Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 21
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1048000

RESUMO

Objetivo: discutir as vivências dos profissionais no cuidado em rede intersetorial voltado à criança e adolescente e suas articulações/trabalho no território. Método: pesquisa qualitativa, exploratório-descritivo, desenvolvida com 26 trabalhadores da rede intersetorial, em um município do Rio Grande do Sul, entre os meses de maio a junho de 2014. Os instrumentos utilizados para a coleta de dados foram entrevistas semiestruturadas com os depoimentos gravados e, posteriormente, transcritos na íntegra. Resultados: o profissional possui uma vivência de rede intersetorial, entendendo que esta rede deve partir de premissas como a interdisciplinaridade e o trabalho em conjunto. Que a rede de cuidado deve transpor serviços de saúde, ampliando olhares para projetos sociais e de inclusão. Conclusão: o território pode ser incorporado como um espaço de cuidado, de relações sociais e de modos de vida, sendo espaço também de vínculos entre profissionais e usuários


Objective: to discuss the experiences of professionals of the intersectoral care network focused on children and adolescents and their connections / work in the territory. Method: This qualitative study exploratory-descriptive, that included 26 intersectoral network workers in a city of Rio Grande do Sul state, Brazil between the months of May and June 2014. Data collection was conducted through a semistructured interview during which the testimonies were recorded and subsequently transcribed in full. Results: The professional has an experience of intersectoral network, which is based on the premises of interdisciplinarity and working together. The care network must be more than just health services, including social and community spaces, social and inclusion projects. Conclusion: The territory can be understood as a space of care, social relations and ways of life, also offering space for links between professionals and users of services


Objetivo: discutir las experiencias de los profesionales acerca de la red de atención direccionada a los niños y adolescentes y sus articulaciones / trabajo en el territorio. Método: investigación cualitativa, exploratoriodescriptivo, desarrollada con 26 trabajadores de la red intersectorial entre los meses de mayo hasta junio de 2014 en una ciudad en Rio Grande do Sul. La recolección de datos fue realizada por medio de entrevista semiestructurado, con los testimonios grabados y posteriormente transcritos en su totalidad. Resultados: el profesional tiene una experiencia de red intersectorial, la comprensión de que la red de premisas como la interdisciplinariedad y el trabajo en conjunto. La red de cuidado debe pasar a los servicios de salud, la ampliación de las miradas para proyectos sociales e inclusión. Conclusión: El territorio puede ser incorporado como un espacio de atención, las relaciones sociales y formas de vida también el espacio y las relaciones entre los profesionales y los usuarios


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Saúde da Criança , Colaboração Intersetorial , Pessoal de Saúde/organização & administração , Saúde do Adolescente , Pesquisa Qualitativa , Assistência à Saúde Mental
2.
Rev Gaucha Enferm ; 40: e20180432, 2019.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-31644714

RESUMO

OBJECTIVE: To analyze the possibilities and challenges in building intersectoral networks in mental health in the professional's view involved in the care for children and adolescents treated at the Child and Adolescent Psychosocial Care Center. METHODS: A qualitative, descriptive and exploratory research, held from May to June 2014, performed a town in southern Brazil. Data were collected through semi-structured interviews with 26 workers intersectoral networking and submitted to thematic analysis. RESULTS: The articulation of different services and intersectoral care devices, and challenges to be overcome, the individual treatment plan, social policies that realize the real needs of users, including family and the medical-hegemonic model, were pointed out as possibilities. CONCLUSION: The care raised to the intersectoral level is a necessity and a way to achieve new perspectives on care and its articulations to consolidate the Child and Adolescent Mental Health policy.

3.
Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online) ; 11(5): 1236-1241, out.-dez. 2019. ilus
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1022350

RESUMO

Objetivo: Caracterizar o apoio material recebido por familiares no cuidado as pessoas que utilizam crack. Método: Estudo qualitativo, do tipo estudo de caso, realizado com três familiares, entre os meses de outubro à novembro de 2013 em uma cidade da região metropolitana de Porto Alegre/RS. Resultados: Identificou-se que o apoio material é sustentado pela presença das redes informais, ou seja, da própria família e colegas de trabalho. O recurso financeiro é fundamental para sobrevivência e manutenção das necessidades cotidianas dos familiares. Conclusão: As redes de apoio funcionam como estratégia no enfrentamento da situação do uso do crack dentro da família. Ressalta-se a importância de explorarmos essas redes no contexto dos serviços de saúde mental, com vistas a potencializar o cuidado para fora dos serviços.


Objective: The study's purpose has been to characterize the material support received by family members who take care of crack users. Methods: It is a case study with a qualitative approach, which was carried out with three relatives of crack users, starting from October to November 2013 in a city in the metropolitan region of Porto Alegre city, Rio Grande do Sul State. Results: It was identified that the material support is maintained by the presence of the informal networks, in other words, by the presence of the family and co-workers. The financial resource is essential for survival and maintenance of the daily needs of family members. Conclusion: Support networks work as a coping strategy considering the presence of crack users in the family. It must be underlined the importance of exploring these networks in the framework of mental health services, aiming to promote the care beyond the services


Objetivo: Caracterizar el apoyo material recibido por familiares en el cuidado de las personas que utilizan crack. Método: Estudio cualitativo, del tipo estudio de caso, realizado con tres familiares, entre los meses de octubre a noviembre de 2013 en una ciudad de la región metropolitana de Porto Alegre / RS. Resultados: Se identificó que el apoyo material es sostenido por la presencia de las redes informales, es decir, de la propia familia y compañeros de trabajo. El recurso financiero es fundamental para la supervivencia y el mantenimiento de las necesidades cotidianas de los familiares. Conclusión: Las redes de apoyo funcionan como estrategia en el enfrentamiento de la situación del uso del crack dentro de la familia. Se resalta la importancia de explorar esas redes en el contexto de los servicios de salud mental, con vistas a potenciar el cuidado fuera de los servicios


Assuntos
Humanos , Feminino , Apoio Social , Cocaína Crack , Serviços de Saúde Mental , Brasil , Família , Cuidadores
4.
Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online) ; 11(3): 763-770, abr.-maio 2019. tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-987722

RESUMO

Objective: The study's purpose has been to identify in scientific literature the intersectoral actions developed in the mental health field. Methods: It is an integrative review that was performed by searching in both LILACS and MEDLINE databases for publications between January 2005 and August 2015. There were found 1,027 publications, 28 of which met the inclusion criteria. We evidenced some intersectoral actions that were categorized as follows: interventions in school/educational institutions; educational activities; partnerships with NGOs; discussion forums; social benefits; inclusive actions at work; interventions in the community; home interaction; religious care institutions; and leisure. Results: Through data analysis, it was possible to observe the importance of intersectoral actions in social inclusion, and also the decentralization of care to other services, places and sectors. Nonetheless, it is still necessary to discuss this process, once it is not only to include other spaces, rather to stimulate and to develop the communication between health, social assistance, work, and education. Conclusion: The challenge of consolidating intersectoriality lies on building an articulation between different sectors and shared responsibilities for mental health cases


Objetivo: Identificar na literatura científica as ações intersetoriais desenvolvidas em saúde mental. Métodos: Revisão integrativa realizada nas bases de dados LILACS e MEDLINE, entre janeiro de 2005 a agosto de 2015. Foram encontradas 1027 publicações, das quais 28 atenderam aos critérios de inclusão. Na análise dos dados, evidenciamos ações intersetoriais que foram categorizadas em: intervenções na escola/instituição de ensino; ações educativas; parcerias com ONGs; fóruns de discussões; subsídios sociais; ações de inclusão no trabalho; intervenções na comunidade; intervenção domiciliar; acolhimento das instituições religiosas; e lazer. Resultados: Observa-se a importância das ações intersetoriais na inclusão social com a descentralização do cuidado para outros serviços e dispositivos. No entanto, é necessário problematizar que esse processo não é somente incluir outros espaços, e sim, estimular e desenvolver a comunicação entre eles. Conclusão: O desafio da consolidação da intersetorialidade é que haja a articulação entre diversos setores e a responsabilização compartilhada da rede


Objetivo: Identificar en la literatura científica acciones intersectoriales desarrolladas en la salud mental. Métodos: Revisión de las bases de datos LILACS y MEDLINE para publicaciones entre enero de 2005 y agosto de 2015. Hemos encontrado 1027 publicaciones, 28 cumplieron los criterios del inclusión. Las acciones intersectoriales encontradas fueron categorizadas como: intervenciones en la escuela/instituciones educativas; actividades educacionales; asociaciones con ONGs; Foros de discusión; beneficios sociales; acciones inclusivas en el trabajo; intervenciones en la comunidad; intervenciones domiciliarias; instituciones del cuidado religioso; y ocio. Resultados: Las acciones intersectoriales son importantes en la inclusión social, la descentralización de la atención a otros servicios, lugares y sectores. Todavía es necesario discutir este proceso, para incluir otros espacios, sino para estimular y desarrollar la comunicación entre salud, asistencia social, trabajo y educación. Conclusión: El desafío de consolidar la intersectorialidad es construir una articulación entre los diferentes sectores y responsabilidades responsabilidades compartidas en salud mental


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Saúde Mental/tendências , Colaboração Intersetorial , Integralidade em Saúde
5.
Rev. gaúch. enferm ; 40: e20180432, 2019.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-1043030

RESUMO

Abstract Objective: To analyze the possibilities and challenges in building intersectoral networks in mental health in the professional's view involved in the care for children and adolescents treated at the Child and Adolescent Psychosocial Care Center. Methods: A qualitative, descriptive and exploratory research, held from May to June 2014, performed a town in southern Brazil. Data were collected through semi-structured interviews with 26 workers intersectoral networking and submitted to thematic analysis. Results: The articulation of different services and intersectoral care devices, and challenges to be overcome, the individual treatment plan, social policies that realize the real needs of users, including family and the medical-hegemonic model, were pointed out as possibilities. Conclusion: The care raised to the intersectoral level is a necessity and a way to achieve new perspectives on care and its articulations to consolidate the Child and Adolescent Mental Health policy.


Resumen Objetivo: Analizar las posibilidades y los desafíos en la construcción de redes intersectoriales en salud mental, según la opinión de los profesionales involucrados en el cuidado de niños y adolescentes atendidos en el Centro de Atención Psicosocial para Niños y Adolescentes. Métodos: Investigación cualitativa, descriptiva y exploratoria, realizada en el período de mayo a junio de 2014, en una ciudad en el sur de Brasil. Se recolectaron los datos por medio de entrevistas semiestructuradas con 26 trabajadores de redes intersectoriales y luego se los sometieron al análisis temático. Resultados: Se apuntaron como posibilidades la articulación de los diferentes servicios y dispositivos de atención intersectoriales, y los desafíos a superar, el plan de tratamiento individual, las políticas sociales que dan cuenta de las necesidades reales de los usuarios, incluyendo la familia y el modelo médico-hegemónico. Conclusión: El cuidado elevado al plan intersectorial es una necesidad y un modo de lograr nuevas miradas sobre el cuidado y sus articulaciones para consolidar la política de Salud Mental del Niño y del Adolescente.


Resumo Objetivos: Analisar as possibilidades e desafios na construção de redes intersetoriais em saúde mental na visão dos profissionais envolvidos no cuidado a crianças e adolescentes atendidos no Centro de Atenção Psicossocial Infantojuvenil. Metodologia: Pesquisa qualitativa, descritiva e exploratória, realizada no período de maio a junho de 2014, em um município do Sul do Brasil. Os dados foram coletados por meio de entrevistas semiestruturada com 26 trabalhadores da rede intersetorial e submetidos à análise temática. Resultados: Apontaram-se como possibilidades a articulação de diferentes serviços e dispositivos de cuidado intersetorial, e desafios a serem superados, o plano terapêutico singular, as políticas sociais que percebem as reais necessidades dos usuários, a inclusão da família e o modelo médico-hegemônico. Conclusões: O cuidado elevado ao plano intersetorial é uma necessidade e um modo de lograr novos olhares sobre o cuidado e suas articulações para consolidação da política de Saúde Mental da Criança e Adolescente.

6.
REME rev. min. enferm ; 22: e-1150, 2018.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-964491

RESUMO

O objetivo deste artigo é debater o uso de drogas como um fenômeno sociocultural e, a partir desse enfoque, a constituição de uma perspectiva de territorialidades de cuidados, visando ampliar olhares para um modelo sociocultural de atenção aos usuários de drogas. Trata-se de estudo de reflexão de natureza teórica, que problematiza a importância de se pensar a relação do indivíduo com o uso de drogas em diferentes aspectos socioculturais, incluindo espaços econômicos e sociais, os significados, a cultura, a formação de redes e estilos de vida. Nesse sentido, introduzimos a ideia de territorialidades de cuidado baseada em um modelo sociocultural, em que se reconhece a importância de uma dinâmica/ dialógica estabelecida entre profissionais e usuários no espaço vivo do cuidado.(AU)


Assuntos
Saúde Mental , Assistência Integral à Saúde , Usuários de Drogas , Antropologia , Fatores Socioeconômicos
7.
Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online) ; 9(4): 1099-1106, out.-dez. 2017.
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-908521

RESUMO

Objetivo: analisar o funcionamento de um Centro de Atenção Psicossocial para Álcool e outras Drogas (CAPS AD) para o atendimento a usuários de crack. Métodos: Trata-se de um recorte da pesquisa “ViaREDE”. Possui natureza avaliativa, do tipo estudo de caso, baseando-se na utilização da avaliação de quarta geração como referencial teórico-metodológico. Resultados: o CAPS AD é apontado enquanto um serviço potente na rede de atendimento ao usuário de crack. Destaca-se a importância da porta aberta do serviço para garantia do acesso universal e comprometido com o usuário. Outras questões discutidas são a necessidade de fortalecimento da rede intersetorial e a ampliação de horários de funcionamento do serviço. Conclusão: A análise do funcionamento do serviço contribuiu para pensarmos a constituição cotidiana da rede, bem como a capacidade reformadora dos dispositivos de cuidado.


Objective: to analyze the functioning of a Psychosocial Care Center for Alcohol and Other Drugs (CAPS ad) for the treatment of crack users. Methods: This is a part of the research “ViaREDE”. Has an evaluative nature, the type case study, based on the use of the assessment of Fourth Generation as theoretical-methodological framework. Results: CAPS AD is pointing as a service powerful in the service network to the user of crack cocaine. It highlights the importance of open door of service to guarantee universal access and committed to the user. Other issues discussed are the need to strengthen the network intersectorial and extension of hours of operation of the service. Conclusion: The analysis of the operation of the service helped to think through the constitution of daily network, as well as the ability to undertake reform of care.


Objetivo: analizar el funcionamiento de un Centro de Atención Psicosocial para el consumo de alcohol y otras drogas (CAPS ad) para el tratamiento de los usuarios de crack. Métodos: Se trata de una parte de la investigación “ViaREDE”. Tiene un carácter evaluativo, el tipo estudio de caso, basado en el uso de la evaluación de cuarta generación como marco teórico-metodológico. Resultados: El CAPS AD mientras un potente servicio en la red de servicio a los usuarios de cocaína crack. Subrayamos la importancia de la puerta de servicio para garantizar el acceso universal y comprometido con el usuario. Otros temas discutidos son: la necesidad de reforzar la red intersectorial y ampliación del horário de funcionamiento del servicio. Conclusión: El análisis de la operación del servicio ayudó a pensar a través de la constitución de la red de diarios, así como la capacidad de emprender la reforma de la atención.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Transtornos Relacionados ao Uso de Álcool/reabilitação , Transtornos Relacionados ao Uso de Álcool/terapia , Cocaína Crack , Transtornos Relacionados ao Uso de Cocaína/reabilitação , Transtornos Relacionados ao Uso de Cocaína/terapia , Desinstitucionalização/métodos , Desinstitucionalização , Serviços de Saúde Mental/tendências , Serviços de Saúde Mental , Brasil
8.
Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online) ; 9(4): 1099-1106, out.-dez. 2017.
Artigo em Inglês, Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-31899

RESUMO

Objetivo: Analisar o funcionamento de um Centro de Atenção Psicossocial para Álcool e outras Drogas (CAPS AD) para o atendimento a usuários de crack. Métodos: Trata-se de um recorte da pesquisa “ViaREDE”. Possui natureza avaliativa, do tipo estudo de caso, baseando-se na utilização da avaliação de quarta geração como referencial teórico-metodológico. Resultados: o CAPS AD é apontado enquanto um serviço potente na rede de atendimento ao usuário de crack. Destaca-se a importância da porta aberta do serviço para garantia do acesso universal e comprometido com o usuário. Outras questões discutidas são a necessidade de fortalecimento da rede intersetorial e a ampliação de horários de funcionamento do serviço. Conclusão: A análise do funcionamento do serviço contribuiu para pensarmos a constituição cotidiana da rede, bem como a capacidade reformadora dos dispositivos de cuidado.(AU)


Objective: To analyze the functioning of a Psychosocial Care Center for Alcohol and Other Drugs (CAPS ad) for the treatment of crack users. Methods: This is a part of the research “ViaREDE”. Has an evaluative nature, the type case study, based on the use of the assessment of Fourth Generation as theoretical-methodological framework. Results: CAPS AD is pointing as a service powerful in the service network to the user of crack cocaine. It highlights the importance of open door of service to guarantee universal access and committed to the user. Other issues discussed are the need to strengthen the network intersectorial and extension of hours of operation of the service. Conclusion: The analysis of the operation of the service helped to think through the constitution of daily network, as well as the ability to undertake reform of care.(AU)


Objetivo: Analizar el funcionamiento de un Centro de Atención Psicosocial para el consumo de alcohol y otras drogas (CAPS ad) para el tratamiento de los usuarios de crack. Métodos: Se trata de una parte de la investigación “ViaREDE”. Tiene un carácter evaluativo, el tipo estudio de caso, basado en el uso de la evaluación de cuarta generación como marco teórico-metodológico. Resultados: El CAPS AD mientras un potente servicio en la red de servicio a los usuarios de cocaína crack. Subrayamos la importancia de la puerta de servicio para garantizar el acceso universal y comprometido con el usuario. Otros temas discutidos son: la necesidad de reforzar la red intersectorial y ampliación del horário de funcionamiento del servicio. Conclusión: El análisis de la operación del servicio ayudó a pensar a través de la constitución de la red de diarios, así como la capacidad de emprender la reforma de la atención.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Transtornos Relacionados ao Uso de Álcool/reabilitação , Transtornos Relacionados ao Uso de Álcool/terapia , Transtornos Relacionados ao Uso de Cocaína/reabilitação , Transtornos Relacionados ao Uso de Cocaína/terapia , Serviços de Saúde Mental/tendências , Serviços de Saúde Mental , Desinstitucionalização/métodos , Desinstitucionalização , Cocaína Crack , Brasil
9.
Rev Gaucha Enferm ; 37(spe): e68447, 2017 Mar 30.
Artigo em Português, Inglês | MEDLINE | ID: mdl-28380154

RESUMO

Objective: To know the care strategies for crack users in Brazil from the perspective of the Centre of Psychosocial Care for Alcohol and Other Drugs (CAPS AD). Method: This is a qualitative descriptive study. Data were collected by means of interviews conducted with eight professionals of a CAPS AD in the metropolitan region of Porto Alegre, between February and March 2013. Data were subjected to thematic analysis. Results: The analysed data revealed the use of care strategies, such as itinerant teams, home visits, and the extended clinic, and that the work territory should essentially be the home of the professional. Conclusion: Care in the territory is considered an innovation in the field of mental healthcare because it enables care that focuses on social, cultural, and historical context of users.


Assuntos
Transtornos Relacionados ao Uso de Cocaína/terapia , Centros Comunitários de Saúde Mental/organização & administração , Cocaína Crack/efeitos adversos , Centros de Tratamento de Abuso de Substâncias/organização & administração , Brasil , Transtornos Relacionados ao Uso de Cocaína/enfermagem , Transtornos Relacionados ao Uso de Cocaína/reabilitação , Redes Comunitárias/organização & administração , Acesso aos Serviços de Saúde , Necessidades e Demandas de Serviços de Saúde , Visita Domiciliar , Humanos , Entrevistas como Assunto , Equipe de Assistência ao Paciente , Pesquisa Qualitativa , Meio Social , População Urbana
10.
Rev. baiana enferm ; 31(1): e16654, 2017.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-897439

RESUMO

Objetivo analisar a articulação da rede para o cuidado ao usuário de crack. Método pesquisa avaliativa, do tipo estudo de caso, desenvolvida em um município da região metropolitana de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil. Baseou-se na utilização da Avaliação de Quarta Geração como referencial teórico-metodológico. A coleta de dados ocorreu de janeiro a março de 2013, mediante observações de campo e entrevistas. Resultados apontou-se a existência de uma rede fragmentada e invisível, com dificuldades de comunicação entre os dispositivos de cuidado que a compõem. Como ponto potente, evidenciou-se a existência de um fórum intersetorial de discussão entre os membros dessa rede, visando superar algumas dessas fragilidades. Conclusão avalia-se a necessidade de mais espaços para comunicação e educação permanente das equipes, necessidade de infraestrutura dos serviços e de estratégias de cuidado que trabalhem o território do usuário de crack.


Objetivo analizar la articulación de la red para el cuidado del consumidor de crack. Método investigación evaluativa, del tipo estudio de caso, desarrollada en un municipio metropolitano de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil. Estuvo basado en la utilización de la Evaluación de Cuarta Generación como referencial teórico-metodológico. Datos recolectados de enero a marzo de 2013, mediante observaciones de campo y entrevistas. Resultados se determinó la existencia de una red fragmentada e invisible, con dificultades de comunicación entre los dispositivos de cuidado que la integran. Como fortaleza, se evidenció la existencia de un foro intersectorial de discusión entre miembros de dicha red, apuntando a superar algunas de esas fragilidades. Conclusión cabe considerarse la necesidad de más espacios de comunicación y educación continua de los equipos, la necesidad de infraestructura de los servicios y de estrategias de cuidado que trabajen en el territorio del consumidor de crack.


Objective to analyze the articulation of the network of care for crack users. Method evaluative study with case study design developed in a city in the metropolitan region of Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brazil. The Fourth Generation Evaluation was used as methodological-theoretical framework. Data were collected from January to March 2013 by means of field observations and interviews. Results a fragmented and invisible network was found, with difficulties of communication between the care components. A strong point evidenced was the existence of an intersectoral forum of discussion among the members of the network, aiming at overcoming some of these weaknesses. Conclusion more spaces for communication and continuing education of teams are needed, as well as better infrastructure of the services, and care strategies aimed at the territory of crack users.

11.
Artigo em Inglês, Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-30953

RESUMO

Objetivo: analisar a articulação da rede para o cuidado ao usuário de crack. Método: pesquisa avaliativa, do tipo estudo de caso, desenvolvida em um município da região metropolitana de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil. Baseou-se na utilização da Avaliação de Quarta Geração como referencial teórico-metodológico. A coleta de dados ocorreu de janeiro a março de 2013, mediante observações de campo e entrevistas. Resultados: apontou-se a existência de uma rede fragmentada e invisível, com dificuldades de comunicação entre os dispositivos de cuidado que a compõem. Como ponto potente, evidenciou-se a existência de um fórum intersetorial de discussão entre os membros dessa rede, visando superar algumas dessas fragilidades. Conclusão: avalia-se a necessidade de mais espaços para comunicação e educação permanente das equipes, necessidade de infraestrutura dos serviços e de estratégias de cuidado que trabalhem o território do usuário de crack. (AU)


Objective: to analyze the coordination of the network of care to crack users. Method: an evaluative study, with a case study design, was developed in a city in the metropolitan region of Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brazil. The Fourth Generation Evaluation was used as methodological-theoretical framework. Data were collected from January to March 2013, by means of field observations and interviews. Results: a fragmented and invisible network was found, with communication difficulties among the care devices composing it. A strong point evidenced was the existence of an intersectoral forum of discussion among the members of the network, aiming at overcoming some of these weaknesses. Conclusion: more spaces for communication and permanent education of the teams are needed, as well as better infrastructure of the services, and care strategies toward the territory of crack users. (AU)


Objetivo: analizar la articulación de la red para el cuidado del consumidor de crack. Método: investigación evaluativa, del tipo estudio de caso, desarrollada en un municipio metropolitano de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil. Estuvo basado en la utilización de la Evaluación de Cuarta Generación como referencial teórico-metodológico. Datos recolectados de enero a marzo de 2013, mediante observaciones de campo y entrevistas. Resultados: se determinó la existencia de una red fragmentada e invisible, con dificultades de comunicación entre los dispositivos de cuidado que la integran. Como fortaleza, se evidenció la existencia de un foro intersectorial de discusión entre miembros de dicha red, apuntando a superar algunas de esas fragilidades. Conclusión: cabe considerarse la necesidad de más espacios de comunicación y educación continua de los equipos, la necesidad de infraestructura de los servicios y de estrategias de cuidado que trabajen en el territorio del consumidor de crack. (AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Cocaína Crack , Usuários de Drogas , Saúde Mental , Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias , Assistência à Saúde , Serviços de Saúde Mental , Pesquisa Qualitativa , Pesquisa sobre Serviços de Saúde
12.
Rev. gaúch. enferm ; 37(spe): e68447, 2016.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-845197

RESUMO

RESUMO Objetivo Conhecer estratégias de cuidado ao usuário de crack no território a partir da realidade de um Centro de Atenção Psicossocial para álcool e outras drogas (CAPS AD). Método Estudo qualitativo e descritivo. Os dados foram coletados por meio de entrevista, realizada com oito profissionais de um CAPS AD da região metropolitana de Porto Alegre, entre os meses de fevereiro e março de 2013. Para análise dos dados utilizou-se a análise temática. Resultados Foram apontadas, a partir dos dados analisados, estratégias de cuidado no território como: as equipes itinerantes, as visitas domiciliares, a clínica ampliada e a importância do território de trabalho ser o mesmo da residência do profissional. Conclusão O cuidado no território mostra-se como uma inovação para o campo da Saúde Mental, visto que permite uma atenção em saúde voltada para o contexto social, cultural e histórico dos usuários.


RESUMEN Objetivo Conocer las estrategias de atención al usuario grieta en el territorio de la realidad de un centro de atención psicosocial contra el alcohol y otras drogas (CAPS AD). Método Se trata de un estudio cualitativo y descriptivo. Los datos fueron obtenidos con entrevistas a ocho profesionales de un CAPS AD de la región metropolitana de Porto Alegre, entre los meses de febrero y marzo de 2013. Para el análisis de los datos se utilizó el análisis temático. Resultados Sugieren las siguientes estrategias de atención: equipos itinerantes, visitas domiciliarias, la clínica ampliada y la importancia del territorio de trabajo ser el mismo que el de la residencia del profesional. Conclusión El cuidado en el territorio se presenta como una innovación en el campo de la Salud Mental, ya que permite una atención a la salud centrada en el contexto social y cultural de los usuarios.


ABSTRACT Objective To know the care strategies for crack users in Brazil from the perspective of the Centre of Psychosocial Care for Alcohol and Other Drugs (CAPS AD). Method This is a qualitative descriptive study. Data were collected by means of interviews conducted with eight professionals of a CAPS AD in the metropolitan region of Porto Alegre, between February and March 2013. Data were subjected to thematic analysis. Results The analysed data revealed the use of care strategies, such as itinerant teams, home visits, and the extended clinic, and that the work territory should essentially be the home of the professional. Conclusion Care in the territory is considered an innovation in the field of mental healthcare because it enables care that focuses on social, cultural, and historical context of users.

13.
Rev. enferm. UERJ ; 23(3): 420-424, maio.-jun. 2015.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-28041

RESUMO

Este artigo tem como tema o território e saúde mental e discute as contribuições da geografia para o campo psicossocial, pensando o território como o local de cuidado em saúde mental. Historiciza brevemente a ideologia psiquiátrica da produção do comum nos hospícios, apresentando a necessidade de se pensar alternativas de cuidado que reforcem as singularidades dos sujeitos e fora dos muros dos manicômios. Desenvolve o tema do território como local de potência para o cuidado e foco da desinstitucionalização, aproximando-se da geografia para analisar o espaço de atuação da vida humana. Encerra com a discussão conceitual do território embasada em autores do campo conceitual da Geografia, e suas interfaces com a prática no contexto da atenção psicossocial. Por fim, a proposta é apoiar-se na interdisciplinaridade para ampliar o debate da desinstitucionalização da loucura. (AU)


The subject of this article is the territory and mental health. It discusses the contributions of geography to the psychosocial field, considering the territory as the place of mental health care. It briefly historicizes the psychiatric ideology of production of the common in hospices, presenting the need to think about care alternatives that reinforce the uniqueness of individuals and occur outside the walls of asylums. It develops the theme of the territory as a potent place for a deinstitutionalized care and focus, approaching Geography to analyze the space where human life is acted out. It concludes with a conceptual discussion of territory, based on authors from the conceptual field of Geography, and its interfaces with practicein the psychosocial care context. Lastly, the proposal is to rely on interdisciplinarity to enlarge the discussion of the deinstitutionalization of madness. (AU)


El tema de este artículo es el territorio y la salud mental. Su objetivo es debatir las contribuciones de la geografía para el campo psicosocial, interpretando al territorio como escenario de cuidado en salud mental. Narra brevemente la ideología psiquiátrica de la producción de lo común en los hospitales psiquiátricos y presenta la necesidad de pensar en alternativas de cuidado para reforzar las singularidades de las personas, fuera de esos espacios. Desarrolla el tema del territorio comositio de potencia para el cuidado y foco de la desinstitucionalización, acercándose a la geografía para analizar el espacio de actuación de la vida humana. Termina con la discusión conceptual del territorio basada en autores del campo conceptual de la geografía y sus relaciones con la práctica en el contexto de la atención psicosocial. En suma, la propuesta es apoyarse en la interdiciplinariedad para ampliar el debate de la desinstitucionalización de la locura. (AU)


Assuntos
Humanos , Saúde Mental , Desinstitucionalização , Enfermagem , Geografia , Pesquisa
14.
Rev. enferm. UERJ ; 23(3): 420-424, maio.-jun. 2015.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-768874

RESUMO

Este artigo tem como tema o território e saúde mental e discute as contribuições da geografia para o campo psicossocial, pensando o território como o local de cuidado em saúde mental. Historiciza brevemente a ideologia psiquiátrica da produção do comum nos hospícios, apresentando a necessidade de se pensar alternativas de cuidado que reforcem as singularidades dos sujeitos e fora dos muros dos manicômios. Desenvolve o tema do território como local de potência para o cuidado e foco da desinstitucionalização, aproximando-se da geografia para analisar o espaço de atuação da vida humana. Encerra com a discussão conceitual do território embasada em autores do campo conceitual da Geografia, e suas interfaces com a prática no contexto da atenção psicossocial. Por fim, a proposta é apoiar-se na interdisciplinaridade para ampliar o debate da desinstitucionalização da loucura.


The subject of this article is the territory and mental health. It discusses the contributions of geography to the psychosocial field, considering the territory as the place of mental health care. It briefly historicizes the psychiatric ideology of production of the common in hospices, presenting the need to think about care alternatives that reinforce the uniqueness of individuals and occur outside the walls of asylums. It develops the theme of the territory as a potent place for a deinstitutionalized care and focus, approaching Geography to analyze the space where human life is acted out. It concludes with a conceptual discussion of territory, based on authors from the conceptual field of Geography, and its interfaces with practicein the psychosocial care context. Lastly, the proposal is to rely on interdisciplinarity to enlarge the discussion of the deinstitutionalization of madness.


El tema de este artículo es el territorio y la salud mental. Su objetivo es debatir las contribuciones de la geografía para el campo psicosocial, interpretando al territorio como escenario de cuidado en salud mental. Narra brevemente la ideología psiquiátrica de la producción de lo común en los hospitales psiquiátricos y presenta la necesidad de pensar en alternativas de cuidado para reforzar las singularidades de las personas, fuera de esos espacios. Desarrolla el tema del territorio comositio de potencia para el cuidado y foco de la desinstitucionalización, acercándose a la geografía para analizar el espacio de actuación de la vida humana. Termina con la discusión conceptual del territorio basada en autores del campo conceptual de la geografía y sus relaciones con la práctica en el contexto de la atención psicosocial. En suma, la propuesta es apoyarse en la interdiciplinariedad para ampliar el debate de la desinstitucionalización de la locura.


Assuntos
Humanos , Desinstitucionalização , Geografia , Saúde Mental , Enfermagem , Pesquisa
15.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: lil-759550

RESUMO

Trata-se de revisão integrativa, com o objetivo de caracterizar a produção científica dos artigos brasileiros de enfermagem sobre crack. Foram analisados 11 artigos publicados nas bases de dados BDENF, Lilacs, SciELO, CINAHL, PsycINFO, Cuiden e Medline, no período de janeiro/2002 a junho/2012. Nos resultados encontrou-se que 82% dos artigos eram de língua portuguesa, 36% deles foram publicados entre 2010 e 2012. Os artigos abordavam: padrão de consumo e perfil do usuário; comportamentos de risco associados ao uso do crack; possibilidades de tratamento através de internações. Concluiu-se que o tema é rico e provocativo ao campo da saúde, mas ainda carente de investigações e publicações. Isso se reflete na área de enfermagem. PALAVRAS-CHAVE: Crack.


It is integrative review, aiming to characterize the scientific production of Brazilian nursing articles on crack. 11 articles published on the databases BDENF, LILACS, SciELO, CINAHL, PsycINFO, MEDLINE and CUIDEN data from january/2002 to june/2012 were analyzed. The results it was found that 82% of the articles were Portuguese, 36% of them were published between 2010 and 2012. Articles addressed: Consumption pattern and user profile. Risk behaviors associated with crack users; Treatment possibilities through admissions. We conclude that the subject is rich and provocative to the health , but still lacking in research and publications. This is reflected in the nursing .


Se trata de una revisión integradora, con el objetivo de caracterizar la producción científica de artículos brasileños de enfermería sobre crack. Se analizaron 11 artículos publicados en las bases de datos BDENF, Lilacs, SciELO, CINAHL, PsycINFO, Cuiden y Medlin, en el periodo de enero/2002 hasta junio/2012. En los resultados se encontró que 82% de los artículos son en portugués, 36% de ellos publicados entre 2010 y 2012. Los artículos abordan: patrón de consumo y perfil del usuario; comportamientos de riesgo asociados con el uso de crack; posibilidades de tratamiento a través de internaciones. Se concluye que el tema es rico y provocador al campo de la salud, todavía aún necesita de investigación y publicaciones. Esto se refleja en el área de enfermería.

16.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-30898

RESUMO

Trata-se de revisão integrativa, com o objetivo de caracterizar a produção científica dos artigos brasileiros de enfermagem sobre crack. Foram analisados 11 artigos publicados nas bases de dados BDENF, Lilacs, SciELO, CINAHL, PsycINFO, Cuiden e Medline, no período de janeiro/2002 a junho/2012. Nos resultados encontrou-se que 82% dos artigos eram de língua portuguesa, 36% deles foram publicados entre 2010 e 2012. Os artigos abordavam: padrão de consumo e perfil do usuário; comportamentos de risco associados ao uso do crack; possibilidades de tratamento através de internações. Concluiu-se que o tema é rico e provocativo ao campo da saúde, mas ainda carente de investigações e publicações. Isso se reflete na área de enfermagem. (AU)


It is integrative review, aiming to characterize the scientific production of Brazilian nursing articles on crack. 11articles published on the databases BDENF, LILACS, SciELO, CINAHL, PsycINFO, MEDLINE and CUIDEN data fromjanuary/2002 to june/2012 were analyzed. The results it was found that 82% of the articles were Portuguese, 36%of them were published between 2010 and 2012. Articles addressed: Consumption pattern and user profile. Riskbehaviors associated with crack users; Treatment possibilities through admissions. We conclude that the subject is richand provocative to the health field, but still lacking in research and publications. This is reflected in the nursing field. (AU)


Se trata de una revisión integradora, con el objetivo de caracterizar la producción científica de artículos brasileñosde enfermería sobre crack. Se analizaron 11 artículos publicados en las bases de datos BDENF, Lilacs, SciELO,CINAHL, PsycINFO, Cuiden y Medlin, en el periodo de enero/2002 hasta junio/2012. En los resultados se encontró que82% de los artículos son en portugués, 36% de ellos publicados entre 2010 y 2012. Los artículos abordan: patrón deconsumo y perfil del usuario; comportamientos de riesgo asociados con el uso de crack; posibilidades de tratamientoa través de internaciones. Se concluye que el tema es rico y provocador al campo de la salud, todavía aún necesitade investigación y publicaciones. Esto se refleja en el área de enfermería. (AU)


Assuntos
Cocaína Crack , Enfermagem , Saúde Mental , Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias , Publicações Científicas e Técnicas
17.
Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online) ; 5(4): 696-705, out.-dez. 2013. ilus
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: lil-691077

RESUMO

Objetivo: conhecer a rede social dos usuários que frequentam um Centro de Atenção Psicossocial e a contribuição para o desenvolvimento de sua autonomia, identificando os fatores colaboradores e inibidores desta rede. Método: Qualitativo com a utilização da Metodologia de Análise de Redes do Cotidiano (MARES). Foi desenvolvido num CAPS II em Pelotas-RS, através de dois grupos focais com 6 usuários. Resultados: Identificou-se a rede social dos usuários de um CAPS e como essa rede contribui no resgate da sua autonomia, a visão do usuário em relação a sua rede social e aos condicionantes responsáveis pela produção de seu bem–estar, além dos problemas que afligem os usuários no seu cotidiano. Conclusões: ressalta-se a importância deste estudo para os serviços de saúde mental, para que estes possam identificar e refletir a respeito do CAPS e de como este pode contribuir na reconstrução dos laços sociais e afetivos dos usuários.


Objective: To know the social network of users who attend a Psychosocial Care Center and contribution to the development of their autonomy, identifying the factors employees and inhibitors of this network. Method: Qualitative Methodology with the use of Network Analysis of Everyday Life (SEAS). It was developed in CAPS II in Pelotas, through two focus groups with 6 users. Results: We identified a social network of users from a network CAPS and how this contributes to the rescue of their autonomy, the user's view in relation to their social network and the conditions responsible for producing their well-being, beyond the problems that afflict users in their daily lives. Conclusions: highlights the importance of this study for mental health services, so that they can identify and reflect about CAPS and how this can contribute to the reconstruction of social and emotional ties of users.


Objetivo: Conocer la red social de los usuarios que acuden a un Centro de Atención Psicosocial y su contribución al desarrollo de su autonomía, la identificación de los empleados y los inhibidores de los factores de esta red. Método: Metodología cualitativa con el uso de análisis de red de la vida cotidiana (SEAS). Fue desarrollado en CAPS II en Pelotas, a través de dos grupos de discusión con 6 usuarios. Resultados: Se identificó una red social de los usuarios de un CAPS de la red y cómo esto contribuye al rescate de su autonomía, la vista del usuario en relación con su red social y las condiciones responsables de producir su bienestar, más allá de los problemas que afectan a los usuarios en su vida diaria. Conclusión: destaca la importancia de este estudio para los servicios de salud mental, para que puedan identificar y reflexionar acerca de CAPS y cómo esto puede contribuir a la reconstrucción de los lazos sociales y emocionales de los usuarios.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Serviços de Saúde Mental , Autonomia Pessoal , Rede Social , Seguridade Social/psicologia , Brasil
18.
Ciênc. cuid. saúde ; 12(3): 593-598, jul.-set. 2013.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-735626

RESUMO

Este estudo relata a experiência de alunas de pós-graduação durante o estágio de docência em curso de graduação, de setembro a dezembro de 2012. Foi realizado na disciplina Enfermagem em Saúde Mental II, no quinto semestre da graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Essa disciplina apresenta o cuidado nos serviços de saúde mental, sob a perspectiva da Reforma Psiquiátrica e do modo psicossocial. As discussões e os achados deste relato de experiência foram baseados na reflexão das mestrandas. O campo de estágio foi o Centro de Atenção Psicossocial - Álcool e outras Drogas (CAPS AD); nesse cenário, foram realizadas atividades práticas, discussões em seminários temáticos e supervisão grupal. Percebeu-se busca de interlocução entre a teoria e a prática na interação entre mestrandas e acadêmicos, o estabelecimento de vínculo e espaços reservados para discussão sobre o tema atenção psicossocial, além da busca da superação de ansiedades e dificuldades, o que demonstra que o processo de ensino e aprendizagem é dinâmico e inacabado.


This study reports the experience of graduate students during the teaching internship at an undergraduate course, from September to December 2012. It was conducted in the discipline "Mental Health Nursing II", at the fifth semester of the undergraduate Nursing course of Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). This discipline introduces care in the mental health services, from the perspective of the Psychiatric Reform and the psychosocial mode. The discussions and findings of this experience report were based on the reflection by the graduate students. The internship field was the Psychosocial Care Center - Alcohol and other Drugs (CAPS AD); in this setting, we conducted practical activities, discussions in thematic seminars, and group supervision. We noticed a search for dialogue between theory and practice in the interaction between graduate and undergraduate students, the establishment of a bond, and spaces aimed at the discussion on the theme psychosocial care, in addition to the search for overcoming anxieties and difficulties, something which shows that the teaching and learning process is dynamic and unfinished.


Este estudio relata la experiencia de alumnas de postgrado durante las prácticas de docencia en curso de graduación, de septiembre a diciembre de 2012. Fue realizado en la asignatura Enfermería en Salud Mental II, en el quinto semestre de la graduación en Enfermería de la Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Esta asignatura presenta la atención en los servicios de salud mental, bajo la perspectiva de la Reforma Psiquiátrica y del modo psicosocial. Las discusiones y los hallazgos de este relato de experiencia se basaron en la reflexión de las estudiantes de maestría. El campo de prácticas fue el Centro de Atención Psicosocial - Alcohol y otras Drogas (CAPS AD); en este escenario, fueron realizadas actividades prácticas, discusiones en seminarios temáticos y supervisión de grupo. Se percibió la búsqueda de un diálogo entre la teoría y la práctica en la interacción entre estudiantes de maestría y académicos, el establecimiento de vínculo y espacios reservados a la discusión acerca del tema atención psicosocial, además de la búsqueda de la superación de ansiedades y dificultades, lo que demuestra que el proceso de enseñanza y aprendizaje es dinámico e inacabado.


Assuntos
Educação em Enfermagem , Saúde Mental , Enfermagem Psiquiátrica
19.
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-672243

RESUMO

Objetivo: Apresentar os conceitos, percepções e vivências trazidas pelos profissionais de Saúde Mental sobre seus cotidianos nos serviços. Métodos: Trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa e Análise Institucional sobre Apoio Matricial e Redes de Cuidado Integral em Saúde Mental realizada com três serviços no município de Uruguaiana, os dados foram agrupados em categorias e a análise procedeu pela interpretação e reflexão do conteúdo emergido. Resultados: Os resultados apontam para o desvelamento de novos olhares sobre o assunto na perspectiva dos profissionais em saúde, visando o debate, a crítica e as construções coletivas de conceitos e resoluções de situações problemas que mostraram as vivências e as realidades destas equipes. Conclusão: Por fim, busca-se contribuir com a ampliação do debate a cerca da temática, considerando sua necessidade de viabilização nas práticas nos serviços.


Objective: To present the concepts, perceptions and experiences brought by Mental Health professionals about theirdaily services. Methods: This is a qualitative study and Institutional Analysis about Matrix Support and Integral Care Network in Mental Health held three services in the municipality of Uruguaiana, the data were grouped into categories and the analysis conducted for the interpretation and reflection content emerged. Results: The results point to the unveiling of new perspectives on the subject from the perspective of professionals in health, to the debate, criticism and collective constructions of concepts and resolutions of problem situations that showed the experiences andrealities of these teams. Conclusion: Finally, we seek to contribute to the wider debate about the issue, considering their need for services enabling practices.


Objetivo: Presentar los conceptos, las percepciones y experiencias presentadas por los profesionales de la salud mental sobre sus servicios diarios. Métodos: Un estudio cualitativo en análisis institucional y la matriz de la Red de Apoyo y Atención Integral en Salud Mental llevó a cabo tres servicios en el municipio de Uruguaiana, los datos se agruparon en categorías y el análisis realizada para la interpretación y la reflexión surgieron de contenido. Resultados: Apuntan a la inauguración de nuevas perspectivas sobre el tema desde la perspectiva de profesionales de la salud con el fin de debate, crítica y construcción colectiva de conceptos y resoluciones de las situaciones problemáticas que mostraron las experiencias y realidades de estos equipos. Conclusión: Se busca contribuir a un debate más amplio sobre el tema, teniendo en cuenta su necesidad de prácticas de los servicios de apoyo.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Redes Comunitárias , Humanização da Assistência , Serviços de Saúde Mental , Brasil
20.
Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online) ; 5(2): 3655-3666, abr.-maio 2013.
Artigo em Inglês, Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-24526

RESUMO

Objetivo: Apresentar os conceitos, percepções e vivências trazidas pelos profissionais de Saúde Mental sobre seus cotidianos nos serviços. Métodos: Trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa e Análise Institucional sobre Apoio Matricial e Redes de Cuidado Integral em Saúde Mental realizada com três serviços no município de Uruguaiana, os dados foram agrupados em categorias e a análise procedeu pela interpretação e reflexão do conteúdo emergido. Resultados: Os resultados apontam para o desvelamento de novos olhares sobre o assunto na perspectiva dos profissionais em saúde, visando o debate, a crítica e as construções coletivas de conceitos e resoluções de situações problemas que mostraram as vivências e as realidades destas equipes. Conclusão: Por fim, busca-se contribuir com a ampliação do debate a cerca da temática, considerando sua necessidade de viabilização nas práticas nos serviços.(AU)


Objective: To present the concepts, perceptions and experiences brought by Mental Health professionals about theirdaily services. Methods: This is a qualitative study and Institutional Analysis about Matrix Support and Integral Care Network in Mental Health held three services in the municipality of Uruguaiana, the data were grouped into categories and the analysis conducted for the interpretation and reflection content emerged. Results: The results point to the unveiling of new perspectives on the subject from the perspective of professionals in health, to the debate, criticism and collective constructions of concepts and resolutions of problem situations that showed the experiences andrealities of these teams. Conclusion: Finally, we seek to contribute to the wider debate about the issue, considering their need for services enabling practices.(AU)


Objetivo: Presentar los conceptos, las percepciones y experiencias presentadas por los profesionales de la salud mental sobre sus servicios diarios. Métodos: Un estudio cualitativo en análisis institucional y la matriz de la Red de Apoyo y Atención Integral en Salud Mental llevó a cabo tres servicios en el municipio de Uruguaiana, los datos se agruparon en categorías y el análisis realizada para la interpretación y la reflexión surgieron de contenido. Resultados: Apuntan a la inauguración de nuevas perspectivas sobre el tema desde la perspectiva de profesionales de la salud con el fin de debate, crítica y construcción colectiva de conceptos y resoluciones de las situaciones problemáticas que mostraron las experiencias y realidades de estos equipos. Conclusión: Se busca contribuir a un debate más amplio sobre el tema, teniendo en cuenta su necesidad de prácticas de los servicios de apoyo.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Serviços de Saúde Mental , Humanização da Assistência , Redes Comunitárias , Brasil
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA