Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 20
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. bras. enferm ; 72(5): 1203-1210, Sep.-Oct. 2019. tab
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-1042139

RESUMO

ABSTRACT Objective: To analyze the playful educational interventions in the knowledge of schoolchildren about intestinal parasitosis. Method: This is a quasi-experimental, non-randomized study, based on pre- and post-intervention, conducted in a public elementary school in a peripheric neighborhood in the city of Ribeirão Preto (SP). The study population consisted of 101 students enrolled in the 5th and 6th grade. For comparison, we used the generalized version of the McNemar chi-squared test. Results: Of the 101 schoolchildren who participated in the study, 48 (47.5%) were female and 53 (52.5%) were male, aged from 9 to 14 years. Students' knowledge on intestinal parasitic infections has increased significantly after the playful educational intervention. Conclusion: Playful educational interventions are an excellent didactical resource in the teaching-learning process of schoolchildren.


RESUMEN Objetivo: Analizar las intervenciones educativas lúdicas en el conocimiento de escolares sobre enteroparasitosis. Método: Se trata de estudio casi-experimental, no aleatorizado, basado en la pre y pos-intervención, que ha sido ocurrido en escuela pública de enseñanza primaria de un barrio de la periferia en la ciudad de Ribeirão Preto (SP). La población del estudio ha sido conformada por 101 alumnos que cursaban el 5º y el 6º año. Para realizar la comparación ha sido utilizada la versión generalizada de la prueba chi-cuadrada de McNemar. Resultados: De los 101 escolares que han participado del estudio, 48 (el 47,5%) eran del sexo femenino y 53 (el 52,5%) del sexo masculino, con edad entre 9 a 14 años. El conocimiento de los alumnos sobre enteroparasitosis después de la intervención educativa lúdica se ha incrementado significativamente. Conclusión: Las intervenciones educativas lúdicas son un excelente recurso didáctico en el contexto del proceso enseñanza-aprendizaje de escolares.


RESUMO Objetivo: Analisar as intervenções educativas lúdicas no conhecimento de escolares sobre enteroparasitoses. Método: Trata-se de estudo quase-experimental, não randomizado, baseado na pré e pós-intervenção, ocorrido em escola pública de ensino fundamental de um bairro da periferia na cidade de Ribeirão Preto (SP). A população do estudo foi composta por 101 alunos que cursavam o 5º e o 6º ano. Para efetuar a comparação foi utilizada a versão generalizada do teste qui-quadrado de McNemar. Resultados: Dos 101 escolares que participaram do estudo, 48 (47,5%) eram do sexo feminino e 53 (52,5%) do sexo masculino, com idade entre 9 a 14 anos. O conhecimento dos alunos sobre enteroparasitoses após a intervenção educativa lúdica aumentou significativamente. Conclusão: As intervenções educativas lúdicas são um excelente recurso didático no contexto do processo ensino-aprendizagem de escolares.

2.
Rev Bras Enferm ; 72(5): 1203-1210, 2019 Sep 16.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-31531642

RESUMO

OBJECTIVE: To analyze the playful educational interventions in the knowledge of schoolchildren about intestinal parasitosis. METHOD: This is a quasi-experimental, non-randomized study, based on pre- and post-intervention, conducted in a public elementary school in a peripheric neighborhood in the city of Ribeirão Preto (SP). The study population consisted of 101 students enrolled in the 5th and 6th grade. For comparison, we used the generalized version of the McNemar chi-squared test. RESULTS: Of the 101 schoolchildren who participated in the study, 48 (47.5%) were female and 53 (52.5%) were male, aged from 9 to 14 years. Students' knowledge on intestinal parasitic infections has increased significantly after the playful educational intervention. CONCLUSION: Playful educational interventions are an excellent didactical resource in the teaching-learning process of schoolchildren.


Assuntos
Educação em Saúde/métodos , Enteropatias/psicologia , Ludoterapia/métodos , Adolescente , Amebíase/psicologia , Criança , Feminino , Giardíase/psicologia , Educação em Saúde/estatística & dados numéricos , Humanos , Enteropatias/terapia , Masculino , Ludoterapia/instrumentação , Ludoterapia/estatística & dados numéricos , Instituições Acadêmicas/organização & administração , Instituições Acadêmicas/estatística & dados numéricos , Inquéritos e Questionários
3.
Rev Bras Enferm ; 71 Suppl 2: 884-892, 2018.
Artigo em Português, Inglês | MEDLINE | ID: mdl-29791642

RESUMO

OBJECTIVE: To identify evidences in scientific Brazilian literature on nursing care to aged people with HIV. METHOD: Integrative review of literature from databases: Latin American and Caribbean Literature on Health Sciences (LILACS), Scientific Eletronic Library Online (SciELO), Cochrane and the Nursing Database (BDENF). The applied inclusion criteria were publications that were fully available from 2001 to 2015 and answered to the guiding question of this study. RESULTS: We included 13 studies; and the categories that allowed a better presentation of the scientific evidence on nursing care to aged people with HIV carrier were: Epidemiological profile, perceptions and experiences of aged people with HIV and nursing care to aged people with HIV. CONCLUSION: The studies address nursing care from a clinic that follows NANDA diagnoses of strong individualizing approach and low consideration of social aspects.


Assuntos
Infecções por HIV/enfermagem , Cuidados de Enfermagem/métodos , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Brasil , Feminino , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Cuidados de Enfermagem/tendências
4.
rev. cuid. (Bucaramanga. 2010) ; 9(1): 2030-2044, jan.-abr. 2018. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-904795

RESUMO

Resumo Introdução As enteroparasitoses vêm ocasionando sérios problemas de saúde pública no mundo, sobretudo nos países em desenvolvimento. Mesmo com a população em geral relatando que tem conhecimento sobre as parasitoses intestinais, estudos apontam que não sabem identificar as verminoses. Objetivo Elaborar, implementar e avaliar um programa educativo sobre parasitoses intestinais em uma escola pública de Ribeirão Preto - SP. Materiais e Métodos Estudo quase experimental, não randomizado realizado com 56 alunos do 1º a 4º ano do ensino fundamental. Para avaliar o conhecimento dos alunos antes e após intervenção educativa, foi aplicado um questionário semiestruturado (Pré e Pós - teste). Resultados Houve mudanças nas respostas dos alunos em relação hábitos de higiene, especialmente nas questões sobre como os vermes se alimentam (p=0,008); o que não fazer para não se contaminar com vermes (p=0,05); qual o formato dos vermes quando é ingerido (p=0,001); quais órgãos os vermes atravessam (p=0,001). Assim, ficou evidente que este tipo de atividade educativa foi eficiente para auxiliar na aprendizagem de alunos do ensino fundamental. Discussão Após a atividade educativa sem notou um crescimento nos acertos para a maioria das questões, contudo ainda houve dificuldades de compreensão sobre os sintomas, o ciclo e quais organismos são vermes. Conclusões Espera-se que este trabalho incentive profissionais da saúde e da educação a incluir práticas educativas sobre saúde no contexto escolar.


Abstract Introduction Enteroparasitosis has been causing serious problems of public health globally, especially in developing countries. Even with the general population reportedly having knowledge about intestinal parasites, studies indicate that they do not know how to identify the verminoses. Objective To elaborate, implement, and evaluate an educational program on intestinal parasites in a public school in Ribeirão Preto - SP. Materials and Methods Quase-experimental, non-randomized study conducted with 56 students from the first to the fourth grades of elementary education. In order to evaluate the students' knowledge before and after the educational intervention, a semi-structured questionnaire was applied (pre- and post-test). Results Changes were evidenced in the students' responses to hygiene habits, especially in questions about how worms feed (p = 0.008); or what not to do to avoid contamination with worms (p = 0.05); what is the form of the worms when ingested (p = 0.001); which organs the worms enter (p = 0.001). Thus, it was evident that this type of educational activity was efficient to help in the learning by elementary school students. Discussion After the educational activity, growth was noted in the correct answers for most of the questions, however, difficulties persisted in understanding about the symptoms, the cycle, and which organisms are worms. Conclusions It is hoped that this work will encourage health and education professionals to include health educational practices in the school context.


Resumen Introducción Las enteroparasitosis ocasionan serios problemas de salud pública en el mundo, sobre todo en los países en desarrollo. Incluso con la población en general relatando que tienen conocimiento sobre las parasitosis intestinales, estudios apuntan que no saben identificar las helmintiasis. Objetivo Elaborar, implementar y evaluar un programa educativo sobre parasitosis intestinales en una escuela pública de Ribeirão Preto - SP. Materiales y Métodos Estudio cuasi-experimental, no aleatorizado realizado con 56 alumnos de 1º al 4º año de enseñanza primaria. Para evaluar el conocimiento de los alumnos antes y después de la intervención educativa, se aplicó un cuestionario semiestructurado (Pre y Post - prueba). Resultados Hubo cambios en las respuestas de los alumnos en relación a hábitos de higiene, especialmente en las preguntas sobre cómo los helmintos se alimentan (p = 0,008); que no hacer para no contaminarse con helmintos (p = 0.05); cual es la forma de los helmintos cuando son ingeridos (p = 0.001); cuales órganos los helmintos atraviesan (p = 0.001). Así, quedó evidente que este tipo de actividad educativa fue eficiente para auxiliar en el aprendizaje de alumnos de la enseñanza primaria. Discusión Después de la actividad educativa se notó un crecimiento en los aciertos para la mayoría de las preguntas, sin embargo todavía hubo dificultades de comprensión sobre los síntomas, el ciclo y cuáles organismos son helmintos. Conclusiones Se espera que este trabajo incentive a profesionales de la salud y la educación a incluir prácticas educativas sobre salud en el contexto escolar.

5.
Rev Bras Enferm ; 71(suppl 1): 568-576, 2018.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-29562013

RESUMO

OBJECTIVE: To learn the epidemiological characteristics of HIV infection in pregnant women. METHOD: Descriptive study with quantitative approach. The study population was composed of pregnant women with HIV/AIDS residing in the state of Alagoas. Data were organized into variables and analyzed according to the measures of dispersion parameter relevant to the arithmetic mean and standard deviation (X ± S). RESULTS: Between 2007 and 2015, 773 cases of HIV/AIDS were recorded in pregnant women in Alagoas. The studied variables identified that most of these pregnant women were young, had low levels of education and faced socioeconomic vulnerability. CONCLUSION: It is necessary to include actions aimed at increasing the attention paid to women, once the assurance of full care and early diagnosis of HIV are important strategies to promote adequate treatment adherence and reduce the vertical transmission.


Assuntos
Infecções por HIV/epidemiologia , Gestantes , Adulto , Brasil/epidemiologia , Escolaridade , Feminino , Infecções por HIV/transmissão , Humanos , Gravidez , Complicações Infecciosas na Gravidez/epidemiologia , Fatores de Risco , Fatores Socioeconômicos
6.
Artigo em Francês | BDENF - Enfermagem | ID: bde-34053

RESUMO

Objetivo: avaliar a coprevalência da hanseníase em contatos com idade compreendida entre 5 e 15 anos. Método:estudo descritivo, com abordagem quantitativa, realizado no período de novembro de 2014 a julho de 2015. A populaçãodo estudo foi composta por contatos intradomiciliares e peridomiciliares de pessoas atingidas pela hanseníase,que estivessem na faixa etária de 5 a 15 anos. A amostra estudada foi constituída de 73 contatos. Resultados: do totalde avaliados, 30 (41,0%) foram intradomiciliares e 43 (59,0%), peridomiciliares. Entre os contatos, 27 (37,0%) foramconsiderados sintomáticos dermatológicos; destes, 17 (23,3%) suspeitos para hanseníase por apresentarem de umaa oito lesões, sendo a maioria mancha hipocrômica (82,3%). Conclusão: entre os contatos examinados neste estudo,com idades compreendidas entre 5 e 15 anos, a coprevalência da hanseníase não foi diagnosticada, mas o númerode contatos classificados como suspeitos foi elevado, o que se torna preocupante do ponto de vista epidemiológico.(AU)


Objective: to evaluate the co-prevalence of leprosy in contacts between the ages of 5 and 15 years. Method: this is adescriptive study, with a quantitative approach, carried out from November 2014 to July 2015. The study populationwas composed of intradomiciliary and peridomiciliary contacts of people affected by leprosy who were in the age range of 5 to 15 years. The sample consisted of 73 contacts. Results: of the total of evaluated, 30 (41.0%) wereintradomiciliary and 43 (59.0%), peridomiciliary. Among the contacts, 27 (37.0%) were considered dermatologicalsymptomatic; Of these, 17 (23.3%) suspected leprosy patients had one to eight lesions, most of them hypochromic spots(82,3%). Conclusion: among the contacts examined in this study, aged between 5 and 15 years, the co-prevalence ofleprosy was not diagnosed, but the number of contacts classified as suspects was high, which is worrisome from theepidemiological point of view. (AU)


Objetivo: evaluar la coprevalencia de la lepra en contactos con edad comprendida entre 5 y 15 años. Método: estudiodescriptivo, con abordaje cuantitativo, de noviembre de 2014 a julio de 2015. Población del estudio compuestapor contactos intradomiciliares y peridomiciliares de personas afectadas por la lepra, que estuvieran en el grupode edad de 5 a 15 años. Muestra estudiada de 73 contactos. Resultados: del total de evaluados, 30 (41,0%) fueronintradomiciliares y 43 (59,0%), peridomiciliares. Entre los contactos, 27 (37,0%) fueron considerados sintomáticosdermatológicos; de estos, 17 (23,3%) sospechosos de lepra por presentar de una a ocho lesiones, siendo la mayoríamancha hipocrómica (82,3%). Conclusión: entre los contactos examinados en este estudio, con edades entre 5 y 15años, la coprevalencia de la lepra no fue diagnosticada, pero el número de contactos clasificados como sospechososfue elevado, lo que se vuelve preocupante desde el punto de vista epidemiológico.(AU)


Assuntos
Humanos , Pré-Escolar , Criança , Adolescente , Hanseníase , Enfermagem , Busca de Comunicante , Anamnese , Exame Físico
7.
Rev. bras. enferm ; 71(supl.1): 568-576, 2018. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-898490

RESUMO

ABSTRACT Objective: To learn the epidemiological characteristics of HIV infection in pregnant women. Method: Descriptive study with quantitative approach. The study population was composed of pregnant women with HIV/AIDS residing in the state of Alagoas. Data were organized into variables and analyzed according to the measures of dispersion parameter relevant to the arithmetic mean and standard deviation (X ± S). Results: Between 2007 and 2015, 773 cases of HIV/AIDS were recorded in pregnant women in Alagoas. The studied variables identified that most of these pregnant women were young, had low levels of education and faced socioeconomic vulnerability. Conclusion: It is necessary to include actions aimed at increasing the attention paid to women, once the assurance of full care and early diagnosis of HIV are important strategies to promote adequate treatment adherence and reduce the vertical transmission.


RESUMEN Objetivo: Conocer las características epidemiológicas de la infección por el VIH en mujeres embarazadas. Método: Estudio descriptivo con el abordaje cuantitativo. La población estudiada fue compuesta por mujeres embarazadas con VIH/sida residentes en el estado de Alagoas. Los datos fueron organizados en variables y analizados según el parámetro de medidas de dispersión pertinentes a la media aritmética y al desvío estándar (X ± S). Resultados: En el período de 2007 a 2015 fueron registrados 773 casos de VIH/sida en mujeres embarazadas en Alagoas. Las variables estudiadas identificaron que la gran parte de esas mujeres embarazadas engloba a mujeres jóvenes, con bajos niveles de instrucción y situación socioeconómica de vulnerabilidad. Conclusión: Para ello, se hace necesaria la inclusión de acciones direccionadas a ampliación de la atención a las mujeres, en que la garantía de atención integral y el diagnóstico precoz del VIH constituyen estrategias importantes para promocionar la adecuada aceptación al tratamiento y la reducción de la transmisión vertical.


RESUMO Objetivo: Conhecer as características epidemiológicas da infecção pelo HIV em gestantes. Método: Estudo descritivo com abordagem quantitativa. A população estudada foi composta por gestantes com HIV/aids residentes no estado de Alagoas. Os dados foram organizados em variáveis e analisados segundo o parâmetro de medidas de dispersão pertinentes à média aritmética e ao desvio padrão (X ± S). Resultados: No período de 2007 a 2015 foram registrados 773 casos de HIV/aids em gestantes em Alagoas. As variáveis estudadas identificaram que a maioria dessas gestantes engloba mulheres jovens, com baixos níveis de instrução e situação socioeconômica de vulnerabilidade. Conclusão: Para tanto, faz-se necessário a inclusão de ações direcionadas a ampliação da atenção às mulheres, em que a garantia de atendimento integral e diagnóstico precoce do HIV constituem estratégias importantes para promover adequada adesão ao tratamento e a redução da transmissão vertical.

8.
Rev. bras. enferm ; 71(supl.1): 568-576, 2018. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-898526

RESUMO

ABSTRACT Objective: To learn the epidemiological characteristics of HIV infection in pregnant women. Method: Descriptive study with quantitative approach. The study population was composed of pregnant women with HIV/AIDS residing in the state of Alagoas. Data were organized into variables and analyzed according to the measures of dispersion parameter relevant to the arithmetic mean and standard deviation (X ± S). Results: Between 2007 and 2015, 773 cases of HIV/AIDS were recorded in pregnant women in Alagoas. The studied variables identified that most of these pregnant women were young, had low levels of education and faced socioeconomic vulnerability. Conclusion: It is necessary to include actions aimed at increasing the attention paid to women, once the assurance of full care and early diagnosis of HIV are important strategies to promote adequate treatment adherence and reduce the vertical transmission.


RESUMEN Objetivo: Conocer las características epidemiológicas de la infección por el VIH en mujeres embarazadas. Método: Estudio descriptivo con el abordaje cuantitativo. La población estudiada fue compuesta por mujeres embarazadas con VIH/sida residentes en el estado de Alagoas. Los datos fueron organizados en variables y analizados según el parámetro de medidas de dispersión pertinentes a la media aritmética y al desvío estándar (X ± S). Resultados: En el período de 2007 a 2015 fueron registrados 773 casos de VIH/sida en mujeres embarazadas en Alagoas. Las variables estudiadas identificaron que la gran parte de esas mujeres embarazadas engloba a mujeres jóvenes, con bajos niveles de instrucción y situación socioeconómica de vulnerabilidad. Conclusión: Para ello, se hace necesaria la inclusión de acciones direccionadas a ampliación de la atención a las mujeres, en que la garantía de atención integral y el diagnóstico precoz del VIH constituyen estrategias importantes para promocionar la adecuada aceptación al tratamiento y la reducción de la transmisión vertical.


RESUMO Objetivo: Conhecer as características epidemiológicas da infecção pelo HIV em gestantes. Método: Estudo descritivo com abordagem quantitativa. A população estudada foi composta por gestantes com HIV/aids residentes no estado de Alagoas. Os dados foram organizados em variáveis e analisados segundo o parâmetro de medidas de dispersão pertinentes à média aritmética e ao desvio padrão (X ± S). Resultados: No período de 2007 a 2015 foram registrados 773 casos de HIV/aids em gestantes em Alagoas. As variáveis estudadas identificaram que a maioria dessas gestantes engloba mulheres jovens, com baixos níveis de instrução e situação socioeconômica de vulnerabilidade. Conclusão: Para tanto, faz-se necessário a inclusão de ações direcionadas a ampliação da atenção às mulheres, em que a garantia de atendimento integral e diagnóstico precoce do HIV constituem estratégias importantes para promover adequada adesão ao tratamento e a redução da transmissão vertical.

9.
Rev. bras. enferm ; 71(supl.2): 884-892, 2018. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-898548

RESUMO

ABSTRACT Objective: To identify evidences in scientific Brazilian literature on nursing care to aged people with HIV. Method: Integrative review of literature from databases: Latin American and Caribbean Literature on Health Sciences (LILACS), Scientific Eletronic Library Online (SciELO), Cochrane and the Nursing Database (BDENF). The applied inclusion criteria were publications that were fully available from 2001 to 2015 and answered to the guiding question of this study. Results: We included 13 studies; and the categories that allowed a better presentation of the scientific evidence on nursing care to aged people with HIV carrier were: Epidemiological profile, perceptions and experiences of aged people with HIV and nursing care to aged people with HIV. Conclusion: The studies address nursing care from a clinic that follows NANDA diagnoses of strong individualizing approach and low consideration of social aspects.


RESUMEN Objetivo: Identificar en la literatura brasileña las evidencias científicas sobre la asistencia de enfermería al anciano portador del VIH. Método: Revisión integrativa de la literatura, realizada en las bases de datos: Literatura Latinoamericana y del Caribe en Ciencias de la Salud (LILACS), Scientific Eletronic Library Online (SciELO), Cochrane y la Base de Datos en enfermería (BDENF). Los criterios de inclusión aplicados fueron las publicaciones que estuvieron disponibles en la versión completa, en el período de 2001 a 2015, y que respondiera la cuestión orientadora del estudio. Resultados: Fueron incluidos 13 estudios; y las categorías que permitieron una mejor presentación de las evidencias científicas sobre la asistencia de enfermería al anciano portador del VIH, fueron: El Perfil epidemiológico, las percepciones y las vivencias de los ancianos portadores de VIH y la Asistencia de enfermería delante el anciano seropositivo. Conclusión: Los estudios abordan la asistencia de enfermería todavía a través de una clínica basada en los diagnósticos de NANDA con fuerte abordaje individualizante y baja consideración de los aspectos sociales.


RESUMO Objetivo: Identificar na literatura brasileira as evidências científicas sobre a assistência de enfermagem ao idoso portador do HIV. Método: Revisão integrativa da literatura, realizada nas bases de dados: Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS), Scientific Eletronic Library Online (SciELO), Cochrane e a Base de Dados em Enfermagem (BDENF). Os critérios de inclusão aplicados foram publicações que estivessem disponíveis na íntegra, no período de 2001 a 2015, e que respondesse a questão norteadora do estudo. Resultados: Foram incluídos 13 estudos; e as categorias que permitiram uma melhor apresentação das evidências científicas sobre a assistência de enfermagem ao idoso portador do HIV, foram: Perfil epidemiológico, percepções e vivências dos idosos portadores de HIV e Assistência de enfermagem frente ao idoso soropositivo. Conclusão: Os estudos abordam a assistência de enfermagem ainda através de uma clínica baseada nos diagnósticos da NANDA com forte abordagem individualizante e baixa consideração dos aspectos sociais.

10.
Rev. bras. enferm ; 71(supl.2): 884-892, 2018. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-898575

RESUMO

ABSTRACT Objective: To identify evidences in scientific Brazilian literature on nursing care to aged people with HIV. Method: Integrative review of literature from databases: Latin American and Caribbean Literature on Health Sciences (LILACS), Scientific Eletronic Library Online (SciELO), Cochrane and the Nursing Database (BDENF). The applied inclusion criteria were publications that were fully available from 2001 to 2015 and answered to the guiding question of this study. Results: We included 13 studies; and the categories that allowed a better presentation of the scientific evidence on nursing care to aged people with HIV carrier were: Epidemiological profile, perceptions and experiences of aged people with HIV and nursing care to aged people with HIV. Conclusion: The studies address nursing care from a clinic that follows NANDA diagnoses of strong individualizing approach and low consideration of social aspects.


RESUMEN Objetivo: Identificar en la literatura brasileña las evidencias científicas sobre la asistencia de enfermería al anciano portador del VIH. Método: Revisión integrativa de la literatura, realizada en las bases de datos: Literatura Latinoamericana y del Caribe en Ciencias de la Salud (LILACS), Scientific Eletronic Library Online (SciELO), Cochrane y la Base de Datos en enfermería (BDENF). Los criterios de inclusión aplicados fueron las publicaciones que estuvieron disponibles en la versión completa, en el período de 2001 a 2015, y que respondiera la cuestión orientadora del estudio. Resultados: Fueron incluidos 13 estudios; y las categorías que permitieron una mejor presentación de las evidencias científicas sobre la asistencia de enfermería al anciano portador del VIH, fueron: El Perfil epidemiológico, las percepciones y las vivencias de los ancianos portadores de VIH y la Asistencia de enfermería delante el anciano seropositivo. Conclusión: Los estudios abordan la asistencia de enfermería todavía a través de una clínica basada en los diagnósticos de NANDA con fuerte abordaje individualizante y baja consideración de los aspectos sociales.


RESUMO Objetivo: Identificar na literatura brasileira as evidências científicas sobre a assistência de enfermagem ao idoso portador do HIV. Método: Revisão integrativa da literatura, realizada nas bases de dados: Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS), Scientific Eletronic Library Online (SciELO), Cochrane e a Base de Dados em Enfermagem (BDENF). Os critérios de inclusão aplicados foram publicações que estivessem disponíveis na íntegra, no período de 2001 a 2015, e que respondesse a questão norteadora do estudo. Resultados: Foram incluídos 13 estudos; e as categorias que permitiram uma melhor apresentação das evidências científicas sobre a assistência de enfermagem ao idoso portador do HIV, foram: Perfil epidemiológico, percepções e vivências dos idosos portadores de HIV e Assistência de enfermagem frente ao idoso soropositivo. Conclusão: Os estudos abordam a assistência de enfermagem ainda através de uma clínica baseada nos diagnósticos da NANDA com forte abordagem individualizante e baixa consideração dos aspectos sociais.

12.
Rev. baiana enferm ; 32: e26100, 2018. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-990526

RESUMO

Objetivo avaliar a coprevalência da hanseníase em contatos com idade compreendida entre 5 e 15 anos. Método estudo descritivo, com abordagem quantitativa, realizado no período de novembro de 2014 a julho de 2015. A população do estudo foi composta por contatos intradomiciliares e peridomiciliares de pessoas atingidas pela hanseníase, que estivessem na faixa etária de 5 a 15 anos. A amostra estudada foi constituída de 73 contatos. Resultados do total de avaliados, 30 (41,0%) foram intradomiciliares e 43 (59,0%), peridomiciliares. Entre os contatos, 27 (37,0%) foram considerados sintomáticos dermatológicos; destes, 17 (23,3%) suspeitos para hanseníase por apresentarem de uma a oito lesões, sendo a maioria mancha hipocrômica (82,3%). Conclusão entre os contatos examinados neste estudo, com idades compreendidas entre 5 e 15 anos, a coprevalência da hanseníase não foi diagnosticada, mas o número de contatos classificados como suspeitos foi elevado, o que se torna preocupante do ponto de vista epidemiológico.


Objetivo evaluar la coprevalencia de la lepra en contactos con edad comprendida entre 5 y 15 años. Método estudio descriptivo, con abordaje cuantitativo, de noviembre de 2014 a julio de 2015. Población del estudio compuesta por contactos intradomiciliares y peridomiciliares de personas afectadas por la lepra, que estuvieran en el grupo de edad de 5 a 15 años. Muestra estudiada de 73 contactos. Resultados del total de evaluados, 30 (41,0%) fueron intradomiciliares y 43 (59,0%), peridomiciliares. Entre los contactos, 27 (37,0%) fueron considerados sintomáticos dermatológicos; de estos, 17 (23,3%) sospechosos de lepra por presentar de una a ocho lesiones, siendo la mayoría mancha hipocrómica (82,3%). Conclusión entre los contactos examinados en este estudio, con edades entre 5 y 15 años, la coprevalencia de la lepra no fue diagnosticada, pero el número de contactos clasificados como sospechosos fue elevado, lo que se vuelve preocupante desde el punto de vista epidemiológico.


Objective to evaluate the co-prevalence of leprosy in contacts between the ages of 5 and 15 years. Method this is a descriptive study, with a quantitative approach, carried out from November 2014 to July 2015. The study population was composed of intradomiciliary and peridomiciliary contacts of people affected by leprosy who were in the age range of 5 to 15 years. The sample consisted of 73 contacts. Results of the total of evaluated, 30 (41.0%) were intradomiciliary and 43 (59.0%), peridomiciliary. Among the contacts, 27 (37.0%) were considered dermatological symptomatic; Of these, 17 (23.3%) suspected leprosy patients had one to eight lesions, most of them hypochromic spots (82,3%). Conclusion among the contacts examined in this study, aged between 5 and 15 years, the co-prevalence of leprosy was not diagnosed, but the number of contacts classified as suspects was high, which is worrisome from the epidemiological point of view.

13.
Nursing (São Paulo) ; 20(232): 1836-1840, set.2017. tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-31489

RESUMO

O objetivo do presente estudo foi refletir sobre a assistência de enfermagem prestada às mulheres em situação deabortamento provocado. Trata-se de uma revisão integrativa. A busca bibliográfica foi realizada na BVS, com seleção a partirde critérios de inclusão e exclusão pré-estabelecidos. Foram incluídos na pesquisa artigos originais, com texto na íntegra,disponíveis em suporte eletrônico. Obtiveram-se treze artigos como amostras. A pesquisa apontou que o aborto é um graveproblema de saúde pública, sendo evidenciado com alta taxa de morbimortalidade materna decorrente do abortamento,o que expressa também as desigualdades regionais, com maior incidência na região nordeste. O estudo mostrou que oabortamento provocado não é um problema individual, de abordagem em ambiente hospitalar, mas um problema de saúdepública, que envolve uma abordagem mais ampla, que expressa conflitos morais e culturais da sociedade brasileira.(AU)


The objective of this study was to reflect on the nursing care provided to women in situations of induced abortion.This is an integrative review. The bibliographic search was performed in the VHL, the selection made from pre-established inclusionand exclusion criteria. Included in the research were original articles, with full text available electronically. Thirteen articles wereobtained as samples. The research pointed out that abortion is a serious public health problem and is evidenced with a high rate ofmaternal morbidity and mortality resulting from abortion, which also expresses regional inequalities with a higher incidence in thenortheast region. The study showed that induced abortion is not an individual problem, a hospital-based approach, but a publichealth problem that involves a broader approach that expresses moral and cultural conflicts in Brazilian society.(AU)


El objetivo del presente estudio fue reflexionar sobre la asistencia de enfermería a las mujeres en situación deaborto provocado. Se trata de una revisión integrativa. La búsqueda bibliográfica fue realizada en la BVS, con selección apartir de criterios de inclusión y exclusión preestablecidos. Se incluyeron en la investigación artículos originales, con texto ensu totalidad disponibles en soporte electrónico. Se obtuvieron trece artículos como muestras. La investigación apuntó que elaborto es un grave problema de salud pública, siendo evidenciado con alta tasa de morbimortalidad materna derivada delaborto, lo que expresa también las desigualdades regionales con mayor incidencia en la región nordeste. El estudio mostró queel aborto provocado no es un problema individual, de abordaje en ambiente hospitalario, sino un problema de salud pública,que involucra un abordaje más amplio, que expresa conflictos morales y culturales de la sociedad brasileña.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Saúde Materno-Infantil , Aborto Induzido , Cuidados de Enfermagem , Promoção da Saúde , Serviços Preventivos de Saúde , Fatores de Risco
14.
Hansen. int ; 41(1/2): 4-13, 2016. graf
Artigo em Português | LILACS, SESSP-ILSLPROD, Sec. Est. Saúde SP, SESSP-ILSLACERVO, Sec. Est. Saúde SP | ID: biblio-972891

RESUMO

OBJETIVO: Analisar a série histórica dos casos de hanseníase em menores de 15 anos em Alagoas, no período de 1995 a 2013. MATERIAIS E MÉTODOS: Trata-se de estudo descritivo com abordagem quantitativa, no qual foram utilizados dados secundários a partir do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN). As análises foram trabalhadas através do programa estatístico Bioestat 5.0 e utilizado o Teste estatístico Qui-Quadrado. RESULTADOS: Foram notificados 534 casos de hanseníase em menores de 15 anos, sendo, a maioria do sexo feminino (53,74%). Os dados nos revelam que em 1995 o coeficiente de detecção da hanseníase em menores de 15 anos foi de 2,31 por 100.000/hab, ao comparar com o ano de 2003 foi encontrado um coeficiente de 4,1 por 100.000/hab, após este período pode ser visto oscilações na detecção dos casos, e em 2008 houve uma queda significativa para 2,0 por 100.000/hab. Ao relacionar o percentual das formas clínicas, mereceu destaque a forma tuberculóide com 35%. CONCLUSÕES: As crianças e adolescentes com hanseníase constituem um grupo significativo na cadeia epidemiológica, visto que, os contatos intradomiciliares representam um rol importante no desenvolvimento da doença.


OBJECTIVE: To analyze the historical series of leprosy or Hansen’s disease cases in children under 15 years of age in Alagoas, from 1995 to 2013. MATERIALS AND METHODS: This is a descriptive study with a quantitative approach, with secondary data from the Information System on Diseases of Compulsory Declaration (SINAN), which were processed in the BioEstat Program and applied the Chi-Square statistical test. RESULTS: 534 cases of leprosy were reported in children younger than 15 years of age, most of them female (53.74%). The data show that in the year of 1995, the coefficient of detection of leprosy in this age was 2,31 per 100.000/inhab, when comparing with 2003 a coefficient of 4,1 per 100,000/inhab was found. After this period, oscillations can occur in the cases detection, and in 2008 there was a significant drop to 2,0 per 100.000/inhab. When relating the percentage of clinical forms, the tuberculoid one stood out with 35%. CONCLUSIONS: Children and adolescents with leprosy are a significant group in the epidemiological chain, since household contacts play an important role in the disease development.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Lactente , Pré-Escolar , Criança , Adolescente , Hanseníase/diagnóstico , Hanseníase/epidemiologia , Hanseníase/prevenção & controle , Estudos de Séries Temporais , Brasil/epidemiologia , Diagnóstico Precoce , Busca de Comunicante , Sistemas de Informação em Saúde
15.
Hansen. int ; 41(1/2): 14-24, 2016. ilus
Artigo em Português | LILACS, SESSP-ILSLPROD, Sec. Est. Saúde SP, SESSP-ILSLACERVO, Sec. Est. Saúde SP | ID: biblio-972892

RESUMO

O objetivo deste artigo é analisar o conhecimento teórico sobre hanseníase por estudantes universitários da área da saúde em município do Nordeste brasileiro. Os dados foram coletados por meio de questionários validados, aplicados por entrevistadores treinados. A população foi constituída por universitários do último período teórico dos cursos da área da saúde. Os dados foram analisados por meio de estatística descritiva e inferencial. Fixou-se erro tipo I em 5% (p<0,05) como estatisticamente significativo. No que se refere ao contato de alunos com pessoas que tem ou tiveram hanseníase hanseníase, o curso de medicina teve o maior percentual, com 18 discentes (90%); nos cursos de nutrição, odontologia e farmácia, os estudantes que nunca tiveram contato representaram 8 (100%), 15 (83,33%) e 19 (90,48%), respectivamente. Quando questionados quanto à cura da hanseníase, 18 alunos de enfermagem (94,74%) e 19 de medicina (95%) afirmaram ser possível. Contudo, no curso de enfermagem, 1 5,26%), odontologia, 3 (16,67%), farmácia, 3 (14,29%) e nutrição, 4 (50%) alunos afirmaram não saber. Apresentou-se diferença estatisticamente significativa (p-valor<0,036), mostrando que a frequência esperada é equivalente à observada. Quanto ao conhecimento do período de incubação do agente etiológico, revelou-se que 12 (63,16%) alunos de enfermagem, 8 (100%) de nutrição, 16 (88,89%) de odontologia e 15 (71,43%) de farmácia não sabiam o período de incubação do bacilo. O p-valor = 0,010 apresentou significância, mostrando que nenhum dos entrevistados do curso de nutrição assinalou a resposta correta. O estudo mostra que os alunos dos cursos de nutrição, farmácia e odontologia apresentam conhecimento não satisfatório sobre a hanseníase.


This paper’s goal is analyzing the knowledge about leprosy by health undergraduate students at the public university in county Brazilian northeast. The population was constituted of undergraduate health students on the last term. The data were analyzed by means of the descriptive and inferential statistics. A type I error was fixated at 5% (p<0,05) as statistically significant. In what refers to the contact of students with carriers and ex-carriers of leprosy, the Medical School had the bigger percentage of contact, 18(90%); in the schools of nutrition, odontology and pharmacy the students that never got in contact represented 8 (100%), 15 (83,33%) and 19 (90,48%), respectively. When questioned on how to cure the leprosy, 18 nursing undergrads (94,74%) and 19 of the Medical School (95%) affirmed that it was possible. However, in the nursing course, 1(5,26%), odontology, 3 (16,67%), pharmacy, 3 (16,67%) and nutrition, 4 (50%) students affirmed not knowing how. A statistically significant difference was presented (p-value<0,036), showing that the expected frequency is equivalent to the observed one. About the knowledge of the incubation period of the etiologic agent, it was revealed that 12 (63,16%) nursing students, 8 (100%) nutrition, 16 (88,89%) odontology and 15 (71,43%) pharmacy students did not know the bacillus’ incubation period. The p-value = 0,010 showed significance, showing that none of the interviewed nutrition students signed the correct answer. The study shows that the undergraduate students of nutrition, pharmacy and odontology present unsatisfactory knowledge on leprosy.


Assuntos
Hanseníase/diagnóstico , Hanseníase/prevenção & controle , Estudantes de Ciências da Saúde , Brasil , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde
16.
Hansen. int ; 41(1/2): 4-13, 2016. graf
Artigo em Português | Sec. Est. Saúde SP, SESSP-ILSLPROD, Sec. Est. Saúde SP, SESSP-ILSLACERVO, Sec. Est. Saúde SP | ID: ses-37306

RESUMO

Objetivo: Analisar a série histórica dos casos de hanseníase em menores de 15 anos em Alagoas, no período de 1995 a 2013. Materiais e Métodos: Trata-se de estudo descritivo com abordagem quantitativa, no qual foram utilizados dados secundários a partir do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN). As análises foram trabalhadas através do programa estatístico Bioestat 5.0 e utilizado o Teste estatístico Qui-Quadrado. Resultados: Foram notificados 534 casos de hanseníase em menores de 15 anos, sendo, a maioria do sexo feminino (53,74%). Os dados nos revelam que em 1995 o coeficiente de detecção da hanseníase em menores de 15 anos foi de 2,31 por 100.000/hab, ao comparar com o ano de 2003 foi encontrado um coeficiente de 4,1 por 100.000/hab, após este período pode ser visto oscilações na detecção dos casos, e em 2008 houve uma queda significativa para 2,0 por 100.000/hab. Ao relacionar o percentual das formas clínicas, mereceu destaque a forma tuberculóide com 35%. Conclusões: As crianças e adolescentes com hanseníase constituem um grupo significativo na cadeia epidemiológica, visto que, os contatos intradomiciliares representam um rol importante no desenvolvimento da doença(AU)


Objective: To analyze the historical series of leprosy or Hansen’s disease cases in children under 15 years of age in Alagoas, from 1995 to 2013. Materials and Methods: This is a descriptive study with a quantitative approach, with secondary data from the Information System on Diseases of Compulsory Declaration (SINAN), which were processed in the BioEstat Program and applied the Chi-Square statistical test. Results: 534 cases of leprosy were reported in children younger than 15 years of age, most of them female (53.74%). The data show that in the year of 1995, the coefficient of detection of leprosy in this age was 2,31 per 100.000/inhab, when comparing with 2003 a coefficient of 4,1 per 100,000/inhab was found. After this period, oscillations can occur in the cases detection, and in 2008 there was a significant drop to 2,0 per 100.000/inhab. When relating the percentage of clinical forms, the tuberculoid one stood out with 35%. Conclusions: Children and adolescents with leprosy are a significant group in the epidemiological chain, since household contacts play an important role in the disease development(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Lactente , Pré-Escolar , Criança , Adolescente , Hanseníase/diagnóstico , Hanseníase/epidemiologia , Hanseníase/prevenção & controle , Estudos de Séries Temporais , Brasil/epidemiologia , Diagnóstico Precoce , Busca de Comunicante , Sistemas de Informação em Saúde
17.
Hansen. int ; 41(1/2): 14-24, 2016. ilus
Artigo em Português | Sec. Est. Saúde SP, SESSP-ILSLPROD, Sec. Est. Saúde SP, SESSP-ILSLACERVO, Sec. Est. Saúde SP | ID: ses-37307

RESUMO

O objetivo deste artigo é analisar o conhecimento teórico sobre hanseníase por estudantes universitários da área da saúde em município do Nordeste brasileiro. Os dados foram coletados por meio de questionários validados, aplicados por entrevistadores treinados. A população foi constituída por universitários do último período teórico dos cursos da área da saúde. Os dados foram analisados por meio de estatística descritiva e inferencial. Fixou-se erro tipo I em 5% (p<0,05) como estatisticamente significativo. No que se refere ao contato de alunos com pessoas que tem ou tiveram hanseníase hanseníase, o curso de medicina teve o maior percentual, com 18 discentes (90%); nos cursos de nutrição, odontologia e farmácia, os estudantes que nunca tiveram contato representaram 8 (100%), 15 (83,33%) e 19 (90,48%), respectivamente. Quando questionados quanto à cura da hanseníase, 18 alunos de enfermagem (94,74%) e 19 de medicina (95%) afirmaram ser possível. Contudo, no curso de enfermagem, 1 5,26%), odontologia, 3 (16,67%), farmácia, 3 (14,29%) e nutrição, 4 (50%) alunos afirmaram não saber. Apresentou-se diferença estatisticamente significativa (p-valor<0,036), mostrando que a frequência esperada é equivalente à observada. Quanto ao conhecimento do período de incubação do agente etiológico, revelou-se que 12 (63,16%) alunos de enfermagem, 8 (100%) de nutrição, 16 (88,89%) de odontologia e 15 (71,43%) de farmácia não sabiam o período de incubação do bacilo. O p-valor = 0,010 apresentou significância, mostrando que nenhum dos entrevistados do curso de nutrição assinalou a resposta correta. O estudo mostra que os alunos dos cursos de nutrição, farmácia e odontologia apresentam conhecimento não satisfatório sobre a hanseníase(AU)


This paper’s goal is analyzing the knowledge about leprosy by health undergraduate students at the public university in county Brazilian northeast. The population was constituted of undergraduate health students on the last term. The data were analyzed by means of the descriptive and inferential statistics. A type I error was fixated at 5% (p<0,05) as statistically significant. In what refers to the contact of students with carriers and ex-carriers of leprosy, the Medical School had the bigger percentage of contact, 18(90%); in the schools of nutrition, odontology and pharmacy the students that never got in contact represented 8 (100%), 15 (83,33%) and 19 (90,48%), respectively. When questioned on how to cure the leprosy, 18 nursing undergrads (94,74%) and 19 of the Medical School (95%) affirmed that it was possible. However, in the nursing course, 1(5,26%), odontology, 3 (16,67%), pharmacy, 3 (16,67%) and nutrition, 4 (50%) students affirmed not knowing how. A statistically significant difference was presented (p-value<0,036), showing that the expected frequency is equivalent to the observed one. About the knowledge of the incubation period of the etiologic agent, it was revealed that 12 (63,16%) nursing students, 8 (100%) nutrition, 16 (88,89%) odontology and 15 (71,43%) pharmacy students did not know the bacillus’ incubation period. The p-value = 0,010 showed significance, showing that none of the interviewed nutrition students signed the correct answer. The study shows that the undergraduate students of nutrition, pharmacy and odontology present unsatisfactory knowledge on leprosy(AU)


Assuntos
Hanseníase/diagnóstico , Hanseníase/prevenção & controle , Estudantes de Ciências da Saúde , Brasil , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde
18.
Hansen. int ; 38(1/2): 47-55, 2013. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, SESSP-ILSLPROD, Sec. Est. Saúde SP, SESSP-ILSLACERVO, Sec. Est. Saúde SP | ID: lil-789351

RESUMO

A hanseníase afeta milhares de brasileiros anualmente, destes um número significativo apresenta graus de incapacidade física I e II. O Objetivo deste estudo foi conhecer o perfil sociodemográfico e as principais incapacidades físicas instaladas em pessoas que tiveram hanseníase na época do isolamento compulsório.Trata-se de uma pesquisa descritiva com abordagem quantitativa, que avaliou 26 residentes de um ex-hospital colônia, hoje designado Centro de Convivência,localizado na cidade de Maracanaú - CE. Foi utilizado um questionário para definir o perfil socio demográfico e o formulário de avaliação neurológica simplificado, preconizado pela OMS para identificar o grau de incapacidade física. Os dados foram coletados e armazenados em uma planilha do software Excel. Após esta etapa o banco de dados foi importado e processado pelo programa EPI-INFO (versão 6). Observou-se predomínio de pessoas do sexo masculino (57,7%), ensino fundamental incompleto (50,0%), a faixa etária variou entre 40 a 80 anos, com renda de até um salário mínimo, quanto ao estado civil, (38,5%) eram casados e (30,8%) viúvos. A maioria (88,5%) apresentou o Grau II de incapacidade. Os segmentos mais afetados foram pés e mãos constatando-se uma perda de sensibilidade nos membros inferiores de (50,0%)e superiores (38,46%) na maioria dos avaliados. Conclui-se que as principais incapacidades presentes nas pessoas atingidas pela hanseníase, são decorrentes de lesões secundárias, principalmente à perda da sensibilidade, como também a insuficiência e ou ausência de ações de prevenção e reabilitação física.


Leprosy affects thousands of Brazilians annually presentsa significant number of these degrees of physicaldisability I and II. The aim of this study was to identifythe sociodemographic profile and major physicaldisabilities installed in people who had leprosy at thetime of compulsory isolation. This is a descriptive researchwith quantitative approach, which evaluated26 residents of a former hospital colony, now calledLiving Center, located in the town of Maracanaú -EC. A questionnaire was used to define the sociodemographicprofile and the Short Form neurologicalassessment, recommended by WHO to identify thedegree of disability. Data were collected and storedin an Excel spreadsheet software. After this step thedatabase was imported and processed by the EPI-INFO(version 6) program. There was a predominance ofmales (57.7%), incomplete primary education (50.0%),the age ranged between 40-80 years with income belowthe poverty level, as marital status, (38.5%) andwere married (30.8%) were widowed. The majority(88.5%) presented grade II disability. The most affectedsectors were the feet and hands indicating a lossof sensation in the lower limbs (50.0%) and higher(38.46%) in most evaluated. It is concluded that themain disability present in people affected by leprosyare due to secondary injuries mainly due to the loss ofsensitivity, as well as the insufficiency or absence ofprevention and physical rehabilitation.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso de 80 Anos ou mais , Hanseníase/complicações , Pessoas com Deficiência/reabilitação , Brasil/epidemiologia , Avaliação da Deficiência , Hanseníase/epidemiologia , Hanseníase/reabilitação , Hospitais de Dermatologia Sanitária de Patologia Tropical , Isolamento de Pacientes
19.
Hansen. int ; 38(1/2): 47-55, 2013. tab, graf
Artigo em Português | Sec. Est. Saúde SP, SESSP-ILSLPROD, Sec. Est. Saúde SP, SESSP-ILSLACERVO, Sec. Est. Saúde SP | ID: ses-31301

RESUMO

A hanseníase afeta milhares de brasileiros anualmente, destes um número significativo apresenta graus de incapacidade física I e II. O Objetivo deste estudo foi conhecer o perfil sociodemográfico e as principais incapacidades físicas instaladas em pessoas que tiveram hanseníase na época do isolamento compulsório.Trata-se de uma pesquisa descritiva com abordagem quantitativa, que avaliou 26 residentes de um ex-hospital colônia, hoje designado Centro de Convivência,localizado na cidade de Maracanaú - CE. Foi utilizado um questionário para definir o perfil socio demográfico e o formulário de avaliação neurológica simplificado, preconizado pela OMS para identificar o grau de incapacidade física. Os dados foram coletados e armazenados em uma planilha do software Excel. Após esta etapa o banco de dados foi importado e processado pelo programa EPI-INFO (versão 6). Observou-se predomínio de pessoas do sexo masculino (57,7%), ensino fundamental incompleto (50,0%), a faixa etária variou entre 40 a 80 anos, com renda de até um salário mínimo, quanto ao estado civil, (38,5%) eram casados e (30,8%) viúvos. A maioria (88,5%) apresentou o Grau II de incapacidade. Os segmentos mais afetados foram pés e mãos constatando-se uma perda de sensibilidade nos membros inferiores de (50,0%)e superiores (38,46%) na maioria dos avaliados. Conclui-se que as principais incapacidades presentes nas pessoas atingidas pela hanseníase, são decorrentes de lesões secundárias, principalmente à perda da sensibilidade, como também a insuficiência e ou ausência de ações de prevenção e reabilitação física.(AU)


Leprosy affects thousands of Brazilians annually presentsa significant number of these degrees of physicaldisability I and II. The aim of this study was to identifythe sociodemographic profile and major physicaldisabilities installed in people who had leprosy at thetime of compulsory isolation. This is a descriptive researchwith quantitative approach, which evaluated26 residents of a former hospital colony, now calledLiving Center, located in the town of Maracanaú -EC. A questionnaire was used to define the sociodemographicprofile and the Short Form neurologicalassessment, recommended by WHO to identify thedegree of disability. Data were collected and storedin an Excel spreadsheet software. After this step thedatabase was imported and processed by the EPI-INFO(version 6) program. There was a predominance ofmales (57.7%), incomplete primary education (50.0%),the age ranged between 40-80 years with income belowthe poverty level, as marital status, (38.5%) andwere married (30.8%) were widowed. The majority(88.5%) presented grade II disability. The most affectedsectors were the feet and hands indicating a lossof sensation in the lower limbs (50.0%) and higher(38.46%) in most evaluated. It is concluded that themain disability present in people affected by leprosyare due to secondary injuries mainly due to the loss ofsensitivity, as well as the insufficiency or absence ofprevention and physical rehabilitation.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Hanseníase/complicações , Pessoas com Deficiência/reabilitação , Hanseníase/epidemiologia , Hanseníase/reabilitação , Isolamento de Pacientes , Hospitais de Dermatologia Sanitária de Patologia Tropical , Brasil/epidemiologia , Avaliação da Deficiência
20.
Rev. enferm. UFSM ; 8(2): 1-14, s.d.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-34293

RESUMO

Objetivo: descrever as características demográficas, sociais e clínicas demulheres em idade fértil atingidas pela hanseníase em uma capital do nordeste brasileiro.Método: estudo descritivo de corte transversal, com abordagem quantitativa. A população doestudo foi composta por 217 mulheres, e resultou em uma amostra intencional de 60, queatenderam aos critérios de inclusão. Resultados: os dados revelaram que 95,0% do conjuntoamostral, encontrava-se na faixa de 20 a 49 anos. O modo de detecção que apresentaram umamaior porcentagem foram: o encaminhamento e a demanda espontânea, constituindo 60,0%dos casos. Identificou-se que 30,0% foram diagnosticadas na forma dimorfa, o que afirma osdados referente à classificação multibacilar. Conclusão: as características demográficas,sociais e clínicas foram: mulheres economicamente ativas, predominantemente analfabetas,que possuem companheiros e desempenham ocupações remuneradas e domésticas.(AU)


Aim: to describe demographic, social and clinical characteristics of women inchildbearing age affected by leprosy in a capital city in the northeast of Brazil. Method: crosssectionaldescriptive study, with quantitative approach. The study was composed by 217 women,resulting in an intentional sample of 60, who have attended the criteria of inclusion. Results: the data showed that 95% of the subjects were set between 20 and 49 years of age. The detectionmodes which presented a higher percentage were both the handling and the spontaneousdemands, with 60% of the cases. It was identified that 30% were diagnosed in the dimorphicform, which is confirmed by the data regarding the multibacillary classification. Conclusion: thedemographic, social and clinical characteristics were: economically active women, mostlyilliterate, who are married and perform both remunerated and domestic occupations.(AU)


Objetivo: describir las características demográficas, sociales y clínicas demujeres en edad fértil que sufren de la enfermedad de Hansen en una capital del Nordestebrasileño. Método: estudio descriptivo de cohorte transversal, con análisis cuantitativo. Lapoblación del estudio fue compuesta por 217 mujeres, de esas se estableció una muestraintencional de 60, en las cuales se verificó los criterios de inclusión. Resultados: los dadosevidenciaron que 95,0% del conjunto de la muestra tenía entre 20 y 49 años. El modo dedetección que presentó un mayor porcentaje fue: la orientación y búsqueda de tratamientoespontánea, constituyendo 60% de los casos. También se identificó que 30% de esas mujeresfue diagnosticada de forma dimorfa, lo que ratifica los dados sobre la clasificaciónmultibacilar. Conclusión: las características demográficas, sociales y clínicas de ese grupofue: mujeres económicamente activas, en la mayoría analfabetas, que tienen compañeros ydesempeñan ocupaciones remuneradas y domésticas.(AU)


Assuntos
Humanos , Hanseníase , Doenças Negligenciadas , Saúde da Mulher
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA