Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 15 de 15
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Res Theory Nurs Pract ; 33(1): 23-38, 2019 02 01.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-30796146

RESUMO

BACKGROUND AND PURPOSE: High-alert medication is considered to be a medication that presents a high risk of causing significant patient harm when used erroneously and its consequences can be fatal. The Nurses' Knowledge of High-Alert Medication scale (NKHAM) is a tool available to evaluate the knowledge of nurses in practice about this issue. AIM: This pilot study aimed to measure the reliability and known-groups validity of the Brazilian version of the NKHAM. METHODS: This pilot psychometric study was carried out at the Faculty of Nursing and University Hospital of the University of Campinas, São Paulo, Brazil. Forty nursing students and 44 registered nurses working in complex clinical or surgical settings completed a sociodemographic questionnaire and the Brazilian version of the NKHAM. The Kuder-Richardson 20 (KR-20) coefficient and Mann-Whitney test were used to establish reliability and known-groups validity. A significance level of ≤ 0.05 was adopted for all the analyses. RESULTS: Analyses demonstrated preliminary acceptable reliability scores of 0.55 and 0.60 in domains A and B of NKHAM, respectively. A significant difference was found between the nursing students' and the registered nurses' knowledge of high-alert medications, demonstrating the scale's ability to discriminate between the two groups. IMPLICATIONS FOR PRACTICE: Although this is pilot study, results suggest that the Brazilian version of the NKHAM might be a reliable and valid tool to measure nurses' knowledge of high-alert medications.

2.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1024711

RESUMO

Objetiva-se identificar e analisar a produção de conhecimento sobre o efeito do alginato e da quitosana na cicatrização de feridas. Trata-se de uma revisão integrativa realizada nas bases de dados eletrônicas PubMed/Medline, Web of Science e CINAHL, no período de 01 de janeiro 2011 a 31 de dezembro de 2016. Foram utilizados os seguintes descritores associados: "wound healing" OR "regeneration" OR "granulation tissue" AND "chitin" OR "chitosan" AND "alginate" AND "membrane" OR "wound dressing". Os critérios de exclusão foram: artigos duplicados, artigos de revisão, artigos que não respondiam à pergunta de pesquisa ou que referenciavam o uso separado dos polímeros, sendo incluídos 10 artigos. As membranas com quitosana e alginato aceleraram o processo de cicatrização em suas fases mais precoces, com a promoção da proliferação de fibroblastos e de capilares, síntese de colágeno, avanço na formação de tecido de granulação, absorção de água, além de atividade antimicrobiana. Conclui-se que o uso do complexo quitosana-alginato apresenta potencial para acelerar o processo de cicatrização com melhora da fase inflamatória, como também a ação antimicrobiana, indicando seu uso em coberturas para acelerar a cura de feridas


The aim is to identify and analyze a production of knowledge about the effect of alginate and chitosan on wound healing. This is an integrative revision in the electronic databases PubMed / Medline, Web of Science and CINAHL, in period from 1 January 2011 to 31 December 2016. The following associated descriptors were used: "wound healing" OR "regeneration" OR "granulation tissue" AND "chitin" OR "chitosan" AND "alginate" AND "membrane" OR "wound dressing". Exclusion criteria: duplicate articles, review articles, articles that do not answer research questions, or refer to the singe use of polymers, included 10 articles. The membranes with chitosan and alginate accelerated the healing process in its earliest stages, with a promotion of fibroblast and capillary proliferation, collagen synthesis, advancement in granulation tissue formation, water absorption, and antimicrobial activity. It concludes that the use of the chitosan and alginate complex has the potential to accelerate the healing process with improvement of the inflammatory phase, as well as the antimicrobial action, which indicates its use in coatings to accelerate a wound healing


Assuntos
Humanos , Cicatrização , Quitosana , Alginatos
3.
Enferm. glob ; 16(48): 24-34, oct. 2017. tab
Artigo em Espanhol | IBECS | ID: ibc-166711

RESUMO

Objetivo: Identificar los factores relacionados con la carga de trabajo de enfermería generada por pacientes onco-hematológicos hospitalizados. Método: Cohorte prospectivo realizado con 151 pacientes ingresados en unidad de Onco-Hematología de un hospital universitario, en el Estado de São Paulo, Brasil. Se utilizó para la colecta de datos una ficha con informaciones demográfico-clínicas y el Nursing Activities Score (NAS). En el análisis de los datos se utilizo estadística descriptiva, inferencial y modelos de regresión linear. Resultados: La media del NAS en la unidad fue del 47,8% (11,5 horas). Pacientes con enfermedades oncológicas y hematológicas malignas demandaron mayor carga de trabajo de enfermería, comparados a aquellos con enfermedades no malignas (p=0,0034); los pacientes que murieron presentaron mayor puntuación de NAS, comparada a la de los supervivientes (p<0,0001); en la regresión linear, las variables, diagnóstico y condición de salida, determinaron un R2 de 0,26. Conclusión: Pacientes onco-hematológicos demandan asistencia semi-intensiva, información que ofrece subsidios al enfermero para planear recursos humanos en esta especialidad (AU)


Objetivo: Identificar os fatores relacionados à carga de trabalho de enfermagem gerada por pacientes onco-hematológicos hospitalizados. Método: Coorte prospectiva realizada com 151 pacientes internados em unidade de Onco-Hematologia de um hospital universitário, no Estado de São Paulo, Brasil. Utilizou-se para a coleta de dados uma ficha com informações demográfico-clínicas e o Nursing Activities Score (NAS). Na análise dos dados utilizou-se estatística descritiva, inferencial e modelos de regressão linear. Resultados: A média do NAS na unidade foi de 47,8% (11,5 horas). Pacientes com doenças oncológicas e hematológicas malignas demandaram maior carga de trabalho de enfermagem, comparados àqueles com doenças não malignas (p=0,0034); os pacientes que morreram apresentaram maior pontuação de NAS, comparada a dos sobreviventes (p<0,0001); na regressão linear, as variáveis, diagnóstico e condição de saída, determinaram um R2 de 0,26. Conclusão: Pacientes onco-hematológicos demandam assistência semi-intensiva, informação que oferece subsídios ao enfermeiro para planejar recursos humanos nesta especialidade (AU)


Objective: To identify workload-related factors of nursing generated by hematology/oncology inpatients. Methods: Prospective cohort study conducted with 151 inpatients at a hematology/oncology unit of a university hospital in São Paulo, Brazil. Data were collected using a form with demographic-clinical information and the Nursing Activities Score (NAS). The collected data were analyzed using descriptive and inferential statistics and linear regression models. Results: Mean NAS in the unit was 47.8% (11.5 hours). Patients with malignant oncological and hematological diseases generated a higher nursing workload than patients with non-malignant diseases (p = 0.0034). Patients who died had higher NAS scores than survivors (p <0.0001). In the linear regression, the variables diagnosis and condition at discharge determined an R2 of 0.26. Conclusion: Hematology and oncology patients require high dependency care. This finding can support nurses when planning human resources in this specialty (AU)


Assuntos
Humanos , Carga de Trabalho/psicologia , Carga de Trabalho/normas , Doenças Hematológicas/epidemiologia , Doenças Hematológicas/enfermagem , Institutos de Câncer , Recursos Humanos de Enfermagem/psicologia , Recursos Humanos de Enfermagem/normas , Serviço Hospitalar de Oncologia/organização & administração , Unidades Hospitalares/organização & administração , Estudos Prospectivos , Análise de Dados/métodos
4.
Rev. eletrônica enferm ; 19: 1-10, 20170000. tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-836934

RESUMO

Descrever o número de períodos em que recém-nascidos pré-termo de muito baixo peso estiveram em posição canguru durante internação na unidade neonatal e buscar relações entre variáveis maternas e neonatais com a realização da posição canguru. Estudo descritivo retrospectivo com todos os recém-nascidos pré-termo admitidos em 2012, com peso de nascimento igual ou inferior a 1500g e idade gestacional menor que 31 semanas, classificados como pacientes de maior risco clínico, segundo o Clinical Risk Index for Babies. Foram investigados 38 sujeitos, cujo período de hospitalização variou entre 18 a 136 dias. O início da posição canguru ocorreu em média aos 30,8 dias de vida pós-natal (DP=18,5) e a quantidade de períodos em que estiveram em posição canguru foi em média 10,7 vezes. A ocorrência da posição canguru foi menos frequente que as oportunidades advindas da presença materna e esteve relacionado ao maior oferecimento de leite em livre demanda.


To describe the number of periods that very low birth weight preterm newborns were in kangaroo position during admission in the neonatal unit and to look for relations between maternal and neonatal variables with kangaroo position. A retrospective and descriptive study with all preterm newborns admitted in 2012, weighing 1500g or less and, gestational age lower than 31 weeks, classified as high clinical risk patients according to the Clinical Risk Index for Babies. We identified 38 babies whose admittance time ranged from 18 to 136 days. The beginning of kangaroo position occurred on average at 30.8 days of post-natal life (SD=18.5) and the number of periods in kangaroo position was on average 10.7 times. The occurrence of kangaroo position was less frequent than opportunities from the maternal presence, and the position was related to a higher offering of free milk demand.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Recém-Nascido , Recém-Nascido Prematuro , Recém-Nascido de muito Baixo Peso , Método Canguru/estatística & dados numéricos , Enfermagem Neonatal
5.
Einstein (Sao Paulo) ; 14(3): 346-351, 2016.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-27759822

RESUMO

Objective:: To evaluate the relation between diabetes-related distress and the clinical and sociodemographic characteristics of type 2 diabetes mellitus patients. Methods:: A cross-sectional study based on a secondary analysis of data collected at a specialized care outpatient center in Brazil. Participants completed a questionnaire on sociodemographic and clinical characteristics and the Brazilian version of the Diabetes Distress Scale (B-DDS). Results:: About 31% of the 130 eligible patients reported diabetes distress, and the mean B-DDS score was 2.6. Multiple regression analysis showed the B-DDS score was positively correlated with marital status (p=0.0230), use of diet and physical activities for diabetes management (p=0.0180), and use of insulin therapy (p=0.0030). The "emotional burden", "regimen-related distress", and "interpersonal distress" domains from B-DDS were associated with the use of insulin therapy (p=0.0010), marital status (p=0.0110), and the presence of three or more comorbidities (p=0.0175). Conclusion:: These findings suggest the clinical and sociodemographic variables are relatively weak predictors of diabetes-related distress. The highest scores in the B-DDS were observed in the emotional burden domain, indicating the presence of diabetes distress among the participants of the study. Objetivo:: Avaliar a relação entre o estresse relacionado ao diabetes e as características clínicas e sociodemográficas de pacientes com diabetes mellitus do tipo 2. Métodos:: Estudo transversal com base na análise secundária de dados coletados em um ambulatório de atendimento terciário no Brasil. Os participantes preencheram um questionário sobre as características sociodemográficas e clínicas, e a versão brasileira da Diabetes Distress Scale (B-DDS). Resultados:: Aproximadamente 31% dos 130 pacientes elegíveis relataram estresse relacionado ao diabetes, e a média do escore da B-DDS foi de 2,6. O modelo de regressão múltipla mostrou que a pontuação B-DDS foi positivamente correlacionada com o estado civil (p=0,0230), realização de dieta e atividades físicas (p=0,0180), e uso de insulina (p=0,0030). Os domínios da B-DDS "carga emocional", "estresse relacionado ao regime terapêutico" e "estresse nas relações interpessoais" foram associados a uso de insulina (p=0,0010), estado civil (p=0,0110) e presença de três ou mais comorbidades (p=0,0175). Conclusão:: Estes resultados sugerem que as variáveis clínicas e sociodemográficas são preditores relativamente fracos para o estresse relacionado ao diabetes. No domínio "carga emocional", foi observada a maior pontuação da B-DDS, indicando a presença do estresse relacionado ao diabetes entre os pacientes deste estudo.


Assuntos
Diabetes Mellitus Tipo 2/psicologia , Estresse Psicológico/etiologia , Estudos Transversais , Diabetes Mellitus Tipo 2/tratamento farmacológico , Feminino , Humanos , Insulina/uso terapêutico , Entrevista Psicológica , Masculino , Estado Civil/estatística & dados numéricos , Pessoa de Meia-Idade , Qualidade de Vida/psicologia , Análise de Regressão , Fatores Socioeconômicos , Estresse Psicológico/diagnóstico , Inquéritos e Questionários
6.
Einstein (Säo Paulo) ; 14(3): 346-351, July-Sept. 2016. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-796974

RESUMO

ABSTRACT Objective: To evaluate the relation between diabetes-related distress and the clinical and sociodemographic characteristics of type 2 diabetes mellitus patients. Methods: A cross-sectional study based on a secondary analysis of data collected at a specialized care outpatient center in Brazil. Participants completed a questionnaire on sociodemographic and clinical characteristics and the Brazilian version of the Diabetes Distress Scale (B-DDS). Results: About 31% of the 130 eligible patients reported diabetes distress, and the mean B-DDS score was 2.6. Multiple regression analysis showed the B-DDS score was positively correlated with marital status (p=0.0230), use of diet and physical activities for diabetes management (p=0.0180), and use of insulin therapy (p=0.0030). The “emotional burden”, “regimen-related distress”, and “interpersonal distress” domains from B-DDS were associated with the use of insulin therapy (p=0.0010), marital status (p=0.0110), and the presence of three or more comorbidities (p=0.0175). Conclusion: These findings suggest the clinical and sociodemographic variables are relatively weak predictors of diabetes-related distress. The highest scores in the B-DDS were observed in the emotional burden domain, indicating the presence of diabetes distress among the participants of the study.


RESUMO Objetivo: Avaliar a relação entre o estresse relacionado ao diabetes e as características clínicas e sociodemográficas de pacientes com diabetes mellitus do tipo 2. Métodos: Estudo transversal com base na análise secundária de dados coletados em um ambulatório de atendimento terciário no Brasil. Os participantes preencheram um questionário sobre as características sociodemográficas e clínicas, e a versão brasileira da Diabetes Distress Scale (B-DDS). Resultados: Aproximadamente 31% dos 130 pacientes elegíveis relataram estresse relacionado ao diabetes, e a média do escore da B-DDS foi de 2,6. O modelo de regressão múltipla mostrou que a pontuação B-DDS foi positivamente correlacionada com o estado civil (p=0,0230), realização de dieta e atividades físicas (p=0,0180), e uso de insulina (p=0,0030). Os domínios da B-DDS “carga emocional”, “estresse relacionado ao regime terapêutico” e “estresse nas relações interpessoais” foram associados a uso de insulina (p=0,0010), estado civil (p=0,0110) e presença de três ou mais comorbidades (p=0,0175). Conclusão: Estes resultados sugerem que as variáveis clínicas e sociodemográficas são preditores relativamente fracos para o estresse relacionado ao diabetes. No domínio “carga emocional”, foi observada a maior pontuação da B-DDS, indicando a presença do estresse relacionado ao diabetes entre os pacientes deste estudo.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Estresse Psicológico/etiologia , Diabetes Mellitus Tipo 2/psicologia , Qualidade de Vida/psicologia , Fatores Socioeconômicos , Estresse Psicológico/diagnóstico , Estudos Transversais , Inquéritos e Questionários , Análise de Regressão , Estado Civil/estatística & dados numéricos , Diabetes Mellitus Tipo 2/tratamento farmacológico , Insulina/uso terapêutico , Entrevista Psicológica
7.
REME rev. min. enferm ; 19(3): 774-778, jul.-set. 2015. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-785678

RESUMO

OBJETIVO: revisar a literatura sobre instrumentos existentes para avaliar a qualidade de vida em crianças e adolescentes com diabetes mellitus, adaptados e validados para uso no Brasil. METODOLOGIA: estudo de revisão integrativa, com a questão norteadora: "quais são os instrumentos existentes na literatura nacional que podem ser utilizados para avaliar a qualidade de vida em crianças e adolescentes diabéticos?" Utilizou-se a estratégia PICO: "paciente, intervenção, comparação e outcomes (desfecho)". A análise dos instrumentos encontrados foi realizada por meio do instrumento JBI QARI (Joanna Briggs Institute - Qualitative Assesment and Review Instrument) para avaliação de revisões sistemáticas. Foram avaliadas publicações científicas indexadas em bases de dados. RESULTADOS: foram encontrados quatro instrumentos. São eles: Instrumento de Qualidade de Vida para Jovens com Diabetes (IQVJD), Módulo Genérico DISABKIDS, Pediatric Quality of Life InventoryTM versão 4.0 (PedsQLTM 4.0) e o KIDSCREEN-52. A classificação, segundo o instrumento JBI QARI, obteve resultado positivo para oito dos 10 itens avaliados em todos os estudos analisados. A divulgação e a incorporação desses instrumentos na prática clínica podem auxiliar a elaboração de planos de cuidado adequados a cada paciente.


OBJECTIVE: to review the literature on existing instruments to evaluate the quality of life in children and adolescents with diabetes mellitus, adapted and validated for use in Brazil. METHODOLOGY: this was an integrative review study with the guiding question: "what are the existing instruments in the national literature that can be used to evaluate the quality of life in diabetic children and adolescents?" The PICO strategy was used: "patient, intervention, comparison, and outcomes." The analysis of the instruments found was performed using the JBI QARI instrument (Joanna Briggs Institute - Qualitative Assesment and Review Instrument) for the evaluation of systematic reviews. Scientific publications indexed in databases were evaluated. RESULTS: four instruments were identified. They are: Quality of Life Instrument for Young People with Diabetes (IQVJD), DISABKIDS Generic Module, Pediatric Quality of Life InventoryTM version 4.0 (PedsQLTM 4.0), and KIDSCREEN-52. The classification, according to the JBI QARI instrument, showed positive results for eight out of 10 items evaluated in all analyzed studies. The dissemination and incorporation of these instruments in the clinical practice can help the development of care plans tailored to each patient.


El objetivo de la presente investigación fue buscar en la literatura herramientas adaptadas y validadas en Brasil para evaluar la calidad de vida de ninos y adolescentes con diabetes mellitus. Se trata de un estudio de revisión integradora con la pregunta guía: "¿Qué herramientas de la literatura nacional sirven para evaluar la calidad de vida de ninos y adolescentes con diabetes?" Se utilizó la estrategia PICO: "Paciente, Intervención, Comparación y Outcomes (resultados)". El análisis de las herramientas se realizo con el software JBI QARI, Joanna Briggs Institute - Qualitative Assesment and Review Instrument) para evaluar las revisiones sistemáticas. Se analizaron las publicaciones científicas indexadas en las bases de datos. Se encontraron los cuatro instrumentos siguientes: Instrumento de Calidad de la Vida para Jóvenes con Diabetes (IQVJD), Módulo Genérico DISABKIDS, Pediatric Quality of Life InventoryTM versión 4.0 (PedsQLTM 4.0) y el KIDSCREEN-52. La clasificación, según el JBI QARI, obtuvo un resultado positivo para 8 de los 10 puntos evaluados en todos los estudios analizados. La divulgación y la incorporación de estas herramientas en la práctica clínica podría ayudar a elaborar planes de atención adecuados para cada paciente.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Adolescente , Qualidade de Vida , Diagnóstico da Situação de Saúde , Saúde da Criança , Doença Crônica , Saúde do Adolescente , Diabetes Mellitus , Avaliação do Impacto na Saúde
8.
Rev. eletrônica enferm ; 17(3): 1-11, 201507331. tab, ilus
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-832491

RESUMO

Estudo metodológico com o objetivo de traduzir, adaptar e avaliar a praticabilidade das partes A e B do Nurses' knowledge of high-alert medications para a cultura brasileira. A tradução e adaptação cultural seguiram as etapas recomendadas pela literatura internacional. Os juízes avaliaram as equivalências semântica, idiomática, conceitual e cultural; a concordância entre os juízes foi quantificada pelo Índice de Validade de Conteúdo. As etapas de tradução e retrotradução foram realizadas com sucesso e a avaliação da versão síntese pelo Comitê resultou em alterações de questões, assegurando as equivalências entre a versão original e a traduzida. Os especialistas sugeriram três novas questões ao instrumento. Foram realizadas reformulações em algumas questões no pré-teste, a fim de melhorar a compreensão. A versão brasileira do instrumento Nurses' knowledge of high-alert medications mostrou resultados satisfatórios quanto à tradução, adaptação cultural e praticabilidade, sendo considerado um instrumento de fácil aplicação e viável para a prática clínica.


This is a methodological study with the aim to translate, adapt and assess the practicability of parts A and B of the instrument Nurses' knowledge of high-alert medications to the Brazilian culture. The translation and cultural adaptation followed the steps recommended by the international literature. The appointed judges assessed the semantic, idiomatic, conceptual and cultural equivalences; the degree of agreement among the judges was quantified by the Content Validity Index. The translation and back-translation stages were successfully performed and the assessment of the synthesized version by the committee resulted in changes of questions, ensuring the equivalence between the original and the translated versions. The specialists suggested three new questions for the instrument. Some questions were reformulated in the pre-testing stage to improve understanding. The Brazilian version of the instrument obtained satisfactory outcomes in terms of translation, cultural adaptation and practicability, being considered as easily applicable and viable for clinical practice.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Erros de Medicação/enfermagem , Segurança do Paciente , Inquéritos e Questionários , Tradução , Estudos de Validação
9.
REME rev. min. enferm ; 19(3): 768-778, jul.-set.2015.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-28192

RESUMO

OBJETIVO: revisar a literatura sobre instrumentos existentes para avaliar a qualidade de vida em crianças e adolescentes com diabetes mellitus, adaptados e validados para uso no Brasil.METODOLOGIA: estudo de revisão integrativa, com a questão norteadora: "quais são os instrumentos existentes na literatura nacional que podem ser utilizados para avaliar a qualidade de vida em crianças e adolescentes diabéticos?" Utilizou-se a estratégia PICO: "paciente, intervenção, comparação e outcomes (desfecho)". A análise dos instrumentos encontrados foi realizada por meio do instrumento JBI QARI (Joanna Briggs Institute - Qualitative Assesment and Review Instrument) para avaliação de revisões sistemáticas. Foram avaliadas publicações científicas indexadas em bases de dados.RESULTADOS: foram encontrados quatro instrumentos. São eles: Instrumento de Qualidade de Vida para Jovens com Diabetes (IQVJD), Módulo Genérico DISABKIDS, Pediatric Quality of Life InventoryTM versão 4.0 (PedsQLTM 4.0) e o KIDSCREEN-52. A classificação, segundo o instrumento JBI QARI, obteve resultado positivo para oito dos 10 itens avaliados em todos os estudos analisados. A divulgação e a incorporação desses instrumentos na prática clínica podem auxiliar a elaboração de planos de cuidado adequados a cada paciente.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Adolescente , Diabetes Mellitus , Saúde da Criança , Saúde do Adolescente , Qualidade de Vida , Doença Crônica , Diagnóstico da Situação de Saúde , Avaliação do Impacto na Saúde
10.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 49(spe): 93-100, fev. 2015. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-770098

RESUMO

RESUMO Objetivo Mensurar a carga de trabalho de enfermagem requerida por pacientes submetidos ao transplante de células-tronco hematopoiéticas (TCTH), autólogo e alogênico e analisar as atividades do Nursing Activities Score (NAS) executadas pela equipe de enfermagem durante a internação para o TCTH. Método Coorte prospectiva realizada de janeiro/2013 a abril/2014 com 62 pacientes internados na unidade de TCTH de um hospital universitário de Campinas/SP, Brasil. Mediu-se a carga de trabalho por meio do NAS e analisaram-se os dados utilizando os testes Qui-quadrado ou Exato de Fisher, Mann-Whitney e o coeficiente de correlação de Spearman; considerou-se nível de significância de 5%. Resultados A média da carga de trabalho de enfermagem foi de 67,3% (DP 8,2) em pacientes de TCTH autólogo e de 72,4% (DP 13,0) no TCTH alogênico (p=0,1380). O item Monitorização e controles apontou, em mais de 50% das observações, que os pacientes demandaram intensificação deste cuidado, exigindo duas horas ou mais em algum turno de trabalho por motivos de segurança, gravidade ou terapia. Conclusão A carga de trabalho de enfermagem e os itens do NAS mais pontuados refletem a magnitude, complexidade e especificidade dos cuidados demandados pelos pacientes submetidos ao TCTH.


RESUMEN Objetivo Medir la carga de trabajo de enfermería requerida por los pacientes sometidos al trasplante de células madre hematopoyéticas (TCTH), autólogo y alogénico, analizando actividades del Nursing Activities Score (NAS) emprendidas por equipo de enfermería en la internación para el TCTH. Método Cohorte prospectiva realizada entre enero/2013 y abril/2014 con 62 pacientes internados en la unidad de TCTH de hospital universitario en la ciudad de Campinas/SP (BR). En el análisis se utilizaron las pruebas Chi-cuadrado o test Exacto de Fisher, las no paramétricas Mann-Whitney o Kruskal-Wallis y el coeficiente de correlación de Spearman, conforme apropiado. Fijos los niveles de significación en 5%. Resultados La media de la carga de trabajo fue de 67,3% (DP 8,2) para los pacientes de TCTH autólogo y de 72,4% (DP 13,0) para los de TCTH alogénico (p=0,1380). El ítem Monitorización y controles apuntó que los pacientes, en más 50% de las observaciones, demandaban intensificación del cuidado por dos horas o más en algunos turnos de trabajo por cuestiones de seguridad, gravedad o terapia. Conclusión La carga de trabajo en enfermería y los ítems del NAS puntuados reflejan la magnitud, complejidad y especificidad de los cuidados demandados por los pacientes sometidos al TCTH.


ABSTRACT Objective Measure nursing workload required by patients submitted to autologous and allogeneic hematopoietic stem cell transplantation (HSCT) and analyze the Nursing Activities Score (NAS) of the nursing team during the hospitalization period for HSCT. Method A prospective cohort study conducted from January 2013 to April 2014 with 62 patients hospitalized in the HSCT unit of a university hospital in Campinas, São Paulo, Brazil. The workload was measured through NAS and data analysis was through chi-square test or Fisher’s exact test, Mann-Whitney test and Spearman’s correlation coefficient; with 5% significance level. Results Mean nursing workload was 67.3% (SD of 8.2) in autologous HSCT patients and 72.4% (SD of 13.0) in allogeneic HSCT patients (p=0.1380).Monitoring and titration showed, in more than 50% of the time, patients demanded intensified care, requiring two hours or more in a nursing shift for reasons of safety, severity or therapy. Conclusion The nursing workload and the NAS items with the highest scores reflect the magnitude, complexity and specificity of care required by patients submitted to HSCT.


Assuntos
Humanos , Custos e Análise de Custo , Indústria Farmacêutica/economia , Fatores Imunológicos/economia , Imunossupressores/economia , Esclerose Múltipla/tratamento farmacológico , Esclerose Múltipla/economia , Fator de Necrose Tumoral alfa/antagonistas & inibidores , Fator de Necrose Tumoral alfa/economia
11.
Rev Esc Enferm USP ; 49 Spec No: 93-100, 2015 Feb.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-26761698

RESUMO

Objective Measure nursing workload required by patients submitted to autologous and allogeneic hematopoietic stem cell transplantation (HSCT) and analyze the Nursing Activities Score (NAS) of the nursing team during the hospitalization period for HSCT. Method A prospective cohort study conducted from January 2013 to April 2014 with 62 patients hospitalized in the HSCT unit of a university hospital in Campinas, São Paulo, Brazil. The workload was measured through NAS and data analysis was through chi-square test or Fisher's exact test, Mann-Whitney test and Spearman's correlation coefficient; with 5% significance level. Results Mean nursing workload was 67.3% (SD of 8.2) in autologous HSCT patients and 72.4% (SD of 13.0) in allogeneic HSCT patients (p=0.1380).Monitoring and titration showed, in more than 50% of the time, patients demanded intensified care, requiring two hours or more in a nursing shift for reasons of safety, severity or therapy. Conclusion The nursing workload and the NAS items with the highest scores reflect the magnitude, complexity and specificity of care required by patients submitted to HSCT.

12.
Rev. bras. hematol. hemoter ; 36(5): 363-368, Sep-Oct/2014. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-725675

RESUMO

Cyclosporine, a drug used in immunosuppression protocols for hematopoietic stem cell transplantation that has a narrow therapeutic index, may cause various adverse reactions, including nephrotoxicity. This has a direct clinical impact on the patient. This study aims to summarize available evidence in the scientific literature on the use of cyclosporine in respect to its risk factor for the development of nephrotoxicity in patients submitted to hematopoietic stem cell transplantation. A systematic review was made with the following electronic databases: PubMed, Web of Science, Embase, Scopus, CINAHL, LILACS, SciELO and Cochrane BVS. The keywords used were: "bone marrow transplantation" OR "stem cell transplantation" OR "grafting, bone marrow" AND cyclosporine OR cyclosporin OR "risk factors" AND "acute kidney injury" OR "acute kidney injuries" OR "acute renal failure" OR "acute renal failures" OR "nephrotoxicity". The level of scientific evidence of the studies was classified according to the Oxford Centre for Evidence Based Medicine. The final sample was composed of 19 studies, most of which (89.5%) had an observational design, evidence level 2B and pointed to an incidence of nephrotoxicity above 30%. The available evidence, considered as good quality and appropriate for the analyzed event, indicates that cyclosporine represents a risk factor for the occurrence of nephrotoxicity, particularly when combined with amphotericin B or aminoglycosides, agents commonly used in hematopoietic stem cell transplantation recipients...


Assuntos
Humanos , Lesão Renal Aguda , Transplante de Medula Óssea , Ciclosporina/toxicidade , Transplante de Células-Tronco Hematopoéticas , Transplante de Células-Tronco , Toxicidade , Transplante Homólogo
13.
Rev. gaúch. enferm ; 28(2): 250-259, jun. 2007.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-534918

RESUMO

Este estudo qualitativo e exploratório busca compreender qual o significado, para a enfermeira, do cuidarda criança doente crônica hospitalizada acompanhada por um familiar. Os sujeitos foram seis enfermeiras de umaUnidade de Internação Pediátrica do hospital de ensino da Universidade Estadual de Campinas, São Paulo. Os dadosforam coletados a partir de entrevistas semidirigidas que foram analisadas segundo a Análise de ConteúdoTemático. O presente trabalho apresenta a categoria temática “O cuidado à criança doente crônica com focona doença”. Esta abordagem de assistência na prática da enfermeira mostrou-se predominante.


Assuntos
Humanos , Criança , Cuidado da Criança , Criança Hospitalizada , Doença Crônica/enfermagem , Enfermagem Pediátrica , Família
14.
Rev. gaúch. enferm ; 28(2): 250-259, jun. 2007.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-17245

RESUMO

Este estudo qualitativo e exploratório busca compreender qual o significado, para a enfermeira, do cuidarda criança doente crônica hospitalizada acompanhada por um familiar. Os sujeitos foram seis enfermeiras de umaUnidade de Internação Pediátrica do hospital de ensino da Universidade Estadual de Campinas, São Paulo. Os dadosforam coletados a partir de entrevistas semidirigidas que foram analisadas segundo a Análise de ConteúdoTemático. O presente trabalho apresenta a categoria temática “O cuidado à criança doente crônica com focona doença”. Esta abordagem de assistência na prática da enfermeira mostrou-se predominanteAU


Assuntos
Humanos , Criança , Enfermagem Pediátrica , Doença Crônica/enfermagem , Criança Hospitalizada , Cuidado da Criança , Família
15.
Rev. bras. nutr. clín ; 16(1): 17-22, jan.-mar. 2001. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-316076

RESUMO

O processo de cuidado nutricional tem sido negligenciado em muitos hospitais, trrazendo como resultado um alto índice de desnutriçäo hospitalar, o que onera o custo da internaçäo e traz sofrimento adicional ao paciente. Face a este problema, foi concebido o presente estudo, com o objetivo de captar o pensar dos enfermeiros sobre o processo de cuidado nutricional ao paciente hospitalizado, subsidiando, assim, a seleçäo e adequaçäo de conteúdos em programas de ensino. Para a coleta de dados, foram realizadas entrevistas e observaçäo de campo. A análise de dados foi feita empregando-se a análise de conteúdo. Os resultados do trabbalho apresental a visäo dos enfermeiros sobre entendomento do significado do cuidar em relaçäo ao processo de cuidado nutricional, avaliaçäo nutricional, delimitaçäo de papéis e integraçäo entre os membros da equipe. Verificou-se que a percepçäo do cuidar em relaçäo à nutriçäo restringe-se a uma açäo estritamente mecânica, há conhecimento dos procedimentos de avaliaçäo nutricional, falta de clareza na delimitaçäo de papéis e falta de comunicaçäo entre a equipe. Säo feitas recomendaçöes em relaçäo ao ensino de nutriçäo.(au)


Assuntos
Humanos , Pacientes Internados , Cuidados de Enfermagem , Serviço Hospitalar de Enfermagem , Qualidade da Assistência à Saúde , Serviço Hospitalar de Nutrição , Estudantes de Enfermagem
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA