Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 9 de 9
Filtrar
Filtros adicionais











País/Região como assunto
Intervalo de ano
1.
Estud. pesqui. psicol. (Impr.) ; 18(4): 1257-1278, out.-dez. 2019.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: biblio-995086

RESUMO

Discute-se, aqui, as contribuições da Psicologia, elaborada por Dante Moreira Leite, importante intelectual e psicólogo brasileiro, para a educação. O objetivo é analisar a crítica social realizada pelo pesquisador, quanto aos seus potenciais e limites, relacionando-a com as principais conclusões da teoria crítica da sociedade, conforme os autores da primeira geração. Constata-se que Dante debate problemas fundamentais da educação nacional, com destaque para seus estudos acerca dos conceitos de ideologia e preconceito, evidenciando que as manifestações de tais conceitos são psicológicas, mas as origens são sociais. Dante elaborou, então, proposições com o intuito de motivar o aluno, mantendo-o na escola e promovendo o seu aprendizado, de melhor preparar o professor, bem como para propugnar medidas pedagógicas, até hoje em discussão. No entanto, nota-se que suas proposições se voltam mais para a adaptação à ordem social vigente do que à crítica dessa ordem.(AU)


Here we discuss the contributions of Psychology to education, as formulated by Dante Moreira Leite, an important Brazilian intellectual and psychologist. Our objective is to analyse the social critique elaborated by this researcher, regarding its potentials and limits, relating it to the main conclusions of critical theory of society, as stablished by the authors of the first generation. Although Dante discusses fundamental problems of national education, here we highlight his studies regarding ideology and prejudice, whose manifestations are psychological, but origins are social. The author makes propositions with the intention of motivating the students, keeping them in school and promoting their apprenticeship, preparing the teacher, also advocating pedagogical measures that are until this day under discussion. However, it is noted that his propositions relate more to adaptation to the current social order than to the criticism of that order.(AU)


Se discute, aquí, las contribuciones de la Psicología para la educación, conforme elaborada por Dante Moreira Leite, importante intelectual y psicólogo brasileño. El objetivo es analizar la crítica social elaborada por el investigador, en cuanto a sus potenciales y límites, relacionándola con las principales conclusiones de la teoría crítica de la sociedad, consonante con los autores de la primera generación. Se constata que Dante debate problemas fundamentales de la educación nacional, con destaque para sus estudios acerca de la ideología y el prejuicio, siendo que sus manifestaciones son psicológicas, pero sus orígenes son sociales. Elabora, entonces, proposiciones con el propósito de motivar al alumno, manteniéndolo en la escuela y promoviendo su aprendizaje, la preparación del profesor, así como propugnar medidas pedagógicas, hasta hoy en discusión. Sin embargo, se nota que sus proposiciones se vuelven más a la adaptación al orden social vigente que a la crítica de ese orden.(AU)


Assuntos
Preconceito/psicologia , Educação , Psicologia
2.
Cad. psicol. soc. trab ; 16(2): 295-309, dez. 2013. tab
Artigo em Português | Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: psi-61305

RESUMO

A Psicologia aplicada ao trabalho tem sido alvo de diversas críticas. Isso advém do fato de suas práticas estarem voltadas principalmente à manutenção da sociedade atual e do sistema produtivo, o que faz que ela se configure como um instrumento de controle social e dominação dos indivíduos. Com o objetivo de analisar as contradições dessas práticas, este artigo apresenta os resultados de uma pesquisa empírica, realizada com 106 psicólogos, acerca da relação entre Psicologia aplicada ao trabalho e ideologia da racionalidade tecnológica, mediante as respostas dos sujeitos a um Questionário de Dados Pessoais e Profissionais e um Escala de Atitudes. Os resultados permitem ao menos duas constatações importantes. Primeiramente, constatou-se que os profissionais parecem se encontrar em uma espécie de aprisionamento devido à impotência do pensamento e da ação para ir além da atual configuração de sua realidade. Por outro lado, a pesquisa aponta também a possibilidade de resistência aos elementos que promovem a fixidez do atual conjunto de relações sociais.(AU)


Psychology applied to work has been the subject of diverse criticism, as it is presented as it is focused, mainly, on the maintenance of current society and the productive system, becoming, therefore, an instrument of social control and domination of individuals. In order to analyze the contradictions of these practices, this paper presents the results of an empirical study, conducted with 106 psychologists, about the relationship between Psychology applied to work and the ideology of technological rationality, according to the subjects' responses to a Questionnaire of Personal and Professional Data and an Attitudes Scale. The results allow, at least, two important observations. First, it was observed that the professionals seem to be in a sort of imprisonment due to the impotence of thought and action, for going beyond the reality the way it is currently organized. On the other hand, the research also points out to the possibility of resistance to the elements that promote the fixity of the current set of social relations.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Psicologia , Trabalho , Organizações , Desenvolvimento Tecnológico
3.
Cad. psicol. soc. trab ; 16(2): 295-309, dez. 2013. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-717487

RESUMO

A Psicologia aplicada ao trabalho tem sido alvo de diversas críticas. Isso advém do fato de suas práticas estarem voltadas principalmente à manutenção da sociedade atual e do sistema produtivo, o que faz que ela se configure como um instrumento de controle social e dominação dos indivíduos. Com o objetivo de analisar as contradições dessas práticas, este artigo apresenta os resultados de uma pesquisa empírica, realizada com 106 psicólogos, acerca da relação entre Psicologia aplicada ao trabalho e ideologia da racionalidade tecnológica, mediante as respostas dos sujeitos a um Questionário de Dados Pessoais e Profissionais e um Escala de Atitudes. Os resultados permitem ao menos duas constatações importantes. Primeiramente, constatou-se que os profissionais parecem se encontrar em uma espécie de aprisionamento devido à impotência do pensamento e da ação para ir além da atual configuração de sua realidade. Por outro lado, a pesquisa aponta também a possibilidade de resistência aos elementos que promovem a fixidez do atual conjunto de relações sociais...


Psychology applied to work has been the subject of diverse criticism, as it is presented as it is focused, mainly, on the maintenance of current society and the productive system, becoming, therefore, an instrument of social control and domination of individuals. In order to analyze the contradictions of these practices, this paper presents the results of an empirical study, conducted with 106 psychologists, about the relationship between Psychology applied to work and the ideology of technological rationality, according to the subjects' responses to a Questionnaire of Personal and Professional Data and an Attitudes Scale. The results allow, at least, two important observations. First, it was observed that the professionals seem to be in a sort of imprisonment due to the impotence of thought and action, for going beyond the reality the way it is currently organized. On the other hand, the research also points out to the possibility of resistance to the elements that promote the fixity of the current set of social relations...


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Organizações , Psicologia , Desenvolvimento Tecnológico , Trabalho
4.
Psicol. soc ; 13(2): 147-159, jul.-dez. 2001.
Artigo em Português | Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: psi-17500

RESUMO

Discute-se aqui a relação entre a teoria crítica da sociedade e as ciências particulares, com ênfase à psicologia social. Adotando-se como referência inicial a perspectiva apresentada por Max Horkheimer em “Teoria tradicional e teoria crítica” (1937), procura-se evidenciar que a teoria crítica trata negativamente a positividade das ciências especializadas, sem deixar, contudo, de incorporar a rigidez real que estas investigam e de manter a perspectiva que pretende ver realizada: a crítica para a transformação da sociedade (AU)


Assuntos
Pesquisa Empírica , Psicologia Social
5.
Psicol. soc. (Impr.) ; 13(2): 147-159, jul.-dez. 2001.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-353467

RESUMO

Discute-se aqui a relação entre a teoria crítica da sociedade e as ciências particulares, com ênfase à psicologia social. Adotando-se como referência inicial a perspectiva apresentada por Max Horkheimer em ôTeoria tradicional e teoria críticaö (1937), procura-se evidenciar que a teoria crítica trata negativamente a positividade das ciências especializadas, sem deixar, contudo, de incorporar a rigidez real que estas investigam e de manter a perspectiva que pretende ver realizada: a crítica para a transformação da sociedade


Assuntos
Pesquisa Empírica , Psicologia Social
6.
São Paulo perspect ; 14(2): 57-64, abr.-jun. 2000. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: lil-463272

RESUMO

O presente artigo analisa a relação da psicologia com a educação a partir da perspectiva da psicologia social. Procura evidenciar que a exigência de uma ciência psicológica, na configuração do campo educativo, é desenvolvida, desde o início do século XX, como psicologia social, tais como: John Dewey e George Mead, em contraposição à psicologia intelectualista.

8.
Ideias ; 26: 87-103, 1995.
Artigo | Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: psi-3642

Assuntos
Currículo , Currículo
9.
Psicol. ciênc. prof ; 6(1): 5-8, 1986.
Artigo | Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: psi-7620
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA