Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 3 de 3
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
ACM arq. catarin. med ; 33(3): 31-40, jul.-set. 2004.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-451357

RESUMO

O Programa de Saúde da Família (PSF), implantado pelo Ministério da Saúde em 1994, como uma estratégia para a consolidação do Sistema Único de Saúde, tem se revelado um instrumento para a modificação dos paradigmas vigentes na atenção à saúde. O trabalho em equipe multiprofissional da estratégia de saúde da família, tem exigido dos componentes das equipes uma mudança de atitude pessoal e profissional em direção à interdisciplinaridade. A partir da conceituação de interdisciplinaridade, procurou-se analisar o exercício do trabalho em equipe no PSF, buscando reconhecer suas limitações e propor soluções para o problema, que envolve a própria formação dos profissionais de saúde ainda na graduação. Concluiu-se ser necessário uma modificação dos currículos a fim de formar profissionais de cunho generalista, que se insiram na realidade da população, criando vínculos e soluções criativas paraa convivência harmoniosa e produtiva entre os váriossaberes na área da saúde...


Assuntos
Educação em Saúde , Comunicação Interdisciplinar , Relações Interprofissionais , Equipe de Assistência ao Paciente , Estratégias de Saúde Nacionais , Currículo , Saúde da Família
2.
ACM arq. catarin. med ; 33(3): 31-40, jul.-set. 2004.
Artigo em Português | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-55911

RESUMO

O Programa de Saúde da Família (PSF), implantado pelo Ministério da Saúde em 1994, como uma estratégia para a consolidação do Sistema Único de Saúde, tem se revelado um instrumento para a modificação dos paradigmas vigentes na atenção à saúde. O trabalho em equipe multiprofissional da estratégia de saúde da família, tem exigido dos componentes das equipes uma mudança de atitude pessoal e profissional em direção à interdisciplinaridade. A partir da conceituação de interdisciplinaridade, procurou-se analisar o exercício do trabalho em equipe no PSF, buscando reconhecer suas limitações e propor soluções para o problema, que envolve a própria formação dos profissionais de saúde ainda na graduação. Concluiu-se ser necessário uma modificação dos currículos a fim de formar profissionais de cunho generalista, que se insiram na realidade da população, criando vínculos e soluções criativas paraa convivência harmoniosa e produtiva entre os vários saberes na área da saúde...(AU)


Assuntos
Equipe de Assistência ao Paciente , Relações Interprofissionais , Comunicação Interdisciplinar , Educação em Saúde , 36397 , Currículo , Saúde da Família
3.
ACM arq. catarin. med ; 32(4): 65-74, out.-dez. 2003.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-445558

RESUMO

O Programa de Saúde da Família (PSF), implantado pelo Ministério da Saúde em 1994 como uma estratégia para a consolidação do Sistema Único de Saúde, tem se revelado um instrumento para a modificação dos paradigmas vigentes na atenção à saúde. O trabalho em equipemultiprofissional da estratégia de saúde da família tem exigido dos componentes das equipes uma mudança de atitude pessoal e profissional em direção à interdisciplinaridade. A partir da conceituação de interdisciplinaridade, procurou-se analisar o exercício do trabalho em equipe no PSF, buscando reconhecer suas limitações e propor soluções para o problema, que envolvea própria formação dos profissionais de saúde ainda na graduação. Concluiu-se ser necessário uma modificaçãodos currículos a fim de formar profissionais de cunho generalista, que se insiram na realidade da população, criando vínculos e soluções criativas para a convivência harmoniosa e produtiva entre os vários saberesna área da saúde...


Assuntos
Humanos , Educação em Saúde , Pessoal de Saúde , Equipe de Assistência ao Paciente , Estratégias de Saúde Nacionais , Sistema Único de Saúde
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...