Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 7 de 7
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Arq Bras Cardiol ; 87(2): 153-8, 2006 Aug.
Artigo em Português | MEDLINE | ID: mdl-16951833

RESUMO

OBJECTIVE: To evaluate anthropometric data, blood lipid levels, blood pressure (BP) and waist circumference (WC) in preschool children. To relate WC with blood lipid levels and BP in obese and non-obese children. METHODS: In a transversal study we investigated 65 preschool children of low socioeconomic level in Santo André, São Paulo. The evaluation consisted of BP measurement (Task Force, 1996), weight (W), height (H) expressed as z score (WHO, 1995) and body mass index (BMI), triglycerides, total and fractions of cholesterol blood levels (Kwiterovich and AHA). STATISTICAL ANALYSIS: Fisher test and correlations. RESULTS: We observed high BP and lipid levels unrelated to nutritional status. WC was significantly and positively correlated to BMI and ZWH (r = 0.87 and r = 0.83, respectively). Using as a cut-off 75 percentile of WC we found an accuracy of 89.1% with 87.2% specificity and 70.6% sensitivity and predictive value (+) 66.7% and (-) 66.7%. There was no relationship between WC and lipid and BP levels. CONCLUSIONS: WC showed direct correlation with anthropometric indexes commonly used and in preschool children wasn't predictor of cardiovascular risk.


Assuntos
Pressão Sanguínea/fisiologia , Doenças Cardiovasculares/etiologia , Lipídeos/sangue , Estado Nutricional , Obesidade/diagnóstico , Relação Cintura-Quadril , Biomarcadores , Índice de Massa Corporal , Pré-Escolar , Estudos Transversais , Feminino , Humanos , Masculino , Obesidade/sangue , Valor Preditivo dos Testes , Fatores de Risco , Fatores Socioeconômicos
2.
Arq. bras. cardiol ; 87(2): 153-158, ago. 2006. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-434002

RESUMO

OBJETIVO: Avaliar o diagnóstico nutricional, o perfil lipídico, os níveis pressóricos e a medida de cintura em pré-escolares. Pretende-se ainda verificar se a medida de cintura está associada com índices antropométricos usuais no diagnóstico nutricional, perfil lipídico e pressão arterial em crianças obesas e eutróficas. MÉTODOS: Estudo transversal realizado com 65 pré-escolares de baixo estrato socioeconômico, em escola municipal de Santo André. As avaliações clínico-laboratoriais consistiram em: medida de PA (Task Force, 1996), peso (P) e estatura (E) expressos como escore z (OMS, 1995) e IMC (índice de massa corpórea); níveis séricos de triglicérides, colesterol total e frações (VLDL-c, HDL-c, LDL-c) (Kwiterowich e AHA). Análise estatística: Teste exato de Fisher e correlação. RESULTADOS: Observamos alto porcentual de inadequação da PA e lipídios séricos, independentemente da condição nutricional. A medida de cintura mostrou correlação positiva e significante com IMC e ZPE (r = 0,87 e r = 0,83; p < 0,001, respectivamente). Visando ao estudo do poder diagnóstico da cintura, utilizando-se como ponto de corte o percentil 75 da amostra dessa medida, tendo como padrão o ZPE, observou-se acurácia de 89,1 por cento, especificidade de 87,2 por cento, sensibilidade de 70,6 por cento, e valores preditivos (+) 66,7 por cento e (-) 66,7 por cento. Não houve correlação significativa entre a cintura e o perfil lipídico e níveis pressóricos. CONCLUSÕES: A medida de cintura mostrou relação direta com os índices antropométricos habitualmente usados e não funcionou na faixa etária pré-escolar como preditor de risco cardiovascular.


Assuntos
Pré-Escolar , Feminino , Humanos , Masculino , Pressão Sanguínea/fisiologia , Doenças Cardiovasculares/etiologia , Lipídeos/sangue , Estado Nutricional , Obesidade/diagnóstico , Relação Cintura-Quadril , Biomarcadores , Índice de Massa Corporal , Estudos Transversais , Obesidade/sangue , Valor Preditivo dos Testes , Fatores de Risco , Fatores Socioeconômicos
3.
Int J Vitam Nutr Res ; 73(4): 303-11, 2003 Jul.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-12951904

RESUMO

OBJECTIVE: To evaluate the intake of retinol and carotenoids, and their serum levels, as well as the impact of vitamin A supplementation on the anthropometry and body composition of children and adolescents with non-hormonal-related statural deficit. METHOD: Double-blind, randomized trial of 46 pre-pubertal patients, between 4 and 14 years of age, with normal growth rates. The subjects were divided into two groups, each with 23 individuals (Group I: Placebo; Group II: Vitamin A in a single megadose), and were evaluated at moments A and B with a six month interval. RESULTS: There were no statistically significant differences in serum retinol levels, anthropometry, growth velocity, or body composition, between moments A and B, in Group II. Carotenoids were significantly lower in Group I at moment B. The semi-quantitative food intake questionnaire showed that approximately 60.9% of the children and adolescents ingested less than half of the amounts of retinol and carotenoids recommended by the Food Guide Pyramid. Inadequate intake was more prevalent regarding vegetable and fruit carotenoid sources, with 75 and 70% of inadequacy, respectively. CONCLUSION: If one considers the inadequate food intake observed in the dietary evaluation in this study, it is possible that multiple micronutrient deficiencies could be involved in statural deficits. This could explain why vitamin A supplementation does not seem to influence growth in children and adolescents with statural deficit, as indicated by the present study. Thus in populations such as the one studied here, the supplementation with vitamin A should be integrated into comprehensive nutritional interventions, so as to possibly promote greater positive impact on linear growth.


Assuntos
Antropometria , Suplementos Nutricionais , Transtornos do Crescimento/dietoterapia , Transtornos do Crescimento/prevenção & controle , Vitamina A/farmacologia , Adolescente , Composição Corporal/efeitos dos fármacos , Composição Corporal/fisiologia , Carotenoides/administração & dosagem , Carotenoides/sangue , Criança , Pré-Escolar , Relação Dose-Resposta a Droga , Método Duplo-Cego , Feminino , Transtornos do Crescimento/sangue , Humanos , Masculino , Estado Nutricional , Fatores de Tempo , Vitamina A/administração & dosagem , Vitamina A/sangue
4.
Arq. méd. ABC ; 21(1/2): 25-9, 1998. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-251144

RESUMO

A populaçäo brasileira apresenta alta prevalência de déficits estaturais em crianças de 0 a 5 anos, de acordo com os dados da Pesquisa Nacional sobre Saúde e Nutriçäo, 1996(10,2). O objetivo do presente trabalho foi o de realizar avaliaçäo antropométrica e avaliar o crescimento-ósseo de crianças desnutridas pregressas verificando a influência do peso ao nascer(PN). Foi realizada avaliaçäo de 175 crianças de 1 a 7 anos que frequentam a Creche Somasquinho(Santo André, SP)de acordo com os critérios: Gomez(<2 anos) e Waterlow/Batista(>2 anos). Foi avaliada a idade de óssea(IO), método de Greulich-Pyle, de 33 crianças classificadas como desnutridas pregressas. A avaliaçäo antropométrica mostrou:118/175(67,4)eutróficas, 57/175(32,8) desnutridas(DEP), sendo 48/58(82,7)progressos. Observou-se influência significante do PN no grupo de crianças desnutridas. Houve atraso superior na IO do carpo em relaçäo a falange/metacarpo nas crianças com-2ZIO. As crianças com baixo PN mostraram maior atraso na IO. Conluiu-se que o baixo PN é importante fator de risco para déficits estaturais


Assuntos
Humanos , Criança , Pré-Escolar , Lactente , Transtornos do Crescimento/diagnóstico , Avaliação Nutricional , Estado Nutricional , Determinação da Idade pelo Esqueleto , Creches , Transtornos Nutricionais , Estudos Prospectivos , Recém-Nascido de Baixo Peso/crescimento & desenvolvimento , Fatores de Risco
6.
In. Assumpçäo Junior, Francisco B. Psiquiatria da infância e da adolescência. Säo Paulo, Santos, 1994. p.27-34, ilus, tab, graf.
Monografia em Português | LILACS | ID: lil-200570
7.
J. pediatr. (Rio J.) ; 68(7/8): 262-7, jul.-ago. 1992. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-119163

RESUMO

Determinou-se a concentracao de gorduras totais, valor calorico e padrao de acidos graxos do colostro de puperperas adolescentes de baixonivel socio-economico, maes de recem-nascidos a termo, pequenos para a idade gestacional (RNTPIG) e de recem-nascidos a termo de peso adequado para a idade gestacional (RNTPAIG) com o proposito de se conhecer a possivel influencia da idade materna e condicao nutricional do recem-nascido (RN) sobre a qualidade do colostro. A condicao nutriconal do RN interferiu significantemente na concentracoes deacido palmitoleico e linolenico. Assim, o colostro das maes com RNTPIG, apresentou menores percentuais de acido palmitoleico e maiores de linolenico, em relacaoao colostro das maes com RNTAIG. Este fato parece ser consequencia das maiores necessidades de acidos graxos essencias, nos RNTPIG, fazendo com que os percentuais de acido palmitoleico sejam mais baixos. A faixa etaria materna interferiu significativamente no colostro das maes com RNTPIG determinando maiores percentuais de acidos graxos insaturados totais e linoleico no colostro das adolescentes mais jovens. Estes achados, possivelmente, refletem imaturidade da glandula mamaria destas adolescentes, associadas a maior necessidade de acido linoleico neste grupo de RN. A concentracao de gorduras totais e o valor calorico nao variaram com a condicao nutriconal do RN e a faixa etaria materna. As diferencas encontradas no presente estudo, nao contra-indicam o aleitamento materno para recem-nascidos com as caracteristicas destas investigacoes .


Assuntos
Humanos , Recém-Nascido , Adolescente , Ácidos Graxos/análise , Colostro , Dieta , Gorduras/análise , Recém-Nascido Pequeno para a Idade Gestacional , Estado Nutricional , Fatores Socioeconômicos
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...