Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 5 de 5
Filtrar
Mais filtros










Tipo de estudo
Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. enferm. UERJ ; 26: e33087, jan.-dez. 2018. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-963619

RESUMO

Objetivo: caracterizar a adesão da prática de higienização das mãos pelos profissionais de saúde. Método: estudo transversal, com a equipe multidisciplinar da unidade de terapia intensiva de um hospital do Rio de Janeiro, entre janeiro e fevereiro de 2017. A coleta de dados foi através da observação direta com um formulário adaptado. Foram realizadas 165 observações analisadas pelo software R. O projeto foi aprovado por Comitê de Ética em Pesquisa. Resultados: em 13% das observações foi alcançado o padrão ouro que corresponde a higiene das mãos antes e após o contato com o paciente com a técnica correta. Todas as categorias profissionais realizaram mais a higienização das mãos após o contato com o paciente. Conclusão: verificou-se baixa taxa de adesão à higienização das mãos pelos profissionais de saúde. Contudo, a categoria enfermeiro é a que mais higieniza as mãos antes e após o contato com o paciente, conforme a técnica correta.


Objective: to characterize health professionals' adherence to hand hygiene procedure. Method: this cross-sectional study with the multidisciplinary team of an intensive care unit at a hospital in Rio de Janeiro was conducted between January and February 2017. Data were collected in 165 direct observations using an adapted form, and analyzed by R software. The project was approved by the research ethics committee. Results: the gold standard (hand hygiene before and after contact with the patient using the correct technique) was achieved in 13% of the observations. All categories of health personnel performed hand hygiene more after contact with the patient. Conclusion: the rate of adherence to hand hygiene by health professionals was low. However, the category that most hygienized hands before and after contact with patients, using the correct technique, was nurses.


Objetivo: caracterizar la adhesión de la práctica de higienización de las manos por los profesionales de salud. Método: estudio transversal, con el equipo multidisciplinario de la unidad de terapia intensiva de un hospital de Río de Janeiro, entre enero y febrero de 2017. La recolección de datos fue a través de la observación directa con un formulario adaptado. Fueron realizadas 165 observaciones analizadas por el software R. El proyecto fue aprobado por el Comité de Ética en Investigación. Resultados: en el 13% de las observaciones se alcanzó el patrón oro que corresponde a la higiene de las manos antes y después del contacto con el paciente, utilizando la técnica correcta. Todas las categorías profesionales realizaron más la higienización de las manos después del contacto con el paciente. Conclusión: se verificó baja tasa de adhesión a la higienización de las manos por los profesionales de salud. Sin embargo, la categoría enfermera es la que más higieniza las manos antes y después del contacto con el paciente según la técnica correcta.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Infecção Hospitalar , Controle de Infecções , Monitoramento , Higiene das Mãos , Brasil , Estudos Transversais , Estudo Observacional , Unidades de Terapia Intensiva , Cuidados de Enfermagem
3.
Rev. enferm. UERJ ; 15(4): 515-520, out.-dez. 2007.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-482256

RESUMO

Estudo histórico-social com abordagem quantitativa. Objeto: a reconfiguração dos cursos superiores de enfermagem na Região Norte do Brasil, quanto à vinculação institucional. Recorte temporal: 2000-2006. Objetivos: levantar o número de cursos superiores de enfermagem criados na Região Norte do Brasil; comparar o número de cursos vinculados a instituições públicas e privadas nessa Região; discutir as influências do contexto histórico-social no movimento de expansão e diversificação desses cursos. Fontes primárias: site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira e formulários. Fontes secundárias: publicações e sites sobre a temática. Em 2006, a Região Norte possuía 35 cursos, sendo 22 (63 por cento) do setor privado e 13 (37 por cento) do setor público. Quanto à vinculação institucional, o que se percebe é que o incremento da política neoliberal vem determinando uma reconfiguração do campo da educação superior de enfermagem.


Estudo histórico-social com abordagem quantitativa. Objeto: a reconfiguração dos cursos superiores de enfermagem na Região Norte do Brasil, quanto à vinculação institucional. Recorte temporal: 2000-2006. Objetivos: levantar o número de cursos superiores de enfermagem criados na Região Norte do Brasil; comparar o número de cursos vinculados a instituições públicas e privadas nessa Região; discutir as influências do contexto histórico-social no movimento de expansão e diversificação desses cursos. Fontes primárias: site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira e formulários. Fontes secundárias: publicações e sites sobre a temática. Em 2006, a Região Norte possuía 35 cursos, sendo 22 (63 percent) do setor privado e 13 (37 percent) do setor público. Quanto à vinculação institucional, o que se percebe é que o incremento da política neoliberal vem determinando uma reconfiguração do campo da educação superior de enfermagem.


Estudio histórico-social con abordaje cuantitativa. Objeto: la reconfiguración de los cursos superiores de enfermería en la Región Norte de Brasil, en lo que se refiere a la vinculación institucional. Recorte temporal: 2000-2006. Objetivos: inventariar el número de cursos superiores de enfermería creados en la Región Norte de Brasil; comparar el número de cursos vinculados a instituciones públicas y privadas en esa Región; discutir las influéncias del contexto histórico-social en el movimiento de expansión y diversificación de esos cursos. Fuentes primárias: site del Instituto Nacional de Estudios e Investigaciones Educacionales Anisio Teixeira y formularios. Fuentes secundarias: publicaciones y sites que abordan la temática en estudio. En 2006, la Región Norte poseía 35 cursos, 22 (63 por ciento) del sector privado y 13 (37 por ciento) del sector público. Cuanto a la vinculación institucional, lo que se percibe es que el incremento de la política neoliberal viene determinando una reconfiguración del campo de la educación superior de enfermería.


Assuntos
Bacharelado em Enfermagem/história , Brasil , Escolas de Enfermagem , História da Enfermagem , Pesquisa em Enfermagem
4.
Enferm. atual ; 6(34): 22-26, jul/ago. 2006. tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1027966

RESUMO

Comentar a configuração dos cursos superiores de enfermagem no RJ entre 2000-2004. Em 1990, existiam 16 cursos de enfermagem no RJ: quatro públicos e 12 privados. Em 2004, 36; sendo 89% privados e 11% públicos. Ao tempo em que houve a expansão do mercado de trabalho para os enfermeiros e o aumento de candidatos aos cursos de enfermagem, o setor público diminuiu os investimentos na rede própria. Assim, o setor privado passou a deter a prerrogativa de determinar, quase que por completo, o tipo de profissional de enfermagem a ser inserido no mercado de trabalho em saúde.


Commenting the configuration of nurse's graduation courses in the between 2000-2004. In 1990, have been 16 courses of nursing in RJ: 4 publics and 12 privates. In 2004, 36; have been 89% privates and 11% publics. In a period in that happen a expansion of business job for nurses and the increase of candidate in the nurse's courses, the public sector reduced theses investments in yourself. So, the private sector passed stop the prerogative of determine, almost than per complete, the type of nurse professional to be inserted in the health business job.


Assuntos
Brasil , Enfermagem , Escolas de Enfermagem , História da Enfermagem
5.
Texto & contexto enferm ; 14(4): 506-512, out.-dez. 2005. ilus
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-439047

RESUMO

Estudo histórico-social que tem como objeto as lutas das enfermeiras católicas por melhores posições no campo da educação e da prática da enfermagem no Brasil. Recorte temporal: 1944-1956. Objetivos: descrever as circunstâncias que levaram as enfermeiras católicas a se organizarem politicamente; analisar a criação da União Católica das Enfermeiras do Brasil como estratégia de luta das enfermeiras católicas e; comentar a importância da União para o realinhamento do campo da educação e da prática da enfermagem no Brasil. Fontes primárias: documentos escritos e depoimento oral. Fontes secundárias: livros, artigos, teses e dissertações que abordam a temática. A União foi criada com a finalidade de congregar em uma só associação de classe, enfermeiras religiosas e católicas laicas. Assim contribuiu para o fortalecimento da enfermagem católica no campo da educação e da prática, instituindo um novo modelo de enfermagem na sociedade brasileira...


Assuntos
Humanos , Feminino , Catolicismo , Enfermagem , Escolas de Enfermagem , Estudos Retrospectivos , História da Enfermagem , Prática Profissional
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA