Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 5 de 5
Filtrar
Mais filtros










Tipo de estudo
Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 46(5): 1125-1132, out. 2012. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-658166

RESUMO

Objetivou-se com este estudo identificar os fatores de risco e a complicações associadas em usuários com hipertensão/diabetes, cadastrados no HIPERDIA da Secretaria Executiva Regional VI em Fortaleza, CE. O estudo documental analítico abordou 2.691 pessoas. Do total, 73,6% eram mulheres; 44,6% tinham 60-79 anos, com média de 60,8 anos; 87,4% eram brancos, amarelos ou pardos; 63,7% tinham até oito anos de estudo; 79,7% não eram fumantes; 56,6% sedentários; 59,6% apresentavam sobrepeso/obesidade; 48,4% possuíam antecedente familiar de doença cardiovascular. Verificou-se associação entre sedentarismo e sobrepeso/obesidade com diabéticos e diabéticos hipertensos; antecedente familiar de doença cardiovascular com os hipertensos e diabéticos hipertensos; acidente vascular encefálico, doença arterial coronariana e insuficiência renal crônica com hipertensos e diabéticos hipertensos; infarto e acidente vascular encefálico com diabéticos. O antecedente familiar cardiovascular associou-se com doença arterial coronariana e infarto. Evidenciou-se a presença relevante de fatores de risco e complicações, destacando a necessidade da educação em saúde com os usuários.


The objective of this study was to identify the risk factors and associated complications present in clients with hypertension/diabetes, enrolled in the HIPERDIA of the Executive Regional Health Department VI in Fortaleza, CE. This analytical documental study included 2,691 people. Of this total, 73.6% were women; 44.6% were between 60-79 years of age (mean age of 60.8 years); 87.4% were Caucasian, Asian or Pardo; 63.7% had eight or fewer years of education; 79.7% were non-smokers; 56.6% were considered sedentary; 59.6% were overweight/obese; and 48.4% had a family history of cardiovascular disease. An association was observed between having a sedentary lifestyle and being overweight/obese among patients with diabetes, and those with both diabetes and hypertension; family history of cardiovascular disease in patients with hypertension and those with both diabetes and hypertension; stroke, coronary artery disease and chronic renal failure in patients with hypertension and those with both diabetes and hypertension; and infarction and stroke in patients with diabetes. A family history of cardiovascular disease was associated with coronary artery disease and infarction. A relevant presence of risk factors and complications was found, highlighting the need for health education among clients.


Se objetivó identificar factores de riesgo y complicaciones asociadas en pacientes con hipertensión/diabetes, registrados en el HIPERDIA de la Secretaría Ejecutiva Regional IV de Fortaleza-CE. Estudio documental analítico que abordó 2.691 personas; 73,6% de sexo femenino, 44,6% con 60-79 años, promedio de 60,8 años; 87,4% blancos, amarillos o trigueños, 63,7% con hasta ocho años de escolarización; 79,7% no fumadores, 56,6% sedentarios, 59,6% con sobrepeso/obesidad, 48,4% con antecedentes cardiovasculares familiares. Se verificó asociación entre sedentarismo y sobrepeso/obesidad con los diabéticos y diabéticos hipertensos; antecedentes cardiovasculares familiares con los hipertensos y diabéticos hipertensos; accidente cerebro-vascular, enfermedad coronaria e insuficiencia renal crónica con hipertensos y diabéticos hipertensos; infarto y accidente cerebro-vascular con diabéticos. Antecedentes cardiovasculares familiares se asociaron con enfermedad coronaria e infarto. Se evidenció presencia relevante de factores de riesgo y complicaciones, destacándose la necesidad de educación sanitaria a los pacientes.


Assuntos
Idoso , Feminino , Humanos , Pessoa de Meia-Idade , Angiopatias Diabéticas/complicações , Hipertensão/complicações , Brasil , Angiopatias Diabéticas/epidemiologia , Hipertensão/epidemiologia , Estudos Retrospectivos , Fatores de Risco
2.
Rev. enferm. UFPE on line ; 5(6): 1483-1491, ago. 2011.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-31591

RESUMO

Objetivo: identificar problemas de enfermagem de crianças com hidrocefalia e mielomeningocele em uso de derivações ventriculares. Método: estudo transversal, quantitativo, desenvolvido em uma unidade de internação em neurocirurgia pediátrica de um hospital público. A amostra constituiu-se de 60 pacientes internados de junho a dezembro de 2006. O estudo foi submetido ao comitê de ética em pesquisa com protocolo n°82/2006. Resultados: os achados evidenciaram que os principais diagnósticos e problemas de enfermagem relacionam-se à capacidade adaptativa intracraniana diminuída relacionada ao aumento da PIC; risco para integridade da pele prejudicada relacionado à imobilidade e/ou exposição frequente à secreção fecal/urinária e incontinência urinária relacionada à bexiga neurogênica. Conclusão: as derivações ventriculares são métodos importantes para aumentar a sobrevida das crianças com hidrocefalia. Porém os cuidados dispensados quanto ao manuseio dos dispositivos devem ser bem orientados pela equipe multiprofissional às famílias, objetivando reduzir os longos períodos de re-internações. (AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Hidrocefalia , Meningomielocele , Enfermagem , Estudos Transversais , Epidemiologia
3.
Rev. gaúch. enferm ; 31(4): 662-669, dez. 2010. graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-590209

RESUMO

Objetivou-se investigar os fatores de risco associados em adultos jovens com hipertensão arterial e diabetes mellitus acompanhados em seis Unidades Básicas de Saúde da Família (UBASF), de Fortaleza, Ceará. Estudo descritivo e documental, desenvolvido a partir das fichas de cadastro do Programa de Atenção à Hipertensão Arterial e ao Diabetes Mellitus (HIPERDIA). A amostra é composta de 60 fichas, incluindo hipertensos, diabéticos e os que possuíam os dois diagnósticos. Os resultados mostraram maior frequência de adultos jovens do sexo feminino (78 por cento). Com relação aos fatores de risco, sobressaíram-se a hipertensão arterial (n=45), antecedentes familiares (n=33), sobrepeso (n=33) e sedentarismo (n=27). Na estratificação do risco cardiovascular, a maioria apresentou médio risco adicional para doença cardiovascular. Conclui-se que a avaliação individualizada dos fatores de risco subsidia uma ação direcionada para eventos possíveis, sendo necessários investimentos na prevenção e também na capacitação e manutenção do sistema HIPERDIA.


Se pretendió investigar los factores de riesgo en adultos jóvenes con hipertensión y diabetes mellitus en pacientes de seis Unidades Básicas de Salud Familiar (UBASF), Fortaleza, Ceará, Brasil. Estudio descriptivo y documental, desarrollado a partir de los registros de inscripción en el Programa de Atención a la Hipertensión Arterial y Diabetes Mellitus (HIPERDIA). La muestra consistió en 60 fichas, incluyendo hipertensos, diabéticos y los que poseían ambos diagnósticos. Los resultados señalaron mayor frecuencia de adultos jóvenes femeninos (78 por ciento). Mientras a los factores de riesgo, sobresalieron hipertensión (n=45), antecedentes familiares (n=33), sobrepeso (n=33) y sedentarios (n=27). En la estratificación del riesgo, la mayoría tuvo riesgo promedio para enfermedad cardiovascular. Se concluye que la evaluación individualizada de factores de riesgo subvenciona una acción dirigida a los eventos posibles, que requieren inversión en la prevención, así como en la formación y mantenimiento del sistema HIPERDIA.


In this study we aimed to investigate the risk factors associated with arterial hypertension and diabetes mellitus in young adults assisted in six Family Health Units (UBASF), of Fortaleza, Ceará, Brazil. This is a descriptive and documental study, developed based on the records of the Care Program to Arterial Hypertension and Diabetes Mellitus (HIPERDIA). The sample was composed of 60 records, including hypertensive, diabetics and patients with the two diagnoses. The results showed prevalence of young female adults (78 percent). Regarding the risk factors, arterial hypertension (n=45), family history (n=33), overweight (n=33) and sedentary lifestyle (n=27) stood out. Regarding the cardiovascular risk stratification, most presented Medium additional risk for cardiovascular disease. We concluded that the individualized evaluation of risk factors supports an action addressed for possible events, being necessary investments in prevention and also in training and maintenance of the HIPERDIA system.


Assuntos
Adulto , Feminino , Humanos , Masculino , Adulto Jovem , Doenças Cardiovasculares/etiologia , Complicações do Diabetes/etiologia , Hipertensão/complicações , Doenças Cardiovasculares/epidemiologia , Complicações do Diabetes/epidemiologia , Fatores de Risco
4.
Rev. gaúch. enferm ; 31(4): 662-669, dez. 2010. graf
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-23072

RESUMO

Objetivou-se investigar os fatores de risco associados em adultos jovens com hipertensão arterial e diabetes mellitus acompanhados em seis Unidades Básicas de Saúde da Família (UBASF), de Fortaleza, Ceará. Estudo descritivo e documental, desenvolvido a partir das fichas de cadastro do Programa de Atenção à Hipertensão Arterial e ao Diabetes Mellitus (HIPERDIA). A amostra é composta de 60 fichas, incluindo hipertensos, diabéticos e os que possuíam os dois diagnósticos. Os resultados mostraram maior frequência de adultos jovens do sexo feminino (78 por cento). Com relação aos fatores de risco, sobressaíram-se a hipertensão arterial (n=45), antecedentes familiares (n=33), sobrepeso (n=33) e sedentarismo (n=27). Na estratificação do risco cardiovascular, a maioria apresentou médio risco adicional para doença cardiovascular. Conclui-se que a avaliação individualizada dos fatores de risco subsidia uma ação direcionada para eventos possíveis, sendo necessários investimentos na prevenção e também na capacitação e manutenção do sistema HIPERDIA.(AU)


Se pretendió investigar los factores de riesgo en adultos jóvenes con hipertensión y diabetes mellitus en pacientes de seis Unidades Básicas de Salud Familiar (UBASF), Fortaleza, Ceará, Brasil. Estudio descriptivo y documental, desarrollado a partir de los registros de inscripción en el Programa de Atención a la Hipertensión Arterial y Diabetes Mellitus (HIPERDIA). La muestra consistió en 60 fichas, incluyendo hipertensos, diabéticos y los que poseían ambos diagnósticos. Los resultados señalaron mayor frecuencia de adultos jóvenes femeninos (78 por ciento). Mientras a los factores de riesgo, sobresalieron hipertensión (n=45), antecedentes familiares (n=33), sobrepeso (n=33) y sedentarios (n=27). En la estratificación del riesgo, la mayoría tuvo riesgo promedio para enfermedad cardiovascular. Se concluye que la evaluación individualizada de factores de riesgo subvenciona una acción dirigida a los eventos posibles, que requieren inversión en la prevención, así como en la formación y mantenimiento del sistema HIPERDIA.(AU)


In this study we aimed to investigate the risk factors associated with arterial hypertension and diabetes mellitus in young adults assisted in six Family Health Units (UBASF), of Fortaleza, Ceará, Brazil. This is a descriptive and documental study, developed based on the records of the Care Program to Arterial Hypertension and Diabetes Mellitus (HIPERDIA). The sample was composed of 60 records, including hypertensive, diabetics and patients with the two diagnoses. The results showed prevalence of young female adults (78 percent). Regarding the risk factors, arterial hypertension (n=45), family history (n=33), overweight (n=33) and sedentary lifestyle (n=27) stood out. Regarding the cardiovascular risk stratification, most presented Medium additional risk for cardiovascular disease. We concluded that the individualized evaluation of risk factors supports an action addressed for possible events, being necessary investments in prevention and also in training and maintenance of the HIPERDIA system.(AU)


Assuntos
Adulto , Feminino , Humanos , Masculino , Adulto Jovem , Doenças Cardiovasculares/etiologia , Complicações do Diabetes/etiologia , Hipertensão/complicações , Doenças Cardiovasculares/epidemiologia , Complicações do Diabetes/epidemiologia , Fatores de Risco
5.
Rev. enferm. UFPE on line ; 4(2): 639-646, 20100600. tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-20209

RESUMO

Objetivo: avaliar o preparo do acompanhante, quanto a realizar o cuidado com mulheres em situações de internações clínicas em um hospital de ensino. Método: o estudo foi descritivo, com abordagem qualitativa. Participaram do estudo 19 acompanhantes. Os dados foram coletados a partir de uma entrevista semi-estruturada, sendo utilizado um gravador, o qual permitiu o registro e a transcrição fiel das falas dos acompanhantes entrevistados. A pesquisa foi aprovada no CEP do Hospital Walter Cantídio, sob o n. 015.03.07. Resultados: foi feita análise de conteúdo conforme Bardin, que dividiu o material coletado seis categorias, a saber: preparo psicológico do acompanhante das mulheres hospitalizadas; preparo técnico dos acompanhantes das mulheres hospitalizadas; sentimentos dos acompanhantes durante a internação; condições de saúde dos acompanhantes; dificuldades do acompanhante no processo de cuidar das mulheres hospitalizadas; fatores que favorecem o processo de acompanhamento. Estas categorias, por sua vez, foram divididas em subcategorias para melhor compreensão do leitor. Conclusão: diante dos resultados, constatou-se que existe a necessidade de promover a participação mais satisfatória dos cuidadores bem como maior suporte emocional e cognitivo para os mesmos, em relação ao estado de saúde das mulheres hospitalizadas. (AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Acompanhantes Formais em Exames Físicos , Saúde da Mulher , Hospitalização , Cuidadores , Estudos de Avaliação como Assunto , Assistência à Saúde , Enfermagem , Epidemiologia Descritiva
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA