Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 31
Filtrar
1.
Cien Saude Colet ; 26(8): 3077-3086, 2021 Aug.
Artigo em Português, Inglês | MEDLINE | ID: mdl-34378699

RESUMO

This paper discusses the low power of traditional care offers for so-called complex users in the health sector. It aims to show, from the narratives of two guiding-users, that professionals, services, and policies disregard the multiple singularities involved in the care and attempt to overlap their knowledge in asymmetrical relationships. They are often put at stake in their ability to generate interesting and more life-producing offers. In this sense, this work built on two qualitative, cartographic studies that aimed to reflect, based on two guiding-users, promoting considerations on how contact with the field/territory and the meeting with these two women (guiding-users) deterritorialized concepts and affected researchers and research. The results indicate that cartography allows the production of the common, understood as a way of operating health work. Here, one seeks to consider each subject's unique individual power as a fundamental issue for the production of care. The disease leaves the scenario as a guide, vulnerability as fragility or impotence, to make way for the "defense of a life worth living" as a guide. Possible lives that users generate, whether or not they are in the streets and a vulnerable condition.


Assuntos
Pessoas em Situação de Rua , Feminino , Humanos , Masculino , Narração , Pesquisa Qualitativa
2.
Ciênc. Saúde Colet ; 26(8): 3077-3086, ago. 2021.
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1285945

RESUMO

Resumo O presente artigo problematiza a baixa potência das ofertas tradicionais para o cuidado de usuários ditos complexos no campo da saúde. A partir das narrativas de duas usuárias-guia buscou-se mostrar que profissionais, serviços e políticas que desconsideram singularidades envolvidas no cuidado, apoiados em relações assimétricas são, frequentemente, questionados na sua capacidade de produzir ofertas significativas. Duas pesquisas qualitativas de ethos cartográfico buscaram refletir com base em duas usuárias-guia em seus territórios e que no encontro com pesquisadores e profissionais de saúde, estes experimentaram o impacto da desterritorialização de si e de seus conceitos. O processo cartográfico permitiu a produção de um "comum", ou um modo de operar o trabalho em saúde. Sai de cena a doença como guia, a vulnerabilidade como impotência, para dar lugar à "defesa de uma vida que vale a pena ser vivida" como guia. Vidas possíveis que os usuários engendram, estejam ou não em situação de rua ou qualquer vulnerabilidade.


Abstract This paper discusses the low power of traditional care offers for so-called complex users in the health sector. It aims to show, from the narratives of two guiding-users, that professionals, services, and policies disregard the multiple singularities involved in the care and attempt to overlap their knowledge in asymmetrical relationships. They are often put at stake in their ability to generate interesting and more life-producing offers. In this sense, this work built on two qualitative, cartographic studies that aimed to reflect, based on two guiding-users, promoting considerations on how contact with the field/territory and the meeting with these two women (guiding-users) deterritorialized concepts and affected researchers and research. The results indicate that cartography allows the production of the common, understood as a way of operating health work. Here, one seeks to consider each subject's unique individual power as a fundamental issue for the production of care. The disease leaves the scenario as a guide, vulnerability as fragility or impotence, to make way for the "defense of a life worth living" as a guide. Possible lives that users generate, whether or not they are in the streets and a vulnerable condition.

3.
REME rev. min. enferm ; 23: e-1249, jan.2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1048086

RESUMO

Sob o olhar da saúde pública, a desproporcional carga de doença física e psiquiátrica no sistema carcerário apresenta um desafio e uma oportunidade para ações interdisciplinares em todo o mundo. OBJETIVO: verificar a prevalência e os fatores associados à violência na vida pregressa das reeducandas da Penitenciária Feminina de Campinas-SP. MÉTODO: trata-se de estudo transversal realizado com 1.013 reeducandas. Realizou-se análise de regressão logística múltipla. RESULTADOS: sofreram violência psicológica 40,3% e violência física/sexual 31,2% das mulheres. Cor da pele não branca (OR=1,40; IC95%:1,09 - 1,81), uso de tranquilizante (OR=1,40; IC95%:1,04-1,93), violência física referida antes dos 15 anos de idade (OR=1,40; IC95%:1,05-1,87) e transtorno mental comum (OR=1,95; IC95%:1,47-2,60), associaram-se positivamente à violência psicológica. A prevalência de violência física foi maior nas mulheres solteiras/divorciadas/separadas, naquelas que presenciaram agressão física na infância e com rastreamento positivo para TMC. CONCLUSÃO: entre as demandas específicas do gênero, merece especial atenção a violência contra a mulher, já que é um agravo recorrente, que causa danos irreparáveis à saúde física e psicológica das vítimas, configurando-se em um problema de saúde pública. Ações de promoção da saúde e cultura de paz devem ser trabalhadas desde a infância.(AU)


From a public health perspective, the disproportionate burden of physical and psychiatric illness in the prison system presents a challenge and an opportunity for interdisciplinary action around the world. Objective: to verify the prevalence and factors associated with violence in the previous life of female prisoners of the Campinas Penitentiary for Women ­ SP. Method: this is a cross-sectional study conducted with 1,013 inmates. Multiple logistic regression analysis was performed. Results: 40.3% of the women suffered psychological violence and 31.2% suffered physical/sexual violence. Non-white skin color (OR=1.40; 95% CI: 1.09 ­ 1.81), tranquilizer use (OR=1.40; 95% CI: 1.04-1.93), physical violence reported before 15-year-olds (OR=1.40; 95% CI: 1.05-1.87) and common mental disorder (OR=1.95; 95% CI: 1.47-2.60) were positively associated to psychological violence. The prevalence of physical violence was higher in single/ divorced/separated women, in those who witnessed physical aggression in childhood and with positive CMD screening. Conclusion: among the gender-specific demands, violence against women deserves special attention, since it is a recurring offense that causes irreparable damage to the physical and psychological health of the victims, thus constituting a public health problem. Actions to promote health and peace culture must be worked on from childhood.(AU)


Desde una perspectiva de salud pública, la carga desproporcionada de enfermedades físicas y psiquiátricas en el sistema penitenciario presenta un reto y una oportunidad para la acción interdisciplinaria en todo el mundo. Objetivo: verificar la prevalencia y los factores asociados con la violencia en el pasado de las presas en CampinasSP. Método: estudio transversal con 1.013 reeducandas. Se realizó un análisis de regresión logística múltiple. Resultados: el 40,3% de las mujeres sufrió violencia psicológica y el 31,2% violencia física / sexual. La tez no blanca (OR = 1,40; IC 95%: 1,09 ­ 1,81), el uso de tranquilizantes (OR = 1,40; IC 95%: 1,04-1,93), la violencia física reportada antes de los 15 años (OR = 1,40; IC 95%: 1,05-1,87) y el trastorno mental común (OR = 1,95; IC 95%: 1,47-2,60) está asociados a la violencia psicológica. La prevalencia de violencia física fue mayor en las mujeres solteras / divorciadas / separadas, en aquéllas que presenciaron agresiones físicas en la infancia y con rastreo positivo de trastornos mentales comunes ( TMC). Conclusión: entre las demandas específicas de género, se debe prestar especial atención a la violencia contra las mujeres, ya que es un delito recurrente que causa daños irreparables a la salud física y psicológica de las víctimas, lo que resulta en un problema de salud pública. Deben trabajarse desde la infancia acciones para promover la salud y la cultura de paz. (AU)


Assuntos
Feminino , Prisões , Prisioneiros , Fatores de Risco , Violência Doméstica , Mulheres Maltratadas , Violência contra a Mulher , Fatores Socioeconômicos , Saúde da Mulher
4.
Cien Saude Colet ; 23(11): 3587-3596, 2018 Nov.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-30427432

RESUMO

Mental disorders are present in four of the ten main causes of incapacity across the world. This article aims to analyze the prevalence of Common Mental Disorders (CMD) in incarcerated women and associated factors. A cross-sectional study was conducted with a population of 1,013 women incarcerated in a female prison. The prevalence of CMD was assessed by the SRQ-20. The hierarchical logistic regression was the method of analysis used to search for independent associations between sociodemographic, lifestyle, morbidity and violence variables with CMD and strength of association. The prevalence of CMD was 66.7%. The following variables were independently and positively associated with CMD: lack of income, hypertension, tranquilizers, physical inactivity, smoking, scabies/pediculosis, psychological violence in the year before being arrested, and having witnessed psychological violence in the family in childhood/adolescence. Interdisciplinary activities among health, justice and education institutions can contribute to a qualified assessment of women before admission into the prison system. This can enable an approach that does not exacerbate or trigger the onset of CMD, contributing to the improvement in living conditions and for better health and recovery strategies.


Assuntos
Transtornos Mentais/epidemiologia , Prisioneiros/psicologia , Violência/psicologia , Adulto , Estudos Transversais , Feminino , Humanos , Modelos Logísticos , Prevalência , Fatores de Risco , Adulto Jovem
5.
Ciênc. Saúde Colet ; 23(11): 3587-3596, Oct. 2018. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-974707

RESUMO

Abstract Mental disorders are present in four of the ten main causes of incapacity across the world. This article aims to analyze the prevalence of Common Mental Disorders (CMD) in incarcerated women and associated factors. A cross-sectional study was conducted with a population of 1,013 women incarcerated in a female prison. The prevalence of CMD was assessed by the SRQ-20. The hierarchical logistic regression was the method of analysis used to search for independent associations between sociodemographic, lifestyle, morbidity and violence variables with CMD and strength of association. The prevalence of CMD was 66.7%. The following variables were independently and positively associated with CMD: lack of income, hypertension, tranquilizers, physical inactivity, smoking, scabies/pediculosis, psychological violence in the year before being arrested, and having witnessed psychological violence in the family in childhood/adolescence. Interdisciplinary activities among health, justice and education institutions can contribute to a qualified assessment of women before admission into the prison system. This can enable an approach that does not exacerbate or trigger the onset of CMD, contributing to the improvement in living conditions and for better health and recovery strategies.


Resumo Método Transtornos mentais estão presentes em quatro das dez principais causas de incapacidade em todo o mundo. O objetivo deste artigo é analisar a prevalência e os fatores associados ao transtorno mental comum entre mulheres encarceradas. estudo transversal realizado com uma população de 1.013 mulheres encarceradas em uma prisão feminina. A prevalência de TMC foi avaliada através do SQR-20. O modelo de regressão logística hierárquica foi o método de análise utilizado para verificar associações independentes entre as variáveis sociodemográfica, estilo de vida, morbidade e violência com TMC e sua força de associação. A prevalência de TMC foi de 66,7%. Foram de forma independente e positivamente associadas com TMC as variáveis: falta de renda, hipertensão, uso de tranquilizantes, sedentarismo, tabagismo, sarna/pediculose, violência psicológica no ano antes de ser presa e ter testemunhado violência psicológica na família quando criança/adolescente. Atividades interdisciplinares entre as instituições de saúde, justiça e educação podem contribuir para uma avaliação qualificada das mulheres antes da admissão no sistema prisional, assim como contribuir para a melhoria das condições de vida e de melhores estratégias de saúde e recuperação.


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Adulto Jovem , Prisioneiros/psicologia , Violência/psicologia , Transtornos Mentais/epidemiologia , Modelos Logísticos , Prevalência , Estudos Transversais , Fatores de Risco
6.
Cien Saude Colet ; 22(6): 2013-2024, 2017 Jun.
Artigo em Português, Inglês | MEDLINE | ID: mdl-28614520

RESUMO

This paper discusses part of the results obtained from a study carried out in two cities of the so-called ABCD Paulista Region in the period 2010-2012, in an attempt to spot the existence of non-state regulatory rationale towards access and consumption of health care services. The first stage includes interviews carried out with strategic stakeholders (managers and politicians) and key workers players. The second stage collected the stories of 18 very frequent users of health care services. This study revealed the leading role played by users to produce "health care maps", with emphasis on the frequent use of public and private resources in their itineraries, circumventing or merging with government regulation to obtain the care they need. The different formats of public-private mix transcend the still prevailing "official" concepts about the clear distinction between the two systems, which reveals the importance of this theme to public health management.


Assuntos
Atenção à Saúde/organização & administração , Política de Saúde , Setor Privado , Setor Público , Brasil , Cidades , Serviços de Saúde/estatística & dados numéricos , Acesso aos Serviços de Saúde , Humanos , Entrevistas como Assunto , Programas Nacionais de Saúde/organização & administração , Saúde Pública
7.
Ciênc. saúde coletiva ; 22(6): 2013-2024, jun. 2017. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-839999

RESUMO

Resumo O artigo problematiza parte dos resultados de estudo realizado em dois municípios do ABCD paulista no período de 2010 a 2012 com o objetivo de evidenciar a existência de lógicas regulatórias não estatais na viabilização do acesso e consumo de serviços de saúde. Na primeira etapa, foram realizadas entrevistas com atores estratégicos (gestores e políticos) e atores-trabalhadores-chave. Na segunda, foram coletadas histórias de vida de 18 pessoas com elevada frequência de utilização de serviços de saúde. O estudo revelou o papel protagonista dos usuários na construção de “mapas do cuidado”, com destaque para a utilização frequente de recursos públicos e privados nos seus percursos, contornando ou se mesclando com a regulação governamental, para a obtenção do cuidado de que necessitam. Os diferentes formatos do mix público-privado observados transcendem as concepções “oficiais” ainda vigentes sobre a distinção nítida entre os dois sistemas, revelando a importância desse tema para a gestão pública da saúde.


Abstract This paper discusses part of the results obtained from a study carried out in two cities of the so-called ABCD Paulista Region in the period 2010-2012, in an attempt to spot the existence of non-state regulatory rationale towards access and consumption of health care services. The first stage includes interviews carried out with strategic stakeholders (managers and politicians) and key workers players. The second stage collected the stories of 18 very frequent users of health care services. This study revealed the leading role played by users to produce “health care maps”, with emphasis on the frequent use of public and private resources in their itineraries, circumventing or merging with government regulation to obtain the care they need. The different formats of public-private mix transcend the still prevailing “official” concepts about the clear distinction between the two systems, which reveals the importance of this theme to public health management.


Assuntos
Humanos , Atenção à Saúde/organização & administração , Política de Saúde , Setor Privado , Setor Público , Brasil , Cidades , Acesso aos Serviços de Saúde , Serviços de Saúde/estatística & dados numéricos , Entrevistas como Assunto , Programas Nacionais de Saúde/organização & administração , Saúde Pública
8.
Rev Bras Epidemiol ; 19(3): 675-678, 2016.
Artigo em Português, Inglês | MEDLINE | ID: mdl-27849280

RESUMO

In Brazil, in 2012, 6.4% of the prison population was made up of women. The aim of the study was to verify the coverage of the Pap smear according to sociodemographic characteristics and health problems reported among incarcerated women. Cross-sectional study conducted from August 2012 to July 2013, considering the records of 702 inmates aged between 25 and 64 years and the duration of imprisonment (not less than 12 months). The average age of the women surveyed was 34.7 years. The performance of cervical cytology was reported by 26.3% of inmates. There were no difference in prevalence according to selected variables. The containment condition enables the implementation of preventive measures such as offering and realization of Pap smear for most inmates. The observed results are worrying and differ significantly from those presented in the national diagnosis on the health of incarcerated women.


Assuntos
Teste de Papanicolaou/estatística & dados numéricos , Prisioneiros , Adulto , Brasil , Estudos Transversais , Feminino , Humanos , Pessoa de Meia-Idade
9.
Epidemiol Serv Saude ; 25(2): 301-310, 2016.
Artigo em Português | MEDLINE | ID: mdl-27869948

RESUMO

OBJECTIVE: to analyze risk factors for cardiovascular disease in prison institution staff. METHODS: this was a cross-sectional study with a sample of 127 staff of both sexes; prevalence ratios (PR) were estimated adjusted for age and education, as were the respective 95% confidence intervals (95%CI). RESULTS: higher proportions of waist circumference ratios were found above the recommended values (58.1%) and the accumulation of two risk factors for females (33.8%); among males there was higher prevalence of abnormal glucose levels (PR=10.73 - 95%CI 1.31;87.92) and blood pressure (PR=2.63 - 95%CI 1.31;6.50). CONCLUSION: the risk factors for cardiovascular disease found among staff in this study were waist circumference, glucose levels and blood pressure above the recommended values; these health risks can to be addressed through health promotion and disease prevention measures, as well as effective attention to those who are already sick.


Assuntos
Doenças Cardiovasculares/etiologia , Doenças Profissionais/etiologia , Prisões , Adulto , Fatores Etários , Idoso , Intervalos de Confiança , Estudos Transversais , Feminino , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Fatores de Risco , Fatores Sexuais , Fatores Socioeconômicos , Circunferência da Cintura , Adulto Jovem
10.
Rev. bras. epidemiol ; 19(3): 675-678, Jul.-Set. 2016.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1042203

RESUMO

RESUMO: No Brasil, em 2012, 6,4% da população carcerária era constituida por mulheres. O objetivo do estudo foi verificar a cobertura do exame de Papanicolaou segundo características sociodemográficas e problemas de saúde referidos entre mulheres encarceradas. Estudo transversal realizado entre agosto de 2012 e julho de 2013. Consideraram-se os registros de 702 reeducandas com idade entre 25 e 64 anos de idade e tempo de reclusão igual ou superior a 12 meses. A média de idade das mulheres entrevistadas foi de 34,7 anos. A realização de citologia oncótica cervical foi referida por 26,3% das reeducandas. Não foram encontradas diferenças nas prevalências segundo variáveis selecionadas. A condição de confinamento possibilita a implementação de ações preventivas, como o oferecimento e a realização do exame de Papanicolaou para a maioria das reeducandas. Os resultados observados são preocupantes e divergem de forma importante daqueles apresentados em diagnóstico nacional sobre a saúde das mulheres encarceradas.


ABSTRACT: In Brazil, in 2012, 6.4% of the prison population was made up of women. The aim of the study was to verify the coverage of the Pap smear according to sociodemographic characteristics and health problems reported among incarcerated women. Cross-sectional study conducted from August 2012 to July 2013, considering the records of 702 inmates aged between 25 and 64 years and the duration of imprisonment (not less than 12 months). The average age of the women surveyed was 34.7 years. The performance of cervical cytology was reported by 26.3% of inmates. There were no difference in prevalence according to selected variables. The containment condition enables the implementation of preventive measures such as offering and realization of Pap smear for most inmates. The observed results are worrying and differ significantly from those presented in the national diagnosis on the health of incarcerated women.


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Prisioneiros , Teste de Papanicolaou/estatística & dados numéricos , Brasil , Estudos Transversais , Pessoa de Meia-Idade
11.
Saúde debate ; 40(109): 112-124, tab, graf
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-788053

RESUMO

RESUMO Objetivo: Avaliar o perfil sociodemográfico e as condições de saúde de mulheres encarceradas. Método: Estudo transversal com 1.013 mulheres, realizado em penitenciária feminina. Resultados: Idade média de 30,8 anos; baixa escolaridade; cobertura de exame de Papanicolaou e vacinação; altas prevalências de obesidade; Transtorno Mental Comum; e uso abusivo de tabaco. Considerações: Ações de promoção da saúde; prevenção de doenças e atenção aos agravos devem ser desenvolvidas junto a essa população, assim como ações de recuperação social, como estudo e trabalho. Desenvolvimento de pesquisas em instituições fechadas possibilita ampliar o conhecimento e estabelecer parcerias entre a sociedade e o setor prisional.


ABSTRACT Aim: To evaluate the socio-demographic profile and health conditions of incarcerated women. Method: Cross-sectional study with 1,013 women conducted in female penitentiary. Results: The average age of 30.8 years; low level of education; Papanicolaou test coverage and vaccination; high prevalence of obesity; Common Mental Disorder; and abusive use of tobacco. Considerations: Health promoting actions, disease prevention and attention to grievances must be developed with this population, as well as actions towards social recovery, such as study and work. Research development in closed institutions allows for expanding knowledge and establishing partnerships between the society and the prison sector.

12.
Epidemiol. serv. saúde ; 25(2): 301-310, abr.-jun. 2016. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-785213

RESUMO

OBJETIVO: analisar fatores de risco para doença cardiovascular em servidores de instituição prisional. MÉTODOS: estudo transversal com amostra de 127 servidores de ambos os sexos; foram estimadas as razões de prevalência (RP) ajustadas por idade e escolaridade, e respectivos intervalos de confiança de 95% (IC95%). RESULTADOS: observaram-se maiores proporções de circunferência da cintura acima dos valores recomendados (58,1%) e de acúmulo de dois fatores de risco, no sexo feminino (33,8%); entre os homens, observaram-se maiores prevalências de níveis alterados de glicose (RP=10,73 - IC95% 1,31;87,92) e de pressão arterial (RP=2,63 - IC95% 1,31;6,50). CONCLUSÃO: os fatores de risco para doenças cardiovasculares encontrados nos servidores avaliados foram circunferência de cintura e níveis da glicose e pressão arterial acima dos valores recomendados; esses fatores de risco para a saúde podem ser enfrentados com medidas de promoção e prevenção de agravos, somadas à efetiva atenção com aqueles que já se encontram doentes.


OBJECTIVE: to analyze risk factors for cardiovascular disease in prison institution staff. METHODS: this was a cross-sectional study with a sample of 127 staff of both sexes; prevalence ratios (PR) were estimated adjusted for age and education, as were the respective 95% confidence intervals (95%CI). RESULTS: higher proportions of waist circumference ratios were found above the recommended values (58.1%) and the accumulation of two risk factors for females (33.8%); among males there was higher prevalence of abnormal glucose levels (PR=10.73 - 95%CI 1.31;87.92) and blood pressure (PR=2.63 - 95%CI 1.31;6.50). CONCLUSION: the risk factors for cardiovascular disease found among staff in this study were waist circumference, glucose levels and blood pressure above the recommended values; these health risks can to be addressed through health promotion and disease prevention measures, as well as effective attention to those who are already sick.


OBJETIVO: analizar factores de riesgo para enfermedad cardiovascular en servidores de una institución penitenciaria. MÉTODOS: estudio transversal de 127 servidores de ambos sexos; fueron estimadas razones de prevalencia (RP) ajustados para edad y educación e, intervalos de confianza al 95% (IC95%). RESULTADOS: observamos mayores proporciones de circunferencia de cintura encima de los valores recomendados (58,1%) y acumulación de factores de riesgo en mujeres (33,8%); entre los hombres, hubo mayor prevalencia de niveles anormales de glucosa (RP=10,73 - IC95% 1,31;87,92) y presión arterial (RP=2.63 IC95% 1,31;6,50). CONCLUSIÓN: los factores de riesgo para enfermedades cardiovasculares en los servidores evaluados fueron circunferencia de cintura, niveles de glucosa y presión arterial encima de los valores recomendados; los servidores tienen riesgos de salud que deben ser abordados a través de acciones de promoción y prevención, sumados a una atención efectiva en personas ya enfermas.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Adulto Jovem , Doenças Cardiovasculares , Saúde do Trabalhador , Prisões , Índice de Massa Corporal , Prevalência , Estudos Transversais/métodos , Fatores de Risco , Circunferência da Cintura
13.
Cad Saude Publica ; 30(7): 1502-14, 2014 Jul.
Artigo em Português | MEDLINE | ID: mdl-25166946

RESUMO

This study aimed to characterize which regulatory logics (other than government regulation) result in healthcare output, using a two-stage qualitative study in two municipalities in the ABCD Paulista region in São Paulo State, Brazil. The first stage included interviews with strategic actors (managers and policymakers) and key health professionals. The second phase collected life histories from 18 individuals with high health-services utilization rates. An analysis of the researchers' involvement in the field allowed a better understanding of the narratives. Four regulatory systems were characterized (governmental, professional, clientelistic, and lay), indicating that regulation is a field in constant dispute, a social production. Users' action produces healthcare maps that reveal the existence of other possible health system arrangements, calling on us to test shared management of healthcare between health teams and users as a promising path to the urgent need to reinvent health.


Assuntos
Atenção Primária à Saúde/estatística & dados numéricos , Adulto , Idoso , Brasil , Feminino , Mau Uso de Serviços de Saúde/estatística & dados numéricos , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Pesquisa Qualitativa
14.
Cad. saúde pública ; 30(7): 1502-1514, 07/2014. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-720548

RESUMO

O estudo teve como objetivo caracterizar que outras lógicas de regulação, para além da governamental, resultam na produção do cuidado, por meio de pesquisa qualitativa realizada em dois municípios do ABCD Paulista, São Paulo, Brasil, em duas etapas. Na primeira, foram realizadas entrevistas com atores estratégicos (gestores e políticos) e atores-trabalhadores-chave. Na segunda, foram coletadas histórias de vida de 18 pessoas com elevada frequência de utilização de serviços de saúde. A análise de implicação dos pesquisadores com o campo permitiu uma melhor compreensão das narrativas. Foram caracterizados quatro regimes de regulação (governamental, profissional, clientelístico e leigo), indicando que a regulação é campo em permanente disputa, é uma produção social. Com o seu agir, os usuários produzem mapas de cuidado que nos indicam como há outros arranjos possíveis de sistemas de saúde, representando um convite para experimentarmos a cogestão do cuidado entre equipes e usuários, como caminho promissor para a inadiável necessidade de reinvenção da saúde.


This study aimed to characterize which regulatory logics (other than government regulation) result in healthcare output, using a two-stage qualitative study in two municipalities in the ABCD Paulista region in São Paulo State, Brazil. The first stage included interviews with strategic actors (managers and policymakers) and key health professionals. The second phase collected life histories from 18 individuals with high health-services utilization rates. An analysis of the researchers’ involvement in the field allowed a better understanding of the narratives. Four regulatory systems were characterized (governmental, professional, clientelistic, and lay), indicating that regulation is a field in constant dispute, a social production. Users’ action produces healthcare maps that reveal the existence of other possible health system arrangements, calling on us to test shared management of healthcare between health teams and users as a promising path to the urgent need to reinvent health.


El estudio tuvo como objetivo caracterizar otras lógicas de regulación en la producción de salud, además de la gubernamental. Se trata de una investigación cualitativa en dos etapas, realizada en dos distritos del ABCD Paulista, São Paulo, Brasil. En la primera se llevaron a cabo entrevistas con actores estratégicos (políticos) y con los actores-trabajadores-clave. En la segunda se recogieron historias de vida de 18 personas con un alto nivel de uso de servicios. El análisis de la implicación en el estudio campo permitió a los investigadores una mejor comprensión de los relatos. Se encontraran cuatro sistemas regulatorios (gubernamental, profesional, clientelista y laico), lo que indica que la regulación es un terreno en disputa permanente, una producción social. Los usuarios producen mapas de cuidado que apuntan a otras posibles soluciones para los sistemas de salud, una invitación a experimentar la cogestión entre los equipos y usuarios, como una forma prometedora de la urgente necesidad de reinvención de la salud.


Assuntos
Adulto , Idoso , Feminino , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Atenção Primária à Saúde , Brasil , Mau Uso de Serviços de Saúde/estatística & dados numéricos , Pesquisa Qualitativa
15.
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-671027

RESUMO

Introdução: No Brasil, as neoplasias malignas constituem-sena segunda causa de morte, sendo o câncer de cavidade oralo sétimo mais incidente. Quanto à assistência observa-se que amaioria dos tumores são diagnosticados tardiamente. Objetivo:A partir desta realidade, o presente artigo tem como objetivo,descrever as principais mudanças observadas na condição dodiagnóstico do câncer bucal, a partir da experiência do Programade Atenção Integral e Multiprofissional a pacientes com câncer deBoca, na região de Campinas. Método: Trata-se de um estudode natureza qualitativa, tendo como referencial metodológicoa triangulação de métodos. Foram realizadas entrevistas comgestores e técnicos das secretarias municipais de saúde, gruposfocais com profissionais de saúde e análise de documentostécnicos. Resultados: Durante a implantação do Programa nosmunicípios que aderiram à proposta 51 profissionais de saúdeparticiparam de atividades de aprimoramento profissional, maisde 250 profissionais foram sensibilizados para promoção dasaúde bucal, prevenção e suspeição do câncer de cavidade oral.Tais ações impactaram na organização do trabalho em rede,redefinindo fluxos de referência, garantindo atendimento prioritáriopara avaliação e confirmação do diagnóstico. Considerandoo período do estudo e ao analisar os casos encaminhados aoPrograma (18 pacientes) observou-se maior precocidade dediagnóstico, sendo seis casos em fases avançadas da doença e 8em fases iniciais. Conclusão: A organização do trabalho em rede,na perspectiva da educação permanente e do apoio matricial, apartir das necessidades logo-regionais, mostrou-se estratégicapara qualificar a assistência e organizar o acesso ao diagnósticoprecoce.

16.
Rev. bras. cir. cabeça pescoço ; 41(4)out.-dez. 2012.
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-658426

RESUMO

Introdução: O câncer de cabeça e pescoço é considerado umproblema de saúde pública, com alta prevalência e diagnósticostardios. O tratamento desse câncer é muitas vezes consideradoagressivo e acomete muito a qualidade de vida dos pacientes.Objetivo: O objetivo desse estudo foi avaliar a qualidade de vidae as características de um grupo de pacientes com câncer decabeça e pescoço. Método: Foi realizado um estudo descritivo,transversal, através da aplicação do Questionário UW-QOLversão4 e um questionário sobre algumas característicassociodemográficas e condições de adoecimento e tratamentodos participantes. Resultados: Foram incluídos 103 pacientes,com idade média de 60 anos e predomínio de homens (75%).A maioria dos tumores tinha origem na cavidade oral e tinhamestadiamento avançado (III e IV). Por volta de 50% dos pacientestiveram a modalidade cirúrgica envolvida em seu tratamento,enquanto na radioterapia esse valor foi de 40%. Sintomas comodor, sequelas estéticas funcionais e sintomas emocionais foramos mais relatados pelos pacientes como relevantes. Quase 33%dos pacientes acreditam que sua qualidade de vida piorou emrelação mês anterior ao diagnóstico. Conclusão: O câncer decabeça e pescoço tem impacto relevante na qualidade de vidados pacientes e deve-se levar em consideração uma abordagemque melhore esse panorama. A busca pelo diagnóstico precoceque leve a tratamentos menos agressivos e invasivos podefavorecer a manter a qualidade de vida desses pacientes.

17.
Rev. bras. saúde matern. infant ; 11(4): 415-425, out.-dez. 2011. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-611486

RESUMO

OBJETIVOS: avaliar a qualidade da atenção ao parto nos dois hospitais de referência para atendimento ao parto no Sistema Único de Saúde - SUS no município de Maringá, Paraná. MÉTODOS: estudo transversal, conduzido mediante pesquisa em prontuário hospitalar e entrevistas com 569 mulheres. Foram utilizados sete indicadores de processo, sendo quatro relacionados ao trabalho de parto e três ao parto. Por meio do estabelecimento de escores para cada um dos indicadores a assistência hospitalar foi qualificada em quatro níveis: excelente, boa, regular e insatisfatória. O tipo de parto foi considerado indicador de resultado. A análise foi realizada nos softwares Excel e Statistica e utilizados os testes Qui-quadrado e T de Student. RESULTADOS: 1,0 por cento das mulheres tiveram atendimento excelente; 28,9 por cento boa; 52,7 por cento regular; e 17,4 por cento insatisfatória. Na média geral de escores, o hospital 1 apresentou média superior ao do hospital 2.O parto cesariana prevaleceu nos dois hospitais, com taxas superiores a 50 por cento. CONCLUSÕES: os hospitais obtiveram desempenho classificado como regular e resultado da assistência insatisfatório, determinado pelas altas taxas de cesarianas.


OBJECTIVES: to evaluate the quality of childbirth care in two public maternity referral hospitals in the municipality of Maringá, Paraná. METHODS: a cross-sectional study was carried out using medical records and interviews with 569 women. Seven process indicators were used, four relating to labor and three to delivery. By establishing scores for each the indicators, hospital care was classified into four levels: excellent, good, regular and unsatisfactory. The kind of delivery was considered to be a result indicator. Analysis was carried out using the Excel and Statistica software and the results submitted to the chi-squared and Student's t test. RESULTS: 1.0 percent of women received excellent care; 28.9 percent good; 52.7 percent regular; and 17.4 percent unsatisfactory. In terms of average scores, hospital 1 performed better than hospital 2. Caesarian birth was prevalent in both hospitals, with rates of over 50 percent. CONCLUSIONS: the performance of the hospitals was classified as regular and the result of care unsatisfactory, given the high prevalence of caesarian births.


Assuntos
Humanos , Feminino , Gravidez , Estudos Transversais , Parto Humanizado , Saúde Materno-Infantil , Indicadores de Qualidade em Assistência à Saúde , Sistema Único de Saúde
18.
Cad Saude Publica ; 27(4): 759-68, 2011 Apr.
Artigo em Português | MEDLINE | ID: mdl-21603759

RESUMO

This study evaluates the decentralization of workers' health surveillance to district teams in Campinas, São Paulo State, Brazil, from 1990 to 2006. The history and context of this process were retrieved from documents at the Municipal Health Department in order to establish evaluation criteria and define facilitating factors and obstacles in guideline implementation, as well as to measure the gap between guidelines and reality. The evaluation used qualitative techniques with stakeholders' focus groups. The results showed that decentralization was defined according to the prevailing political options and according to the principles of the Unified National Health System (SUS). Facilitating factors included the increase in technical capability and integration among the teams, and obstacles included excessively centralized planning with limited participation, insufficient resources, and lack of clarity between the services concerning roles and responsibilities. The discussion of these results with health system administrators, social actors, and participating health professionals has contributed to the analysis and organization of transformative measures in regional public practices in workers' health surveillance.


Assuntos
Acidentes de Trabalho , Assistência Integral à Saúde/organização & administração , Atenção à Saúde/organização & administração , Reforma dos Serviços de Saúde/organização & administração , Brasil , Assistência Integral à Saúde/legislação & jurisprudência , Atenção à Saúde/legislação & jurisprudência , Grupos Focais , Reforma dos Serviços de Saúde/legislação & jurisprudência , Política de Saúde , Administração de Serviços de Saúde , Humanos , Serviços de Saúde do Trabalhador , Saúde da População Urbana
19.
Cad. saúde pública ; 27(4): 759-768, abr. 2011.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-587711

RESUMO

O trabalho avalia o processo de descentralização da vigilância da saúde do trabalhador para as equipes distritais em Campinas, São Paulo, Brasil, de 1990 a 2006. A história e o contexto foram recuperados em documentos da Secretaria Municipal de Saúde para construir critérios de avaliação e definir facilidades e dificuldades na implantação de diretrizes, bem como a distância entre o formulado e a realidade alcançada. A avaliação utilizou-se de técnicas qualitativas com grupos focais de implicados no processo. Os resultados mostraram que a descentralização foi definida conforme as opções políticas do momento e sob determinação dos princípios do SUS; foram facilitadores o aumento da capacidade técnica e a integração entre as equipes, e dificultaram o processo o planejamento centralizado e pouco participativo, recursos insuficientes e pouca clareza de papéis e atribuições entre os serviços. A discussão desses resultados com gestores, atores sociais e profissionais envolvidos tem contribuído para analisar e organizar ações transformadoras das práticas regionais públicas de vigilância da saúde do trabalhador.


This study evaluates the decentralization of workers' health surveillance to district teams in Campinas, São Paulo State, Brazil, from 1990 to 2006. The history and context of this process were retrieved from documents at the Municipal Health Department in order to establish evaluation criteria and define facilitating factors and obstacles in guideline implementation, as well as to measure the gap between guidelines and reality. The evaluation used qualitative techniques with stakeholders' focus groups. The results showed that decentralization was defined according to the prevailing political options and according to the principles of the Unified National Health System (SUS). Facilitating factors included the increase in technical capability and integration among the teams, and obstacles included excessively centralized planning with limited participation, insufficient resources, and lack of clarity between the services concerning roles and responsibilities. The discussion of these results with health system administrators, social actors, and participating health professionals has contributed to the analysis and organization of transformative measures in regional public practices in workers' health surveillance.


Assuntos
Humanos , Acidentes de Trabalho , Assistência Integral à Saúde , Atenção à Saúde , Reforma dos Serviços de Saúde , Brasil , Assistência Integral à Saúde , Atenção à Saúde , Grupos Focais , Política de Saúde , Administração de Serviços de Saúde , Reforma dos Serviços de Saúde , Serviços de Saúde do Trabalhador , Política , Saúde da População Urbana
20.
Ciênc. saúde coletiva ; 14(2): 587-594, mar.-abr. 2009.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-504679

RESUMO

Este estudo procurou analisar a percepção da violência doméstica referida por mulheres vítimas desse tipo de violência e comparar com a percepção de gestantes, vítimas ou não desse evento, assim como buscar subsídios para o planejamento e execução de estudo de coorte sobre violência doméstica entre gestantes. Realizamos pesquisa qualitativa exploratória com seleção intencional dos sujeitos, utilizando-se a técnica de grupo focal. Os sujeitos constaram de vinte e quatro mulheres subdivididas em dois grupos: (1) treze mulheres acompanhadas no Centro de Referência e Apoio às Mulheres Vítimas de Violência Doméstica e (2) onze mulheres grávidas atendidas no pré-natal de Unidade Básica de Saúde, selecionadas independente de serem ou não expostas à violência. Os conteúdos das falas das mulheres foram organizados em categorias temáticas e analisados, tendo-se percebido que a compreensão sobre violência doméstica é expressa de forma semelhante por mulheres, que vivenciem ou não a situação. A compreensão e discussão dos tópicos propostos para esses grupos possibilitaram o desenvolvimento de uma abordagem mais adequada das mulheres pesquisadas. O conteúdo das perguntas e sua formulação foram considerados de fácil compreensão pelas mulheres de ambos os grupos.


This study sought to compare the perception of domestic violence of women, victims of this kind of violence, with the perception of pregnant women, victims or not of domestic violence, as well as to search for elements allowing for the planning and execution of a cohort study on domestic violence among pregnant women. A qualitative exploratory research was conducted using the technique of convenience sampling for selecting a focal group. The subjects were twenty four women divided into two groups: (1) thirteen women from a follow-up group from a Referral Center for victims of domestic violence, and (2) eleven pregnant women that were participating in the pre-natal care program in a primary care unit, selected independently of suffering domestic violence or not. The data collected were transcribed, conceptually decoded and qualified for qualitative analysis. The contents of the women's discourse were analyzed on the basis of thematic categories. It was observed that domestic violence was perceived in a similar way by both studied groups, independently from the fact of having or not experienced a situation of this kind. The understanding and discussion of the topics proposed for the groups allowed developing a more appropriate approach to the studied women. The way the questions were formulated in the questionnaire was considered of easy understanding by both groups of women.


Assuntos
Feminino , Humanos , Gravidez , Maus-Tratos Conjugais , Brasil , População Urbana
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...