Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 23
Filtrar
1.
Brasília; CONASS; dez. 2020. 96 p. (CONASS documenta, 35).
Monografia em Português | LILACS, Coleciona SUS, CONASS | ID: biblio-1177990

RESUMO

O investimento em aperfeiçoamento profissional sempre foi objetivo prioritário durante minha carreira no serviço público. Acredito que o incentivo à capacitação técnica e humana daqueles que conduzem a burocracia brasileira seja o caminho mais sólido para garantirmos políticas públicas que façam a diferença e beneficiem toda a população, tanto em médio quanto em longo prazo. Assim, enxergo a gestão da educação na saúde como um mecanismo essencial para o pleno desenvolvimento do Sistema Único de Saúde (SUS). A Constituição Federal de 1988 estabelece como competência do SUS a ordenação e a formação de Recursos Humanos na área da saúde. A Lei federal 8.080, de 1990, reforça e completa esse conceito. O dispositivo legal, além de incluir a ordenação da formação de recursos humanos entre as atividades do SUS, afirma que entes da federação têm como prerrogativa participar, no seu âmbito administrativo, da formulação e da execução da política de formação e desenvolvimento de recursos humanos para a saúde. Pensar as diferentes relações institucionais, operando em um sistema por natureza complexo, é um desafio para poucos. Esse aprimoramento da visão estratégica dentro da gestão de saúde, discernindo suas prioridades e enxergando com nitidez suas limitações, proporciona a superação de desafios e, consequentemente, a melhoria do sistema. Dessa forma, a Política Nacional de Educação Permanente em Saúde (PNEPS) é, ao mesmo tempo, um conceito e uma estratégia político-pedagógica. Digo isso porque ela estabelece relações orgânicas entre o ensino e o serviço; a docência e a atenção à saúde; o trabalho e a gestão. Além disso, reconhece o caráter educativo do trabalho, porque entende o trabalho como lugar de problematização. As Escolas Estaduais de Saúde Pública (EESP), vinculadas às Secretarias Estaduais de Saúde, são espaços institucionais fundamentais para desenvolver essas ações. Reúnem funções pedagógicas que aprecio muito e que são fundamentais para a formação dos profissionais do SUS. O Conass, pelas razões apresentadas, tem clareza sobre a importância da educação permanente em saúde e o papel das EESP. Por essa razão, vem desenvolvendo, ao longo dos anos, um conjunto de ações de apoio ao tema. Esta publicação, que muito nos orgulha, insere-se no contexto do projeto de apoio à ampliação e ao fortalecimento das EESP. Nos apresenta um quadro claro e objetivo da história, missão, natureza jurídica, público-alvo e ações desenvolvidas pelas EESP, bem como as ações concebidas para ampliá-las. Estamos fortemente empenhados em contribuir para o permanente fortalecimento dessas Escolas e reunindo esforços para, em breve, constituir uma potente rede colaborativa de EESP. Por fim, nunca é demais lembrar que promover a disseminação da informação, a produção e difusão do conhecimento, assim como a inovação e o incentivo à troca de experiências, integra a missão do Conass. Este livro vem em boa hora. A ciência continua sendo um porto seguro, no qual ancoramos nossas maiores esperanças de que nada, além da ciência, nos livrará da negação da realidade. Iniciativas como esta só reforçam o pacto indelével que temos com o avanço constante da educação, na sua valorização e no papel importantíssimo que ela desempenha em fortalecer a saúde pública no Brasil.


Assuntos
Sistema Único de Saúde/organização & administração , Faculdades de Saúde Pública/organização & administração , Educação Profissional em Saúde Pública/organização & administração , Capacitação de Recursos Humanos em Saúde , Brasil
2.
Saúde debate ; 43(spe1): 24-39, agosto 2019. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1043404

RESUMO

RESUMO Este manuscrito apresenta os resultados de um survey on-line conduzido com os coordenadores de projetos e de grupos da última edição do Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde (PET-Saúde/GraduaSUS), que buscou identificar os resultados alcançados e apontar os limites e as contribuições dessa edição na produção de mudanças. O survey foi realizado em março e abril de 2018, com 445 coordenadores, cujos dados quantitativos foram tratados estatisticamente; e os qualitativos, por análise de conteúdo, dando origem a quatro categorias: As repercussões positivas do PET-Saúde/GraduaSUS; Os aspectos negativos do PET-Saúde/GraduaSUS; A coordenação dos projetos pelo serviço de saúde: ponto controverso; e Sugestões de mudanças. Constatou-se que o PET-Saúde/GraduaSUS contribuiu para o desenvolvimento profissional, ampliação e diversificação dos cenários de aprendizagem, fortalecimento da atenção primária e da educação interprofissional nos currículos e beneficiou a comunidade local. Os principais aspectos positivos da edição foram a coordenação de projeto pelo serviço de saúde e os relatos de experiências na Comunidade de Práticas; já a composição numérica e uniprofissional dos grupos foi apontada como aspecto negativo.


ABSTRACT This manuscript presents the results of an online survey conducted with the project and group coordinators of the last edition of the Education through Work for Health Program (PET-Health/GraduaSUS), which sought to identify the results achieved and to point out the limits and contributions of such edition for the production of changes. The survey was carried out in March and April 2018, with 445 coordinators, whose quantitative data were treated statistically; and qualitative data by content analysis, giving rise to four categories: The positive repercussions of PET-Health/GraduaSUS; The negative aspects of PET-Health/GraduaSUS; The coordination of the projects by the health service: controversial point; and Suggestions for changes. It was found that the PET-Health/GraduaSUS contributed to the professional development, expansion and diversification of the learning scenarios, strengthening primary care and interprofessional education in the curricula and benefited the local community. The main positive aspects of the edition were the coordination of the project by the health service and the reports of experiences in the Community of Practices; the numerical and uniprofessional composition of the groups, however, was pointed as a negative aspect.

3.
Saúde debate ; 42(spe2): 286-301, Out. 2018. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-979306

RESUMO

RESUMO Este artigo buscou analisar a edição mais recente do Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde - PET-Saúde/GraduaSUS, resgatando os seus antecedentes, estabelecendo um comparativo com as edições anteriores e descrevendo o cenário de distribuição dos projetos aprovados. Para tanto, empreendeu-se apreciação documental dos oito editais do programa e análise estatística descritiva de dados secundários disponíveis no Sistema de Informações Gerenciais do PET-Saúde. Como diferenciais da edição GraduaSUS, cita-se o estímulo à participação mais ativa dos serviços de saúde na definição e coordenação das ações a serem implementadas pelos grupos tutoriais e o fomento ao desenvolvimento docente e da preceptoria. O panorama de distribuição dos projetos aprovados, com número de grupos e bolsistas, acompanha o cenário de concentração de instituições de ensino superior entre as regiões e os estados brasileiros. Verificou-se que o PET-Saúde/GraduaSUS agregou cursos de graduação de diferentes categorias, oportunizando e/ou ampliando a participação daquelas ainda pouco inseridas nos cenários da Atenção Básica, e mobilizou a inclusão de um número expressivo de voluntários e de parcerias entre instituições de ensino localizadas no mesmo território de atuação.


ABSTRACT This article aimed to analyze the most recent edition of the Program of Education for Work for Health - PET-Health/GraduaSUS, rescuing its antecedents, establishing a comparison with the previous editions and describing the distribution scenario of the approved projects. For this purpose, a documentary appreciation of the eight notices of the program was carried out and descriptive statistical analysis of secondary data available in the PET-Health Management Information System. As differentials of the GraduaSUS edition, it is mentioned the stimulation to the most active participation of the health services in the definition and coordination of the actions to be implemented by the tutorial groups as well as the teacher and preceptory development. The distribution panorama of the approved projects, with number of groups and scholarship holders, follows the scenario of concentration of higher education institutions between the Brazilian regions and states. It was verified that the PET-Health/GraduaSUS has added undergraduate courses of different categories, apportioning and/or expanding the participation of those still little inserted in the scenarios of Primary Care, and mobilized the inclusion of a significant number of volunteers and partnerships between education institutions located in the same territory of activity.

4.
Saúde debate ; 41(113): 415-424, Abr.-Jun. 2017. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-903911

RESUMO

RESUMO Os programas de Residência Multiprofissional em Saúde (RMS) provocam reflexões sobre o cotidiano, as relações e o processo de trabalho e têm potencial de modificar não apenas a perspectiva do indivíduo formado, mas os próprios espaços em que se desenvolvem, fortalecendo o contínuo processo de educação permanente em saúde. Estudos que investiguem como tem se estruturado os programas de residência multiprofissional apoiados pelo Ministério da Saúde (MS) são oportunos e relevantes, ante as contribuições dessas iniciativas para o Sistema Único de Saúde. Este trabalho analisa as RMS, com o objetivo de identificar de que maneira os programas financiados pelo MS encontram-se distribuídos regionalmente pelo País. Realizou-se uma pesquisa documental exploratória utilizando-se editais e portarias publicados pelo MS no período de 2009 a 2015. A maioria dos programas aprovados se concentrou na região Sudeste, principalmente em São Paulo, seguida pelas regiões Nordeste e Sul. As regiões Norte e Centro-Oeste foram as menos representativas no total de programas selecionados. Já o Nordeste apresentou um incremento de programas induzido pela prioridade dada nos editais publicados. Observou-se uma tentativa de organização na distribuição e uma tendência ao aumento dos programas apresentados e aprovados.


ABSTRACT The Multi-professional Health Residency (RMS) programs provoke reflections on daily work, the relationships and the work process, and have the potential to modify not only the perspective of the graduated individual, but also the spaces in which they develop, strengthening the continuous process of permanent education in health. Studies that investigate how the multi-professional residency programs supported by the Ministry of Health (MS) have been structured are timely and relevant, given the contributions of these initiatives to the Unified Health System (SUS). This work analyzes the RMS, with the goal of identifying how the programs funded by the MS are distributed regionally across the country. An exploratory documentary research was carried out using edicts and ordinances published by the MS in the period from 2009 to 2015. The majority of the approved programs are concentrated in the Southeast region, mainly in São Paulo, followed by the Northeast and South regions. The North and Midwest regions were the least representative in the total amount of the selected programs. On the other hand, the Northeast region presented an increment of programs induced by the priority given in the published official notices. There was an attempt to organize the distribution and a tendency to increase of programs submitted and approved.

5.
Divulg. saúde debate ; 56: 70-78, 2016. ilus
Artigo em Português | Repositório RHS | ID: biblio-884487

RESUMO

O artigo apresenta dados concernentes às condições de trabalho da equipe de enfermagem no País, que congrega mais de um 1,8 milhão de trabalhadores, a partir dos resultados obtidos pela pesquisa Perfil da Enfermagem no Brasil. Trata-se de um estudo transversal, abrangendo todos os enfermeiros, técnicos e auxiliares inscritos no Sistema Conselho Federal de Enfermagem (Cofen)/Conselhos Regionais (Corens) no ano de 2013, possuindo, portanto, abrangência nacional. A pesquisa mostrou que, se por um lado, existe um clima de confiança e respeito entre os colegas, por outro, tal não é encontrado quando a questão é reportada para a população usuária dos serviços de saúde. Mostra também que, embora exista confiança dos seus chefes com o seu trabalho, estes se mostram distantes e inacessíveis, quer quando o profissional necessita de ajuda, quer para expressarem suas opiniões ou queixas sobre o trabalho. Os profissionais reportam também a existência de violência e discriminação no ambiente de trabalho, constatando-se elevado percentual de desgaste profissional, com expressivo número de licenças médicas e/ou necessidade de atendimento médico, sendo que a maioria assinala que, quando adoecem, não são atendidos na própria instituição em que atuam. Os dados apontam para a necessidade de adoção urgente de políticas públicas, capazes de reverter o sério quadro encontrado, referentes às condições de trabalho, uma vez que tais questões acarretam enormes prejuízos para a qualidade da assistência prestada à população. (AU)


The article presents data concerning the nursing staff working conditions in our country, which brings together more than one million and eight hundred thousand workers, from the results obtained by the research Nursing Profile in Brazil. This is a cross-sectional study, covering all nurses, technicians and auxiliaries enrolled in the Federal Council of Nursing (Cofen)/ Regional Council of Nursing (Corens) System in 2013, having thus nationwide coverage. Research has shown that, on the one hand, there is a climate of trust and respect among colleagues, but on the other hand that is not found when the matter is reported to the user population of health services. It also shows that while there is confidence in their leaders with their work, they seem to be distant and inaccessible, whether when the professional needs help, or when they want to express their opinions or complaints about the work. The professionals also report the existence of violence and discrimination in the workplace, noting a high percentage of professional wearing, with with a significant number of medical licenses and / or need for medical care, and the majority points out that, when they get sick, they are not served in the institution where they work. The data point to the need for urgent adoption of public policies that can reverse the serious situation found relating to working conditions, since these issues entail huge losses to the quality of care provided to the population.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Condições de Trabalho , Enfermagem , Brasil , Pesquisa em Enfermagem , Pessoal de Saúde , Mão de Obra em Saúde , Equipe de Enfermagem
6.
Enferm. foco (Brasília) ; 7(ESP): 9-14, 2016. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1028268

RESUMO

O artigo tem como objetivo analisar os aspectos sócio demográficos dos profissionais de enfermagem, que congregam entre enfermeiros, auxiliares e técnicos, mais de um milhão e oitocentos mil trabalhadores, constituindo 50% da Força de Trabalho (FT) que atua no setor saúde. É um estudo transversal cuja população alvo é constituída por todos os enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem do Brasil, que possuem registro ativo no Conselho Federal de Enfermagem (Cofen). O estudo tem representatividade nacional, sendo capaz de gerar resultados para cada unidade da federação. Os dados apontam para algumas tendências importantes, tais como: crescimento da participação dos enfermeiros na equipe de trabalhadores; rejuvenescimento da FT, desequilíbrio entre oferta e demanda; concentração nos grandes centros urbanos, especialmente no Sudeste. Os dados da pesquisa permitem subsidiar a construção de políticas públicas adequadas com a realidade desse imenso contingente de trabalhadores, fundamentais para o Sistema Único de Saúde.


Analyze the socio-demographic aspects of nursing professionals, connecting between nurses, assistants and technicians, which has more than one million eight hundred thousand workers, constituting 50% Workforce (FT) which operates in the healthcare system. It is a cross-sectional study whose target population consists of all nurses, technicians and nursing assistants from Brazil, which have active registration with the Federal Nursing Council (Cofen). The study has a national presence, being able to generate results for each state. The data point to some important trends; process of masculinization, with the increasing growth of men; rejuvenation FT, imbalance between supply and demand; concentration in large urban centers, especially in the Southeast. The survey data may subsidize the construction of public policies adequate to the reality of the huge number of workers, essential for the National Health System.


El artículo tiene como objetivo analizar los aspectos socio-demográficas de los profesionales de enfermería, de conexión entre enfermeras, asistentes y técnicos, que tiene más de un millón ochocientos mil trabajadores, que constituyen el 50% Fuerza de Trabajo (FT) que opera en el sistema de la salud. Las enfermeras, técnicos y auxiliares de enfermería de Brasil, que tienen el registro activo con el Consejo Federal de Enfermería (Cofen). El estudio tiene una presencia nacional, siendo capaz de generar resultados para cada estado. Tendencias importantes, como el crecimiento de la participación de las enfermeras en el personal; Franco proceso de masculinización, con el aumento del crecimiento de los hombres; rejuvenecimiento FT, el desequilibrio entre la oferta y la demanda; concentración en los grandes centros urbanos, sobre todo en el sureste. Los datos de la encuesta pueden subsidiar la construcción de políticas públicas adecuadas a la realidad de la gran cantidad de trabajadores, esenciales para el Sistema de Salud.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Demografia , Enfermagem , Enfermeiras e Enfermeiros , Equipe de Enfermagem , Pesquisa em Enfermagem
7.
Enferm. foco (Brasília) ; 7(ESP): 15-34, 2016. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1028269

RESUMO

O artigo tem como objetivo analisar os aspectos gerais da formação profissional dos trabalhadores da equipe de enfermagem. É um estudo transversal cuja população alvo é constituída por todos os enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem do Brasil, que possuem registro ativo no Conselho Federal de Enfermagem (COFEN). Os resultados enfatizam que a formação é realizada principalmente no setor privado e no Sudeste. Mostram ainda, que a maioria concluiu a graduação há menos de 10 anos e em horário parcial. Constata que 1/3 fez o curso de técnico e/ou auxiliar em enfermagem e em sua maioria exerceu a função. Já a formação dos técnicos e auxiliares é realizada pela iniciativa privada e em cursos noturnos, mais de 1/3 tem ou está realizando graduação e, desses 11,5% já concluíram e a maior parte demonstra interesse em continuar os estudos na própria área. As políticas públicas existentes não têm sido efetivas no sentido de desconcentrar o aparelho formador e o financiamento, bem como reverter o quadro de desequilíbrio entre oferta e demanda de profissionais. Os dados da pesquisa permitem subsidiar a construção de políticas públicas adequadas com a realidade desse imenso contingente de trabalhadores, fundamentais para o Sistema Único de Saúde.


The article aims to analyze the general aspects of their training. It is a cross-sectional study whose target population consists of all nurses, technicians and nursing assistants from Brazil, which have active registration with the Federal Nursing Council (COFEN).The results emphasize that the training is carried out mainly in the private sector and in the Southeast. Still show that the majority concluded graduation less than 10 years and part-time. It notes further that 1/3 made the technical course and / or auxiliary nursing and mostly served the function. Already the training of technicians and assistants are held by the private sector and evening courses. Realize the data that more than one third have or are conducting graduate and, of these 11.5% have completed and most shows interest in continuing their studies in their own area. Still show the existing public policies have not been effective in order to decentralize the trainer device and financing, as well as reverse the imbalance between supply and demand picture professionals. The survey data may subsidize the construction of public policies adequate to the reality of the huge number of workers, fundamental for the National Health Sistem.


El artículo tiene como objetivo analizar los aspectos generales de su formación. Se trata de un estudio transversal cuya población objetivo consta de todas las enfermeras, técnicos y auxiliares de enfermería de Brasil, que tienen el registro activo con el Consejo Federal de Enfermería (COFEN).Los resultados ponen de manifiesto que la formación se lleva a cabo principalmente en el sector privado y en el sureste. Aún muestran que la mayoría llegó a la conclusión de graduación inferior a 10 años y de tiempo parcial. Señala además que 1/3 hicieron el curso técnico y / o auxiliar de enfermería y en su mayoría se sirve la función.Ya la formación de los técnicos y auxiliares están en manos de los cursos del sector privado y de la tarde. Darse cuenta de los datos que más de un tercio han o están llevando a cabo de posgrado y, de éstos el 11,5% ha completado y la mayoría de los espectáculos de interés en continuar sus estudios en su propia área. Aún muestran las políticas públicas actuales no han sido eficaces, a fin de descentralizar el dispositivo de entrenador y la financiación, así como revertir el desequilibrio entre los profesionales de la oferta y la demanda de imagen. Los datos de la encuesta pueden subsidiar la construcción de políticas públicas adecuadas a la realidad de la gran cantidad de trabajadores, fundamental para el Sistema Único de Salud.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Demografia , Desenvolvimento de Pessoal , Enfermeiras e Enfermeiros , Equipe de Enfermagem , Pesquisa em Enfermagem
8.
Enferm. foco (Brasília) ; 7(ESP): 63-71, 2016. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1028270

RESUMO

O artigo analisa a situação das condições de trabalho em que a equipe de enfermagem atua, incluindo variáveis em relação às condições laborais e de relacionamento.É um estudo transversal cuja população alvo é constituída por todos os enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem do Brasil, que possuem registro ativo no Conselho Federal de Enfermagem (Cofen). O estudo tem representatividade nacional, sendo capaz de gerar resultados para cada unidade da federação. Os resultados reportam ao clima de confiança e respeito entre os colegas, porém, situação preocupante quanto ao relacionamento com a população usuária de seus serviços. Mostra também que mais de » da equipe veem seus chefes distantes, inacessíveis, quando necessitam de ajuda; elevado grau de insegurança e violência no ambiente de trabalho; poucos são assistidos,quando adoecem, pela própria instituição em que trabalham; além de desgaste profissional. Evidencia também a inexistência de infraestrutura de descanso no local de trabalho,independente do setor e, contabiliza acidentes de trabalho.A partir dos dados encontrados, é possível subsidiar a construção de políticas públicas adequadas com a realidade desse imenso contingente de trabalhadores, fundamentais para o SUS.


The article analyzes the state of working conditions in the nursing team operates, including variables with regard to labor and relationship conditions. It is a cross-sectional study whose target population consists of all nurses, technicians and nursing assistants from Brazil, which have active registration with the Federal Nursing Council (Cofen). The study has a national presence, being able to generate results for each state. The results relate to the climate of trust and respect among colleagues, a worrying situation as regards the relationship with the user population of its services. It also shows that more than a quarter of the staff see their distant, inaccessible bosses, when they need help; high degree of insecurity and violence in the workplace; few are assisted when they get sick, by the institution itself that work; They have professional wear. They also show the absence of resting infrastructure in the workplace, regardless of the sector and accounts for workplace accidents. From the data found, it is possible to subsidize the construction of public policies adequate to the reality of the huge number of workers, fundamental for the National Health System.


El artículo analiza el estado de las condiciones de trabajo en el equipo de enfermería opera, incluyendo variables con respecto a las condiciones laborales y de relación. Se trata de un estudio transversal cuya población objetivo consta de todas las enfermeras, técnicos y auxiliares de enfermería de Brasil, que tienen el registro activo con el Consejo Federal de Enfermería (Cofen). El estudio tiene una presencia nacional, siendo capaz de generar resultados para cada estado. Los resultados se relacionan con el clima de confianza y respeto entre colegas, una situación preocupante en cuanto a la relación con la población de usuarios de sus servicios. También muestra que más de una cuarta parte del personal de ver sus distantes, jefes inaccesibles, cuando necesitan ayuda; alto grado de inseguridad y violencia en el lugar de trabajo; pocos son asistidos cuando se enferman, por la propia entidad que el trabajo; Tienen desgaste profesional. También muestran la ausencia de infraestructura de descanso en el lugar de trabajo, independientemente del sector y representa la siniestralidad laboral. A partir de los datos que se encuentran, es posible subsidiar la construcción de políticas públicas adecuadas a la realidad de la gran cantidad de trabajadores, fundamental para el SUS.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Avaliação de Desempenho Profissional , Condições de Trabalho , Enfermagem , Enfermeiras e Enfermeiros , Equipe de Enfermagem
9.
Enferm. foco (Brasília) ; 6(1/4): 9-14, 2015. tab, graf
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem, Repositório RHS | ID: biblio-881039

RESUMO

O artigo tem como objetivo analisar os aspectos sócio demográficos dos profissionais de enfermagem, que congregam entre enfermeiros, auxiliares e técnicos, mais de um milhão e oitocentos mil trabalhadores, constituindo 50% da Força de Trabalho (FT) que atua no setor saúde. É um estudo transversal cuja população alvo é constituída por todos os enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem do Brasil, que possuem registro ativo no Conselho Federal de Enfermagem (Cofen). O estudo tem representatividade nacional, sendo capaz de gerar resultados para cada unidade da federação. Os dados apontam para algumas tendências importantes, tais como: crescimento da participação dos enfermeiros na equipe de trabalhadores; rejuvenescimento da FT, desequilíbrio entre oferta e demanda; concentração nos grandes centros urbanos, especialmente no Sudeste. Os dados da pesquisa permitem subsidiar a construção de políticas públicas adequadas com a realidade desse imenso contingente de trabalhadores, fundamentais para o Sistema Único de Saúde.(AU)


Analyze the socio-demographic aspects of nursing professionals, connecting between nurses, assistants and technicians, which has more than one million eight hundred thousand workers, constituting 50% Workforce (FT) which operates in the healthcare system. It is a cross-sectional study whose target population consists of all nurses, technicians and nursing assistants from Brazil, which have active registration with the Federal Nursing Council (Cofen). The study has a national presence, being able to generate results for each state. The data point to some important trends; process of masculinization, with the increasing growth of men; rejuvenation FT, imbalance between supply and demand; concentration in large urban centers, especially in the Southeast. The survey data may subsidize the construction of public policies adequate to the reality of the huge number of workers, essential for the National Health System. (AU)


El artículo tiene como objetivo analizar los aspectos socio-demográficas de los profesionales de enfermería, de conexión entre enfermeras, asistentes y técnicos, que tiene más de un millón ochocientos mil trabajadores, que constituyen el 50% Fuerza de Trabajo (FT) que opera en el sistema de la salud. Las enfermeras, técnicos y auxiliares de enfermería de Brasil, que tienen el registro activo con el Consejo Federal de Enfermería (Cofen). El estudio tiene una presencia nacional, siendo capaz de generar resultados para cada estado. Tendencias importantes, como el crecimiento de la participación de las enfermeras en el personal; Franco proceso de masculinización, con el aumento del crecimiento de los hombres; rejuvenecimiento FT, el desequilibrio entre la oferta y la demanda; concentración en los grandes centros urbanos, sobre todo en el sureste. Los datos de la encuesta pueden subsidiar la construcción de políticas públicas adecuadas a la realidad de la gran cantidad de trabajadores, esenciales para el Sistema de Salud. Descriptores: el perfil de la enfermería, perfil demográfico sociales, el personal de enfermería.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Enfermagem , Profissionais de Enfermagem , Equipe de Enfermagem , Sistema Único de Saúde , Sistema Único de Saúde/organização & administração , Brasil , Enfermagem , Política de Saúde , Profissionais de Enfermagem/estatística & dados numéricos , Equipe de Enfermagem/estatística & dados numéricos
10.
Enferm. foco (Brasília) ; 6(1/4): 63-71, 2015. tab, graf
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem, Repositório RHS | ID: biblio-881236

RESUMO

O artigo analisa a situação das condições de trabalho em que a equipe de enfermagem atua, incluindo variáveis em relação às condições laborais e de relacionamento.É um estudo transversal cuja população alvo é constituída por todos os enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem do Brasil, que possuem registro ativo no Conselho Federal de Enfermagem (Cofen). O estudo tem representatividade nacional, sendo capaz de gerar resultados para cada unidade da federação. Os resultados reportam ao clima de confiança e respeito entre os colegas, porém, situação preocupante quanto ao relacionamento com a população usuária de seus serviços. Mostra também que mais de » da equipe veem seus chefes distantes, inacessíveis, quando necessitam de ajuda; elevado grau de insegurança e violência no ambiente de trabalho; poucos são assistidos,quando adoecem, pela própria instituição em que trabalham; além de desgaste profissional. Evidencia também a inexistência de infraestrutura de descanso no local de trabalho,independente do setor e, contabiliza acidentes de trabalho.A partir dos dados encontrados, é possível subsidiar a construção de políticas públicas adequadas com a realidade desse imenso contingente de trabalhadores, fundamentais para o SUS. (AU)


The article analyzes the state of working conditions in the nursing team operates, including variables with regard to labor and relationship conditions. It is a cross-sectional study whose target population consists of all nurses, technicians and nursing assistants from Brazil, which have active registration with the Federal Nursing Council (Cofen). The study has a national presence, being able to generate results for each state. The results relate to the climate of trust and respect among colleagues, a worrying situation as regards the relationship with the user population of its services. It also shows that more than a quarter of the staff see their distant, inaccessible bosses, when they need help; high degree of insecurity and violence in the workplace; few are assisted when they get sick, by the institution itself that work; They have professional wear. They also show the absence of resting infrastructure in the workplace, regardless of the sector and accounts for workplace accidents. From the data found, it is possible to subsidize the construction of public policies adequate to the reality of the huge number of workers, fundamental for the National Health System. (AU)


El artículo analiza el estado de las condiciones de trabajo en el equipo de enfermería opera, incluyendo variables con respecto a las condiciones laborales y de relación. Se trata de un estudio transversal cuya población objetivo consta de todas las enfermeras, técnicos y auxiliares de enfermería de Brasil, que tienen el registro activo con el Consejo Federal de Enfermería (Cofen). El estudio tiene una presencia nacional, siendo capaz de generar resultados para cada estado. Los resultados se relacionan con el clima de confianza y respeto entre colegas, una situación preocupante en cuanto a la relación con la población de usuarios de sus servicios. También muestra que más de una cuarta parte del personal de ver sus distantes, jefes inaccesibles, cuando necesitan ayuda; alto grado de inseguridad y violencia en el lugar de trabajo; pocos son asistidos cuando se enferman, por la propia entidad que el trabajo; Tienen desgaste profesional. También muestran la ausencia de infraestructura de descanso en el lugar de trabajo, independientemente del sector y representa la siniestralidad laboral. A partir de los datos que se encuentran, es posible subsidiar la construcción de políticas públicas adecuadas a la realidad de la gran cantidad de trabajadores, fundamental para el SUS.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Condições de Trabalho , Enfermagem , Local de Trabalho , Brasil , Esgotamento Profissional , Enfermagem , Confiança , Violência no Trabalho/estatística & dados numéricos , Equipe de Enfermagem
15.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 45(spe): 1627-1631, dez. 2011.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem, Repositório RHS | ID: lil-611589

RESUMO

Este ensaio apresenta o produto de reflexões e análises a partir do exame de opções conceituais inerentes às metodologias de avaliação de desempenho (AD) de profissionais e sua possibilidade de aplicação na área da saúde. Estabelece uma discussão conceitual para a área, articulando e integrando conhecimentos de campos distintos - o da saúde e o da administração pública. Promove a intersecção entre a gestão do trabalho em saúde no setor público e as técnicas da administração de pessoal. Pretende gerar novas análises e estudos que possibilitem uma releitura das práticas administrativas para avaliação de desempenho utilizadas nas organizações, adaptá-las para atender às especificidades do setor saúde.


This essay presents the outcome of reflections and analyses from examining the conceptual options inherent to the methodologies of employee performance appraisal (PA) and its possible application in the health area. It sets a conceptual discussion of the area, associating and integrating knowledge from different fields - health and public administration. It promotes an intersection between public health work management and personnel management strategies. It has the purpose to generate new analyses and studies that would allow for a new approach of the management practices for performance appraisals used in companies, adapting them to meet the specificities of the health sector.


Este ensayo presenta el producto de reflexiones y análisis basado en el examen de las opciones conceptuales inherentes a las teorías de evaluación del desempeño (ED) de los profesionales y su posible aplicación en el área de salud. Establece una discusión conceptual para el área, articulando e integrando conocimientos de diversos campos - el de la salud y el de la administración pública. Promueve la intersección entre la gestión del trabajo en salud en el sector público y las técnicas de administración de personal. Pretende ser generador de nuevos análisis y estudios que permitan una relectura de las prácticas administrativas para evaluación de desempeño utilizadas en las organizaciones y adaptarlas para atender a las particularidades del sector de salud.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Gestão de Recursos Humanos , Avaliação de Desempenho Profissional , Recursos Humanos , Mão de Obra em Saúde , Políticas, Planejamento e Administração em Saúde/organização & administração , Administração Pública , Setor Público , Avaliação de Desempenho Profissional , Avaliação de Desempenho Profissional/organização & administração
16.
Rev Esc Enferm USP ; 45 Spec No: 1627-31, 2011 Dec.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-22282072

RESUMO

This essay presents the outcome of reflections and analyses from examining the conceptual options inherent to the methodologies of employee performance appraisal (PA) and its possible application in the health area. It sets a conceptual discussion of the area, associating and integrating knowledge from different fields - health and public administration. It promotes an intersection between public health work management and personnel management strategies. It has the purpose to generate new analyses and studies that would allow for a new approach of the management practices for performance appraisals used in companies, adapting them to meet the specificities of the health sector.


Assuntos
Avaliação de Desempenho Profissional , Gestão de Recursos Humanos , Humanos
17.
Rev. APS ; 13(3)jul.-set. 2010.
Artigo em Português | LILACS, Repositório RHS | ID: lil-571949

RESUMO

Neste artigo buscou-se obter uma visão geral da percepção dos usuários sobre o trabalho do agente comunitário desaúde nas comunidades em que atua, contemplando aspectos da sua inserção, assim como foi avaliada em que nívelas atividades dos agentes são percebidas e incorporadas na prática de saúde da população. Para tal, elaborou-se um questionário contendo questões abertas e fechadas que foi respondido por 330 usuários. De forma específica, evidencia que os usuários percebem que a assistência melhorou após a entrada do agente, sem negligenciar os aspectos e características que devam ser modificados e observados no perfil desse trabalhador e no próprio serviço de saúde.


In this article we assessed the perception of users of the family health program about the work implemented by the community health agent. The agents insertion, and the degree to which their actions are perceived by the population and incorporated into their health practices were also assessed. A questionnaire, composed of open and closed questions, was answered by 330 users. Care was seen tohave improved after the entry of the health agents, althoughsome features amenable to improvement and concerningthe agents profile and the health system were identified.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Agentes Comunitários de Saúde , Mão de Obra em Saúde/organização & administração , Estratégias de Saúde Nacionais , Serviços de Saúde Comunitária , Centros de Saúde , Promoção da Saúde , Saúde da Família
18.
Physis (Rio J.) ; 18(4): 685-704, 2008. tab
Artigo em Português | LILACS, Repositório RHS | ID: lil-519687

RESUMO

Este artigo discute os desafios contemporâneos que se apresentam no campo da gestão de recursos humanos em saúde no Brasil. Apresenta destaques da temática no continente americano, colocando em evidência o Brasil por suas características organizacionais nesse setor. Apresenta, ainda, os achados de uma pesquisa sobre a capacidade gestora de recursos humanos em Secretarias estaduais e municipais de Saúde de grandes centros urbanos e a capilaridade das políticas setorias de gestão do trabalho e da educação na saúde. A questão central diz respeito às mudanças ocorridas nessa área com a criação da Secretaria de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde. Observa-se uma variação dos resultados, com índices de adesão mais significativos para as ações prioritárias da regulação do trabalho em relação aos programas estratégicos da educação em saúde. Tal fato configura, por um lado, um quadro em que os órgãos de recursos humanos têm o potencial para se constituírem, de fato, em espaços efetivos de gestão do trabalho do sistema de saúde; por outro, a necessidade de fortalecimento das competências para as políticas de educação. A partir da análise desses resultados, são apontados limites, acúmulos e possibilidades que se apresentam para apoiar as esferas subnacionais no Brasil, além de modelos que possam ser apropriados por países vizinhos de continente e da comunidade de língua portuguesa.


This paper discusses the current challenges in health human resources management in Brazil. It presents highlights of the theme in America, especially Brazil, due to its organizational characteristics. It also presents the findings of a research on the managerial ability of human resources in municipal and state Health Secretaries in large urban centers and the capillarity of sectorial work relations and education in health. The central issue concerns changes in this area, after the creation of the Secretary for Work and Education Management in Health. The results vary, with more significant adhesion indexes for prior actions in work regulation in health education strategic programs. This facts means, on one hand, that human resources are able to really become real spaces of work management in the health system; on the other hand, the need to strengthen competences for education policies. Analyzing these results, we point out limits, backlogs and possibilities to support the sub-national spheres in Brazil, besides models that can be adopted by Portuguese-speaking and Latin-American countries.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Educação em Saúde , Gestão em Saúde , Mão de Obra em Saúde/organização & administração , Órgãos Governamentais , Gestão de Recursos Humanos , Sistemas de Saúde , Administração Pública , Política de Saúde , Sistema Único de Saúde
19.
Rio de Janeiro; s.n; 2006. 171 p. graf, tab, ilus.
Tese em Português | LILACS, Repositório RHS | ID: biblio-878568

RESUMO

INTRODUÇÃO: Esta tese trata do perfil sócio-demográfico, político e de atividades dos agentes comunitários de saúde que atuam há mais de um ano em unidades de saúde da família, integrantes da rede assistencial de sete municípios da região de saúde de Juiz de Fora - MG. OBJETIVO: Considera a percepção do próprio agente comunitário de saúde sobre o seu trabalho, a concepção das equipes e coordenadores do programa e a visão dos usuários. MATERIAL E MÉTODO: Apoia-se, na interação entre as metodologias qualitativa e quantitativa, atuando de forma complementar. RESULTADOS: sendo seus principais resultados: (i) o perfil social dos agentes no que concerne aos aspectos de residência, segue os requisitos propostos pelo programa nacional. Quanto aos aspectos de liderança e ajuda solidária, somente uma pequena parcela já desenvolvia ações sociais e de solidariedade com sua comunidade, não sendo referência para a mesma, em termos de saúde, (ii) o perfil de atividades se prende às diretrizes e normas ditadas pela política de saúde vigente, emanadas das Secretarias Municipais de Saúde, reforçando a dimensão técnica universalista do seu trabalho.


introduction: This thesis is aimed at establishing a socio-demographic, political and activities profile of Community Health Agents with one or more years of activity in the Family Health Units of the social assistance network in seven municipalities in the region of Juiz de Fora, state of Minas Gerais, Brazil. OBJECTIVE: It considers the perception and views of Community Health Agents on their own work individually and as a team, their program coordinators and patients. MATERIAL AND METHODS: It is supported by arguments in both qualitative and quantitative methodologies. RESULTS: considered in a complementary shape, and its main results are: (i) the social profile of the Agents, in regard to residence aspects, follows the requirements considered for the national program. In regard to aspects of leadership and humanitarian aid, only a small amount had previously developed social or humanitarian actions within their communities, and are not considered a reference by the people in health matters, (ii) the profile of activities is directly attached to the guidelines and norms established by the current health policy emanated from each of the municipalities' Departments of Health, strengthening the universalist technical dimension in their work.


Assuntos
Humanos , Agentes Comunitários de Saúde/normas , Agentes Comunitários de Saúde/provisão & distribuição , Estratégias de Saúde Nacionais , Sistema Único de Saúde/normas , Trabalho
20.
Rio de Janeiro; s.n; 2006. 172 p. tab, graf.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-443495

RESUMO

Esta tese trata do perfil sócio-demográfico, político e de atividades dos agentes comunitários de saúde que atuam há mais de um ano em unidades de saúde da família, integrantes da rede assistencial de sete municípios da região de saúde de Juiz de Fora-MG. Considera a percepção do próprio agente comunitário de saúde sobre o seu trabalho, a concepção das equipes e coordenadores do programa e a visão dos usuários. Apóia-se, na interação entre as metodologias qualitativa e quantitativa, atuando de forma complementar, sendo seus principais resultados: (i) o perfil social dos agentes no que concerne aos aspectos de residência, segue os requisitos propostos pelo programa nacional. Quanto aos aspectos de liderança e ajuda solidária, somente uma pequena parcela já desenvolvia ações sociais e de solidariedade com sua comunidade, não sendo referência para a mesma, em termos de saúde, (ii) o perfil de atividades se prende às diretrizes e normas ditadas pela política de saúde vigente, emanadas das Secretarias Municipais de Saúde, reforçando a dimensão técnica universalista do seu trabalho


Assuntos
Saúde da Família , Pessoal de Saúde , Política de Saúde , Saúde Pública
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...