Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 32
Filtrar
Mais filtros










Tipo de estudo
Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online) ; 12: 67-72, jan.-dez. 2020. tab, graf
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1048018

RESUMO

Objetivo: analisar a sexualidade das mulheres mastectomizadas, identificando quais as fases do ciclo da resposta sexual são afetadas e quais as disfunções desenvolvidas. Método: foi utilizando um questionário com dados socioeconômicos e o Questionário Quociente Sexual - versão feminina, trata-se de uma pesquisa descritiva de cunho quantitativo, com mulheres mastectomizadas em atendimento no ambulatório de Cuidado oncológicos. Resultado: o desempenho sexual da população estudada apresentou-se heterogêneo, onde 50% apresentou padrão sexual satisfatório e 50% algum tipo de comprometimento na sexualidade, e dentro deste grupo, incluem-se as casadas, com menos de 49 anos e com grau de instrução de nível fundamental. Conclusão: diante do exposto, os profissionais de saúde em geral devem estar atentos para a ocorrência dessas modificações na vida dessa mulher, diante do todo o processo, desde diagnóstico, no tratamento e readaptação, para dessa forma contribuir para o cuidado integral


Objective: analyze the sexuality of women with mastectomies, identifying the phases of the cycle of sexual response are affected and which developed dysfunctions. Method: using a questionnaire with socioeconomic data and Questionnaire Sexual Quotient - female version. This is a descriptive quantitative nature with mastectomies women in the outpatient clinic of oncological. Result: Sexual performance of the studied population presented a heterogeneous, where 50% showed satisfactory sexual standard and 50% some kind of commitment in sexuality, and within this group, married include, under 49 years old and with education level of fundamental level. Conclusion: given the above, the general health professionals should be alert to the occurrence of these changes in the life of this woman, before the whole process, from diagnosis, treatment and rehabilitation, to thereby contribute to the comprehensive care


Objetivo: analizar la sexualidad de las mujeres mastectomizadas, la identificación de las fases del ciclo de respuesta sexual están afectadas y las disfunciones desarrollado. Metodo: utilizando un cuestionario con datos socioeconómicos y Cuestionario Cociente Sexual - versión femenina. Se trata de un carácter cuantitativo descriptivo con mastectomías mujeres en el ambulatorio del oncologia. Resultados: el rendimiento sexual de la población estudiada presentó un grupo heterogéneo, donde el 50% mostró norma sexual satisfactoria y el 50% algún tipo de compromiso en la sexualidad, y dentro de este grupo, se casó incluir, en virtud de 49 años de edad y con un nivel de educación de las nivel fundamental. Conclusiones: teniendo en cuenta lo anterior, los profesionales de la salud en general deben estar alerta ante la aparición de estos cambios en la vida de esta mujer, antes de que todo el proceso, desde el diagnóstico, tratamiento y rehabilitación, para contribuir así a la atención integral


Assuntos
Humanos , Feminino , Saúde da Mulher , Sexualidade , Mastectomia , Brasil , Neoplasias da Mama
2.
Rev. enferm. UERJ ; 27: e43933, jan.-dez. 2019. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1052568

RESUMO

Objetivo: descrever as condutas utilizadas pela enfermeira obstétrica na assistência ao trabalho de parto e parto. Método: estudo observacional, descritivo e retrospectivo, realizado em duas maternidades de Maceió-Alagoas com 138 prontuários. A coleta de dados se deu por meio do partograma e da declaração de nascidos vivos que ficam anexadas ao prontuário. As variáveis foram agrupadas em categorias e descritas em percentuais e variáveis categóricas. Resultados: foi possível observar que não houve diferença, estatisticamente significante entre as instituições (p<0,05) nem em relação à idade, nem escolaridade. Já em relação às variáveis obstétricas, notou-se que houve diferença estatisticamente significante entre as instituições (p<0,05) em relação à paridade, idade gestacional, posição materna, uso de ocitocina e complicações. Conclusão: as ações realizadas pelas enfermeiras na assistência ao trabalho de parto e parto neste estudo estão dentro de um contexto de mudança real de paradigma e de postura frente às evidências científicas.


Objective: to describe the managements used by the obstetric nurse in assisting labor and parturition. Methods: an observational, descriptive and retrospective study conducted in two maternity hospitals in Maceió-Alagoas with 138 medical records. Data were collected through the partograph and the declaration of live births attached to the medical record. Variables were categorized and described as percentages and categorical variables. Results: it was possible to observe that there was no statistically significant difference between institutions (p <0.05), regarding age and education. Considering maternal variables, it was observed that there was a statistically significant difference between institutions (p <0.05) regarding parity, gestational age, maternal position, oxytocin use and complications. Conclusion: actions performed by nurses in the care of labor and delivery in this study are within a context of real change of paradigm and attitude towards scientific evidence.


Objetivo: describir las acciones utilizadas por la enfermera obstétrica para ayudar en el parto y el parto. Métodos: estudio observacional, descriptivo y retrospectivo realizado en dos maternidades de Maceió-Alagoas con 138 historias clínicas. Los datos se recopilaron a través del partograma y la declaración de nacimientos vivos adjunta a la historia clínica. Las variables se clasificaron y describieron como porcentajes y variables categóricas. Resultados: fue posible observar que no hubo diferencias estadísticamente significativas entre las instituciones (p <0.05), con respecto a la edad y la educación. Considerando las variables maternas, se observó que había una diferencia estadísticamente significativa entre las instituciones (p <0.05) con respecto a la paridad, edad gestacional, posición materna, uso de ocitocina y complicaciones. Conclusión: las acciones realizadas por las enfermeras en el cuidado del trabajo de parto y el parto en este estudio están dentro de un contexto de cambio real de paradigma y actitud hacia la evidencia científica.


Assuntos
Humanos , Feminino , Gravidez , Adolescente , Adulto , Trabalho de Parto , Parto Humanizado , Parto , Parto Normal , Enfermeiras Obstétricas , Enfermagem Obstétrica , Epidemiologia Descritiva , Estudo Observacional , Tocologia
3.
Rev Bras Enferm ; 72(suppl 3): 88-95, 2019 Dec.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-31851239

RESUMO

OBJECTIVE: to describe the health behaviors related to the sexual experiences of women in the female prison system from January to March, 2017. METHOD: descriptive study with a qualitative approach. A semi-structured questionnaire containing mixed questions and patient records was used. The data analysis was performed through the Bardin's content analysis and adopted as reference the Theory of Basic Human Needs. RESULTS: 18 women, young, single, brown, with a complete fundamental level participated in the study. After this characterization, two categories were evidenced: Health behaviors in sexual experiences and Health care in the face of sexual experiences. 33.3% reported on health behaviors such as Sexually Transmitted Infections (STIs), 27.7% associated with male condom use, 16.6% on prevention of unwanted pregnancies, 11.1% on health care and hygiene. FINAL CONSIDERATIONS: it was evidenced that the health behaviors reported by women in sexual experiences are associated with actions to prevent STIs, use of condoms, unwanted pregnancies, and health and hygiene care. However, it is possible to infer that they understand and possess superficial knowledge about health behaviors and that there is no adoption of regular practice in their sexual experiences.


Assuntos
Comportamentos Relacionados com a Saúde , Prisões , Comportamento Sexual , Doenças Sexualmente Transmissíveis/prevenção & controle , Adolescente , Brasil , Feminino , Humanos , Entrevistas como Assunto , Registros Médicos , Inquéritos e Questionários , Serviços de Saúde da Mulher , Adulto Jovem
4.
Rev. enferm. UFPE on line ; 13(5): 1317-1326, maio 2019. ilus, tab, graf
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1024389

RESUMO

Objetivo: descrever o impacto da implantação da Rede Cegonha nos óbitos neonatais por causas evitáveis. Método: trata-se de um estudo quantitativo, descritivo, onde foram incluídos os óbitos neonatais por causas evitáveis por uma adequada assistência à mulher na gestação, parto e ao recém-nascido, entre os anos de 2011 e 2015, baseado na análise retrospectiva de dados secundários coletados por meio do Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos ­ SINASC, no DATASUS, cujos resultados foram apresentados em tabelas. Resultados: observou-se que os óbitos neonatais por causas evitáveis caíram, em 2012, para 8,42/1.000NV, mas atingiram 9,56/1.000NV em 2013. Destaca-se, entre as causas evitáveis por um pré-natal de qualidade, a síndrome da angústia respiratória do recém-nascido, enquanto, na assistência ao parto, a principal causa de óbito foi a hipóxia intrauterina. Conclusão: identificaram-se valores de baixo impacto acerca da implantação da Rede Cegonha nos óbitos neonatais por causas evitáveis no Estado de Alagoas. Evidenciou-se a necessidade de mais esforços para que a eficácia do programa seja justificada a partir de impactos positivos representados nas taxas de óbitos neonatais.(AU)


Objective: to describe the impact of the implantation of the Stork Network on neonatal deaths due to preventable causes. Method: this is a quantitative, descriptive study, which included neonatal deaths due to preventable causes of adequate care for women in gestation, delivery and the newborn, between the years 2011 and 2015, based on the retrospective analysis of secondary data collected through the Information System on Live Births - SINASC, in DATASUS, whose results were presented in tables. Results: it was observed that neonatal deaths from preventable causes fell to 8.42/1,000NV in 2012, but reached 9.56 / 1,000NV in 2013. Among the preventable causes of prenatal quality, the respiratory distress syndrome of the newborn, while in the delivery assistance, the main cause of death was intrauterine hypoxia. Conclusion: low impact values were identified on the implementation of the Stork Network in neonatal deaths due to preventable causes in the State of Alagoas. The need for more efforts was made to make the program's effectiveness justified by the positive impacts of neonatal death rates.(AU)


Objetivo: describir el impacto de la implantación de la Red Cigüeña en las muertes neonatales por causas evitables. Método: se trata de un estudio cuantitativo, descriptivo, donde se incluyeron las muertes neonatales por causas evitables por una adecuada asistencia a la mujer en la gestación, parto y al recién nacido, entre los años 2011 y 2015, basado en el análisis retrospectivo de los datos secundarios recogidos por medio del Sistema de Información sobre Nacidos Vivos - SINASC, en el DATASUS, cuyos resultados fueron presentados en tablas. Resultados: se observó que las muertes neonatales por causas evitables cayeron en 2012 a 8,42 / 1.000NV, pero alcanzaron 9,56 / 1.000NV en 2013. Se destaca, entre las causas evitables por un prenatal de calidad, el síndrome de la angustia respiratoria del recién nacido, mientras que, en la asistencia al parto, la principal causa de muerte fue la hipoxia intrauterina. Conclusión: se identificaron valores de bajo impacto sobre la implantación de la Red Cigüeña en las muertes neonatales por causas evitables en el Estado de Alagoas. Se evidenció la necesidad de más esfuerzos para que la eficacia del programa esté justificada a partir de impactos positivos representados en las tasas de muertes neonatales.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Recém-Nascido , Cuidado Pré-Natal , Recém-Nascido , Mortalidade Infantil , Parto , Serviços de Saúde Materno-Infantil , Doenças do Recém-Nascido
5.
Rev. enferm. UFPE on line ; 13(2): 541-545, fev. 2019.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1015035

RESUMO

Objetivo: analisar a relação que o acesso à saúde de mulheres encarceradas pode ter com o processo de ressocialização. Método: trata-se de estudo qualitativo, tipo descritivo. Fundamentar-se-á o processo no referencial teórico da fenomenologia sociológica de Alfred Schutz. Realizar-se-á a pesquisa no Estabelecimento Prisional Feminino Santa Luzia (EPFSL), no ano de 2019, com mulheres encarceradas há mais de um mês e usuárias dos serviços de saúde ofertados, agentes penitenciários e profissionais de saúde atuantes há mais de três meses. Produzir-se-ão as informações por meio de um formulário de entrevista semiestruturada e analisar-se-ão os dados coletados de acordo com a técnica de Análise de Conteúdo. Resultados esperados: pretende-se desvelar a relação existente entre o acesso aos serviços de saúde e o processo de ressocialização de mulheres encarceradas e descrever as formas como se dão o acesso aos serviços de saúde e as iniciativas de ressocialização no cenário prisional.(AU)


Objective: to analyze the relation that the access to the health of incarcerated women can have with the process of resocialization. Method: this is a qualitative study, of descriptive type. The process will be based on the theoretical reference of the sociological phenomenology of Alfred Schutz. The research will be carried out at the Santa Luzia Female Prison (SLFP) in 2019, with women incarcerated for more than one month and users of the offered health services, penitentiary agents and health professionals who have been active for more than three months. The information will be produced through a semi-structured interview form and the data collected according to the Content Analysis technique will be analyzed. Expected results: it is intended to unveil the relationship between access to health services and the process of resocialization of imprisoned women and to describe the ways in which access to health services and resocialization initiatives in prisons are given.(AU)


Objetivo: analizar la relación que el acceso a la salud de mujeres encarceladas puede tener con el proceso de resocialización. Método: se trata de un estudio cualitativo, tipo descriptivo. Se fundamentará el proceso en el referencial teórico de la fenomenología sociológica de Alfred Schutz. Se realizará la investigación en el Establecimiento Penitenciario Femenino Santa Lucía (EPFSL), en el año 2019, con mujeres encarceladas hace más de un mes y usuarias de los servicios de salud ofertados, agentes penitenciarios y profesionales de salud actuantes desde hace más de tres meses . Se producirá la información a través de un formulario de entrevista semiestructurada y se analizarán los datos recopilados de acuerdo con la técnica de Análisis de Contenido. Resultados esperados: se pretende desvelar la relación existente entre el acceso a los servicios de salud y el proceso de resocialización de mujeres encarceladas y describir las formas como se dan el acceso a los servicios de salud y las iniciativas de resocialización en el escenario penitenciario.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Prisões , Prisioneiros , Socialização , Mulheres , Direito à Saúde , Saúde da Mulher , Acesso aos Serviços de Saúde , Epidemiologia Descritiva , Pesquisa Qualitativa
6.
Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online) ; 11(1): 222-227, jan.-mar. 2019.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-968516

RESUMO

Objetivo: Analizar el llenado del partograma realizado por profesionales que prestan asistencia al trabajo de parto en un hospital escolar referencia materno-infantil del Valle del São Francisco. Métodos: Se trata de un estudio descriptivo documental, retrospectivo y transversal de abordaje cuantitativo realizado por medio del análisis de 191 prontuarios de parturientas asistidas en la Institución en el año 2015. Los datos fueron analizados en el SPSS versión 20. Resultados: Mostraron que sólo 40, El 6% de los prontuarios tenían registro de apertura del partograma, el análisis de las variables verificadas en el momento de la apertura del partograma permitió identificar que el 99,5% se inició en la fase activa del trabajo de parto. A pesar de un buen registro en su apertura, los datos muestran que el proceso de monitoreo del trabajo de parto aún es poco eficaz, pues el 59,2% tuvo apenas un solo registro. Conclusión: la utilización del partograma como una buena práctica obstétrica todavía es poco utilizada en esta maternidad, se hace necesario considerar su registro como una herramienta en el monitoreo del trabajo de parto para promover una asistencia adecuada como recomienda el Ministerio de Salud


Objective: Analyzing the partograph filling performed by professionals who provide assistance to the labor in a teaching hospital that is a maternal and child healthcare reference in the Vale do São Francisco. Methods: This is a descriptive, retrospective and transversal study with a quantitative approach. There were analyzed 191 medical records of assisted mothers in the institution during the year 2015. The data were analyzed in SPSS program version 20. Results: The results showed that only 40.6% of patient records had a record of parturition, and the analysis of the variables verified at the time of the start of the partogram identified that 99.5% of the records were started in the active phase of labor. Despite of a good record in the start of partograph, the data show that the process of monitoring of labor is still not veryeffective, because 59.2% of the partographs had only a single record. Conclusion: The use of partograph as a good obstetric practice is still little used in this maternity, it is necessary to consider the partogram registration as a tool in the monitoring of labor to promote adequate assistance as it is recommended by the Brazilian Ministry of Health


Objetivo: Analisar o preenchimento do partograma realizado por profissionais que prestam assistência ao trabalho de parto em um hospital escola referência materno infantil do Vale do São Francisco. Método: Tratase de um estudo descritivo documental, retrospectivo e transversal de abordagem quantitativa realizada por meio da análise de 191 prontuários de parturientes assistidas na Instituição no ano de 2015. Os dados foram analisados no SPSS versão 20. Resultados: Mostraram que apenas 40,6% dos prontuários tinham registro de abertura do partograma. A análise das variáveis verificadas no momento da abertura do partograma permitiu identificar que 99,5% foram iniciados na fase ativa do trabalho de parto. Apesar de um bom registro na sua abertura, os dados mostram que o processo de monitoramento do trabalho de parto ainda é pouco eficaz, pois 59,2% tiveram apenas um único registro. Conclusão: A utilização do partograma como uma boa prática obstétrica ainda é pouco utilizada nesta maternidade; faz-se necessário considerar seu registro como uma ferramenta no monitoramento do trabalho de parto para promover uma assistência adequada como recomenda o Ministério da Saúde


Assuntos
Humanos , Feminino , Gravidez , Recém-Nascido , Trabalho de Parto , Enfermagem Obstétrica/normas , Enfermagem Obstétrica/tendências , Parto Humanizado , Enfermagem Obstétrica/estatística & dados numéricos
7.
Rev. bras. enferm ; 72(supl.3): 88-95, 2019.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-1057690

RESUMO

ABSTRACT Objective: to describe the health behaviors related to the sexual experiences of women in the female prison system from January to March, 2017. Method: descriptive study with a qualitative approach. A semi-structured questionnaire containing mixed questions and patient records was used. The data analysis was performed through the Bardin's content analysis and adopted as reference the Theory of Basic Human Needs. Results: 18 women, young, single, brown, with a complete fundamental level participated in the study. After this characterization, two categories were evidenced: Health behaviors in sexual experiences and Health care in the face of sexual experiences. 33.3% reported on health behaviors such as Sexually Transmitted Infections (STIs), 27.7% associated with male condom use, 16.6% on prevention of unwanted pregnancies, 11.1% on health care and hygiene. Final considerations: it was evidenced that the health behaviors reported by women in sexual experiences are associated with actions to prevent STIs, use of condoms, unwanted pregnancies, and health and hygiene care. However, it is possible to infer that they understand and possess superficial knowledge about health behaviors and that there is no adoption of regular practice in their sexual experiences.


RESUMEN Objetivo: describir los comportamientos de salud relacionados con las experiencias sexuales de mujeres del sistema prisional femenino en el período de enero a marzo de 2017. Método: estudio descriptivo con enfoque cualitativo. Se utilizó un cuestionario semiestructurado que contenía preguntas mixtas y consulta a los prontuarios. El análisis de los datos fue realizado por medio del análisis de contenido de Bardin y se adoptó como referencial la Teoría de las Necesidades Humanas Básicas. Resultados: participaron del estudio 18 mujeres, jóvenes, solteras, pardas, con nivel fundamental completo. Después de esta caracterización, se evidenciaron 2 categorias: Comportamientos de salud en las vivencias sexuales y Asistencia a la salud frente a las vivencias sexuales, donde el 33,3% describió comportamientos de salud como acciones de prevención a Infecciones Sexualmente Transmisibles (ISTs), el 27,7% se asocian al uso del preservativo masculino, 16,6 % a la prevención de embarazos no deseados, 11,1% a la atención de salud e higiene. Consideraciones finales: se evidenció que los comportamientos de salud reportados por las mujeres en las experiencias sexuales están asociados a acciones de prevención a la IST's, uso del condón, embarazo no deseado y cuidados con la salud e higiene. Sin embargo, es posible inferir que las mismas comprenden y poseen conocimiento superficial acerca de los comportamientos de salud y que no hay adopción de la práctica regular en sus experiencias sexuales.


RESUMO Objetivo: descrever os comportamentos de saúde relacionados às experiências sexuais de mulheres do sistema prisional feminino no período de janeiro a março de 2017. Método: estudo descritivo com abordagem qualitativa. Utilizou-se um questionário semiestruturado contendo perguntas mistas e consulta aos prontuários. A análise dos dados foi realizada por meio da análise de conteúdo de Bardin e adotou-se como referencial a Teoria das Necessidades Humanas Básicas. Resultados: participaram do estudo 18 mulheres, jovens, solteiras, pardas, com nível fundamental completo. Após esta caracterização, foram evidenciadas duas categorias: Comportamentos de saúde nas vivências sexuais e Assistência à saúde frente às vivências sexuais, onde 33,3% descreveram comportamentos de saúde como ações de prevenção a Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), 27,7% associam ao uso de preservativo masculino, 16,6% à prevenção de gravidez indesejada, 11,1% aos cuidados de saúde e higiene. Considerações finais: evidenciou-se que os comportamentos de saúde relatados pelas mulheres nas experiências sexuais estão associados a ações de prevenção a IST's, uso da camisinha, gravidez indesejada e cuidados com a saúde e higiene. Entretanto, é possível inferir que as mesmas compreendem e possuem conhecimento superficial acerca dos comportamentos de saúde e que não há adoção da prática regular nas suas experiências sexuais.

8.
Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online) ; 11(2, n. esp): 488-494, jan. 2019. tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-970102

RESUMO

Objective: The study's purpose has been to assess the profile of assisted women in the Welcoming and Risk Classification in a maternity hospital in the rural region of Alagoas. Methods: Herein, it was chosen a quantitative, retrospective and descriptive approach by going through 1,142 medical records and files registered from January to July 2015. Results: The results analyses have shown that the majority of the women attended were concentrated within the age group from 20 to 29 years old (52.4%); attended elementary school (62.4%); began to monitor pregnancy in the first trimester (72.0%); and were classified as a non-urgent risk (30.9%). Conclusion: Therefore, the clientele profile shows that the data found might provide subsidies for the health professionals' practice during the prenatal care


Objetivo: Avaliar o perfil de mulheres assistidas no acolhimento e classificação de Risco em uma maternidade do agreste alagoano. Método: Optou-se pela abordagem quantitativa, retrospectiva e do tipo descritiva com 1.142 prontuários e fichas no período de janeiro a julho de 2015. Resultados: A análise dos resultados evidenciou que a maioria das mulheres atendidas se concentrou na faixa etária de 20 a 29 anos (52,4%); cursou até o ensino fundamental (62,4%); iniciou o acompanhamento da gravidez no primeiro trimestre (72,0%); e foi classificada como risco pouco urgente (30,9%). Conclusão: Portanto, o perfil dessa clientela mostra que os dados encontrados podem fornecer subsídios para a prática assistencial dos profissionais de saúde durante o pré-natal


Objetivo: Evaluar el perfil de las mujeres asistieron a la recepción y Clasificación de Riesgos en la maternidad Alagoas salvaje. Metodo: Optamos por el enfoque cuantitativo, retrospectivo y descriptivo, con 1142 registros y expedientes registrados en el periodo de enero a julio de 2015. Resultados: mostraron que la mayoría de las mujeres que asisten se centraron en el grupo de edad de 20-29 años (52,4%); estudiados hasta la escuela primaria (62,4%); iniciado el seguimiento del embarazo en el primer trimestre (72,0%); y se clasificó como poco riesgo de urgencia (30,9%). Conclusión: Por lo tanto, el perfil de estos clientes muestra que los datos encontrados pueden proporcionar subsidios para la práctica de la atención de los profesionales sanitarios durante la atención prenatal


Assuntos
Humanos , Feminino , Gravidez , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Cuidado Pré-Natal/estatística & dados numéricos , Cuidado Pré-Natal/estatística & dados numéricos , Enfermagem Obstétrica/métodos , Perfil de Saúde , Humanização da Assistência , Acolhimento
9.
Enferm. foco (Brasília) ; 9(3): 53-58, set. 2018.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-34084

RESUMO

Objetivo: descrever a percepção dos profissionais de saúde acerca dos aspectos relacionados à humanização ao parto e nascimento Metodologia: Estudo descritivo com abordagem qualitativa, realizado com 26 profissionais de saúde especialistas em obstetrícia (10 enfermeiros e 16 médicos) de três maternidades públicas de risco habitual em Recife-PE. Utilizou-se como referencial teórico a Análise crítica do discurso. Resultados: Dificuldades enfrentadas no desenvolvimento da assistência ao parto e nascimento; Discurso divergente em relação à humanização da assistência ao parto e nascimento; Divergência entre modelos assistenciais obstétricos seguidos. Conclusões: percebe-se a necessidade de ampliar a compreensão de humanização do parto e nascimento pelos profissionais, tendo como objetivo prestar uma atenção voltada às necessidades da parturiente e família. (AU)


Objective: to describe the perception of health professionals about the aspects related to humanization at birth and birth. Methodology: A descriptive study with a qualitative approach, carried out with 26 health professionals specialized in obstetrics (10 nurses and 16 physicians) from three public maternity hospitals at usual risk In Recife-PE. Critical analysis of discourse was used as theoretical reference. Results: Difficulties faced in the development of delivery and birth care; Divergent discourse regarding the humanization of delivery and birth care; Divergence between assisted obstetric care models. Conclusions: the need to extend the understanding of humanization of birth and birth by professionals is perceived, with the objective of paying attention to the needs of the parturient and the family. (AU)


Objetivo: describir la percepción de los profesionales de salud acerca de los aspectos relacionados con la humanización al parto y el nacimiento. Métodos: Estudio descriptivo con abordaje cualitativo, realizado con 26 profesionales de salud especialistas en obstetricia (10 enfermeros y 16 médicos) de tres maternidades públicas de riesgo habitual En Recife-PE. Se utilizó como referencial teórico el análisis crítico del discurso. Resultados: Dificultades enfrentadas en el desarrollo de la asistencia al parto y el nacimiento; Discurso divergente en relación con la humanización de la asistencia al parto y el nacimiento; Divergencia entre modelos asistenciales obstétricos seguidos. Conclusiones: se percibe la necesidad de ampliar la comprensión de humanización del parto y nacimiento por los profesionales, teniendo como objetivo prestar una atención volcada a las necesidades de la parturienta y familia. (AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Humanização da Assistência , Tocologia , Parto , Gestantes , Pessoal de Saúde
10.
Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online) ; 10(2): 334-342, abr.-jun. 2018.
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-908448

RESUMO

Objective: the study’s goal has been to describe the social representations of women while facing their HIV diagnosis disclosure. Methods: It is a descriptive-exploratory study with a qualitative approach, which was carried out with 21 participating women who were in two referral centers for people bearing HIV/AIDS. Data were collected from May to June 2016. It was used the Social Representation Theory as theoretical basis, and the data were analyzed using the Content Analysis technique based upon the Bardin perspective. Results: It has been demonstrated the social representations of women regarding to the discovery of HIV diagnosis. The diagnosis of HIV is received with great impact by the woman who shows different feelings at that time, such as anxiety, fear, sadness, fear, surprise, incredulity, injustice and shame. Conclusion: There is a complex social representation that creates impact on the way of life and living of women bearing HIV, such as guilt, isolation, stigmatization and prejudgment.


Objetivo: descrever as representações sociais de mulheres diante do recebimento do diagnóstico de HIV. Método: Estudo descritivo, exploratório com abordagem qualitativa, realizado com 21 mulheres que se encontravam em dois centros de referência para pessoas que vivem com HIV/Aids. Os dados foram coletados de maio a junho de 2016. Utilizou-se como referencial teórico a Teoria das Representações Sociais, e os dados foram analisados por meio da técnica de análise de conteúdo na perspectiva de Bardin. Resultados: Demonstraram as representações sociais das mulheres frente à descoberta do diagnóstico do HIV. O diagnóstico do HIV é recebido com grande impacto pela mulher que apresenta sentimentos distintos no momento da descoberta, como: angústia, medo, tristeza, terror, surpresa, incredibilidade, injustiça e vergonha. Conclusão: Existe uma complexa representação social que gera impacto no modo de viver e conviver das mulheres que vivem com HIV, como a culpabilização, isolamento, estigmatização e preconceito.


Objetivo: describir las representaciones sociales de las mujeres a ser diagnosticados con HIV.Método: estudio cualitativo descriptivo, exploratorio, con 21 mujeres que no tuvieron mayor en dos centros de referencia para las personas que viven con el VIH / SIDA. Los datos fueron recolectados entre mayo y junio de 2016. Se utilizó como referencia teórica de la teoría de la Representación Social, y la fecha se analizaron mediante la técnica de análisis de contenido de Bardin perspectiva. Resultados: Demostrado las representaciones sociales de las mujeres con respecto al descubrimiento de diagnóstico de VIH. El diagnóstico de VIH es recibido con gran impacto para la mujer que tiene diferentes sentimientos en el momento del descubrimiento, como la ansiedad, el miedo, la tristeza, el miedo, la sorpresa, la incredulidad, la injusticia y la vergüenza. Conclusión: Hay un complejo de la representación social crea Que impacto en la forma de vida y la vida de las mujeres que viven con el VIH, como la culpa, aislamiento, estigmatización y prejudice.


Assuntos
Feminino , Humanos , Adolescente , Adulto Jovem , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Síndrome de Imunodeficiência Adquirida/psicologia , Soropositividade para HIV/psicologia , Preconceito , Brasil
11.
Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online) ; 10(2): 334-342, abr.-jun. 2018.
Artigo em Inglês, Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-32794

RESUMO

Objective: The study’s goal has been to describe the social representations of women while facing their HIV diagnosis disclosure. Methods: It is a descriptive-exploratory study with a qualitative approach, which was carried out with 21 participating women who were in two referral centers for people bearing HIV/AIDS. Data were collected from May to June 2016. It was used the Social Representation Theory as theoretical basis, and the data were analyzed using the Content Analysis technique based upon the Bardin perspective. Results: It has been demonstrated the social representations of women regarding to the discovery of HIV diagnosis. The diagnosis of HIV is received with great impact by the woman who shows different feelings at that time, such as anxiety, fear, sadness, fear, surprise, incredulity, injustice and shame. Conclusion: There is a complex social representation that creates impact on the way of life and living of women bearing HIV, such as guilt, isolation, stigmatization and prejudgment.(AU)


Objetivo: descrever as representações sociais de mulheres diante do recebimento do diagnóstico de HIV. Método: Estudo descritivo, exploratório com abordagem qualitativa, realizado com 21 mulheres que se encontravam em dois centros de referência para pessoas que vivem com HIV/Aids. Os dados foram coletados de maio a junho de 2016. Utilizou-se como referencial teórico a Teoria das Representações Sociais, e os dados foram analisados por meio da técnica de análise de conteúdo na perspectiva de Bardin. Resultados: Demonstraram as representações sociais das mulheres frente à descoberta do diagnóstico do HIV. O diagnóstico do HIV é recebido com grande impacto pela mulher que apresenta sentimentos distintos no momento da descoberta, como: angústia, medo, tristeza, terror, surpresa, incredibilidade, injustiça e vergonha. Conclusão: Existe uma complexa representação social que gera impacto no modo de viver e conviver das mulheres que vivem com HIV, como a culpabilização, isolamento, estigmatização e preconceito.(AU)


Objetivo: describir las representaciones sociales de las mujeres a ser diagnosticados con HIV.Método: estudio cualitativo descriptivo, exploratorio, con 21 mujeres que no tuvieron mayor en dos centros de referencia para las personas que viven con el VIH / SIDA. Los datos fueron recolectados entre mayo y junio de 2016. Se utilizó como referencia teórica de la teoría de la Representación Social, y la fecha se analizaron mediante la técnica de análisis de contenido de Bardin perspectiva. Resultados: Demostrado las representaciones sociales de las mujeres con respecto al descubrimiento de diagnóstico de VIH. El diagnóstico de VIH es recibido con gran impacto para la mujer que tiene diferentes sentimientos en el momento del descubrimiento, como la ansiedad, el miedo, la tristeza, el miedo, la sorpresa, la incredulidad, la injusticia y la vergüenza. Conclusión: Hay un complejo de la representación social crea Que impacto en la forma de vida y la vida de las mujeres que viven con el VIH, como la culpa, aislamiento, estigmatización y prejudice.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Adolescente , Adulto Jovem , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Síndrome de Imunodeficiência Adquirida/psicologia , Soropositividade para HIV/psicologia , Preconceito , Brasil
12.
Rev Bras Enferm ; 71(suppl 1): 568-576, 2018.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-29562013

RESUMO

OBJECTIVE: To learn the epidemiological characteristics of HIV infection in pregnant women. METHOD: Descriptive study with quantitative approach. The study population was composed of pregnant women with HIV/AIDS residing in the state of Alagoas. Data were organized into variables and analyzed according to the measures of dispersion parameter relevant to the arithmetic mean and standard deviation (X ± S). RESULTS: Between 2007 and 2015, 773 cases of HIV/AIDS were recorded in pregnant women in Alagoas. The studied variables identified that most of these pregnant women were young, had low levels of education and faced socioeconomic vulnerability. CONCLUSION: It is necessary to include actions aimed at increasing the attention paid to women, once the assurance of full care and early diagnosis of HIV are important strategies to promote adequate treatment adherence and reduce the vertical transmission.


Assuntos
Infecções por HIV/epidemiologia , Gestantes , Adulto , Brasil/epidemiologia , Escolaridade , Feminino , Infecções por HIV/transmissão , Humanos , Gravidez , Complicações Infecciosas na Gravidez/epidemiologia , Fatores de Risco , Fatores Socioeconômicos
13.
Texto & contexto enferm ; 27(3): e4440016, 2018.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-962955

RESUMO

RESUMO Objetivo: conhecer as representações sociais que envolvem o desejo de engravidar de mulheres que vivem com o Vírus da Imunodeficiência Humana. Métodos: estudo exploratório-descritivo com abordagem qualitativa, realizada com 21 mulheres que se encontravam no Hospital Universitário Professor Alberto Antunes (Alagoas/Brasil) e no Posto de Atendimento Médico Salgadinho, centros de referência para pessoas que vivem com Vírus da Imunodeficiência Humana/aids, no período de maio a junho/2016. Informações coletadas mediante técnica de entrevista semiestruturada e áudio-gravada, submetidas à análise de conteúdo na perspectiva de Bardin. Utilizou-se como referencial teórico a Teoria das Representações Sociais. Resultados: foi evidenciado no estudo que as representações sociais das mulheres que vivem com o Vírus da Imunodeficiência Humana e desejam engravidar, ainda é vivenciado de forma dramática pelas mulheres, acarretando o surgimento de vários sentimentos que causam um conflito interno nas mesmas. Os sentimentos decorrentes das representações evidenciados no estudo foram: medo, frustração, impotência, culpa, tristeza, incerteza, apreensão, angústia, depressão e rejeição. Conclusão: as representações criadas ao longo da história de vida interferem nas decisões reprodutivas. Para as mulheres que vivem com o Vírus da Imunodeficiência Humana a decisão de engravidar, ou não, é influenciada pelo possível risco da transmissão vertical, a impossibilidade de amamentar, o tratamento, além dos aspectos sociais e morais que afetariam elas e seus filhos.


ABSTRACT Objective: to know the social representations that involve the desire to conceive of women living with the Human Immunodeficiency Virus. Methods: exploratory-descriptive study with qualitative approach, carried out with 21 women who were at the Professor Alberto Antunes University Hospital (Alagoas/Brasil) and at the Salgadinho Medical Care Unit, reference centers for people living with the Human Immunodeficiency Virus/AIDS, in the period from May to June/2016.The data was collected through a semi-structured and audio-recorded interview technique, submitted to content analysis from Bardin's perspective. The Theory of Social Representations was used as theoretical reference. Results: it was evidenced in the study that the social representations of women living with the Human Immunodeficiency Virus that have the desire to conceive is still experienced in a dramatic way by women, causing the appearance of several feelings that cause an internal conflict in them. The feelings arising from the representations evidenced in the studies were: fear, frustration, impotence, guilt, sadness, uncertainty, apprehension, anguish, depression and rejection. Conclusion: the representations created throughout life history interfere with reproductive decisions. For women living with the Human Immunodeficiency Virus, the decision to conceive, or not, is influenced by the possible risk of vertical transmission, the inability to breastfeed, the treatment, and the social and moral aspects that would affect them and their children.

14.
Rev. bras. enferm ; 71(supl.1): 568-576, 2018. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-898490

RESUMO

ABSTRACT Objective: To learn the epidemiological characteristics of HIV infection in pregnant women. Method: Descriptive study with quantitative approach. The study population was composed of pregnant women with HIV/AIDS residing in the state of Alagoas. Data were organized into variables and analyzed according to the measures of dispersion parameter relevant to the arithmetic mean and standard deviation (X ± S). Results: Between 2007 and 2015, 773 cases of HIV/AIDS were recorded in pregnant women in Alagoas. The studied variables identified that most of these pregnant women were young, had low levels of education and faced socioeconomic vulnerability. Conclusion: It is necessary to include actions aimed at increasing the attention paid to women, once the assurance of full care and early diagnosis of HIV are important strategies to promote adequate treatment adherence and reduce the vertical transmission.


RESUMEN Objetivo: Conocer las características epidemiológicas de la infección por el VIH en mujeres embarazadas. Método: Estudio descriptivo con el abordaje cuantitativo. La población estudiada fue compuesta por mujeres embarazadas con VIH/sida residentes en el estado de Alagoas. Los datos fueron organizados en variables y analizados según el parámetro de medidas de dispersión pertinentes a la media aritmética y al desvío estándar (X ± S). Resultados: En el período de 2007 a 2015 fueron registrados 773 casos de VIH/sida en mujeres embarazadas en Alagoas. Las variables estudiadas identificaron que la gran parte de esas mujeres embarazadas engloba a mujeres jóvenes, con bajos niveles de instrucción y situación socioeconómica de vulnerabilidad. Conclusión: Para ello, se hace necesaria la inclusión de acciones direccionadas a ampliación de la atención a las mujeres, en que la garantía de atención integral y el diagnóstico precoz del VIH constituyen estrategias importantes para promocionar la adecuada aceptación al tratamiento y la reducción de la transmisión vertical.


RESUMO Objetivo: Conhecer as características epidemiológicas da infecção pelo HIV em gestantes. Método: Estudo descritivo com abordagem quantitativa. A população estudada foi composta por gestantes com HIV/aids residentes no estado de Alagoas. Os dados foram organizados em variáveis e analisados segundo o parâmetro de medidas de dispersão pertinentes à média aritmética e ao desvio padrão (X ± S). Resultados: No período de 2007 a 2015 foram registrados 773 casos de HIV/aids em gestantes em Alagoas. As variáveis estudadas identificaram que a maioria dessas gestantes engloba mulheres jovens, com baixos níveis de instrução e situação socioeconômica de vulnerabilidade. Conclusão: Para tanto, faz-se necessário a inclusão de ações direcionadas a ampliação da atenção às mulheres, em que a garantia de atendimento integral e diagnóstico precoce do HIV constituem estratégias importantes para promover adequada adesão ao tratamento e a redução da transmissão vertical.

15.
Rev. bras. enferm ; 71(supl.1): 568-576, 2018. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-898526

RESUMO

ABSTRACT Objective: To learn the epidemiological characteristics of HIV infection in pregnant women. Method: Descriptive study with quantitative approach. The study population was composed of pregnant women with HIV/AIDS residing in the state of Alagoas. Data were organized into variables and analyzed according to the measures of dispersion parameter relevant to the arithmetic mean and standard deviation (X ± S). Results: Between 2007 and 2015, 773 cases of HIV/AIDS were recorded in pregnant women in Alagoas. The studied variables identified that most of these pregnant women were young, had low levels of education and faced socioeconomic vulnerability. Conclusion: It is necessary to include actions aimed at increasing the attention paid to women, once the assurance of full care and early diagnosis of HIV are important strategies to promote adequate treatment adherence and reduce the vertical transmission.


RESUMEN Objetivo: Conocer las características epidemiológicas de la infección por el VIH en mujeres embarazadas. Método: Estudio descriptivo con el abordaje cuantitativo. La población estudiada fue compuesta por mujeres embarazadas con VIH/sida residentes en el estado de Alagoas. Los datos fueron organizados en variables y analizados según el parámetro de medidas de dispersión pertinentes a la media aritmética y al desvío estándar (X ± S). Resultados: En el período de 2007 a 2015 fueron registrados 773 casos de VIH/sida en mujeres embarazadas en Alagoas. Las variables estudiadas identificaron que la gran parte de esas mujeres embarazadas engloba a mujeres jóvenes, con bajos niveles de instrucción y situación socioeconómica de vulnerabilidad. Conclusión: Para ello, se hace necesaria la inclusión de acciones direccionadas a ampliación de la atención a las mujeres, en que la garantía de atención integral y el diagnóstico precoz del VIH constituyen estrategias importantes para promocionar la adecuada aceptación al tratamiento y la reducción de la transmisión vertical.


RESUMO Objetivo: Conhecer as características epidemiológicas da infecção pelo HIV em gestantes. Método: Estudo descritivo com abordagem quantitativa. A população estudada foi composta por gestantes com HIV/aids residentes no estado de Alagoas. Os dados foram organizados em variáveis e analisados segundo o parâmetro de medidas de dispersão pertinentes à média aritmética e ao desvio padrão (X ± S). Resultados: No período de 2007 a 2015 foram registrados 773 casos de HIV/aids em gestantes em Alagoas. As variáveis estudadas identificaram que a maioria dessas gestantes engloba mulheres jovens, com baixos níveis de instrução e situação socioeconômica de vulnerabilidade. Conclusão: Para tanto, faz-se necessário a inclusão de ações direcionadas a ampliação da atenção às mulheres, em que a garantia de atendimento integral e diagnóstico precoce do HIV constituem estratégias importantes para promover adequada adesão ao tratamento e a redução da transmissão vertical.

16.
Rev. enferm. UERJ ; 25: [e14203], jan.-dez. 2017.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-947716

RESUMO

Objetivo: analisar as vivências de conforto e desconforto da mulher durante o trabalho de parto e parto. Método: estudo descritivo qualitativo realizado em três maternidades de Maceió-AL com 40 puérperas de julho a setembro de 2014 através de entrevista semiestruturada, tendo como referencial teórico a Teoria do Conforto de Katharine Kolcaba. Resultados: apesar do crescimento da humanização do parto, muitas mulheres estão aquém dessa realidade, sendo pouco ouvidas sobre o que lhe traria conforto ou desconforto no momento do seu parto. O nascimento do filho, a assistência dos profissionais, o acompanhante, a dor, a episiorrafia e o aumento das dores devido ao uso do "soro" estão entre as principais vivências de conforto e desconforto relatadas. Conclusão: conforto e/ou desconforto podem influenciar a satisfação da mulher durante o seu parto, requerendo por parte da equipe de saúde um olhar humanizado para efetivação do cuidado.


Objective: to analyze the experiences of comfort and discomfort of women during labor and childbirth. Method: a qualitative descriptive study carried out in three maternity hospitals in Maceió-AL with 40 puerperal women, from July to September 2014, through semi-structured interviews, based on the theoretical framework of Katharine Kolcaba's Theory of Comfort. Results: despite the increase in the humanization of childbirth, many women cannot live this reality, being little heard about what would bring comfort or discomfort to them at the time of their childbirth. The childbirth, the assistance, the companion, the pain, the episiotomy and the increase of pain due to the use of oxytocin are among the main experiences of comfort and discomfort reported. Conclusion: comfort and / or discomfort can influence the woman's satisfaction during childbirth, requiring the health team a humanized look for effective care.


Objetivo: analizar las vivencias de comodidad y incomodidad de la mujer durante el trabajo de parto y parto. Método: estudio descriptivo cualitativo realizado en tres maternidades de Maceió-AL con 40 puérperas de julio a septiembre de 2014 a través de entrevista semiestructurada, teniendo como referencial teórico la Teoría del Confort de Katharine Kolcaba. Resultados: a pesar del crecimiento de la humanización del parto, muchas mujeres no viven esa realidad, siendo poco oídas sobre lo que le traería comodidad o incomodidad en el momento de su parto. El nacimiento del hijo, la asistencia de los profesionales, el acompañante, el dolor, la episiorrafia y el aumento de los dolores debido al uso del oxytocin, están entre las principales vivencias de copmodidad e incomodidad relatadas. Conclusión: comodidad y/o incomodidad pueden influenciar la satisfacción de la mujer durante su parto, requiriendo por parte del equipo de salud una mirada humanizada para la efectividad del cuidado.


Assuntos
Humanos , Feminino , Gravidez , Adolescente , Adulto , Adulto Jovem , Trabalho de Parto/psicologia , Saúde da Mulher , Parto Humanizado , Parto/psicologia , Conforto do Paciente , Brasil , Estudos de Avaliação como Assunto , Epidemiologia Descritiva , Parto , Complicações do Trabalho de Parto , Cuidados de Enfermagem
17.
Rev. enferm. UFPE on line ; 11(11): 4511-4514, nov.2017.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-33389

RESUMO

Objetivo: descrever as repercussões que envolvem a sexualidade durante os tratamentos de neoplasias da mama. Método: estudo qualitativo, descritivo, exploratório, a ser realizado com mulheres em tratamento de neoplasias da mama no Centro de Alta Complexidade em Oncologia, localizado em Maceió-AL. A coleta dedados se realizará por meio da aplicação individual de uma entrevista semiestruturada que será gravada e, posteriormente, transcrita. Os dados serão submetidos à técnica de Análise Temática e discutidos de acordo com a Teoria de Enfermagem de Callista Roy (Teoria da Adaptação). O projeto de pesquisa foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal de Alagoas, CAAE 57322316.5.1001.5013. Resultados esperados: identificar as repercussões relacionadas à sexualidade e suas adaptações durante o tratamento para neoplasias da mama e, a partir delas, proporcionar conhecimento aos profissionais de saúde, a fim de subsidiar suas ações no cuidado a essas mulheres. (AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Neoplasias da Mama , Saúde da Mulher , Sexualidade , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Cuidados de Enfermagem , Pesquisa Qualitativa , Epidemiologia Descritiva
18.
Rev. enferm. UFPE on line ; 11(supl.10): 4103-4110, out.2017.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-33201

RESUMO

Objetivo: investigar como ocorrem os cuidados de Enfermagem diante da condição de risco relacionada ao período gestacional no contexto de situação de vulnerabilidade social de rua. Método: estudo descritivo, com abordagem qualitativa, realizado nas ruas da cidade de Maceió (AL), Brasil, onde são desenvolvidas atividades pelas equipes de Consultório na Rua (CnaR), vinculado à Atenção Básica de Saúde. Resultados: obtiveram-se nove gestantes (n=9) em situação de vulnerabilidade, atendidas pelas equipes de CnaR, por meio de modelo de instrumento empregado para o levantamento de dados, considerando a atenção pré-natal. A apresentação dos dados caracteriza-se em unidades temáticas que traduzem identificações das orientações para a sua condição de risco durante o período gestacional. Conclusão: o acolhimento e a atenção baseada em redução de danos, para a implementação de estratégias na assistência da consulta de pré-natal, apresentam bons prognósticos no contexto vivenciado. Assim, é possível manter o vínculo de confiança entre gestantes em vulnerabilidade social de rua e equipe de Enfermagem na realização de um trabalho ético e na tentativa de minimizar os riscos irreversíveis para a saúde da mãe e da gestação em vida. (AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Gravidez , Adolescente , Adulto , Gestantes , Pessoas em Situação de Rua , Gravidez de Alto Risco , Vulnerabilidade em Saúde , Cuidado Pré-Natal , Cuidados de Enfermagem , Atenção Primária à Saúde , Relações Enfermeiro-Paciente , Epidemiologia Descritiva , Redução do Dano , Acolhimento
19.
Rev. enferm. UFPE on line ; 11(supl.10): 4217-4225, out.2017.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-33215

RESUMO

Objetivo: identificar o conhecimento de puérperas adolescentes sobre o autocuidado. Método: estudo qualitativo, descritivo, realizado a partir da entrevista com sete puérperas adolescentes primíparas. A amostra foi definida pelo critério de saturação e os dados foram analisados de acordo com a técnica de Análise de Conteúdo, na modalidade Análise Categorial, e discutidos com base no referencial teórico de Dorothea Orem. Resultados: na categoria central, Autocuidado para o não desvio de Saúde, observou-se o conhecimento positivo sobre os cuidados com as mamas, a higiene íntima e a ferida operatória; déficit no autocuidado por meio do conhecimento negativo sobre a prática de exercícios físicos, a anticoncepção e os benefícios da amamentação; a influência sociocultural nas ações de autocuidado. Conclusão: pôde-se inferir que as adolescentes necessitam de melhorias em seu preparo para a execução das ações de autocuidado no puerpério. (AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Gravidez , Adolescente , Período Pós-Parto , Gravidez na Adolescência , Adolescente , Autocuidado , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Saúde Materna , Teoria de Enfermagem , Pesquisa Qualitativa , Epidemiologia Descritiva , Aleitamento Materno
20.
Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online) ; 9(3): 653-658, jul.-set. 2017. tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-982948

RESUMO

Objective: To know the maternal mortality epidemiological profile due to pregnancy hypertensive disorders in Alagoas state, Brazil, from 2004 to 2013. Methods: This is an epidemiological, descriptive, documentary, cross-sectional study with a quantitative approach of a historical series from 2004 to 2013, in a Northeastern state of Brazil. Data were collected through the State Health Department of Alagoas’ database. Results: There was a greater number of maternal deaths in women aged between 20 and 39 years old by hypertensive syndromes in 2006, due to maternal hypertension with no specific cause. Conclusion: Pregnancy hypertensive disorders are considered pregnancy and childbirth complications, and a major cause of maternal and perinatal mortality, deserving special attention from health professionals, linked to maternal and child health.


Objetivo: Conhecer o perfil epidemiológico da mortalidade materna por meio das síndromes hipertensivas gestacionais no estado de Alagoas no período entre 2004 e 2013. Métodos: Estudo com delineamento epidemiológico, descritivo, documental, transversal, com abordagem quantitativa de uma série histórica no período de 2004 a 2013, em um estado do Nordeste. Os dados foram coletados através da base de dados da Secretaria Estadual de Saúde do estado de Alagoas. Resultados: Observou-se um número maior de óbitos maternos declarados por síndromes hipertensivas gestacionais no ano de 2006, na faixa etária entre 20 e 39 anos, por hipertensão materna com causa não específica. Conclusão: As síndromes hipertensivas gestacionais são consideradas importantes complicações do ciclo gravídico-puerperal, sendo uma das principais causas de morbimortalidade materna e perinatal, merecendo atenção especial por parte dos profissionais da saúde ligados à área materno-infantil.


Objetivo: Este estudio tuvo como objetivo conocer el perfil epidemiológico de la mortalidad materna en los síndromes hipertensivos en el estado de Alagoas, en el período entre 2004 y 2013. Métodos: Se trata de un estudio de diseño epidemiológico, descriptivo, documental, transversal y enfoque cuantitativo de una serie histórica en el período 2004-2013 en un estadodel noreste. Los datos fueron recolectados a través de la base de datos del Departamento de Estado de Alagoas Estado de Salud. Resultados: Hubo un mayor número de muertes maternas notificadas por los síndromes hipertensivos en el año 2006, con edades comprendidas entre los 20 y los 39 años, por hipertensión materna sin una causa específica. Conclusión: Los síndromes hipertensivos son considerados importantes complicaciones del embarazo y el parto, una de las principales causas de morbilidad y mortalidad materna y perinatal, mereciendo especial atención de los profesionales de la salud relacionados con la salud materna e infantil.


Assuntos
Feminino , Humanos , Gravidez , Adolescente , Adulto Jovem , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Hipertensão Induzida pela Gravidez/mortalidade , Hipertensão Induzida pela Gravidez/enfermagem , Mortalidade Materna , Brasil
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA