Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 3 de 3
Filtrar
Mais filtros










Base de dados
Intervalo de ano de publicação
1.
Neotrop. ichthyol ; 11(3): 607-614, jun. 2013. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-690105

RESUMO

Lophiosilurus alexandri is an endemic fish from the São Francisco River basin, Brazil. The aim of this study was to induce L. alexandri to spawn and to obtain data on several reproductive variables for this species. For induced spawning, adults were submitted to Cyprinus carpio pituitary homogenate (CPH). Nine of the 12 females (75%) responded positively to the treatment. The stripping of oocytes was performed 8.4 h after the second dose of CPH with the water temperature maintained at 26ºC. The number of stripped oocytes per gram of ova was 74 ± 5 oocytes g-1, and the mean oocyte diameter was 3.1 ± 0.2 and 3.6 ± 0.2 mm, before and after hydration, respectively. The oocytes were opaque, yellowish, demersal, highly adhesive, and covered by a gelatinous coat. The total fecundity was 4,534 ± 671 oocytes, and the fertilization rate was 59%. The initial and final fertilities were 2,631 ± 740 and 1,542 ± 416 embryos, respectively. Larval hatching occurred up to 56 h after fertilization, and the larvae had a total length of 8.4 ± 0.1 mm. This work provides important biological information for L. alexandri that can be used for management and conservation of this species.


Lophiosilurus alexandri é um peixe endêmico da bacia do rio São Francisco, Brasil. O objetivo do trabalho foi induzir L. alexandri à desova e obter dados sobre várias variáveis reprodutivas para esta espécie. Para desova induzida, adultos foram submetidos ao homogeneizado de hipófise de Cyprinus carpio (HHC). Nove das 12 fêmeas (75%) responderam positivamente ao tratamento. A extrusão dos ovócitos aconteceu 8,4 h após a segunda dose de HHC com a temperatura da água mantida a 26ºC. O número de ovócitos liberados por grama de ova foi de 74 ± 5 ovócitos g-1 e a média do diâmetro ovocitário foi de 3,1 ± 0,2 e 3,6 ± 0,2 mm, antes e depois da hidratação, respectivamente. Os ovócitos foram opacos, amarelo-castanho, demersais, altamente adesivos e revestidos por capa gelatinosa. A fecundidade total apresentou 4.534 ± 671 ovócitos e a taxa de fertilização foi de 59%. As fertilidades inicial e final foram de 2.631 ± 740 e 1.542 ± 416 embriões, respectivamente. A eclosão das larvas aconteceu até 56 h após a fertilização e as larvas tiveram comprimento total de 8,4 ± 0,1 mm. Este trabalho fornece informações biológicas importantes para L. alexandri, que podem ser utilizadas para o manejo e conservação desta espécie.


Assuntos
Animais , Fertilidade , Inseminação Artificial/veterinária , Oócitos/citologia , Reprodução/fisiologia , Peixes-Gato/classificação
2.
Neotrop. ichthyol ; 10(2): 439-444, 2012. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-640802

RESUMO

The influence of tank color on the visual perception of fish larvae and the success of their cultivation depends on the characteristics of each species combined with environmental factors. In this study, we determined the effect of light and dark tank colors on the larviculture of pacamã (Lophiosilurusalexandri), a species with a benthonic habit, and curimatá-pioa (Prochilodus costatus), which swims actively in the water column. Larvae of pacamã and curimatá-pioa were cultivated for 10 days in 5-L tanks, at a density of 15 larvae L-1 and luminosity of 141.7 ± 8.95 lux, and fed Artemia nauplii. Four tank colors were used: green, light blue, brown, and black (with four replications). Survival, biomass and Fulton's condition factor for pacamã larvae were similar in the different colored tanks. However, the larvae in the green tanks showed lower weight than those cultivated in black and brown tanks, as well as shorter total length than that of larvae in the brown-colored tanks. These results are probably due to the association between tank color and benthonic habitat of the pacamã. For the curimatá-pioa, survival and biomass were similar for the different colors. The weight and Fulton's condition factor were higher for the larvae cultivated in green and blue tanks. This result could be associated with the adaptation of curimatá-pioa larvae to active swimming in the water column, searching for prey.


A interferência da cor do tanque na percepção visual da larva de peixe e no sucesso do seu cultivo depende da caraterística de cada espécie combinada com fatores ambientais. Neste estudo foi investigado o efeito de tanques de cores claras e escuras na larvicultura do pacamã Lophiosilurusalexandri, espécie de hábito bentônico, e, curimatá-pioa Prochilodus costatus, que nada ativamente na coluna da água. Larvas de pacamã e de curimatá-pioa foram cultivadas por 10 dias, em tanques contendo 5 L de água, a uma densidade de 15 larvas L-1, luminosidade de 141.7 ± 8.95 lux, alimentados com náuplios de Artemia. Quatro cores de tanques foram usadas: verde e azul claras, marrom e preta (com quatro repetições). Para as larvas de pacamã, a sobrevivência, biomassa e o fator de condição de Fulton foram similares entre os tanques de diferentes cores. Entretanto, as larvas nos tanques verdes apresentara um peso menor do que as cultivadas nos tanques de cor preta e marrom, assim como um menor comprimento total, que as larvas cultivadas em tanque marrom. Estes resultados provavelmente têm origem da associação da cor do tanque com o hábito bentônico do pacamã. Para o curimatá-pioa, a sobrevivência e a biomassa foram similares entre as cores. O peso e o fator de condição de Fulton foram maiores para as larvas cultivadas nos tanques de cor verde e azul, seguidas pelo marrom e preto. Este resultado pode estar associado a adaptação das larvas de curimatá-pioa a natação ativa na coluna da água à procura de presa.


Assuntos
Animais , Caraciformes/crescimento & desenvolvimento , Estimulação Luminosa/efeitos adversos , Larva/crescimento & desenvolvimento , Peixes-Gato/crescimento & desenvolvimento , Alteração Ambiental , Especificidade da Espécie
3.
Braz. arch. biol. technol ; 41(3)1998. graf, tab
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-592556

RESUMO

Rhinelepis aspera is the largest Loricariidae species found in the São Francisco river basin where it is now rarely caught. Brooders kept in tanks were hypophysed with crude carp pituitary extract (CCPE). Approximately 82 percent of the females responded positive to the treatment. The egg was opaque, demersal, round, yellow and adhesive. Egg stripping was done at 212 hour-degrees (= 8.2 h) after application of the second dose of CCPE (water temperature = 25-26 ºC). Hatching of the larvae occurred at 1022 hour-degrees (= 42.2 h), after fertilization of the eggs (water temperature =24-25 ºC). Fertilization rate of the eggs was 72 percent. Absolute fecundity (AF), initial fertility (IF) and final fertility (FF) in relation to the females' body weight are expressed, respectively, by the equations: AF = - 33993 + 122308 Wt (r² = 0.88), IF = - 14823 + 58619 Wt (r² = 0.71) and FF = - 6553 + 29741 (r² = 0.61).


Rhinelepis aspera é a espécie que atinge maior porte dentre os Locariidae da bacia do rio São Francisco onde é hoje raramente capturada. Reprodutores mantidos em viveiros foram hipofisados com extrato bruto de hipófise de carpa (EBHC). Aproximadamente 82 por cento das fêmeas responderam positivamente ao tratamento. Seus ovos eram opacos, demersais, arredondados, amarelados e adesivos. A extrusão dos ovos foi feita a 212 horas-graus (= 8,2 h) após a aplicação da segunda dose de EBHC (temperatura da água = 25-26 ºC). A eclosão das larvas ocorreu a 1022 horas-graus (= 42,2 h) após a fertilização dos ovos (temperatura da água = 24-25 ºC). A taxa de fertilização dos ovos foi de 72 por cento. Fecundidade absoluta (AF), fertilidade inicial (IF) e fertilidade final (FF) em relação ao peso corporal das fêmeas foram expressa, respectivamente, pelas equações: AF = - 33993 + 122308 Wt (r² = 0,88), IF = - 14823 + 58619 Wt (r² = 0,71) e FF = - 6553 + 29741 (r² = 0.61).

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...