimizado com 98% usando betabloqueadores e 84,8%, IECA ou bloqueador do receptor de angiotensina. Achados ecocardiográficos: diferença entre os diâmetros diastólicos do ventrículo esquerdo (ΔVED): 2,98±8,94 (DD) vs. 0,68±8,12 (DI) vs. -11,0±7,00 (II), p=0,018; piora evolutiva do diâmetro sistólico do VE (VES): 65,3 % DD vs. 19,0 % DI vs. 0,0 % II, p=0,01; do diâmetro diastólico do VE (VED): 65,3 % DD vs. 46,8 % DI vs. 0,0 % II, p=0,03; e da fração de ejeção do VE (FEVE): 67,3 % DD vs. 40,4 % DI vs. 33,3 % II, p=0,024. Correlação com alelo D: ΔFEVE, ΔVES, ΔVED. Conclusões:: Foram identificados mais pacientes com piora evolutiva da FEVE e dos diâmetros cavitários do VE no genótipo DD, seguido do DI, sendo o II o de melhor evolução. O mesmo padrão foi observado na ΔVED.


Assuntos
Inibidores da Enzima Conversora de Angiotensina/análise , Doença da Artéria Coronariana/genética , Ecocardiografia , Insuficiência Cardíaca/genética , Ventrículos do Coração/diagnóstico por imagem , Peptidil Dipeptidase A/genética , Polimorfismo Genético , Adulto , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Inibidores da Enzima Conversora de Angiotensina/efeitos adversos , Doença da Artéria Coronariana/diagnóstico por imagem , Feminino , Frequência do Gene , Genótipo , Insuficiência Cardíaca/diagnóstico por imagem , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Estudos Retrospectivos , Volume Sistólico/fisiologia , Disfunção Ventricular Esquerda/diagnóstico por imagem
9.
Arq. bras. cardiol ; 107(5): 446-454, Nov. 2016. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-827862

RESUMO

Abstract Background: Association between angiotensin-converting-enzyme (ACE) gene polymorphisms and different clinical and echocardiographic outcomes has been described in patients with heart failure (HF) and coronary artery disease. Studying the genetic profile of the local population with both diseases is necessary to assess the occurrence of that association. Objectives: To assess the frequency of ACE gene polymorphisms in patients with ischemic HF in a Rio de Janeiro population, as well as its association with echocardiographic findings. Methods: Genetic assessment of I/D ACE polymorphism in association with clinical, laboratory and echocardiographic analysis of 99 patients. Results: The allele frequency was: 53 I alleles, and 145 D alleles. Genotype frequencies were: 49.5% DD; 47.48% DI; 3.02% II. Drug treatment was optimized: 98% on beta-blockers, and 84.8% on ACE inhibitors or angiotensin-receptor blocker. Echocardiographic findings: difference between left ventricular diastolic diameters (ΔLVDD) during follow-up: 2.98±8.94 (DD) vs. 0.68±8.12 (DI) vs. -11.0±7.00 (II), p=0.018; worsening during follow-up of the LV systolic diameter (LVSD): 65.3% DD vs. 19.0% DI vs. 0.0% II, p=0.01; of the LV diastolic diameter (LVDD): 65.3% DD vs. 46.8% DI vs. 0.0% II, p=0.03; and of the LV ejection fraction (LVEF): 67.3% DD vs. 40.4% DI vs. 33.3% II, p=0.024. Correlated with D allele: ΔLVEF, ΔLVSD, ΔLVDD. Conclusions: More DD genotype patients had worsening of the LVEF, LVSD and LVDD, followed by DI genotype patients, while II genotype patients had the best outcome. The same pattern was observed for ΔLVDD.


Resumo Fundamentos: Associação entre polimorfismos genéticos da enzima conversora da angiotensina (ECA) e diferentes evoluções clínicas e ecocardiográficas foi descrita em pacientes com insuficiência cardíaca (IC) e coronariopatia. O estudo do perfil genético da população local com as duas doenças torna-se necessário para verificar a ocorrência dessa associação. Objetivos: Avaliar a frequência dos polimorfismos genéticos da ECA em pacientes com IC de etiologia isquêmica de uma população do Rio de Janeiro e sua associação com achados ecocardiográficos. Métodos: Avaliação genética do polimorfismo I/D da ECA associada a análise de dados clínicos, laboratoriais e ecocardiográficos de 99 pacientes. Resultados: Foram encontrados 53 alelos I, 145 alelos D, quanto aos genótipos da ECA: 49,5% DD, 47,48% DI, 3,02% II. O tratamento medicamentoso foi otimizado com 98% usando betabloqueadores e 84,8%, IECA ou bloqueador do receptor de angiotensina. Achados ecocardiográficos: diferença entre os diâmetros diastólicos do ventrículo esquerdo (ΔVED): 2,98±8,94 (DD) vs. 0,68±8,12 (DI) vs. -11,0±7,00 (II), p=0,018; piora evolutiva do diâmetro sistólico do VE (VES): 65,3 % DD vs. 19,0 % DI vs. 0,0 % II, p=0,01; do diâmetro diastólico do VE (VED): 65,3 % DD vs. 46,8 % DI vs. 0,0 % II, p=0,03; e da fração de ejeção do VE (FEVE): 67,3 % DD vs. 40,4 % DI vs. 33,3 % II, p=0,024. Correlação com alelo D: ΔFEVE, ΔVES, ΔVED. Conclusões: Foram identificados mais pacientes com piora evolutiva da FEVE e dos diâmetros cavitários do VE no genótipo DD, seguido do DI, sendo o II o de melhor evolução. O mesmo padrão foi observado na ΔVED.

10.
Rev. bras. cardiol. (Impr.) ; 27(2): 128-130, mar.-abr.2014. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-719585

RESUMO

A insuficiência cardíaca é uma condição altamente grave e importante do ponto de vista epidemiológico para a saúde pública. Resultado da progressão de várias doenças cardiovasculares ou sistêmicas, é responsável por grande número de internações anuais. Apesar da alta prevalência, uma parcela considerável dos casos permanece sem uma etiologia definida. Conseguir identificá-la implica uma melhor abordagem terapêutica e de prevenção.


Heart failure is an extremely serious condition that is important to public health from the epidemiological standpoint. Resulting from several cardiovascular or systemic diseases, it accounts for many hospitalizations each year. Despite its high prevalence, the etiology is not defined in a considerable proportion of cases. The ability to identify its etiology offers the possibility of better therapeutic and preventive approaches.


Assuntos
Humanos , Idoso , Doenças Cardiovasculares/complicações , Insuficiência Cardíaca/diagnóstico , Insuficiência Cardíaca/epidemiologia , Insuficiência Cardíaca/etiologia , Sistema Único de Saúde/economia , Ecocardiografia/métodos , Morbidade , Prevalência
12.
Arq Bras Cardiol ; 98(5): 375-83, 2012 May.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-22858653

RESUMO

In the past two years we observed several changes in the diagnostic and therapeutic approach of patients with acute heart failure (acute HF), which led us to the need of performing a summary update of the II Brazilian Guidelines on Acute Heart Failure 2009. In the diagnostic evaluation, the diagnostic flowchart was simplified and the role of clinical assessment and echocardiography was enhanced. In the clinical-hemodynamic evaluation on admission, the hemodynamic echocardiography gained prominence as an aid to define this condition in patients with acute HF in the emergency room. In the prognostic evaluation, the role of biomarkers was better established and the criteria and prognostic value of the cardiorenal syndrome was better defined. The therapeutic approach flowcharts were revised, and are now simpler and more objective. Among the advances in drug therapy, the safety and importance of the maintenance or introduction of beta-blockers in the admission treatment are highlighted. Anticoagulation, according to new evidence, gained a wider range of indications. The presentation hemodynamic models of acute pulmonary edema were well established, with their different therapeutic approaches, as well as new levels of indication and evidence. In the surgical treatment of acute HF, CABG, the approach to mechanical lesions and heart transplantation were reviewed and updated. This update strengthens the II Brazilian Guidelines on Acute Heart Failure to keep it updated and refreshed. All clinical cardiologists who deal with patients with acute HF will find, in the guidelines and its summary, important tools to help them with the clinical practice for better diagnosis and treatment of their patients.


Assuntos
Insuficiência Cardíaca/diagnóstico , Insuficiência Cardíaca/terapia , Doença Aguda , Brasil , Insuficiência Cardíaca/mortalidade , Humanos
13.
Arq. bras. cardiol ; 98(5): 375-383, maio 2012. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-643631

RESUMO

Nos últimos dois anos, observamos diversas modificações na abordagem diagnóstica e terapêutica dos pacientes com Insuficiência Cardíaca aguda (IC aguda), o que nos motivou quanto à necessidade da realização de um sumário de atualização da II Diretriz Brasileira de Insuficiência Cardíaca Aguda de 2009. Na avaliação diagnóstica, o fluxograma diagnóstico foi simplificado e foi fortalecido o papel da avaliação clínica e ecocardiograma. Na avaliação clínico-hemodinâmica admissional, o ecocardiograma hemodinâmico ganhou destaque no auxilio da definição dessa condição no paciente com IC aguda na sala de emergência. Na avaliação prognóstica, os biomarcadores tiveram seu papel mais bem estabelecido, e a síndrome cardiorrenal teve seus critérios e valor prognóstico mais bem definidos. Os fluxogramas de abordagem terapêutica foram revistos, tornando-se mais simples e objetivos. Dentre os avanços na terapêutica medicamentosa destacam-se a segurança e a importância da manutenção ou introdução dos betabloqueadores na terapêutica admissional. A anticoagulação, de acordo com as novas evidências, ganha um espectro maior de indicações. O edema agudo de pulmão tem bem estabelecido os seus modelos hemodinâmicos de apresentação com suas distintas formas de abordagens terapêuticas, com novos níveis de indicação e evidência. No tratamento cirúrgico da IC aguda, a revascularização miocárdica, a abordagem das lesões mecânicas e o transplante cardíaco foram revistos e atualizados. Este sumário de atualização fortalece a II Diretriz Brasileira de Insuficiência Cardíaca Aguda por mantê-la atualizada e rejuvenescida. Todos os clínicos cardiologistas que lidam com pacientes com IC aguda encontrarão na diretriz e em seu sumário de atualização importantes instrumentos no auxílio da prática clínica para o melhor diagnóstico e tratamento de seus pacientes.


In the past two years we observed several changes in the diagnostic and therapeutic approach of patients with acute heart failure (acute HF), which led us to the need of performing a summary update of the II Brazilian Guidelines on Acute Heart Failure 2009. In the diagnostic evaluation, the diagnostic flowchart was simplified and the role of clinical assessment and echocardiography was enhanced. In the clinical-hemodynamic evaluation on admission, the hemodynamic echocardiography gained prominence as an aid to define this condition in patients with acute HF in the emergency room. In the prognostic evaluation, the role of biomarkers was better established and the criteria and prognostic value of the cardiorenal syndrome was better defined. The therapeutic approach flowcharts were revised, and are now simpler and more objective. Among the advances in drug therapy, the safety and importance of the maintenance or introduction of beta-blockers in the admission treatment are highlighted. Anticoagulation, according to new evidence, gained a wider range of indications. The presentation hemodynamic models of acute pulmonary edema were well established, with their different therapeutic approaches, as well as new levels of indication and evidence. In the surgical treatment of acute HF, CABG, the approach to mechanical lesions and heart transplantation were reviewed and updated. This update strengthens the II Brazilian Guidelines on Acute Heart Failure to keep it updated and refreshed. All clinical cardiologists who deal with patients with acute HF will find, in the guidelines and its summary, important tools to help them with the clinical practice for better diagnosis and treatment of their patients.


Assuntos
Humanos , Insuficiência Cardíaca/diagnóstico , Insuficiência Cardíaca/terapia , Doença Aguda , Brasil , Insuficiência Cardíaca/mortalidade
14.
Rev. bras. cardiol. (Impr.) ; 23(1): 9-9, jan.-fev. 2010.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-558408
15.
Rev. bras. cardiol. (Impr.) ; 23(1): 17-24, jan.-fev. 2010. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-558413

RESUMO

A cardiomiopatia hipertrófica é uma doença genética autossômica dominante relativamente comum (prevalência =0,2 por cento), caracterizada por hipertrofia ventricular na ausência de outras doenças que possam levar a essa alteração. Pode ser manifestar desde a forma assintomática até as apresentações graves e refratárias ao tratamento clínico. Recentemente a literatura vem consolidando métodos mais acurados para o diagnóstico (ressonância magnética), demonstrando os resultados seguros de formas invasivas de tratamento (como a alcoolização septal) para casos graves, e discutindo novos fatores de risco para morte súbita. Nesta revisão serão abordados esses avanços, além de se revisarem os aspectos clássicos da doença, buscando trazer informações que sejam relevantes para a sua abordagem prática.


Assuntos
Humanos , Cardiomiopatia Hipertrófica/congênito , Morte Súbita , Eletrocardiografia Ambulatorial/métodos , Eletrocardiografia Ambulatorial , Eletrocardiografia/métodos , Eletrocardiografia , Espectroscopia de Ressonância Magnética/métodos , Fatores de Risco
16.
Online braz. j. nurs. (Online) ; 8(3)dez. 2009. ilus
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-23805

RESUMO

Introduction: Heart failure is a syndrome that affect 10 individuals in 1000 after 65 years old in the United States of America. It is considered the final way of all cardiologic diseases and is estimated to be the first cause of death in the world around 2025. Some studies point to poor quality of life in clients with this syndrome. Objective: This study sought to verify the contribution of nursing care based on sensitive listening contributes to improvement quality of life in heart failures clients. Method: It was a prospective quasi-experimental study that used the Minnesota questionnaire to evaluate the quality of life of heart failure clients. Results: We observed a significant improvement of quality of life after 4 months of nursing care follow-up (20.8±18.1 vs. 32.9± 20.1 p <0.001) corroborating this finding to other found in previous studies. Conclusion: We concluded that the implementation of a technology that focuses the subject during nursing care has been shown to be effective and improving health and quality of life of patients with heart failure.(AU)


Introdução: A insuficiência Cardíaca é uma síndrome que acomete 10 indivíduos, em cada 1000, após os 65 anos de idade nos Estados Unidos da América. Ela é considerada a via final de todas as doenças cardíacas e estima-se que será a primeira causa mortis no mundo em torno de 2025. Estudos apontam para má qualidade de vida dos clientes com esta síndrome. Objetivo: Neste estudo buscou-se verificar se a consulta de enfermagem baseada na escuta sensível contribui para melhora na qualidade de vida de clientes com insuficiência cardíaca. Metodologia: Optou-se por trabalhar com o método quantitativo, prospectivo, com delineamento anterior-posterior, utilizando o questionário de Minnesota (MLwHF) para mensurar a qualidade de vida. Resultados: Observou-se melhora significativa da qualidade de vida após o acompanhamento de enfermagem em um período de 4 meses (20.8±18.1 vs. 32.9± 20.1 p <0.001), corroborando estes achados com outros estudos já realizados Conclusão: A implementação de uma tecnologia que privilegia a integralidade do sujeito durante a consulta de enfermagem se mostra eficaz na busca pela melhoria do atendimento em enfermagem, automaticamente propiciando saúde e qualidade de vida para os clientes.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Enfermagem , Qualidade de Vida , Insuficiência Cardíaca , Doença Crônica
17.
Online braz. j. nurs. (Online) ; 8(3)dez. 2009. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-586415

RESUMO

Introduction: Heart failure is a syndrome that affect 10 individuals in 1000 after 65 years old in the United States of America. It is considered the final way of all cardiologic diseases and is estimated to be the first cause of death in the world around 2025. Some studies point to poor quality of life in clients with this syndrome. Objective: This study sought to verify the contribution of nursing care based on sensitive listening contributes to improvement quality of life in heart failures clients. Method: It was a prospective quasi-experimental study that used the Minnesota questionnaire to evaluate the quality of life of heart failure clients. Results: We observed a significant improvement of quality of life after 4 months of nursing care follow-up (20.8±18.1 vs. 32.9± 20.1 p <0.001) corroborating this finding to other found in previous studies. Conclusion: We concluded that the implementation of a technology that focuses the subject during nursing care has been shown to be effective and improving health and quality of life of patients with heart failure.


Introdução: A insuficiência Cardíaca é uma síndrome que acomete 10 indivíduos, em cada 1000, após os 65 anos de idade nos Estados Unidos da América. Ela é considerada a via final de todas as doenças cardíacas e estima-se que será a primeira causa mortis no mundo em torno de 2025. Estudos apontam para má qualidade de vida dos clientes com esta síndrome. Objetivo: Neste estudo buscou-se verificar se a consulta de enfermagem baseada na escuta sensível contribui para melhora na qualidade de vida de clientes com insuficiência cardíaca. Metodologia: Optou-se por trabalhar com o método quantitativo, prospectivo, com delineamento anterior-posterior, utilizando o questionário de Minnesota (MLwHF) para mensurar a qualidade de vida. Resultados: Observou-se melhora significativa da qualidade de vida após o acompanhamento de enfermagem em um período de 4 meses (20.8±18.1 vs. 32.9± 20.1 p <0.001), corroborando estes achados com outros estudos já realizados Conclusão: A implementação de uma tecnologia que privilegia a integralidade do sujeito durante a consulta de enfermagem se mostra eficaz na busca pela melhoria do atendimento em enfermagem, automaticamente propiciando saúde e qualidade de vida para os clientes.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Doença Crônica , Insuficiência Cardíaca , Enfermagem , Qualidade de Vida
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA