Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 22
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Interface (Botucatu, Online) ; 22(supl.2): 1799-1809, 2018. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-975837

RESUMO

Resumo O objetivo deste relato de experiência é descrever a etapa de planejamento de uma atividade intitulada "Educação Interprofissional para Atenção à Saúde do Trabalhador na Atenção Primária à Saúde", que teve como objetivo a formação de estudantes e profissionais para atenção integral à saúde dos trabalhadores. O planejamento embasou-se no referencial da pesquisa-ação, com a participação de docentes e estudantes de cursos da área da Saúde de uma universidade pública federal, em oficinas semanais. Os dados foram coletados por meio da observação participante e registrados em diários de campo, cujas sínteses foram validadas pelo grupo de trabalho. Espera-se, com este relato de experiência, disseminar as potencialidades da construção coletiva de uma atividade interprofissional, considerando diferentes perspectivas e olhares sobre temas transversais na formação em Saúde, como a Saúde do Trabalhador.(AU)


Resumen El objetivo de este relato de experiencia es describir la etapa de planificación de una actividad titulada "Educación Interprofesional para la Atención a la Salud del Trabajador en la Atención Primaria de la Salud", cuyo objetivo fue la formación de estudiantes y profesionales para atención integral a la salud de los trabajadores. La planificación tuvo como base la referencia de la Investigación-Acción con la participación de docentes y estudiantes de cursos del área de la Salud de una universidad pública federal, en talleres semanales. Los datos se recogieron por medio de la observación participantes y registrados en diarios de campo, cuyas síntesis fueron validadas por el grupo de trabajo. Se espera, con este relato de experiencia, difundir las potencialidades de la construcción colectiva de una actividad interprofesional, considerando diferentes perspectivas y miradas sobre temas transversales en la formación en Salud, tales como la Salud del Trabajador.(AU)


Abstract This manuscript aims to describe the planning stage of an activity named "Interprofessional Education for workers' health in primary care", which aims education and training undergraduate students and healthcare services professionals on comprehensive workers' healthcare. Planning stage was based on Action Research framework, with the participation of faculties and students from different health courses from a federal university, in weekly workshops. Data were gathered through participative observation and registered in a field diary, which was synthetized and then validated by the group. From this experience, we expect to share the potentialities of construction of an Interprofessional Education activity, regarding different perspectives and views from transversal issues in education for healthcare professions, as workers' health.(AU)


Assuntos
Humanos , Saúde do Trabalhador , Educação Superior , Integralidade em Saúde , Relações Interprofissionais
3.
Rev Bras Enferm ; 70(5): 1106-1111, 2017.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-28977241

RESUMO

Objective:: To reflect on nursing supervision as a management tool for care comprehensiveness by nurses, considering its potential and limits in the current scenario. Method:: A reflective study based on discourse about nursing supervision, presenting theoretical and practical concepts and approaches. Results:: Limits on the exercise of supervision are related to the organization of healthcare services based on the functional and clinical model of care, in addition to possible gaps in the nurse training process and work overload. Regarding the potential, researchers emphasize that supervision is a tool for coordinating care and management actions, which may favor care comprehensiveness, and stimulate positive attitudes toward cooperation and contribution within teams, co-responsibility, and educational development at work. Final considerations:: Nursing supervision may help enhance care comprehensiveness by implying continuous reflection on including the dynamics of the healthcare work process and user needs in care networks. Objetivo:: refletir a supervisão de enfermagem como instrumento gerencial do enfermeiro para integralidade do cuidado, considerando suas potencialidades e limitações no cenário atual. Método:: estudo reflexivo baseado na formulação discursiva sobre a supervisão de enfermagem, apresentando conceitos e enfoques teóricos e/ou práticos. Resultados:: limitações no exercício da supervisão estão relacionadas à organização dos serviços de saúde embasada no modelo funcional e clínico de atenção, assim como possíveis lacunas no processo de formação do enfermeiro e sobrecarga de trabalho. Quanto às potencialidades, destaca-se a supervisão como instrumento de articulação de ações assistenciais e gerenciais, que pode favorecer integralidade da atenção, estimular atitudes de cooperação e colaboração em equipe, além da corresponsabilização e promoção da educação no trabalho. Considerações finais:: supervisão de enfermagem pode contribuir para fortalecimento da integralidade do cuidado, pressupondo reflexão contínua, para contemplar a dinamicidade do processo de trabalho em saúde e necessidades dos usuários nas redes de atenção.


Assuntos
Continuidade da Assistência ao Paciente/normas , Avaliação do Impacto na Saúde/métodos , Enfermeiras Administradoras/normas , Humanos , Liderança , Serviços de Enfermagem , Recursos Humanos
4.
Rev. bras. enferm ; 70(5): 1106-1111, Sep.-Oct. 2017.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-898217

RESUMO

ABSTRACT Objective: To reflect on nursing supervision as a management tool for care comprehensiveness by nurses, considering its potential and limits in the current scenario. Method: A reflective study based on discourse about nursing supervision, presenting theoretical and practical concepts and approaches. Results: Limits on the exercise of supervision are related to the organization of healthcare services based on the functional and clinical model of care, in addition to possible gaps in the nurse training process and work overload. Regarding the potential, researchers emphasize that supervision is a tool for coordinating care and management actions, which may favor care comprehensiveness, and stimulate positive attitudes toward cooperation and contribution within teams, co-responsibility, and educational development at work. Final considerations: Nursing supervision may help enhance care comprehensiveness by implying continuous reflection on including the dynamics of the healthcare work process and user needs in care networks.


RESUMEN Objetivo: Reflexionar sobre supervisión de enfermería como instrumento gerencial del enfermero para integralidad del cuidando, considerando sus potencialidades y limitaciones del escenario actual. Método: Estudio reflexivo basado en formulación discursiva sobre supervisión de enfermería, presentando conceptos y enfoques teóricos y/o prácticos. Resultados: Las limitaciones del ejercicio supervisional están relacionadas a organización de servicios de salud fundamentada en modelo funcional y clínico de atención, en posibles carencias del proceso formativo del enfermero y sobrecarga laboral. Respecto a potencialidades, se destaca la supervisión como instrumento articulador de acciones de atención y gerenciales, que favorecerían integralidad de atención, estimular actitudes cooperativas y colaboración en equipo, además de corresposabilización y promoción de la educación en el trabajo. Consideraciones finales: La supervisión de enfermería contribuye al fortalecimiento de la integralidad del cuidado, presuponiendo reflexión continua, para contemplar el dinamismo del proceso de trabajo en salud y necesidades de pacientes en las redes de atención.


RESUMO Objetivo: refletir a supervisão de enfermagem como instrumento gerencial do enfermeiro para integralidade do cuidado, considerando suas potencialidades e limitações no cenário atual. Método: estudo reflexivo baseado na formulação discursiva sobre a supervisão de enfermagem, apresentando conceitos e enfoques teóricos e/ou práticos. Resultados: limitações no exercício da supervisão estão relacionadas à organização dos serviços de saúde embasada no modelo funcional e clínico de atenção, assim como possíveis lacunas no processo de formação do enfermeiro e sobrecarga de trabalho. Quanto às potencialidades, destaca-se a supervisão como instrumento de articulação de ações assistenciais e gerenciais, que pode favorecer integralidade da atenção, estimular atitudes de cooperação e colaboração em equipe, além da corresponsabilização e promoção da educação no trabalho. Considerações finais: supervisão de enfermagem pode contribuir para fortalecimento da integralidade do cuidado, pressupondo reflexão contínua, para contemplar a dinamicidade do processo de trabalho em saúde e necessidades dos usuários nas redes de atenção.

5.
Rev. bras. enferm ; 70(5): 1106-1111, Sep.-Oct. 2017.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-898248

RESUMO

ABSTRACT Objective: To reflect on nursing supervision as a management tool for care comprehensiveness by nurses, considering its potential and limits in the current scenario. Method: A reflective study based on discourse about nursing supervision, presenting theoretical and practical concepts and approaches. Results: Limits on the exercise of supervision are related to the organization of healthcare services based on the functional and clinical model of care, in addition to possible gaps in the nurse training process and work overload. Regarding the potential, researchers emphasize that supervision is a tool for coordinating care and management actions, which may favor care comprehensiveness, and stimulate positive attitudes toward cooperation and contribution within teams, co-responsibility, and educational development at work. Final considerations: Nursing supervision may help enhance care comprehensiveness by implying continuous reflection on including the dynamics of the healthcare work process and user needs in care networks.


RESUMEN Objetivo: Reflexionar sobre supervisión de enfermería como instrumento gerencial del enfermero para integralidad del cuidando, considerando sus potencialidades y limitaciones del escenario actual. Método: Estudio reflexivo basado en formulación discursiva sobre supervisión de enfermería, presentando conceptos y enfoques teóricos y/o prácticos. Resultados: Las limitaciones del ejercicio supervisional están relacionadas a organización de servicios de salud fundamentada en modelo funcional y clínico de atención, en posibles carencias del proceso formativo del enfermero y sobrecarga laboral. Respecto a potencialidades, se destaca la supervisión como instrumento articulador de acciones de atención y gerenciales, que favorecerían integralidad de atención, estimular actitudes cooperativas y colaboración en equipo, además de corresposabilización y promoción de la educación en el trabajo. Consideraciones finales: La supervisión de enfermería contribuye al fortalecimiento de la integralidad del cuidado, presuponiendo reflexión continua, para contemplar el dinamismo del proceso de trabajo en salud y necesidades de pacientes en las redes de atención.


RESUMO Objetivo: refletir a supervisão de enfermagem como instrumento gerencial do enfermeiro para integralidade do cuidado, considerando suas potencialidades e limitações no cenário atual. Método: estudo reflexivo baseado na formulação discursiva sobre a supervisão de enfermagem, apresentando conceitos e enfoques teóricos e/ou práticos. Resultados: limitações no exercício da supervisão estão relacionadas à organização dos serviços de saúde embasada no modelo funcional e clínico de atenção, assim como possíveis lacunas no processo de formação do enfermeiro e sobrecarga de trabalho. Quanto às potencialidades, destaca-se a supervisão como instrumento de articulação de ações assistenciais e gerenciais, que pode favorecer integralidade da atenção, estimular atitudes de cooperação e colaboração em equipe, além da corresponsabilização e promoção da educação no trabalho. Considerações finais: supervisão de enfermagem pode contribuir para fortalecimento da integralidade do cuidado, pressupondo reflexão contínua, para contemplar a dinamicidade do processo de trabalho em saúde e necessidades dos usuários nas redes de atenção.

6.
Rev Esc Enferm USP ; 50(4): 642-649, 2016.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-27680051

RESUMO

OBJECTIVE: To understand the nursing professionals' conceptions of teamwork and their elements. METHOD: A qualitative study conducted in an oncological hospital using a semi-structured interview with 21 nursing professionals. RESULTS: Two conceptions emerged from the accounts: teamwork restricted to nursing professionals and teamwork with interprofessional collaboration with particular importance for interactive dimensions: communication, trust and professional bonds, mutual respect and recognition of the other's work, collaboration, and conflict, with this last subcategory considered as an obstacle to teamwork. CONCLUSION: Nursing conceives teamwork as an interprofessional practice, which is a result of the quality of interaction among professionals from different areas and involves the recognition and handling of conflicts. OBJETIVO: Compreender as concepções dos profissionais de enfermagem sobre trabalho em equipe e seus elementos constituintes. MÉTODO: Pesquisa qualitativa, realizada em hospital oncológico, por meio de entrevista semiestruturada com 21 profissionais de enfermagem. RESULTADOS: Duas concepções emergiram dos relatos, trabalho em equipe circunscrito à enfermagem e trabalho em equipe com colaboração interprofissional, com destaque para dimensão interativa: comunicação, confiança e vínculo, respeito mútuo e reconhecimento do trabalho do outro, colaboração e conflito. Esta última subcategoria foi apontada como obstáculo para o trabalho em equipe. CONCLUSÃO: A enfermagem concebe majoritariamente o trabalho em equipe como ação interprofissional, e isto decorre da qualidade da interação entre os profissionais das diferentes áreas e o reconhecimento e manejo de conflitos.


Assuntos
Comportamento Cooperativo , Relações Interprofissionais , Equipe de Enfermagem , Adulto , Feminino , Humanos , Adulto Jovem
7.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 50(4): 642-649, July-Aug. 2016.
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-794934

RESUMO

Abstract OBJECTIVE To understand the nursing professionals' conceptions of teamwork and their elements. METHOD A qualitative study conducted in an oncological hospital using a semi-structured interview with 21 nursing professionals. RESULTS Two conceptions emerged from the accounts: teamwork restricted to nursing professionals and teamwork with interprofessional collaboration with particular importance for interactive dimensions: communication, trust and professional bonds, mutual respect and recognition of the other's work, collaboration, and conflict, with this last subcategory considered as an obstacle to teamwork. CONCLUSION Nursing conceives teamwork as an interprofessional practice, which is a result of the quality of interaction among professionals from different areas and involves the recognition and handling of conflicts.


Resumen OBJETIVO Comprender las concepciones de los profesionales de enfermería acerca del trabajo en equipo y sus elementos constituyentes. MÉTODO Investigación cualitativa, realizada en hospital oncológico, por medio de entrevista semiestructurada con 21 profesionales de enfermería. RESULTADOS Dos concepciones emergieron de los relatos, trabajo en equipo circunscrito a la enfermería y trabajo en equipo con colaboración interprofesional, con énfasis para la dimensión interactiva: comunicación, confianza y vínculo, respeto mutuo y reconocimiento del trabajo del otro, colaboración y conflicto. Esta última subcategoría fue señalada como obstáculo para el trabajo en equipo. CONCLUSIÓN La enfermería concibe mayoritariamente el trabajo en equipo como acción interprofesional, y eso es consecuente de la calidad de interacción entre los profesionales de las distintas áreas y el reconocimiento y manejo de conflictos.


Resumo OBJETIVO Compreender as concepções dos profissionais de enfermagem sobre trabalho em equipe e seus elementos constituintes. MÉTODO Pesquisa qualitativa, realizada em hospital oncológico, por meio de entrevista semiestruturada com 21 profissionais de enfermagem. RESULTADOS Duas concepções emergiram dos relatos, trabalho em equipe circunscrito à enfermagem e trabalho em equipe com colaboração interprofissional, com destaque para dimensão interativa: comunicação, confiança e vínculo, respeito mútuo e reconhecimento do trabalho do outro, colaboração e conflito. Esta última subcategoria foi apontada como obstáculo para o trabalho em equipe. CONCLUSÃO A enfermagem concebe majoritariamente o trabalho em equipe como ação interprofissional, e isto decorre da qualidade da interação entre os profissionais das diferentes áreas e o reconhecimento e manejo de conflitos.


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Adulto Jovem , Comportamento Cooperativo , Relações Interprofissionais , Equipe de Enfermagem
8.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 49(spe): 16-24, fev. 2015.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-956603

RESUMO

RESUMO Objetivo Compreender as percepções de docentes, trabalhadores e estudantes sobre a articulação da educação interprofissional com as práticas na Atenção Primária à Saúde. Método Qualitativo compreensivo e interpretativo, cuja coleta de dados foi realizada de 2012 a 2013, por meio de 18 entrevistas semiestruturadas com docentes e quatro sessões de grupos focais homogêneos com estudantes, docentes e trabalhadores da Atenção Primária. Resultados A triangulação dos resultados possibilitou a construção de duas categorias: prática colaborativa centrada no usuário e barreiras para educação interprofissional. A primeira indicou a necessidade de mudança do modelo de atenção e de formação dos profissionais de saúde, e a segunda apontou dificuldades percebidas pelos diferentes atores sociais no que se refere à implementação da educação interprofissional. Conclusão A educação interprofissional é incipiente no Brasil e sinaliza possibilidades de mudança em direção à prática colaborativa, mas requer maiores investimentos na articulação ensino-serviço.


RESUMEN Objetivo Comprender las percepciones de los profesores, trabajadores y estudiantes sobre la articulación de la educación interprofesional con las prácticas en la Atención Primaria de Salud. Método Cualitativo, comprensivo e interpretativo cuya recolección de datos se realizó de 2012 hasta 2013, através de 18 entrevistas semi-estructuradas con profesores y cuatro sesiones de grupos focales homogéneos, con estudiantes, profesores y trabajadores de Atención Primaria. Resultados La triangulación de los resultados llevó a la construcción de dos categorías: práctica (s) colaborativa centrada en el usuario y barreras para la educación interprofesional. La primera indicó la necesidad de cambiar el modelo de atención y formación de los profesionales de la salud y la segunda revela las dificultades percibidas por los distintos actores sociales en relación con la implementación de la educación interprofesional (EIP). Conclusión La educación interprofesional es incipiente en Brasil y apunta las posibilidades de cambio hacia la práctica colaborativa, pero requiere mayores inversiones en la articulación enseñanza-servicios


ABSTRACT Objective To understand the perceptions of professors, health care providers and students about the articulation of interprofessional education with health practices in Primary Health Care. Method To understand and interpret qualitative data collection, carried out between 2012 and 2013, through semi-structured interviews with 18 professors and four sessions of homogeneous focus groups with students, professors and health care providers of Primary Health Care. Results A triangulation of the results led to the construction of two categories: user-centered collaborative practice and barriers to interprofessional education. The first perspective indicates the need to change the model of care and training of health professionals, while the second reveals difficulties perceived by stakeholders regarding the implementation of interprofessional education. Conclusion The interprofessional education is incipient in the Brazil and the results of this analysis point out to possibilities of change toward collaborative practice, but require higher investments primarily in developing teaching-health services relationship.

9.
Rev Esc Enferm USP ; 49 Spec No: 16-24, 2015 Dec.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-26959149

RESUMO

Objective To understand the perceptions of professors, health care providers and students about the articulation of interprofessional education with health practices in Primary Health Care. Method To understand and interpret qualitative data collection, carried out between 2012 and 2013, through semi-structured interviews with 18 professors and four sessions of homogeneous focus groups with students, professors and health care providers of Primary Health Care. Results A triangulation of the results led to the construction of two categories: user-centered collaborative practice and barriers to interprofessional education. The first perspective indicates the need to change the model of care and training of health professionals, while the second reveals difficulties perceived by stakeholders regarding the implementation of interprofessional education. Conclusion The interprofessional education is incipient in the Brazil and the results of this analysis point out to possibilities of change toward collaborative practice, but require higher investments primarily in developing teaching-health services relationship.

10.
Rev Esc Enferm USP ; 48(5): 907-14, 2014 Oct.
Artigo em Português | MEDLINE | ID: mdl-25493496

RESUMO

OBJECTIVE: To identify the characteristics of managers and their use of management instruments in primary care and to analyze differences in these features among municipalities of different sizes. METHOD: The present cross-sectional descriptive study was conducted at 108 basic health units from 21 municipalities in northern Paraná, Brazil. The data were collected using a semi-structured questionnaire during the second half of 2010. RESULTS: Most managers had graduate degrees and were female and nurses. The managers from the small municipalities were younger, their payment was lower, and they had less work experience. The use of management instruments was expressive for both the organization and work management; however, the instruments were used less in the small municipalities. CONCLUSION: The managers were committed to their role; it is recommended that policies and guidance should be formulated at the federal and state levels to support small municipalities.


Assuntos
Assistência à Saúde/organização & administração , Adulto , Brasil , Estudos Transversais , Feminino , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Adulto Jovem
11.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 48(5): 907-914, 10/2014. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-730665

RESUMO

Objective To identify the characteristics of managers and their use of management instruments in primary care and to analyze differences in these features among municipalities of different sizes. Method The present cross-sectional descriptive study was conducted at 108 basic health units from 21 municipalities in northern Paraná, Brazil. The data were collected using a semi-structured questionnaire during the second half of 2010. Results Most managers had graduate degrees and were female and nurses. The managers from the small municipalities were younger, their payment was lower, and they had less work experience. The use of management instruments was expressive for both the organization and work management; however, the instruments were used less in the small municipalities. Conclusion The managers were committed to their role; it is recommended that policies and guidance should be formulated at the federal and state levels to support small municipalities. .


Objetivo Identificar las características de los gerentes, el uso de instrumentos de gestión en la atención básica y analizar las diferencias de esos aspectos en municipios de diferentes portes poblacionales. Método Estudio del tipo transversal descriptivo, realizado en 108 unidades básicas de salud de 21 municipios del norte de Paraná, Brasil. Se recogieron los datos por cuestionario semiestructurado en el segundo semestre de 2010. Resultados La mayoría de los gerentes era del sexo femenino, enfermeras y postgraduadas. En los pequeños municipios eran más jóvenes, cobraban sueldos más bajos y tenían menos experiencia. El empleo de instrumentos de gestión fue expresivo tanto para la organización como para la gestión laboral, sin embargo fueron menos utilizados en los pequeños municipios. Conclusión Se constató comprometimiento de la gestión laboral y se recomienda el planteamiento de políticas orientadoras en el marco federal y estatal en apoyo a los pequeños municipios. .


Objetivo Identificar as características dos gerentes, o uso de instrumentos gerenciais na atenção básica e analisar diferenças destes aspectos em municípios de diferentes portes populacionais. Método Estudo do tipo transversal descritivo, realizado em 108 unidades básicas de saúde de 21 municípios do norte do Paraná, Brasil. Os dados foram coletados por questionário semiestruturado no segundo semestre de 2010. Resultados A maioria das gerentes era do sexo feminino, enfermeiras e pós-graduadas. Nos pequenos municípios eram mais jovens, tinham menores salários e experiência. O uso de instrumentos gerenciais foi expressivo tanto para a organização como para gestão do trabalho, porém foram menos utilizados nos pequenos municípios. Conclusão Constatou-se comprometimento da gestão do trabalho e recomenda-se formulação de políticas orientadoras pela esfera federal e estadual em apoio aos pequenos municípios.

 .


Assuntos
Adulto , Feminino , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Adulto Jovem , Assistência à Saúde/organização & administração , Brasil , Estudos Transversais
12.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 47(4): 977-983, ago. 2013.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-695321

RESUMO

São analisados os constructos teóricos da educação interprofissional com base em duas revisões de literatura, considerado o contexto da formação dos profissionais de saúde no Brasil. Identificam-se três tipos de formação: uniprofissional, multiprofissional e interprofissional, com predomínio da primeira, que ocorre entre estudantes de uma mesma profissão de forma isolada; a segunda, entre estudantes de duas ou mais profissões de forma paralela, sem haver interação, e na terceira há aprendizagem compartilhada, com interação entre estudantes e/ou profissionais de diferentes áreas. Destaca-se a distinção entre interprofissionalidade e interdisciplinaridade, referidas, respectivamente, como a integração das práticas profissionais e das disciplinas ou áreas de conhecimento. Mediante a análise apresentada, conclui-se que no contexto brasileiro, a educação interprofissional, base para o trabalho em equipe colaborativo, ainda está restrita a iniciativas recentes, que merecem estudo.


Fueron analizados los constructos teóricos de la educación interprofesional basado en dos revisiones de la literatura, considerando el contexto de la formación de los profesionales de salud en Brasil. Se identificaron tres tipos de formación: uniprofesional, multiprofesional e interprofesional, con predominio de la primera, que se produce entre los estudiantes de una misma profesión de forma aislada; la segunda, entre los estudiantes de dos o más profesiones de forma paralela, sin existir interacción y, en la tercera existe un aprendizaje compartido, con interacción entre los estudiantes y/o profesionales de diferentes áreas. Se destaca la diferencia entre interprofesionalidad e interdisciplinariedad referidas, respectivamente, como la integración de las prácticas profesionales y de las disciplinas o áreas de conocimiento. A partir del análisis se concluye que en el contexto brasileño, la educación interprofesional base para el trabajo en equipo colaborativo, todavía está restringido a iniciativas recientes, que merecen estudio.


The theoretical constructs of interprofessional education (IPE) are analyzed based on two reviews of the literature, taking the context of training for healthcare professionals in Brazil into consideration. Three types of training are identified: uniprofessional, multiprofessional and interprofessional, with predominance of the first type. The first occurs among students of the same profession, in isolation; the second occurs among students of two or more professions, in parallel without interaction; and the third involves shared learning, with interaction between students and/or professionals from different fields. The distinction between interprofessionalism and interdisciplinarity is highlighted: these refer to integration, respectively, of professional practices and disciplines or fields of knowledge. Through the analysis presented, it is concluded that in the Brazilian context, IPE (the basis for collaborative teamwork) is still limited to some recent initiatives, which deserve to be investigated.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Comportamento Cooperativo , Educação Continuada , Pessoal de Saúde , Relações Interprofissionais , Equipe de Assistência ao Paciente
13.
Saúde Soc ; 20(4): 1018-1032, out.-dez. 2011.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-604783

RESUMO

O trabalho em saúde e a educação no trabalho constituem-se com uma dupla dimensão - ação instrumental e intersubjetividade. OBJETIVO: Analisar as concepções de educação que fundamentam as atividades educativas de trabalhadores da saúde na atenção primária. MÉTODO: Estudo de abordagem qualitativa realizado em duas unidades básicas de saúde do município de São Paulo, por meio de entrevista semiestruturada gravada com 36 informantes-chave, representativos de cada categoria profissional dos serviços, incluindo o segmento gerencial e o de trabalhadores da saúde. Os dados foram analisados com a técnica de análise de conteúdo temática com base no quadro teórico: processo de trabalho em saúde, teoria do agir comunicativo, educação continuada (EC), educação permanente em saúde (EPS) e integralidade, os quais permitiram a construção das categorias empíricas: educação instrumental/tradicional e educação comunicativa/emancipatória. Resultados: Os resultados mostram o predomínio da concepção de educação no trabalho como construção coletiva do saber a partir da realidade de trabalho, pertinentes à EPS que se pretende instituir para a mudança das práticas e do modelo assistencial biomédico. Contudo, alguns depoentes expressam uma concepção de educação instrumental com ênfase em ações técnicas e de atualização do saber, que se aproxima da EC. CONCLUSÃO: Os resultados evidenciam a convivência das duas concepções de educação de trabalhadores - instrumental e comunicativa com o predomínio da segunda, que mostra a capilaridade da política de EPS entre os trabalhadores de saúde das UBS e a necessidade de aprofundar o debate para consolidar a prática educativa no cotidiano de trabalho.


Assuntos
Educação Continuada , Educação Profissional em Saúde Pública , Centros de Saúde , Mão de Obra em Saúde , Atenção Primária à Saúde , Trabalho , Pesquisa Qualitativa
14.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 45(spe): 1574-1581, dez. 2011. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-611581

RESUMO

O objetivo deste estudo foi analisar o processo de avaliação da aprendizagem realizado em treinamentos ministrados à equipe de enfermagem, no que se refere à eficácia dos treinamentos e à validade dos instrumentos. Trata-se de um estudo empírico, cujos achados apoiarão formulações teóricas para a construção de uma metodologia de avaliação. A análise consistiu em avaliações da aprendizagem em seis treinamentos, totalizando 993 avaliações. Com base nos resultados dos seis treinamentos avaliados, pôde-se perceber a necessidade de proposição de uma metodologia de avaliação, construindo critérios, instrumentos e indicadores para essa finalidade. Notou-se também que é preciso aprimorar a realização do diagnóstico relativo à necessidade de treinamento e às estratégias de ensino.


The objective of this study was to analyze the learning evaluation process of nursing staff training programs, regarding its effectiveness and instrument validity. This is an empirical study whose findings support theoretical formulations for the construction of an evaluation methodology. The analysis consisted of learning evaluations related to six training programs, totaling 993 evaluations. The results of these six training programs showed the need to propose an evaluation methodology, defining criteria, instruments and indicators for this purpose. Furthermore, it is important to improve the diagnosis process on training needs and teaching strategies.


El objetivo de este estudio fue analizar el proceso de evaluación de aprendizaje realizado en entrenamientos brindados al equipo de enfermería, en lo que se refiere a la eficiencia de los mismos y a la validez de los instrumentos. Se trata de un estudio empírico, cuyas conclusiones apoyarán formulaciones teóricas para la construcción de una metodología de evaluación. Se constituyeron en material de análisis las evaluaciones de aprendizaje relativas a seis entrenamientos, sobre un total de 993 evaluaciones. De los resultados de los seis entrenamientos evaluados fue posible percibir la necesidad de la proposición de una metodología de evaluación, construyendo criterios, instrumentos e indicadores para dicha finalidad. Se notó también que es preciso mejorar la realización del diagnóstico de necesidad de entrenamiento y las estrategias de enseñanza.


Assuntos
Avaliação Educacional , Equipe de Enfermagem , Administração de Recursos Humanos em Hospitais , Capacitação
15.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 45(spe): 1574-1581, dez. 2011. tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-26200

RESUMO

O objetivo deste estudo foi analisar o processo de avaliação da aprendizagem realizado em treinamentos ministrados à equipe de enfermagem, no que se refere à eficácia dos treinamentos e à validade dos instrumentos. Trata-se de um estudo empírico, cujos achados apoiarão formulações teóricas para a construção de uma metodologia de avaliação. A análise consistiu em avaliações da aprendizagem em seis treinamentos, totalizando 993 avaliações. Com base nos resultados dos seis treinamentos avaliados, pôde-se perceber a necessidade de proposição de uma metodologia de avaliação, construindo critérios, instrumentos e indicadores para essa finalidade. Notou-se também que é preciso aprimorar a realização do diagnóstico relativo à necessidade de treinamento e às estratégias de ensino.(AU)


The objective of this study was to analyze the learning evaluation process of nursing staff training programs, regarding its effectiveness and instrument validity. This is an empirical study whose findings support theoretical formulations for the construction of an evaluation methodology. The analysis consisted of learning evaluations related to six training programs, totaling 993 evaluations. The results of these six training programs showed the need to propose an evaluation methodology, defining criteria, instruments and indicators for this purpose. Furthermore, it is important to improve the diagnosis process on training needs and teaching strategies.(AU)


El objetivo de este estudio fue analizar el proceso de evaluación de aprendizaje realizado en entrenamientos brindados al equipo de enfermería, en lo que se refiere a la eficiencia de los mismos y a la validez de los instrumentos. Se trata de un estudio empírico, cuyas conclusiones apoyarán formulaciones teóricas para la construcción de una metodología de evaluación. Se constituyeron en material de análisis las evaluaciones de aprendizaje relativas a seis entrenamientos, sobre un total de 993 evaluaciones. De los resultados de los seis entrenamientos evaluados fue posible percibir la necesidad de la proposición de una metodología de evaluación, construyendo criterios, instrumentos e indicadores para dicha finalidad. Se notó también que es preciso mejorar la realización del diagnóstico de necesidad de entrenamiento y las estrategias de enseñanza.(AU)


Assuntos
Equipe de Enfermagem , Capacitação , Administração de Recursos Humanos em Hospitais , Avaliação Educacional
16.
Saúde Soc ; 20(4): 1018-1032, out.-dez. 2011.
Artigo em Português | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-64455

RESUMO

O trabalho em saúde e a educação no trabalho constituem-se com uma dupla dimensão - ação instrumental e intersubjetividade. OBJETIVO: Analisar as concepções de educação que fundamentam as atividades educativas de trabalhadores da saúde na atenção primária. MÉTODO: Estudo de abordagem qualitativa realizado em duas unidades básicas de saúde do município de São Paulo, por meio de entrevista semiestruturada gravada com 36 informantes-chave, representativos de cada categoria profissional dos serviços, incluindo o segmento gerencial e o de trabalhadores da saúde. Os dados foram analisados com a técnica de análise de conteúdo temática com base no quadro teórico: processo de trabalho em saúde, teoria do agir comunicativo, educação continuada (EC), educação permanente em saúde (EPS) e integralidade, os quais permitiram a construção das categorias empíricas: educação instrumental/tradicional e educação comunicativa/emancipatória. Resultados: Os resultados mostram o predomínio da concepção de educação no trabalho como construção coletiva do saber a partir da realidade de trabalho, pertinentes à EPS que se pretende instituir para a mudança das práticas e do modelo assistencial biomédico. Contudo, alguns depoentes expressam uma concepção de educação instrumental com ênfase em ações técnicas e de atualização do saber, que se aproxima da EC. CONCLUSÃO: Os resultados evidenciam a convivência das duas concepções de educação de trabalhadores - instrumental e comunicativa com o predomínio da segunda, que mostra a capilaridade da política de EPS entre os trabalhadores de saúde das UBS e a necessidade de aprofundar o debate para consolidar a prática educativa no cotidiano de trabalho.(AU)


Assuntos
Educação Profissional em Saúde Pública , Educação Continuada , Trabalho , Mão de Obra em Saúde , Centros de Saúde , Atenção Primária à Saúde , Pesquisa Qualitativa
17.
Rev Esc Enferm USP ; 45 Spec No: 1574-81, 2011 Dec.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-22282064

RESUMO

The objective of this study was to analyze the learning evaluation process of nursing staff training programs, regarding its effectiveness and instrument validity. This is an empirical study whose findings support theoretical formulations for the construction of an evaluation methodology. The analysis consisted of learning evaluations related to six training programs, totaling 993 evaluations. The results of these six training programs showed the need to propose an evaluation methodology, defining criteria, instruments and indicators for this purpose. Furthermore, it is important to improve the diagnosis process on training needs and teaching strategies.


Assuntos
Recursos Humanos de Enfermagem , Humanos
18.
Physis (Rio J.) ; 21(2): 629-646, 2011.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-596070

RESUMO

Estuda-se a contribuição da ação gerencial para a promoção da prática interprofissional. Trata-se de pesquisa qualitativa, realizada em 21 serviços públicos de saúde de uma região de São Paulo, por meio de entrevista semiestruturada com 21 gerentes (diretores) e utiliza-se a técnica de análise temática. Como resultado, para promover o trabalho em equipe, os gerentes lançam mão dos instrumentos: comunicação, construção do compromisso das equipes e dos trabalhadores com o projeto institucional, estímulo à autonomia das equipes, definição de responsabilidades e accountability, promoção de mudança da cultura institucional e supervisão externa. Conclui-se que a comunicação e demais ferramentas quando aplicadas à promoção do trabalho em equipe estão orientadas ao trabalho, isto é, à atenção eficaz e eficiente às necessidades de saúde dos usuários.


Study on the contribution of the managerial action for the promotion of inter-professional practice. It is a qualitative research carried out in 21 public health services facilities in a region of São Paulo, using data from semi-structured interview with 21 managers (directors) and the technique of theme analysis was used. As a result, in order to promote team work, managers use tools such as: communication, construction of commitment on the part of teams and workers in relation to the institutional project, stimulus to team autonomy, definition of responsibilities and accountability, promotion of institutional culture change and external supervision. The conclusion is that the tool of communication and others, whenever applied to the promotion of team work, are work-oriented, that is, oriented to efficient and effective care to the health needs of the users.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Administração de Recursos Humanos , Administração de Recursos Humanos/tendências , Administração de Serviços de Saúde/ética , Administração de Serviços de Saúde/tendências , Equipes de Administração Institucional/ética , Equipes de Administração Institucional/organização & administração , Gerenciamento da Prática Profissional/ética , Gerenciamento da Prática Profissional/organização & administração , Assistência ao Paciente/ética , Assistência ao Paciente/tendências , Brasil/etnologia , Eficiência , Atenção à Saúde , Organização Institucional , Modelos Organizacionais , Autonomia Profissional , Fatores Socioeconômicos
19.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 43(spe2): 1210-1215, dez. 2009. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-541772

RESUMO

Estudo exploratório-descrito cujos objetivos foram identificar, caracterizar e analisar as atividades educativas desenvolvidas com profissionais de saúde, à luz das concepções de integralidade, trabalho em equipe e educação permanente. A coleta de dados ocorreu em três hospitais do Município de São Paulo, através de entrevista dirigida a informantes-chave, representantes de todas as categorias profissionais. As entrevistas foram gravadas e transcritas, as informações sistematizadas em categorias operacionais e armazenadas em banco de dados. Os resultados mostram que predominaram atividades educativas voltadas às ações de recuperação da saúde, com participação de profissionais de áreas específicas, revelando um distanciamento da concepção de integralidade e de trabalho em equipe. Concluiu-se que as ações de educação dos profissionais de saúde reiteram o modelo clínico de assistência individual, com fragmentação das ações. Recomenda-se que elas sejam repensadas como estratégia integradora de saberes, capazes de promover a integralidade na atenção hospitalar.


The objectives of this descriptive exploratory study were to identify, characterize and analyze educational activities developed with health professionals based on integrality, teamwork and permanent education. Data collection was carried out in three hospitals of the city of São Paulo, by means of key-informant interviews, representing all the professional categories. Interviews were recorded and transcribed, information was systematized into operational categories and storage in data bank. The results showed that educational activities aiming actions to recover health with the assistance of professionals of specific areas, revealed a distance from the integrality conception and team work. It was concluded that actions aiming education of health professionals emphasizes the individual clinical model, with fragmented actions of professional categories. So, we suggest reconsidering the integrated strategies of knowledge to promote integrality of hospital attention.


Estudio exploratorio-descriptivo cuyos objetivos fueron identificar, caracterizar y analisar las actividades educativas desarrolladas con profisionales de la salud, a la luz de concepciones de integralidad, trabajo en equipo y educación permanente.La colecta de datos ocurrió en tres hospitales del Municipio de São Paulo, a través de entrevista dirigida a informantes-clave, representantes de todas las categorías profisionales. Las entrevistas fueron grabadas y transcritas, las informaciones sistematizadas en categorías operacionales y almacenadas en banco de datos. Los resultados muestran que predominaron las actividades educativas hacia acciones de recuperación de la salud, con participación de profisionales de áreas específicas, revelando un distanciamiento de la concepción de integralidad y de trabajo en equipo. Concluyóse que las acciones de educación de los profisionales de salud reiteran el modelo clínico individual, con fragmentación de las acciones en las categorías profisionales. Estas acciones deberían ser repensadas como estrategia integradora de saberes, capazes de promover la integralidad en la atención hospitalaria.


Assuntos
Humanos , Educação Continuada , Mão de Obra em Saúde , Unidades Hospitalares , Capacitação em Serviço , Recursos Humanos em Hospital
20.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 43(spe2): 1210-1215, dez. 2009. tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-21081

RESUMO

Estudo exploratório-descrito cujos objetivos foram identificar, caracterizar e analisar as atividades educativas desenvolvidas com profissionais de saúde, à luz das concepções de integralidade, trabalho em equipe e educação permanente. A coleta de dados ocorreu em três hospitais do Município de São Paulo, através de entrevista dirigida a informantes-chave, representantes de todas as categorias profissionais. As entrevistas foram gravadas e transcritas, as informações sistematizadas em categorias operacionais e armazenadas em banco de dados. Os resultados mostram que predominaram atividades educativas voltadas às ações de recuperação da saúde, com participação de profissionais de áreas específicas, revelando um distanciamento da concepção de integralidade e de trabalho em equipe. Concluiu-se que as ações de educação dos profissionais de saúde reiteram o modelo clínico de assistência individual, com fragmentação das ações. Recomenda-se que elas sejam repensadas como estratégia integradora de saberes, capazes de promover a integralidade na atenção hospitalar.(AU)


The objectives of this descriptive exploratory study were to identify, characterize and analyze educational activities developed with health professionals based on integrality, teamwork and permanent education. Data collection was carried out in three hospitals of the city of São Paulo, by means of key-informant interviews, representing all the professional categories. Interviews were recorded and transcribed, information was systematized into operational categories and storage in data bank. The results showed that educational activities aiming actions to recover health with the assistance of professionals of specific areas, revealed a distance from the integrality conception and team work. It was concluded that actions aiming education of health professionals emphasizes the individual clinical model, with fragmented actions of professional categories. So, we suggest reconsidering the integrated strategies of knowledge to promote integrality of hospital attention.(AU)


Estudio exploratorio-descriptivo cuyos objetivos fueron identificar, caracterizar y analisar las actividades educativas desarrolladas con profisionales de la salud, a la luz de concepciones de integralidad, trabajo en equipo y educación permanente.La colecta de datos ocurrió en tres hospitales del Municipio de São Paulo, a través de entrevista dirigida a informantes-clave, representantes de todas las categorías profisionales. Las entrevistas fueron grabadas y transcritas, las informaciones sistematizadas en categorías operacionales y almacenadas en banco de datos. Los resultados muestran que predominaron las actividades educativas hacia acciones de recuperación de la salud, con participación de profisionales de áreas específicas, revelando un distanciamiento de la concepción de integralidad y de trabajo en equipo. Concluyóse que las acciones de educación de los profisionales de salud reiteran el modelo clínico individual, con fragmentación de las acciones en las categorías profisionales. Estas acciones deberían ser repensadas como estrategia integradora de saberes, capazes de promover la integralidad en la atención hospitalaria.(AU)


Assuntos
Humanos , Educação Continuada , Mão de Obra em Saúde , Capacitação em Serviço , Unidades Hospitalares , Recursos Humanos em Hospital
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA