Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 2 de 2
Filtrar
Mais filtros










Base de dados
Intervalo de ano de publicação
1.
Arq. Inst. Biol ; 87: e0822018, 2020. tab, graf
Artigo em Inglês | ID: biblio-1100115

RESUMO

The soil macrofauna is fundamental for the maintenance of soil quality. The aim of this study was to characterize the soil macrofauna under different species of cover crops, including monoculture or intercropping associated to two types of soil management in the southwest region of Piauí state. The study was carried out in an Oxisol (Latossolo Amarelo, according to Brazilian Soil Classification System) in the municipality of Bom Jesus, Piauí, distributed in 30 m2 plots. Testing and evaluation of the soil macrofauna were conducted in a 9 × 2 strip factorial design, with combinations between cover crops/consortia and soil management (with or without tillage), with four replications. Soil monoliths (0.25 × 0.25 m) were randomly sampled in each plot for macrofauna at 0‒0.1, 0.1‒0.2, and 0.2‒0.3 m depth, including surface litter. After identification and counting of soil organims, the relative density of each taxon in each depth was determined. The total abundance of soil macrofauna quantified under cover crops in the conventional and no-tillage system was 2,408 ind. m-2, distributed in 6 classes, 16 orders, and 31 families. The results of multivariate analysis show that grass species in sole cropping systems and no-tillage presents higher macrofauna density, in particular the taxonomic group Isoptera. No-tillage also provided higher richness of families, where Coleoptera adult were the second more abundant group in no-tillage and Hemiptera in conventional tillage.(AU)


Os organismos da macrofauna edáfica são fundamentais para a manutenção da qualidade do solo. O objetivo deste trabalho foi caracterizar a macrofauna edáfica sob diferentes espécies de plantas de cobertura, incluindo monocultura ou cultivo consorciado associados a dois tipos de manejo do solo no sudoeste do Piauí. O estudo foi realizado em Latossolo Amarelo (Sistema Brasileiro de Classificação de Solos) no município de Bom Jesus, Piauí, distribuídos em parcelas de 30 m2. O experimento e avaliação da macrofauna edáfica foram conduzidos em um ensaio fatorial em faixas 9 × 2, com combinações entre culturas /consórcios de cobertura e manejo do solo (com ou sem preparo), com quatro repetições. Os monólitos de solo (0,25 × 0,25 m) foram retirados aleatoriamente de cada parcela, para contagem da macrofauna, nas camadas de 0‒0,1, 0,1‒0,2, e 0,2-0,3 m de profundidade, inclusive liteira de superfície. Após a identificação e contagem dos organismos, foi determinada a densidade relativa de cada táxon em cada profundidade. A abundância total da macrofauna edáfica quantificada no experimento foi de 2.408 ind.m-2, distribuídos em 6 classes, 16 ordens e 31 famílias. Os resultados da análise multivariada revelaram que espécies de gramíneas em sistemas de cultivo solteiro e plantio direto favoreceram maior densidade da macrofauna, em especial do grupo taxonômico Isoptera. A ausência de preparo também proporcionou maior riqueza de famílias, destacando-se o grupo taxonômico Coleoptera adulto em plantio direto e Hemiptera em plantio convencional.(AU)


Assuntos
Qualidade do Solo , Biomarcadores Ambientais , Cultivos Agrícolas , Ciências do Solo
2.
Ciênc. rural (Online) ; 47(10): e20160937, 2017. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1044879

RESUMO

ABSTRACT: The aim of this study was to characterize the soil macrofauna under different crop systems and compare them to the macrofauna under the native vegetation of a Cerrado/Caatinga ecotone in southwestern Piauí State, Brazil. The areas studied included areas under sweetsop cultivation (Annona squamosa L.), andropogon grass with three years of use, andropogon grass with six years of use, pivot-irrigated corn, Napier grass, and native vegetation. In each area, soil layers of 0-0.1, 0.1-0.2, and 0.2-0.3m, including the surface litter, were evaluated following the Tropical Soil Biology and Fertility Program (TSBF) recommendations. The soil macrofauna from the different land-use systems were identified to the family level, and the mean density of each taxon was calculated for each soil-management type and layer. The structure of the soil macrofauna was negatively altered under the different crops in comparison to the native Cerrado/Caatinga vegetation, with macrofaunal occurrence varying in the different soil layers. A correlation existed between the functional groups and the soil grain-size distribution and moisture. Napier grass cultivation favored greater soil macrofaunal abundance, with a predominance of families belonging to the orders Isoptera and Hymenoptera. Number of soil macrofaunal families under pivot-irrigated corn was more like the number observed with the native vegetation, and corn also had greater family diversity compared to the other crops studied. Therefore, pivot-irrigated corn can reduce the impact of anthropogenic land use on the diversity of soil macrofauna.


RESUMO: Objetivou-se caracterizar a macrofauna edáfica sob diferentes cultivos comparando-os a vegetação nativa de ecótono Cerrado/Caatinga no Sudoeste do Piauí. As áreas estudadas foram: área sob cultivo de ata (Annona squamosa L.); capim andropogon com três anos de cultivo; capim andropogon com seis anos de cultivo; milho irrigado sob pivô; capim napier e vegetação nativa. Em cada área foram avaliadas as camadas de 0-0,1, 0,1-0,2 e 0,2-0,3m, inclusive a serapilheira de superfície, segundo recomendações do Tropical Soil Biology and Fertility Program (TSBF). A macrofauna edáfica nos diferentes sistemas de uso do solo foi identificada até o nível de famílias e a densidade média de cada táxon foi calculada para cada tipo de manejo do solo e camada. A estrutura da macrofauna edáfica foi alterada negativamente nos diferentes cultivos quando comparadas com a vegetação nativa de cerrado/caatinga, variando quanto a sua ocorrência nas diversas camadas de solo. Houve correlação entre os grupos funcionais com a distribuição granulométrica e umidade do solo. O cultivo de capim napier favoreceu maior abundância da macrofauna edáfica, porém com predominância das famílias pertencente às ordens Isoptera e Hymenoptera. O milho irrigado sob pivô apresenta número de famílias da macrofauna edáfica mais semelhante à vegetação nativa e maior diversidade de famílias em relação aos demais cultivos estudados, reduzindo o impacto do uso antrópico sobre a biodiversidade da macrofauna edáfica.

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...