Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 5 de 5
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Nursing (Säo Paulo) ; 23(262): 3736-3744, abr.2020.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1100617

RESUMO

Objetivo: analisar produções científicas de enfermagem dos últimos dez anos que abordem as ações e orientações para o plano de alta de mulheres submetidas à mastectomia. Método: Para a realização da busca de artigos realizou uma revisão sistemática de artigos utilizados - estratégia PICO, nos idiomas Português, Inglês e Espanhol respectivamente. Resultados: Foram utilizadas 19 publicações para a posterior discussão, onde 15 eram de síntese qualitativa e 4 de síntese quantitativa. Conclusão: A maioria dos artigos evidenciou que as intervenções de enfermagem no plano de alta a mulheres submetidas à mastectomia foram baseadas na educação continuada dessas mulheres e também de seus familiares. Essa ferramenta consiste em orientações baseadas na utilização de drenos, apoio emocional, possibilidade de esvaziamento axilar, identificação de sinais de infecções e manejo nos curativos.(AU)


Objective: to analyze scientific nursing productions from the last ten years that address the actions and guidelines for the discharge plan of women undergoing mastectomy. Method: To carry out the search for articles, a systematic review of articles used was carried out - PICO strategy, in Portuguese, English and Spanish respectively. Results: 19 publications were used for further discussion, where 15 were of qualitative synthesis and 4 of quantitative synthesis. Conclusion: Most articles showed that nursing interventions in the discharge plan for women undergoing mastectomy were based on the continuing education of these women and their families. This tool consists of guidelines based on the use of drains, emotional support, the possibility of axillary emptying, identification of signs of infections and management of dressings.(AU)


Objetivo: analizar las producciones científicas de enfermería de los últimos diez años que abordan las acciones y pautas para el plan de alta de las mujeres sometidas a mastectomía. Método: para llevar a cabo la búsqueda de artículos, se realizó una revisión sistemática de los artículos utilizados: estrategia PICO, en portugués, inglés y español, respectivamente. Resultados: se utilizaron 19 publicaciones para una discusión adicional, donde 15 fueron de síntesis cualitativa y 4 de síntesis cuantitativa. Conclusión: La mayoría de los artículos mostraron que las intervenciones de enfermería en el plan de alta para mujeres sometidas a mastectomía se basaron en la educación continua de estas mujeres y sus familias. Esta herramienta consta de pautas basadas en el uso de drenajes, apoyo emocional, posibilidad de vaciado axilar, identificación de signos de infecciones y manejo de apósitos.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Alta do Paciente , Cuidados Pós-Operatórios , Mastectomia , Cuidados de Enfermagem , Saúde da Mulher
2.
Nursing (Säo Paulo) ; 22(253): 2943-2948, jun.2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1025548

RESUMO

Objetivo: descrever como se dá a atuação do enfermeiro enquanto líder de equipe na área hospitalar. Método: revisão integrativa de literatura na qual foram selecionados 12 artigos publicados, após a aplicação dos critérios de inclusão e exclusão, nas bases de dados PubMed, Cochrane Library, Scopus, CINAHL e LILACS, via BVS. Os critérios de inclusão foram: artigos em português, inglês e espanhol, com recorte temporal dos últimos cinco anos (de 2013 a 2018) e publicações com foco no papel do enfermeiro como líder e os critérios de exclusão: artigos que não tem foco no ambiente hospitalar. Resultados: a maior parte das publicações aborda a liderança sob os seguintes aspectos: desenvolvimento da competência liderança, comportamentos estratégicos, conflitos na enfermagem e gestão hospitalar. Conclusão: este estudo identificou que a atuação do enfermeiro enquanto líder de equipe na área hospitalar tem ocorrido sem maiores suportes das instituições, pautados na experiência prática de cada profissional, com pouco resgate do embasamento teórico.(AU)


Objective: to describe how the nurse performs as a team leader in the hospital area. Method: integrative literature review in which 12 published articles were selected, after inclusion and exclusion criteria, in the PubMed, Cochrane Library, Scopus, CINAHL and LILACS databases via VHL. Inclusion criteria were: articles in Portuguese, English and Spanish, with a temporal cut of the last five years (from 2013 to 2018) and publications focusing on the role of the nurse as leader and the exclusion criteria: articles that do not focus on the environment hospital Results: most publications address leadership under the following aspects: leadership competence development, strategic behaviors, nursing conflicts, and hospital management. Conclusion: this study identified that nurses' performance as a team leader in the hospital area has occurred without greater support from the institutions, based on the practical experience of each professional, with little recovery from the theoretical background.(AU)


Objetivo: describir cómo se da la actuación del enfermero como líder de equipo en el área hospitalaria. En el presente trabajo se analizaron los resultados obtenidos en el estudio de los resultados obtenidos en el estudio de los resultados obtenidos en el estudio. Los criterios de inclusión fueron: artículos en portugués, Inglés y Español, con el marco de tiempo de los últimos cinco años (2013-2018) y las publicaciones se centran en el papel de la enfermera como líder y exclusión criterios: Los artículos que no se centra en el medio ambiente hospital. Resultados: la mayor parte de las publicaciones abordan el liderazgo bajo los siguientes aspectos: desarrollo de la competencia liderazgo, comportamientos estratégicos, conflictos en la enfermería y gestión hospitalaria. Conclusión: este estudio identificó que la actuación del enfermero como líder de equipo en el área hospitalaria ha ocurrido sin mayores soportes de las instituciones, pautados en la experiencia práctica de cada profesional, con poco rescate del embasamiento teórico.(AU)


Assuntos
Humanos , Administração Hospitalar , Liderança , Equipe de Enfermagem , Planejamento Estratégico
3.
Niterói; s.n; 2019. 66 p.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-988032

RESUMO

Objetivo(s): Objetivo Geral: compreender a percepção dos enfermeiros e dos técnicos de enfermagem sobre a liderança s, numa emergência hospitalar, com base no Grid Gerencial de Blake e Mouton (1987), através da adaptação de Manola (2013). Objetivos específicos: identificar os estilos de liderança mais frequente utilizados por enfermeiros, na percepção desta categoria profissional e dos técnicos em enfermagem, de uma emergência hospitalar, tendo por base o Grid Gerencial em adaptação de Manola (2013). Verificar se há diferença significante entre as percepções dos enfermeiros e técnicos em enfermagem de uma emergência hospitalar, em relação aos cinco estilos de liderança, de acordo com o Grid Gerencial de Blake e Mouton (1987) e discutir as associações das questões sugeridas por Manola (2013). Metodologia: pesquisa quantitativa, com modelagem estatística descritiva e inferencial. Tipo de estudo: transversal, estudo de caso coletivo. Campo de pesquisa: a coleta de dados foi realizada no Hospital Municipal Carlos Tortelly de Niterói, local de referência em emergência clínica hospitalar, para adultos na região. Participantes da pesquisa: enfermeiros e técnicos em enfermagem, que atuam na emergência deste hospital. Foram excluídos, os enfermeiros e técnicos em enfermagem que estavam afastados por algum tipo de licença/férias ou que se negaram a participar da pesquisa. A participação contou com 77 enfermeiros e 202 técnicos em enfermagem. Vale ressaltar que foram utilizados pseudônimos identificados em números romanos para assegurar o sigilo dos mesmos. Instrumentos para coleta de dados: questionário adaptado por Manola (2013), inspirado no Grid Gerencial fruto da obra de Black e Mouton (1987). Coleta de dados: a coleta de dados ocorreu em 4 (quatro) etapas. Na tapa 1, houve a abordagem com os participantes da pesquisa e obtenção de termo de consentimento livre e esclarecido ­ TCLE. Na etapa 2, ocorreu a apresentação do questionário adaptado por Manola (2013). Na etapa 3, o questionário foi entregue ao participante da pesquisa para ser respondido sem interferência do pesquisador. Na etapa 4, os dados foram coletados apenas uma única vez e preenchidos em planilha estatística. Tratamento dos dados: optou-se por amostragem de conveniência, análise estatística descritiva e inferencial. Aspectos Éticos e Legais: seguiu a resolução Nº 466, de 12 de dezembro de 2012, que prevê pesquisa com seres humanos, do Ministério da Saúde/Conselho Nacional da Saúde e foi submetido a avalição do Comitê de Ética em Pesquisa ­ CEP/ UFF. O Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (TCLE) e a carta de anuência, foram elaborados de acordo com as especificações sugeridas pelo CEP/UFF e foi aprovado pelo CAAE: 874444218.9.0000.5243. Resultados preliminares: "Equipe", foi o estilo de maior expressividade quanto ao enfoque liderança. Houve pouca concordância nas proposições referentes aos estilos "Autoridade" para os liderados e "Organizacional", para os líderes, respectivamente. Considerações finais: este estudo permite sugerir a utilização de estratégias de educação permanente tendo como meta, a melhor convergência das percepções entre líderes e liderados


Objective (s): General Objective: To understand nurses 'and nurses' perceptions of leadership in a hospital emergency, based on the Blake and Mouton Management Grid (1987), through the Manola adaptation (2013). Specific objectives: to identify the most frequent styles of leadership used by nurses, in the perception of this professional category and of nursing technicians, of a hospital emergency, based on the Management Grid in Manola adaptation (2013). To verify if there is a significant difference between the perceptions of nurses and nursing technicians of a hospital emergency, in relation to the five leadership styles, according to the Management Grid of Blake and Mouton (1987) and to discuss the associations of the questions suggested by Manola 2013). Methodology: quantitative research, with descriptive and inferential statistical modeling. Type of study: transversal, collective case study. Field of research: data collection was performed at Carlos Tortelly Municipal Hospital in Niterói, a reference hospital emergency room for adults in the region. Research participants: nurses and nursing technicians, who work in the emergency room of this hospital. We excluded, nurses and nursing technicians who were away for some type of vacation leave or who refused to participate in the research. The participation had 77 nurses and 202 nursing technicians. It is worth mentioning that pseudonyms identified in Roman numerals were used to ensure their confidentiality. Instruments for data collection: a questionnaire adapted by Manola (2013), inspired by the Management Grid derived from the work of Black and Mouton (1987). Data collection: data collection took place in 4 (four) steps. In the cover 1, the approach with the participants of the research and obtaining a free and informed consent term - TCLE. In step 2, the questionnaire adapted by Manola (2013) was presented. In step 3, the questionnaire was given to the research participant to be answered without interference from the researcher. In step 4, the data were collected only once and filled in a statistical worksheet. Treatment of the data: convenience sampling, descriptive and inferential statistical analysis were chosen. Ethical and Legal Aspects: Following Resolution No. 466 of December 12, 2012, which provides for research on human beings, from the Ministry of Health / National Health Council and was submitted to the Research Ethics Committee (CEP / UFF) for evaluation. The Free and Informed Consent Form (TCLE) and the letter of consent were prepared according to the specifications suggested by CEP / UFF and approved by the CAAE: 874444218.9.0000.5243. Preliminary results: "Team" was the most expressive style regarding the leadership approach. There was little agreement in the propositions referring to the styles "Authority" for the led and "Organizational" for the leaders, respectively. Final considerations: this study allows us to suggest the use of permanent education strategies with the goal of better convergence of perceptions between leaders and leaders


Assuntos
Administração Hospitalar , Liderança , Enfermeiras e Enfermeiros
4.
Rev Lat Am Enfermagem ; 25: e2982, 2018 Jan 08.
Artigo em Inglês, Português, Espanhol | MEDLINE | ID: mdl-29319747

RESUMO

OBJECTIVE: To evaluate the effect of the orientation group on therapeutic adherence and self-care among patients with chronic heart failure. METHOD: Randomized controlled trial with 27 patients with chronic heart failure. The intervention group received nursing consultations and participated in group meetings with the multi-professional team. The control group only received nursing consultations in a period of four months. Questionnaires validated for use in Brazil were applied in the beginning and in the end of the study to assess self-care outcomes and adherence to treatment. Categorical variables were expressed through frequency and percentage distributions and the continuous variables through mean and standard deviation. The comparison between the initial and final scores of the intervention and control groups was done through the Student's t-test. RESULTS: The mean adherence in the intervention group was 13.9 ± 3.6 before the study and 4.8 ± 2.3 after the study. In the control group it was 14.2 ± 3.4 before the study and 14.7 ± 3.5 after the study. The self-care confidence score was lower after the intervention (p=0.01). CONCLUSION: The orientation group does not improve adherence to treatment and self-care management and maintenance and it may reduce confidence in self-care. Registry REBEC RBR-7r9f2m.


Assuntos
Insuficiência Cardíaca/terapia , Cooperação do Paciente , Autocuidado , Grupos de Autoajuda , Idoso , Doença Crônica , Feminino , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade
5.
Rev. latinoam. enferm. (Online) ; 25: e2982, 2017. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-961096

RESUMO

ABSTRACT Objective: To evaluate the effect of the orientation group on therapeutic adherence and self-care among patients with chronic heart failure. Method: Randomized controlled trial with 27 patients with chronic heart failure. The intervention group received nursing consultations and participated in group meetings with the multi-professional team. The control group only received nursing consultations in a period of four months. Questionnaires validated for use in Brazil were applied in the beginning and in the end of the study to assess self-care outcomes and adherence to treatment. Categorical variables were expressed through frequency and percentage distributions and the continuous variables through mean and standard deviation. The comparison between the initial and final scores of the intervention and control groups was done through the Student's t-test. Results: The mean adherence in the intervention group was 13.9 ± 3.6 before the study and 4.8 ± 2.3 after the study. In the control group it was 14.2 ± 3.4 before the study and 14.7 ± 3.5 after the study. The self-care confidence score was lower after the intervention (p=0.01). Conclusion: The orientation group does not improve adherence to treatment and self-care management and maintenance and it may reduce confidence in self-care. Registry REBEC RBR-7r9f2m.


RESUMO Objetivo: Avaliar o efeito do grupo de orientação na adesão terapêutica e no autocuidado de pacientes com insuficiência cardíaca crônica. Método: Ensaio clínico randomizado controlado realizado em 27 pacientes com insuficiência cardíaca crônica. O grupo intervenção, além de consultas de enfermagem, participou de encontros de grupo com a equipe multidisciplinar enquanto o grupo controle recebeu somente consultas de enfermagem no período de quatro meses. Foram aplicados questionários validados para uso no Brasil no momento inicial e final do estudo para avaliação dos desfechos autocuidado e adesão ao tratamento. As variáveis categóricas foram expressas através de distribuições de frequências e percentuais e as variáveis continuas com média e desvio padrão. A comparação entre os escores iniciais e finais do grupo intervenção e controle foi realizada pelo teste T-Student. Resultados: A média de adesão antes do estudo foi de 13,9±3,6 e após 14,8±2,3 no grupo intervenção e 14,2±3,4 e após 14,7±3,5 no grupo controle. O escore de confiança no autocuidado foi menor após a intervenção (p=0,01). Conclusão: O grupo de orientação não melhora a adesão ao tratamento, o manejo e a manutenção e pode piorar a confiança no autocuidado. Registro REBEC RBR-7r9f2m.


RESUMEN Objetivo: Evaluar el efecto del grupo de orientación en la adhesión terapéutica y en el autocuidado de pacientes con insuficiencia cardíaca crónica. Método: Ensayo clínico aleatorizado controlado, realizado entre 27 pacientes con insuficiencia cardíaca crónica. El grupo intervención, además de consultas de enfermería, participó de encuentros de grupo con el equipo multidisciplinar mientras el grupo control recibió solamente consultas de enfermería en un período de cuatro meses. Al principio y al final del estudio, se aplicaron cuestionarios, validados para uso en el Brasil, con el fin de evaluar los resultados autocuidado y adhesión al tratamiento. Las variables categóricas se expresaron a través de distribuciones de frecuencias y porcentajes y las variables continuas con promedio y desviación típica. La comparación entre las puntuaciones iniciales y finales del grupo intervención y control se realizó a través de la prueba T-Student. Resultados: El promedio de adhesión antes del estudio fue de 13,9±3,6 y de 14,8±2,3 después del estudio, en el grupo intervención y de 14,2±3,4, antes y de 14,7±3,5, después, en el grupo control. La puntuación de confianza en el autocuidado fue menor tras la intervención (p=0,01). Conclusión: El grupo de orientación no mejora la adhesión al tratamiento, el manejo y el mantenimiento y puede disminuir la confianza en el autocuidado. Registro REBEC RBR-7r9f2m.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Autocuidado , Grupos de Autoajuda , Cooperação do Paciente , Insuficiência Cardíaca/terapia , Doença Crônica
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...