Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 6 de 6
Filtrar
1.
Cien Saude Colet ; 21(10): 3161-3170, 2016 Oct.
Artigo em Português, Inglês | MEDLINE | ID: mdl-27783789

RESUMO

The present qualitative study was conducted in the second semester of 2014 via interviews with 12 doctors and 13 nurses working as managers at a large hospital that serves as a reference center for urgent and emergent care in the Zona da Mata region of Minas Gerais State, Brazil. The study sought to identify the criteria that doctors and nurses use to discharge individuals with disabling neurological injury with instructions related to accessing physical rehabilitation programs. Thematic content analysis was used to examine data. The results show that the participating hospital managers still have difficulties providing adequate referrals to specialized rehabilitation services and that their patients' autonomy and independence for self-care are impaired as a result. We concluded that in addition to involving relatives and other caregivers in the discharge of patients with a neurological injury that impairs their self-care abilities, managers should assess the accessibility of the patient's home and make adequate referrals to rehabilitation services in the community in light of the poor dispersal of information about what is available within the Care for People with Disability Network.


Assuntos
Pessoas com Deficiência/reabilitação , Alta do Paciente , Encaminhamento e Consulta , Traumatismos do Sistema Nervoso/reabilitação , Adulto , Idoso , Avaliação da Deficiência , Feminino , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Traumatismos do Sistema Nervoso/complicações
2.
Ciênc. saúde coletiva ; 21(10): 3161-3170, Out. 2016. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-797021

RESUMO

Resumo Trata-se de pesquisa de abordagem qualitativa realizada no segundo semestre de 2014, mediante entrevistas com 12 médicos e 13 enfermeiros gestores atuantes em Hospital de grande porte, referência na área de urgência e emergência para a Zona da Mata Mineira. Buscou identificar os critérios utilizados por médicos e enfermeiros para o preparo da alta de pessoas com lesão neurológica incapacitante e indicação para acesso a programa de reabilitação física. Para o tratamento dos dados, utilizou-se a técnica de Análise de Conteúdo, modalidade temática. Os resultados mostram que os gestores hospitalares ainda encontram dificuldades para proceder ao encaminhamento adequado dessas pessoas para serviços especializados de reabilitação, o que compromete a autonomia e independência para o autocuidado. Conclui-se que os gestores além de envolver cuidadores e familiares no preparo da alta de pessoas com lesão neurológica que resulta em incapacidades para o autocuidado, deveriam avaliar as condições de acessibilidade em seus domicílios e fazer encaminhamentos adequados para serviços de reabilitação disponíveis na comunidade, a despeito da pouca divulgação acerca dos fluxos da Rede de Cuidados da Pessoa com Deficiência.


Abstract The present qualitative study was conducted in the second semester of 2014 via interviews with 12 doctors and 13 nurses working as managers at a large hospital that serves as a reference center for urgent and emergent care in the Zona da Mata region of Minas Gerais State, Brazil. The study sought to identify the criteria that doctors and nurses use to discharge individuals with disabling neurological injury with instructions related to accessing physical rehabilitation programs. Thematic content analysis was used to examine data. The results show that the participating hospital managers still have difficulties providing adequate referrals to specialized rehabilitation services and that their patients’ autonomy and independence for self-care are impaired as a result. We concluded that in addition to involving relatives and other caregivers in the discharge of patients with a neurological injury that impairs their self-care abilities, managers should assess the accessibility of the patient’s home and make adequate referrals to rehabilitation services in the community in light of the poor dispersal of information about what is available within the Care for People with Disability Network.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Pessoas com Deficiência/reabilitação , Alta do Paciente , Encaminhamento e Consulta , Traumatismos do Sistema Nervoso/reabilitação , Avaliação da Deficiência , Traumatismos do Sistema Nervoso/complicações
3.
Rio de Janeiro; s.n; 20150000. 142 p. graf.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1026130

RESUMO

Relatório final de pesquisa de mestrado, com objetivo de identificar como profissionais gestores médicos e enfermeiros responsáveis por unidades de internação hospitalar procedem no preparo de alta das pessoas com sequelas neurológicas, traumatológicas ou ortopédicas, dependentes de ingresso em programas de reabilitação, considerando-as potenciais usuárias de programas de reabilitação física. Trata-se de um estudo descritivo e exploratório, com abordagem quanti-qualitativa, realizado no segundo semestre de 2014, com 13 enfermeiros e 12 médicos. O cenário do estudo foi Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora-MG, por promover atendimento a esta clientela no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), cujos encaminhamentos pós-alta hospitalar são feitos para a rede credenciada de serviços de atenção básica às unidades de reabilitação da região. Os critérios de inclusão foram ser maior de 18 anos, gestor hospitalar, enfermeiro ou médico que exerça cargo de chefia em unidades de internação clínica/ cirúrgica/urgência/emergência e unidade de terapia intensiva, além de concordar em participar voluntariamente do estudo e assinar o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Dados coletados através de entrevistas, baseados em roteiro semiestruturado, transcritas na íntegra e analisados a luz da estatística descritiva para os dados quantitativos, devidamente complementados pela técnica de análise temática de conteúdo. Da análise dos dados emergiram as seguintes categorias temáticas: Conhecimento sobre a rede de cuidados da pessoa com deficiência; Critérios usados para alta dos clientes com sequelas neurológicas incapacitantes; Preparo da alta hospitalar: envolvimento da família, rede básica e demais serviços; e Visita domiciliar: avaliação da ambiência e acessibilidade. Para a elaboração do primeiro artigo a ser publicado em periódico indexado nas bases de dados da área de conhecimento, valeu-se de duas categorias temáticas, a saber: 1) Critérios usados para alta dos clientes com sequelas neurológicas; 2) Preparo da alta e seus desdobramentos. Ambas decodificadas, analisadas, discutidas e formatadas na forma de manuscrito submetido a periódico da área. O perfil sóciodemográfico dos participantes deste estudo apontou prevalência de participantes do sexo feminino (56%). A faixa etária dos participantes da pesquisa revelou que 64,54% (8) enfermeiros estão entre a faixa etária de 31 a 40 anos, ao passo que 66,66 (8) gestores médicos têm entre 41 a 60 anos, além de haver mais médicos na faixa etária de 61 a 70 anos. Quanto ao tempo de formação, observou-se que 84,62% dos enfermeiros estão formados em período de 1 a 10 anos, em contrapartida, médicos informaram maior tempo de formados, inclusive 16,67% (2) atuando por período de 41 a 50 anos. Do tempo de atuação no setor, ficou constatado que 76,92% (10) enfermeiros atuam entre 1 a 10 anos e que 8,33% (1) médico já atua no setor há período correspondente a 41 a 50 anos. O tempo de atuação na instituição mostrou prevalência de enfermeiros 76,92% (10) entre 1 a 10 anos, enquanto maior percentual de médicos 41,67% (5) entre 11 e 20 anos. No transcurso do estudo surgiu a necessidade de se propor a implantação de um Protocolo de encaminhamento hospitalar de clientes com lesão neurológica incapacitante para atendimento na Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência referenciado pelo Sistema Único de Saúde. Concomitantemente, outras possíveis categorias temáticas deverão ser trabalhadas a posteriori, visando a elaboração de outros manuscritos para futuras submissões em periódicos indexados. Conclui-se que, tanto médicos quanto enfermeiros comungam da opinião que os critérios de alta desta clientela devem ser exclusivamente de competência médica, enquanto outros participantes compartilham da opinião de que a alta deve ser compartilhada com a equipe de saúde. De acordo com os relatos dos participantes do estudo, predomina a perspectiva de que a família deve ser envolvida no preparo da alta desses clientes, em função do reconhecimento do importante papel de cuidadores domiciliares prestando cuidados no dia a dia dessas pessoas. O mesmo pôde ser observado nos relatos dos gestores que participaram deste estudo, no concernente ao encaminhamento desses clientes para os serviços de saúde e reabilitação disponíveis na comunidade, embora com menor expressão. O estudo também aponta para a necessidade de ampliar a divulgação das implicações da Rede a partir da implantação dos Centros Especializados de Reabilitação, considerando relevante a oportunidade oferecida aos participantes de tomar conhecimento sobre as implicações da Rede de Cuidados da Pessoa com Deficiência


Final report of master's research, in order to identify how professional medical officers and nurses responsible for hospital units come in preparing discharge for people with neurological, traumatology and orthopedic sequelae, entry of dependents in rehabilitation programs, considering the potential users of physical rehabilitation programs. This is a descriptive study, with quantitative and qualitative approach, conducted in the second half of 2014, with 13 nurses and 12 doctors. The setting was Santa Casa de Fora-MG Judge's mercy for foster care to this clientele within the Unified Health System (SUS), whose hospital after referrals are made to the accredited primary care services to rehabilitation units in the region. Inclusion criteria were being older than 18, hospital manager, nurse or doctor who performs management positions in clinical inpatient units / surgical / emergency / rescue and care unit, and agree to participate voluntarily in the study and sign the Term of Consent. Data collected through interviews based on semi-structured, fully transcribed and analyzed in light of the descriptive statistics for quantitative data, duly complemented by the technique of thematic content analysis. The data analysis emerged the following thematic categories: Knowledge about the person's care network with disabilities; Criteria used for discharge customer with disabling neurological sequelae; Hospital discharge preparation: family involvement, core network and other services; and Home visit: evaluation of ambience and affordability. For the preparation of the first article to be published in peer-reviewed journal in the data bases of the area of know ledge, drew on two themes, namely: 1) Criteria used for discharge customer with neurological sequelae; 2) the discharge preparation and its consequences. Both decoded, analyzed, discussed and formatted in the form of manuscript submitted to periodic the area. The sociodemographic profile of the study participants pointed prevalence of female participants (56%). The age range of study participants revealed that 64.54% (8) nurses are between the age group of 31 to 40 years old, whereas 66.66 (8) medical managers have between 41 to 60 years old , plus there is more physicians aged 61-70 years old. As for the time of formation, it was found that 84.62% of nurses is formed in a period of 1 to 10 years, in contrast, reported medical longer formed, including 16.67% (2) operating for a period of 41 to 50 years old. Actuation time in the industry, it was found that 76.92% (10) nurses work between 1-10 years and 8.33% (1) Medical already operates in the industry for the period corresponding to 41 to 50 years old. The performance in the institution showed prevalence of nurses 76.92% (10) between 1-10 years old, while higher percentage of physicians 41.67% (5) between 11 and 20 years old. In the course of the study it became necessary to propose the implementation of a hospital Routing Protocol customers with disabling neurological injury to meet in person to Care Network with Disabilities referenced by the Unified Health System. At the same time, other possible themes will be worked a posteriori, in order to develop other manuscripts for future submissions in indexed journals. It is concluded that both doctors and nurses share the opinion that the discharge criteria of this clientele must be medical competence exclusively, while other participants share the view that the increase should be shared with the health team. According to the reports of the study participants, the predominant view is that the family should be involved in the preparation of these clients discharge, due to the recognition of the important role of home caregivers providing daily care to these people. The same could be observed in the accounts of the managers who participated in this study, regarding the referral of these clients to health and rehabilitation services available in the community, although to a lesser extent. The study also points to the need to broaden the dissemination of Network implications from the implementation of the Specialized Rehabilitation Centers, relevant considering the opportunity for participants to become aware of the implications of the Person with Disability Care Network


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Qualidade, Acesso e Avaliação da Assistência à Saúde , Saúde da Pessoa com Deficiência , Administração Hospitalar , Alta do Paciente/normas , Centros de Reabilitação , Ferimentos e Lesões/complicações , Sistema Único de Saúde , Liderança
4.
Rev Rene (Online) ; 16(5): 649-655, Set.-Out. 2015.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-956329

RESUMO

Objetivo identificar como profissionais de unidade pública municipal de reabilitação física se comunicam com pessoas surdas que buscam atendimento especializado. Métodos estudo exploratório, descritivo, de abordagem qualitativa, realizado com 32 profissionais que atuam em reabilitação física, através de instrumento autoaplicável. Resultados da análise dos dados, emergiram duas categorias temáticas: Usando a Língua de Sinais Brasileira; e Improvisando estratégias de comunicação para interagir com clientes surdos. A improvisação de estratégias utilizadas pelos profissionais para se comunicar com surdos podem ocasionar barreiras que repercutem negativamente na qualidade dos serviços prestados a essa clientela. Conclusão a comunicação é deficitária, e iniciativas efetivas focadas na habilitação dos profissionais que atuam na esfera da reabilitação, podem contribuir para que eles possam dominar a Língua de Sinais Brasileira, assegurando aos clientes surdos atendimentos adequados, como os prestados às pessoas sem deficiência auditiva.


Objetivo identificar cómo profesionales de la unidad municipal de rehabilitación física se comunican con personas sordas que buscan atención especializada. Métodos estudio exploratorio, descriptivo, de enfoque cualitativo, realizado con 32 profesionales que trabajan en rehabilitación física a través de instrumento auto aplicable. Resultados del análisis de datos, surgieron dos categorías temáticas: Usando el Lenguaje Brasileño de Signos; Improvisación de Estrategias de comunicación para interactuar con clientes sordos. Improvisación de estrategias utilizadas por los profesionales para comunicarse con personas sordas pueden causar barreras que inciden negativamente en la calidad de los servicios prestados a esta población. Conclusión la comunicación es deficiente, e iniciativas eficaces centradas en la cualificación de los profesionales que trabajan en el ámbito de la rehabilitación, pueden contribuir para que puedan dominar el Lenguaje Brasileño de Signos, garantizándose a los clientes sordos la atención adecuada, conforme a lo dispuestos para personas sin discapacidad auditiva.


Objective to identify how professionals from the local public physical rehabilitation unit communicate with deaf people seeking specialized care. Methods exploratory descriptive study with qualitative approach conducted with 32 professionals working in physical rehabilitation through self-reporting instrument. Results two thematic categories emerged from data analysis: Using the Brazilian Sign Language, and Improvising communication strategies to interact with deaf patients. When professionals improvise strategies to communicate with the deaf, it might create barriers that negatively affect the quality of services provided to this population. Conclusion communication is inefficient, and effective initiatives focused on the qualification of professionals working in rehabilitation can contribute for them to master the Brazilian Sign Language, ensuring adequate care to deaf clients/patients, in the same way as those provided to people without hearing impairment.

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA